blog

quarta-feira, outubro 20, 2010

O.Lyon - SL Benfica: 2-0

Foi mau demais para ser verdade mas, infelizmente, é a dura realidade.

O Glorioso terá rubricado a pior exibição da era Jesus e na Champions perante adversários experientes isso é, simplesmente, mortífero. Não podemos falhar e, tal como na Alemanha, falhámos demasiado apesar de termos entrado bem no jogo, de olharmos o adversário olhos nos olhos e conseguirmos controlar o jogo mas aos poucos os nossos erros começaram a ser em maior número que os dos franceses e começámos a perder o jogo ainda antes de sofrer qualquer golo. Foi impressionante a quantidade de passes falhados e, pior, a forma como eram falhados. Uma coisa abismal e completamente injustificável numa equipa da categoria do Benfica. Somos muito melhores do que aquilo que apresentámos hoje mas falta-nos o calo, a tarimba nestas andanças. É perfeitamente natural mas custa porque volta e meia levamos com jogos destes. Os franceses não perdoaram os nossos erros e marcaram cedo no aproveitamento de um deles e a partir daí foi o controlar do jogo e espreitar mais falhas nossas que não tardaram a aparecer e a fazer avolumar o resultado.

Não sei se Jesus escolheu bem ou mal o 11 porque com tanta falha individual fica impossível analisar as ideias do treinador. Teoricamente foi o nosso melhor 11 mas na práctica tivemos um futebol muito fraco e com demasiados erros. Talvez Airton ou Peixoto devessem ter jogado no lugar do Gaitan mas nenhum treinador espera aqueles erros dos seus jogadores. Até Aimar e Saviola não acertaram um passe...muito mau. Salvou-se um gigante Roberto que fez uma exibição magistral revelando uma qualidade fantástica e Coentrão que parece não saber jogar mal porque de resto foi tudo muito mau, muito mau mesmo.

O árbitro esteve bem, coerente nos amarelos, falhando apenas num lance que me pareceu falta sobre Saviola em cima da área.

Mais do que chateado estou decepcionado. Decepcionado por saber que este Lyon e este Shalke são tudo menos papões e sentir que não somos capazes de os derrotar não por falta de qualidade nata dos jogadores mas por erros de amador que não se aceitam numa competição destas. Porra, até o Basileia vai ganhar à Roma...

Não terá sido o adeus à Europa porque devemos conseguir, pelo menos, segurar o terceiro lugar mas a Champions está dependente de um pleno nos jogos que faltam o que com este acumular de erros tenho muitas dúvidas que sejamos capazes de o conseguir. Mas é a lá estar que se vai aprendendo e é isso que o Glorioso tem que fazer, ir à Champions anos seguidos, como o Lyon, para ganhar tarimba e ir deixando de fazer estes erros, para os jogadores crescerem nos grandes palcos.

38 comentários:

Rearviewmirror disse...

1. O Lyon é muito melhor equipa que o Benfica

2. Salvou-se Coentrão e ROberto... do resto, tudo muito fraquinho... Maxi foi um passadouro.. que saudades do meu Ruben Amorim.

3. No ataque, não fomos zero por pouco... aos 70 min, dei por mim a ver se me lembrava de um remate do Benfica na segunda parte... e nada. Ora porra, eles são melhores, mas nós não somos o Sporting!

4. Agora é (só!) ganhar a este Lyon e ao Shalke, pra ver se fazemos 12 pontos... pontos esses o que até podem não chegar, porque ou muito me engano, ou os Israelitas nem um pontinho fazem...

J.P. disse...

É tudo muito mau. Desde os blá blá blás de presidente e treinador a prometer boas campanhas na Champions até à fraca figura que fazemos com equipas perfeitamente ao nosso alcance. Duvido que consigamos o 2º lugar, mas sinceramente tendo em conta o que andamos a fazer o nosso lugar é na Liga Europa e não na Champions.

jonhy guitar disse...

é certo que não existem papões mas o lyon é uma excelente equipa. creio que houve alguma soberba na abordagem do jogo.
isso traduziu-se na forma displicente como os nossos jogaram.
creio que alguns destes rapazes muito por influência do treinador estão com os egos inchados e com o rei na barriga.
para disputar este jogo taco a taco teríamos que fazer como inter da época passada em barcelona,sermos humildes,aceitar a superioridade e correr mais e lutar muito mais.
tudo foi errado mas com os erros também se aprende e nada está perdido.
FORÇA BENFICA

Miguel Lopes disse...

Desculpa lá Pedro, já falas no adeus à Europa quando dependemos só de nós para seguir em frente na champions? Se ganharmos os nossos jogos em casa contra o Lyon e o Schalke, vamos a Israel discutir a vitória no grupo. O Lyon tem 9 pontos e o Schalke 6 mas nas próximas 2 jornadas podemos ficar todos com 9 pontos.
O que se passou hoje é simples de ver. Carlos Martins não é Ramires e Gaitan não é Di Maria. Com eles teriamos discutido os 3 pontos em Lyon e com estes não discutimos coisa nenhuma. Mas temos que elogiar o Jesus, jogar em França em casa de um dos semi-finalistas da champions com a postura ofensiva que nós fizemos, é coragem. Jogamos olhos nos olhos e só reduzidos a 10 é que o Lyon foi melhor. De hoje a 15 ganhamos e dependemos só de nós. E duvido que o Schalke ganhe em Israel.

João Bizarro disse...

Não concordo nada com quem diz que o Lyon é superior ao Benfica. Mas mesmo NADA!!!
Se calhar têm mais dinheiro. Só se for por isso.

Perdemos por fanfarronice do nosso treinador que dos jogos fora com equipas do nosso campeonato só ganhou 1: Marselha!!!

De resto joga fora com o Lyon ou Liverpool como joga em casa com o Arouca.
E depois esquece-se que há treinadores que já andam nisto há muuuuuuuuuuitos anos enquanto ele é a 1ª vez.

Hoje foi Roberto e Coentrão contra os outros.

GR1904 disse...

Reforço a minha opinião com este jogo em Lyon: o Jesus tem de rever a forma como aborda estes jogos.

Marselha foi uma excepção, porque tinhamos obrigatoriamente de ganhar. Mas, caramba, que sirva de exemplo na forma como se deve abordar estes jogos.

E estou cada vez mais farto de não ver uma correspondência entre o discurso do treinador e o que vemos em campo.

Red INNdiaNN disse...

O SLBenfica hoje foi pálido e sem alegria. O tango não funcionou e a defesa esteve apática. Sofremos por falta de concentração ao pormenor. Desde cedo que do lado direito, zero. Quando subiamos muito abríamos autenticas valas e quando recuavamos, o meio campo era um passadouro. Na troca de bola, não me lembro de uma sequência de três passes seguidos.Agora só nos interessa um caminho:Atitude!
Mas chiça, eu acredito!!!

João Pedro disse...

Gostava de ver o Benfica do ano passado na Champions... Isso sim... agora este...

MS disse...

Meus caros, continuo a dizer, a nossa Champions e o campeonato. Vital vencermos este ano para darmos uma valente estocada nos adversarios. Champions so nos distrai; na gestao de jogadores, na minha opiniao, deveria desde o primeiro dia ser a prova sacrificada.

farto deste estado de coisas disse...

fazem falta uns joguinhos no banco para a vedeta do david luiz.

maxi não tem categoria.

javi está na pior forma desde que chegou ao benfica. saviola idem aspas.

martins e nico jogam fora das posições, o que resulta num esquema táctico com 3 números 10. jogar pelas alas é mentira.

salvam-se o fabinho, o roberto e o luisão.

o pior jogo desde que jesus está no benfica e acho que está tudo dito.

nem um remate à baliza. cheguei a temer uma valente tareia. a nossa sorte é que o lyon tirou o pé do acelerador e limitou-se a jogar à rabia.

helderrocha disse...

Axo k ir a lyon e ao shalke so com um jogador defensivo é suicidio, principalmente a lyon.

Nenhuma outra equipa na liga dos campeões o faz, real madrid joga com alonso e khedira,chelsea com obi mikel, essien e zirkov, barcelona com mascherano xavi e iniesta, embora estes atakem mais, mas equilivram bem defensivamente.

Ja nós, metemos apenas javi garcia. Aimar tambem ajuda, mas nao é defensivo, assim coomo gaitan e salvio.

Axo que na liga dos campeões nao podemos jogar como se jogassemos com equipas do campeonato.

neste jogo os jogadores do lyon eram mais que muitos para a defesa do benfica.

Tem de ser mais matreiro o JJ e perceber k jogar na champions é diferente de jogar no campeonato, tendo por isso de mudar a forma de jogar.

John Wakefield disse...

1- O Lyon é superior ao Benfica mas está longe dos seus melhores dias.
o Benfica perdeu não porque o Lyon foi incrivelmente forte, mas sim porque facilitou ridiculamente o jogo. o Benfica entregou o jogo de bandeja.

2- Infantilidades - Carlos Martins comete um erro infantil à frente da área e resultado golo do Lyon.
Gaitán perde a bola e faz falta, segundo amarelo. Que saudades do Ramires e do Di Maria. Esta zona do meio campo precisa urgentemente de reforços de grande classe.

3- A defesa na segunda parte parecia estar a dormir. Valeu Roberto (o único com exibição positiva).

4- O Javi Garcia, David Luiz, Maxi Pereira e Saviola andam mto longe do nível da época passada.

5- Nada está perdido, só se voltarmos a cometer as mesmas infantilidades. O Benfica pode ganhar cá o jogo ao Lyon (não é nada doutro mundo embora seja a melhor equipa do grupo) e ao Schalke. Em Israel, devemos ter cuidado mas se estivermos bem, também venceremos. se formos á Liga Europa, pronto é chato mas talvez possamos ir mais longe.

joão disse...

1- Lyon não é melhor equipa jogou foi melhor e soube aproveitar os erros que cometemos coisa que nós não soubemos fazer enquanto estava o 0-0.
2- O Maxi esteve mal mas teve alguma ajuda, resposta não, nem o coentrão no início da segunda parte teve hipótese contra dois gajos alias na segunda parte o perigo veio quase todo da direita deles, depois de dois bons anos do Maxi agora é que descobrem que não tem categoria?, pode-se gostar mais ou menos falar que este ano ainda não esteve ao seu melhor agora falta de classe deves ser daqueles que achas que o luís Filipe é um grande lateral.
3- Discutir o onze como vê por aqui não vale a pena quem queria ir defender, o Koeman foi tal como o mourinho de autocarro para jogar contra o Lille e não perdeu mas o coro de criticas que levou foi monumental quer queiram quer não e por muitas derrotas que custe á equipa o BENFICA nunca foi uma equipa defensiva a sua génese sempre foi atacar, acha que ele esteve mal outros acham que foi corajoso onde ele esteve mal foi no inicio da segunda parte ou fazia substituição ou com os mesmos jogadores tinha que povoar mais o meio campo.
Enquanto estivesse o 1-0 pelo menos sempre poderíamos colocar mais pressão e incerteza no adversário agora o 2-0 matou o jogo.

Soberba nos primeiros vinte minutos disputamos o jogo pelo jogo logo não existe nenhuma soberba infantilidade nos passes falhados e aselhice ao não saber aproveitar os erros do adversário não é soberba.

O Problema não é a maneira como são encarados/preparados os jogos fora nas competições europeias é mais uma vez o estado psicológico da equipa perante o facto de não ser a primeira equipa a marcar e de estar a perder esta equipa não sabe estar a perder sempre que sofre um golo antes de marcar perdesse completamente e já não recupera e isto também vale nas competições internas agora a probabilidade de tal acontecer nas competições externas é muito maior, em Marselha foi o único jogo para as competições europeias que depois de sofrermos um golo conseguimos empatar.

MS disse...

O Maxi esteve de caganeira durante a semana. Nao devia ter jogado, devia ter jogado o L Filipe para termos o Maxi em condicoes para o Portimonense.
Estamos a 7, nao se pode facilitar. O bicampeonato causaria caos nos adversarios, talvez irremediavelmente.
Campeonato e a minha Champions, deixem-se de manias das grandezas, nao temos arcaboico para fazer bem interna e externamente ao mesmo tempo.

Helder disse...

Foi mau demais para ser verdade. Sem comentários.....






PS: JJ vê se ás vezes tens um bocadinho e tento na lingua! (Atenção que quero o JJ no Benfica durante mts e mts anos)

John Billy #32 disse...

Na altura este comentário valeu-me um rol de críticas:

"Se em casa frente a um Setúbal dá para jogar com 5 jogadores ofensivos, como será contra um Porto, um Braga ou um Sporting? E contra o Lyon ou o Schalke?
Provavelmente deverá jogar o Amorim para o lugar do Sálvio. E jogando então o Maxi e o Amorim ficamos sem nenhum alternativa para qualquer um dos dois. E se um deles estiver lesionado ou castigado? Quem joga?
Como é possível gastar pipas de massa em gajos para emprestar e não se comprar ninguém para fazer o lugar do Ramires?
Como é possível vir o Vieira e o Jesus dizer que é possível ganhar a champions com este plantel?
E que tal trocar a demagogia pela humildade e trabalho?

31 de Ago de 2010 19:14:00"

PS: admito que cometi um grande engano com o Roberto. Após Setúbal, tem sido excelente

M disse...

1-parece-me claro que nao temos estalecas para estas andanças...e é uma imensa decepção dixer isto, pois com os jogadores que temos e o futebol do ano passado, julgava que teriamos capacidade de jogar uns furos acima...

2-impressionante a quantidade de passes falhados...

3-O Jesus devia ficar caladinho, anda a falar muito....humildade e trabalho é que faz a diferença, nao as previsoes de peito inchado pelo futebol do ano passado, pois isso foi no ANO PASSADO...

desde dizer que Dmaria e Ramires foram para clubes apenas superiores financeiramente ao Benfica porque em futebol, o Benfica é melhor (os gajos la vao ganhando...), passando por afirmar que quartos-de-final sao minimos e depois é o que vê, assim como a treta de ganhar em França será natural e foi o que se viu....

vamos la ver se nos entendemos....na minha opinião, o Jesus esta a começar a delapidar, junto dod adeptos, o próprio credito que juntou fruto do seu trabalho, humildade e exigencia face aos jogadores no ano passado....

quem é que não reparou na diferença de atitude no banco?

algo se passa ou passou...

4-Coentrão nao sabe jogar mal, o Bayern que se chegue com a nota, senao chapeu..

5-Roberto, melhor em campo, resto é conversa, sobre guarda-redes estamos conversados...

6-Peixoto?!?! FODA-SE, QUE JÁ ENJOA!!!!!!

ps:do modo como nos posicionamos no meio campo, duvido que fizesse diferença, mas tenho saudades do Cardozo...

abraço....

Pedro disse...

" já falas no adeus à Europa quando dependemos só de nós para seguir em frente na champions? "

Dependemos de nós mas com estes erros apresentados, q não são apenas de ontem, tenho alguma dificuldade em confiar que vamos conseguir vencer os três jogos que faltam. Só isso. E não é um adeus à Europa porque ainda teremos a Liga Europa.

Não há nada que justifique a quantidade absurda de passes errados que permitiram que o Lyon estivesse em cima de nós e que nós não conseguissemos jogar a bola. Perante isso é complicado falar em tácticas...Concordo q Jesus tem que analisar melhor os jogos nas competições europeias pq as suas declarações começam a ser bazófia a mais pq no relvado não consegue aplicar o que diz nas conferências.

Claro que o nosso objectivo principal é o campeonato e tem q ser esse o foco principal da equipa mas fico muito triste qd o Benfica desperiça oportunidades como esta para deixar marca na Europa. Este Lyon não é mais forte q o SLB, não é melhor que o SLB em termos individuais, é sim uma equipa mais experiente e isso fez a diferença.

Mário Lopes disse...

O Benfica actual está deslocado na Champions. É uma equipa que podia fazer qualquer coisa na ex-Taça Uefa, mas não nesta Champions. Somos demasiado anjinhos para esta prova. Uma equipa que está em 14º lugar no campeonato francês, mas que tem muita experiência na prova, facilmente nos ganha...

E o pior, é que caímos no mesmo erro da Alemanha. Em vez de espararmos pelo erro do adversário, somos nós a arriscar passes a meio campo e a oferecermos jogadas de perigo, que nos encavam sistematicamente...

Mas os directores do benfica com a sua mania das grandezas, atiram atoardas que vamos ganhar e não sei quê, e há papalvos que acreditam e pensam que temos os melhores jogadores e treinador do mundo... O post anterior, relativamente ao Nuno Gomes, é bem exemplo da "esquizofrenia" de alguns adeptos que vivem num mundo à parte do real... O Benfica está longe de ser uma equipa que consegue ganhar fora, no campo de uma equipa de 2ª linha da Champions (nem falo nos tubarões, falo de Ajaxs, Lions, Tottenham...)

Ricardo disse...

Mário,

O ano passado o Benfica ganhou fora a Everton (2-0) e Marselha (2-1).

A questão não está na incapacidade da equipa em termos tácticos ou de qualidade de jogo; está na forma como aborda os jogos, baseada em premissas arrogantes que o próprio treinador faz questão de evidenciar antes dos jogos.

O Benfica ganhou um campeonato nacional, não ganhou 5 seguidos ou a Champions. Mas parece que os dirigentes, técnicos e jogadores acham que foi um feito extraordinário para o clube terem sido campeões e, portanto, deram-se ao luxo de perder a humildade que nos fez ganhar o ano passado e passarem ao dicsurso megalómano que depois em campo se esvai em passes falhados, nervoseiras e más decisões.

Não culpem este ou aquele, o modelo ou as subsituições; neste momento, o maior desafio do Benfica é baixar o nível de arrogância e encarar mentalmente todos os jogos da mesma forma. Não é por darmos 5 ao Arouca que vamos entrar abertos para Lyon.

O Benfica precisa de um psiquiatra. Se se curar, tem equipa para ganhar em qualquer lado.

Anónimo disse...

Quando não se prepara como deve ser a época acontece isto. Espero que comecem a trabalhar para o êxito da próxima.

Mário Lopes disse...

Ricardo,
embora o Marselha tenha ganho a liga francesa, não tem a tarimba do Lyon nos grandes palcos Europeus. O mesmo se passa com o Everton...

A questão é que o Benfica não tem equipa para jogar sbt fora, sem ser de forma cínica (esperando o erro adversário), no entanto, quer jogar à Chelsea, ou Barcelona...

Anónimo disse...

Não quero, porque não me apetece, falar do Benfica. Só causaria irritação.

Estranho é porque toda a gente continua tão preocupada em referir a classificação actual do Lyon. Embora o Lyon, num passado recente, tenha ganho campeonatos de de enfiada, a Liga francesa é capaz de ser a liga mais competitiva da Europa dos últimos 2 anos.
O Lyon é 14ª a 4 pontos do Marselha. O líder é o Rennes! O ano passado venceu o Marselha com 6 pontos de vantagem, mas o 2ª e o 5ª classificado acabaram com 3 pontos de distância. Há dois anos, a 6 jornadas do fim, 6 equipas podiam ser campeãs!!! Parece-me irrelevante a actual classificação do Lyon.

Mário Lopes disse...

LOL...
Mas o jogo disputou-se o ano passado ou ontem!!!... É que o próprio Benfica também não é o mesmo das épocas do Eusébio, nem tão pouco o mesmo do ano passado...

VHugo disse...

Só quando se descer à terra é que podemos enfrentar a champions como um objectivo!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/

iBenfiquista disse...

A alegria é contagiosa. Os dois jogadores que nos deixaram eram dos jogadores que jogavam com mais alegria e com maior motivação. Para além disso, alguns que estavam motivados, como o David Luis, não o estão este ano.

Já repararam que dos três melhores de ontem, dois (Coentrão e Roberto) sentem que têm AINDA algo a provar? O terceiro, Luisão, tem o seu caso (futuro) resolvido. Os três jogaram motivados. O Gaitan ainda tem 2 anos pela frente até estar "au point". O Jara igual, assim com o Kardec.

O próprio JJ anda de boca aberta, com um discurso cheio de basófias desde o princípio do ano, o que me faz prever que nada de bom venha acontecer tanto para o campeonato como para a Campeões. Tem de haver um pouco mais de calculismo a jogar, e de humildade a preparar os jogos, atendendo a que o Benfica ainda é uma equipa em construção, em todos os aspectos. Se não arrepiarem caminho muito rapidamente, prevejo uma época confrangedora. Não costumo ser pessimista, nem gosto de profetas da desgraça, mas para além de estar pessimista antes do jogo de ontem, é o que sinto neste momento.

Antonio disse...

O que mais me desilude é a falta de argúcia de JJ.

Sinceramente estava à espera que, este ano, tivesse a capacidade de perceber que, com o actual conjunto de jogadores de meio-campo, não pode manter o esquema táctico do ano passado.

Fiquei entusiasmada com a pré temporada quando vi que fizemos vários jogos em 4-3-3, que me pareceu respeitar as caracteristicas dos jogadores que temos. No entnto, mal começou a época, tudo voltou ao que era, com resultados pouco abonatórios.
Nesta altura esperava mais de JJ.

Hugo disse...

Está tudo doido?
Então os comentários e as vaidades do Treinador reflete-se nos passes errados ou no mau jogo da maioria dos jogadores?

Onde se pode refletir, é na arrogância táctica definida, mas daí a dizer que este ou aquele falhou por vaidade...

"PS: admito que cometi um grande engano com o Roberto. Após Setúbal, tem sido excelente"

John, não foste o unico. Mas foste dos primeiros senão mesmo o primeiro a admitir. Parabéns.





O JJ falhou, logo o Benfica falhou.
Não podemos jogar com o Lyon como jogamos com o Arouca, Braga ou Sporting.

O JJ deveria ter aceite o favoritismo do Lyon em casa e humildemente, jogar com um meio campo mais povoado.
Não o fez perdeu.
A equipa até ao 1º golo, dominou o jogo mas passou o tempo a perder bolas em locais perigosos, isto fruto da pressão do Lyon.
Agora perceber porque é que se perdeu tanta bola é que é o ponto.
Uns acham que é da má forma dos jogadores, outros da falta de qualidade.
Todos podem ter razão, mas acho que se falharam passes, porque os jogadores do Lyon pareciam mais que os do Benfica e "obrigavam" os jogadores do Benfica a arriscar mais nos passes, parecia que os jogadores não se movimentavam (os do Benfica), mas também não é bem assim. Houve muito mérito do Lyon.

Julgo que se jogassemos com por exemplo só um avançado (Saviola ou Kardec) e com o Airton no meio (o ideal era o Amorim mas está aleijado) ou com o Peixoto (jogando a defesa ou médio), colocávamos mais jogadores no meio campo e as linhas de passe eram mais frequentes e ficávamos com vantagem nos lances defensivos (tinhamos mais a defender).
O Contra disto é que não tinhamos tantos homens no ataque, mas como temos jogadores que aparecem bem, acho que era adaptável.
Acho que o Lyon sabia perfeitamente como iamos jogar e esse foi o erro.

Claro que agora, isto é facil de dizer, mas julgo que repetimos o mesmo erro da Alemanha.

Ricardito disse...

Espero que o JJ esteja a ver o jogo do porto, para perceber onde está a diferença entre a classe e a fanfarronice de dizer que somos os melhores do mundo e vamos ganhar tudo e depois levar banho atrás de banho de equipas de fundo de tabela. Tivemos a sorte de calhar no grupo mais fácil de que há memória, e andamos a meter nojo. Diz o JJ que o benfica tem que ir aos quartos, no mínimo, mas assim nem aos quartos da liga europa.

Meus amigos, escondam-se atrás do que quiserem, mas as evidências estão à vista de todos. E nós só temos de aprender. Aprender a jogar como os azuis la de cima em vez de aprender a chorar como os verdes aqui ao lado.

Anónimo disse...

ricardito, o porto teve mta sorte no jogo. e o besiktas, com as baixas que tinha (8 ao todo incluindo quaresma e guti), até consegue ser bem mais fraco do que o modesto sporting.
Cometemos erros infantis. é verdade. agora espero que aprendam com as macacadas que andaram a fazer em França. e pode ser desta que apareçam reforços de jeito no mercado de Janeiro.
o Benfica ainda nao tem a época perdida, mas se este ultimo rendimento se repetir mais vezes ao longo do ano, vai ser dificil... mto dificil. e o fcp não parece que vai facilitar muito e depois ainda existem os homens de preto que algumas vezes nos tiram pontos injustamente.

Pedro disse...

E qd aprendermos a jogar como os corruptos tb vamos levar coças do Arsenal por exemplo??

Se estamos no grupo mais fácil que há memória o que dizer do grupo dos corruptos? Lê-se cada coisa...

Ricardito disse...

Pedro, o porto levou coça do arsenal, mas terminou no primeiro lugar do seu grupo. E olha que não tinha nenhum lyon como cabeça de serie.

Desculpa lá mas para uma equipa cujo presidente fala em conquistar a champions e cujo treinador passa a vida a vangloriar-se, equipas do fundo da tabela dos campeonatos alemao e francês devem ser vitórias fáceis.

O grupo deles, dentro da realidade da liga europa, é um grupo igual aos grupos que encontrou o benfica quando foi a essa competição. E nós, o que fizemos? Levamos 5 na grécia? Ou até mesmo com a nossa melhor equipa dos ultimos 20 ou 30 anos fizemos o quê? Perdemos com o AEK ou empatamos com o Herta?

Ontem, por muito que o besiktas estivesse desfalcado, o porto mostrou a todos o que é jogar na europa. Não é por nada que no fim saíram de lá aplaudidos.

Ser respeitado na europa não se consegue com diálogos à la Mourinho quando se tem resultados à la Rosenborg. Consegue-se com vitórias e demonstrações de superioridade em campo. Nesse aspecto, estamos muito longe.

E vê-se o respeito que os outros nos têm, quando vamos jogar ao schalke ou ao lyon e os treinadores dizem que sao obviamente favoritos e os jornais dos respectivos países falam como se fossem vitorias cantadas. E pelos vistos são.

Pedro disse...

Mas tu estás mesmo a comparar os nossos jogos na Champions com os jogos dos corruptos na Liga Europa?? Estás mesmo a comparar adversários???

"Ou até mesmo com a nossa melhor equipa dos ultimos 20 ou 30 anos fizemos o quê? " Sei lá, humilhámos o Everton que era o 5º classificado dessa patética Liga Inglesa...ou neste caso a classificação já não conta para nada???

Querem ver que o Lyon não presta? Que o Shalke não presta? Q argumentação mais falsa...mas percebo perfeitamente a jogada. De repente o Besiktas é um colosso europeu...já conheço muito bem essa táctica.

Qd usas esta argumentação para sustentar as críticas, legítimas, a Vieira e Jesus, perdes toda a razão pq, simplesmente, não faz sentido. Sempre q utilizares um clube corrupto como termo comparativo perdes toda e qqr razão, seja no q for.

Mário Lopes disse...

Oh, Pedro... Ainda perdes tempos com camaleões! Porra, não se vê logo o discurso corrupto por detrás dessa falsa conversa...

rodrigo disse...

O maior problema a meu ver é sobretudo o sistema táctico.Ao contrario do ano passado que tínhamos ao nosso dispor o Ramires e o Di Maria que possuíam uma disponibilidade física tremenda o que ajudavam a que fosse possível jogarmos de forma tão ofensiva,este ano não são o Carlos Martins,Gaitán ou Salvio jogadores com as mesmas características que os dois que saíram e como tal parece-me inviável jogar no mesmo sistema.
A opção mais sensata passa pela opção do 4-3-3 testado na pré-época e que tão bons resultados deu nesses jogos.(5-3 Guimarães;4-1 Feeynord e 4-1 Aston Villa)
A sustentar a minha opinião está a quantidade enorme de atacantes que temos no plantel,assim como o facto do Gaitán ou o Salvio que nunca irão conciliar as tarefas defensivas com as ofensivas o que deixa o Javi completamente desapoiado e a equipa à mercê de qualquer contra-ataque adversário.

Vasco disse...

O que é feito do José Marinho?

Vasco, saudações benfiquistas

Anónimo disse...

Caro Amigo,

Podias era comentar a ausência do nosso Presidente...num momento tão IMPORTANTE para a nossa equipa e clube!!

Caso não saibas o nosso Presidente, em vez de estar presente no jogo de hoje para apoiar o clube do qual é Presidente...NÃO...estará presente em Angola...para ver o jogo que decide o campeonato Angolano!!


PRIORIDADES...depois, admirem-se que o clube esteja como está...quando se prefere ir a Angola, ver um jogo do campeonato Angolano e fazer alguns negócios...em vez de estar na LINHA DA FRENTE...DA BATALHA...do clube que é Presidente!!

DISTO NINGUÉM FALA!!

Enfim...é os adeptos e sócios do benfiquinha que hoje temos...

Kallou

Vasco disse...

Mas eu quando perguntei não foi com o fim de criticar com uma implicação negativa! mas sim porque adoro as suas críticas!
Que mania de reivindicar!
Vasco, saudações benfiquistas