blog

sábado, abril 23, 2011

SL Benfica - Paços Ferreira: 2-1

Era só o que faltava não vencer esta Taça. Com todo o respeito pelo Paços, era só o que faltava ver o Glorioso falhar novamente e não cumprir o mínimo exígivel e derrotar um adversário inferior e conquistar este trofeuzito..

Mas o Benfica quis complicar o que até estava fácil. Um começo de jogo normal onde o Benfica carregou em cima do Paços desde o primeiro minuto, não dando hipóteses ao adversário e conseguindo, com toda a naturalidade, marcar um e depois outro golo alcançando uma justa vantagem de dois golos para o intervalo fazendo antever uma segunda parte de gestão tranquila do Glorioso espreitando a oportunidade de marcar mais um ou outro golito. Infelizmente não foi isso que aconteceu, bem pelo contrário. Novamente o SLB demonstra estar com os índices de confiança de rastos pois bastou um autogolo de Luisão para que a equipa se perde-se completamente e permitindo que o Paços assumisse o controlo do jogo e viesse para cima de nós acreditando no golo do empate. Felizmente para nós isso não aconteceu e assim o SL Benfica conquistou a sua terceira Taça da Liga, um troféu que é um mero aperitivo para aquilo que se deseja numa época.

Não consigo perceber como é que uma equipa que foi campeã o ano passado com um futebol fantástico, que tem nas suas fileiras os melhores jogadores em solo nacional fica descontrolada quando sofre um golo, deixando de conseguir ter posse de bola, jogando sobre brasas com passes e decisões completamente erradas nos movimentos de transição. O próprio treinador demonstra no banco não saber o que fazer, como mexer na equipa para virar a situação. Salva-se Fábio Coentrão que nunca desiste e imprime sempre uma intensidade de jogo que devia obrigar Vieira a oferecer-lhe um balúrdio para que ele fique por cá mais tempo; Maxi também nunca desiste e mesmo com um amarelo consegue controlar-se perfeitamente mantendo a sua garra em jogo; não sou especial admirador de Carlos Martins mas está com uma atitude brutal em campo, dando tudo o que tem nunca virando a cara à luta; do lado oposto esteve Cardozo o que me irrita bastante dado que ele é capaz de muito melhor doque aquilo que mostrou hoje. Se está a fazer frete não é com exibições destas que conseguirá arranjar clube que lhe ofereça as condições que deseja; Moreira é um caso de um quase grande guarda redes, dentro dos postes é muito bom, sabe estar na baliza de um grande sendo rápido a colocar a bola e jogando subido na área mas revela, tal como os outros, dificuldades nos cruzamentos mas foi decisivo defendendo o penalty e um excelente remate de Manuel José; Luisão teve azar mas não deixou que isso o deitasse abaixo e vai criando rotinas com Jardel que é um jogador que me agrada, não é um David Luiz, mas cumpre aquilo que lhe é pedido e serve perfeitamente para consumo interno. Os restantes estiveram razoáveis, Aimar é Aimar, Saviola tentou, Jara voltou a marcar e a dar tudo em campo, Javi Garcia é muito bom neste tipo de jogo e quando tem apoio a sua exibição melhora exponencialmente. Airton e Peixoto entraram bem, Menezes só para gastar tempo.

Já não há paciência para estas arbitragens. Ano após ano, jogo após jogo, estes palhaços do apito continuam a fazer tudo para nos tramar. Proença escudado num suposto benfiquismo está na linha da frente para nos roubar à descarada. Hoje temos mais um momento escandaloso para juntar aos vários que por aí há que qualquer consulta ao Youtube o provará sem dificuldade. Foi mais rápido que Lucky Luke a marcar penalty de Maxi Pereira mas depois, como é seu hábito, ignorou completamente uma rasteira claríssima sobre Saviola que nos poderia dar o terceiro golo e uma maior tranquilidade para o resto do jogo. É penalty de Maxi, não discuto, mas a rapidez como que apontou para a marca de penalty num lance que deixa algumas duvidas em lance corrido e depois ignora uma falta tão óbvia que qualquer espectador naquele estádio viu...é pá, já chega. Para quando uma tomada de posição da Direcção do SLB? Para quando????

Admito que estou muito receoso para quinta feira. A equipa está desgastada e vai defrontar uma equipa que virá com uma atitude de guerra, de querer vencer mais que tudo, de nos eliminar como prémio de uma carreira. E este Benfica treme quando sofre um dissabor. Podemos perfeitamente resolver a eliminatória tal como podemos deitar tudo por terra se algo de mau acontece antes de uma confortável vantagem...Espero que os jogadores provem que os meus receios são infundados e que nos dêem a alegria que tanto precisamos e desejamos.

Mais uma Taça para o nosso imenso museu, mais um marco na gloriosa história do Sport Lisboa e Benfica. ´Mais um acrescento no nosso enorme palmarés.

29 comentários:

L. disse...

desculpa lá mas o paços depois do golo teve dez minutos de controlo e perigo.

depois equilibramos a equipa, com boas substituicoes, e o paços nao voltou a cheirar. ate fomos nos quem perdoou o 3-1 nos ultimos 15 minutos mais que uma vez.

Dylan disse...

Para quem nos goza por apontarmos a dedos as arbitragens - inclusive adeptos dentro da própria família encarnada - aqui está mostrado à saciedade, mais uma vez, o quão infeliz foi o Proença. Sim, eu quero acreditar que mais uma vez foi apenas uma infeliz arbitragem...
Uma grande primeira parte do Benfica que poderia e deveria ter resolvido o encontro.

John Wakefield disse...

A esta hora, esperava estar na final da taça de Portugal para além de ter ganho a Taça da Liga. Mas só depende dos jogadores a conquista da outra competição. Vai ser muito difícil, é claro que vai porque existem 2 equipas mais fortes (Porto e Villareal). Todavia, por vezes, as surpresas acontecem e os favoritos derrotados...

Mentiroso disse...

Os níveis físicos dos nossos jogadores já conheceram melhores dias. A atitude é idêntica à de sempre mas a confiança dos jogadores (e do técnico) baixou muito. Esta postura tímida acentua-se quando sobe a qualidade do adversário que temos pela frente. As ausências de Sálvio e Gaitán tornaram o Benfica bem mais lento, mais previsível e mais facilmente anulável.

Cardozo, principalmente, mas também Saviola, somam jogos atrás de jogos com rendimentos miseráveis. Temos opções para estes dois lugares mas não contam para Jorge Jesus. O ataque será no momento o sector de rendimento mais modesto, onde as coisas teimam em complicar-se.

É curioso notar que temos três guarda-redes de valor muito idêntico. Talvez fosse preferível ter um fora de série secundado por um GR experiente e um jovem.

SUPP1904 disse...

É ou não é verdade que estamos todos a criticar o Benfica desde a meia final perdida para os tripeiros, com erros clamorosos de arbitragem que nos prejudicaram imenso?

Acham isso justo?

Acham que, por muito mal que o Benfica jogue, não se deve questionar e pressionar o CA pelo facto do foculporto ter marcado o 2º golo decisivo em offside escandaloso?

Acham normal o silêncio de direcção que deveria defender o clube, e por consequencia, os jogadores, nestas alturas?

O que vcs sentiriam, se fossem jogadores, em verem a direcçao (que supostamente os deveria defender) ignorar estes erros clamoroso que põem em causa toda uma época e participaçoes em finais que podem valer titulos?

Acham normal ignorar estes factos e depois criticar a equipa e os jogadores mais o treinador por terem sido precisamente prejudicados por erros externos que nunca deveriam acontecer e muito menos com esta sistemática repetição?

Acham normal aquelas 5 primeiras jornadas terem dado logo uma diferença pontual de 8 pontos para os tripeiros, tendo em conta que eles foram beneficiados pelas arbitragens e o SLB foi prejudicado pelas mesmas?

Acham normal os arbitros não terem prurido nenhum em assinalar penalties duvidosos contra o Benfica, mas a nosso favor, mesmo as faltas claras e evidentes, são muitas vezes ignoradas?

Acham que é normal pensar-se que para o SLB ser campeão tem de jogar contra 15, só pq há um clube publicamente corrupto que condiciona esta merda toda?

Acham normal a direcção pactuar com Oliveiras sentados no camarote presidencial, assim como advogados vindos do Boavista e olheiros vindos do foculporto?

Acham normal o foculporto chegar a esta fase da competiçao a correr mais que os coelhos na pascoa?

Criticar o Benfica é a coisa mais fácil do mundo qd as coisas não correm bem. Ver as coisas como elas são já é mais complicado.

Manuel disse...

O Benfica ganhou bem e marcou três golos. Perdoaram um penalty escandaloso, mais um, ao Paços enquanto que o do Paços foi duvidoso devido ao facto do teatro do jogador. Quando os jogadores fazem este teatro acho que nunca se devia marcar penalties.

Fisicamente estavam muito melhor do que nós e isso notou-se na 2ª parte, quando já não podíamos com uma gata pelo rabo. Não foi por falta de vontade, foi por falta de pernas. Até porque o Paços, muito bem preparados fisicamente e mais descansados, lutaram como se do jogo dependesse a sua vida. Isso viu-se bem naqueles que são os pulmões da equipa, Coentrão e Maxi. Foi, talvez e por isso, um bom treino para o que nos espera com o Braga. Vêm cheios de força e cheios de ganas e ódio.

O Aimar surpreendeu-me com a sua condição física. O que ele correu e lutou. Tem vindo sempre a crescer. Eu penso que ele gosta cada vez mais do Benfica. O que é muito bom.

Cada vez gosto mais do Jardel. Penso que com o Salvio, Gaitan e Ruben, todos em condições, não tínhamos perdido qualquer jogo com os andrades. Esse é que é essa. Apesar dos árbitros.

M disse...

estavamos de rastos e fizemos rotação de plantel, gestão de plantel, metemos a segunda linha e tal.....

começo a questionar-me o que seria destes jogadores se nao tivessem tido o descanso contra naval e afins....

ou será que deveria dizer, em ironic-mode off, mas que merda de preparaçaõ fisica é esta?

Pedro disse...

SUPP1904, o silêncio da Direcção em relação ao isso é algo q nunca aceitarei. Os benfiquistas, alguns, não se cansam de apontar esses erros de arbitragem. Q fique bem claro q os corruptos só foram campeões pq foram levados ao colo de uma forma nunca antes vista, foi demasiado escandaloso o q foi feito esta época. E estamos a falar de um clube q é levado ao colo ao longo de 30 anos. Este ano foi um abuso. Mas a nossa direcção nada fez, o Proença é nomeado e ninguem diz nada. Isso é inaceitável.

Mas isso não impede q se critique a postura dos jogadores. E qt melhor for a atitude deles mais fácil é criticar as arbitragens.

ad.eternum SLB disse...

http://adeternumslb1904.blogspot.com/2011/04/benfiquistasuni-vos.html

Saudações Benfiquistas

MAFARRICO disse...

Tudo bem, até aceito que não podemos com uma gata pelo rabo,mas, ASSOBIAR os nossos?
NÃO ME REVEJO NESTE TIPO DE ADEPTO.
É O ADEPTO FILHO DA PUTA.

BENFICA SERMPRE

José Marinho disse...

Pedro, dois pontos sobre as críticas sobre os árbitros: ninguém resolve o problema criticando. Isso apenas serve para criar a ideia nos adeptos de que se faz alguma coisa. O que tem de ser feito, não é na comunicação social, nem é aos gritos e muito menos no Dia Seguinte.
Ainda em relação aos árbitros, esta direcção não pode fazer grandes críticas. Esta direcção apoiou o actual presidente da Liga, ao contrário do que fez, por exemplo, o FC Porto. A actual direcção da Liga tem o apoio formal do Benfica. E não foi um apoio circunstancial, foi um apoio que teve uma certa pompa e cobertura mediática. Não há nada a fazer, o Benfica apoiou esta direcção da Liga.

iBenfiquista disse...

Caro José Marinho, vamos lá a ser sérios e honestos intelectualmente. O Benfica apoiou o presidente da Liga porque não tinha outra alternativa. "Se não podes batê-los, junta-te a eles", é um provérbio já muito antigo. Em inglês soa melhor: "If You Can´t Beat Them, Join Them!".

Os andrades não o apoiaram? Porque são hipócritas! FINGIRAM que não o apoiavam! Como já fizeram em outras ocasiões parecidas, para poderem dizer com cara de anjinhos: "Nós nem o apoiámos!...". Imaginem lá!

Quem quiser que acredite, mas a mim não enganam. São a gente mais falsa, hipócrita e mentirosa que eu conheço. Nem há igual em todo o mundo. Eu pelo menos não conheço. A única organização mundial que pode ser comparada a esta gente neste particular é a Máfia italiana.

Logicamente que a questão da arbitragem não se resolve aos gritos nem nos programas televisos, especialmente quando estes são dominados por andrades que têm uma estratégia de se colocarem aos gritos, interrompendo constantemente o representante do Benfica até este se cansar, quando este começa a tocar em questões já mais sensíveis e de que não gostam.

O único que já os topou nesta questão foi APV. O Rui Gomes da Selva é comido em todos os programas, constantemente interrompido pelo A Guiar de cada vez que a conversa resvala para algo de que este não gosta.

Ao fim e ao cabo o mesmo que eles fazem com blogues, que conseguiram silenciar, porque não gostam do conteúdo. E já tentaram condicionar a BTV. Todos os dias vemos naTV o que fazem os ditadores árabes com a questão da CS quando não lhe agrada o conteúdo. Condicionam-na, impedindo-a de transmitir.

Em relação aos árbitros esta direcção pode fazer grandes coisas. O que é que tem o presidente da Liga a ver com isso? É adoptar o mesmo critério de guerrilha que fez o Siciliano ao longo dos anos. Eu sei que não é simpático, não é fácil, mas é barato e dá milhões!

Queixar-se constantemente, sem dó nem piedade, dos árbitros até estes ficarem com tanto medo que ficam com receio de apitar algo contra o Benfica e, na dúvida, apitam sempre a favor. Que é o que acontece actualmente com os andrades. Este ano foi um exemplo paradigmático daquilo que digo. E já não estou a falar na corrupção que está mais viva do que nunca.

Calar nunca é boa receita, e o povo sabe-o:

"Quem cala, consente".
"Quem não chora não mama".
"Quando muito se abaixa o rabo se lhe vê".
"Quem não se sente não é filho de boa gente",
"Quem não se respeita ninguém o respeita", etc., etc.

O bom senso e a sabedoria popular é infinita e certeira.
Por fim, um provérbio que talvez explique a razão porque nos chamam mouros:

"Quem não tem padrinho morre mouro".


A MIM NUNCA ME CALARÃO,
ENQUANTO HOUVER CORRUPÇÃO!

DeVante disse...

José Marinho,

E é por isso que um Xistra qualquer não hesita em nos roubar as vezes que forem precisos contra o clube da corrupção...

Alguém tem dúvidas que se fosse algum jogador do Benfica seria expulso nos lances em que Sapunaru impediu que Saviola se isolasse e Rodriguez abalroou Maxi?

Nenhum árbitro nos respeita porque sabem que nós só falamos e nas poucas horas que agimos, agimos mal!

Pedro disse...

A luta por arbitragens honestas vai mais além do que a simples denúncia, concordo perfeitamente. Mas denunciar faz parte da batalha e tem q ser sempre practica em cada caso, até à exaustão.

É não dar qqr espaço de manobra a quem pretende deturpar a verdade. É escarrapachar todos os lances no nosso site, nas nossas conferências de imprensa, na Benfica TV q pelos vistos todos vêem. Bater, bater, bater.

Agora qd se apoia o Fernando Gomes para presidente da Liga, um gajo q está nas escutas é entregar o ouro aos bandidos (literalmente).

Ibenfiquista, isso de "If You Can´t Beat Them, Join Them!" em relação a Fernando Gomes não faz qqr sentido. O SLB só tinha q dizer q não apoiava tal figura por razões tão óbvia como estar nas escutas, nunca ser visto ao lado dele e assim ter toda a autoridade moral de criticar. Por essa lógica como não conseguimos vencer os corruptos vamos dar uma de lagartos e nos subjugar a eles?

Mentiroso disse...

Luisão

Entristece-me de sobremaneira a ignóbil contestação que tem vindo a ser alvo o nosso capitão Luisão, maior e mais representativo símbolo da actual geração de jogadores do Benfica.

Por mais insignificante que seja quanto à sua representatividade no universo da massa adepta benfiquista, este grupo de pretensos contestatários escolheu mal o alvo para mostrar o seu desagrado pelos últimos desaires desportivos. Luisão não merecia tamanha ingratidão dos adeptos, tal como não merecem outros briosos atletas, com Fábio Coentrão à cabeça. Pelos anos que leva de clube, pela entrega, pela categoria, pelo exemplo que tem dado em campo e no balneário, nomeadamente nesta mesma época, Luisão deveria ser preservado da fúria de alguns irresponsáveis de memória curta e parca lucidez.

Se há um ponto onde estou totalmente sintonizado com o Presidente Luís Filipe Vieira, e cada são vez menos, este será em torno da importância de manter a todo o custo Luisão no clube, porque ele é somente o melhor jogador do Benfica da actualidade e - a par de Fábio Coentrão - o que melhor interpreta a alma benfiquista.

O comportamento deste grupo de imbecis envergonha-me. O nosso capitão não merecia tamanha ingratidão.

iBenfiquista disse...

Caro Pedro, é possível que sim. No entanto, eu estou-me a cagar para o Fernando Gomes, como dizia o outro. Importante é a arbitragem, como eles já perceberam há muito tempo e não largam da mão.

Uma coisa são os jogadores, o JJ, o RC, o LFV e as tácticas, com quem podemos concordar ou não. Outra, bem diferente, são os árbitros que há anos que arbitram condicionados - "biased" - quando arbitram o Benfica, por um lado, e os andrades, por outro.

A nós, se nos prejudicam, sabem que daí não advém qualquer consequência negativa, pois não apanham porrada (atenção NN!), não têm má nota, não são vilipendiados na CS nem apanham porrada no túnel quando vão às Antas, etc. Pelo contrário poderão até ter um "prémio". O António Garrido velará por isso.

Pelo contrário, quando arbitram os corruptos, na dúvida, mesmo que não queiram errar, erram e enganam-se sempre a favor dos andrades, pois sabem que serão recompensados, daí não virá qualquer chatice, só vantagens, não verão o seu nome vilipendiado pelos andrades na CS a berrar contra eles, não receberão ameaças por telefone, etc. E poderão sempre ter uma arbitragem no estrangeiro que sempre dá prestígio e dinheiro. O António Garrido vela para que isso seja feito.

Subconscientemente estarão sempre condicionados. A única maneira de quebrar este circulo vicioso é fazer que eu já disse anteriormente.

Pedro disse...

Ibenfiquista, somos um povo de brandos costumes. Só assim se percebe como é que anos e anos de roubalheira nunca nada aconteceu a estes ladrões q nos roubam jornada após jornada...

José Marinho disse...

Caro Ibenfiquista, então vamos ser intelectualmente honestos: o Sporting, nos últimos anos, não tem feito outra coisa senão protestar contra uma alegada e gritante discriminação por parte dos árbitros. O que ganharam com isso? Quase nada. Apenas o conformismo dos adeptos e o facto de ficarem acima do Benfica no campeonato os impediu, mais cedo de exigir uma mudança de direcção.
É com total honestidade intelectual que lhe digo. Não é com gritos que se resolve o assunto. É com estratégia, é impondo mudanças por dentro, é criando laços com outros clubes e é fazendo muito trabalho de casa, que esta direcção se recusa a fazer. E não faz porque não sabe, não é porque não queira. É com toda a honestidade intelectual que lhe digo. Enquanto a estratégia for esta, a da indignação pelas arbitragens, vai continuar tudo na mesma. O caminho não é o da indignação, é o da inteligência e o de criar condições para que a competição seja justa e transparente. Enquanto isso não acontecer, aposto consigo em como o Benfica vai continuar a criticar as arbitragens e o FC porto a ganhar campeonatos. Mas cá estaremos todos para o comprovar, com toda a honestidade intelectual.

Manuel disse...

Com toda a honestidade intelectual lhe digo que concordo com quase tudo o que disse. E acho que é esse o caminho. Mas é muito mais fácil falar do que fazer, quando o caminha está todo minado. Mas acho também, com toda a honestidade intelectual, que não nos podemos calar quando são cometidas injustiças.

Por falar em Sporting, eles têm tido resultados palpáveis com essas queixas, de tal modo que têm sido ajudados em algumas situações que, se fosse o Benfica, eram os andrades e não o Benfica quem viria, semana sim, semana sim, para a CS com ainda mais comunicados.

Com toda a honestidade intelectual, já reparou como as arbitragens mudaram como da noite para o dia, depois daquela reunião dos órgãos sociais do Benfica e da leitura do comunicado do LFV? Começámos a jogar "p´ra caramba", tão bem que a coisa só parou em Braga. Com a ajuda dos suspeitos do costume.

Com toda a honestidade intelectual, uma coisa não impede a outra.

Hugo disse...

Estou preocupado é com a saude do plantel, que parece-me presa por arames.
E não culpem o LFV ou o RC por isso.
A culpa de estarmos mal fisicamente é de JJ e sua equipa técnica.
A culpa de de termos um plantel limitado, também é dele, bastava que alguns jogadores que ele quis, rendessem mais alguma coisa, caso de Airton, Eder Luiz, Weldon, Filipe Menezes, Kardec, Roberto, Fernandez.
Não esqueço o bom trabalho que foi feito, mas o modo em como perdemos provas atrás de provas, deixa-me preocupado. Principalmente a teimosia e limitação tactica.

iBenfiquista disse...

Para aqueles benfiquistas que defendem, ou começaram a defender, que não se deve falar nos árbitros e começarmos a olhar para dentro do clube - para onde devemos olhar sempre primeiro que tudo, independentemente do resto - deixo aqui o que disse o José Mourinho, na antevisão do próximo jogo Real-Barcelona, de que não sou especial fã, embora lhe admire a competência e a atitude, sobre a arbitragem.

Deixo também o alerta para o que ele tem dito ao longo desta época em Espanha. Onde já várias pessoas, dentro e fora do clube que treina, já lhe disseram, de variadas formas, para se calar.


«Mais importante que a designação do árbitro e que toda a pressão que fizeram para que não fosse Pedro Proença a arbitrar, o mais importante é que começaram um novo ciclo. Até agora havia um grupo de treinadores, muito pequeno, que não falava de árbitros, outro que critica quando os árbitros cometem erros, e no qual me incluo. Agora, com as declarações de Guardiola, entrámos numa nova era, um novo grupo em que apenas está ele: critica o acerto do árbitro», disse Mourinho.

O treinador português lançou ainda uma farpa a Guardiola, aludindo ao norueguês Tom Henning Ovrebo, que em Maio de 2009 apitou polémica meia-final entre Chelsea e Barcelona: «Estava habituado ao que aconteceu em Stamford Bridge e agora não está contente.»


Elucidativo. Chama-se a isso preparação competente dos jogos, olhando aos mais pequenos detalhes. Porque todos os detalhes contam, quando um jogo pode ser resolvido por um único detalhe.

Só para os distraidos, se o fiscal do jogo Real-Barcelona fosse um adepto venal e corrupto do Barcelona, como o Luis Tavares é do Porto, não teria apontado o off-side do Pedro, menos claro do que o que permitiu ao Hulk marcar o 2º golo, e o Barcelona teria ganho a Taça do Rei. E assim se resolvem jogos e competições.

José Marinho disse...

Meu caro Ibenfiquista, no essencial estou de acordo consigo. O que acho é que estes problemas não se resolvem com gritaria, porque os gritos sucedem, normalmente, à roubalheira. Por isso, essa estratégia é, no limite, bem intencionada mas falha no essencial, que é a prevenção. Sabe como acho que o problema da arbitragem de Carlos Xistra se tinha resolvido? Bastava que o Benfica tivesse a capacidade e a influência no futebol português e nas suas instâncias, para evitar que o Xistra apitasse aquele jogo. Era assim que o Benfica devia ter resolvido o assunto. Mas isso é para quem sabe, não é para quem quer. E o Benfica não sabe. Por isso vai continuar a perder. E os adeptos a gritar. E o FC Porto a ganhar. Esse é que é o verdadeiro problema que a direcção do Benfica não sabe e não consegue resolver. Leia, por favor, a crónica de hoje do João Querido Manha, no jornal Record. Está lá tudo. Para quem quiser entender e sobretudo, para quem se preocupa com uma solução para este quebra-cabeças que aflige todos os benfiquistas.

M disse...

um esclarecimento...

é com subterfugios e esquemas e troca de influencias nos sítios certos, junto das pessoas certas, quiça com corrupção, com chantagens e pressões, que nosso clube deveria organizar-se para ganhar?

é assim que o Porto ganha?

eu não ingénuo, pelo menos, muito...no futebol, como na vida, estes expedientes existem.

mas é isto que queremos para nosso clube? para o desporto em si?

deveriamos nós não nos preocupar antes com preparaçoes de epoca, jogadores, treinadores e afins?
deveriamos nós confiar que com equipa e tecnicos, vá lá, medianos, estariamos confiantes, porque temos essa "estrutura" por trás e sendo assim, a mediania será suficiente?

não me revejo nisto, sinceramente...o futebol está a ser assassinado e ja estou farto de o testemunhar..e isto nao tem nada a ver com derrotas recentes, vejo futebol à mais de 25 anos, ja vi o Porto ser mais vezes campeao que nosso Benfica e isso nunca me esmoreceu...

mas isto está insano...

corrupção, guerras, comunicados, violencia, troca de acusaçoes a toda a hora, comunicaçao social conivente e exploradora, falsidade desportiva, agressoes, casas vandalizadas, pedradas e mais pedradas, escandaleira atrás de escandaleira e acima de tudo...ódio, muito ódio.

estou farto disto...fui tolerando os anos 80 e 90 por amor ao meu clube, estive espectante com apitos dourados e afins mas a gota d'agua que acabou por fazer transbordar o copo foi dar por mim, na eminencia de voltar a vivenciar uma meia final europeia, 17 anos depois de ter estado na Luz a ver o Parma (e de já ter estado contra Steaua e Marselha), em vez de pensar o quanto espectacular será estar nessa meia final, grande jogo europeu, grande emoção, ansiedade e afins, é dar por mim a pensar, ..ó foda-se, lá vem o anti-futebol, simulaçoes, anti jogo, palhaçadas e o queimar tempo...as frases de ódio, as bola de golfe, bláblablá..."

sinceramente...ja larguei os jornais, os programas desportivos, os programas de radio, cada vez menos blogues...so nao deixo de ir à Luz pelo amor ao meu Benfica que faz parte da minha vida desde que tenho memoria e pelos amigos com os quais, anos a fio, me acompanham nas idas "à bola"...

Futebol é cada vez mais, vestir camisola de nosso clube e jogar com amigos num qualquer relvado...

Caro Pedro, desculpa o texto longo e o desabafo aqui no teu espaço.

iBenfiquista disse...

Caro José Marinho, estou de acordo. O problema é que uma coisa é dizer, e falar é fácil, outra coisa é concretizar as intenções.

Um exemplo: sabe como o Xistra foi escolhido para Braga? Deixo-lhe um texto para ler, no caso de o desconhecer:


"Telefonema de Pinto de Sousa colocou Xistra no Braga-Benfica.
Durante um convívio, com algumas pessoas ligadas ao futebol foi-me passada a informação que Pinto de Sousa recebeu um telefonema a norte informando-o de que seria necessária a nomeação de Carlos Xistra para o jogo que iria opor SC Braga - SL Benfica.

Seria necessário a todo o custo que fosse Xistra o nomeado juntamente com a dupla de fiscais de linha, pois a armadilha já estava preparada e devidamente alinhados com Xistra e restante equipa de arbitragem para que o Benfica não vencesse am Braga.

A informação é de que foram tomadas as medidas necessárias e Pinto de Sousa através de telefonemas conseguiu que Xistra fosse nomeado para o jogo que viria a afastar o Benfica da luta pelo título de campeão. A verdade é que Pinto de Sousa continua a ter poder no Mundo da arbitragem e a mandar e desmandar no que quer e desejar, não tivesse ele tido influência directa nesta e outras nomeações para jogos do FC Porto e Benfica".


Portanto, estamos perante mais uma artimanha e uma tramóia típica dos corruptos em que conseguem convencer alguns árbitros que estavam na calha para Braga a declararem-se indisponíveis. Foram 3 ou 4, AO MESMO TEMPO. Será que alguma vez aconteceu isto anteriormente?

A seguir só tiveram que escolher os fiscais, entre os quais figurava um conhecido figurão, o Cardinal, um reputado andrade de Rio Tinto, que já tivera actuações escandalosas contra nós. Guimarães foi uma delas (2 penalties e mais qualquer coisa). O peculiar é que ele costuma actuar juntamente com o Olegário. Que era um dos tais "indisponíveis. Tem piada que nenhum fiscal foi declarado indisponível. Sabe porquê? Porque eles podem mudá-los de equipa para equipa como lhes apraz.

Agora para a Taça aconteceu parecido: o Olegário declarou-se mais uma vez indisponível. Só que, para dar maior consistência à história, apareceu com o seu (diz ele) psicólogo!!!

Depois houve aquela parte gaga com a confusão do Proença, que me cheira a mais uma história mal contada, com a confusão entre a Liga e a FPF e a tentativa para queimar o Carlos Esteves da FPF que, por ser benfiquista, já lhe começam a fazer a folha. Quando a arbitragem passar para a FPF querem que toda a gente seja andrade.

Foi este Carlos Esteves que disse na entrevista à Bola que o Xistra era a terceira escolha. No entanto, passou a primeira. Apesar do que tinha feito em Braga. Se o Benfica tivesse feito alarido depois de Braga estou completamente convencido que o FDGP do Xistra nunca teria sido escolhido, e tínhamos passado. Pois é, os tais pequenos detalhes...

Como a receita tinha sido bem sucedida em Braga, escolheram outro fiscal andrade, um notório e manhoso de Portalegre de seu nome Luis Tavares, que já tinha invalidado um golo limpo ao Petit na Luz. E não foi por falta de competência que ele deixou passar em claro o off-side de 1 metro do Hulk. Na 1ª parte TODOS os off-sides dos jogadores do Benfica foram bem assinalados, alguns por meros centímetros.

Portanto, como queria que o Benfica, ou alguém dentro do clube, soubesse o que se estava a tramar? Ou, se soubesse, conseguisse parar a tramóia? Talvez o Veiga soubesse, com os contactos que tem. Mas se o sabia, como benfiquista, devia ter alertado o LFV ou o Rui Costa.

Como eu já disse. Para grandes males, grandes remédios. Isto só lá vai com alguém a dar um tiro no siciliano. Aí acaba tudo.
Depois podem fazer as vigílias que quiserem à memória do corrupto, e prometerem-lhe os campeonatos que quiserem.

iBenfiquista disse...

Caro M, é natural que sinta isso. Pois é isso precisamente que os andrades querem, a desmobilização, a desmoralização dos benfiquistas. Desistir por exaustão.

Eles querem queimar tudo à sua volta, como limparam os outros clubes do Porto. É esse exactamente o espírito dos ditadores, que só descansam quando conseguem vencer os oponentes para se sentarem descansadamente no trono e puderem dizer, "somos os maiores!". O seu medo e insegurança é tão grande que não admitem outra alternativa. Cabe aos benfiquistas continuarem a empunhar a espada até matar o dragão.

Eu, pessoalmente só me irei calar quando ver a corrupção acabada e morta no futebol português. NUNCA IREI DESISTIR. Desistir é morrer.

NADA NEM NINGUÉM ME FARÁ CALAR, 

ATÉ A CORRUPÇÂO ACABAR.

A MIM NUNCA ME CALARÃO,

ENQUANTO HOUVER CORRUPÇÃO!

Vou deixar um comentário de outro benfiquista, noutro blogue, que é bem elucidativo.

"Anónimo por motivo obvios disse...
O clube dos corruptos começa sistematicamente os campeonatos com 20 pontos de avanço! Diz-me um amigo ex-capitão de uma equipa da primeira divisão dos anos 90, contra o porto somos obrigados a perder para não descer de divisão! Cada vez são mais as equipas do norte na primeira divisao...e todas elas tem que ceder pontos ao patronato! Não se chateiem muito com o futebol porque isto é tudo mais do que planeado! por algum motivo os estadios entre 1982 e a data de hoje foram-se esvaziando de interesse...nada acontece por acaso! Enquanto a era dos pintos (pinto de sousa, pinto da costa, lourenço pinto) nao terminar o futebol portugues nao tem qualquer tipo de interesse! Questionem-se sobre o silêncio do presidente da liga durante uma época em que tanta polémica ouve..."

Eu quanto mais leio coisas destas, mais força ganho. Portanto, meus amigos, não estamos sozinhos na luta porque somos muitos. Temos é de manter bem vivo o nosso lema que NÃO FOI CRIADO POR ACASO. Quem o criou era um homem de grande visão, e sabia por aquilo que iríamos passar:

"E PLURIBUS UNUM".

Anónimo disse...

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=259790

O primeiro reforço 2011/2012 já voou...

Pedro disse...

Caro anónimo essas notícias valem tanto como aquelas que o davam como garantido no SLB. A mim não me beliscam absolutamente nada. Jogadores só contam qd são apresentados oficialmente até lá podem falar de todos os jogadores que quiserem q não passa disso mesmo, de falar.

Pedro Vagos disse...

Desculpem mas vou mudar o rumo à conversa. Acabei de ler que o Benfica vai levar uma multa por causa do comportamento dos adeptos na Final da Taça da Liga. E confesso que me indignou. Principalmente porque estive lá, vi o jogo na curva superior, por cima dos Diabos e dos No Name, e não vi esse tal comportamento incorrecto dos adeptos. Estas multas podem ser contestadas?

José Marinho disse...

Caro M..Compreendo a sua exaustão, porque sinto o mesmo. Por isso é que, hoje em dia, já procuro uma certa indiferença em relação ao futebol e em relação à emoção clubística. Porque estou farto. Não considero isto desmobilização, porque acredito que chegará o tempo em que o futebol voltará a ser puro e desportivo. Como estou cansado de repetir, neste blogue, não quero um Benfica à Porto, quero um Benfica à Benfica. Isso chega-me e deve bastar aos benfiquistas. Um Benfica que dê o exemplo de liderança no futebol português e que desmonte a podridão que o afecta. Isso apenas será possível quando o Benfica mudar por dentro e deixar de tentar ser uma réplica foleira do FC Porto. O Benfica tem de voltar a ser Benfica, e com isso emitir um sinal para os outros de que, quem quiser apanhar o comboio da purificação do futebol em Portugal, fá-lo-á sob a égide do maior clube português. Mas, para mudar o futebol português, o Benfica precisa de se mudar a si próprio. Trazer mais benfiquismo para o clube, mais competência, mais valor. O Veiga, ao contrário do que vai nas cabeças de certos benfiquistas não quer um Benfica à Porto. Se fosse essa a sua vontade não teria o meu apoio e o apoio de muitos benfiquistas lúcidos e conhecedores do que se passa actualmente no nosso clube. O Veiga seria uma peça fundamental para equilibrar as forças, porque tem conhecimento de que como actuam as forças malignas do futebol e com esse conhecimento pode proporcionar ao Benfica condições para não se sentir permanentemente lesado e discriminado. E mais uma vez, isso faz-se pela influência, pelo conhecimento e não pela gritaria. Mas não se trata de substituir um sistema pelo outro. Trata-se de destruir o sistema e substitui-lo por um verdadeiro espírito desportivo, onde, de facto, as pessoas reconheçam que ganha o melhor e não, como acontece muitas vezes, ganha o mais esperto. É isso que eu pretendo para o Benfica. E isso não é incompatível com desejo de que Veiga regresse ao Benfica. Até porque a esmagadora maioria dos benfiquistas que se pronuncia sobre o José Veiga fala de cor, fala de ouvido, está intoxicado pela má imprensa que ele tem. Não digo que o Veiga seja um menino de coro, aprendeu bastante, nos seus anos de empresário e de ligação ao FC Porto, mas também aprendeu bastante no Benfica e nos seus anos de ligação ao clube. E uma das coisas que aprendeu foi que jamais os benfiquistas aceitarão um Benfica à FC Porto. E aprendeu que a força do Benfica é suficiente para recuperar a hegemonia do futebol em Portugal, em vez de fanfarronice é preciso competência.
Caro Ibenfiquista, o Veiga está demasiado longe de Portugal para se meter nessas coisas. Além do mais, o seu benfiquismo não deve sobrepor-se ao seu orgulho próprio. Esta direcção escorraçou-o do Benfica, alguns dos actuais administradores foram os responsáveis por algumas das piores malfeitorias que lhe fizeram nos últimos anos e ainda quer que o Veiga os ajude a fazer o trabalho que eles deviam saber fazer? Por amor ao Benfica? Certo. E o amor próprio, onde fica?