blog

quarta-feira, dezembro 28, 2011

Caso Rúben

Não deixa de ser curioso que o suposto caso só é noticiado quase 15 dias depois de ocorrido. Parece que no jogo com o Rio Ave o Rúben Amorim refilou de forma exagerada com o treinador em frente aos colegas e por causa disso a Direcção decidiu suspendê-lo.

Não se se é verdade ou não mas sei que já andavam a cozinhar um caso Amorim desde há algum tempo com sucessivas notícias/declarações sobre um mau estar do jogador devido às opções tácticas do treinador para com ele e recentemente juntaram notícias sobre uma possível ida para o estrangeiro. Não sei o que é verdade ou não, não sei se há caso ou não mas, parece-me, que se o Glorioso não desmente a suspensão deve ser real. Os motivos podemos especular quais serão mas não custa a acreditar que sejam os falados. Não vou apontar culpados porque, acredito, ambas as partes terão a sua razão mas o respeito pelo treinador tem que imperar, sempre, no seio de um plantel profissional. Cabe à Direcção analisar a acção do treinador e saber se sabe lidar ou não com estas delicadas situações (parece-me evidente que Jorge Jesus não sabe). Ao jogador cumpre ser profissional sempre, trabalhar e respeitar o treinador e o clube que lhe paga o ordenado. E é aqui que trago o exemplo de um jogador que defendo muitas vezes e que muitos benfiquistas não conseguem perceber a importância que tem no plantel: Jardel. Não pretendo discutir a sua qualidade mas considero que tem mais que valor suficiente para enfrentar 80% dos jogos que o SL Benfica disputa e é por isso mesmo que não é titular da equipa. É um suplente. E é alguém que sabe que é suplente, é um jogador que sabe qual é o seu papel dentro do plantel, trabalha todos os dias para cumprir as ordens do treinador e ajudar a equipa quando é chamado a jogar. Não refila e trabalha. Ter 22 jogadores "titulares" é impossível porque, mais cedo ou mais tarde, há quem se sinta injustiçado e reclama, exige mais jogo, etc. E quando um treinador não sabe lidar com esta realidade surgem situações destas.

Eu gosto de Rúben Amorim e concordo que rende muito mais a médio do que a lateral mas a equipa tem opções fortíssimas no meio campo e, por sinal, ele até tem sido um jogador muito utilizado. Se tudo isto for verdade o castigo é merecido. Doa a quem doer.

17 comentários:

JNF disse...

Concordo, mas...


um treinador tem que perceber o estado do seu balneário e os possíveis casos antes mesmo de eles acontecerem. Tem de se antecipar aos problemas. E Jesus não o faz. Aliás, parece que gosta destas tricas, destas confusões. É aqui que Jesus falha, e falha rotundamente.

John Billy #32 disse...

"Ao jogador cumpre ser profissional sempre, trabalhar e respeitar o treinador e o clube que lhe paga o ordenado."

Ponto final.

Marilyn Manson disse...

Ora ora, por bem menos há pessoal na indústria têxtil, construção e calçado que é imediatamente despedida e posta a pão e água em suas casas.

Meninos mimados...

Pedro disse...

Compreendo perfeitamente o que dizes, no entanto, a realidade é diferente e o Jesus abusa constantemente.

É complicado para um ser pensante fingir-se de acéfalo, por isso calculo que seja difícil para o Ruben ficar calado em algumas situações.

Já todos entendemos que o Jesus tem a sensibilidade de um bloco de granito e que vão haver jogadores a chatear-se por isso. A questão é, onde estão as pessoas que têm que gerir isto?

Gostava de ver uma situação destas com o Aimar, que nunca aconteceria porque o Aimar é um senhor, mas o Jesus também não se atreve a por o pé em ramo verde com o Aimar.

John Wakefield disse...

Se o Jorge Jesus tem ou não culpas no cartório, não temos factos que o atestem, o que não implica a sua inexistência. Por isso, o JNF poderá ter razão quando refere que JJ deveria ter uma outra postura neste tipo de situações. Já embirrou com o lateral esquerdo suplente (Capdevila) e com um potencial lateral direito (Ruben Amorim).
Todavia, fico muito desapontado com a atitude do sr Rúben Amorim. Sempre o vi como um jogador com elevada maturidade e inteligência, possuindo também elevados índices psicológicos. Porém começo a duvidar que assim o seja. Já tinha feito birra desde a última vez que foi à selecção e agora armou uma bronca no último jogo. E, para ser suspenso, é porque exagerou nos seus procedimentos.
O médio/defesa direito português que veio duma lesão grave que condicionou também a sua participação na pré-temporada desta época, alinhou até agora em 14 jogos (distribuídos por campeonato, taça e champions) e decerto que teria mais oportunidades com a chegada da taça da liga. Não se compreende a postura do jogador quando deveria reconhecer humildemente a superioridade evidente de Maxi e Witsel.
Espero que tudo se resolva a bem, mas parece que este litígio já tem meses...
Quanto a Enzo, duvido que continue na Luz... Dizem que anda desaparecido na Argentina, tentando forçar o regresso ao seu anterior clube.
Se estes 2 jogadores saírem, precisaremos dum defesa direito e doutro médio direito. Contudo, esperemos que tudo se resolva a bem... porque não é com estas atitudes que o sr Rúben Amorim pensa chegar ao Europeu... Mas se quer ir para o colosso do Génova... que vá então...

John Wakefield disse...

Completando ainda o meu comentário anterior, ressalvo que as últimas notícias avançadas pela comunicação social podem não ser "inocentes". A ser verdadeiro o interesse do Benfica em Ninis (Panathinaikos), um ala direito que facilmente se adaptaria a médio-direito...
No que diz respeito a um suplente para Maxi, não sei se poderemos pensar num regresso de Wass ou de André Almeida. Parecem ter potencial. O primeiro foi muito criticado nos jogos iniciais em França, mas depois melhorou bastante (em 9 jogos já apontados marcou 3 golos).
O segundo foi titular habitual no Leiria e tinha deixado apontamentos interessantes, para além de também poder alinhar no meio campo...
São jogadores que podemos potenciar...

Vermelho Redundante disse...

De um lado uma besta que não respeitando, não é respeitado.
Do outro, meninos que cospem no prato onde comem, esquecendo a camisola que envergam, o emblema que trazem junto ao coração.

E não há quem ponha toda esta gente na ordem ???

Redceltic disse...

Não vejo que o Amorim possa ficar amuado pq o treinador decide colocá-lo a defesa direito: O jogador assinou contrato com o benfica para jogar qd e onde o treinador entendesse que iria ser útil. O jogador pode expressar a sua opinião a quem de direito, mas sempre respeitando que como ele há outros 26 que foram contratados pelas mesmas razões. Ferguson neste aspeto é eximio: jogador que passe das marcas encosta até perceber que o que importa é a equipa e não o ego individual de cada um... foi assim com bekham, cantona, nistelroy, ronaldo, nani, anderson, keane....e o MU continuou a ganhar. Ruben e enzo devem ter os unicos castigos possiveis: serem riscados da lista da champions e obrigados a treinar à parte até pedirem desculpas a todos os colegas que não amuam nem se sentem maltratados por jogarem menos.

Czibor disse...

Se a Direcção do Benfica permitisse que em cada jogo em casa um dos titulares fosse um popular que pagasse para jogar, eu dispunha de 10.000 euros para ter essa oportunidade, nem que fosse por 10 minutos e para dar um só pontapé na bola...

Do mesmo modo, creio que há por aí muito jogador contratado que deveria PAGAR por ter tido o privilégio de poder representar e jogar pelo Glorioso S.L.Benfica.

Adérito Martins disse...

O JJ pode perceber muito de futebol, mas não sabe conduzir homens. Por isso nunca será um grande treinador. No fim do 1º ano, apesar da conquista do título, defendi a sua saída. Na altura escolheria o Domingos para o substituir. Agora não sei quem escolheria, talvez o Rui Vitória, Carvalhal ou Pedro Caixinha.

Mário Lopes disse...

Se fosse no Porto habilitava-se a levar pela tromba. Como no SLB milita o civismo, estas situações de birra, parece que acontecem mais vezes.

Sinceramente, não consigo achar o minimo de sentido na atitude o Amorim, jogador que aprecio bastante. Já quando foi à selecção armou-se aos cucos pq o PBento o convocou, e meteu a não titularidade do SLB ao barulho... Esqueceu-se de um detalhe que por si só já deveria ser suficiente para o calar. É que na selecção também não foi, nem é titular! Não sei o porquê de evocar esta questão! Ridículo. Se quer destabilizar, se calhar é melhor mesmo é ser encostado...

Agora esta fita. Merece ser castigado, e não percebo como é que, baseado apenas no que se sabe pelo meios de comunicação, ainda há quem diga que o JJ também tem culpa no cartório... Reforço, acho o Amorim um bom jogador, mas neste plantel, alguma vez tem lugar a titular?!!!... Ele que desça à Terra, tome um copinho de humildade e faça para o qual lhe pagam, estar calado e jogar à bola quando for chamado, ou simplesmente, dar voltas ao campo para aquecer, se for isso que lhe é pedido!

Anónimo disse...

Adérito, "filho"... Tem juízo! Sabe mais o JJ de futebol numa unha do pé que esses nomes que aventaste no corpo todo. Ressalvo do rol o Domingos, mas mesmo esse não é superior ao JJ e era individuo que nem pintado de vermelho o queria no SLB, dasse!

Tarzan, Jane e Chita disse...

Nós cá em casa gostavamos que fosse o Mourinho a treinar o Benfica.

luis disse...

Amorim é um jogador medíocre. Daí o Génova.

A atitude que teve ao dizer que ainda bem que o Paulo Bento o convocava foi o primeiro desabafo público que, quer queiramos quer não, revelou desprezo e gozo em relação a Jesus.

Jesus é um bronco. Mas é o treinador e os argumentos de Amorim não encaixam no facto de JJ ser um bronco. Simplesmente não joga tanto como gostaria e a posição pode não ser a ideal. Que tem isto a ver com o facto de JJ ser ou não ser bronco? Nada.

A direcção tem de ter mão pesada. Para mim, se quisesse voltar a jogar futebol até terminar o contrato, tinha que se retractar junto dos colegas (em privado, não é a fazer uma conferência de imprensa). Ponto. Se voltasse a demonstrar desrespeito pelo treinador e colegas, saltava fora e ficava a chutar bolas às sete da manhã, sozinho.

Enzo Pérez, é mais simples. Nunca mais joga no clube e, ou encontra quem pague 6 milhões ou fica também a chutar bolas às sete da matina durante os 5 anos de contrato.

Enzo é o caso típico de gajo que não cabeça nenhuma. Não interessa este tipo de gente. Havemos de cá andar para ver a carreira que vai fazer.

China Three Gorges disse...

O pessoal aqui tem é muita garganta!

Mais do que eu...

SLB4EVER disse...

O Amorim esteve mal, acredito que possa ter sido uma reação a quente mas acho que ele nem é dos que tem muita razão de queixa de não ser utilizado, onde ficam Cap, Mora, D.Simão e Eduardo no meio de isto tudo? Um jogador que é titular contra o MU e é uma solução regular acho que devia estar seguro que conta pra o treinador, ser sempre titular é difícil qd tem Maxi, Javi e Witsel como referencias nas posições que pode jogar. Génova!? Se for para este clube sempre quero ver o que vai jogar, talvez precise de uma lição de vida do tipo para cair na real.

Se este caso é negativo e o timing péssimo, até porque o Amorim se tivesse calma e bom senso reunia com treinador e dirigentes e falava o que tinha a falar nesta altura, ao voltar das férias e aí se tentava chegar a uma solução boa para ele e clube, o caso Enzo é bem mais grave, sendo o outro punido é impossível agora não ter mão pesada com o argentino que demonstra uma total falta de profissionalismo e respeito com o SLB e todos os seus adeptos. Este então ñ tem nada que se queixar do JJ, desde logo se viu que era dos seus favoritos e que ia ser aposta, ou será que queria jogar lesionado? Não me interessa agora se tem assim tanta qualidade ou não pq a nível de cabeça e integridade já mostrou que é fraco, não é este o tipo de jogador que merece jogar no glorioso, temos o Urreta que se aposte nele, o Enzo que vá jogar para o Granada ou clube de valor semelhante, cederem ás suas pretensões de voltar para a Argentina é que ñ se pode admitir, a não ser que paguem o valor do seu passe.

Adérito o Domingos, Carvalhal e R.Vitória até são treinadores a que reconheço qualidades, o último até penso que podia ser feliz no SLB e agrada-me a sua maneira de estar e pensar o futebol, agora o Caixinha!? Todos menos esse, ainda estou para perceber como o homem tem tantos admiradores e salta tão facilmente para novos clubes após ser despedido. Não durava um mes no SLB meu caro.

Bcool973 disse...

Eu acho estranho que não exista uma posição oficial sobre o sucedido de nenhuma das partes e apareçam notícias a dizer que ele fez isto, ou o outro costuma fazer isto, sempre através de fontes bem informadas.
Mais uma vez noto uma má gestão de recursos humanos e pela incapacidade de comunicar.