blog

quarta-feira, fevereiro 15, 2012

Zenit - SL Benfica: 3-2

É inacreditável que os senhor da UEFA permitam que um jogo da sua principal competição de clubes decorra num relvado destes. Uma vergonha.

Como é que o Benfica sofre três golos deste Zenit? Principalmente como é que o Benfica não consegue segurar um empate conseguido aos 86 minutos? Como é que no minuto seguinte sofremos novo golo que resulta, novamente, de sucessivos erros? Imperdoável e que nos pode custar muito caro porque este Zenit virá com todo o cattenacio do seu treinador para a Luz, segurar a vantagem e explorar o contra ataque e, infelizmente, o SL Benfica anda a sofrer muitos golos em muitos jogos. Jesus decidiu dar a titularidade a Cardozo e a Rodrigo colocando Aimar e Nolito no banco. Não seria a táctica que eu escolhia, preferia mais um homem no meio campo em detrimento de Tacuara. A equipa não começou mal mas também mostrou que não se sentia confiante com as condições quer do relvado quer da temperatura. A bola teimava em não rolar de pé para pé e os russos eram muito mais fortes no choque e na disputa da bola. E claro, tinham o sanguinário tronco alves do seu lado que tratou, na primeira vez que aparece em jogo, em lesionar a nossa estrela em ascensão (claramente premeditado digam o que disserem). Rodrigo não aguentou a porrada que levou e teve que sair para entrar Aimar. No entretanto o SL Benfica marca por Maxi em recarga a um livre de Cardozo mas a reposta do Zenit foi brutal com muita garra e velocidade e rapidamente chegou ao empate. Na segunda parte os russos entraram muito bem e pressionantes desde o primeiro minuto e sentia-se que o Benfica não estava a conseguir ripostar e numa falha defensiva voltam a marcar e a ganhar vantagem na eliminatória. Os russos não pararam e continuaram a carregar e o Benfica já com Nolito em campo consegue aproveitar os espaços e à beira do fim Cardozo consegue marcar após falhanço incrível de Gaitan. E a 3 minutos do fim tudo parecia bem encaminhado para uma segunda mão tranquila na Luz quando surge o terceiro golo do Zenit numa falha incrível de Maxi que alivia a bola para os pés do jogador russo.

Sinceramente deu-me a sensação que os nossos jogadores tiveram medo do frio, do choque, de uma qualquer lesão que pudesse acontecer por causa do estado do terreno e das baixas temperaturas. Ou então, se calhar mais real, simplesmente não nos habituamos à baixa temperatura. Houve jogadores claramente fora de jogo como Emerson e Gaitan que estiveram francamente mal. Matic procurou fazer o seu papel mas não teve discernimento no momento de colocar a bola jogável nos companheiros. Perdemos Aimar para a segunda mão que levou amarelo num lance patético e que muita falta nos vai fazer. Esperemos que Rodrigo não tenha uma lesão grave.

Ver Bruno Alves a levar um amarelo no primeiro lance que faz no jogo diz-nos logo que o árbitro não é português mas já vi expulsões por lances menos perigosos. Um ou outro lance mal ajuizado mas nada de relevante a apontar à arbitragem.

Na Luz temos que recuperar a desvantagem na eliminatória. Tenho a convicção que se este jogo fosse num relvado decente e a temperaturas amistosas teríamos vencido porque somos claramente superiores a estes russos. Mas não deixo de me questionar como é que estando o campeonato parado como é que esta equipa do Zénit apresenta esta pedalada toda?

Perder pela margem mínima marcando dois golos no terreno do adversário é um resultado perfeitamente possível de dar a volta na recepção ao Zénit no Estádio da Luz mas podíamos ter conseguido algo mais. E não vai ser fácil, nada fácil.

CARREGA BENFICA!!!

17 comentários:

Anónimo disse...

nao haverá um Benfiquista que meta um zagalote nos cornos do burro alves?

John Wakefield disse...

Caro Pedro, o resultado sabe a pouco, visto que não merecíamos ter perdido. O Zenit foi mais feliz porque marcou nas 3/4 oportunidades que teve. Pelo meio, também tivemos sorte no segundo golo apontado por Cardozo mas depois foi a vez de Maxi dar o golo aos russos. Acontece aos melhores...

Continuamos a ter boas hipóteses de qualificação e fiquei convencido de que os russos têm um plantel com qualidade semelhante ao nosso, mas não nos são superiores no geral.
Por isso, muito sinceramente estou mais preocupado com a lesão do Rodrigo e com a condição física de alguns jogadores porque aproxima-se um ciclo terrível e decisivo no campeonato. E aí não podemos mesmo falhar. Aquilo que fizermos na Champions será por acréscimo, visto que o objectivo mínimo (qualificação para os oitavos) já foi atingido. E, se não estiver enganado, o título europeu irá para Barcelona ou Madrid. Por isso, não vale a pena alimentar-mos por muito tempo ilusões numa competição aonde as nossas hipóteses são remotas.

Águia Preocupada disse...

Resultado cruel, injusto e imerecido!
Naquelas condições, acredito não ser possível melhor... Ainda que com erros imperdoáveis, sobretudo na defesa.
E acima de tudo, com o ERRO inacreditável e imperdoável do árbitro ao não expulsar a besta do Bruto Alves!
A UEFA não inspira confiança, no mais ínfimo pormenor! Quer que lhe paguem? Nós não pagamos a trafulhas!

Miguel Lopes disse...

Os russos estiveram sem competir oficialmente mas fizeram seis jogos particulares que venceram em todos e estiveram a preparar-se em especial para este jogo. A estudar ao pormenor a nossa equipa. Desvalorizar o adversário é um enorme erro que fazes. São campeões, têm grandes jogadores e um orçamento bem maior que o nosso.
Fizemos um bom resultado e vamos passar. Na luz temos de ganhar, se não conseguirmos ganhar, também não merecemos passar.

luis disse...

Bruno Alves é aquilo que sempre foi.

A eliminatória está completamente em aberto. Penso que o Zenit é um adversário do nosso nível, não tenhamos ilusões. Munique, Madrid, Barça, Milão e outros são muito mais difíceis do que estes russos.

Na segunda mão vai haver festa na Luz e isso é o mais importante agora.

Anónimo disse...

"Ver Bruno Alves a levar um amarelo no primeiro lance que faz no jogo diz-nos logo que o árbitro não é português mas já vi expulsões por lances menos perigosos".

Estás a brincar, não? Até o Jorge Sousa o expulsava naquele lance! Seguindo os critérios da UEFA, aquilo era duplo vermelho...e o segundo golo dos russos começa num claro fora de jogo. Repetições? Nenhuma...puta que pariu a UEFA, o futebol mete nojo.

Jotas disse...

Antes de mais ficam aqui os meus parabéns e o meu agradecimento aos jogadores do Benfica, que lutaram, tentaram, mas tiveram muita dificuldade em assentar e praticar o futebol de que mais gostam, porque o terreno era impróprio para consumo, acho mesmo inadmissível jogar-se nestas condições, incrível que a UEFA permita isto, quando deveriamos estar na presença da melhor prova de clubes do mundo.
Acaba por ser uma vitória justa do Zenit, melhor adaptada às condições do terreno, mais habituada ao clima adverso e que acabou por ser superior num jogo em que a eficácia de ambas as equipas foi quase total, contudo, acabei por ter uma sensação amarga, porque o Benfica reagiu muito bem à desvantagem, empatou perto do fim e depois num lance de grande infelicidade de Maxi Pereira, que estava a ser só o melhor jogador do Benfica em campo, sofreu o golo que ditou a derrota.

joão carlos disse...

Se o jogo terminasse sem os últimos dois golos eu até considerava que o resultado era um mal menor perante as dificuldades que tivemos, o frio, o mau estado do terreno, a lesão, o segundo golo sofrido quando estávamos a crescer, agora sofrer aquele golo depois de termos empatado é uma enorme desilusão. Este resultado é pior do que aquilo que nós achamos vamos entrar no próximo jogo a perder perante uma equipa que vai defender muito que é rapidíssima e cuja melhor arma é o contra-ataque e sobretudo perdemos uma grande hipótese de trazer um grande resultado.

Rearviewmirror disse...

Matic: O homem que consegue estar em todo o lado e em lado nenhum

Pinto disse...

este Bruno Alves deve ter recebido um telefonemazinho antes do jogo fdx....
tudo ás claras mesmo.
enfim cá até os comemos.
carrega Benfica!
www.futebol1000.com
visitem malta

R. disse...

Luisão desculpa Bruno Alves
«Jamais falarei mal de um amigo»
O Girafa desculpabiliza Bruno Alves pela entrada sobre Rodrigo, não sendo assim estranho que tenha abraçado o central dos russos após o jogo.

“Às vezes acontece, jamais vou falar mal de um amigo. Não creio que tenha sido por maldade, ninguém ‘entra’ à bola com a intenção de magoar um colega de profissão. Foi punido com um cartão e isso é importante”, disse Luisão


Ontem só perdemos um jogo, mas com declarações como estas, ainda para mais vindas do capitão de equipa, perdemos a face, a vergonha, a dignidade e a solidariedade devida a um dos nossos que foi barbaramente agredido por um animal que devia ser proibido de pisar campos de futebol.
Ó Luisão, vai prós tomates!

João Bizarro disse...

Estas derrotas causam-me grande azia. Foi uma tipica derrota à sporte, com erros infantis cá atrás.

Agora vão ser 2 semanas a sonhar com isto.

Só espero é que a lesão do Rodrigo aos pés do animal (cheirou a encomenda por todos os poros) não o afaste de muitos jogos.

Anónimo disse...

O resultado do Benfica foi excelente. Isto é igual a termos empatado a zero. A eliminatória está toda ao nosso alcance. O Benfica se queria passar contra o Zenit tinha obrigatoriamente que vencê-los em casa, e é isso que temos que fazer.

Jogar com 10 graus negativos num pelado contra um árbitro que não expulsa o Bronco Alves nem amarela o defesa esquerdo deles que o tirava do 2º jogo, é obra de bravos. Agora vamos encher a Catedral e cantar até não podermos mais para fazermos o que só fizemos esta época: VENCER em casa.

Estou muitíssimo satisfeito pela exibição. Acho que muita gente pensa que isto é jogar na Playstation onde não há frio nem adversidades.

Grande, grande Benfica.

pS: Muito mais preocupado estou em não ter Rodrigo nos próximos jogos. Gostava que os benfiquistas não se esquecessem que aconteça o que acontecer o objectivo da época na Champions está conseguido, passar o grupo. O mais importante é vencermos os jogos da Liga e fazermos o que pudermos na Champions.

David disse...

Já não me lembrava de ficar tão chateado com um jogo, que merda de jogo, merda de estádio, merda de campo merda de pais, podia ficar aqui o dia todo, correu tudo mal!!! y se houve um gajo neste jogo que me meteu nojo foi o Gaitan!! Este animal não sabe q neste tipo de campo é pra jogar a bola pra frente y fe em deus, a quantidade de bolas que esse animal perdeu que deram jogadas de perigo. E é obvio que o ultimo golo foi uma grande falha o Maxi mas ninguém se lembra que tudo começou por uma perda de bola daquela besta que joga a lateral esquerdo q nos últimos 10 minutos não deu uma pra caixa. Todos os anos temos de aturar uma besta, o ano passado o Roberto este ano o Emerson!!! Chiça!!!! e pra mim não cola a conversa do tempo, com essa idade ou se tem categoria pra jogar no Benfica ou não se tem y este gajo não tem! Ponto. A nível nacional ainda desenrasca mas na champions notam-se todas a debilidades. Fica também claro que não temos substituto para o Javi, acho o Ayrton bem melhor (para aquela posição) que o Matic.

Na luz o mínimo que peço pra ficar satisfeito é uma goleada. Este Zenit não é melhor que nos, a diferença foi as condições de merda para um jogo que se diz da champions e que se prepararam melhor para este jogo e é lógico não têm mais nada em que se preocupar!!!!

Mário Lopes disse...

Quem joga como o Zenit jogou naquele terreno, sobretudo nos lances do 1º e 2º golos, certamente sabe jogar (bom) futebol num relvado normal...
Estes 2 golos são 2 obras primas!

Por isso, e pelo facto do jogo da 2ª mão ser tão próximo do jogo com os corruptos, acho que não vai ser nada fácil.

O que mais me custou foi realmente o 3º golo dos russos. Logo a seguir ao 2-2 e mesmo em cima do apito. Em circunstâncias como aquelas, não se podem dar abébias!

Pelo meio há uma viagem de não sei quantos mil km, um pelado miserável, o frio, o cansaço e um animal que permitem que jogue futebol - o Pepe ao pé deste, é 1 menino do coro - ... Enfim, não me importava que um jogador menos usuado do SLB fosse irradiado um tempo - e acabassemos com 10 - se isso fosse a consequência de ter partido os dentes daquela besta!

Não acredito em goleadas e sinceramente nem me importava que fossemos eliminados se na jornada anterior da Liga conseguissemos deixar os corruptos a 8pts. Nesta altura, isso sim (a Liga) é importante. Como já foi dito acima, a partir daqui, temos de ser realistas e perceber que isto é para os Reais, Barcelonas ou quanto muito Milans...

Pedro disse...

Sem dúvida que o importante são os três jogos para o campeonato que se seguem. Espero três vitórias seguidas para depois sim pensarmos na segunda mão do Zénit com, pelo menos, 8 pts de avanço na liderança da Liga.

É nisso que nos temos que focar. Depois, tudo o que vier da Champions é bónus mas, verdade seja, dita, temos equipa para estes russos. Mesmo sem Aimar e (espero que não) sem Rodrigo.

mouroalentejano disse...

"Um ou outro lance mal ajuizado mas nada de relevante a apontar à arbitragem"
Com franqueza caro consócio.Como pode dizer isto.Ou o Sr não viu o mesmo jogo que eu,ou então não percebe patavina de futebol.Então a entrada da Besta da Bruto Alves não é merecedora de cartão vermelho? E o Zenit não ficava com menos um elemento aos 10 minutos de jogo? E o cartão amarelo dado ao Aimar que o impede de jogar a 2mão desta eliminatória não cheira
a encomenda,por ser totalmente injusto o amarelo? Se isto não é relevante...não sei o que será.