blog

segunda-feira, maio 02, 2016

SL Benfica - Sp. Braga: 2-1

Sétima final. Em 9 edições.

Com o pensamento no Funchal, na penúltima jornada, deste duríssimo campeonato, o SL Benfica elimina o Sporting de Braga e apura-se para mais uma final da Taça da Liga, agora Taça CTT. Apesar de todas as alterações que Rui Vitória efectuou no 11 titular e das naturais faltas de ritmo e rotinas o Benfica não claudicou e, especialmente na segunda parte, mostrou um enorme carácter e uma atitude competitiva fantástica que lhe valeu a reviravolta e a justíssima qualificação para a final contra o Marítimo.

Rui Vitória procurou dar descanso a todos os habituais titulares e só não o fez nas posições em que era mesmo impossível fazê-lo: Ederson, Lindelof e Renato. Talvez Renato devesse ter sido poupado mas foi substituído cedo no jogo. Agora é recuperar. Não há tempo para festejar. Concentração máxima para a missão Funchal.

Aconteça o que acontecer está a ser uma época fabulosa dos nossos bravos. Depois de tudo o que foi dito, depois das catástrofes anunciadas, chegar a esta fase na final da Taça da Liga e a duas vitórias de ser tri campeão nacional é obra. Para alguns é sorte, para nós, benfiquistas, sabemos bem que é trabalho, empenho, atitude, humildade e muita, mas mesmo muita, dignidade.


2 comentários:

Gritinhos da Sharapova disse...

Fantástico.

Até parece que seguimos sendo treinados pelo cérebro catedrático, aquele que se arrisca a não ganhar nada, ou coisa nehuma.

Peter ar disse...

Exactamente! Grande grupo temos este ano. Merecem tudo, honram as camisolas que envergam, impolutas entre o esterco que é o futebol português. VIVA O BENFICA!