blog

domingo, dezembro 09, 2007

SL Benfica - Académica: 3-1

Num agradável jogo de futebol o Benfica carimba, com relativa tranquilidade, a passagem à fase seguinte da Taça de Portugal.

Num jogo onde Camacho mexeu bastante na equipa, poupando Rui Costa e Maxi Pereira e impossibilitado de usar Rodriguez por lesão, a vitória do Benfica nunca esteve em causa e foi sempre o Glorioso a procurar a baliza adversária. Camacho apostou num 442 com Di Maria e Nuno Assis nas alas e com Cardozo apoiado por Nuno Gomes, ficando as tarefas defensivas a meio campo a cargo da dupla Petit e Binya. Edcarlos foi o parceiro e Luisão e nas laterais os "pequenos" Nelson e Léo, na baliza Butt teve nova oportunidade.

E foi com este 11 que o Benfica rapidamente tomou conta do jogo e assumiu as despesas do mesmo encostando a Briosa bem lá atrás defendendo com os seus 11 jogadores. O Benfica, fruto deste enorme povoamento à frente da área da Académica conseguia os seus melhores lances na marcação de bolas paradas e foi num deles que Edcarlos cabeceia ao poste e, pouco depois, Luisão inaugura o marcador. Sem diminuir a pressão o Benfica, numa excelente jogada colectiva, chega ao segundo golo numa boa desmarcação de Cardozo que volta a abanar as redes depois do bis na Ucrânia. Com 2-0 e o jogo totalmente controlado previa-se uma noite descansada para os benfiquistas e esperava-se mais minutos na segund aparte para Adu e Mantorras.

Na segunda parte veio o pior, Léo lesiona-se entrando para o seu lugar Luis Filipe, que se portou bem, e num lance em que Butt fica mal na fotografia a Briosa reduz o marcador para 2-1 e ganha um alento que não estava à espera. O Benfica abana um pouco, os jogadores tinham o jogo na mão e aquele safanão demorou tempo a ser assimilado pelos benfiquistas, permitindo à Briosa subir e acreditar que podia ir mais longe. Camacho refresca o ataque com Adu para o lugar de Di Maria e na primeira vez que o americano toca na bola quase que marcava um belo golo. Aos poucos o Benfica reassume o controlo do jogo e numa jogada de insistência apôs um canto, Nuno Gomes centra para Cardozo bisar novamente e, mais uma vez, de cabeça. Estava feito o resultado e o Benfica segue em frente na Taça de Portugal.

Butt desperdiçou mais uma oportunidade que lhe foi dada e é um dos sérios candidatos a sair em Janeiro, até pelo elevado ordenado que aufere. Luis Filipe entrou bem e tranquilo. Edcarlos é claramente uma boa opção à dupla David Luiz/Luisão e Binya regressou com a raça e atitude que lhe é típica, não desiste dos lances e sabe levar a bola para a frente. Gostei de Di Maria que enquanto teve pernas foi sempre muito prestável nas tarefas defensivas e no ataque tem olhos sempre para a baliza não se perdendo em rodriguinhos desnecessários. Com um Cardozo destes o medo de Nuno Gomes pela baliza contrária é disfarçado mas tinha o 21 benfiquista que ter rematado naquela tabelinha que fez com Cardozo na primeira parte.

Foi um jogo tranquilo onde a ausência da mestria de Rui Costa a meio campo foi colmatada com jogo directo às alas e com muita abnegação da dupla Binya e Petit, continuamos a perder algumas bolas de forma infantil que nos podem causar dores de cabeça desnecessárias perante adversários mais fortes mas, no seu conjunto, a equipa esteve bem, sólida a defender e rápida a atacar.

O árbitro pouco se mostrou o que é bom sinal. Pena ser tão poucas vezes. O único erro "grave" foi ter considerado falta num corte limpinho de Cardozo que permitiria um contra-ataque de superioridade numérica ao Benfica com Nuno Gomes totalmente isolado para receber a bola de Cardozo. O critério disciplinar foi coerente o que num jogo sem casos acaba por se aceitar.

Resta aguardar para que a lesão de Léo não seja grave e esperar para ver quem nos irá sair para a próxima eliminatória.

26 comentários:

abidos disse...

O EdCarlos jogou bem, mas não pode continuar a ser batido, nas bolas colocadas nas suas costas, como tinha sido com o Maritimo...

Di Maria fez dos melhores jogos com a camisola do Benfica...

A lesão do Leo, não pareceu grave, creio que sai mais por precaução, foi uma pancada na cabeça, portanto nada de muscular, ou de osso partido...

Não posso concordar, com o post, em relação ao Xistra.
No inicio do jogo deixou passar vários cartões, por entradas por trás dos jogdores da Académica, inclusive um penalty sobre o Assis, e depois do 2-1, resolveu começar a inventar faltas junto à área do Benfica, matando todos os contra-ataques do Benfica, nessa altura, inclusive uma jogado entre o Cardozo, e o Litos que INEXPLICADAMENTE foi marcada falta ao Paraguaio !!!

luis disse...

Xistra deixou um pénalti claro por marcar.

Filipe bem? Fosga-se, o homem não faz uma única boa opção. Faz passes queimados, tudo o que é jogador passa pelo seu corredor. É uma grande nódoa.

Ricardo disse...

A equipa venceu, mas nota-se claramente a falta de ideias por parte de Camacho. Além de lances de bola parada (como o de Petit para Luisão, na lateral, cabecear para o centro da área), dá a ideia que os treinos do Benfica são iguais aos do Abrantes, quando eu lá jogava nas camadas jovens - corrida, uns exercícios com bola, peladinha. É absurdo que esta equipa não tenha mecanismos ensaiados, tanto a defender como a atacar. A defender, defendem apenas 6 (os quatro da defesa, mas os dois trincos), o que, em 4-4-2 é um suicídio com equipas mais poderosas. Neste sistema, os alas têm de "cair" logo sobre os laterais adversários e, se for caso disso, acompanhá-los até ao nosso, e os avançados têm de servir de tampão, logo que a equipa adversária comece a construir jogo. Nada disso se vê. A atacar... bem, a atacar é o caos completo. Vale-nos termos jogadores que desequilibram, mas não há ideias treinadas de como sair a jogar. A equipa parece um mau jogador de xadrez, na entrada começa a lançar os bispos e os cavalos e a abrir peões para cima do adversário, mas depois tem de recuar porque não sabe o que fazer. As bolas perdidas nas transições ofensivas são mais que muitas, não há um único movimento interior do ala que permita que o lateral suba, os avançados não mostram entendimento na hora de um ficar mais fixo e o outro deambular. Há quem diga muito mal de Nuno Assis, eu pelo contrário acho que ele pode ser muito útil a esta equipa como "10" e, jogando onde joga (Camacho tem um atraso grave), ou seja, a extremo direito, é dos poucos que ainda se lembra de "queimar linhas", para que a superioridade numérica possa aparecer por algum lado. Binya começou bem a época, é um bom tampão de meio-campo, mas é limitadíssimo. Além disso, faz muitas faltas. Não me parece uma solução credível. Para que joguemos em 4-4-2 (o sistema que, sem dúvida, tendo Nuno Gomes e Cardozo, mais se adequa às características dos jogadores que temos) é necessário ter alas que funcionem no colectivo, que saibam atacar bem, com velocidade e técnica para ir à linha, mas que saibam também fazer diagonais e trocar com Rui Costa (esse sim, sabe bem deslocar-se a uma ala, quando vê o ala chegar-se ao meio) durante o jogo. O único que faz isso é Rodriguez. Tanto Dí Maria,, Adu ou Coentrão (ainda?) não o sabem fazer. Maxi é um bom jogador se quisermos dar estrutura ao meio-campo, mas é muito mais lateral do que será algum dia ala. Gostaria de ver duas opções alternativas, e confesso que inesperadas, no Benfica, mas acho que Camacho teria de trabalhar e pensar além de fazer de árbitro nas peladinhas para que isso acontecesse: Bergessio à direita. Acho que é um jogador com características parecidas com Lisandro. Aguerrido, veloz e com capacidade para aparecer, em diagonais, na área para finalizar; Adu como segundo ponta-de-lança - a forma como aparece a finalizar parece ser mais de um homem de apoio ao atacante do que um ala. Um João Pinto, digamos assim.

Estamos na próxima eliminatória da Taça, mas ainda há muito a fazer...

Pedro disse...

Não acho q o lance sobre o Nuno Assis dentro da área seja penalty e o tal lance do Cardozo é mencionado no post. No computo geral achei positiva a exibição do Xistra.

Ricardo acho q tens muita razão no q dizes. É a qualidade dos jogadores e a alma e empenho q aplicam em jogo q nos vai safando. É verdade q Camacho tem a sua cota parte disso mas é preciso mais e esse "mais" é para mim um dos grandes handicaps do espanhol...

Americano disse...

Foi uma vitória relativamente fácil que íamos complicando na 2ª parte, onde tivemos períodos de muito mau futebol.
Missão cumprida, venha a próxima eliminatória, de preferência com um adversário da 2ª divisão para ver se o Adu é titular esta época.

P.S. - Pedro, não podia concordar menos contigo na avaliação da arbitragem. Foi péssima, muito pior que a do Jorge Sousa, por exemplo. Além do penalty claríssimo sobre Nuno Assis, há um ligeiro desvio com a mão de Káká, num lance que o Nuno Gomes reclama, mas a SIC como é normal mostrou apenas uma repetição e nem comentaram. Também não admira, passaram 2 repetições a dizer que o Pedro Roma não tinha feito falta sobre o Nuno Assis, só à terceira é que viram que ele foi abalroado pelo Pavlovic, e não pelo GR. Mais uma série de cacetadas dadas principalmente pelo Litos não assinaladas, e o lance de Cardozo foi a cereja em cima do bolo, nem ele sabe o que marcou, quis apenas impedir o 2 para 1 no ataque do Benfica.

Pedro disse...

Esta dualidade de opniões é uma maravilha!!!

Para mim aquilo não é penalty e tb eu só vi a "carga de ombro" na repetição. E penso q seja apenas isso, carga de ombro. Jorge Sousa cortou propositadamente TODOS os lances a meio campo do SLB, o Xistra ontem não inventou faltas contra nós, pelo menos em numero q possa considerar significativo. Teve aquele lance do Cardozo q é ridículo o assinalar falta mas, tendo em conta o q são as arbitragens tugas contra nós, foi uma exibição positiva. Não concordo, por exemplo, com o amarelo a Binya mas foi um critério coerente e qd assim é menos mal.

john billy disse...

o arbitro esteve mesmo muito mal e sempre a prejudicar o glorioso. o penaltie sobre o nuno assis é claro!
em relação a equipa gostava de ver o adu a jogar no lugar do nuno gomes e deu para ver que o butt deve sair em janeiro.
muito negativo foi a assistência! lisboa não merece ter um clube como o glorioso!

Americano disse...

John, o Benfica tem algumas culpas na assistência, é inadmissivel os detentores não terem (pelo menos)um direito de preferência nos jogos da taça. O nosso marketing trabalha muito bem, mas neste capítulo falha.

Rasta disse...

Uma carga de ombro contra igual região do corpo pode ser punida tecnicamente?
Pode. Se for praticada por negligência, não estando a bola a distância jogável ou quando cometida com excesso de combatividade.
Portanto, penalti claríssimo sobre o Nuno Assis.

Pedro disse...

Rasta e o q é "excesso de combatividade"? É uma análise demasiado subjectiva para podermos tê-la como base para uma decisão...é um pouco como a famosa intensidade de Poncio Monteiro...

No lance corrido quantos é q se aperceberam do "encontrão" sobre o Nuno Assis? Qts não pensaram q o choque tinha sido apenas e só com o Pedro Roma? Olhando para a reptição ninguem ficaria escandalizado com a marcação de penalty mas, na minha opnião, não é penalty...mas, verdade seja dita, já vi penaltys assinalados por muito menos...

A assistência é natural para o jogo em causa. Não sei preços mas sei q não há uma politica concertada para chamar adeptos a estes jogos...qd assim é, com tanto jogo, tanta despesa e tanta dificuldade no dia a dia é natural q as assistências nestes jogos menores reflitam tudo isso.

Starblade disse...

Oh Pedro, já pareces o "Coijo":

"Aquilo num é penalty, para mim num é penalty. Aquilo foi a àguia... que caiu abaixo "

:-)

Pedro disse...

LOL

Starblade disse...

Este Xistra é o árbitro que esteve quase um ano sem arbitrar jogos do Benfica.

Depois da vergonha do ano passado, mostrou o 2 amarelo ao Miccoli e consequente expulsão no jogo contra o Estrela da Amadora sem nenhuma razão. LEMBRAM-SE???

E isto porque na jornada a seguir iamos jogar no dragão, por isso se este pertence ao sistema de certeza que não é o vermelho.....

Rasta disse...

Se um jogador está parado e vem outro a correr na sua direcção e, ombro com ombro, derruba o 1º, não será excesso de combatividade?
A carga de ombro é legal quando 2 jogadores que disputam a bola, lutam ombro a ombro para ganhar a melhor posição. Não foi bem o caso.
Revendo o lance (http://www.zerozero.pt/video.php?id=7031) dá para ver que o Pavlovic nem se preocupa em jogar a bola, apenas se preocupa em tirar o Nuno Assis da jogada.

john billy disse...

para certos jogos, até seria melhor o benfica alugar um estádio no norte (bessa, guimarães, braga...).
era uma boa oportunidade para os numerosos benfiquistas do norte, ver o glorioso sem dar dinheiro a chulos.

Alexandre disse...

Pedro gosto de ver que sempre que o benfica ganha o árbitro é um espectaculo, e quando perde o árbitro é sempre culpado.
Ah, e tb gostei de ver que a taça é realmente pouco importante, pois o pedro roma já pôde jogar este jogo. Aliás, só não pôde jogar um esta época.
Parabens pela vitoria, que foi merecida.

Americano disse...

Alexandre, o Ricardo estava lesionado, a tua piada não é muito oportuna.

Pedro Vagos disse...

Ó Pedro... desculpa lá... mas se o Xistra apitou bem, então não tens de que te queixar acerca do Jorge Sousa... O Xistra apitou mal, e muito!
Quanto ao perderem muitas bolas a meio campo... só reforça aquilo que eu disse da outra vez... acho que somos um bocado anjinhos... principalmente no meio campo.

Anónimo disse...

este comentador é um urso de todo o tamanho!

http://www.youtube.com/watch?v=LORHSI_anUs

estrangeiro disse...

O Tacuara está no bom caminho mas não gosto nada da nova maneira de bater os livres.
Ele não é o Simão. Se marcar mesmo á figura, poucos Gr's vão consequir segurar a bola.

estrangeiro.

Pedro disse...

Volto a repetir-me o Jorge Sousa cortou-nos o jogo todo a meio campo, o Xistra não fez isso.

Falhou no lance do Nuno Assis? A maioria pensa q sim eu aceito a decisão do Xistra. Foi uma "boa" arbitragem tendo em conta o q é normal. Por exemplo tendo em conta essa arbitragem em q expulsa o Miccoli esta arbitragem foi um luxo.

Alexandre pensei q viesses reclamar por o Roma ter sido titular...LOL...Será q o Domingos percebeu as ordens do Padrinho?
hehe

Rasta disse...

Pedro,
Achas que foi "boa" porque ganhámos.
Não tivesse o Tacuara resolvido e se calhar a tua visão sobre o trabalho do Xistra era diferente.

Relativamente ao penalti sobre o Nuno Assis, continuo à espera da tua resposta: "Se um jogador está parado e vem outro a correr na sua direcção e, ombro com ombro, derruba o 1º, não será excesso de combatividade?"(Acho que descrevi a situação de jogo de forma bem objectiva).

Concordo com resto da análise ao jogo, só não posso concordar que se ache que "aquilo" ontem foi uma "boa" arbitragem.

Pedro disse...

Mas consideras o excesso de combatividade o derrube ou o facto do outro estar parado? Se um deles estiver parado não se aplica a "carga de ombro"? Um jogador bem mais forte q outro normalmente derruba-o com a carga de ombro...

Não me parece q no caso do lance com o Nuno Assis ele estivesse parado.

Não...não tem nada a ver com o facto de termos ganho o jogo. Não funciono assim pq podes ver nos arquivos do blog q já fiz ataques cerrados a arbitragens em jogos q ganhámos.

Ricardo disse...

De facto, é frustrante, numa arbitragem não muito boa, mas ainda assim razoável, passarem o tempo a falar do árbitro. Não há nada mais para falar? Na nossa equipa, por exemplo? Que raio de maneira de viver o futebol...

Rasta disse...

Para mim frustrante é que, jogo após jogo, o Benfica tenha que lutar contra estas arbitragens habilidosas.
Custa-me ver pessoas acomodadas à vergonha que é o nosso futebol.
Acho que se a arbitragem não foi boa, há que dizê-lo, sempre. (Sim, Pedro, como também tens feito)
Mas chega de falar no Xistra, até porque agora a minha discussão com o Pedro centra-se na definição de "carga de ombro".
Estás-te a esquecer que a carga de ombro só é legal quando os dois jogadores estão na disputa da bola. O Pavlovic nem se preocupou em jogá-la. Placou (com o ombro é verdade) o Nuno Assis.
Mas agora esquece esse lance.
Um jogador tem a bola controlada. Um jogador adversário corre, não ao seu lado mas na sua direcção e derruba-o, acertando em cheio com seu ombro no ombro adversário.
Deve ser marcada falta ou não?

Alexandre disse...

Não pedro, pelos vistos o guarda redes dos jogos contra o benfica estava lesionado (obrigado americano). Afinal era ainda mais fácil de perceber do que aquilo que eu pensava. Mas desta vez não precisaram desse tal ricardo.