blog

quarta-feira, setembro 19, 2012

Celtic - SL Benfica: 0-0


É verdade que eles são um clube muito simpático mas equipam como uma barraca da praia da Figueira da Foz pelo que não dá para perceber porque jogámos com uma camisola preta e não a mítica vermelha. Adiante.

Para estreia alguns dirão que não foi mau, eu digo que foi péssimo porque o Celtic é do mais fraco que já vi o Glorioso defrontar na Champions com um leque de jogadores que dificilmente lutariam pela Europa no nosso campeonato em que a táctica é impressionante força física e correr muito atrás da bola e pontapé para a frente. Estranhamente os nossos jogadores deixaram-se apanhar por essa correria e demoraram uma eternidade a meter a bola no chão e, verdade seja dita, quando a punham o passe era quase sempre deficiente, a recepção horrível, a decisão errada, enfim, uma exibição fraquinha. O treinador, com o que tem à disposição, fez o possível optando pelo 433 com Matic, Enzo e Aimar no meio a apoiarem Sálvio, Gaitan e Rodrigo. A surpresa foi a inclusão de André Almeida no lugar do castigado Maxi Pereira e o erro, no meu entender, foi a não titularidade de Cardozo mostrando o quanto a equipa perde sem ele em campo. Muitos defendem que ele não corre, que isto e aquilo, mas hoje, a falta que ele fez a segurar os centrais abrindo assim espaço para Sálvio, Gaitan, Aimar, Enzo, subirem e invadirem a área adversária. É minha convicção que, mesmo jogando tão mal como jogámos, que com Cardozo em campo tínhamos vencido o jogo.

Na Champions costuma-se pagar caro as oportunidades desperdiçadas e perante um adversário tão fraco conquistar apenas um ponto é um desperdício que, espero, não nos custe caro. Quando o sorteio nos ditou este grupo a minha expectativa era vencer os 4 jogos contra Celtic e Spartak. Ficámos sem Javi e Witsel e as minhas expectativas, naturalmente, foram revistas em baixa mas temos mais que equipa para vencer estes simpáticos escoceses. Infelizmente empatamos e vamos ter que suar um pouco (muito) mais para nos apurarmos. 

Aimar, Sálvio, Gaitan, Enzo e Rodrigo estiveram muito mal. A quantidade de más recepções e passes errados que tiveram foi absurda e com isso impediram que o Benfica assumisse claramente o jogo e aproveita-se a debilidade clara do Celtic. André Almeida e Jardel, que tinham as atenções todas sobre os seus ombros, estiveram bem, batendo-se sem medos. André a acusar um pouco o palco com alguns erros desnecessários mas com uma exibição positiva. Jà Jardel a provar, mais uma vez, que não é por ele que o SLB terá problemas. Matic foi enorme no meio campo e terá sido, para mim, o nosso melhor jogador. 

Nada a apontar à arbitragem.

O Barça ganhou ao Spartak apesar de ter estado a perder o que complicaria e muito as contas do grupo e daria aos russos uma enorme vantagem na qualificação. Queria enfrentar a recepção ao Barcelona com três pontos mas terá que ser com apenas um e ir recuperar depois à Rússia. Sim, não há impossíveis no futebol mas é muito complicado este Benfica conseguir pontuar frente aos catalães, até porque há dois jogos para a Liga nacional que se avizinham bem complicados e, não esquecer, é esse o nosso principal objectivo.

29 comentários:

luis disse...

Muito fraco. O árbitro foi caseiro.

Jotas disse...

O Benfica pareceu-me sempre uma equipa condicionada ofensivamente, pelos remendos defensivos que foi obrigada a fazer,o que se precebe, é até instintivo nos próprios jogadores, fruto disso, notou-se que os criativos da equipa, estiveram sempre mais preocupados em não descompensar a equipa na ajuda defensiva, do que arriscar em termos ofensivos.
Empate justo de uma equipa que foi muito solidária e na minha opinião, por muito que alguns julguem que não, ganhar em Celtic não é fácil, por exemplo, o Benfica saí de lá pela primeira vez com pontos, em casa têm uma garra enorme e fora, aí sim, são a antítese.
Embora nota-se alguma falta de ambição na equipa, há que perceber que atendendo aos remendos que aqui menciono, os próprios atletas não têm a confiança necessária para correr riscos, isso é até instintivo nos atletas, parece-me ainda algo injusto irmos por aí, quando muitos de nós, por aquilo que fui lendo, antevíamos o descalabro e que com aquela defesa ía ser isto e aquilo, a verdade é que não sofremos golos e nem oportunidades sofremos, daí que entendo o que se passou, o que não quer dizer que goste.

Carlos Covas disse...

Ainda bem que consegui ler uma analise ao jogo sem faxciosismos e correcta. Jogamos pessimamente mal mas esta falta de qualidade no passe nao foi so deste jogo. Duma maneira geral mais de 3 toques na bola e bola perdida. Para mim o arbitro nao ajuisou o jogo da forma mais correcta havendo um claro penalti sobre o Rodrigo que nao foi assinalado. Tenho muitas duvidas a respeito deste Benfica e espero estar errado mas nao auguro nada de bom no futuro.

B Cool disse...

é isso mesmo Pedro, um adversário banal (sem o samaras, só miku me pareceu ser jogador), falta de ambição, mesmo com todos os remendos somos muito superiores a este bando de pernas de pau e podem ser 2 pntos que nos venham a fazer falta, mas espero que não.

Um enzo muito fraco, um gaitán muito individualista, um jardel muito competente, um andré almeida que desequilibrou várias vezes a defesa, um rodrigo abandonado no meio das balonadas, um salvio muito discreto, um cardozo, um bruno césar e um nolito que chegaram demasiado tarde ao jogo.

Enfim, temos que ganhar ao barcelona, embora seja uma tarefa muito difícil, em casa temos que ter a ambição de ganhar sempre

SLB4EVER disse...

Tendo em conta todas as condicionantes não acho este resultado péssimo. Ganhar era optimo , perder sim era péssimo, o empate nesta altura nem é bom nem é mau, sempre é 1 ponto e 1/2M € e não compromete nada.
O Celtic sempre foi uma equipa de coxos mas no seu estádio é sempre um osso duro de roer para os adversários.
Perder Javi e Witsel no fecho de mercado e na véspera do jogo perder também o capitao e ter ainda Maxi impedido são factores que influenciaram a expectativa que tinha para este jogo.
Ainda existe o facto de a equipa não competir oficialmente á 17 dias(só rir) e termos no 11 jogadores que falharam a pré epoca devido a lesao (Matic, Aimar, Gaitan) e outros que já chegaram no fim da mesma(Rodrigo, Salvio), como cereja no topo do bolo ainda a estreia de André Almeida na Europa em mais uma adaptaçao.
Partilho da tua opinião em relaçao ao Cardozo, acho que tinha sido melhor escolha para titular e o Rodrigo entrando fresco na segunda podia ter feito a diferença. O André Almeida pela primeira fez fez um jogo decente a lateral, residia aqui o meu grande receio, felizmente infundado. O Gaitán no ataque mesmo assim foi dos que esteve mais desiquilibrador embora tenha perdido duas das poucas ocasioes que tivemos para marcar, podia ter sido substituido mais cedo porque depois dos 60 acabou para o jogo. Sálvio talvez por estar preocupado em ajudar o AA esteve mais discreto do que o habitual. Achei a exibiçao do Matic bem positiva e o Enzo tb esteve bem. Melga a atacar esteve muito mal o que ajudou a que o ataque pela esquerda tenha sido quase nulo, a defender cumpriu.
Bem daqui para a frente é melhorar, a intensidade e ritmo tem de subir bastante porque comparando com os do Celtic estivemos bem abaixo deles, a qualidade de passe e definiçao das jogadas também deixou algo a desejar embora ache que a pressao e melhor forma dos escoceses tenha ajudado nisto.

É ganhar na Luz contra o Barça e estamos em grande ;)

Hugo disse...

Não concordo nada contigo.
Estava pessimista, perante a realidade (saida de Witsel e Javi e castigos de Luisão e Maxi).
Menos 4 titulares assim de repente, é obra.
Como equipa, estivemos muito bem, o colectivo funcionou perfeitamente, pois não me lembro de uma jogada perigosa do Celtic.
Não estivemos tão bem ofensivamente, porque a equipa estava concentrada a não falhar defensivamente.
Grande jogo de toda a defesa, tal como Matic.
Jogão de Enzo, encheu o campo (o que já esperava), defensivamente e ofensivamente.
Salvio e Aimar não estiveram tão bem como de costume, e foi isso que faltou ao Benfica.
Gaitan não esteve mal, era ele que conseguia mudar a velocidade ao ataque do benfica, falhando somente na ultima decisão e passe.
Rodrigo não pode jogar ali sozinho, neste contexto, pois é um jogador que precisa de espaço, precisa de vir buscar a bola, não é avançado para estar no meio deles, não é avançado para segurar a bola.
E aí dou-te razão Pedro, o Cardozo era melhor que Rodrigo neste jogo, aliás, para jogarmos nesta tactica, que para mim, é a melhor, os avançados terão de ser o Cardozo ou o Lima, um porque é forte fisicamente, o outro porque é quem segura melhor a bola.
Como segunda linha, André Almeida pode ser o substituto de Maxi.
Enzo, (que pés fantásticos e inteligência)é decidamente o melhor para o lugar de Witsel.
Melgarejo, ainda é uma incógnita para mim (naquela posição), mas ainda assim, melhor que o último defesa esquerdo titular da época 2011/2012.

João Bizarro disse...

"Nada a apontar à arbitragem."

E o penalti sobre o Rodrigo? É estupidez do redes mas é penalti claro.

Gandhy disse...

Neste grupo se o Barça cumprir a obrigação e vencer os jogos todos, oito pontos chegam para passar. Vencer russos e celtic em casa, e empatar fora esses dois jogos.

Anónimo disse...

Foi caseiro sim senhor - mas, já estamos habituados, nem notamos

Tico

Vladimir Kaspov disse...

Quanto a Matic estamos em total desacordo, esteve bem mal, espero que tenha sido apenas um mau jogo.

Pedro disse...

"pois não me lembro de uma jogada perigosa do Celtic."

Hugo, pq eles são uns cepos de primeira. São mesmo maus, a bola nos pés dos gajos e para a frente e correr q nem uns doidos.

"E o penalti sobre o Rodrigo?"

Em jogo corrido aceito a não marcação de falta. Claro que na repetição no angulo por detrás da baliza vê-se q o gr não toca na bola e impede o Rodrigo de avançar mas em jogo corrido fica a nítida sensação q Rodrigo "remata", o gr defende e dá-se o choque. Aceito.

DeVante disse...

"Para estreia alguns dirão que não foi mau, eu digo que foi péssimo porque o Celtic é do mais fraco que já vi o Glorioso defrontar na Champions com um leque de jogadores que dificilmente lutariam pela Europa no nosso campeonato"

Então e aquele alarmismo antes do jogo, que não tínhamos equipa, que estamos desequilibrados e tal?

O Cluj também é do mais fraco que há, e o Spartak também é e foi o que foi em Camp Nou...

DeVante disse...

Pois, nós benfiquistas "aceitamos" que não se marque penatys a nosso favor.
Mas se fosse ao contrário estaríamos aqui a crucificar os nossos defesas, o treinador por não ter apostado em Miguel Vítor e, principalmente, a Direcção por não ter providenciado um substituto.

São essas cenas que nos fazem bem...ah, e o pormenor do Jesus esperar um jogo no estrangeiro para lançar Gaitán a titular foi delicioso...

Mário Lopes disse...

Achei a arbitragem caseira. Uma dualidade estupida como no cartao mostrado ao Matic e a não mostrajem ao negro com nome de mota, que já tinha 1 nessa altura!

Faltas, tanto deixava jogar tudo, como apitava ao minimo toque!

Qto ao Matic tb estou em desacordo, um dedo do pe do JAVI vale mais que todo o MATIC. Muito lento e cada vez que tem a bola nos pés, parece que queima!

Pedro disse...

"Então e aquele alarmismo antes do jogo, que não tínhamos equipa, que estamos desequilibrados e tal?"

Mantêm-se. Continuamos desequilibrados e estamos menos fortes do que estavamos no momento do sorteio. É factual. Não invalida que sejamos muito superiores a este Celtic.

"O Cluj também é do mais fraco que há"

Não vi não posso comentar. Sei que ganhou num campo onde temos tido muitas dificuldades nos ultimos anos.

"Spartak também é "

Não concordo.

"Pois, nós benfiquistas "aceitamos" que não se marque penatys a nosso favor."

Caro DeVante, podemos discordar de muita coisa mas aqui sou coerente com a minha postura perante este tipo de lances. Se no movimento corrido eu concordo com a decisão do árbitro não me parece justo massacrar se a repetição mostrar um erro (há excepções claro, se a repetição mostrar q o árbitro tinha toda a visão do lance e não devia ter errado, por exemplo).

Hugo disse...

"Hugo, pq eles são uns cepos de primeira. São mesmo maus, a bola nos pés dos gajos e para a frente e correr q nem uns doidos."

Pedro, estás errado, eles são uma equipa equilibrada, dentro das suas possibilidades.
São uma equipa "combativa", que quando jogam em casa se tornam mais empolgantes.
São fisicamente superiores a Nós e isso é importante no futebol.

O trinco deles ganhava os lances todos divididos.
O extremos são bons jogadores.
é uma equipa que sabe as suas limitações.

Veremos quem vai lá ganhar...

John Wakefield disse...

Pedro, o Celtic não é assim tão fraco como pintas. Por exemplo, têm alguns jogadores de categoria. Casos de Joe Ledley, Scott Brown (um nº 8 puro que dava jeito ao nosso Benfica) ou até Miku, avançado venezuelano que na época passada fez 12 golos no campeonato espanhol ao serviço do Getafe.
É claro que não estão ao mesmo nível de há 6 anos atrás. Isso é evidente. O futebol escocês caiu muito desde aí (e agora com o desaparecimento do Rangers...), mas também não vamos chegar ao cúmulo de dizer que os gajos do Celtic são fraquinhos.
Em termos de historial, apenas não superam em Portugal, o Benfica e o Porto...
E o ambiente na Escócia é escaldante e o nº 12 deles empurra muito a sua equipa para a frente.
Em suma, o resultado, não sendo brilhante, é positivo.

PS: As apostas em André Almeida, Jardel, Melgarejo e Matic deram certo ontem. Pelo menos, cumpriram com a sua função. Não podia pedir mais!

Pedro disse...

John, neste momento até aquele matulão, Wanyama, nos dava um jeitaço.

Hugo disse...

"John, neste momento até aquele matulão, Wanyama, nos dava um jeitaço"

Pedro, dava jeito porque mostrou ser um bom jogador.

Pedro disse...

Dentro da sub-espécie de jogador, denominada, "Tipo Fernando Aguiar", sim, o gajo mostrou ser um bom jogador.

Um tractor do caraças, que não para um segundo. Vai ser giro vê-lo à rabia com os jogadores do Barça
☺☺☺

Hugo disse...

Com o Barcelona qualquer um anda à rabia...

Pedro disse...

Aimar, Enzo, Matic, Sálvio, Gaitan...tinham a obrigação de "rabiar" os pobres escoceses.

DeVante disse...

Gaitán rabiou uns tantos...mas teve que ser lá longe, onde não é assobiado pelos seus...

Witsel disse...

Atendendo à situação de desfalque em que o Benfica se encontra podem estar satisfeitos com o empate porque o Celtic não é tão má equipa como o que pretendem pintar!

João Bizarro disse...

Só podias ter esse nick: "Witsel"

POC disse...

De acordo Pedro.
Irmos à Champions para fazer jogos como o de terça-feira é constrangedor.

Aceito que se entre assim no jogo, atendendo às condicionantes. Mas depois de se ver a valia do adversário e o decorrer do jogo, não ganhá-lo é um "crime".

O Benfica é maior e melhor que o Celtic. Se não joga para vencer com ele, algo vai errado.

Witsel disse...

Acautelem-se, eles agora ficaram mais conhecedores da forma de jogar do Benfica e vêm mais preparados para vos enfrentar. Não acreditem em facilidades pelo facto de jogarem em casa!

Hugo disse...

"Aimar, Enzo, Matic, Sálvio, Gaitan...tinham a obrigação de "rabiar" os pobres escoceses.
☺"

Pedro desses todos só o Aimar e possívelmente o Enzo, são jogadores de um dois toques, para rabiar.
Os outros são jogadores de velocidade com bola nos pés, excepto o Matic que ainda não lhe vi qualidade para qualquer dessas situações.

Rabia é para quem sabe e pode, como sabia e podia o Aimar com Saviola. Esses sim, por vezes, rabiavam os que lhe apareciam á frente.

John Wakefield disse...

Pedro, o Wanyama é um trinco puro. Tem apenas 21 anos. Se controlar melhor a agressividade e aperfeiçoar os seus índices técnicos, poderá ir muito longe... É um jogador a seguir com atenção!
Que venha agora a Académica!