blog

quarta-feira, janeiro 12, 2011

SL Benfica - Olhanense: 5-0

Terceiro jogo do ano, terceira competição, terceira vitória. Excelente arranque de 2011 do campeão nacional que todos esperamos que seja para durar até ao apito final do último jogo da época.

O Estádio da Luz assistiu, nesta noite, ao regresso do rolo compressor benfiquista que cilindra os adversários não dando qualquer hípotese de reacção criando sucessivas oportunidades de golo que quando começam a entrar o marcador ganha um colorido sempre interessante. E o que mais gostei do jogo do Glorioso esta noite foi a forma como o mesmo foi encarado por todo o grupo profissional: o treinador não poupou jogadores, fez alinhar um 11 bastante forte com apenas três alterações substanciais, Júlio César na baliza, na habitual rotação de guarda redes, Airton no lugar de Javi já pensando na ausência deste na próxima jornada da Liga e Amorim na lateral direita por troca com Maxi Pereira; os jogadores tiveram sempre uma enorme atitude competitiva, procuraram sempre o controlo do jogo, não deixaram o adversário jogar, foram sempre em busca de um resultado melhor. O Benfica do ano passado que se mostrava insaciável, golo após golo, voltou ao Estádio da Luz. Um excelente jogo que permitiu, como eu desejo sempre num jogo a meio da semana, após a garantia da vitória uma gestão do plantel por parte de Jesus com o regresso do lesionado Aimar, com minutos a Kardec, com descanso de Saviola e Coentrão, com controle de jogo e de ritmo, etc.

Os argentinos continuam com pé quente e Cardozo a aumentar a sua marca na história do Glorioso ( Tacuara sei que lês o Mágico por isso aqui fica um desafio pessoal: Atingires os 100 golos ao serviço do Benfica ainda esta época!! Feito?) mas toda a equipa esteve muito bem, muito atenta, muito unida. Gostei de rever Jesus a dar indicações, gostei de rever jogadores a pedir desculpa aos colegas após um lance menos bom, gostei! Espero que seja mesmo sinal que estamos no bom caminho e que Jamor esteja presente no futuro próximo do SLB.

Finalmente podem dizer, os acéfalos do costume, que ficou um penalty contra o campeão por assinalar...aos 85 minutos com 5-0 no marcador. Pois...também é típico. Tirando este lance parece-me que o árbitro esteve sempre bem durante o restante tempo de jogo.

Mais um adversário ultrapassado, segue-se o Rio Ave em Vila do Conde. Temos que manter este espírito competitivo, esta união e esta vontade porque é assim o ADN do Glorioso, é assim o ADN do campeão. Rumo ao Jamor!!!!

19 comentários:

John Billy #32 disse...

Talvez o melhor Benfica da época!

Mentiroso disse...

Bom jogo mas, a minha maior alegria de hoje vai para a contratação de Jardel. É um excelente reforço, não sei como o clube do Porto não se antecipou desta vez.

Jardel vai lutar pela titularidade, com ou sem David Luiz. É a minha aposta.

Tonito disse...

bem, parece que a ideia de contratar um jogador no dia em que ele tem de enfrentar a sua futura equipa resultou. Assim já nem jogou. Se isso fosse feito pelo fcp já sei como era...

Entretanto, apesar de uma arbitragem vergonhosa, o fcp já está nas meias finais.

Helder disse...

Não contava que o Benfica torna-se este jogo assim tão fácil.
O Benfica fez em exibição muito boa e vem subindo de rendimento. Agora tem que ser pra manter!

O Cardozo mais uma vez mostrou que é um cepo....!!

Cardozo: Grande Abraço!!

Anónimo disse...

1- Vamos ver. Caso ultrapassemos o Rio Ave, gostaria de enfrentar o Setúbal ou Académica e que o fcp ficasse com o Guimarães.

2- Uma meia-final entre fcp e Benfica seria hiper-prejudicial para ambas as equipas pois o calendário (campeonato, taça da liga, Liga europa) é mto exigente. Nem os portistas (que se vangloriam do resultado da primeira volta) desejariam isso, pois agora o Benfica está bem mais forte e o fcp já não mantém o mesmo ritmo inicial. Ainda por cima em caso de triunfo do Benfica, poderia significar uma mudança decisiva no rumo do campeonato portugues (a supertaça teve por exemplo esse impacto).

VHugo disse...

Quando a confiança está cá, é bem melhor! e tudo corre bem!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2011/01/rumo-fase-seguinte.html

M disse...

Foi bom!

Convém não entrar em entusiasmos, isto tem de ser jogo a jogo mas foi bom....mal acabou, so pensava que nunca mais chega o jogo de vila do conde....adoro o Jamor, temos de ser firme na busca da 25.

ja disse que adoro a tusquice do Cardozo? cepo do gajo, a querer mandar bolas para a bancada e elas teimam em acertar na baliza...

João Bizarro disse...

O Glorioso está a jogar muito bem nesta altura e não precisava de Jardeis (mais uma para dar comissões a alguém?) para nada.

Tacuara mais uma vez a provar aquilo que é, um GRANDE avançado, marcador de golos (e que golos).

Ricardo disse...

O que diriam os senhores cheios de moral se o pinto da costa contratasse um jogador de uma certa equipa exactamente no dia em que o fcp fosse jogar contra essa mesma equipa?

Vá, fechem os olhos, imaginem a cena, e sejam sinceros uma vez na vida.

M disse...

"..sinceros uma vez na vida..."...

estes gajos são hilariantes fdx...

olha pá, eu pessoalmente sinto-me perturbado com esta contratação..precisamente por ela dar hipoteses a individuos como tu tenham assunto e façam com que, ao contrário do que sugerem que nós façamos (fechar os olhos), tu os abras....

ja comentaste o penalty do Rufai?

Pedro disse...

Sabes lá tu o que é sinceridade.

O SLB contratou o jogador negociando com o clube. Tudo limpinho.

Querem ver agora q se o Jardel jogasse ontem o Glorioso teria perdido o jogo e sido eliminado da Taça?

Mas dá gosto ver a malta corrupta toda atrapalhada com um negócio perfeitamente legal...faz-lhes confusão a palavra LEGAL!!! :)

Jotas disse...

Foi uma eliminatória que permitiu que o Benfica passasse aos 1/4 de final da Taça sem dificuldades, goleasse e assim aumentou ainda mais os seus níveis de confiança já de si num plano bem aceitável e ao mesmo tempo, permitiu que os jogadores em campo fizessem uma gestão de esforço, complementadas com as substituições operadas.
Destaque para os grandes golos de Cardozo, o tal que por vezes não presta, mas cujos factos falam por si, desde que está no clube, é apenas e sempre o melhor marcador da equipa e se por vezes falha golos, é apenas porque está lá no sítio. Dedicados estes golos a todos aqueles que quando o Tacuara se lesionou, festejaram e virbraram com Kardec, que curiosamente só marcou um golo e falhou poucos, porque nunca estava lá.
Temos claramente um Benfica em crescendo e que nem precisou de uma exiibição de gala para golear, o que para mim é um bom sinal.
Quanto à questão de Jardel, apenas digo isto, não concordo com o timing, acho eticamente reprovável, mas parece-me que existe por aí muita memória curta,poque também não concordo,que venham agora alguns moralistas condenar esta aquisição, como se os seus clubes fossem virgens nestas situações, infelizmente, este tipo de situações, já aconteceram mais vezes que o desejável e não são usufruto de ninguém em particular.

Ricardo disse...

Cheirou-vos ao ano passado? A mim também. Podemos considerar oficial: a equipa voltou aos níveis de intensidade do ano passado. Quando assim é, muito dificilmente se pode não perder contra o melhor futebol praticado em Portugal. Veloz, desconcertante, mudando constantemente de flanco desequilbrando a estrutura adversária, letal. Só não é igual num aspecto do jogo: as bolas perdidas. São muitas e em zonas perigosas. Aparecem mais agora porque os jogadores estão mais confiantes e arriscam mais do que no início de época mas é um ponto a ser revisto rapidamente. Contra outro tipo de equipa, mais evoluída técnica e tacticamente, perder tantas bolas em zonas cruciais do campo poderá ser fatídico.


Júlio César - Bem. Sem trabalho, praticamente. Tem, no entanto, de soltar a bola mais rapidamente. Isto não é o Belenenses.
Amorim - Grande, enorme jogo. Este rapaz, venha de lesão ou esteja a jogar constantemente, é um pêndulo. Jogue a médio direito, médio esquerdo, pivot, lateral, é sempre a mesma bitola. É daqueles para fazer carreira no clube. Repito: gostava de vê-lo a pivot defensivo.
Luisão - Patrão. Controla a sua área como quer e nos últimos tempos tem procurado subir mais no terreno, para dar opções no processo de construção. Indiscutível.
David Luiz - Voltou a exceder-se na forma como aparece na frente e procura os desequilíbrios ofensivos. Regra geral, quando o faz, cria desequilíbrios, sim, mas na própria equipa. No resto, no que faz bem, esteve excelente. Terá sido o seu último jogo de águia ao peito?
Coentrão - Podemos respirar de alívio. O de Caxinas está de volta. Que jogador monstruoso. Sobe, desce, aparece em zonas de finalização, logo a seguir está junto à defesa a cortar uma bola. Quem me (nos) dera que este ficasse por cá por muitos anos...
Airton - Bom aproveitamento da oportunidade. É muito forte onde Javi é fraco: na qualidade na posse e critério no passe. Tem de melhorar ainda a forma como se posiciona - por vezes parece esquecer-se de que joga sozinho naquela zona e descai sobre um lado. A médio prazo, se continuar a evoluir, tirará o lugar a Javi.
Salvio - Um jogo de intermitências. No cômputo geral, esteve bem, voluntarioso, aguerrido, procurando a profundidade umas vezes, outras iniciando a construção pelo meio. Mas perdeu algumas bolas. No resto, mais um golo marcado e esteve na jogada do último.
Martins - Depois da fraca prestação em Leiria, mais do mesmo. Um número incrível de perdas de bola, displicência total em campo, pouca intensidade e capacidade para aparecer em zonas mais avançadas a desequilibrar. Fê-lo uma vez: deu golo. Este Martins sem ânimo é desolador.
Gaitan - Era fogacho. Após uma belíssima exibição, ontem teve provavelmente uma das 3 piores desde que chegou ao Benfica. Defensivamente vem crescendo, e ontem até esteve bem nesse particular, ofensivamente foi, salvo raras excepções, uma nulidade: péssimas decisões, perdas de bola, cruzamentos mal tirados, egoísmo, sobranceria. Cada vez mais dá ideia que Gaitan é psicologicamente débil.
Saviola - Duas assistências e um golo. Nos últimos 7 jogos, marcou 8 golos. Mas Saviola é mais do que os números mostram. Muito mais. O melhor jogador do campeonato.
Cardozo - Mais dois golos. Qual deles o mais fabuloso? Leva 87 com a camisola do Benfica vestida. Tenho a certeza absoluta de que este ano chega aos 100.


Aimar - Foi bom ter jogado para ganhar ritmo, depois da lesão. Mas ainda está longe do Aimar que conhecemos.
Kardec - Procura movimentar-se, cabeceia bem e é só, por enquanto. Ainda não está feito jogador.
Maxi Pereira - Entrou para o lado esquerdo e não fez grande coisa. Melhor: fez. Um penalty totalmente estúpido. Às vezes tem estas paragens cerebrais.

Anónimo disse...

Ricardo e Tonito, olhem para os vossos telhados de vidro. Vou dar-vos um exemplo (até porque tinha mais) mas este chega.
O Nuno (ex- gr do Aves) foi contratado antes da última jornada (fcp 4 aves 1) que garantiu o primeiro título de Jesualdo. Isso foi noticiado tb antes do jogo. E a verdade é que este mesmo assim jogou contra a sua futura equipa embora não tenha tido culpa nos 4 golos sofridos.
E acredita que não houve assim tanta polémica naquela altura...

jose disse...

Para os amantes do Futebol Clube Putedo: Helton e Beto, e ja chega
Nem vamos falar das escolhas do Caixinha qunado jogou contra eles este ano.

Agora faca um favor ao mundo e vao ter vergonha na cara

P.S - Oscar, enorme. Obrigado e que fiques muitos anos

marley disse...

Eu ia falar exactamente no Helton e no Beto e acho que para avivar a memória do Tonito e Ricardo chega!
Ora vão dar lições e moral aos do vosso estaminé!...
Benfica sempre

DeVante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
DeVante disse...

Oh Ricardo,

Éh páh, tu vês o mesmo Gaitán que nós vemos ou o teu televisor tem problemas?

Ah, já sei, és daqueles que acham que o lugar era do Peixoto porque dá mais "equilíbrios" à equipa!

Caramba, dizer que Gaitán foi uma nulidade a mim parece-me de alguém que, ou não percebe nada disto ou está de má fé para com o internacional argentino...

By the way, Angelito, a esta altura, não fez melhor do que ele e só foi vendido por 35M e é titular no Real Madrid...

Aguiazita disse...

DeVante,
Não leve a mal o Ricardo...
Já com o Maxi Pereira era a mesma coisa e até serviu para "espevitar" o homem ;)

Zita