blog

terça-feira, junho 29, 2010

O adeus esperado

Acabou a festa para Portugal e alguns crentes tiveram uma dura chamada à realidade. Hoje ficou bem patente aquilo que Portugal é como selecção, como equipa, numa competição destas. Estamos muito longe dos principais candidatos ao título e quando se alia a isso um dos piores treinadores que existe que tem uma aura de "looser" em tudo o que faz aquilo que Portugal conseguiu fazer neste Mundial é o esperado, o normal. Ganhar aos pequenos e incapaz de dobrar uma equipa mais forte. E a total falta de reacção ao golo sofrido, com mais de 25 minutos para jogar, mostra bem a incapacidade de Queiroz em mobilizar um grupo em torno de um objectivo.

Tacticamente o homem dos pinos é do mais incompetente que me lembro. As substituições que faz são uma delícia para os adversários. Apesar de estarmos a jogar com menos um porque Pepe a trinco é tão bom como um qualquer bidon, Portugal até estava a jogar bem, a conseguir empurrar a Espanha, a criar lances perigosos, e o que o homem dos pinos faz? Tira um dos melhores, um dos que tinha acabado de criar duas boas ocasiões para a equipa. Resultado? Nunca mais tocámos na bola, nunca mais fizemos nada de jeito. Portugal acabou a sua participação no Mundial naquele momento. Para ajudar à festa Queiroz mete Danny e não Liedson que seria uma substituição mais lógica. Com Danny no seu flanco as dificuldades de Coentrão duplicaram, porque se é verdade que Simão estava ofensivamente mal, defensivamente estava muito bem na entre-ajuda a Coentrão e a fechar o seu flanco coisa que Danny nunca conseguiu fazer. Del Bosque mexe na equipa e quase que marca golo, não tendo que esperar muito para poder festejar. Queiroz não contente coloca Ronaldo sozinho na frente e o galáctico português aproveitou para sair do Mundial mais cedo. Nenhuma decisão do treinador foi lógica, acertada ou teve qualquer efeito positivo. Patético. Mas pelo menos os pinos foram magnificamente bem colocados durante os treinos.

Nunca esperei muito desta equipa pois não só está a anos luz dos rivais como sabia que com Queiroz teríamos opções erradas e jogadores sem qualquer chama. Mas como goleamos os coitados da Coreia muitos já achavam que isto eram favas contadas, é tão fácil iludir o povo... Depois estas chamadas à realidade custam. Ver o bailinho que a Espanha nos deu nos últimos 20 minutos...enfim.

Acho que Queiroz tem mais dois anos de contrato não é? Paciência. Aguentem. Do mal o menos, Coentrão assim não se mostra mais, vai de férias agora e pode regressar a tempo de apanhar a pré época decentemente, não se lesionou (nem o Simão já agora, hehehehe) e, claro, já não devo ter que aturar mais o bluff com a camisola das quinas...

34 comentários:

John Billy #32 disse...

Rescaldo do Portugal-Espanha:

1º O Queiroz continua com o toque de Midas. Consegue com uma única substituição fod** um jogo todo. Se em 94 fiquei agradecido, hoje fiquei aborrecido.

2º A falta de 20 minutos, e a perder, tirar o Pepe para pôr o Pedro Mendes foi de mestre!

3º Não consigo entender como não se dá 4 milhões pelo Eduardo e dá-se 8,5 por um reserva espanhol.

4º Vamos lá ver se conseguimos manter o Coentrão. Pela bitola Di Maria, deve sair por uns 10 milhões.

PS: Pedro, vamos lá ver se o Queiroz não pede ao Deco para reconsiderar a sua decisão ;)

Álvaro Martins disse...

Exactamente Pedro, ao menos o Coentrão vai descansar para estar a postos no arranque da época e pode ser que os que já andavam atrás deles se esqueçam.

toucego disse...

@John Billy #32

Ele meteu o Pedro Mendes porque...não tinha lá mais ninguém para por...GRANDE CONVOCATÓRIA Queirós!!!!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/

John Billy #32 disse...

Toucego, eu sei que não estava lá o Carlos Martins (que jeito tinha dado) mas ainda estava lá o Deco. Ou então tirava o Ricardo Costa e punha lá o Miguel.
Agora só me resta torcer pela Argentina.

MS disse...

Do meio campo para a frente nao temos unhas, exceptuando Ronaldo e o ausente Nani, os unicos que tiham veleidades de ser convocados numa seleccao como o Brasil, Argentina, Alemanha, Espanha, Holanda ou mesmo Uruguai.
Isso e bem sntomatico quando Carlos Martins, muito util na nossa equipa mas convenhamos sem andamento suficiente para ser internacional de topo, e discutido para a convocatoria.
Nao deixamos saudades, jogamos como equipa pequena e vamos eliminados por uma equipa melhor, na altura devida. apenas podemos dizer o que os treinadores dessas equipas dizem "fomos dignos", e pouco mais.

Anónimo disse...

lfv pa rua já ke raio de negocio foi esse do dimaria e buscar um guarda redes sem provas dadas no futebol europeu por oito milhoes e meio'''???????????!!!!!!!!! ta tudo doido ou que enfim ainda bem ke ja acabou a seleçao pa nao mais distrair desse negocio horrivel epa eu tou farto desse demagogo e de ninnguem dizer basta tb nao kero saber se o benfica ganhar ganhou se nao ganhar paciencia comem tudo a custa do benfica e ta tudo cego surdo e mudo é demais fogo

Anónimo disse...

é ke já nem é uma questao de inteligencia é uma questao de lógica pelo menos isso qual o tarelo oito milhoes e meio fogo descobriram o genio das balizas dimaria 15 milhoes ou 17 nem sabem fogo isso ta de uma maneira

André Leal disse...

Lá fomos... Parabéns à Espanha e particularmente à mulher do John Billy.

No entanto, sem me querer desculpar com a arbitragem, já que a Espanha foi muito superior, há fora de jogo no golo, apesar de milimétrico. Não culpo o auxiliar, mas caso houvesse recurso às tecnologias para análise ao fora de jogo, este lance seria anulado tal como o do Tévez contra o México.

Quanto à Selecção comungo do que diz o Pedro, embora eu ache que o principal erro do Queirós não tenhas sido tirar o Almeida, mas o facto de não ter reagido à alteração da Espanha ao trocar o Torres (mais móvel nas alas) pelo Llorente (mais fixo no centro).

Outro grande erro foi a utilização do Ricardo Costa que, apesar de 90% do tempo ter secado bem o Villa, consegue cometer dois erros que se pagam caro. Se no golo o facto de deixar o Villa só se desculpa com o Fora de jogo, já o facto de atacar a bola depois da recarga pelo lado de fora não lembra ao diabo. Ele se chocasse com o Villa depois do remate ninguém marcava nada e o Villa não fazia a recarga. O outro grande erro dele foi obviamente a expulsão que faria Portugal jogar com 10 no prolongamento todo caso empatássemos.

Acho que temos, no entanto, e ao contrário do que pensa o Pedro, uma selecção com um possível bom futuro, dependendo da estadia ou não do Queiróes e, claro, da sua substituição. Para mim vinha o Hiddink ou o Jesus, caso pudesse continuar com o Benfica (nem o corrupto mor poderia ter lata de se opor depois das manobras todas que fez).
Um possível 11 para 2012 seria:

Eduardo
Ruben Amorim
Bruno Alves
Pepe
Coentrão
Moutinho
Miguel Veloso
Nani
Carlos Martins
Ronaldo
Hugo Almeida

Com alguns suplentes bem razoáveis e alguns com experiência como:

Simão
Liedson
Ricardo Carvalho
Miguel
Danny
Duda
Roderick

João Bizarro disse...

Esperemos mesmo que o Coentrão volte e que o Vieira não o venda num saldo qualquer.

Quanto a esta selecção, é a selecção do Madail e do Nutty Professor. Pouco mais há a dizer.
Aquela substituição não é para qualquer um, só um génio como o homem dos pinos para se lembrar daquilo.

Hugo disse...

1. Um gajo que leva dois laterais direitos e depois mete um "tosco" central na ala direita.
2. O Miguel jogou durante épocas com o David Villa e não jogou.
3. O David Villa foi o jogador que mais rematou e criou perigo.
4. O Pepe a trinco quando meio campo da Espanha é só gajos baixos e com técnica.
5. O Pepe além de raramente ter recuperado bolas, nunca saiu a jogar.
6. Como se pode jogar desta forma, sem ter um medio a segurar e a saber fazer passes de jeito.
7. Ninguém ganha se não tiver bola (só por sorte).
...

Nunca mais parava de introduzir pontos.

John, o Eduardo faz-me lembrar o anterior guarda-redes da Selecção (o Labreca).
Era muito bom, mas falhava nos cruzamentos.
O Eduardo por aquilo que vi no campeonato, tem o mesmo problema.
para ter o Eduardo ficava com o Quim, que é igual.
Como também temos já lá um (Moreira), tinhamos de arranjar melhor. Veremos.

Miguel Pinto disse...

Offtopic:

Esta vai para o sr. José Marinho:

Mas então não era o Benfica que ia cometer uma loucura numa eventual disputa de um jogador com o FC Porto?

Parece que James Rodriguez está certo no FC Porto e a loucura não foi cometida por nós.

John Billy #32 disse...

André Leal, pela parte da minha mulher obrigado :)
Disse-lhe que ia torcer pela Espanha mas mal vi as bandeiras na bancada e ouvi o hino, caguei para os Queirozes e os Madaís, e fiquei a sofrer por Portugal. Infelizmente...

Hugo, não sei que erros viste o Eduardo cometer neste mundial. Para mim, a par do Coentrão, foi dos melhores portugueses que tiveram lá.
Ainda ontem, safou-nos de uma goleada.
E estás a ser injusto ao compara-lo com labrecas, quins ou moreiras. O Eduardo é de longe muito melhor guarda-redes.
Além disso tem uma personalidade muito forte. Não é fácil para um jogador de uma equipa pequena afirmar-se numa prova como o mundial.
Nunca o vi ficar nervoso, mesmo enfrentando jogadores como o Drogba, o Luis Fabiano, o Villa ou o Torres.
E voltando a falar do Roberto para responder ao teu comentário no post anterior digo isto:
Não questiono o valor do Roberto. Sinceramente não o conheço mas espero que seja muito melhor que o Eduardo por exemplo.
O que questiono são os critérios que foram utilizados para avalia-lo em 8,5 milhões de euros.
O Eduardo que é titular da 3ª selecção do ranking da FIFA e que fez um bom mundial vale 4 milhões de euros.
Porque carga de água o terceiro guarda redes do Atlético vale mais do dobro?
A mim esta história parece-me muito mal contada.

Pedro disse...

John, o Eduardo é igual ao Quim. Fez defesas mas tirando uma, ao remate do Sérgio Ramos, todas foram defesas "normais" q qqr gr tem obrigação de defender. Não me agradaria nada a ideia do SLB gastar 4 milhões num gr q não traz nada a mais do q aquilo que o Quim/Moreira/Júlio César dão.

Hugo disse...

3º GR do Atlético?
Então o Homem era o titular até se lesionar.
Depois recuperou e como perdeu o lugar, não ficou contente com o Banco e quis jogar, então foi rodar para outro clube.

O Eduardo no Campeonato Nacional, teve ao nivel de quem?
Quatro jogos no Mundial nada me dizem, aí até o Ricardo era bom.

Pedro Vagos disse...

Hugo: O titular do Atletico de Madrid era o Asenjo, não o Roberto.
O Eduardo, para mim que nunca o achei muito melhor que Quim ou Moreira, foi uma das boas revelações do Campeonato do Mundo. No entanto, continuo a achar que ele não é forte a sair aos cruzamentos. Quanto a Roberto, não conheço... e se não questiono a compra, questiono o negócio. 8,5 M€ é muita fruta por um Guarda Redes. Ainda por cima porque voltaram a não ser capazes de incluir no negócio os 25% do passe do Reyes, que supostamente serão do Benfica.

Quanto à Selecção, e para uma próxima campanha de apuramento, o meu grupo base seria:

GR: Eduardo, Rui Patrício, +1(que esteja a jogar!)

DD: Bosingwa, Miguel e João Pereira
DE: F.Coentrão e César Peixoto (Evaldo se tiver passaporte nacional)
DC: Ricardo Carvalho, Pepe, Bruno Alves, Sereno, Zé Castro, Rolando, Manuel da Costa

Médios: João Moutinho, Pedro Mendes, Tiago, Manuel Fernandes, Ruben Amorim, M. Veloso, Raul Meireles, Carlos Martins, Hugo Viana, Ruben Micael

Extremos: Cristiano Ronaldo, Simão, Quaresma, Duda, Danny, Varela

Pontas de Lança: Liedson, Hugo Almeida, Postiga, Makukula, Edinho

Este grupo de base, e acima de tudo, muita atenção aos Sub-21 e outros escalões de base, porque o que temos assistido é que hoje em dia nos faltam opções porque nos ultimos 15 anos descurou-se BASTANTE os escalões de formação.

Obviamente, que haverá outros nomes, e na minha opinião, não podemos fechar os olhos à possibilidade de convocar jovens luso-descendentes, por exemplo em frança, onde há uma grande aposta nos escalões de base e formação.

Rearviewmirror disse...

http://averdadedaliga.blogspot.com/2010/06/fcp-promove-stewarts-agentes.html

OS gajos do FCP agora ja consideram os Stewarts agentes desportivos???

GEnial

Hugo disse...

Pedro Vagos, o titular era o Roberto antes de se lesionar no jogo com o Porto.
O Asenjo era titular mas perdeu-a para o Roberto, que foi preferência do treinador em vez do De Gea (que é muito bom), só que lesionou-se e entrou o De Gea e ganhou a titularidade a todos.

John Billy #32 disse...

Hugo e Pedro,
O Eduardo no campeonato nacional esteve ao nível dos melhores.
Foi o guarda redes menos batido (com o Quim), isto jogando num braguinha.
No mundial se vocês dizem que não fez nada demais, são opiniões tão válidas como a minha.
Mas realço a opinião do Jorge Jesus no trio de ataque:
O Eduardo é grande guarda-redes daqueles que garantem pontos.
O mesmo Jorge Jesus que não teve problemas em despachar o Quim e que não dá nenhum minuto ao Moreira.

Em relação ao Roberto, reafirmo que não questiono o seu valor como jogador. Espero que seja melhor que o Eduardo e tão bom como o Prud'homme.
Questiono é o preço.
Em 2009, o Atlético contratou o Asenjo por 5,5 milhões de euros que tinha sido a revelação da época passada. E repescou o Roberto por 1,25 milhões de euros para ser o 2º guarda-redes.
Devido a participação do Asenjo no mundial sub-20 o Roberto assumiu a titularidade, lesionando-se contra o Porto.
O 3º guarda-redes, um puto chamado De Gea passou então a titular e infelizmente para o Roberto (e a para o Asenjo) demonstrou ser muito bom e relegou o Asenjo para o banco quando este voltou do mundial.
A partir daí, o Roberto passou a 3ª guarda redes e insatisfeito pediu para sair sendo emprestado ao Zaragoza onde brilhou durante 5 meses.
Agora só queria saber como um jogador que passa para terceira opção valoriza em quase 800% ao fim de um ano?
É a mesma coisa que o Benfica comprar o Balboa por 4 milhões, como não joga é emprestado para um clube menor onde brilha e passa a valer 32 milhões. Não tem lógica nenhuma.
Por muito bom que seja o Roberto, foi um péssimo negócio.

Pedro Veloso disse...

André Leal quem estava a "pressionar" o Villa no lance do golo era o Simão, não o Ricardo Costa, que tinha ido fechar mais ao centro.

Hugo disse...

John,
Para mim o Eduardo tem um grande problema (por acaso é o mesmo que o Quim), que é os cruzamentos.
Neste Mundial, não houve a oportunidade de o ver nessa situação.
De resto concordo contigo, o Eduardo é um bom GR para o Braguinha.
Veremos como se comporta num clube de grande dimensão.
Por esse ponto de vista, o Eduardo é carissimo, pois custou ao Braga trocos, vindo Setúbal.
E agora custa 4 Milhões?
Essa teoria só serve contra o Benfica?
Volto a sublinhar: Então e o Javi Garcia?
Não era suplente e foi emprestado?

Os negocios são assim, às vezes são bons, outras vezes nem por isso. Há sempre risco.

Como o do Di Maria, por exemplo, se ele se lesionar pela selecção e não for inscrito noa Liga espanhola, o Benfica só recebe os 25 Milhões.

Agora, há algo que me dá confiança nas contratações, e chama-se jorje Jesus, que já demonstrou saber escolher, e como ele disse, tudo passa por ele.
E se ele disse ao Presidente para tentar contratar a qualquer custo aquele ou este jogador?
Já deu provas que se pode confiar, ou não?
O Benfica tem de ter os melhores e os melhores são caros.

André Leal disse...

É verdade, Pedro Vagos, esqueci-me do Bosingwa, do Manuel Fernandes, do Varela e até do bronco do Micael.

Portugal com uma defesa com Bosingwa, Alves, Pepe (ou Carvalho) e Coentrão mete respeito a qualquer um.

Nós temos uma grande selecção em termos de nomes. O problema é a direcção da FPF que insiste em transformar a Selecção no quintal de alguém e só um treinador como o Scolari, com a sua capacidade de motivação, distanciamento relativamente às manobras do futebol português, mesmo apesar de não ser um treinador do outro mundo em termos tácticos, é que conseguiu disfarçar a podridão que ali grassava e continua a grassar.

PS: É verdade, Pedro Veloso, era o Simão... É mais compreensível o seu erro, já que estava a compensar a posição. Assim sendo, quanto ao Ricardo Costa, tenho que discordar da maioria: estava a fazer um excelente jogo até à expulsão. Aí logicamente estragou a sua exibição.

Mentiroso disse...

Para que o tormento deste maldito defeso seja ainda mais acentuado, só nos falta que James Rodríguez vá mesmo para o Porto e confirme de dragão ao peito os indícios que já lhe são reconhecidos.

Leto é mais caro e parece-me muito fraquinho. É a antítese de Di María. Parece o Manduca: lento, sem chama, sem explosão, mas com uma técnica aceitável.

Anónimo disse...

Vender o BMW para comprar um Fiat Punto é o que me parece esta troca de Di Maria por Leto

Francisco Pinto disse...

Força Benfica, parabéns pelo blog!

Deixo o meu para quem quiser visitar: http://lagrimadepreta.blogspot.com

Saudações benfiquistas!

Pedro Veloso disse...

Mentiroso e Anónimo, já viram por acaso o Leto jogar? Foi campeão grego, ganhou a Taça (golo dele na final), fez excelente campanha da Liga Europa...É novo, já é um jogador feito e está habituado a ambientes escaldantes. E mesmo que não o tenham visto jogar na TV, basta ir ao youtube para perceber que qualquer comparação com o Manduca é para rir...mas claro o Jesus não percebe nada disto coitado.

O James Rodriguez também apresenta grande potencial mas como já disse o Jesus não podemos estar só a contratar miúdos com idade junior, tem que haver alguma experiência. Mas acho que ficamos bem servidos com os dois de qualquer forma.

John Billy #32 disse...

Hugo,
O Eduardo após a sua chegada de Setúbal foi:
titular do Braga
Gganhou uma Intertoto
Vice campeão
guarda redes menos batido da liga
titular da selecção
foi dos melhores guarda redes do mundial
Não achas normal o passe se valoriza?
Agora fico a espera que me digas os motivos da valorização em 800% do passe do Roberto.

Em relação ao Javi Garcia digo-te que não foi um negócio barato. Foi um negócio normal.
O Benfica precisava de uma certeza no meio campo e por isso teve que abrir os cordões a bolsa.

Hugo disse...

"Em relação ao Javi Garcia digo-te que não foi um negócio barato. Foi um negócio normal.
O Benfica precisava de uma certeza no meio campo e por isso teve que abrir os cordões a bolsa."

O Javi Garcia uma certeza?
De onde o conhecias?
Era uma certeza tal como o Balboa (um pouco mais cara).

O que reafirmo é que confio plenamente nas escolhas dos JJ (como foi o Javi Garcia).

Quanto ao Eduardo, isso tudo vale o que vale. Para mim o Quim é superior a ele.
O que acho, é que o Benfica fez o mais correcto, não encheu o cú do Braga, que ganhem dinheiro com outros, menos connosco.

John Billy #32 disse...

Hugo, o Javi Garcia tinha sido uma referência do Osasuna, foi internacional pelas camadas jovens da Espanha e utilizado em mais de 20 jogos pelo Real Madrid.
Acho que não era um desconhecido. Caso contrário dar um tiro no escuro de 7,5 milhões era um perfeito disparate da direcção.
Achas que o Quim é melhor que o Eduardo. É a tua opinião.
O Jesus pensa o contrário.
E olha, o Quim é tão bom, tão bom que a custo zero não arranjou melhor que o braguinha.
Vamos ver para onde vai o Eduardo.

Hugo disse...

John, uma referência do Osasuna?
Uau...
Olha, o Roberto também era a referência do clube onde jogava.
Jogou na Liga dos Campeões e tudo.
O Jesus pensa o contrário?
Então deve ser maluco, pois preferiu um jogador pior pelo dobro do preço!
O Quim é mais velho que o Eduardo, não há comparação possível, até porque o Quim já foi duas vezes campeão e representou o melhor clube do mundo.
Vamos ver para onde o Eduardo vai e quantos titulos consegue.

John Billy #32 disse...

Olha Hugo,
o Quim é o maior, o Eduardo é uma merda, o Roberto foi uma pechincha e o Benfica só faz grandes negócios.

Mentiroso disse...

A última coisa que eu gostaria de ver no meu clube seria contratações de jogadores influenciadas pelo YouTube. Ainda assim o melhor que vi de Leto é tão pouco recomendável que detestaria esta contratação.

Pedro Veloso disse...

Mentiroso, claro que não podemos contratar pelo Youtube, nem obviamente o fazemos. Só disse que, se dúvidas subsistissem, o próprio Youtube mostra boas coisas do Leto. Quanto a não gostar dele, é uma opinião, respeitável como qualquer outra. Embora não concorde com ela de todo.

Hugo disse...

Não John,
Se calhar tens razão.
O Jesus é maluco, pois preferiu o Roberto ao Eduardo, é pior e foi muito mais caro.

Pedro disse...

Mentiroso, se o Leto seria uma contratação via Youtube o que dizer então do James Rodriguez???

O Leto joga na Europa, já jogámos contra ele, já o vimos na TV...agora o James...