blog

quinta-feira, janeiro 31, 2008

MAKUKULA

Agora que já enverga o Manto Sagrado é oficial: Benfica contratou o ponta de lança Makukula, 26 anos, por 4 anos e meio por um total de 4 milhões de euros distribuidos por Sevilha e Marítimo.

Desejo-lhe as maiores felicidades nesta sua aventura defendendo as cores do maior clube do mundo. Que tenha força para aguentar a pressão enorme que tal responsabilidade acarreta, que tenha humildade para trabalhar, sacrificio para aguentar as criticas injustas e as porradas dos defesas adversários.

Esta contratação levanta uma série de perguntas que não sei se teremos resposta, ficamos com mais um avançado possante cujo preço irá "obrigar" a ter minutos de jogo, o que irá limitar ainda mais jogadores como Mantorras e, talvez, Adu. Irá Camacho adoptar o 442 definitivamente? Irá manter o 433? Esta contratação prepara já a saída de alguem no final da época? O tempo nos dará as respostas.

Bem vindo Makukula!!!

41 comentários:

Americano disse...

Espero enganar-me, mas acho uma má contratação. Não me parece que ele e o Cardozo sejam compatíveis, e não me parece, nem de perto nem de longe, melhor que o Cardozo. Tem um historial de muitas lesões e poucos golos, é um avançado que está na moda como esteve Marcel quando foi contratado, e foi o que se viu. Além disso, o Camacho tende a jogar só com um avançado, e quando quiser jogar com 2 tem o Nuno Gomes, o Adu, e o Mantorras (para meia hora), que são jogadores na minha opinião melhores que Makukula (pelo menos os 2 primeiros).
Juntando isso ao facto de as nossas opções do lado direito serem o limitado Maxi ou jogadores adaptados, acho que esta contratação é um erro de casting, mas claro que quero é estar engando e jornada após jornada ver o Makukula a marcar golos. A grande vantagem dele é que face à concorrência pode ir ao Euro e se fizer uma boa prova pode sair valorizado e ser um bom negócio.

john billy disse...

Concordo com a vinda do Makukula:
1º É português;
2º É jogador de selecção;
3º Vai mandaro Nuno Gomes para o banco (se tiver valor para isso);

Não concordo com a vinda do Makukula:
1º Tenho dúvidas sobre o seu valor;
2º Não era uma contratação prioritária (FALTA UM EXTREMO ESQUERDO!!!!)
3º Se o Camacho insistir no 433 vamos ter quantos avançados no banco.

"o que irá limitar ainda mais jogadores como Mantorras e, talvez, Adu"
Mantorras sempre foi limitado, o Adu tem jogado com extremo. O principal prejudicado vai ser o Nuno Gomes (É capaz de sair no fim da época).

john billy disse...

"2º Não era uma contratação prioritária (FALTA UM EXTREMO ESQUERDO!!!!)"

Queria dizer DIREITO!
O que não falta são extremos esquerdos!

João Bizarro disse...

Preferia um extremo direito.

Não sabemos jogar para o Cardozo, será que vamos saber jogar para o Makukula?

Deixa lá ver no que isto vai dar...

Starblade disse...

Preferia um bom extremo direito ou o regresso do Pauulo Jorge.

O discurso do vendedor de banha d cobra muda as os seus erros são os mesmos. O dinheiro que se gastou neste inverno (onde um jogador já vaí ser emprestado -Halliche?-) teria dado para manter o Miccoli e com um bocado de boa vontade o Simão.

É por estas e por outras que não ví o jogo em Guimarães e não sei se verei o deste fds.

Ricardo disse...

Em primeiro lugar, acho uma boa contratação. Makukula é um jogador possante, bom a jogar de cabeça, inteligente a posicionar-se e eficaz a assegurar a chegada dos médios para ou meter na lateral ou atrasar para um remate frontal. É um jogador diferente de Cardozo; o paraguaio, se jogar ao lado de Makukula, pode afastar-se mais da área para aparecer de trás, como fazia na Argentina. Acho-os compatíveis, dependendo dos nove que terão atrás - aí compete a Camacho saber fazer girar a equipa em torno destas duas (grandes, em valor mas, especialmente, em altura) mais-valias. A minha única preocupação séria em relação a Makukula é a sua apetência para as lesões - veja-se o historial do internacional português, e rapidamente se verificará que não conseguiu manter um nível elevado devido às lesões; valor, parece-me indiscutível, tem.

Com esta nova contratação, espero que Camacho abandone de vez o modelo cozo de um 4231 sem um verdadeiro extremo-direito e opte pelo mecanizado - entre os médios - losango. Petit (Binya), como pivot defensivo, Katsouranis a interior direito (lugar que lhe permitirá aparecer mais vezes em zonas de finalização, fechando por dentro em momentos defensivos), Rodríguez a interior direito, mas mais solto, podendo aproveitar a velocidade para aparecer nas alas e Rui Costa (Adu, Assis) a 10, com duas opções à frente e bem resguardado pelo meio-campo defensivo. Nesta táctica, os laterais têm grande importância, sendo fundamental manter o equilíbrio defensivo, subindo um lateral e o outro fechando ao meio. Maxi Pereira podia fazer o lugar de lateral-direito. Nélson é outra opção com valor (além de Luís Filipe, para uma emergência).

Se Camacho optar pelo seu muito amado 4231, propunha algumas experiências, para que não continuemos com um erro inacreditável que se mantém desde o início de época (Maxi a extremo): uma mais arrojada - Nélson à frente de Maxi Pereira, outra mais coerente - Di Maria na esquerda (seu habitat natural, como Guimarães corroborou) e Rodríguez à direita (jogador muito mais capaz de cumprir nesse lado). Nesse esquema o meu avançado seria, claro, Cardozo. Teríamos Makukula, Gomes, Mantorras, Adu, Assis, Binya, Sepsi, Edcarlos, Nélson, Luis Filipe, Moreira e Butt como alternativas. Digam lá se não há qualidade neste plantel - necessário é ter treinador para saber tocar esta guitarra.

Não quero deixar de dizer que concordo com a opção de comprarmos poucos jogadores neste emrcado de Inverno. Só vejo uma falha, grave - não termos contratado um extremo-direito. Mesmo que Camacho opte pelo 442 losango, devia poder mudar para um sistema de extremos com o máximo de qualidade. Sem um extremo-direito de raíz perde a oportunidade de jogar em 4231 e em 442 clássico. O que torna a equipa coxa.

Ricardo disse...

* "espero que Camacho abandone de vez o modelo COXO de um 4231"

* "Rodríguez a interior ESQUERDO"

Pedro disse...

Sobre a ausência de reforços para a ala direita estamos todos de acordo. A principal lacuna do plantel não foi preenchida. Curiosamente acredito q possamos ter a resposta dentro do plantel utilizando Rodriguez nessa posição. Espero q, finalmente, Camacho aposte nisso mantendo Di Maria na esquerda.

Se Makukula é uma boa contratação? Acho q sim. Se Makukula vai ser um avançado q vai arrasar? Não sei. Uma equipa não pode viver só de um ou dois avançado, nesse prisma Makukula será sempre uma boa opção.

A táctica a utilizar será uma incognita mas um 442 clássico não será de desprezar saindo Rui Costa do 11. Um 442 losango seria uma boa aposta mas, desculpem-me os camachistas, não vejo no espanhol capacidade para trabalhar essa táctica. O 433 desdobrado em 4231 desde q o 1 da frente tenha apoio do 3 atrás de si funciona. Ficamos é com muito avançado de fora...

john billy disse...

Não sei Ricardo... O losângulo não me convence. Um meio campo composto pelo Petit, Kats, Rodriguez e Rui Costa vai continuar a ser um meio campo lento.
Para mim, chegava perfeitamente o Bynia atrás, o Kats no meio, para as alas Di Maria/Rdoderiguez/Adu (escolhem 2) e na frente as duas torres.
O Petit só volta a jogar quando estiverem em forma. O Rui... Para os jogos mais complicados.
Esse esquema era só para os jogos da treta da BWIN. Em jogos mais complicados, o Camacho pode apostar no seu 4231.

Americano disse...

Eu também acho que é altura de voltar ao losango, ou então se jogar em 4-3-3 que o faça com Rodriguez à direita, Di Maria na esquerda, e Nuno Gomes (Adu), atrás do ponta de lança. No losango concordo com a disposição que o Ricardo apresentou, mas tal como o Pedro não acredito que seja possível trabalhá-lo agora.
E pegando em mais uma deixa do Ricardo, por favor antes de voltarem a falar em plantel fraco, vejam a lista de potecnicais suplentes do Benfica, e digam lá se metade deles não davam um jeitão ao Paulo Bento?

Alexandre disse...

O makukula não me parece que sirva para jogar em 4-4-2. As características dele são claramente para um 4-3-3 com dois extremos a fazerem chuveirinho para a área, e foi assim que ele marcou quase todos os golos no maritimo.
Para o 4-4-2 o vosso melhor avançado ainda é o Nuno Gomes.
Espero que seja outro barrete como o marcel e que o camacho continue no 4-4-2, isto como opiniºao de portista, apesar de não ter nada contra o rapaz.

João Bizarro disse...

Mais um:

Benfica
Ugo Akuchie até 2012

O Benfica assegurou a contratação do ponta-delança nigeriano Ugo Akuchie, de 18 anos, até 2012. Chegará hoje a Lisboa, oriundo de Dakar (Senegal), dirigindo-se de seguida para o centro de estágio, no Seixal, onde irá assinar um contrato de quatro temporadas e meia.

Akuchie é internacional sub-20 pela Nigéria e representava o Royal King Academy, clube que se dedica apenas à formação. O destino deste jogador será a equipa de juniores do Benfica, orientada por João Alves.

No entanto, está previsto que Akuchie seja chamado ao plantel principal para se treinar e, consequentemente, mostrar-se a Camacho. Akuchie está há muito referenciado pelo departamento de prospecção, mas só agora a contratação avançou.

PiKiNiKi disse...

Bom reforço, sem dúvida!

João Bizarro disse...

Qual, Pikiniki?

O Makukula ou o Akuchie?

john billy disse...

"Akuchie é internacional sub-20 pela Nigéria e representava o Royal King Academy, clube que se dedica apenas à formação."
FDX! Há outros clubes que se dedicam apenas à formação? Pensava que era só o Sporting!

Americano disse...

Já tinha lido essa do puto nigeriano. Não vou estar a julgá-lo, até porque obviamente não o conheço, mas confesso que me preocupa um pouco a quantidade de estrangeiros que fomos buscar nos últimos tempos para os juniores, entre brasileiros, africanos, até chineses. Nada me move em termos de preconceito, o que me preocupa é que todos custam dinheiro, todos vêm rotulados de craques, e quero ver quantos alguma vez irão jogar pela equipa principal. Não quero ser pessimista, mas quando vejo que temos um puto de 18 anos com as qualidades do Adu por aproveitar, não sei o que se vai fazer com tantos outros.

Alexandre disse...

Será que já não há jogadores com nomes tipo "Domingos" ou "Fernando Gomes" ou "João Pinto" ou coisas assim simples?

Ricardo disse...

americano, entendo as tuas preocupações, têm sentido. Se vamos inundar o plantel de júniores de estrangeiros, além de tirarmos lugar aos miúdos que vêm das camadas inferiores, corremos o risco de "estragar" o excelente trabalho que tem sido feito. Por outro lado, as contratações de estrangeiros que o clube tem feito para a formação têm sido, de facto, mais-valias. Espera-se que não se caia no exagero, mas dou o benefício da dúvida a um departamento que funciona bem melhor do que o da equipa principal. Não sei se os benfiquistas têm acompanhado os jovens, mas este ano está a ser um domínio total, em todas as camadas. Um espírito vencedor e organizado vindo de trás só pode fortalecer estes jogadores para estarem preparados quando o momento de chamada à equipa principal acontecer. Espera-se é que, depois, tenham oportunidades...

estrangeiro disse...

Bem vindo!

A dupla Makukula+Cardoso não parece a ideal mas Makukula+Nuno Gomes será boa opção.

Precisamos soluções destas. Cada vez que Cardozo viaja para America do Sul, volta cançadoe não podemos pedir ao gajo de estar em condições de jogar sempre.

Alem disso, o Camacho está a fazer uma mudanca tactica. Quer que os avancados correm muito mais a fazer "pressing" alto (acho muito bem) porque a equipa tem que ser mais aggressiva. Isto vai desgastar mais o ataque e aos 60m-70m uma subsistuição será precisa sempre.

Também acho que o Nelson, por falta de melhor alternativas, pode jogar a extremo. Todos sabemos que o rapaz não esta bem e lhe faltam alguns parafusos, mas pelo menos tem mais velocidade de escapar pelo flanco e fechar mais rapido do que o Maxi.

A situação de Leo deixa-me preocupado. Está tudo legal?......

Pedro Vagos disse...

Quanto ao Makukula... pouco há a dizer... tem potencial, agora vamos ver se é jogador para o Benfica. Não era certamente uma contratação necessária para o equílibrio imediato do plantel - na perspectiva da próxima época... parece-me uma boa opção. Ficou a faltar um médio direito. Enfim...

Quanto ao puto nigeriano e à questão de estarmos a contratar muitos jovens estrangeiros. A mim não me choca nada. Se virem bem, e nisso o Football Manager dá uma boa ajuda, todas as equipas do top-10 europeu têm nas suas camadas jovens alguns (5/6) míudos de outros países.. é o futuro, o mercado global. Há que saber é rentabilizá-los!

Pedro disse...

Os putos para a equipa de juniores tb não me choca. É mais barato encontrar as perolas nesta fase do q depois ir já busca-los como jogadores feitos.

Desde q não se abuse não vejo mal algum. A questão é q esta politica só tem razão de ser se os jovens começarem a despontar na equipa principal com frequência.

João Bizarro disse...

Acho bem apostar nos jovens. Foi assim que surgiu o Messi, o Geovani dos Santos, o Aguero, entre outros.

É melhor assim do que contratar jogadores de 17 anos que afinal têm 30!!!!

:D

Americano disse...

Pedro, lá está, é essa a minha questão eu não acho mal nenhum, o problema é saber se são jovens com potencial ou se são jogadores para ir para o Aves ou o Nacional.
Lembro que esta época, não considerando o Sepsi porque esse está no plantel, fomos buscar o Halliche, o Felipe Bastos e outro brasileiro ontem, este puto nigeriano, mas alguns para os juniores, na época passada fomos buscar um GR para o Olhanense, temos o Sreten a rodar, o Tiago Gomes a rodar, mais 4 no Aves, mais no Nacional, etc, etc.
O meu receio é que se faça como alguém disse aqui no FM, eu por vezes faço esse erro, contrato alguns 20 jovens com "potencial", depois nenhum deles faz um único jogo na equipa principal. É isso que acho que se deve evitar, por isso me parecer mais lógico que tal como defendo que a equipa principal tenha uma bsae que vá transitando e vão entrando 2/3 mais valias por época, nas camadas jovens devia ser semelhante. Não significa que eu esteja a ter uma visão catastrófica, talvez o departamente de prospecção esteja agora a trabalhar bem, mas acredito nisso apenas quando vir algumas dessas pérolas a brilhar nos seniores. É que putos maravilha nos juniores há sempre aos pontapés, a transição é que poucas vezes acontece.

Americano disse...

João, são casos diferentes, o Messi foi trabalhado desde os 12 anos no barça, não chegou lá com 18, e o Gio e o Aguero quando chegaram já eram jogadores conhecidos à escala mundial, são casos parecidos com o Adu, não com uma potencial estrela nigeriana que nunca ninguém ouviu falar. A minha preocupação é que o plantel dos seniores já tem bastantes jovens, não acredito que nos próximos anos entrem mais que 2 ou 3 por época, daí achar que a escolha tenha que ser mais criteriosa. Claro que aposta-se em jogadores mais baratos, logo há mais margem para errar, mas todos estes jovens juntos custam bastante dinheiro, e nós temos que saber geri-lo com mestria.

john billy disse...

A minha explicação é esta:
Para cada vedeta estrangeira de 18 anos que vem, alguem deve meter bastante dinheiro ao bolso, por isso quantos mais melhor.
Alguem mete dinheiro ao bolso quando são os nossos juniores que passam para o plantel principal? Provavelmente não, por isso não interessa.
Mais uma nota: Não havia 3 milhões de € para comprar o Miccoli mas já há 4 para comprar o Makukula. Não havia dinheiro para lhe pagar os ordenados mas já há dinheiro para os ordenados do Butt e do Zoro. Estou a ver que o Miccoli não ficou porque o Orelhas não ia meter dinheiro ao bolso.

zorg disse...

Não conheço muito bem o Makukula, porém a penso que a sua contratação indicia que houve uma mudança de paradigma, no que a contratações diz respeito. Putos para os júniores à parte, o Benfica acaba por só contratar 2 jogadores: Sepsi e Makukula... e para 2 posições carenciadas. Creio que Camacho terá a sua quota parte de responsabilidade nisso.

Em relação a um extremo direito, concordo que daria jeito termos mais uma alternativa, apesar de, pessoalmente, achar o Maxi uma opção válida para o lugar. No entanto, prefiro que não venha ninguém a vir um brasileiro qualquer contratado às 3 pancadas.

Americano disse...

Pois John, além de tudo o que eu disse anteriormente, esse é outro dos meus receios, é que estas proclamadas vedetas sejam negócios interessantes, mas não para o clube. No entanto vou dar 2/3 anos ao Rui Águas, se até lá alguns surgirem no plantel e mostrarem competência tudo bem, serei o primeiro a felicitá-los.

Americano disse...

Zorg, respeito a tua opinião, mas deves ser o único benfiquista do mundo que acha que as posições preenchidas por Sepsi e Makukula estão mais carenciadas que a de médio direito.

João Bizarro disse...

O Fernando Santos e o génio da estratégia desportiva dispensaram o soneca que agora bem falta fazia.

PS. Será que o Leandro Lima não tem algum neto que seja médio direito???

john billy disse...

A melhor notícia do dia:

"Ávalos (ex-Nacional) no Duisburgo até 2009
O Duisburgo, actualmente no último posto do campeonato alemão, anunciou esta quinta-feira a contratação do defesa argentino Fernando Ávalos, proveniente do Nacional da Madeira"

Mesmo a tempo de poupar uns hematomas ao Cardozo e Cia!

Ricardo disse...

"Em relação a um extremo direito, concordo que daria jeito termos mais uma alternativa, apesar de, pessoalmente, achar o Maxi uma opção válida para o lugar" - Não concordo. A vir um extremo-direito não seria uma "alternativa", mas um titular. Se fosse para vir uma alternativa a Maxi, é como dizes, seria melhor não vir ninguém. A questão é que Maxi nunca será extremo-direito na vida; será sempre uma solução de recurso, que até aceito que funcione em jogos em que precisamos de gerir mais a bola e em que o Maxi funciona como um falso trinco, encostando-se aos dois médios defensivos na luta pelo meio-campo. Mas o Benfica, regra geral, joga para ganhar, o que inviabiliza totalmente a opção Maxi Pereira a extremo-direito. É ainda mais preocupante não termos contratado ninguém para essa posição, sabendo que o sistema de jogo preferido de Camacho é o 4231, que exige extremos rápidos, tecnicistas e bons a cruzar. Há uma questão nova que se põe e que, na altura, eu tinha "atirado" como pelo menos passível de ser experimentada: Bergessio nessa posição. Já que o argentino está de volta por que não experimentar? Treinar é isso mesmo, procurar soluções quando elas parecem não existir, descobrir jogadores quando os mesmos parecem definhar no banco ou na bancada. Com as devidas distâncias, sempre comparei Bergessio a Lisandro (atenção: com as devidas distâncias), na garra, na pressão que pode fazer sobre as defesas contrárias, no remate fácil, na capacidade para, vindo da faixa, flectir e aparecer em zona de finalização. Há que lembrar que o homem teve 6 meses, em que jogou 3 ou 4 jogos. Ora, não me parece justo tiramos ilações de tão pouca observação sobre as suas capacidades. Já que fica, ao menos testem-no numa posição em que, claramente, estamos deficitários...

Pedro disse...

Possa...com Mantorras, Cardozo, Nuno Gomes e, digamos, Adu a posição de avançado não está carenciada. A de lateral esquerdo só passou a estar depois da dispensa de Miguelito...

Carenciada está sim a posição de Médio direito para a qual não temos nenhum jogador de raiz. Achar Maxi, um jogador lento, sem explosão e sem técnica para o 1*1, uma opção válida para a posição de médio ala direito é q não ó zorg!!!!

zorg disse...

>Possa...com Mantorras, Cardozo, Nuno Gomes e, digamos, Adu a posição de avançado não está carenciada.
-
Mantorras não é alternativa e Adu tem sido usado exclusivamente a extremo esquerdo (bem ou mal, já é outra discussão). Sobram Cardozo e Nuno Gomes, o que é o mesmo que dizer que a posição estava bastante carenciada.

>A de lateral esquerdo só passou a estar depois da dispensa de Miguelito...
-
Não, a posição estava carenciada porque o Miguelito não era alternativa. A dispensa só consumou aquilo que já era verdadeiro antes.

Americano disse...

"Ora, a entrada de Bruno Alves sobre Moutinho foi punida com cartão amarelo. O lance de Liedson sobre Helton levantava dúvidas, já que não foi assinalada falta, mas o comunicado dá a entender que o árbitro Carlos Xistra terá visto o lance. «Se viu, mesmo que nada tenha marcado, o Regulamento Disciplinar não permite instaurar processo sumaríssimo.» "

Há coisas fantásticas não há? Não que isto seja surpreendente (mal que vi o amarelo ao Bruno ALves percebi a intenção), mas também chegamos à conclusão que o árbitro do Setúbal-Benfica foi a única pessoa no Mundo que não viu o que se passou entre Kat e Luisão, caso contrário também não poderia haver sumaríssimo, não é senhores da Liga?
A vergonha continua...

john billy disse...

"A Comissão Disciplinar da Liga, sem nunca mencionar os nomes dos jogadores, explica o porquê de não instaurar processos sumaríssimos a Liedson e Bruno Alves, por causa dos lances ocorridos no clássico entre o Sporting e o FC Porto.
Numa nota emitida no site oficial da Liga, o órgão presidido por Ricardo Costa sublinha que este tipo de processos só pode ser utilizado em circunstâncias «muito apertadas e excepcionais» e sempre para «punir comportamentos que a equipa de arbitragem não viu e não avaliou».
Ora, a entrada de Bruno Alves sobre Moutinho foi punida com cartão amarelo. O lance de Liedson sobre Helton levantava dúvidas, já que não foi assinalada falta, mas o comunicado dá a entender que o árbitro Carlos Xistra terá visto o lance. «Se viu, mesmo que nada tenha marcado, o Regulamento Disciplinar não permite instaurar processo sumaríssimo.»
Assim, até ao momento, só Katsouranis foi alvo de sumaríssimo."

A melhor parte é mesmo essa: "«Se viu, mesmo que nada tenha marcado, o Regulamento Disciplinar não permite instaurar processo sumaríssimo.»"
Querem dizer que no Setubal-Benfica o árbitro não chegou a ver aquela confusão toda?

john billy disse...

É pá!!!
Americano temos que jogar ao Euromilhões hoje!

Alexandre disse...

O mais engraçado é que mesmo com um golo irregular, um penalty por marcar (na opinião de muitos) e essas duas cagadas das expulsões perdoadas, este árbitro não vai ao castigo. Gostava de saber quais são os critérios dos castigos.

Alexandre disse...

E mais engraçado ainda foi na primeira volta, apesar de toda a gente dar razão ao arbitro relativamente ao golo do porto, houve um choradinho da lagartagem durante vários dias... esta semana nem um pio. Desta vez são um modelo de postura no futebol. Palhaços.

john billy disse...

Alexandre conheces algum clube que se queixe da arbitragem quando é beneficiado? Por isso não vais por aí.
Agora concordo contigo em relação aos arbitros. Quando é que vamos ter sumaríssimos também para eles?

Americano disse...

John, já joguei :)

Não há dúvidas que estes palhaços têm de ser castigados, mas enfim!

Alexandre disse...

John é obvio que ninguem fala quando é beneficiado. Mas queixarem-se de um possivel erro de interpretação do arbitro 15 dias depois do bruno paixao lhes ter oferecido uma supertaça, é o cumulo. Mas adiante...

Sobre os castigos aos árbitros devia haver pelo menos um regulamento qualquer onde pudessemos compreender os critérios. Mas não, dá ideia que castigam quando lhes apetece. É como os sumaríssimos, há alguns critérios... mas dá ideia que só castigam quando por acaso alguém da CD estava a ver o jogo na TV, senão não há nada.