blog

sábado, março 17, 2012

SL Benfica - Beira Mar: 3-1

Não fosse aquele irritante golo sofrido ao cair do pano e o SL Benfica tinha tido um jogo a roçar a perfeição.

Aproxima-se um ciclo terrível de jogos complicados na época do SLB, começando já na terça feira recebendo o Porto para a Taça da Liga, seguindo Olhanense, Chelsea, Braga, Chelsea novamente e Alvalade. Perante este cenário é quase obrigatório que o Benfica vença os jogos com equipas mais acessíveis de forma fácil e tranquila e ontem, foi isso que aconteceu, contra o Beira Mar.

O Benfica teve um ritmo de jogo lento, sem grande intensidade e com uma gestão de esforço racional que precisa, para ter efeito, que se marque cedo e foi isso que aconteceu o que permitiu que o jogo se tornasse fácil. Seguiu-se mais um e outro golo e cedo a equipa passou a gerir o jogo pensando já nos próximos confrontos. O público não gosta desta lentidão de processos da equipa e teimosamente recusa-se a perceber que há momentos da época em que é preciso gerir um resultado confortável e deixar as correrias e goleadas para outras alturas. Jesus apostou em Nélson Oliveira para o 11 titular e fez muito bem porque o míudo está em alta e a crescer de jogo para jogo. Não percebo o Witsel na lateral direita. Se André Almeida não serve para ser titular na Luz contra o Beira Mar o que é que está a fazer no plantel do SLB? Regresso de Aimar e isso faz uma diferença no jogo do Benfica brutal. Felizmente o resultado permitiu dar ritmo de jogo a Aimar e a retirá-lo para descansar para terça. Minutos nas pernas para Rodrigo são, igualmente, importantes.

Cardozo bisa e faz uma assistência. Não presta. Nem quer imaginar o que seria se prestasse... Gaitan a melhorar. Será? Espero que sim porque a equipa precisa do melhor Gaitan nesta fase. Jardel seguro e a mostrar que é uma mais valia no plantel para estes embates. A equipa portou-se bem no seu todo, não falhou no ataque e isso permitiu um jogo descansado. Aquele golo no fim é que já irrita... Jesus não quer dar, pelo menos publicamente, importância mas revela a fragilidade defensiva que a equipa padece...nos jogos mais a sério paga-se caro. E já sabemos isso.

A arbitragem foi razoável mas é impressionante a facilidade com que se dá amarelo aos nossos jogadores. Incrível.

Jogo sem grande história, cumprimos o nosso papel, vencemos tranquilamente e agora que venham os próximos embates.

10 comentários:

RockDaLinha disse...

Vitoria tranquila no jogo que parecia treino e mesmo assim alguns jogadores mostraram que nem razoáveis são. O Emerson consegue ser assobiado num jogo destes, o homem não dá uma para a caixa.
O André Almeida para mim é fraquíssimo, tenho a certeza que jogava mais que ele, inadmissível a escolha deste jogador para o nosso plantel. Mais um barrete que veio do Belém.
Falam do Jardel... jogamos com o Beira Mar em casa!!!!! Nestes jogos o homem desenrasca, mas não tenho a mínima segurança desta dupla na champions.
Pior que tudo é que o Benfica continua a sofrer golos. Mas o que se passa? Sinceramente não consigo explicar. Se tivéssemos o Roberto na baliza de certeza que não estávamos a 1 ponto do porco.
Por falar em porco, tentei ver o jogo destes palhaços e assim que vejo a atitude dos jogadores do Nacional não quis ver mais. As equipas que jogam com o Benfica até comem merda, correm que nem loucos, até a merda do Guimaraes que levou 5 das osgas ganhou ao Benfica e ainda tiveram premio de jogo. Mas agora não tem dinheiro para pagar ordenados, enfim...
Assim é difícil ser campeão. Quero ver a atitude do paços agora com os corruptos, se for igual ao do Nacional, o Benfica que lute só pela champions e mande cagar o campeonato.

Anónimo disse...

RockDaLinha, não entendo o porque desse teu comentário... se bem me recordo o Benfica quando jogou contra o Nacional só não estava a ganhar por 4 ou 5 no intervalo por culpa propria. O Nacional é que está cheio de cepos, nada mais.

John Wakefield disse...

Este foi o jogo mais acessível daqueles que se seguem... Cumprimos a nossa obrigação, mas é incompreensível que voltemos a sofrer golos no nosso próprio reduto, desta feita perante o Beira Mar, equipa com o segundo pior ataque da prova...

Pedro disse...

Não é uma questão de cepos...é uma questão de atitude...os jogadores do nacional pareciam que tinham chumbo nas chuteiras tamanha era a passividade... Mas alguém achava q o amigo Rui Alves ía, nesta altura, tramar o padrinho?

RockDaLinha disse...

não entendes ou não queres entender?? Já o jogo entre o setubal e o porto foi uma vergonha. Atitude do Setubal, zero, bola... Como disse o caracolinhos da sic, mais parecia um jogo de treino. Vou esperar pelo jogo do paços. Se o paços "só" correr metade que correu contra o Benfica, ganha o jogo a brincar. Isto claro se não houver um toque especial do fiscal de linha.

Camund disse...

Bom jogo q deu para controlar sem muito esforço. Não percebo a do witsel...podia ter jogado o m vitor a direita e o cap a esquerda e mudar os desequilíbrios do lateral p o lado esquerdo...nada de novo já q o fazíamos a epoca passada. E descansávamos o wistel até a saída do aimar, já q pelo q parece o matic esta a ser poupado p olhão (risco de suspensao). Agora há que ganhar o próximo q vai ser um jogo desgastante e ter uma equipa competitiva q possa ganhar em olhão...

Miguel A. disse...

Setúbal, Nacional e outros se seguirão. Também estou curioso para ver a atitude do Paços e do seu treinadorzeco das tácticas do autocarro, que se mostrou tão revoltado com o Benfica no final do jogo... os do Guimarães tiveram direito a prémio de jogo e provavelmente também a vitamina. E por falar em padrinho, vamos a ver como se comporta o Salvador quando tiver de enfrentar o dele...

Pedro Vagos disse...

Uma palavra para o Basket: Lisboa é bom dirigente... mas como treinador, esqueçam lá isso!

LC disse...

"Não fosse aquele irritante golo sofrido ao cair do pano e o SL Benfica tinha tido um jogo a roçar a perfeição."

Foi só para humilhar o Sportem, não percebeste?

Pedro disse...

LC, eu nem me lembro desses gajos...