blog

quarta-feira, julho 20, 2011

A partir de agora é a sério

Mesmo num jogo a reinar, regressar à Luz é sempre bom, estar com os nossos, a família junta, o vermelho, a paixão. Ai como é bom ser do Sport Lisboa e Benfica.

Nota-se que existe uma certa apatia e/ou desconfiança dos adeptos para com a equipa, a brutal desilusão da época passada não se esquece facilmente e terá de ser a equipa a reconquistar os adeptos e isso será feito com vitórias e bom futebol. E este conjunto de jogadores tem todas as condições para conseguir isso: vitórias alicerçadas em boas exibições. Com este jogo de apresentação que finalmente vencemos sem sofrer golos, acabou a pré época do Glorioso. Para a semana há já jogo a sério e de importância vital para o futuro da equipa e clube. Por esse facto esperava mais do jogo de hoje, esperava ver menos experiências e mais equipa tipo para o primeiro embate da época, pelo menos esperava que o treinador não colocasse um centro campista a fazer o papel de avançado quando tinha avançados disponíveis no banco. Não acho que faça sentido nesta fase experimentar Bruno César ao lado de Cardozo com Mora, Jara e Saviola no banco. Outra coisa que não percebi foi a apresentação de Roberto e Júlio César...porquê? Já sabemos que não contam. Por outro lado, César Peixoto não foi apresentado o que deve significar que está fora do plantel.

Não há que negar, foram dadas ao treinador condições excepcionais para ter sucesso, o plantel é fortíssimo assumindo a não saída de Luisão e chegada de Capdevilla e, quiçá, mais alguém para a lateral direita. Mas nem tudo foi bem feito neste defeso: não se consegue aceitar a demora na chegada dos laterais esquerdos quando era mais que sabido que Coentrão ía sair. O substituto tinha que ser apresentado no dia a seguir à confirmação da venda do Fábio. Também é dificil de perceber o porque de contratarmos Wass em Janeiro e quase não se dar por ele na pré temporada. Não foi observado e avaliado antes de ser contratado? Aposta-se forte em André Almeida e depois? Emprestamo-lo a um clube qualquer?

Adiante. Agora acabaram-se as experiências senhor Jorge Jesus, agora é atacar forte e feio o primeiro objectivo da temporada. Os reforços são excelentes: Enzo Perez é craque, muito craque mesmo, daqueles que não engana; Nolito com uma alma enorme e estilo de jogo a lembrar Simão promete ser séria concorrência ao endiabrado Gaitan; Mora, do pouco que teve oportunidade de mostrar, deixou-me com água na boca com a sua raça e objectividade; Matic é bom; Emerson, chega, veste o Manto Sagrado, joga 90 minutos e convence; Garay mostrou não se assustar com o desafio Benfica; Witsel ainda tímido (a lembrar os primeiros jogos de Enzo) e ainda não percebi o que Jesus pretende dele e qual a sua posição no terreno; Bruno César tem óbvias qualidades mas tem jogado fora da sua posição o que o tem prejudicado um pouco; Os miúdos têm mostrado que podem ser segundas linhas válidas; Artur e Eduardo são, no meu entender, um pouco parecidos, não são guarda redes de excepção mas deverão beneficiar de uma tranquilidade que Roberto nunca teve.

Penso que será uma época em grande para Gaitan e Jara. Estou desejoso de ver Aimar, Jara, Saviola, Enzo e Gaitan no mesmo 11. Esta armada argentina tem tudo para arrasar.

Apesar de reconhecer enorme qualidade a este plantel não me sinto confiante. Tenho um "problema" com Jorge Jesus que só o tempo poderá resolver (está nas mãos dele demonstrar que estou errado e que posso confiar nele) e não sei se aprendemos com os erros passados e aprendemos a lutar a guerra que é o nosso campeonato nacional. Para combater as batalhas que se avizinham temos que saber qual o terreno que pisamos, as manobras que são feitas e como são feitas. Sabendo isso e anteciparmos as jogadas, estaremos a cortar as vazas ao sistema podre do nosso futebol e a aumentar as possibilidades que os jogos sejam decididos pelos jogadores no relvado. Se conseguirmos isso e se tivermos garra e vontade de vencer então sim, acreditarei que a qualidade fantástica do nosso plantel nos poderá repetir uma época de glória.

Venham os turcos e que a bola comece a rolar!!!

FORÇA BENFICA!!!

20 comentários:

Anónimo disse...

NELSON NO BENFICA.

Pedro Vagos disse...

Relembrem-me lá quanto é que custou o Alípio, na negociata com o Real, no ano passado?
É que acabámos de o por a rodar na 3ª divisão Brasileira! Será que está tudo doido?????

Edson Arantes do Nascimento disse...

Foi o primeiro jogo desta época que tive a oportunidade de assistir.

Adorei o Matic. É verdade que não fez uma exibição milagrosa, mas acho que é um rapaz cheio de potencial. Tem escola (aquele estilo de jogo dos balcãs, bom tecnicamente e com uma leitura do jogo acima da média é classe...), tem físico, tem técnica (recebe e passa quase sempre bem) e é canhoto. Uma coisa rara e parece-me que é um diamante para o Jesus ir lapidando. Nas calmas.

Discordo do que escreveste em relação ao Bruno César. Como aqui disse quando foi anunciada a sua contratação, é um jogador que conheço bem. Vi dezenas de jogos dele. E para mim só existem duas posições que pode fazer neste Benfica: a de segundo avançado, tipo Saviola (onde jogou hoje) e a de médio ofensivo, no lugar do Aimar. Em qualquer das situações terá a vida complicada devido à concorrência - e vai ter de evoluir, de se enquadrar melhor.

Pareceu-me ainda que o Bruno César estava muito esforçado, é certo, mas sobre brasas. Intranquilo, nervoso e quase sempre a decidir mal. Não gostei. É um jogador com potencial e que eu aprecio, sobretudo porque tem um pontapé perigosíssimo. Mas há um senão: é lento de processos (como escrevi aqui anteriormente) e movimenta-se pouco. Sempre foi assim.

Já o Nolito é forte, sempre a procurar o meio, a baliza, a pressionar, a falar com os colegas, a pedir a bola com ganas... Gostei.

Witsel muito tranquilo e à procura do seu espaço e de conhecer os colegas. Mas a linguagem corporal dele indica que temos homem. Para além disso, mostrou-se conhecedor do campo, do seu posicionamento e dos colegas.

Não compreendo também alguns comentários que fui lendo em relação ao Enzo Perez. Nos outros jogos foi assim tão mau ou inexistente? É que pareceu-me um bom jogador, mas sem dúvida!

No meio-campo não se vai repetir, certamente, o cenário do ano passado. Onde praticamente não havia alternativa a Gaitán e Salvio. E hoje não compareceram Carlos Martins (espero que fique no Benfica porque é um bom suplente) e Rúben Amorim, que terão sempre uma palavra a dizer.

No ataque não há grandes novidades o que me deixa relativamente tranquilo. Falta alguma ligação mas é normal. Mora tem futuro. No Benfica 2011-12? Talvez não.

Quanto a Garay acho que fizemos uma bela aquisição - não pelo jogo de hoje, onde apareceu em bom estilo, mas por aquilo que demonstrou nos últimos anos. E é mais um gajo forte nas bolas paradas.

O Emerson fica de fora das avaliações, apesar de não me ter enchido as vistas... A rever.

Pedro disse...

O Enzo começou timido, não fez os slalons que fez ontem mas cada jogo que fazia melhorava. Não engana.

O Bruno César é, pelo menos actualmente, demasiado lento para jogar como avançado. Tb me parece ser bom jogador, bons pés, boa técnica. Com tempo e treino irá ao "sítio" mas, espero, na sua posição de 10, substituindo Aimar quando necessário.

Nolito e Gaitan. Q dor de cabeça para Jesus...

M disse...

essa do nolito e do gaitan foi ontem fortemente discutida ontem com a malta de sempre lá na bancada Sagres...

nolito oferece a força, a garra, a velocidade que, aliada a uma técnica objetiva, empurra a defesa contrária para trás...gaitan, menos competitivo nos apoios e no equilíbrio da equipa, tem magia naqueles pezinhos de veludo...

e pode-se extrapolar o "problema" para a outra ala, com um enzo a crescer de jogo para jogo, jogador feito e experiente, alterando com a irreverencia do urreta.

muitas e boas opções estão à disposição de nosso treinador...conforme adversário, condição fisica dos jogadores, etc, etc...

eu gosto.

Ginha disse...

Continuo achar que falta uma alternativa válida a Cardozo!

Gostava que o JJ tivesse na escolha do ponta de lança mais fixo, uma dor de cabeça igual, ás que vai ter em várias posições do terreno...

John Billy #32 disse...

Provavelmente o melhor plantel dos últimos 30 anos.
Há que dar os parabéns à direcção.
O único ponto fraco será talvez no miolo da defesa. Luisão e Garay são muito boas primeiras opções, mas acho falta mais uma boa alternativa.
De resto temos um plantel magnífico que dá para jogar em variadíssimos sistemas de jogo.
Terá o Jesus mãos para este projecto? Espero sinceramente que sim.

Luís A. disse...

Cardozo não chega!

Anónimo disse...

Só não entendo uma coisa, ando há 2 anos a ler neste blog que o benfica tem melhor equipa do que qualquer outra em portugal, foram campeões ha pouco mais de um ano, desde então saíram 3 jogadores essenciais, e fazem 18 contratações!?

Há aqui alguma coisa que não bate certo.

Pedro disse...

Ó anónimo essa pergunta é de uma ingenuinade brutal.

O fcp ganhou tudo e já gastou um balúrdio em novas contratações...Todos os anos os clubes compram novos jogadores, quer precisem ou não. Nem vou entrar nos motivos para isso.

E, outra coisa, a opinião deste blog não tem interferência (para o bem e para o mal) na gestão do clube. Eu posso achar q o clube não precisa de reforços. Achas q Vieira e companhia vão deixar de reforçar a equipa por causa disso????

Miguel Lopes disse...

Dá-me ideia que ontem Jesus quis baralhar os turcos pois acredito que a equipa tipo para a próxima 4a feira vai ser um misto das duas partes, muito próximo desta: Eduardo, Maxi, Luisão, Garay e Capdevilla, Javi, Gaitan, Aimar e Nolito, Saviola e Cardozo.
Pelo andar da carruagem, Jesus vai apostar em dois sistemas. O clássico 4132 das duas últimas épocas nos jogos em casa e onde somos favoritos e o novo 4231 que ontem ensaiou na primeira parte, para os jogos da champions e mais complicados do campeonato. Witsel vai jogar quando Aimar tiver que descansar e como segundo elemento ao lado de Javi na táctica de um avançado e nesse caso Saviola ou Cardozo vão sair da equipa. Quanto a Perez e a B.César vão ser suplentes assim como Matic. Não estou a ver grandes hipóteses de Carlos Martins e Rúben Amorim jogarem com tanta concorrência, até para o banco de suplentes.
É de longe o melhor plantel dos últimos anos. E ainda se fala em Nelson. A questão do Wass tem que ver com os 8 portugueses/jogadores formados no país nas regras da UEFA. E por isso, nas contas de Jesus, o lateral direito suplente será o Almeida ou então o Nelson se for verdade que vai assinar.

Dylan disse...

Anónimo,

As contratações são uma forma de investimento independentemente do número de compras. Isso também não quer dizer que sejam obrigatoriamente aquisições para a equipa principal.

Jotas disse...

Na minha opinião, viu-se que o Benfica tem de facto bons valores individuais, mas ainda está algo distante de ter uma equipa.
Nota-se ainda, um certo distanciamento e desconfiança dos adeptos em relação à equipa, longe de se formar uma grande empatia, a tal onda que ainda num passado recente nos conduziu a grandes momentos de felicidade.
Julgo até que há alguma injustiça na desconfiança que também existe para com o treinador, responsável por um futebol a que já assistimos na Luz, de qualidade e magia ímpar e que há muito andou arredada da Luz, no mínimo ele merece o benefício da dúvida.
Mas o futebol é isto mesmo, memória curta, em que a distância entre a besta e o bestial, entre a decepção e a euforia, está normalmente a um pequeno passo de distância.

Anónimo disse...

Foi um jogo mauzinho, numa primeira parte quase nula, tirando 10 minutos.
O segundo tempo, foi melhor, mas ainda assim sofrivel.
A qualidade do passe é mediocre(o nº de passes falhados é absurdo). A bola, mt vezes, é tratada aos repelões. O controlo da bola deixa algo a desejar. Falta ainda qualidade na posse do esférico. A equipa joga por impulsos, continua desiquilibrada(ataque bom,defesa e meio-campo defensivo mediano, insuficiente para fazer face a adversários mais fortes. O Toulouse, grande portentado do futebol, cada vez que passava do meio terreno era um "ai Jesus" para o Benfica, enfim.
Os melhores foram o Perez, Garay e Nolito.
Falta um ponta de lança,um lateral direito(pelos vistos, Wass é mais um na longa lista de contratações inexplicáveis) 1 ou 2 centrais e há excesso de jogadores no meio-campo.
O capitão ainda não se sabe se fica ou se vai embora.
Tudo isto não seria gravissimo se o clube não estivesse a poucos dias da pré da LC.....
2009/2010 foi apenas um curto intervalo no descalabro do futebol do SLB.
a.p.

Mário Lopes disse...

"O Toulouse, grande portentado do futebol, cada vez que passava do meio terreno era um "ai Jesus" para o Benfica, enfim."

Epah!... Ou a.p. não te estarás tu a esticar!

Que desse conta só existiram dois (2) «Ai Jesus!»... Um na 1ª parte, que o GR do SLB tornou perigosa um centro nulo ao socar para a zona de penalti (qd podia deixar a bola passar). Portanto nem era assim tão «Ai Jesus»

E outra na 2ª parte (perto do fim) em que o P.Machado isola um colega e este atira ao lado!...

De resto o controlo territorial do SLB foi tão grande que eles nem do meio-campo passavam!

Acho é que a nossa finalização parece a da selecção Portuguesa dos anos 80. Para se marcar um golo é preciso a bola estar a 5cm da linha de baliza!... Irra

Miguel Lopes disse...

Caro AP, três ou quatro notas apenas para contrariar tanto pessimismo:
1º O Toulouse é uma boa equipa do campeonato francês que está prestes a começar, é um campeonato muito físico e equilibrado, na época passada poucos pontos separaram o meio da tabela da liderança. O jogo teve muitos passes falhados e foi mediano porque o treinador não quis mostrar aos turcos aquilo que eles não precisam de saber. 2º-Wass tem 21 anos, é internacional dinamarquês e foi uma excelente aquisição pois veio a custo zero. Se não fosse estrangeiro, seria certamente uma opção para este ano. 3º-Luisão vai ficar, se sair é porque ele quer e porque alguém pagou o que ele vale. Estamos a poucos dias da pré da liga dos campeões mas a um mês do início do campeonato e a 40 dias do fecho do mercado. Para a remodelação que foi feita no plantel, mais depressa era impossível. Quanto a centrais, Luisão e Garay com Miguel Vítor e Jardel na rectaguarda, Javi também faz bem a posição, acho que estamos muito bem servidos. Desconfio que Garay vai pegar de estaca, poderá afirmar-se como um dos melhores centrais da história do nosso clube. Concordo que não há ponta de lança para substituir Cardozo em caso de lesão ou castigo mas não acredito em descalabros, no ano passado abordamos a época com excesso de optimismo e pagamos caro as saída de Quim, Di Maria e Ramires sem a devida adaptação do Roberto, Salvio e Gaitan. Este ano, estamos bem preparados e aposto numa grande época a todos os níveis, na Europa e no campeonato.

Anónimo disse...

Mário Lopes, a expressão sobre a qualidade do Toulouse era irónica, evidentemente.
Eu apenas falei das vezes que o clube francês avançava no meio- campo do Benfica, não as contei.
Causa-me alguma estranheza que o clube da Luz não seja mais pressionante no seu meio-campo, parece que a equipa sofre daquilo que fazia, há 2 anos, aos adversários. Ou seja, apanhá-los descompensados.
Eu gostava era que o Benfica esticasse mais vezes o seu jogo, fosse mais rápido e tivesse mais precisão e qualidade no passe, predicados que a equipa perdeu o ano passado.
Estou de acordo consigo sobre o facto de ser preciso fazer um requerimento para marcar um golo.

Anónimo disse...

Miguel Lopes,
O Toulouse é apenas uma equipa mediana, nada por ai além.
O Benfica, nesta fase, precisa de jogar com os seus melhores jogadores. Jesus precisa é de estudar bem o clube turco.
O Wass precisava de minutos, para se ver podia substituir o M.Pereira, que está na Copa América.
O dinamarquês e o André Almeida são opções de recurso, parece, não são alternativas.
Duvido que alguém pague a claúsula de rescisão do Luisão. Se sair, deve ser a preço de saldo.
M.Vitor é uma opção. Jardel, nem por isso.Sendo assim, falta um central.
Colocar o J.Garcia na defesa é um erro porque ele é preciso no meio-campo.
A sua frase final lembra-me o discurso de J.Jesus na temporada transacta:)

Mário Lopes disse...

Ah, bom! É que já estava a pensar que tinha visto outro jogo... lol

Isso da (falta de) precisão de passe do SLB, concordo perfeitamente. E não é coisa desta pré-época, já o ano passado, «entregar o ouro ao bandido» era um mimo...

Anónimo disse...

«Se conseguirmos isso e se tivermos garra e vontade de vencer então sim, acreditarei que a qualidade fantástica do nosso plantel nos poderá repetir uma época de glória»

???

qdo é q foi a última??