blog

sexta-feira, dezembro 10, 2010

Quebra de confiança

Hoje os jornais publicam o que já se falava em surdina: uma revolução no plantel, a chamada limpeza de balneário. É-me absolutamente incomodativo falar em revolução de um plantel que há seis meses atrás estava em euforia a festejar o 32º título de campeão nacional da história do Sport Lisboa e Benfica. E mais incomodado fico quando penso que de facto existe tal necessidade.

Mas a "coisa" não pode nunca ser vista assim tão levianamente. É preciso perceber o porquê da necessidade de tal revolução e a culpa não é sómente dos jogadores, a culpa é repartida por todos os responsáveis pelo futebol do Glorioso e, provavelmente, os jogadores serão os menos culpados. Não podemos tapar o sol com a peneira nem ignorar a realidade que temos actualmente no clube: há uma quebra de confiança entre jogadores e equipa técnica/dirigentes, e é uma quebra de confiança que se mostra ser irremediável. A prova está à vista de todos: Jorge Jesus não tem autoridade para com a equipa e isso salta à vista no comportamente apático que o treinador tem durante os jogos. Ainda esta terça feira há uma falha defensiva que podia originar golo do adversário e Jesus pouco fez quando no ano passado teria entrado em campo para dar um calduço ao jogador que errou. Já todos percebemos que o comportamento do treinador não é o mesmo mas há quem diga que é por estar acomodado ou ter perdido a vontade de vencer. Estas justificações não fazem qualquer sentido porque Jesus é daqueles que quer ser o maior, quer encher páginas de jornais com o seu nome e suas conquistas, tem um ego enorme que o faz querer vencer sempre. Simplesmente está diferente porque a relação com os jogadores é diferente. E tudo vai acabar na eterna questão dos prémios, na questão de terem combinado um pagamento aos jogadores e não terem cumprido (até hoje nunca tal foi negado) e isto leva ao principal culpado de toda esta situação, à pessoa que devia ter resolvido isto na hora que só tem um nome: Vieira. Se eu mandasse no SLB os jogadores do Glorioso tinham ido para o Marquês festejar já com o cheque do prémio no bolso, mas isso sou eu que sou benfiquista e sei como os jogadores são sensíveis a estas coisas. Mesmo que Vieira não fosse o responsável pelo pagamento do prémio aos jogadores no momento em que soube do problema só tinha que o resolver na hora e não o fez, a situação arrastou-se tempo demais com as consequências á vista de todos. E isto para mim não é incompetência nem amadorismo, quem falha com os jogadores desta forma só o pode fazer propositadamente. Quem não concorda que me prove o contrário!

E o problema cresce quando o treinador recebeu o seu prémio a tempo e horas atraiçoando o grupo de trabalho que nunca o perdoou por isso. E é aqui que entra a culpa dos jogadores, por muita razão que possam ter nunca podiam ter deixado essa "luta" ir para o relvado e ressentir-se em exibições sem chama, sem alma, sem brio. Nunca. São profissionais bem pagos com os ordenados em dia, representam um clube amado por milhões que abdicam de muito para os acompanharem, e como tal, têm que respeitar o clube e adeptos e isso só se faz dando tudo o que têm em campo, lutar até ao fim pela vitória, sempre. E quando isso não acontece, quando é notória essa separação entre jogadores e treinador/dirigentes algo tem que ser feito porque o clube não pode nunca ser refém de um núcleo de jogadores que lideram um balneário em revolta.

Portanto, depois de uma época soberba que culmina no mais consensual título conquistado nos últimos 20 anos, temos um defeso que se previa tranquilo mas que por culpa de alguém leva-nos ao actual estado. Uma equipa campeã que se arrasta pelos relvados sem alma, sem chama, sem vontade, com um treinador apático sem voz de comando, com um Presidente que chamou a si os louros da glória mas que nas horas más está ausente e sem capacidade de negociar jogador que seja e um Director Desportivo que, depois de encostado, apareceu para dar o corpo às balas e dizer o óbvio.

Há volta a dar? Haver há, é começar a ganhar, eliminar o Braga, fazer uma série grande de vitórias consecutivas na Liga, passar as eliminatórias na Liga Europa, ganhar, ganhar, ganhar. Que temos qualidade para tal não tenho a menor dúvida, que tenhamos Homens para isso...teremos? Infelizmente a minha crença é reduzida.

37 comentários:

Anónimo disse...

estou absolutamente espantado com o estado a que se diz chegou o Benfica! Será possivel depois da epoca extraordinária do ano passado? Que JJ não parece o mesmo é verdade!Mas que raio de profissionais são estes? Não consigo acreditar no que é dito na CS e neste Blog.
socio nº 218219

Ginha disse...

Em relação á polémica tem que ser verdade, pois ninguém desmentiu...

E a ser verdade é de uma estupidez a todos os niveis, quer da parte de Vieira, quer da parte de Jesus que atraiçoa o seu grupo de trabalho e um pouco também da parte dos jogadores que podiam muito bem fazer ver a sua insatisfação, sem meter em causa o seu brio profissional...

Quanto ao resto, ando tão bloqueado com tudo isto que nem sei bem o que dizer...Ainda á meses parecia que as coisas iam entrar nos eixos e agora isto...

John Billy #32 disse...

Pedro, eu nem quero acreditar que foi pago os prémios ao Jesus,e que os jogadores foram esquecidos.
Eu não posso acreditar numa falha tão grave.
Esse tipo de gestão é mais vergonhoso do que levar 5 do Porto ou perder com o Hapoel.
E a ser verdade só pode ser propositado.

David De Oliveira disse...

Pedro, se isso tudo que dizes for verdade é o cumulo da incompetência, Viera deveria saber melhor do que eu que os jogadores do Benfica (e de qualquer clube) são profissionais e jogam por dinheiro não há volta a dar (até os das seleções são assim quanto mais os dos clubes é só lembrar-se de saltillo) e se falhou nos prêmios... não tenho palavras para descrever tal estupidez!!!! Não se pode ser tão burro!!! Só me apetece pensar que foi de propósito e só me vem à cabeça que este Gajo é sócio do FCP y Ex amigo do mafioso... etc, etc, etc, Mas que raio de bruxedo fizeram ao Benfica para ter sempre de acabar da pior maneira com as equipas campeãs?? Já foi assim com o Artur Jorge y agora vamos outra vez vender e oferecer ao desbarato os campeões do ano passado??         Estou de Vieira até à ponta dos cabelos, sempre quis acreditar no presidente e dar um voto de confiança, tal vez o amor ao Benfica e a esperança me tenham feito pensar assim mas contra factos não há argumentos e já nem a gestão financeira servem para continuar a dar apoio a este presidente que se estivesse a fazer o que devia e deixa-se mandar no futebol quem tem de o fazer as coisas não estariam como estão, é só promessas, contratações falhadas, descobrir jogadores para os adversários. Em qualquer sitio onde existe o mínimo de exigência depois de gastar 30 milhões € para nada teriam de se apurar responsabilidades mas no Benfica não e por isso estamos como estamos e a conversa da corrupção já não chega para desculpar tanta incompetência. Mas o pior é que não aparece ninguém a dar um murro na mesa e a pedir uma assembléia geral extraordinária será porque o Benfica está falido?? Afinal são abutres mesmo?
   A única solução ao problema que encontro chama-se Rui Costa e só tem que bater com a porta para o Vieira cair. Porque não o faz?? Isso gostava eu de saber e sendo assim só posso pensar que é porque é mais um dessa corja que esta a dar cabo do nosso clube e de uma equipa que há 6 meses ia lutar pela champions...
         Estas revoluções são pão para hoje e fome para amanhã, as mudanças tem que se fazer desde cima porque isto é mais do mesmo que temos visto durante 10 anos e agora a culpa é de quem? Do Vale e Azevedo? lololol Se isto continuar assim daqui a um ano vou começar a pensar que o Vale e Azevedo até era um bom presidente...

         Bem, vou-me ficar por aqui...

         Só mais uma coisa, daqui a menos de 2 anos teremos o Jesus no Porto a ter o mesmo sucesso que o Mourinho (ou pelo menos parecido) vai uma aposta?
         Um abraço e Viva o BENFICA!

Ginha disse...

John mas olha que parece que foi mesmo isso que aconteceu...E foi pago, quando o JJ, encostou o Vieira á parece e acenou com as notas que lhe ofereciam lá de cima...

TRAMONTANO disse...

O problema e que Jesus entrou no Benfica como um treinador de segunda linha mas ao ser campeao logo no primeiro ano alcandorou-se ao cume como ele proprio se fartou de o propagandear.

Jesus tinha um ordenado baixo mas com premios de objectivos muito altos.

O seu contrato estipulava um premio de campeao de 500.000 euros, que justamente recebeu.
Mas nao contente, usou a chantagem para se fazer pagar ao nivel dos melhores. Teve ou simulou um almoço com o corrupto e encostou o Vieira a parede e Vieira quadriplicou-lhe o ordenado (e nao sabemos quais sao os premios de objectivos)em vez de lhe indicar a porta da rua e dai tirar partido para a mobilisaçao dos jogadores e dos Benfiquistas. Vieira cedeu e isto ao nivel de uma organisaçao paga-se caro.

Ao invez os jogadores tem ordenados chorudos e nao ha premios estipulados de objectivos.

Quando em tempos era norma haver premios significativos de objectivos pelo acumular de vitorias, de campenatos, de taça e de provas europeias na actulidade os proventos dos jogadores restrigiam-se aos seus chorudos ordenados. Sao politicas, com que se pode concordar ou nao.

O que a conteceu e que a direcçao resolveu atribuir um premio de 600.000 euros a distribuir equitativamente por todo o plante, mesmo aqueles que sairam a meio o que rendeu a cada jogador a volta de 20.000 euros e os jogadores ficaram sentidos com isto.

A agravar a situaçao, porque a epoca começou mal, e contra todas as praticas foi oferecido aos jogadores um premio mais chorudo do que o do campeonato, caso eles alcançassem a vitoria no ultimo jogo contra os corruptos.

Ha Benfiquistas que ha muito sabiam isto mas hoje e quase publico pois a imprensa ja fez eco disto e e estranho que a direcçao nao o tenha desmentido.

Em vez de andarem a desmentir contrataçoes de jogadores, impunha-se, face ao impacto que isto causou na naçao Benfiquista, um vigoroso desmentido publico, mas...

Mesmo assim, penso que se houvesse verdadeira liderança, este arrasto penoso com que somos confrontados jogo a pos jogo, ja teria sido ultrapassado.

Mas, nao e lider quem quer...

Este Jesus e a prova esta a vista, nao e deus e Jesuses verdadeiros ha muitos.

DeVante disse...

Eu gostaria de ouvir algum de vós, na vossa vida profissional, a socorrer desta desculpa ("quebra de confiança") para justificar quebras de rendimento tão manifesto...gostava mesmo.

Se quiserem saber, no meu serviço, todos somos da opinião que o chefe não percebe nada disto, não presta mesmo para nada e só está a chefiar porque o seu cargo é de nomeação...mas o que se ouve nos bastidores é que andamos a trabalhar para outros receberem...

Ando "desmotivado"? Ando. Se aparecer outra entidade empregadora mudo? Mudo!

Mas até lá tenho de "dar o litro".
Até porque para "aparecer outro" é preciso ter algum crédito e algum "trabalho feito" e não me parece que andar a arrastar seja boa solução para me manter empregado.

Nos jogadores de futebol é (devia ser) a mesma coisa...são profissionais e são pagos para jogar...não me venham com desculpas!

Portanto, não percebo o porquê de

Pedro disse...

Devante, concordo ctg mas infelizmente o mundo do futebol é assim, os jogadores são mimados e qd algum grupo de adeptos os aperta um bocado vêm logo criticar pq não se pode tocar nos meninos.

A questão é que se tu souberes que tens outra empresa prontinha para te receber de braços abertos a tua "paciência" com o teu chefe é totalmente diferente...

J.P. disse...

Entrevista a LFV na Vieira TV... perdão, Benfica TV, às 21H. Lá teve que interromper as férias no Brasil, que chatice... Adivinha-se (mais) um novo ciclo...

Helder disse...

Revolução no plantel? Assim não vamos lá!! Se fosse revolução na direcção.............
Continuamos a olhar para a arvore e não para a floresta.........

Mário Lopes disse...

(...)«Mas nao contente, usou a chantagem para se fazer pagar ao nivel dos melhores. Teve ou simulou um almoço com o corrupto e encostou o Vieira a parede e Vieira quadriplicou-lhe o ordenado (e nao sabemos quais sao os premios de objectivos)em vez de lhe indicar a porta da rua (...)»

Pois é Tramontano. A questão é que há anos atrás, o Mourinho com muito menos provas dadas que o JJ fez o mesmo... E nós sabemos como tudo terminou...

Acho que o Vieira tem feito muita merda enquanto PR do SLB, mas a ser assim como dizes, também não sei se a maioria de nós, dps dos resultados da época anterior, não toeria a mesma decisão...

Quanto à falta de prémios pagos aos jogadores, se foi prometido, acho que tem de ser pagos. Quem sabe um pouco de futebol, sabe como estes meninos são mimadinhos... Já que o Vieira não sabe ter pulso, o mínimo que se pedia era o cumprimento das promessas!

Lá em cima, não sei se na base da ameaça ou da porrada, o que é certo é que estas merdas não existem, ou não acontecem!

Será que é preciso ser-se mafioso pra se ser um bom lider desportivo?... Cada vez acredito mais que sim...

Mário Lopes disse...

...Entretanto arranjaram o Xistra pro jogo com o Braguinha... Mas isto é daquelas coisas que já se espera que a merda cheire cada vez pior... Sabem que estamos em baixo então aproveitam pra ganhar tempo e empurrar cada vez mais pro fundo... E quem seria pior que um Xistra(?)

John Billy #32 disse...

Ginha, eu não quero acreditar, mas não digo que é mentira.

Tramontano, no caso da renovação do Jesus não consigo apontar falhas na gestão do Vieira. O episódio Vilarinho/Mourinho não pode ser esquecido.
Imagina que o Vieira recusa ficar com o Jesus, este vai para o Porto e consegue por este na liderança e o Benfica a milhas. Que diriam os adeptos e os sócios?
O Vieira agiu mal, foi em não ter premiado os jogadores da mesma maneira que premiou o Jesus.
Alias não percebo porque não se renovam certos contractos de jogadores fundamentais como o Luisão, o Cardozo ou o David Luiz? No lugar de comprar um Jara por 5 milhões, não seria preferia gastar essa verba no bem estar dos nossos melhores jogadores?

E Devante podes ter muita razão no que dizes, mas em qualquer empresa geralmente o elo mais fraco costumam ser os empregados e não o chefe. Por isso se houver alguma quebra de rendimento, vai mais rápido para a rua o empregado que o "chefe inútil".
No futebol, quem achas que é o elo mais fraco? O "chefe inútil" (treinador) ou o empregado desmotivado (jogador)?
Achas plausível despedir o David Luiz ou o Cardozo por não estarem motivados?

DeVante disse...

Mas é tão difícil perceber uma coisita simples:

- Ninguém é "apoiante de Vieira"! Se Vieira não fosse Presidente do Sport Lisboa e Benfica eu não me preocuparia minimamente com ele...tanto é que não conheço os nomes dos restantes membros da sua família.

O que sou é defensor que ele, o Vieira, neste momento, é a melhor pessoa para comandar os destinos do clube...ele, Rui Costa e Jorge Jesus.

eagle01 disse...

Caro Pedro desculpe não lhe ter respondido ao seu e-mail. Por várias razões. Continuamos a pensar diferente. Você já esqueceu o que disse de Koeman quando obteve o tal 0-0 em Lille. Hoje censura os que jogam abertos, ao ataque, como na altura o Pedro defendeu. São as suas opiniões. Empatar é mau, perder é péssimo. Mas o Pedro não sabe dar valor aos empates, lamento dizê-lo. E com isso assim vamos andando. Mudando tudo e muitas vezes à espera da solução mágica que ponha o Benfica a ganhar às melhores equipas da Europa, esquecendo que os anos 60 já foram e todos hoje sabem quem é o Benfica. Ah. E a componente táctica é mais trabalhada. Por ultimo dar credibilidade a uma 1ª página do RECORD, alegando que já se "ouvia em surdina", é - eu acho - um enorme tiro no pé. Em que é que o SCP está melhor que o Benfica, logo o RECORD que levou 7-1 no ultimo jogo que fez na Champions e porque razão não há listas de dispensas neste clube? E o Braga em que está melhor que o Benfica?
Pensemos Pedro. Espero ler as suas opiniões sobre o jogo-jogado da Champions, mais do que lamentos de quem não gosta, e pelos vistos, não sabe perder (sim, porque quando se perde, normalmente é porque os outros foram melhores. Na Champions impôs-se a lei dos orçamentos).

Antonio disse...

caro Jonh Billy

O que está em causa é o caracter, e LFV mostrou que não tem muito (JJ já se sabia que não era esse o seu ponto forte, razão pela qual não se dá com nenhum dos treinadores portugueses).

O que Ginha refere é verdade e posso adiantar-lhe que ocorreu na manhã do dia seguinte a termos feito a festa de campeões.

Perante uma situação destas (bem mais grave que o que se passou com Mourinho), para mim, só havia uma saída: mandar JJ embora. Não foi essa a opção e aqui está o resultado.

José Marinho disse...

Meu caro DeVante, numa coisa concordo consigo: neste momento, Vieira é a pessoa ideal para ser presidente do Benfica. Simplesmente porque foi eleito por uma esmagadora maioria de mais de noventa por cento dos votos contados. Como o Benfica não é, ainda, um clube de anarquistas, então Vieira deve cumprir o seu mandato. Até ao fim, até ao último dia do seu mandato, até ao último segundo, até ao último milésimo de segundo. Aliás, não é o presidente ideal, é o único possível. E quem não gostar, tem bom remédio, prepara-se como deve ser no próximo ano e meio, arranja uma lista, vai a eleições e pode ser que o arranque de lá. E talvez, aí, o Benfica volte a ser Benfica.

iBenfiquista disse...

"Hoje os jornais publicam o que já se falava em surdina: uma revolução no plantel, a chamada limpeza de balneário. É-me absolutamente incomodativo falar em revolução de um plantel que há seis meses atrás estava em euforia a festejar o 32º título de campeão nacional da história do Sport Lisboa e Benfica. E mais incomodado fico quando penso que de facto existe tal necessidade."

Primeiro dizem que não devemos comprar os jornais, pois só dizem mentiras com o único propósito de destabilizar o Benfica. A seguir fazem um post em que pegando nessas mesmas palavras, desses mesmos jornais, que dizem aos benfiquistas para não comprar porque só mentem e destabilizam, citam-nas como verdades, acrescentam-lhe alguns pózinhos de fantasia, umas gramas de suspeição, umas tricas da imaginação, e compõem o ramalhete com os outros benfiquistas que, levados pela mesma improvisação e fantasia, divagam à volta de eventuais casos passados com jogadores e treinadores, casos esses que só podem ser conhecidos se essas pessoas que o afirmam vivessem dentro do balneário ou andassem pegadas à lapela dos intervenientes. O que, penso, não seja o caso.

Enfim é um caso, não de polícia, mas de médico que trate doenças do foro patológico, com incidência em tendências maniaco-depressivas.

Ou vocês têm uma agenda escondida, e devem tê-la pois querem ver-se livres do LFV - afirmam-no constantemente - ou então não são, aquilo que eu chamo de, benfiquistas verdadeiros.

Um verdadeiro benfiquista, na minha própria definição, não contribui para a divisão dos benfiquistas. E é precisamente isso que vocês estão a fazer. Que eu saiba a campanha eleitoral para a presidência do Benfica ainda não começou. Eu tinha vergonha.

Anónimo disse...

Caro José Marinho! Vieira estará no Benfica até muito bem entender... isso todos sabemos, porque em golpes estatutários e manobras revelia dos sócios é ele exímio!
Porque não esteve até último milésimo de segundo no último mandato? Porque teve medo de arriscar perder o poleiro!
Mas foi uma eleição democrática...
E o seu golpe é disso a mostra cabal e evidente!
Não tente deitar areia nos nossos olhos! Ou pensa que é mais esperto e informado que nós, os outros?!

TRAMONTANO disse...

Caro Mario Lopes e Jonh Billy

Deixem-me primeiro louvar a forma elegante como discordaram de parte do meu comentario, ja que ha bem poucos dias alguem aqui (cujo nome ja nem recordo) comentou afirmaçoes minhas de forma insidiosa e presunçosa, sic: "vem para aqui uns tipos que pensam que sabem umas coisas".

Isto para dizer que podem acreditar naquilo que eu aqui escrever.

Dizer tambem que nao me revejo na gestao dos ultimos dez anos porque:

Temos realmente um bom patrimonio desportivo e uma boa equipa de futebol e algumas boas equipas nas modalidades.

Mas assusta-me uma passivo de 400M€ da SAD mais o do clube e que continua galopante.

So o passivo da SAD da para construir 3 parques desportivios iguais.

Em dez anos ganhamos 2 campeonatos e uma taça e este historial nao e digno do nosso clube.

Ainda hoje o Presidente se queixou do "sistema" e eu pergunto?
Entao o de longe maior clube portugues, a maior maioria estabelidsada em Portugal nao tem força para impor a verdade desportiva?
Com este presidente nao, porque? Porque ele em tempos foi um aliado deles e tdos sabem o que isto quer dizer: O passado tambem conta.

Como alguem dizia num comentario, parece de proposito e com razao.

Havera alguem neste pais que tenha explicaçao para a hecetombe deste ano? Eu so encontro uma:

A FALTA DE LIDERANÇA.

Mas eu nao desisto.

Abraço

Pedro disse...

"No lugar de comprar um Jara por 5 milhões, não seria preferia gastar essa verba no bem estar dos nossos melhores jogadores?"

Com todo o respeito pelo Jara, até pq se podia até por outros dois ou três nomes na lista, concordo em absoluto com esta frase!!! Em absoluto!!

Grande Eagle01, seja bem aparecido. Mantenho totalmente o que disse sobre o empate de Koeman em Lille pq não quisemos vencer esse jogo q estava totalmente ao nosso alcance como o próprio decorrer do jogo demonstrou. Empatar na casa do Shalke ou do Lyon não seria mau, empatar em Israel já era pq se falamos de orçamentos duvido q o Hapoel tenha um orçamento maior q o nosso quanto mais perder daquela forma. Há equipas que fazem excelentes campanhas na Champions com orçamentos bem menores do q os tubarões e por muito orçamento q se fale, bolas, Luisão, David Luiz, Coentrão, Maxi, Amorim, Martins, Aimar, Garcia, Saviola, Cardozo, Gaitan, etc são assim tão inferiores??? Eu acho q não.

Não se trata de dar credibilidade ao Record, trata-se sim, de aproveitar o tema para debater algo que está à vista de todos, algo q não é preciso o Record nos dizer, q é o claro divórcio entre jogadores e treinador. Trata-se de discutir uma possível resolução do problema que temos na nossa casa que é a habitual limpeza de balneário, já andamos nisto há muitos anos para saber q é usual isto acontecer. Não é preciso o Record nos dizer. A questão é: será q isso resolve? Será q é preciso?

IBenfiquista, para ti está tudo bem? Não sei qual é a tua opinião sobre Vale e Azevedo mas, se for igual à da esmagadora maioria dos benfiquistas, provavelmente quiseste correr com ele do Glorioso, provavelmente até defendias eleições antecipadas, etc etc. Ou se, por ironia do destino, Bruno Carvalho tivesse vencido as eleições (credo) e todos os teus receios sobre ele se concretizassem tb terias esses discurso de "separação da familia benfiquista", etc? Ou aí já é permitido criticar?

iBenfiquista disse...

Pedro, das tuas palavras depreendo que comparas o LFV ao VA e ao Bruno Carvalho. Se é esse o caso, eu não estou de acordo.

O VA é um ladrão e um vigarista e o Bruno Carvalho nem me merece comentários.

Não sei o que sabes sobre o LFV que eu, ou a maioria dos benfiquistas, não saiba. Mas o que eu vejo por essa blogosesfera é por um lado benfiquistas frustrados e ressentidos que passam o tempo a inventar, a levantar suspeitas para a esquerda e para a direita. Isto é divisório para os benfiquistas. Quando se raspa a superfície e se tenta saber algo mais, algumas fontes, onde foram buscar as suas suspeitas, é tudo inventado e fruto da sua imaginação. Fazem exactamente o mesmo que os pasquins que eles, noutras situações, tanto criticam.

Por outro lado, encontram-se outros benfiquistas que aparecem apenas quando as coisas estão a correr mal. O ano passado andavam silenciosos. Estes são os mais perigosos porque têm uma agenda própria. Eu interpreto a sua actuação, cobarde, como uma maneira de atacar o LFV, à espera que ele caia para poderem ocupar o vazio deixado.

Para poder serem eles, é a minha interpretação, a mamar na (grande) teta que é o Benfica. Eu estou à vontade para falar pois não tenho qualquer ambição de pertencer a qualquer órgão social do Benfica. Mas não sou estúpido e, assim como estava contra o Bruno Carvalho irei opôr-me a tudo o que eu veja que sejam interesses obscuros para tomar conta do Benfica.

A longo prazo notam-se as contradições. Quando se não é intelectualmente honesto, ou se esconde algo, é tudo uma questão de tempo até essas pessoas começarem a descair-se e a mostrar a sua verdadeira cara. Até a maneira como, e quando, guardam silêncio.

PS. Poderá haver um terceiro grupo de benfiquistas que simplesmente não gostam do LFV, que lhe têm asco e aversão. Que, vindo também do mesmo estracto social, têm inveja do seu sucesso e da sua posição.

José Marinho disse...

Meu caro Ibenfiquista, o que você escreveu não é um hino ao benfiquismo, é um hino ao conformismo. Faça o seguinte, peça ao Pedro o meu email, escreva-me e terei todo o gosto em demonstrar-lhe em como está tão enganado em relação ao Benfica e aos seus dirigentes. E sem agendas próprias, porque a única agenda que tenho é mesmo a minha agenda profissional, sem a qual a minha vida arriscava-se a ser um caos. A sua reacção é despropositada e sobretudo não respeita benfiquistas que possam pensar de forma de forma diferente da sua. É descortês, é injusto e sobretudo é maniqueista, porque nem toda a gente que não gosta do actual presidente quer "mamar na teta" do Benfica. Até porque quando esta direcção sair do benfica, convença-se do seguinte: vai haver muito pouco onde mamar, mas esta é uma discussão para termos daqui a uns anos, se cá andarmos. Mas se quiser, escreva-me, terei todo o gosto em demonstrar-lhe que aquilo que escreveu sobre benfiquistas e agendas revela tanta ignorância dos factos como aquela que acusa que outros possam ter sobre o actual estado de coisas no nosso clube. Espero que não leve a mal que escreva o "nosso" clube, porque tem de compreender que ninguém me dá lições de benfiquismo. São muitos anos a sofrer por este clube.

iBenfiquista disse...

Caro José Marinho, eu não mandei recados a ninguém, muito menos a si. Se se sentiu atingido, pois é pena. Eu não sou conformista. Eu ajo de acordo com as convicões baseadas nos princípios que me regem e nas informações de que disponho, que não são muitas, de facto, e como estou de boa fé e sou benfiquista defendo o Benfica e sua direcção até prova em contrário.

Mas terei todo o prazer em corresponder consigo, de benfiquista para benfiquista, pois já agora gostaria de estar mais bem informado. E se se mostrar que eu estou enganado, serei o primeiro a humildemente reconhecê-lo e a informá-lo desse facto. Nunca tive problemas em reconhecer que me enganei. O engano faz parte da vida, e só se engana quem está vivo.

Quanto ao facto de eu não respeitar outros benfiquistas, penso que isso não é verdade. Apenas dei a minha opinião, descrevendo três benfiquistas-tipo que se discernam bem por essa blogosesfera fora. Se o José Marinho se sentiu inserido num desses tipos, pois paciência. Eu falei em termos gerais e não tive intenção nem apontei o dedo a ninguém.

Mas penso que se pensar um pouco no que eu escrevi, irá verificar que é verdade. Os três tipos existem e não é difícil descortiná-los.

Já agora gostaria que me informassem para o email: consero@mac.com.

Obrigado, um abraço e viva o Benfica!

MS disse...

Por ser verdade e uma agradavel surpresa, gostei de ler as declaracoes de JJ no lancamento do jogo frente ao Sp Braga.
Espero que JJ se aperceba que pode ser um melhor treinador e que o Benfica o ajude a tal.

DeVante disse...

José Marinho,

O Benfica para mim nunca deixou de existir e, portanto, esta frase, "...o Benfica volte a ser Benfica" não faz qualquer sentido!
Se calhar até faz, faz sentido para aqueles que "suspendem" o seu benfiquismo nos maus momentos do clube ou aqueles adeptos do clube da fruta que me acenam com os "títulos" "conquistados" (as aspas não são inocentes).

Seria como afirmar que a Inglaterra agora já não existe porque o Império já não é o que era. E olhe que nem falo de Portugal...

O Benfica não deixou de o ser (felizmente) em Vigo, na Cedofeita e em Tel-Aviv.

O que se seguirá? Ganharão mais protagonismo aqueles que virão reivindicar que foram os "primeiros a denunciar as malandrices do Vieira"? Que foram os que "sempre souberam que Vieira não era solução"?

E depois? Que farão caso a equipa conquiste algum troféu importante esta época? Festejarão como qualquer benfiquista, agradecendo aos jogadores e à equipa técnica ou pura e simplesmente desaparecerão e ficam a aguardar a próxima hecatombe?

Pedro disse...

IBenfiquista, o q eu comparo são reacções e não pessoas. MAs pegando na comparação de pessoas, tu dizes q Vale e Azevedo é ladrão e vigarista e, pelo q me dás a entender, isso dá "permissão" para se poder atacar quem na altura era Presidente do SLB. Só que tens q reconhecer q há quem pense isso de Vieira, há quem ache q Vieira é ladrão e vigarista. Portanto, segundo a mesma lógica, esses podem criticar o Presidente do SLB. Para mim ninguem está acima de críticas, muito menos o presidente do SLB, ainda para mais se existir tanto para criticar como existe nos mandatos de Vieira, tantos erros, tanta demonstração de incompetência.

Perguntas o q eu sei de Vieira? Tenho a certeza de uma coisa: não percebe nada de futebol, nada. E tenho enormes reservas sobre o seu benfiquismo. Se te deres ao trabalho verás q nunca puxei a vida de Vieira fora do Benfica para as discussões, qd o critico faço-o sempre relacionado com o Glorioso.

E há ainda um grupo de benfiquistas que para eles está tudo sempre bem, q Vieira nunca é culpado de nada e época após época dão-lhe carta branca para mais uma sucessão de disparates.

Vieira diz q os benfiquistas não podem ter a memória curta...o problema, para ele, é que não temos mesmo. Os seus apoiantes é q têm, é que só vêm, agora, a época passada e esquecem-se dos 9 anos anteriores....

DeVante disse...

Pedro:

"Os seus apoiantes é q têm, é que só vêm, agora, a época passada e esquecem-se dos 9 anos anteriores...."

O termo "apoiante" só se aplica num quadro onde existe o oposto disso, penso que acima de tudo, somos todos BENFIQUISTAS!

Ainda assim, e dando-te razão sobre a capacidade de memória que nos caracteriza (não fóssemos o maior clube do mundo!), o problema é que não vemos apenas esta época e a anterior e esquecemos das 9 anteriores, nós, lembramos de todas estas que enumeraste e lembramos das restantes, das outras anteriores às nove anteriores e ainda das anteriores a estas...conseguimos ainda lembrar e orgulhar inclusivamente das que passaram antes ainda de termos nascido...

Benfiquices...

Pedro disse...

DeVante, somos todos benfiquistas mas alguns consideram q quem não está com Vieira não é benfiquista como se Vieira fosse superior ao SL Benfica.

John Billy #32 disse...

Também acho que somos todos portugueses e que temos um imenso orgulho e amor em relação ao nosso país.
Se criticar o Sócrates, se não apoiar a sua política ou se não me revejo nos seus ideias passo a ser um mau português?

iBenfiquista disse...

Terei mais uma vez de responder:

1.Se há quem ache que o LFV é ladrão e vigarista, pois que o prove. O "achar", "ter a impressão de", a "sensação de", não constituem provas. O facto de não gostarem dele não é prova. O facto do VA ser ladrão e vigarista não prova nada sobre os presidentes seguintes. Se quiserem saber a minha opinião, eu não acho que o LFV tenha roubado o Benfica. Até prova em contrário. O ano passado ninguém o acusava de tal.

2. "Tantos erros e tanta demonstração de incompetência". Toda a gente comete erros. Que ele não perceba grande coisa de futebol é natural. Mas para isso é que estão lá o RC e o JJ. Um líder competente não precisa de saber tudo. Precisa de escolher as pessoas certas para os lugares certos. É para isso que servem os líderes. Se o consegue é competente. Se o não consegue é incompetente. Mas até os que percebem muito se enganam. O Mourinho é um bom exemplo. Quem lidera pessoas sabe que existem muitos factores, muitos deles aleatórios e exógenos às próprias pessoas, que influenciam o seu dempenho. Muitos destes factores não têm nada a ver com os processos do jogo ou do futebol.

3. Na Escócia, houve um ministro que se despediu por não estarem previstas as medidas adequadas para o mau tempo que não costuma atacar com tal intensidade nesta altura do ano. Embora sem qualquer culpa no frio e na neve, despediu-se. Mas o Benfica não é um grupo político, nem pode ser comparado com um partido político ou com o governo de um país. O Benfica tem de ser comparado com uma empresa. O que uma grande maioria dos benfiquistas ainda não percebeu. UMA EMPRESA NÃO É UM PARTIDO POLÍTICO.

4. O próprio siciliano, apesar de ter uma intuição muito apurada, uma coisa que LFV também tem, tem uma série de erros e de equívocos que se não tivesse amparado por detrás por uma grande engrenagem mafiosa situada em vários níveis, já teria dado com os burrinhos na terra. Já imaginaram o LFV com a mesma engrenagem por detrás? Era o maior!!!

5. Para mim não é uma questão de estar tudo bem com LFV. É uma questão de educação e de cultura. Eu fui educado a respeitar as regras democráticas, até prova em contrário. Quando se verificam atropelos graves, accionam-se os respectivos mecanismos, que existem, para se anular a situação gravosa. Foi assim que eu fui educado. Thanks God for that!!

6. Gostaria que as pessoas que conhecem o que se passa, se é que se passa algo de anormal e de prejudicial para o Benfica, como muitos conspiram e insinuam, que apontem essas coisas. COM PROVAS. De outro modo todo este levantar de suspeitas, quando o Benfica (jogadores e treinadores) mais precisa de descanso e de sossego só são prejudiciais e estão a minar o clube por dentro. Mas, infelizmente, existem muitos benfiquistase que são mesmo estúpidos que nem uma porta! Eu todos os dias encontro razões para o confirmar. E é mesmo com muito pena minha que o digo!

Catenaccio disse...

Pedro,

Já li imensas teorias na blogosfera, mas o que escreveste aqui é o ponto-chave do que estamos a sofrer esta época. Pode-se querer inventar o que se quiser, que foram as saídas do Ramires e do Di María, que foram erros tácticos de Jorge Jesus, que foi a águia Vitória que deu menos uma volta, mas a verdade é a que está espelhada nos teus 2.º e 3.º parágrafos. É a prova provada da inépcia da liderança (quase parece que é de propósito), não entendendo relações humanas, satisfação de expectativas, egos e personalidades, competências e responsabilidades. Um desastre.

Pedro disse...

"Que ele não perceba grande coisa de futebol é natural. Mas para isso é que estão lá o RC e o JJ"

Bolas, IBenfiquista, és mesmo capaz de escrever isso? Então Vieira não chamou para si todos os louros do futebol, não foi ele q assumiu q puxou para si toda a responsabilidade do futebol, não foi ele q encostou Rui Costa ao canto, não foi ele q disse q decidia todas as contratações com o treinador em conversas às tantas da manhã?

E não te enganes, as criticas a Vieira vêm muito antes do ano passado...isso do dizer "o ano passado não falavam" não é bem assim.

Ainda bem q para ti está tudo bem e estás perfeitamente tranquilo à espera q o mandato acabe, na boa para mais uns anos disto q se vê ao longo de 10 anos. Eu infelizmente não me sinto nada bem com o estado actual do clube e, ao contrário de ti, não tenho qqr esperança num futuro risonho com Vieira ao leme. E se calhar o exercicio q tem de ser feito é exactamente esse: perceber se há motivos para ter esperança. Olhar para 10 anos de Vieira e encontrar algo q dê esperança. Eu não encontro. Q tu encontres...pelo menos um de nós dormirá melhor.

John Billy #32 disse...

"Quanto ao facto de eu não respeitar outros benfiquistas, penso que isso não é verdade"

"frustrados e ressentidos que passam o tempo a inventar"
"cobarde"
"a mamar na (grande) teta que é o Benfica"
"Que, vindo também do mesmo estracto social, têm inveja do seu sucesso e da sua posição."
"estúpidos que nem uma porta"


Ora, se isso é respeitar os outros benfiquistas...

iBenfiquista disse...

Eu sei que os benfiquistas andam todos muito infelizes.

Sabem qual é o cúmulo da infelicidade? "Atirar-se à água para afogar as nossas mágoas".

Como dizia Edward de Bono, "A infelicidade é melhor definida como a diferença entre os nossos talentos e as nossas espectativas". Ou, como dizia ainda melhor Albert Camus, outro homem inteligente: "Toda a infelicidade dos homens vem da esperança".


Eu não sei o que é isso de "chamar a si todos os louros do futebol". Ainda se fossem todas as louras... lol. A úitima vez que ouvi o RC falar, há bem pouco tempo, estava dono de todas as suas faculdades. E ele foi muito claro, embora seja um tipo escuro.

As críticias ao LFV fi-las eu, e penso que fui o único a dizê-las, ainda antes das últimas eleições, e fui muito claro, afirmando o que diz o Princípio de Peter, que LFV "tinha atingido o seu nível de competência". Disse-o na plena convicção das minhas palavras, e não retiro uma letra ao que disse. No entanto, ele foi justamente eleito e agora é com ele que temos de ir até ao fim. No fim faz-se o balanço.

Os benfiquistas, por uma questão de princípio e de lealdade, que eu sigo à risca, têm de ter mais paciência. Estar a criticar antes de tempo é muito mau e é estar a fazer aquilo que os andrades e os lagartos sabem fazer melhor: FALAR MAL DO BENFICA. E, pior, estar a dividir o Benfica. Como eles devem estar a gozar agora... O mesmo que (alguns) benfiquistas gozavam o ano passado com o Sporting. Como é bom gozar com a infelicidade alheia, não é?!

Como dizia Ambrose Bierce, "A felicidade é a sensação agradável nascida da contemplação da miséria alheia". Este Ambrósio não era nada estúpido.

Não, eu não estou nada contente com o estado actual do futebol (porque é do futebol que estamos a falar) do Benfica. Mas isso não implica que eu sinta alguma necessidade de procurar culpados ou bodes (r)espiratórios. Não sinto necessidade, porque sei que é deitar mais sal para a ferida. E não vai sarar nem resolver nada. O sal por acaso até sara. "O tempo sara todas as feridas", nunca ouviram?

E, Pedro, podes ter a certeza que em relação ao Benfica eu durmo bem. Sabes porquê? Porque embora ferrenho do Benfica, tento não ser fanático. O que é uma grande diferença. E gosto de manter a minha cabeça fria e independente. Porque é assim que se consegue ver melhor. Pelo menos é assim que eu penso.

Por fim, deixo outra citação (muito gosto eu de citações), de Anatole France, "A infelicidade faz as pessoas parecerem estúpidas". Lol. E, já agora, que estou com a mão na massa, uma de Xavier de Maistre. "À força de sermos infelizes acabamos por nos tornar ridículos".



PSI. John Billy, o que eu disse não é melhor nem pior do que têm dito do LFV. E são factos. Tenho pena por ti que tenhas enfiado uma ou mais carapuças.

PSII. Pedro, estou à espera que o nosso amigo José Marinho me explique o que ele prometeu me explicava. Não me esqueço.

PSIII. Já agora, sabem porque gosto tanto de citações? Porque me poupa as palavras. Lol.

Pedro disse...

"Estar a criticar antes de tempo é muito mau"

Antes do tempo?!?!?!?!

iBenfiquista disse...

Quanto ao Princípio de Peter é claro que o que eu queria dizer era que o LFV tinha "atingido o seu nível de INcompetência". Peço desculpa pela má visão.