blog

domingo, outubro 30, 2011

SL Benfica - Olhanense: 2-1

Mais três pontos, rumo ao 33º, num jogo que tinha tudo para ser o mais tranquilo da época.

A fabulosa primeira parte do SL Benfica antevia o jogo mais tranquilo da época e o jogo perfeito antes de uma importante jornada da Champions. Era muito importante que os benfiquistas percebessem como foi boa, mesmo muito boa, a primeira parte da equipa. Não só pela vantagem de dois golos conseguida bem cedo mas, principalmente, pelo controlo total do jogo, pela rotação quase perfeita da bola pelos nossos jogadores, obrigando os jogadores da Olhanense a estarem sempre a correr atrás da bola, pelo ataque sempre pela certa nunca perdendo a concentração posicional defensiva. Excelente. Ao intervalo estava radiante com o jogo que vi o Glorioso fazer. Provavelmente os 45 minutos mais adultos que vi o Benfica fazer em largos anos. Estava confiante que a segunda parte seria o continuar de tão excelente exibição e o natural alargar do marcador e gerir o esforço para quarta feira.

Infelizmente assim não aconteceu porque num lance que ainda não percebi como aconteceu, em que a bola rasga a nossa área, passando por vários jogadores nossos sem se conseguir o corte (já sofremos 4/5 golos assim) o Olhanense reduz o marcador para a sempre intranquila vantagem mínima a nosso favor. E os 10/15 minutos a seguir é que me deixaram chateado porque estava à espera de uma reacção enérgica da nossa parte, carregarmos sobre o adversário para voltarmos a marcar e a ter uma vantagem mais confortável. Não foi isso que aconteceu, o Glorioso manteve a toada controlada, trocando a bola com a tranquilidade da primeira parte o que permitiu um crescimento no adversário que nos pressionou mais na nossa saída de bola. A verdade é que conseguimos de facto marcar um golo mas o fiscal de linha tratou de anular o golo a Cardozo mas já lá vamos a isso. A intranquilidade vivida resulta da vantagem mínima e não da capacidade do adversário de nos causar perigo. Isso não aconteceu mas, em futebol, um lance fortuito pode dar golo como teria acontecido em cima dos 90 minutos não tivesse Luisão tirado o golo a Djalmir. Este Benfica está muito adulto, muito pragmático na forma de encarar os jogos e isso é fantástico porque a jogar assim a probabilidade de vencermos é muito superior. E se conseguirmos fazer 90 minutos como os primeiros 45, cuidado!!!!

Jorge Jesus voltou à sua táctica de eleição com Matic a pivot defensivo e uma linha de três médios a apoiar a dupla atacante Rodrigo e Cardozo. E que estreia a titular de Rodrigo na Luz com dois golos de rajada. Cardozo menos interventivo em jogo mas foi muito importante para Rodrigo ter o espaço que teve e com arbitragem honesta tinha mais um golo na sua conta. Aimar foi, como sempre o maestro da equipa e acho que saiu cedo demais do jogo apesar de perceber a gestão que Jesus quis fazer. Witsel entrou bem mas eu gosto e prefiro ver os dois juntos em campo. A equipa como um todo funcionou quase na perfeição (o golo sofrido e a reacção menos agressiva do que desejava impede a nota perfeita) e que este jogo adulto seja para ficar.

Quando se vê um jogo no Estádio atrás de uma baliza os lances de fora de jogo são aqueles que mais benefício da dúvida se dá aos arbitros. Mas há lances que até nós conseguimos ver que são irregulares ou não. O golo anulado a Cardozo foi um desses, tive, no lance corrido, clara convicção que era legal, que ninguem estava fora de jogo. Infelizmente o senhor da bandeirola teve outra opinião e mais um golo limpo anulado ao Glorioso. Acho piada certos queixumes que certos clubes fazem da arbitragem. Como seria se tivessem realmente razões de queixa como tem o Sport Lisboa e Benfica? Felizmente não teve peso na distribuição de pontos mas o jogo teria sido totalmente diferente naqueles 15/20 minutos finais.

O minuto 75 prepara-se para ser uma imagem de marca no Estádio da Luz envolvendo todo o estádio e a equipa para 15 minutos finais à Benfica. A continuar bravos amigos, a continuar.

Aproxima-se uma série dura de jogos mas acredito que saíremos da mesma líderes do campeonato. Somos mais fortes, somos melhores e jogamos melhor. Manter a concentração competitiva, o respeito pelo adversário a cada jogo, lutar como até agora e honrar o Manto Sagrado e temos a receita para as desejadas vitórias.

Quarta feira há mais e lá estarei. CARREGA BENFICA!!!

10 comentários:

Anónimo disse...

Incrivel o cantico dos NN que se espalha pelo estádio. Fica brutal até mesmo pela televisão.

Mas 4ª já vou ouvir ao vivo. ;)

Quanto ao jogo, acrescento a seguríssima exibição de Matic.

John Wakefield disse...

Jogo brilhante nos primeiros 15 minutos substituído pelo pragmatismo dos 75 minutos restantes.
Os melhores em campo foram: Rodrigo, Matic (gostei da sua actuação!) e Luisão.
Em sentido inverso, saliento as exibições menos boas de Maxi (juntamente com os centrais tem culpas no primeiro golo e ia cometendo uma infantilidade no último minuto), de Emerson (não está num bom momento de forma) e de Cardozo (completamente afastado do jogo).

ps: É preciso fazer mais nos próximos 3 jogos...

SLB4EVER disse...

Caro Pedro a 1ª parte foi excelente e apenas não se marcou mais devido a alguma descompressão depois do 2ª golo, neste periodo não se viu qq esboço de perigo junto das nossas redes.
Agora a 2ª foi péssima, até pq é impossível não ter a 1ª como referencia de comparação. A saída do Aimar não é desculpa para nada a equipa deixou de jogar porque se passou a jogar em um 442 clássico que simplesmente não resulta. Com o Gaitán, B.César e D.Simão no plantel não existe motivo para se jogar sem um organizador de jogo como foi feito, Aimar não pode e não serve de desculpa!
E vir colocar a culpa da má segunda parte toda nos jogadores sem assumir as asneiras que faz é algo que nada de bom tem.
Critiquem-me á vontade mas não encaro de bom grado ver-se mudar algo que resulta para algo que já está mais do que provado que não resulta e depois lavar-se daí as mãos. Não é com esta atitude que se chega a bom porto, nem esta é uma atitude de um bom líder.

E mais um golo roubado para ñ variar, que nojo estes apitadores submissos dos curruptos.

Valeu os 3 pontos mas estas teimosias de mau gosto antes de um ciclo complicado inquietam-me.

Anónimo disse...

O garay passa-se com o emerson... Só falt bater-lhe!

marley disse...

Se fosse eu também me passava com o Emerson!
maria

Jotas disse...

Não havia necessidade.
Perante um começo fantástico, com 2 golos cedo e uma exibição muito boa,em que sempre julguei ver culminada com uma goleada, parece que algo mordeu os jogadores, que baixaram imenso o ritmo de jogo e com um resultado curto, pode sempre acontecer um golo do adversário e recordo que valeu Luisão aos 92 minutos.
Golo do Cardozo mal anulado poderia mudar o jogo e se calhar podiamos marcar ainda mais golos, porque o Olhanense certamente baixaria os braços com o 3 a 1.

Anónimo disse...

Eu gosto muito do Maxi, é até um dos meus jogadores favoritos, mas fazer um disparate daqueles a 10 segundos do fim deveria dar prisão.
De resto, a verdade é que estamos demasiadamente dependentes de Aimar, um jogador que, infelizmente, não aguenta fazer dois jogos na mesma semana. Preocupante.
Mário

Helder disse...

Quarta feira tb lá estarei! Até debaixo de água...

Bcool973 disse...

o witsel entrou em campo ? parece-me que ficou no balneário a jogar à sueca com o aimar, o gaitán e o bruno césar

Anónimo disse...

Tanto nos gozaram por termos apenas conseguido 3 pontos com o Hapoel de Israel e parece que afinal os azuis, nem com 1 penalti caído do céu, conseguiram fazer mais do que 1 ponto em 6 possíveis.
Parece que ainda não é desta que vão pagar Mangala...