blog

domingo, janeiro 22, 2012

SL Benfica - Gil Vicente: 3-1

Uma vitória difícil mas justa, sem penaltys manhosos, fruto de trabalho, esforço e empenho de uma equipa que pretende ser campeã!

Se na jornada passada o facto de estar a perder não me assustou minimamente, hoje o empate em cima do intervalo deixou-me incomodado por sentir que a equipa não estava a conseguir encontrar soluções para abrir o ferrolho defensivo que a equipa de Barcelo trouxe ao Estádio da Luz e ainda mais incomodado fiquei quando no reatamento os primeiros minutos foram de aflição junto da nossa área criando um nervosismo desconfortável que nada ajuda às pretensões da equipa. Felizmente entrou Aimar e tudo se resolveu em 2 minutos. Três pontos conquistados e mantida a liderança isolada. Jesus fez o que prometeu e deu a titularidade a Gaitan remetendo Bruno César para o banco. As dúvidas sobre as lesões de Cardozo, Rodrigo e Aimar foram dissipadas com os avançados no 11 titular e o mágico no banco. De resto a equipa normal e habitual mantendo Nolito a merecida titularidade. A primeira parte foi passada toda no meio campo do Gil Vicente com o Benfica demasiado lento para conseguir abrir espaços na fechadíssima defesa de Barcelos. Apesar da posse avassaladora o Benfica não conseguia criar perigo e, curiosamente, até foi o Gil que dispôs da melhor oportunidade. Mas na cobrança de um livre lá apareceu o suspeito do costume a fazer mexer as redes e pensava-se que estava feito o mais difícil e que os restantes golos surgiriam com naturalidade. Puro engano porque o Gil Vicente não mudou uma virgula à sua táctica e manteve-se sempre fechado lá atrás espreitando o contra ataque quando podia. E numa dessas raras vezes consegue um canto e no ressalto do canto marca um golo. Terá sido a segunda vez que chegou à nossa baliza e marcou.

Com o passar dos minutos da segunda parte temia-se o pior uma vez que a equipa não conseguia criar lances de golo e o Gil começava a entrar no irritante anti jogo que leva as bancadas ao desesperto. Jesus vai ao banco e primeiro mete Aimar para o lugar de Gaitan e depois arrisca tudo tirando Javi Garcia e colocando Bruno César. O jogo mudou totalmente e o SLB passou a conseguir rasgar a defesa Gilista. Mas foi num golpe de sorte que as redes abanaram novamente com um pontapé de Rodrigo a bater num adversário e a enganar o guardião do Gil. Logo a seguir Aimar faz o terceiro e segura a vitória. Também merecemos a sorte.

Nolito está num momento de forma fantástico tal como Rodrigo que respira confiança. Ambos pegam na bola e arrancam para cima do adversário sem dó nem piedade. Mas quem se dá ao luxo de ter Pablo Aimar no banco para entrar fresquinho para 30 minutos finais fabulosos arrisca-se a arrancar vitórias destas. Javi foi o sacrificado para o treinador por toda a carne no assador mas o espanhol fez uma exibição de luxo. Artur com algumas falhas desnecessárias...lances daquelas não são para arriscara, é despachar e pronto.

Desconfio de árbitros incompetentes quando a incompetência é sempre para o mesmo lado. Como é que um corte no chão de Witsel com a bola a sair afastada da baliza é considerado atraso? A forma como não se deixa jogar futebol, como se aplica a lei da vantagem quando ela não existe, o lance que dá o amarelo ao Rodrigo...muito mau mesmo.

Vencemos e era o que se pretendia. Nem sempre será possível aliar à vitória uma exibição de luxo mas hoje demonstrámos crença e vontade de vencer. As coisas não estavam a sair bem mas nenhum jogador baixou os braços ou desistiu de lutar. Parabéns a todos e ao público que esteve sempre do lado dos bravos!

CARREGA BENFICA!!!

9 comentários:

John Wakefield disse...

Gostava de ver o Gil Vicente a jogar desta forma contra o Porto na próxima semana. É talvez previsível que Pedro Moreira ou Yero se lesionem antes do jogo... Todavia, mesmo assim podem tirar pontos ao Porto porque serão, esperemos, um duro osso de roer.

André Leal disse...

Mais de 3 anos depois volto à Luz! Lindo! Estava a ver que saia de lá com um empate, mas quando vi entrar El Mago deixei de ter medo.

Um assunto que levanto para o ar: Viram a forma como o Aimar (não) comemorou o golo que marcou?

Espero que isso e a eventual contratação do Fidel (Record) não signifiquem que não vai renovar... :(

RockDaLinha disse...

Ganhámos!! mais 3 pontos, o resto é conversa. Não sei o que aquele parolo do fiuza quer, é um palhaçito. Não fizemos um grande jogo, longe disso, o pior dos últimos jogos. Mas o que interessava era a vitória, sei que não podemos golear todos os jogos e os campeões fazem-se assim, mas esperava mais.
Rumo Ao Marquês!!

Helder disse...

Só gostava de saber quém é o preparador fisico do Gil Vicente.....

Pedro disse...

André, tb reparei nisso. Até pensei que ele se tinha lesionado...

Jotas disse...

Foi de facto uma vitória suada, mas justa, Há que perceber que o Benfica não joga sozinho, há adversários com os seus méritos e nem sempre pode haver nota artística, os jogos ganham-se me 90 minutos e não se poder exigir que seja em 30 como alguns indivíduos, poucos felizmente sempre com o assobio perto da boca, mas com o cérebro junto ao...
Aimar entrou e revolucionou, essa é uma das riquezas deste Benfica, ora resolve Aimar, ora este está lesionado e outros resolvem, e uma coisa é certa, esta equipa quando não joga bem, luta contra as adversidades e essa é também uma marca dos campeões.

Helder disse...

André:
O Aimar tb não festejou o golo que marcou em Manchester. Mas percebo o que queres dizer.

Anónimo disse...

Eu tenho uma pergunta. Simples. Alguém aqui sabe o que foi feito do laionel?

Agora deixo outra.
A malta que anda atrás das conspirações deixou passar uma coisa tão evidente como esta do laionel que ficou em barcelos de castigo?

Pedro disse...

Não foi convocado.

Essa pergunta foi mesmo a sério? Acreditas mesmo no que pretendes insinuar???

Laionel o amuleto dos anti...LOLOL