blog

domingo, fevereiro 27, 2011

SL Benfica - Marítimo: 2-1

ENORMES!!! Os nossos bravos campeões foram enormes esta noite, enormes!!!

É incrível como a linha que separa uma exibição de luxo do Glorioso e um jogo menos bem jogado mas com enorme coração é a qualidade de bolas que entram na baliza do adversário. Bastava que o guarda redes não tivesse feito a exibição da sua vida para que a equipa da Madeira saísse da Luz com um cabaz cheio, o Benfica fez o que tinha a fazer, criou oportunidades mais que suficientes para resolver o jogo com tranquilidade mas a barra ou o guarda redes adversário não o deixaram e o que podia ser uma vitória confortável transformou-se numa vitória épica do crer, da raça, da luta, do orgulho benfiquista. Imagino a azia que alguns terão neste momento quando batem vezes sem conta e, mesmo assim, o Glorioso levanta-se e esmaga o adversário com KO's inequívocos. Para não falar da enorme injustiça que seria o SLB não triunfar esta noite. O Marítimo colocou o autocarro em frente da sua baliza e explorava a velocidade e qualidade técnica dos seus avançados para nos apanhar em contra pé devido ao natural menor entrosamento de Jardel com os colegas. Apesar de boas jogadas atacantes o Marítimo nunca conseguiu criar real perigo para Roberto enquanto que o Glorioso ía desperdiçando sucessivas oportunidades de golo sendo que desta vez o último passe entrava e era a recepção da bola que estragava a jogada. A segunda parte manteve o ritmo com o Benfica sempre em cima do adversário mas começava a sentir-se o cansaço em jogadores como Sálvio e Gaitan e Jesus mexe na equipa tirando Aimar, Gaitan e num desespero final Javi Garcia colocando Jara, Kardec e Martins nos seus lugares. Num daqueles lances em que o futebol é profícuo o Marítimo consegue chegar ao golo após o Glorioso carregar, carregar e carregar e a bola teimosamente a não entrar. O que em anos anteriores deitaria a equipa abaixo nesta fase parece que dá nos dá força e equipa e pública numa união só existente na Luz carregou ainda mais no adversário e consegue o justo golo do empate para depois, já em descontos Coentrão levar à loucura os 55 mil que estavam na Luz e os milhões espalhados pelo mundo inteiro. Lindo. É tão lindo!!!

Jesus disse que faria alterações mas só fez a obrigatória colocando Jardel no lugar do castigado Sidnei. O nosso novo central teve alguns erros mas nada de relevante e que o continuar dos treinos não resolva. Aimar num novo jogão levava a equipa para a frente e quando ele saíu foi a raça de Coentrão que empurrava a equipa. Sálvio esgotado arranjou forças para os sprints finais talvez tenha sido Maxi a emprestar alguma da sua inesgotável energia. Todos estiveram enormes, todos!! Um jogo de campeões!!!

Não sei o que Pedro Martins anda à procura mas queixar-se de que o árbitro acusou a pressão do Estádio da Luz quando o mesmo faz vista grossa a um penalty contra a sua equipa na primeira parte e anula um golo ao Glorioso no cair do pano enquanto pelo meio assinalava faltas atacantes atrás de faltas atacantes à nossa equipa não percebo onde está esse acusar de pressão mas adiante. Deve ser tão frustrante a quem encomendou esta arbitragem, com troca de fiscais de linha pelo meio, ver o SL Benfica vencer desta forma, com este coração. Falam tanto nos 8 pontos mas estas arbitragens mostram o quão borradinhos estão (há que louvar a coerência das arbitragens, ontem perdoaram um penalty contra os corruptos com 0-0 hoje não viram um penalty a favor do SLB com 0-0...coerente sem dúvida).

Espero que o jogo de hoje não faça mossa para quarta feira onde iremos jogar o apuramento para uma final de uma competição, sem dúvida menor, mas que temos obrigação de vencer. Vamos defrontar um adversário ferido e isso pode ser perigoso se não o respeitarmos a 100%. Espero que Gaitan e Sálvio recuperem os índices físicos para que as nossas alas continuem neste ritmo frenético que desbrava defesas adversárias!!!

Tenho um orgulho tão grande nos nossos bravos campeões que jornada após jornada a ter que lutar contra 14 nunca viram a cara à luta e dão tudo por aquela camisola. Um dia havemos de cair mas ainda não foi hoje. Enormes!

Que orgulho enorme pertencer à família benfiquista!!!!!!

sábado, fevereiro 26, 2011

Já não escondem nada...

Os corruptos até direitos de preferência têm sobre treinadores? Que depois os colocam em equipas da primeira liga que vão "disputar" jogos contra eles? Claro que assim se explica, como se alguém não soubesse já, o porquê de algumas equipas, sempre as mesmas, quando jogam contra os corruptos parecem que não têm forças e não gostam de meter o pé e quando defrontam o Glorioso até espumam da boca correndo que nem doidos e a bater em tudo o que de vermelho mexer. E claro, não esquecer que em caso de algum atrevimento fora do combinado lá aparecem as típicas substituições ao minuto 58...

Esta época bate todos os recordes: arbitragens vergonhosas, controlos anti doping inexistentes no antro da corrupção quando os adversários levam sempre com eles, lesões estranhas que ninguem questiona, tentativas de roubar jogadores à revelia do clube com o qual têm contratos, violência inqualificável registada nas câmaras de TV sem qualquer punição, tudo às claras, tudo sem o mínimo de pudor e ninguem faz nada, nenhuma autoridade actua. É uma vergonha o estado a que este país chegou. Mas ao mesmo tempo isto demonstra a total pequenez daquele clubeco nojento, demonstra cabalmente que estão borradinhos de medo, eles sabem perfeitamente que se assim não agirem são completamente destroçados pelo Enorme SL Benfica.

quinta-feira, fevereiro 24, 2011

Estugarda - SL Benfica:0-2

E finalmente quebrámos o enguiço alemão e vamos deixar de ouvir os irritantes comentadores repetirem a cada 2 minutos que nunca ganhámos na Alemanha.

Um jogo personalizado do nosso SL Benfica controlando completamente o jogo e gerindo quase na perfeição a vantagem conquistada na Luz não descurando a procura do golo aproveitando os espaços que o Estugarda abria e mostrando que qualitativamente eramos bem superiores. Mas como ficou demonstrado na Luz, este alemães são tudo menos toscos e obrigaram a nossa defesa a enorme atenção e a trabalho extra ao nosso Roberto que esteve impecável com duas ou três defesas brutais que mantiveram as nossas redes invioláveis. Jesus não mexeu tacticamente e não geriu o esforço do plantel colocando o 11 expectável com a excepção de Saviola ter saído dos convocados e a colocação de Jara novamente no 11 inícial. Com Aimar ao lado de Airton e com a extraordinária capacidade de pressing de Jara o SLB dificultava imenso a saída de jogo do Estugarda. Gaitan endiabrado dava cabo da cabeça aos defesas adversários e Sálvio menos explosivo mas eficaz na hora de acertar nas redes. Podia ter sido um jogo de muitos golos mas prefiro assim, ganhar bem e sem sofrer golos.

Jara tem uma alma contagiante e uma qualidade técnica assombrosa, os pormenores técnicos não deixam dúvidas sobre o seu potencial e com este crescimento como jogador, de cultura táctica e de confiança acredito que temos ali um caso sério. Roberto, Luisão, Sidnei, Coentrão, Maxi, todos impecáveis; Airton muito bem e só precisa ultrapassar o nervosismo no momento do passe para dar o salto qualitativo e um dia pode dizer que jogou lado a lado com o Mago Pablo Aimar que assusta de tão bem jogar seja com ou sem bola nos pés; Gaitan muito forte e cheio de confiança e Sálvio menos explosivo mas muito certo nas marcações e apoios e começa a ser difícil dizer que 15 milhões (se o forem) é demasiado... Cardozo não marcou perto da baliza teve que o fazer através de um Cardozaço do meio da rua, bem merecido pelo trabalho que fez hoje. Martins entrou muito bem no jogo mas não precisa de se envolver naquelas confusões.

O árbitro inglês é um bom árbitro e só achei que, principalmente na primeira parte teve uma postura britânica para a defesa alemã e uma postura europeia para a defesa benfiquista. De resto nada de relevante a assinalar.

No meio disto tudo tivemos um lance muito infeliz que provocou a saída por lesão do guarda redes alemão num choque com Gaitan e um outro colega seu. Espero que recupere rapidamente e que tenha sido apenas susto e nada de muito grave (fala-se em traumatismo craniano).

Cumprimos o objectivo que era de passarmos este adversário que, apesar de ser melhor do que a sua posição no campeonato interno diz, nos era acessível e agora iremos defrontar o Paris Saint Germain numa reedição de uma eliminatória recente em que espero que o resultado final seja o mesmo. Não sei o potencial dos franceses mas sei do nosso e por isso espero continuar nesta competição ultrapassando mais um adversário.

Ainda não vi quem passou este eliminatória mas começo a sentir que esta Liga Europa pode perfeitamente vir para Portugal...só espero que seja para Lisboa.

Parabéns campeões.

quarta-feira, fevereiro 23, 2011

Gestão de esforço

Após uma terça feira bem sossegada, como se deseja após um derby, é tempo de olhar para os próximos desafios que assumem enorme importância quando formos analisar o saldo final desta época.

Basicamente queremos vencer todas as competições em que estamos a jogar e para isso os próximos jogos serão decisivos como a segunda mão da Liga Europa amanhã em Estugarda, mais uma jornada da Liga Zon Sagres no domingo contra o Marítimo, logo a seguir, na quarta feira a meia final da Taça da Liga com o Sporting na Luz para acabar com a deslocação a Braga novamente para a Liga nacional. São 4 jogos muito importantes que obrigarão a equipa a concentração máxima e atitude exemplar para levar de vencidos os adversários. Infelizmente os nossos bravos são humanos, não têm nenhuma poção mágica que leva a queda de cabelo como alguns outros e, por isso, nota-se o cansaço em alguns jogadores pelo que Jorge Jesus terá que estudar bem as mexidas na equipa para que defrontemos os adversários sempre na máxima força e com a melhor táctica. Um dos jogadores que me parece mais esgotado é Sálvio pelo que é importante resguardarmos o jogador para que ele não rebente de vez visto que é peça fundamental na equipa pelo que o treinador de bancada que há em mim colocaria o argentino no banco amanhã na Alemanha. O problema desta mexida é que não temos Amorim para o substituir por isso a minha opção seria polémica: Luis Filipe. Menezes podia ser opção mas penso que Luis Filipe consegue dar mais à equipa aquilo que ela precisa naquela posição do que Menezes. Outra opção seria Martins mas não temos tido muito rendimento com ele e Aimar em campo ao mesmo tempo. Se fosse necessário, Sálvio entraria para a meia hora final fresco e com a sua velocidade poderá causar mossa numa defesa alemã já desgastada. Outra opção minha seria a titularidade de Jara por troca com Cardozo. Gostava de ver Saviola e Jara juntos formando uma dupla atacante super móvel e bastante mais rápida do que com Cardozo que é mais posicional procurando assim rentabilizar os espaços que a equipa alemã abrirá ao procurar atacar para dar a volta à eliminatória. Ficaríamos assim com Cardozo fresco para o jogo com o Marítimo. Com Airton e Aimar no meio campo apenas teríamos um Gaitan em esforço mas que parece aguentar bem os 60 minutos de cada jogo a ritmo forte. Coentrão parece ter pilhas inesgotáveis mas gostava muito de lhe conseguir dar um descanso pelo que não seria nada mau marcar uns golitos para o podermos tirar cedo do jogo.

Para o Marítimo regressa Javi Garcia e teremos ou Aimar ou Martins "frescos" com Sálvio e Cardozo de novo operacionais podendo então poupar um pouco Gaitan utilizando, talvez, Peixoto ou Fernandez. Sidnei descansará obrigatoriamente nesta jornada pelo que, não ocorrendo nada de excepcional, estaríamos na máxima força contra o Sporting e com três dias de descanso para o embate em Braga também me parece possível irmos à pedreira em boas condições físicas.

O que acham?

segunda-feira, fevereiro 21, 2011

Sporting - SL Benfica: 0-2

ENORMES!!!

Parece que a lição no Dragão não foi suficiente e mais uma vez, o campeão nacional, reduzido a 10 numa clara tentativa de evitar uma goleada das antigas mostra que não há sequer comparação possível com qualquer outra equipa nos relvados nacionais no que ao bem jogar diz respeito. Depois da lição no covil da corrupção agora novo banho de bola em Alvalade contra um Soares Dias que tudo fez para tentar equilibrar as coisas.

O que será que sente um pobre lagarto quando vê nomes como Torsi qualquer coisa, André Coelho, Maniche nas suas camisolas e do outro lado, nas camisolas que mais odeia, vê nomes como Saviola, Cardozo, Luisão, Gaitan, Sálvio...Havia duas coisas que os benfiquistas temiam no jogo de hoje: a sobranceria dos nossos bravos e Soares Dias; a primeira não existiu esta noite em Alvalade com os nossos bravos campeões a demonstrarem uma excelente atitude competitiva e desde o primeiro minuto que quiseram mostrar em campo a enorme diferença de qualidade que existe entre as equipas, rápidos sobre a bola, rápidos a sair para o ataque, triangulações excelentes como a primeira jogada de golo que Gaitan desperdiça de forma incrível; a segunda coisa que os benfiquistas temiam disse presente, fez mossa na nossa equipa mas não foi suficiente para vergar os campeões nacionais. Jesus deu um brutal voto de confiança na equipa e na certeza que a vitória era nossa quando a 20 minutos do fim tira Cardozo para entrar Jara. Jesus nunca tirou Cardozo em situações destas mas com a convicção na segurança defensiva da equipa optou por poupar Tacuara para Estugarda.

Impressionante como a equipa consegue pressionar jogando com 10 e sempre lançando perigosíssimos contra ataques. Não estivesse Sálvio esgotado e ainda podia ter sido melhor. A defesa esteve fantástica percebendo claramente as intensões do árbitro (Luisão manda Roberto despachar na marcação do pontapé de baliza porque o nosso guarda redes já tinha amarelo...) e consegue cortar os lances de ataque do Sporting sem faltas (ou melhor, sem grandes contactos físicos, porque faltas fez poucas, o árbitro é que viu muitas). Javi a encher o meio campo e a meter no bolso todos os adversários daquela zona do terreno e Salvio e Gaitan a rasgarem, à vez, a defesa leonina. Saviola pouco em jogo mas sempre que tocou na bola fez mossa e Cardozo num jogo de enorme sacríficio desta vez ficou em branco mas deu tudo na árdua tarefa de lutar sozinho com os defesas verdes; Martins contra o Sporting joga sempre bem e é daqueles que, nota-se, alimenta-se dos assobios que os patéticos adeptos verdes lhe brindam (nunca mais aprendem...). Jardel entrou e não acusou a pressão, parece que joga com Luisão e demais colegas desde sempre, Airton para segurar o meio campo e ajudar Garcia também esteve muito bem e, por fim, Jara para dar à equipa a sua raça lutadora conseguiu ainda algumas arrancadas que podia ter feito balançar as redes adversárias.

Soares Dias é mais um palhaço que apita na nossa Liga. Dá um amarelo a Gaitan por este pedir amarelo após sofrer a 35ª falta e depois quando meia equipa verde faz exactamente o mesmo assobia para o ar. Volta a assobiar para o ar quando Saviola é atropelado pelo joelho de um dos verdes mas consegue ver duas faltas para amarelo de Sidnei. Volta a não ver nada quando Saviola é placado num lance que se isolaria mas via todos os mergulhos dos sportinguistas para o relvado. Mas foi lindo ver o olhar dele no final para os jogadores do Sporting como que a dizer " é pá, nem com esta ajuda vocês vão lá, xiça". Incha palhaço!!!

Enormes os bravos que mais uma vez abafaram Alvalade. Que lição deram. Brutais. Não sei o que se passou do outro lado mas não é por ser com os verdes que vou dar loas à intervenção policial. Sei bem como as coisas se passam na bola...

Das bancadas cantava-se "para a semana há mais". Sinceramente só peço aos nossos bravos o dobro da concentração, o dobro do empenho, o dobro da atitude, o dobro do querer para vingar esta tentativa de nos derrubar mas antes temos coisas sérias para tratar como a ida a Estugarda garantir o apuramento para a fase seguinte da Liga Europa. Espermos que Soares Dias não tenha sucesso no segundo ponto da sua agenda.

Mais três pontos, nova vitória, mais um jogo fora sem sofrer golos, mais um jogão de bola. Oito pontos de diferença? LOL, só mesmo nesta liga corrupta. Como devem estar borradinhos...

Derby é Derby

Hoje joga-se mais um Derby. Hoje há jogo entre o Sporting e o SL Benfica.

E hoje queremos que o SL Benfica respeite o adversário, jogue com toda a alma e atitude competitiva que tem demonstrado nos últimos jogos e que durante 90 minutos esqueça a diferença pontual entre ambas as equipas e que demonstre em campo, onde realmente interessa, a sua superior qualidade. E que seja forte o suficiente para não permitir que um qualquer Soares Dias tenha forma de intervir no jogo. E que nas bancadas de Alvalade os nossos bravos façam, como costume, ouvir bem alta a sua voz sempre em apoio aos campeões nacionais. Só nos interessa a vitória para continuarmos a manter a esperança num deslize dos corruptos por isso espero um arranque fortíssimo da nossa equipa em busca dos golos.

O meu desejo é simples: marcar cedo, obter uma vantagem confortável e controlar o jogo com calma gerindo os esforços físicos para a ida a Estugarda. Não é pedir muito pois não?

domingo, fevereiro 20, 2011

Doi não doi?

Por momentos pensei que estivesse a falar do jogo do ano passado no antro da corrupção quando jogou contra o Glorioso...

Agora já te queixas não é? Palhaço!!!!

quinta-feira, fevereiro 17, 2011

SL Benfica - Estugarda: 2-1

Os benfiquistas cometem sistemáticamente o mesmo erro quando analisam os jogos do seu clube: acham que jogamos sozinhos.

Nas bancadas ouvia-se coisas como não estamos a correr como contra o Guimarães, estão nervosos, estão desastrados, não acertam um passe, etc esquecendo-se que do outro lado está um adversário que dificulta a vida à nossa equipa. E não é uma equipa qualquer, o facto de estar em penúltimo no seu campeonato apenas mostra o quão fraca é a nossa liga nacional e o porquê de muitas vezes ser difícil às nossas equipas apresentarem um ritmo e concetração competitiva na Europa equivalente às exibições internas. Não tenhamos ilusões, este Estugarda é uma equipa forte tacticamente, rápida, possante e que sabe tratar bem a bola e o nosso jogo menos conseguido na primeira parte deveu-se a isso mesmo, ao valor do adversário. E só um super Benfica é que foi capaz de realizar uma segunda parte a um ritmo endiabrado e capaz de dar a volta a um resultado adverso e permitir sair para "intervalo" da eliminatória em vantagem.

Jesus apostou em Jara para substituir Saviola e acho que ganhou a aposta. Não percebo o porquê de tantas críticas ao argentino no jogo de hoje pois foi ele quem imprimiu mais intensidade de jogo ao Glorioso e era ele que mais lutava e mais pressionava os adversários. O "problema" na primeira parte foi que o jogo não saía bem dos pés do Aimar e todo o futebol da equipa ressente-se disso, na segunda parte tudo foi diferente o que permitiu o vendaval ofensivo que se assistiu asfixiando a equipa alemã mas que sempre que tinha a posse da bola conseguia ataque rápidos perigosos e sempre intencionais. O jogo do Benfica era intenso e rápido mas era, igualmente, cerebral, bem feito, com rápidas mudanças de flanco e que resultavam em sucessivas oportunidades de golo. Novamente o SLB tem um caudal ofensivo que permitia, numa noite "normal" arrumar a eliminatória mas, infelizmente, a bola só quis entrar duas vezes mantendo assim a eliminatória totalmente em aberto.

Se Aimar esteve mal na primeira parte na segunda esteve muito bem e com isso impulsionou todo o jogo da equipa com Coentrão (aquela arrancada no final do jogo é qualquer coisa de fantástico) a imprimir a velocidade que Sálvio não estava a conseguir. Luisão esteve excelente no centro da defesa e Sidnei subiu bastante na segunda parte. Ao rever os golos na TV fico com a sensação que Roberto podia ter feito melhor no lance do golo pois o chapéu é feito na entrada da área pelo que talvez, repito, talvez o nosso guarda redes não precisasse de se ter adiantado. Gaitan enquanto teve pilhas foi muito activo mas no final estava esgotado e penso que Jesus terá falhado quando tirou Jara e não Gaitan. Cardozo muito lutador, muito batalhador e a conseguir abrir o marcador (que celebração é aquela Tacuara???) e a confirmar o golaço de Jara.

Bolas...é impressão minha ou temos muito azar nas arbitragens? Mas o que é que se passou esta noite na Luz? Três penaltys por assinalar? Numa competição europeia é muito penalty..empurrão a Javi Garcia, derrube de Coentrão e falta sobre Jara que é assinalada fora da área...assim é muito complicado. E até começou bem quando amarelou um "alemão" por falta sobre Jara mas logo de seguida deixa passar um empurrão que se viu do Colombo a Gaitan mesmo nas barbas do fiscal de linha e de todos os que estavam no estádio...

A eliminatória está no intervalo e estamos em vantagem mas 2-1 é dos resultados mais perigosos nas competições europeias pois a equipa que está a ganhar muitas vezes procura defender o resultado e basta um simples golo, que pode acontecer aos 90 minutos, para mudar completamente o rumo da eliminatória. Por isso temos que dar seguimento aos segundos 45 minutos, se conseguirmos acredito que é desta que matamos o borrego alemão e seguimos em frente da Liga Europa.

Palavra para os adeptos presentes na Luz que estiveram fantásticos após o golo sofrido dando aquele apoio brutal que empurrou a equipa para cima do Estugarda. Bravo!

quarta-feira, fevereiro 16, 2011

Soltas #103

- O SL Benfica regressa às competições europeias na sua melhor fase da época o que é excelente para limpar a imagem deixada na Champions. O campeão nacional vale muito mais do que aquilo que mostrou na prova principal da Uefa pelo que esta eliminatória contra o Estugarda tem que servir para mostrar à Europa que estamos vivos e perigosos.

- Quinta feira o Glorioso irá ter um jogo mais importante do que se pensa. Jogamos em casa a primeira da eliminatória num ciclo de jogos que podem ser decisivos para o resto da temporada. Espero que o SLB consiga aproveitar o embalo moral e exibicional que as 16 vitórias consecutivas lhe dão para vencer o jogo de amanhã de forma a que permita encarar a segunda mão com alguma tranquilidade canalizando os esforços físicos e mentais para outros adversários.

- Consta que o Benfica recusou 40 milhões do Oliveira pelos direitos televisivos. Não se assustem pois os 40 milhões seriam pelo contrato e não por ano. Espero que Vieira mantenha a posição e não ceda mas, acima de tudo, que deixe de fora tudo o que for multimédia de qualquer negociação. Incomoda-me bastante que seja a Olivedesportos a tomar conta do site oficial do SL Benfica...bem, verdade seja dita, incomoda-me tudo o que seja Olivedesportos no SL Benfica.

- Segunda feira temos o derby eterno de Portugal. O Sporting está tão fraco que é difícil resistir à tentação de achar que a vitória é mais do que certa mas essa noção incomoda-me pois por saber que somos tão superiores a ideía de não vencer assume proporções de desastre total. Por isso espero que a equipa esqueça as exibições, esqueça a diferença pontual, esqueça tudo o que envolva a qualidade do adversário e se centre apenas e só no seu trabalho, no seu empenho, no seu valor, na sua inião. Respeitar o adversário como sendo o mais forte do mundo é o primeiro passo para uma vitória.

- Por falar em Sporting, aquilo para os lados de Alvalade está a atingir laivos de loucura. Dias Ferreira a presidente? Com Futre como director desportivo? E voltam a andar atrás do Figo? E parece que tem fortes hípoteses de vencer...os lagartos estão doidos. E para ajudar à ramboia um dos outros fortes candidatos é o ....Godinho Lopes. Sim, esse mesmo, o dos barcos da expo. Só rir...

- Estou para ver qual o castigo que a Uefa vai dar a Gattuso pela agressão ontem ao treinador adjunto dos Spurs. Relembro que Binya por algo menos grave apanhou 6 jogos de suspensão...

- Ronaldo, o Fenómeno, pendurou as botas. Um extraordinário jogador que deixa uma marca no futebol mundial apesar das dolorosas lesões que teve durante a sua carreira. Impressionantes momentos de magia e golos fabulosos.

- O que se passa com a nossa super campeã Vanessa Fernandes?

terça-feira, fevereiro 15, 2011

Venham mais 100!!!!!

Penso que o nosso mágico argentino Pablo Aimar tem mais um ano de contrato mas, por mim, propunha a renovação por mais uma época porque a magia que este 10 de sonho tem está para durar e durar e durar. Cada jogo que Aimar faz com o Manto Sagrado é um privilégio para todos que amam este desporto e este clube. Poucas coisas se conjugam tão bem como a mítica camisola do Glorioso e a magia de Pablo Aimar. Acredito que o seu coração peça um regresso a casa mas também sei que no SL Benfica se sente em casa. Sentemo-nos à mesa com o craque e que se faça todos os possíveis para que o seu coração deseje ficar na sua nova casa e adie o regresso à Argentina,

100 jogos de Pablo Aimar com o simbolo do Glorioso no peito. Obrigado Rui Costa por teres proporcionado este previlégio. Venham outros 100!!!!

domingo, fevereiro 13, 2011

SL Benfica - V.Guimarães: 3-0

Uma soberba exibição do Glorioso que não deu qualquer hípotese ao Vitória de sequer conseguir disputar o jogo e fazendo com que o vintém regresse a Guimarães agradecendo aos seus santinhos por não ter saído da Luz com o saco bem cheio.

Este jogo apenas demonstra, mais uma vez, que só neste campeonato onde a corrupção domina e continua impune é que este futebol maravilhoso do SL Benfica não está isolado na liderança e preparado para encomendar as faixas de campeão. Num campeonato honesto o SLB a esta hora estaria a controlar a vantagem que teria para os demais adversários e a concentrar-se na Liga Europa. Mas não, infelizmente, é esta a Liga que temos e por isso, o SL Benfica precisa que o clube corrupto perca pontos para que a a tabela demonstre uma maior justiça desportiva. Adiante...

Enorme exibição do Glorioso que não teve qualquer problema em fazer alinhar 3 jogadores fundamentais com risco de castigo caso levassem amarelo porque os mesmos não se esconderam do jogo mostrando uma enorme atitude competitiva. Do primeiro ao ultimo minuto sempre em alta rotação e, como Jesus diz, com alta nota artística principalmente nos 10/15 minutos a seguir ao primeiro golo onde claramente podíamos ter marcado a cada vez que chegámos à baliza de Nilson, e foram várias vezes que lá chegámos. Bolas no poste, bolas na barra, cortes sem saber como, defesas, eu sei lá...foi um massacre. E na segunda parte continuou mas, mais uma vez, os árbitros regressam do intervalo com desejos de equilibrar o jogo tal a superioridade do Benfica. Mas a equipa não se foi abaixo e manteve sempre a pressão que culminou no golaço de Martins no cair do pano. Se me tivessem dito, antes do jogo, que íamos ganhar 3-0 eu ficaria nas nuvens, depois de ver o jogaço que fizemos três secos sabem a pouco, muito pouco mesmo.

Com tão fantástica exibição parece injusto destacar alguém mas Sidnei merece uma palavra especial pois tem sobre si a pressão acrescida de substituir David Luiz e o jovem central tem estado fantástico e hoje rubricou excelente exibição coroada com um golaço e uma assistência soberba para Aimar. Martins voltou a não entrar muito bem mas aquele golo...wow!!! Nota também para Sálvio, Coentrão e Luisão (nova magnífica exibição) que com a sombra do 5º amarelo estiveram excelentes, sempre em jogo e saíram imaculados.

Dois golos anulados é muita fruta. Na rádio dizem que não há fora de jogo e não descortinam falta alguma, mesmo assim foram anulados dois golos. Dois golos. Seria 4-0 a 20 minutos do fim. Será que algum dia acabará esta pouca vergonha? Penalty sobre Saviola sem qualquer discussão.

Vencemos, cumprimos o nosso papel e agora é esperar que algo de bom venha do Minho apesar de não ter crença alguma nisso mas, dada a classificação, só resta esperar.

Jogão enorme do nosso Benfica que espero que tenha continuidade na quinta feira para uma competição que desejo, muito seriamente, vencer.

FORÇA BENFICA!!!!

quarta-feira, fevereiro 09, 2011

As estranhas análises de um ex-árbitro



Isto tem que ser publicado por todos os blogs benfiquistas. É absolutamente inacreditável as contradições que este ex-árbitro faz. E mente, mente à descarada e sem qualquer pudor. Como é possível dizer que o Gaspar cortou a bola com o peito? Como é que alguém consegue ter a cara de pau de mentir desta forma? E o lance do penalty claríssimo do Bellushi contra o Braga?? Como é que ele consegue dizer que não há empurrão??? Claro que assim se explica o porquê de este perfeito exemplo do que é um árbitro em Portugal ter anulado o golo limpinho do Cardozo contra o Nacional que teve série repercussões no título desse ano. Bendita internet. Eles podem controlar tudo, mas a internet e a atenção dos benfiquistas não podem.

Como eu gostava que os responsáveis do SL Benfica actuassem duramente contra estas situações

As vendas por outra perspectiva

Os montantes pelos quais o Benfica vendeu os seus últimos jogadores foram muito debatidos e, concerteza, muito ainda se falará do assunto mas é importante analisar as vendas desses jogadores por outra perspectiva.

Bem ou mal vendidos uma coisa é certa, os jogadores obrigaram os clubes compradores a abrir os cordões à bolsa e permitiram ao Glorioso um interessante encaixe financeiro. Jogadores caros terão sempre uma forte pressão sobre os seus ombros quando chegam aos seus novos clubes e os nossos ex-jogadores conseguiram justificar em pleno o dinheiro dispendido para os contratar: Simão Sabrosa conquistou num ápice os adeptos do Atlético, titularíssimo enquanto lá esteve chegando a envergar a braçadeira de capitão; Di Maria encanta o Bernabéu recebendo elogios atrás de elogios de Mourinho e apenas um super Ronaldo o impediu de ser a estrela máxima do Real Madrid; Ramires num meio campo de estrelas vai conquistado o seu espaço e é, actualmente, peça importante para o treinador dos campeões ingleses; David Luiz chegou a Londres e entrou em jogo logo na jornada seguinte e espera-se que rapidamente os adeptos do Chelsea o venerem. Temos ainda o Coentrão por quem meia Europa morre de amores.

Os clubes europeus sabem que aqui quando compram caro compram bom, compram qualidade real e não flops inventados pela imprensa. E isso vale muitos milhões. Se o clube conseguir manter esta rotatividade de qualidade reconhecida pelos grandes clubes compradores, teremos uma pujança financeira que nos permitirá dar um salto competitivo muito interessante.

domingo, fevereiro 06, 2011

V.Setúbal - SL Benfica: 0-2

Um rolo compressor de união e sacríficio levou o Glorioso a mais uma vitória importantíssima na manutenção da luta pela revalidação do título.

Uma excelente entrada do Vitória alicerçada numa atitude fantástica dos seus jogadores conseguiu complicar imenso a vida ao campeão nacional que se viu apertado como poucas vez se viu esta época não tendo espaço para sair a jogar abusando então do pontapé para a frente o que não era a melhor opção tendo em conta as torres que o Vitória tem na defesa. Quando em posse o Benfica também não conseguia ligar o seu jogo devido a constantes passes errados que provocavam perdas de bola e sucessivas cavalgadas dos sadinos em direcção da nossa área. Felizmente a pressão sadina não resultava em lances de claro perigo ao contrário do Benfica que das poucas vezes que copnseguiu chegar à baliza adversária criava perigo e cheirava a golo. Um golo é sempre bem vindo mas, com o jogo a decorrer desta forma, marcar mesmo em cima do intervalo foi uma machada na moral do Vitória e permitiu a Jesus corrigir pormenores de marcação ao intervalo. O Vitória não conseguiu manter o ritmo na segunda parte e o Benfica passou a controlar o jogo mas com o um a zero a manter-se qualquer bola parada ou contra ataque poderia ser fatal. A nossa defesa esteve excelente não permitindo muitas incursões para a baliza de Roberto e as que passaram o guardião espanhol revelou-se, mais uma vez, decisivo mantendo invioláveis as nossas redes. A minutos do fim, numa jogada onde a garra de Jara veio ao de cima, o Glorioso marca o golo da tranquilidade e a garantia que os três pontos vinham para a Luz.

Num jogo pouco artístico dos nossos bravos a entrega e união disseram presente, a nossa defesa esteve impecável com Luisão como patrão e Roberto como esteio final, Javi um enorme lutador com Salvio e Gaitan a esforçarem-se imenso para cumprir as tarefas defensivas. O jogo do Glorioso depende muito do que Aimar consegue fazer e esta noite o mágico argentino não conseguiu dar a fluidez ofensiva que o nosso ataque precisa mas compensou com um enorme trabalho defensivo, Saviola e Cardozo muito sozinhos na luta com defesa sadina mas conseguiam com isso prender os centrais e ganhar espaço para as arrancadas dos extremos argentinos. Jara entra e marca e continua a subir de rendimento e adaptação, Martins com uma entrada mais positiva que as últimas conseguiu pautar o jogo da equipa nos minutos finais.

Parece que a moda agora é darem-nos minutos de descanso para depois as arbitragens ficarem estúpidas na segunda parte. Mas que falta existiu no golo anulado a Javi Garcia? Amarelo a Cardozo porquê? Por levar um calduço? Carlos Martins é placado e nada? Enfim... mais do mesmo.

Vencemos um jogo muito complicado e continuamos na luta. Com honra, dignidade, justiça e empenho. E assim é porque somos o Sport Lisboa e Benfica.

PS: E o bigodinho do Henrique? Muito bom...

quarta-feira, fevereiro 02, 2011

OLÉ..

FC Porto - SL Benfica: 0-2

Sem invenções, sem medos, com alma benfiquista e sem penaltys inventados não custa nada. Tão simples quanto isso.

Jogão enorme do Sport Lisboa e Benfica no antro da corrupção não dando a mínima hipótese a um adversário que mostrou claramente todas as suas fragilidades que apenas arbitragens manhosas permitem mantê-lo no lugar que ocupa neste momento no campeonato nacional. Jesus não inventou e colocou os jogadores nas suas posições surpreendendo apenas com a colocação do mal amado Peixoto no lugar de Aimar e, diga-se, ganhou totalmente a aposta pois Peixoto, apesar de aos 5 minutos parecer que vai rebentar de cansaço, fez uma exibição fantástica. Claro que começar com um golo cedo ajuda mas nem antes nem depois o adversário fez algo que pudesse assustar sequer a nossa baliza. Um remate do patético para grande defesa de Júlio César e nada mais. A única jogada de golo que tiveram resulta de um claro fora de jogo de Varela que a Sporttv resolveu presentear com as suas magníficas linhas virtuais tortas. Coentrão e Javi marcaram e todos juntos a festejar com os bravos benfiquistas que calaram a pocilga foi uma imagem excelente.

Na segunda parte o jogo não trouxe novidades até que Paulo Baptista, provavelmente a temer o pior, resolveu equilibrar o jogo expulsando Coentrão num lance sem qualquer motivo para amarelo (nem sequer o primeiro) e desse modo tentar que o clube corrupto conseguisse, pelo menos, reduzir a vantagem do Campeão. Mas um jogo enorme dos nossos campeões, de uma união inexcedível impediu qualquer tentativa dos corruptos e, inclusivé, Cardozo falha o terceiro que, acredito, mataria a eliminatória. Espero que tenham aprendido a lição, eles não valem nada, eles não metem medo a ninguém, eles são bolas de golfe, pedradas e árbitros, de resto, nada. Patéticos como aquela que dizem ser a sua figura de proa e que alguns cometem a heresia de o considerar o melhor jogador do campeonato o que com jogadores como Aimar e Saviola não pode ser sinal de grande sanidade mental...

Jogão enorme de Gaitan e Peixoto, dois jogadores que muito teriam dúvidas que tivessem personalidade para um jogo destes, mas tiveram e estiveram muito bem. Toda a linha defensiva esteve perfeita com Júlio César a defender o único remate que passou mostrando ao treinador e aos benfiquistas que não será pela saída de David Luiz que a equipa cairá, Javi muito bem; já Sálvio menos em jogo, não conseguiu libertar-se da marcação como é costume mas a sua velocidade manteve sempre os adversários atentos sem grandes liberdades; Saviola e Cardozo muito, mas mesmo muito, batalhadores e que pena Tacuara não ter feito mais um golo ao serviço do Glorioso naquele remate que Heltón tão bem defendeu.

Não me apetecia criticar um árbitro que, apesar de alguns erros, teve a coragem de, no covil corrupto, amarelar, por simulação, Hulk e James ainda mais com este último dentro da área mas após a patética expulsão de Coentrão não posso ficar calado. Então o Bellushi dá uma cotovelada ao Javi e nada, dá outra a Coentrão e nada, Hulk pisa Coentrão e nada e dá amarelo a Coentrão por duas faltas sem qualquer maldade, faltas normalíssimas??? Palhaço. Tiveste medo de um massacre quando o Aimar entrasse com o resultado em 0-2 não foi?

Estamos em vantagem no intervalo da eliminatória, uma vantagem muito boa que nem quero pensar sequer em perdê-la mas não podemos pensar no Jamor, ainda falta um jogo, um importante, decisivo e difícil jogo antes da ansiada final. Com esta concentração e com esta atitude, estando a qualidade toda lá, acredito que não deixaremos de dizer presente na festa da Taça.

E vamos ver o que isto representa para o campeonato...

Mais uma...

No dia de hoje deveriamos estar a falar de futebol mas infelizmente por este país move-se um "clube" que através de tráfico de influencias, manobras de bastidores, "ajudas" a árbitros, etc.
Recentemente o Sporting quis contratar o jogador Kleber, emprestado pelo At. Mineiro ao Maritimo.
O presidente do clube brasileiro veio a publico dizer que recusou porque a proposta dos lagartos era ridicula. Isto porque o tal "clube" que referi em cima tinha oferecido mais.


Parabéns ao Maritimo que perdeu o medo que 98% dos clubes em Portugal têm desses CORRUPOS e veio a publico divulgar as duas ofertas. Se o dito "clube" ofereceu mais como iria ser pago o resto do dinheiro? Fruta? Café com Leite? Fica a dúvida...

É por isso que AMO O BENFICA e peço hoje: RAÇA, QUERER E AMBIÇÃO.

PS. Já para não falar no facto de o "clube" nem ter falado com o Maritimo, que tem direito de preferência sobre o jogador e de o Sporting o ter feito.

Carrega Benfica!!!

David Luiz faz parte do passado. O presente do Sport Lisboa e Benfica passa agora por Luisão, Sidnei, Jardel e Roderick em quem confio totalmente. E o presente do Glorioso passa pelo importantíssimo jogo de logo à noite no covil da corrupção para a primeira mão das meias finais da Taça de Portugal. Logo joga-se mais que uma qualificação, logo joga-se o resto da época onde uma exibição convincente do campeão nacional colocará uma pressão extrema em cima do clube corrupto que aliado às paupérrimas exibições que tem tido nos últimos jogos, safos apenas por decisões arbitrais polémicas, pode influenciar em muito o resto da temporada. Claro que no reverso da medalha teremos, no caso de uma exibição igual à última, o deitar a toalha ao chão no que ao coampeonato diz respeito pois a moral que sair deste jogo será determinante para as futuras prestações das equipas.

Ganhar ou perder faz parte do futebol, podemos ganhar jogando mal, podemos perder jogando bem, mas uma grande exibição, com garra, com dinâmica, com qualidade dirá muito mais do que o resultado que se obtiver. Uma exibição à Benfica demonstrará que estamos cá até ao fim e que ao mínimo percalço não perdoaremos. Hoje temos que ser Benfica que depois o Estádio da Luz fará o resto.