blog

segunda-feira, março 25, 2013

Qual o verdadeiro Jorge Jesus?


Quando acabar esta temporada Jorge Jesus terá completado quatro anos como treinador do  Glorioso, algo que não me recordo de ver em outro ocupante de tal honroso cargo. E quando esses quatro anos acabarem, a dúvida sobre o que é ou o que vale Jorge Jesus como treinador será enorme. E tudo por culpa dele.

É impossível fugir ao tema da renovação de contrato com Jorge Jesus. Todos falam e todos comentam o assunto. Se dependesse da vontade da maioria Vieira já teria mesmo renovado por mais alguns bons anos com o "Catedrático" mas, infelizmente, na minha opinião, a maioria dessas opiniões sobre a necessidade da renovação centram-se em argumentos errados: ou mais ninguém é capaz de fazer o que Jesus fez no SLB; ou vai para um rival; ou porque nos deu muito dinheiro a ganhar e practica um futebol espectacular. Resumidamente são estes três os principais argumentos de quem defende a manutenção de Jorge Jesus como treinador do SLB. Nenhum deles foca aquilo que devia ser fundamental para um treinador se manter em funções ao serviço do Maior Clube do Mundo: Vencer. Jorge Jesus chegou e venceu, com um futebol muito agradável provou que a história do "é preciso tempo" é um mito quando existe qualidade. O problema veio depois, com duas épocas demasiado más para se esquecer, com demasiados erros que se possam ignorar numa avaliação. O tal futebol espectáculo oscilava entre o 80 em que arrasava as equipas menores e o 8 em que era incapaz de vencer adversários com um pouco mais de qualidade. Oportunidades históricas de títulos foram desperdiçadas por erros que víamos cometer jogo após jogo, jornada após jornada, eliminatória após eliminatória. E, igualmente impossível de esquecer, o tal encontro com Pinto da Costa que obrigou Vieira a abrir os cordões à bolsa e tornar Jorge Jesus no mais bem pago treinador em Portugal e da história do SL Benfica.

E eis que chegamos a esta época que tem tudo para ser histórica: Líderes do campeonato com 4 pontos de avanço, a meio caminho do Jamor para uma final da Taça de Portugal contra o Vitória de Guimarães ou o Belenenses e uma campanha muito interessante na Liga Europa que faz acreditar na possibilidade de Amsterdão ser uma realidade. Tudo isto acompanhado por exibições muito sóbrias da equipa, que demonstra saber controlar os tempos do jogo, que quando em vantagem controla e gere o tempo e esforço e não vai em correrias doidas à procura de uma goleada desnecessária (e muitas acabam por acontecer fruto da excelente qualidade do plantel). Jorge Jesus conseguiu adaptar o plantel às carência com que se viu confrontado no início da época e tem adaptado a táctica da equipa ao valor do adversário, optando por introduzir mais um jogador no meio abdicando da dupla de atacantes. Jogadores a despontar com enorme qualidade, gestão e rotação acertada do plantel tornando a equipa forte nas competições que dispôe. Ainda não ganhou nada é verdade, até, infelizmente, já perdeu a Taça da Liga mas, se esta fosse a primeira época de Jorge Jesus, não haveria qualquer dúvida sobre a opinião a ter sobre o treinador.

Mas é a quarta época. Uma época que pode ser de luxo como de depressão, igual às duas anteriores e é impossível não olhar para o passado quando se pondera o futuro. Os erros serviram de lição? As teimosias deixaram de influenciar as tácticas? Não há treinadores perfeitos, todos cometem erros, mesmo esta época, apesar de até ao momento, o saldo ser positivo Jorge Jesus tem cometido erros que quando olhamos para as épocas passadas tornam-se erros preocupantes mas, verdade seja dita, notamos claras melhorias. Muito do que tenho criticado Jorge Jesus de não fazer, esta época ele tem feito e os resultados, positivos, estão à vista. Mas ainda não vencemos nada. E isso é o fundamental para analisar o trabalho do treinador do Sport Lisboa e Benfica. E para "ajudar" admito que tenho uma enorme falta de confiança em relação a Jorge Jesus e isso complica muito qualquer análise sobre o seu futuro e é, talvez, a principal razão para, neste momento, não ser capaz de defender a sua renovação. Não me esqueço do tal encontro com Pinto da Costa, da novela dos prémios, da táctica no Dragão e nos sistemáticos elogios à quadrilha corrupta. Tudo isto aliado à deprimente prestação desportiva das duas épocas anteriores impede-me de defender a sua renovação. 

Por isso a minha dúvida: Qual é o verdadeiro Jorge Jesus? Este que aprendeu com os erros e percebeu qual o caminho a seguir para elevar as possibilidades de sucesso ou o outro com opções tácticas estranhas que custaram muitos pontos e que agora à beira do final do contrato resolve mudar um pouco para garantir a renovação?

Que a época acabe e que os tão desejados títulos conquistados ajudem a decidir sobre o futuro do treinador tendo sempre a certeza que aconteça o que acontecer o Glorioso Sport Lisboa e Benfica continua.

63 comentários:

Anónimo disse...

Penso que a análise também deve ser feita tendo em conta as eventuais alternativas!Que alternativas melhores existem pelo mesmo custo?

Anónimo disse...

e, os erros de proenças e afins?
se o SLB ganhar o campeonato este ano é BICAMPEÃO NACIONAL.
o titu.lo anterior era nosso, se não o tivessem roubado.
e, nem quero falar do anterior....

Pedro disse...

Os erros de Proença e afins já foram debatidos. Para analisar o trabalho do treinador tenho que analisar APENAS o trabalho do treinador. Sim, fomos roubados e se não o fossemos eramos campeões, da mesma forma que apesar dos Proenças se Jesus não erra teríamos sido campeões. Por isso, neste tema, só interessa falar de JJ.

Não é relevante falar de alternativas neste momento, elas existem como sempre existiram para qqr outro clube que mude de treinador. O importante é saber se JJ garante títulos ou não. Se é elemento que possibilite esses títulos ou se pelo contrário os afasta? Isso é que tem de estar em análise. Manter um treinador de fracasso pq não se arranja melhor é algo que me perturba.

Anónimo disse...

vou utilizar uma expressão popular:
que mal, fizemos nós (SLB) a Deus?

é que o problema (vou chamar ROUBOS para facilitar), é tranversal a todo o Clube.
em todas as modalidades e todos os escalões das mesmas, "enganos ou erros" 90% são contra nós.
será só inveja?

Anónimo disse...

Amigo, chamas duas épocas demasiado más a duas temporadas em que ficámos em segundo lugar no campeonato, ganhámos duas taças da liga e fomos aos quartos de final da Champions (perdemos com o campeão da Europa) e às meias finais da Liga Europa. Nos quatro anos anteriores a JJ ficámos 3 vezes em 3º lugar no campeonato e uma em 4º. Nesses 4 anos, fomos uma vez aos quartos de final da Champions (também perdemos com o campeão da Europa, por acaso) e uma vez aos quartos de final da Liga Europa. E ganhámos uma taça da Liga. Eu concordo contigo que nessas épocas o JJ podia e devia ter feito melhor. Mas não tenhamos dúvidas: o demasiado mau do JJ é muito, mas muito melhor do que o que tínhamos antes. Para mim, a resposta à tua pergunta é óbvia: JJ é muito melhor treinador hoje do que quando chegou, é o melhor treinador que o Benfica teve desde Eriksson, e não há nenhum melhor disponível para nós. Por mim ficava durante muito tempo.

Anónimo disse...

Jorge Jesus não ficará no Benfica porque a sua saída para o FCP estará apalavrada por interpostas pessoas que se puseram no terreno. JJ só ficará se LFV cometer outra loucura e oferecer o insustentável nos tempo que correm. Mas JJ já percebeu que o presidente não está para aí virado. Inclusivamente, vários elementos da quipa técnica não deverão acompanhar o treinador principal por ir parao FCP. As alternativas que se perfilam serão Rui Vitória, que prefiro, e José Peseiro.

Pedro disse...

Duas temporadas em que perdemos o campeonato com erros claros do treinadores onde fomos impotentes para impedir que festejassem na nossa casa, que levamos 5-0 no Dragão à conta de uma táctica q NENHUM defensor de JJ consegue explicar, que deixamos escapar uma ida ao Jamor em plena Luz, em mais uma valente humilhação, mesmo depois de estarmos em vantagem, em que somos eliminados por um Braga nas meias da Liga Europa, etc etc. É curioso que os teus elogios a JJ mostram o pq das minhas dúvidas: não vence. É o quase. O ficar em segundo leva tantos ao Marquês como os terceiros e quartos antes dele. E nenhum teve as condições q ele teve. Nenhum teve tanto dinheiro para investir, nenhum teve vantagem pontual sobre um Vitinho. Antes dele tb fomos roubados, que o diga Quique Flores e antes dele Santos chega à ultima jornada com possibilidades matemáticas de ser campeão, coisa q com JJ nunca aconteceu.

Portanto, se por algum motivo, JJ não ficar o SLB acaba? Em mais de 100 anos de história JJ ganha um lugar incrivel na história do clube apesar de não ser um vencedor. Obviamente que não aceito.

Morgado disse...

Acho que ele chegou e ganhou um campeonato logo na primeira época a dar cartas...
E depois disso achou que era o maior... e correu tudo mal. Creio que aprendeu com os erros. Passou a saber rodar a equipa, passou a saber ser humilde e a passar essa mensagem (agrede aos adeptos, diz que até agora a única coisa que ganhamos foi o respeito dos adversários, etc...). Acho que merece ganhar o campeonato e assim continuar por lá mais uns anos...

Só me custa saber logo à partida que é incapaz de ganhar um jogo ao Porto... dasssss.

Anónimo disse...

Quem é que disse que o SLB acaba se ele sair? Pensei que estávamos a falar a sério, e não a desconversar. O que eu disse é que o JJ é o melhor treinador que temos desde o Eriksson. Penso que os múmeros são claros nesse aspecto. Também disse que está muito melhor agora do que quando veio. Parece-me evidente. Posso acrescentar que a capacidade dele para potenciar jogadores me parece rara. Coentrão tinha sido devolvido pelo clube espanhol a que tinha sido emprestado. Di Maria era suplente de Reyes. Cardozo era suplente de Suazo. Hoje, são o que são. No início desta época, quando perdemos Witsel e Garcia, ouvi muita gente dizer: acabou-se, já fomos. Estamos em primeiro com 4 pontos de avanço, nos quartos da Liga Europa e com um pé na final da Taça. Não renovar com JJ seria um erro histórico quase tão grave como deixar sair o Mourinho (o Benfica também não acabou nessa altura, recordo. Limitou-se a ver o Porto sagrar-se bi-campeão, vencedor da UEFA e campeão da Europa. Mas não acabou). Já percebi que os argumentos dos defensores do JJ não te convencem. Mas eu também gostava de saber os teus argumentos para não renovar com o melhor treinador dos últimos 20 anos, que segue em primeiro lugar com 4 pontos de avanço apesar de ter perdido Witsel, Garcia, e Luisão e Aimar durante grande parte da época. E, como a cadeira não pode ficar vaga, quem melhor do que ele é que sugeres que vá para lá. Sim, sim, isso é importante. Mudar para pior é estúpido.

Anónimo disse...

Incapaz de ganhar um jogo ao Porto? Tirando aquele 1-0 na Luz, golo de Saviola. E aqueles 2-0 nas Antas, Coentrão e Javi. E aqueles 3-0 no Algarve, Amorim, Martins e Cardozo...

TaKuara disse...

Encontro de Jesus com Pinto da Costa?
Desculpa que te diga, mas andas a ler muitos jornais...
Não acredites em tudo o que lá vem escrito.

"Deprimente prestação desportiva" foi ficar em 6º lugar.
Eu quero ser campeão todos os anos. E estamos mais perto de o ser com Jesus do que o Koemans, Quiques, Camachos, Jupp Heycnes, etc etc...

Quem não consegue ver isso, percebe pouco ou nada de futebol.

Só uma achega, os resultados que Jesus fez na Europa, colocam-nos neste momento no 7º lugar ro ranking da Uefa, a um pequeno passo de passar o Inter no 6º lugar.
Sabes há quantos anos não conseguíamos estar sequer perto desse lugar?
Não, o Jesus é mau, fala mal, tem a 4ª classe, é sportinguista.
Quando ele sair aí é que vão ver a diferença.

TaKuara disse...

MOrgado

Com Jesus ganhaste 4 vezes ao FCP, perdeste 6 (e os jogos da Luz da taça de Portugal, e o 2-3 do ano passado foram o que foram), empataste duas.

Anónimo disse...

Há pessoas ignorantes que nunca aprendem.. mas é como se diz, só se dá valor às coisas ou às pessoas quando já não as têm.

Ganhando ou perdendo, JJ é o melhor treinador que EU JÁ VI o Benfica ter.

JF

Pedro disse...

Os meus argumentos são óbvios: ele não vence. Simples. Apesar de ter os melhores planteis da história do SLB, apesar de ter a maior disponibilidade financeira da história do SLB para aquisições não vence. Perde. Tudo se resume a isso: perde. Com erros próprios. De que vale andar a 250 kms hora 90% da corrida se depois nos 10% finais falha curvas e ultrapassagens saindo pista fora?

O que é isso do melhor treinador dos últimos 20 anos? Representa títulos para o SLB? Não. É esse o meu argumento. É o melhor dos últimos 20 anos? Ok. Não vence temos q ir à procura de melhor.

É melhor treinador agora do que quando chegou? É essa a minha grande dúvida. Será mesmo? Qual o verdadeiro JJ, este que actualmente temos ou aquele q mete David Luiz a lateral no Dragão e não vence um jogo decisivo? Por isso é preciso que ele vença. Para equilibrar a balança.

Mudar para pior é estupido. E para melhor? Se tu soubesses o que eu ouvi quando defendi a contratação de JJ ainda antes de Quique vir para o SLB..

" Posso acrescentar que a capacidade dele para potenciar jogadores me parece rara. "

Isso é um grande mito mas não o vou discutir. Tirando Coentrão que tem, claramente, mão de JJ, todos os outros já eram ENORMES jogadores. E foi por isso que custaram muito dinheiro e saíram por ainda mais dinheiro.

"Não, o Jesus é mau, fala mal, tem a 4ª classe, é sportinguista."

Em que parte do que eu digo faço referência a isso????

Estás mesmo a negar as imagens das TV's que mostraram esse encontro de JJ com PInto da Costa inclusivê admitido por ele em várias entrevistas? E estás a negar o aumento salarial que ele teve do primeiro para o segundo ano?

""Deprimente prestação desportiva" foi ficar em 6º lugar. "

É verdade, tb foi. Mas a segunda época de Jesus bateu tudo. Pelo menos para mim e é isso q conta. Nunca hei-de esquecer a humilhação que foi ser eliminado da Taça de Portugal daquela forma. Nunca hei-de esquecer a forma como os jogadores não tinham força anímica para eliminar o Braga nas meias finais da Liga Europa e nunca hei-de esquecer a forma como nos deixamos vergar e vê-los festejar na nossa cara a conquista de um titulo. Já viste q não falo da tareia no Dragão mas sim da táctica utilizada? Já viste como o resultado pouca mossa me dá em comparação com a postura táctica e declarações de JJ? Tareias acontecem de vez em qd. É futebol.

"colocam-nos neste momento no 7º lugar ro ranking da Uefa"

E????

"Quando ele sair aí é que vão ver a diferença."

O que vai acontecer? O porto é bicampeão? Faz a festa na Luz? Vence trofeus europeus? Somos eliminados das taças? Ficamos em segundo e terceiro?

Como já disse noutros sítios, o pessoal defende JJ com base na esperança, eu critico JJ com base em factos. E esses factos impedem-me de ter a confiança que vocês depositam nele e, sinceramente, é perturbante achar que não há mais ninguém capaz de levar o SLB ao sucesso. Estamos a falar de um treinador que só agora chegou ao topo e só têm um titulo no curriculo para mostrar. Os factos não suportam a vossa crença. Simplesmente isso.

Se ele este ano tiver sucesso, e por sucesso falo mais do que ser campeão nacional, em 4 anos teremos alguns titulos para mencionar e analisar. Resta saber se é fogo de vista ou sinal que aprendeu com os erros.

João Bizarro disse...

"Ganhando ou perdendo, JJ é o melhor treinador que EU JÁ VI o Benfica ter."

Isto diz tudo da nova mentalidade benfiquista.

NM disse...

Mais do que a questão da renovação ou não de Jesus temos de refectir o que nestes 4 anos mudou no futebol do Benfica e se Jesus é ou não importante para o futuro do clube isto muito mais que ganhar este ano o titulo.
Não sou um defensor mor de Jesus aliás irrita-me particularmente, não gosto do estilo e diga-se preferia outro tipo de treinador. Mas há uma coisa que tenho é memoria e olhos na cara para ver o trabalho de Jesus á frente do Glorioso. Como estava o Benfca antes de Jorge Jesus já se esqueceram? Pois é eramos o 3º clube nacional no Futebol depois do titulo milagroso com Trap. (num ano normal nunca eramos campeões os Corruptos perderam 19 pontos em casa, nunca tinha acontecido), ficamos 3 vezes em 3º lugar e 1 vez em 4º. Nesses anos apenas com Fernando Santos lutamos realmente pelo titulo nos outros sempre diferenças de mais de 10 pontos, na Europa tirando a Champions de Koeman era proeza chegar aos oitavos de final e qualquer Espanhol, Getafe, Mettalist, Olimpiakos nos ganhava e eliminava, na Taça qualquer Leixões, ou Varzim era o fim e na unica vez que tivemos perto da final em 25 minutos sofremos 5 golos a ganhar no WC por 2-0, nos jogadores eramos um cemitério de promessas pois sem ser Simão não valorizavamos ninguém, não vendiamos ninguém por mais de 8, 9 milhões e já cá tinhamos o Di Maria, o David Luiz, o Aimar, etc, o futebol praticado era ridiculo qualquer equipa vinha á Luz jogar o seu futebol calmamente e punhamos muitos dificuldades. Era assim que o Benfica estava em 2009 lembram-se?
Vejam o que é agora parecido não é?
Foi esse o grande trabalho de Jesus virar complectamente o futebol do Benfica pondo o Benfica forte e realmente candidato ao Titulo e grande adversário dos Corruptos. Nos ultimos 3 anos Jesus foi vitima das grandes expectitivas que ele proprio criou. Se há 4/5 anos nos dissesem que acabariamos em 2º facilmente, iamos ás meias-finais do Liga Europa e ás meias-finais do taça ainda ganhando a Taça da Liga todos mas mesmo todos até não achariamos mal tendo em atenção o passado recente mas com o que Jesus criou logo no seu 1º ano á obvio que uma desilusão muito grande. Foi isto que Jesus criou deu a volta 180 graus no futebol do Benfica.
Agora o debate é saber se será o homem certo para dar novo impulso e realmente conseguir dominar o futebol Português? e isso tenho muitas dúvidas. Jesus é um grande treinador de campo, de treino, tactico (podem gozar mas é verdade) que tira o melhor de cada jogador, que consegue valorizar os jogadores que tem, mas talvez pela sua cultura tipo provinciana não me parece com estaleca para gerir da melhor maneira um grupo de trabalho de elite lutando por todas as competições. Sejamos claros nos ultimos 2 anos com um treinador de categoria muito superior tinhamos sido no ano passado Campeões (mesmo roubados como fomos) e há 2 anos ganho a taça e possivelmente a Liga Europa. Jesus esgotou complectamente a equipa em Março/Abril/Maio com tudo em aberto devido uma uma gestão impropria. Isso é recorrente nele e sinceramente pela sua personalidade e idade não o vejo que possa mudar muito. Este ano está muito melhor veremos até ao fim (acredito que sim vamos ganhar tudo) mas será ele a pessoa certa para dar-mos o salto conseguindo definitivamente o dominio do Futebol Português? Essa é a grande questão que devemos pôr.
A verdade é que tenho muitas duvidas mas por outro lado quando vejo que alternativas temos para dar esse salto em relação a Jesus fico muito mais assustado. Em Portugal nenhum treinador é melhor que Jesus, todos ficam a leguas de distancia, no estrangeiro há muito melhor mas isso amigos não são para nós, só poderiamos ficar que tipo Quique/Camacho/Koeman pois os outros são inantingiveis. Esse é o dilema.
Assim substituir o certo pelo incerto e possivelmente regredir mais 5 ou 6 anos voltando ao tempo pré-Jesus não obrigado. Por isso mesmo Vieira está refem de Jesus e é obvio que vai renovar com ele e mesmo não gostando muito dele eu neste momento faria o mesmo sem hesitações

Anónimo disse...

"Os meus argumentos são óbvios: ele não vence."

Vence, vence. Foi campeão, que é uma coisa de que só duas pessoas, nos últimos largos anos, se podem gabar no Benfica. E está em primeiro com 4 pontos de avanço. Se for campeão, já mudas completamente de opinião? Ou insistes que se deve despedir o treinador campeão?

"Apesar de ter os melhores planteis da história do SLB"

A sério? Os melhores da história? Ena! Melhores que os do Eusébio, Coluna, Simões, Águas? A sério? Quantos campeões da Europa temos no actual plantel? Quem é o Bola de Ouro? Melhores que os de Chalana, Carlos Manuel, Nené, Humberto? A sério? Quantos internacionais portugueses temos? Melhores que os de Valdo, Mozer, Ricardo? A sério? Quantos titulares da selecção brasileira temos? Melhores que o da final da taça em que demos 5-2 ao Boavista? Qual é o nosso jogador de hoje melhor que o Rui Costa? Qual é melhor que Futre? Melgarejo superior a Schwarz, talvez? Temos um bom plantel. Também por culpa de JJ. Mas está muito longe de ser o melhor da história do SLB.

"O que é isso do melhor treinador dos últimos 20 anos?"

É exactamente isso. Quer dizer que estamos muito mais perto de ganhar do que antes. E que não se ouve a sugestão de um único nome melhor, nem da parte dos críticos. Significativo. Só há uma coisa mais estúpida do que manter um mau treinador. É mudar para um pior.

"Não vence temos q ir à procura de melhor."

Onde? Em Portugal ou no estrangeiro? Qual é?

"É melhor treinador agora do que quando chegou?"

Sim, é. Tu próprio o admites. E ele ainda não venceu este ano. Mas tu mesmo dizes: "Qual o verdadeiro JJ? Este que aprendeu com os erros e percebeu qual o caminho a seguir para elevar as possibilidades de sucesso ou o outro com opções tácticas estranhas que custaram muitos pontos e que agora à beira do final do contrato resolve mudar um pouco para garantir a renovação?"

Qual é a hipótese que te parece mais provável? Aprendeu com os erros ou está só a fingir que é melhor treinador para renovar o contrato e depois volta a ser pior só para chatear e porque gosta de perder?

"Mudar para pior é estupido. E para melhor? Se tu soubesses o que eu ouvi quando defendi a contratação de JJ ainda antes de Quique vir para o SLB."

Bravo! Querias mudar para melhor e sueriste um nome melhor. Faz o mesmo agora! Não se percebe porque é que não o fazes. Do vasto leque de treinadores melhores que o JJ ao alcance do Benfica, sugere um!

" Posso acrescentar que a capacidade dele para potenciar jogadores me parece rara. "

"Isso é um grande mito mas não o vou discutir. Tirando Coentrão que tem, claramente, mão de JJ, todos os outros já eram ENORMES jogadores. E foi por isso que custaram muito dinheiro e saíram por ainda mais dinheiro."

Pois é. Todos os jogadores que custam muito dinheiro são ENORMES. Já me esquecia. E todos os que chegam por muito dinheiro saem por ainda mais dinheiro. Antes do JJ, a gente fartava-se de vender jogadores por 30 e 40 milhões. Erro meu.

Anónimo disse...

O melhor treinador do Benfica dos últimos 20 anos chama-se G.Trapattoni. Compare-se a qualidade do plantel e os resultados.

Jesus deve renovar se for campeão

O melhor de JJ é :

O modelo de jogo de futebol ofensivo

Capacidade para potenciar jogadores, que se tornam mais valias financeiras para o clube, os adeptos não festejam os sucessos do director financeiro, preferem títulos. São uns ingratos...

Recuperação de uma certa dimensão europeia do clube, atingindo, sempre, pelo menos os quartos de final.

O regresso de mts adeptos à Luz.

Aproximação e luta ao FCP,mas não chega fazer cócegas, é preciso estilhaçar, desportivamente, este rival, algo que ele faz com o Benfica há longos anos.

O pior de JJ é :

Incapacidade de gerir o plantel e o jogo, apesar das melhorias nesta temporada, a equipa continua a não saber repousar com bola.

Mts invenções, com perda de jogos e títulos.

Contratações falhadas e dispensas absurdas(Airton e Amorim davam bastante jeito para agora).

Teimosia em insistir no mesmo sistema táctico, mesmo quando não tem jogadores para tal ou há cansaço físico no plantel.

Demora em encontrar alternativa ao seu modelo preferido.

Falhar, quase sempre, nos momentos decisivos.

Incapacidade de aprender com os seus erros. Melhorou, mas ainda assim...

Fanfarronice e disparates.

Para acabar esta parte, diria que Jesus corre o risco de se transformar no Wenger do clube e o Benfica no Arsenal, futebol bonito e títulos escassos. Comparar Jesus com Eriksson, como mts vezes vejo, é ofensivo para o sueco, que em 4 anos venceu 3 campeonatos e chegou a 2 finais europeias.

Alternativas ao palestrante, gostaria de ver o treinador do Dortmund no Benfica ou então o P. Fonseca, embora ache que, se não ganhar este ano, o clube tem pouca margem para apostar em gente jovem e este é um problema grave.

O futebol apresentado este ano parece estar sempre no fio da navalha e perto do abismo. Estou sempre à espera do passo em frente...

O Benfica precisa de títulos, de reaprender a ganhar, a não ter medo de ser um clube vencedor. Não basta boa nota artística. Não chega, é curto

p.s. Lá se foi a taça no basquetebol, atropelados pelo Guimarães, e o técnico de futsal despedido sem nada estar perdido, apesar de um Sporting bastante melhor.

A.P.

TaKuara disse...

"Apesar de ter os melhores planteis da história do SLB"

Ou tens 15 anos ou tens memória selectiva. Eu vi o Benfica com ALdair, Ricardo Gomes, VAldo, Thern, Paneira, Mozer, Veloso, Kulkov, João Vieira Pinto, Rui Costa, Paulo Sousa, Isaias, Rui Águas, Futre, Magnusson, etc etc
Esses sim foram os melhores planteis do Benfica dos ultimos anos.

Falas bem das arbitragens vergonhosas de que fomos vitimas. Mas depois já dizes que ele perde, perde tudo. Nestes anos que passaram foram tantos, mas tantos lances em que nos tiraram campeonatos. Mas tu não vês isso. Só é bom falar quando calha.

"Nunca hei-de esquecer a humilhação que foi ser eliminado da Taça de Portugal daquela forma"

Com o golo fora-de-jogo do Hulk

"colocam-nos neste momento no 7º lugar ro ranking da Uefa"

É a diferença entre apanhar um Barcelona ou Man United do pote 1 da Champions a apanhar um Shaktar ou outro clube qualquer do pote2.

"Isso é um grande mito mas não o vou discutir. Tirando Coentrão que tem, claramente, mão de JJ, todos os outros já eram ENORMES jogadores. E foi por isso que custaram muito dinheiro e saíram por ainda mais dinheiro. "

Di Maria era assobiado, andou duas épocas perdido no Benfica. Foi Jesus que o potenciou e o fez explodir.
David Luiz. Jogava a defesa-esquerdo, quando chegou era quinta ou sexta opção para central (ainda me lembro que se estreou a central a custo, quando até tivemos de pôr o katsouranis adaptado nessa posição). Foi Jesus que fez dele um central de eleição.
Foi ele que desencantou Melgarejo, foi ele que fez de um jogador dispensado pelo Chelsea o jogador que é agora.
Foi ele que tirou o Cardozo do banco, onde Quique o tinha metido, dando-lhe uma posição importantíssima no Benfica.
Foi ele que fez de Javi Garcia o jogador que é agora, o próprio espanhol admitiu isso.
Fez de Jardel um bom central, que entra no 11 e calmamente faz o lugar.

Milhões? Tanto jogador que custou milhões e não renderam nada. Se o preço implicasse qualidade, tínhamos no onze titular o Sidnei e o BAlboa, O Sporting jogava com o Pongolle e o Elias, e no FCP o Kleber e o Walter também andavam por lá.

200M€ em vendas nos últimos 4 anos quer dizer alguma coisa.
Há uns anos mendigámos para vender o Simão. Hoje em dia dificilmente sai um jogador do 11 titular por menos de 20M€.
Estamos na presença de um dos melhores Benficas da história moderna, dos ultimos 20 anos é o melhor certamente.
Plantel é caro? É o preço da inflação. Lembro que Rui Costa saiu do Benfica pelo equivalente a 6M€, hoje em dia não saía por menos de 30M. É o preço da evoulução.

Garay, Rodrigo e Matic vieram envolvidos em transferências que Jesus capitalizou, Melgarejo e Jardel custaram 1M€, Artur veio á borla, Salvio GAitan e Ola John custaram aquilo que nos pagaram pelo Coentrão, um miúdo que andava por Saragoça a apanhar bubadeiras.
Cardozo, Luisão, MAxi já cá estavam, André Almeida e André Gomes vieram da formação.


Mas para alguns, está tudo mal. É mandar o homem embora, porque o que ele faz, qualquer um faz...

É preciso paciência...

Manuel Pablo disse...

Deprimente prestação desportiva nas duas últimas épocas? Então o que chamar às prestações anteriores ao JJ chegar? Com Quique levavas 5-1 do Olympiakos, com Suazo, Cardozo, Aimar, Reyes, Luisão, David Luiz, Katsouranis, etc no plantel.

És uma comédia tu realmente... Espero que o JJ continue, mas se ele saísse e desse merda eras dos primeiros gajos que eu vinha cobrar!

Queres tudo duma vez, de repente. Andámos na merda na ultima decada antes do JJ chegar e de repente somos muita fortes e connosco é só ganhar e o crl. Vais aos 4ºs das competições europeias desde q ele chegou. És a equipa com melhor ranking da taça uefa (que inclui o chelsea), e arriscas-te a ficar no pote 1 da champions po ano. Champions que antes do JJ chegar nem ias praticamente, e agora vais sempre.

És uma ganda comédia mesmo asério...

Alexandre Santos disse...

Por vezes penso: ainda bem que não são os sócios e adeptos a terem de decidir. Fica tão mais fácil criticar ou elogiar...

Pergunto: Se fosse hoje, qual era a escolha do Pedro? Porque isso de ficar à espera dos resultados é muito fácil. E um treinador deixa de prestar quando não consegue vencer títulos, mesmo que tenha estado na luta por eles até ao fim?

Vejo muita gente elogiar o Wenger e o Alex Ferguson, que assim é que é, belos exemplos de longevidade, mas ao fim de um ano querem correr com os treinadores assim que podem, porque não venceram títulos. Eu não digo que isso não seja importante, fundamental até, mas temos é de pensar se estamos mais próximos dos títulos com outro treinador, com este tipo de futebol e a lutar em várias frentes. É que há muito tempo que isto não acontecia...
Atenção, não considero o Jesus um poço de virtudes. Também tem defeitos e não são poucos. A teimosia e a sobranceria serão, porventura, os maiores. Mas tem sabido evoluir com o tempo. E agora que ele está no trilho certo é que o querem mandar embora???

Infelizmente, temos (sócios, adeptos, na sua maioria), tendência para valorizar mais o que foi mal feito do que o que houve de positivo.

Chamar «deprimente» à prestação das duas últimas épocas parece-me claramente ingrato. Não ganhámos nada, é certo, mas estivemos na luta, mantivemos o suspense n campeoanto, chegámos a uma meia-final da Liga Europa e aos 1/4 da 'Champions', onde perdemos com os campeões europeus. Se isto é deprimente... o que dirão outros clubes com orçamentos muito maiores.

Sou franco. Aprendi a gostar do Jorge Jesus. Acho que ele tem evoluído com o passar do tempo nos vários campos. seja nas conferências de imprensa, como não vai atrás dos ataques pessoais, seja no campo. E acredito que com ele à frente ,estaremos muito mais perto, sempre, de continuar a lutar por todos os objetivos.

Saudações gloriosas!

Pedro disse...

Excelente comentário NM,

"num ano normal nunca eramos campeões os Corruptos perderam 19 pontos em casa, nunca tinha acontecido"
Se é essa a lógica então tb num ano normal nunca teríamos sido campeões, na última jornada, contra um Braga como o principal adversário. Não é por aí...

O resto é mais ou menos o que eu defendo. As dúvidas. Sobre o passado, se Quique não tivesse sido roubado no Dragão tinha os mesmos títulos que Jesus... tenho algumas reservas em relação ao passado mas, lá está, no passado não se venceu e por isso é que quem lá esteve já não está. Jesus não é superior a isso.

Pedro disse...

"Se for campeão, já mudas completamente de opinião? Ou insistes que se deve despedir o treinador campeão? "

Se for campeão logo se vê. Esperemos ter essa saudável discussão. Neste momento o passado recente fala mais alto. Eu mudo de opinião se ele depois de ser campeão manter a bitola vencedora e não nos voltar a dar uma época como nos deu no seu segundo ano.

" Os melhores da história?"

Sim. Nunca o SLB teve tanta disponibilidade financeira e nunca teve a possibilidade de juntar jogadores como Artur, Maxi, Luisão, Garay, Matic, Enzo, Martins, Aimar, Gaitan, Ola, Sálvio, Cardozo, Lima, Rodrigo e ainda com Kardec, Melga, Jardel, os Andrés, Urreta, sem contar com Nolito e Bruno César. Em anos anteriores tinhamos Witsel, Coentrão, Ramires, Di Maria, Javi, etc etc...sim os melhores planteis. Não tens titulares da selecção brasileira pq vendeste dois que estiveram aos comandos de JJ (Ramires e DL) e não tens outro pq Scolari é burro (Luisão) mas isso dos internacionais para mim é uma não discussão.

"Quer dizer que estamos muito mais perto de ganhar do que antes."

Estamos como estavamos o ano passado com 5 pts de avanço. No final o que aconteceu?

"Só há uma coisa mais estúpida do que manter um mau treinador. É mudar para um pior."

Como sabes que é pior? Nunca mais o SLB irá ter um treinador melhor que JJ? Quando ele acabar a carreira o SLB fecha as portas? Que curriculo tem JJ para suportar isso?? A sério? Impressionante como se despreza o titulo conquistado por Trapp que só em sonhos JJ terá curriculo igual mas valoriza-se tanto o que JJ conquistou pq..apetece...dá jeito.

"Sim, é. Tu próprio o admites"

Não admito nada. Senão não teria dúvidas.

"Qual é a hipótese que te parece mais provável? Aprendeu com os erros ou está só a fingir que é melhor treinador para renovar o contrato e depois volta a ser pior só para chatear e porque gosta de perder?"

Não vais gostar da minha resposta.

"Do vasto leque de treinadores melhores que o JJ ao alcance do Benfica, sugere um!"

Esse é mais um não argumento dos defensores de JJ. Desde quando para apontar os erros do nosso treinador tenho que ir buscar nomes para o substituir? Com quatro milhões de euros concerteza que se arranjará qqr coisa. Para ficar em segundo e vencer Taças da Liga qualquer Quique Flores faz igual...com a vantagem de ter no curriculo competições europeias. Não gosto de ir por aí. Há bons treinadores que estão a despontar, que estão a mostrar muito bom trabalho, tal como JJ antes de vir para o SLB e q muitos diziam não ter pedalada para um grande clube. Afinal, agora, é o melhor treinador que alguma vez podíamos ter segundo os mesmos.

"E todos os que chegam por muito dinheiro saem por ainda mais dinheiro"

Nem por isso. Éder Luiz, Jara, Kardec...todos escolhidos por Jesus e, enfim.

" Todos os jogadores que custam muito dinheiro são ENORMES"

Na teoria devia ser assim mas sabemos que não é. Não estou a discutir as capacidades de observação de JJ e de Vieira. Mas a probabilidade de um jogador que custa 8 milhões de euros ser um bom jogador é muito superior à probabilidade de um jogador que custou 2 milhões. Parece-me pacífico. É perfeitamente diferente ires ao mercado com um orçamento de 30 milhões do que com um orçamento de 5 milhões. Acho que isto não tem qqr discussão.

É isso Bizarro, é mesmo isso. E mais do que JJ ou Vieira, o que custa é os benfiquistas não perceberem isso.

Pedro disse...

" Se fosse hoje, qual era a escolha do Pedro?"

Claramente não renovar.

"E um treinador deixa de prestar quando não consegue vencer títulos, mesmo que tenha estado na luta por eles até ao fim?"

Se os perde por repetir erros que custam pontos e vitórias é evidente que "deixa de prestar".

Todos falam disto e daquilo mas de pontos que são perdidos por opções tácticas é que ninguem discute. Fica complicado, eu percebo.






Anónimo disse...

Não, porque se o Jesus não tivesse sido roubado no ano passado na Académica e em casa com o Porto tinha o dobro dos títulos do Quique. A não ser que o Jesus nunca tenha sido roubado...

Pedro disse...

"Di Maria era assobiado, andou duas épocas perdido no Benfica. Foi Jesus que o potenciou e o fez explodir."

Ainda recentemente a equipa foi toda assobiada. E? Gaitan tb é assobiado. E? Só burros (e há muitos) é que achavam q Di Maria não era um fenómeno da bola.

"David Luiz. Jogava a defesa-esquerdo, quando chegou era quinta ou sexta opção para central (ainda me lembro que se estreou a central a custo, quando até tivemos de pôr o katsouranis adaptado nessa posição). Foi Jesus que fez dele um central de eleição."

Ui..queres mesmo ir por aí. Queres mesmo contar as vezes que JJ o meteu a lateral esquerdo. E todos vimos o central q era quando teve a primeira oportunidade (Sim, se Luisão não se lesiona Santos tinha-o despachado).

"Foi ele que desencantou Melgarejo,"

E? Uma adaptação como tantos outros treinadores fazem. Não é e está longe de ser um fora de série.

" foi ele que fez de um jogador dispensado pelo Chelsea o jogador que é agora."

Foi ele ou foi a venda de Javi? É que ele já lá andava e eu era dos poucos que defendia q era bom jogador...

"Foi ele que tirou o Cardozo do banco, onde Quique o tinha metido, dando-lhe uma posição importantíssima no Benfica."

Pois...foi por isso que Quique foi a andar.

"Foi ele que fez de Javi Garcia o jogador que é agora, o próprio espanhol admitiu isso."

Sim. Tal como com Ola John. Fazer de jogadores que custaram mais de 7 milhões bons jogadores não me parece ser assim algo tão especial. Já o que fez de Coentrão, aí sim, excelente.

"Fez de Jardel um bom central, que entra no 11 e calmamente faz o lugar."

Olha que muitos discordam disso. Eu não, lá está, defendo Jardel practicamente desde o primeiro dia. Pq? Pq tem qualidade.

Takuara, não é por aí. A sério.

Anónimo disse...

Admites, admites. Então não dizes que este ano ele aprendeu com os seus erros? Até insinuas que está a fazer melhor de propósito para renovar e depois voltar a fazer pior porque gosta é de perder. Até prova em contrário (os ultimos 20 anos demontram isso) nao ha melhor treinador ao alcance do Benfica. Prova disso é que nem os mais criticos arriscam um só nome. Um só. A conversa do que tu ouviste quando quiseste o Jesus nao me interessa, porque eu tambem sempre quis o Jesus. Para o ano espero estar cá a dizer-te: "eh pa, sabes lá o que eu ouvi quando defendi a renovacao do Jesus. Agora é campeao e ja ninguem pia". Espero que seja ja daqui a 2 meses

Pedro disse...

"Não, porque se o Jesus não tivesse sido roubado no ano passado na Académica e em casa com o Porto tinha o dobro dos títulos do Quique. A não ser que o Jesus nunca tenha sido roubado..."

Certíssimo mas no SLB só se lembraram disso no final, durante os roubos pouco fizeram. Aliás, disseram que sabiam que ía acontecer mas nada fizeram. Só depois do estrago é que os ouvimos falar. Mas não nego os roubos. O problema é que se falas deles, Quique Flores tb foi roubado no Dragão pelo Proença e em casa contra o Nacional pelo Pedro Henriques e por isso não foi campeão. Essa desculpa tb serve para ele. E não o queria muito mais tempo no SLB.

Jesus foi roubado, claro que sim. Mas não foi culpa dos árbitros quando escolheu o 11 de Guimarães depois do jogo na Rússia. Não foi culpa do Proença que Jesus tenha feito as alterações tácticas que fez ao intervalo do jogo com o fcp e tenha mantido Emerson em campo tanto tempo, etc. Sim fomos roubados e sim sou dos poucos na blogoesfera que luta contra isso. Mas esses roubos não fazem que fique cego aos erros de JJ.

Pedro disse...

"Com o golo fora-de-jogo do Hulk"

Sinceramente, naquele jogo é isso que te ficou na memória? Não foi a total incapacidade da equipa em gerir uma confortável vantagem? Não foi o treinador ser incapaz de prever o fortíssimo pressing que o porto ía fazer na segunda parte? Não foi o desespero na cara dos jogadores quando sofreram o primeiro golo onde ainda estavamos em vantagem? Não foi a incapacidade anímica da equipa em lutar contra as adversidades? Não foi o Airton ser lateral direito? Não foi JJ fazer uma substituição aos 89 minutos?

Sim...o golo foi em fora de jogo, como tantos que eles marcam. Sim eles foram beneficiados como são tantas vezes. Não conseguimos lutar contra isso por isso temos que ser cada vez mais fortes e não podemos cometar tantas vezes os mesmos erros. Não podemos dar o flanco. Jesus, nestas duas últimas épocas, deu muitas vezes o flanco. E o sistema não perdoa.

Pedro disse...

" Então não dizes que este ano ele aprendeu com os seus erros? "

Não. Faço a pergunta, é diferente. Eu questiono se ele aprendeu com os erros ou se está a ser fruto do acaso ou de uma melhoria de contrato, tipo jogadores que se fartam de jogar no ultimo ano de contrato depois de renovar voltam ao rame rame habitual. Daí a pergunta.

Tb espero que para o ano cá estejas com essa conversa. Será bom sinal. Mas não me conheces minimamente se achas que não vou "piar" por ele ser campeão. Se errar, se continuar a errar, cá estarei, como sempre, para "piar".

Tenha eu dinheiro para manter a internet. :)

Anónimo disse...

Ok. E se, entretanto, encontrares um treinador que não erre, assina com ele.

Pedro disse...

Peço desculpa pela sequência de posts mas é impossivel responder a todos num único post.

"E se, entretanto, encontrares um treinador que não erre, assina com ele."

Assinavas com alguém que repete sempre os mesmos erros com custos para ti?

"Queres tudo duma vez, de repente. Andámos na merda na ultima decada antes do JJ chegar e de repente somos muita fortes e connosco é só ganhar e o crl"

Este tb é um argumento muito usado e é cómico ( :) ) que não se percebe o quão errado é. É tudo muito certo, tempo e tal, mas esqueces-te de um "pequeno" pormenor. Fomos campeões. Ou seja, fomos realmente muita fortes e tudo o que eu queria chegou de uma só vez. O problema é que tudo isso se deitou fora por culpa própria. Tínhamos o adversário de joelhos à espera da estocada final quando resolvemos dar-lhe o cacetete e virar as costas. Claro que ele aproveitou para nos espancar até à exaustão. Fomos campeões. Não foi preciso esperar. Fomos campeões com todas as condições para partir para uma legítima hegemonia desportiva. Não o fizemos.

José Vieira disse...

Caro Pedro, admiro-te a coragem.
Sim, é preciso coragem para, neste momento, colocares em perspectiva o trajecto de JJ.
Estou (estamos...) à vontade para falar sobre o assunto.
Na época do "rolo compressor" insurgi-me contra os exagerados elogios ao treinador (elevado à condição de "superstar") e enfatizei o extraordinário grupo de jogadores colocado à sua disposição.
Parecem-me, a esta distância, razoáveis as minhas reservas. D.Luiz, Coentrão, Garcia, Di Maria, Ramires, Saviola...e campeonato na última jornada.
Seguiram-se duas épocas desastrosas, tendo a segunda delas um cunho muito vincado de JJ. Foi demasiada burrice junta para alguém que se apregoa de mestre da táctica.
Para mim, não iniciava sequer esta época. Para mim, repito. Porque eu não quero ser campeão das transferências, quero ser campeão em títulos. Não vejo como posso encarar o sucesso do glorioso de outra forma ou de outro prisma. Mas há um outro prisma (compreensível), o do sucesso financeiro, onde as vendas de jogadores assumem, no Benfica, um papel primordial. JJ, que é manhoso, lamuria-se em público que os adeptos só se importam com os títulos. Ninguém lhe perguntou se os dirigentes ou o presidente se importavam com o mesmo e se tal lhe foi exigido...
Não podem ter exigido. Se lhe exigiram títulos não poderiam ter permitido que ele continuasse.Simples.

Aqui chegados, só posso compreender a renovação de contrato a JJ se ele fizer a dobradinha. O extraordinário trabalho realizado esta época pelo teeinador não basta se não der "frutos". E é aqui que reside a suprema ironia: não se devia ter premiado a incompetência de JJ com os 4 milhões anuais da última época pois agora corremos o risco de o "castigar" num ano onde operou, com arte e engenho, um pequeno "milagre".


Pedro disse...

"E é aqui que reside a suprema ironia: não se devia ter premiado a incompetência de JJ com os 4 milhões anuais da última época pois agora corremos o risco de o "castigar" num ano onde operou, com arte e engenho, um pequeno "milagre". "

Na mouche!!!

Anónimo disse...

Vários argumentos falaciosos. Comparar um jogador em fim de contrato com um treinador em fim de contrato não faz sentido. Esse tipo de jogador deixa de fazer ronha no fim do contrato para renovar. Corre mais, etc. Mas tem de ter talento. O Balboa, por muito que se esforce e corra, nunca faz o suficiente para renovar. É uma questão de disponibilidade física num preguiçoso. Assina e volta a não correr. Nunca ouvi falar em tal quanto a treinadores. Para já, a componente física não existe. O que se passa é que JJ aprendeu e evoluiu. Tu próprio o admites, embora aparentemente não queiras fazê-lo. "Muito do que tenho criticado Jorge Jesus de não fazer, esta época ele tem feito e os resultados, positivos, estão à vista" e "notamos claras melhorias". Cá está. Ele mudou. Está claramente melhor. Parece que há resultados positivos. É absurdo pensar que depois vai desaprender. E não explica a razão pela qual não propões renovar só por um ano. Se ele faz de propósito para ser bom treinador no último ano do contrato (cá está o absurdo), então renova-se sempre por um ano.

"Fazer de jogadores que custaram mais de 7 milhões bons jogadores não me parece ser assim algo tão especial."

Quando se está de má vontade nunca nada é especial. Ser campeão no Benfica não é nada de especial, mas nos últimos quase 20 anos, só ele e um dos treinadores mais titulados de sempre na história do futebol é que conseguiram. Potenciar jogadores não é nada de especial, mas na lista das 10 maiores transferências de sempre do futebol português há 4 jogadores que saíram do Benfica, e foram todos vendidos durante o tempo em que JJ é treinador. Isto são factos. Entretanto, estamos em 1º com 4 pontos de avanço. No fim de Março. No ano passado já tínhamos perdido os 5 pontos de avanço em Fevereiro. Zero derrotas no campeonato. Não é nada de especial, sobretudo para quem acha que este é o melhor plantel da históri do Benfica, à frente dos bi-campeões da Europa de Eusébio e companhia. Nada de especial, mesmo. Mas é curioso que, nos últimos 20 anos, não tenha sido nada frequente.

Anónimo disse...

Também acho que isso do milagre é na mouche. É mesmo um milagre. No início da época, depois do fecho do mercado, ninguém diria que agora estávamos em 1º com 4 de avanço. Ninguém acreditaria que estaríamos nos quartos da Liga Europa depois de termos jogado com o Roderick a titular nas duas mãos dos oitavos. É então consensual que este treinador está muito melhor e operou um pequeno milagre. Portanto, RUA!

Pedro disse...

É pena não assinares com um nome qqr, fica mais fácil o debate. Inventa aí qqr coisa.

Eu não sei se ele mudou pq na primeira época tb foi muito bom e depois foi o que foi. Portanto, repito, as dúvidas mantêm-se. São totalmente pertinentes. Eu não sei que JJ temos actualmente. Se estas mudanças são reais ou se são como no primeiro ano que depois no segundo foi a desgraça que foi.

E pq não renovar por um ano? É uma forte possibilidade. Com redução de salário e forte aumento do prémio por objectivos.

"nos últimos 20 anos"

Ultimos 20 anos para aqui, ultimos 20 anos para acolá. Quem, nos ultimos 20 anos, teve o que JJ tem ao dispôr? Pois...

O velhinho foi campeão com aquele plantel...queres comparar com os q JJ tem tido? Sim...fazer o que está a ser feito este ano devia ser o normal dado a qualidade do plantel do SLB. Achar q é um feito extraordinário diz muito.

TaKuara disse...

Pedro, o Airton nesse jogo nem entrou. Se o Hulk não marca em fora-de-jogo tínhamos muito provavelmente tínhamos ido á final.
Foi Jesus que pediu Matic, e caso não saibas já na época passada ele tinha feito 30 jogos oficiais. Por isso não foi a saída de Javi que precipitou a sua ascensão, era algo que já estava programado. FAlas que o Benfica tem uma equipa cara. Pelas minhas contas os jogadores do nosso plantel custaram cerca de 70M€, mais coisa menos coisa, e que obtivemos cerca de 25M€ do Benfica Star Funds por jogadores que ainda são nossos. Ou seja, o custo efectivo do nosso plantel, em passes, foi cerca de 45M€.

"Só" a defesa do FCP custou esses 45 Milhões... Fora Defours, Moutinhos, JAcksons, Klebers, Kelvins, James, Iturbe, Walter, todos jogadores que custaram no minimo 4M€ cada.
E lutamos claramente de igual para igual, e estamos a fazer uma época claramente á equipa que tem há anos seguidos o orçamento mais caro da história do futebol português.


O Benfica é enorme, e a pluridade de diversidade de opiniões é saudável. E o maior problema, devido á sua grandeza, acabam por ser os próprios benfiquistas.
É certo que por não se gostar de uma pessoa, a ideia que se tem dessa pessoa irá sempre sempre negativa. Não gosto do Ronaldo porque ele fez um pirete aos adeptos benfiquistas. Mas isso não implica que eu não veja nele um jogador excepcional.

Jesus teve erros, é teimoso, quer levar a dele sempre a avante.
Fala mal português. Linguas estrangeiras deve falar muito provavelmente o brasileiro. Mas é apenas e só isso que faz com que ele continue em Portugal.
Está a mostrar no Benfica, que é muito provavelmente o melhor treinador da sua geração.
E neste momento, melhor treinador que ele, português, só há um e treina o Real Madrid.
Ainda houve alguem a dizer que trappattoni foi melhor... os outros é que foram horriveis! Nós fomos apenas os menos maus! CAmpeões com 8 empates e 7 derrotas? Dá pra rir..

Uma pessoa pode analisar o percurso de Jesus no Benfica através de 4 factores principais:
1) Títulos conquistados
2) Valorização de activos
3) Prestação internacional
4) Futebol apresentado

Acho que o saldo globalmente é bastante positivo, embora não fique satisfeito, como é óbvio, com um campeonato e 3 taças da Liga em 3 anos. Mas sei onde estávamos, e onde estamos agora. Estamos bem mais perto de recuperar a hegemonia do futebol português, do que com qualquer outro treinador. Porque ele é duro, é português e conhece todas as manhas do nosso campeonato, os jogadores respeitam-no, devido á forma que põe a equipa a jogar.

As contas vão-se fazer no final desta época, e não a meio.
Uma época que está a ser absolutamente incrível com duas derrotas em 42 jogos oficiais. Somos "obrigados" a ganhar na Europa a equipas que têm orçamentos iguais aos nossos. Tudo isso graças a Jesus, que pôs o Benfica a jogar futebol que há 20 anos não jogávamos.

Espero que daqui a 5 meses possa dizer, que Jesus tem 2 campeonatos, 3 taças da Liga, uma taça de Portugal e uma Supertaça pelo Benfica.

Anónimo disse...

OK, "Pedro". Sou o Miguel Neves. Prazer. Assim facilita.
Achar que, sabendo nós o que é o futebol português, ser campeão no Benfica não é extraordinário é que diz muito. O que JJ faz, ao contrário de quem tem passado por cá, é que conseguiu ser campeão apesar do futebol português ser o que é. E consegue estar 4 pontos à frente mesmo tendo marcado um golo limpo ao Braga, na 1ª jornada, e tendo visto dois penalties a serem inventados em Coimbra. Caso contrário estaria 8 pontos à frente.
O que JJ tem ao seu dispor para aqui, o que JJ tem ao seu dispor para acolá... No início da época, quem é que dizia que ele tinha um grande plantel? Com Witsel na Rússia, Garcia em Inglaterra, Luisão meses castigado, Aimar meses lesionado? Quem é que, no início da época, achava que uma defesa formada por André Almeida, Roderick, Jardel e Melgarejo, com que fomos ganhar a Bordéus, era uma coisa magnífica para se ter ao dispor? Quem é que, há seis meses, dizia que Matic era um trinco fabuloso? Nem trinco diziam que era. Quem dizia que Enzo Perez era o óbvio substituto de Witsel para jogar no miolo? Gostava de conhecer o gajo que, em Setembro, dizia: "Bom, como é óbvio vamos ganhar o campeonato, e não vai ser nada de extraordinário. Pois se temos vultos do futebol mundial como Matic, André Gomes, Melgarejo e André Almeida! E este Ola John está mesmo no ponto. Não precisa de um treinador para nada, é um jogador feito. Ah, e o Lima é mesmo a contratação de que a gente precisava." A sério que adorava conhecê-lo. Nesta altura, afirmar que ganhar o campeonato não é nada de especial, equivale a dizer isto: "JJ, como fizeste um trabalho extraordinário com uma equipa em que ninguém acreditava, e à custa da tua própria capacidade formaste uma equipa forte com jogadores pelos quais ninguém dava nada, agora se não ganhares tudo não vales um caralho." Passa-se do "temos a equipa toda desfalcada e não vamos a lado nenhum" para o "és obrigado a ganhar tudo". O mais irónico - isso sim - é que se passa de um extremo ao outro por causa do trabalho dele.

TaKuara disse...

Di Maria Coentrão e Witsel são bons jogadores.
Nunca na vida valem os 100M€ que o Benfica recebeu por eles.
Mas foi Jesus, o seu sistema de jogo, o seu futebol ofensivo, que fez com que se pagasse valores absurdos por esses 3 jogadores, bem acima do valor de mercado.

Assim como as vitórias e sistema de jogo do FCP fez com que se pagassem milhões por jogadores (Quaresma, Bruno Alves, Anderson, Lucho) que não valiam nem metade do que se pagou por eles.

Nunca tivemos um treinador com essa capacidade.
QUando este sair, vamos voltar ao 4-2-3-1 que tão "bem" interpretávamos...

Pedro disse...

Takuara, os outros serem mais caros não anula que os nossos sejam caros. Dinheiro não vence campeonatos, todos sabemos disso mas ajuda. É mais fácil construir uma boa equipa com 45 milhões do que com 5 milhões. Acho que isso não tem discussão pois não?

"As contas vão-se fazer no final desta época, e não a meio. "

Exacto. Mas aqui estamos a analisar 3 épocas e meia. Não apenas esta época. E esta época ainda não ganhámos nada...mas já perdemos.

"Jesus teve erros, é teimoso, quer levar a dele sempre a avante."

Com a agravante de que os erros dele e a sua teimosia custam pontos. Muitos. Basicamente é isso a q se junta "1) Títulos conquistados". O saldo é mau, péssimo. Pq o SLB é um clube vencedor e não um clube para valorizar activos. Agora se defendes isso então sim JJ é um excelente treinador.

"Mas foi Jesus, o seu sistema de jogo, o seu futebol ofensivo, que fez com que se pagasse valores absurdos por esses 3 jogadores, bem acima do valor de mercado."

Completamente de acordo. Infelizmente isso é completamente diferente de futebol que dê titulos. A questão passa, novamente, por querer um clube vencedor ou querer um clube vendedor.

Miguel, não estou aqui a discutir erros dos árbitros. É outra discussão.

" quem é que dizia que ele tinha um grande plantel?"

Eu.

"Quem é que, há seis meses, dizia que Matic era um trinco fabuloso? "

Talvez ninguém. Mas dizia-se que Matic era um excelente jogador. Tal como Enzo. E é natural que excelentes jogadores consigam cumprir em posições que não as suas habituais.

" E este Ola John está mesmo no ponto. Não precisa de um treinador para nada, é um jogador feito."

Não é um jogador feito mas é um jogador que custou 9 milhões de euros. Se não fosse um excelente jogador é que era de admirar ou achas normal o SLB dar tanto dinheiro por um jogador???

"com uma equipa em que ninguém acreditava"

Miguel, é aqui que temos mais outra grande divergência. Eu acreditava nesta equipa e nas anteriores. E tem sido essa enorme qualidade que nos tem permitido ganhar muitos jogos.

Tu, o Takuara, e outros, estão a ver apenas o trabalho de JJ nesta época. Eu não, eu vejo todo o trabalho de JJ ao longo do tempo q está no SLB.

Analisar JJ por esta época é o mesmo que analisar Koeman por aquela fase da época em que estavamos a jogar à brava e fomos vencer no Dragão por 0-2. No final foi o que foi. Ou analisar Santos na fase em que o losango com Simão a 10 dava espectáculo e depois o fim foi o que sabemos. Temos que analisar o todo e não apenas parte.

Pedro disse...

Takuara, tens razão na questão do Airton na Taça de Portugal. Estou a fazer confusão com outro jogo/situação qqr...

Anónimo disse...

" quem é que dizia que ele tinha um grande plantel?"

"Eu."

A sério?

"Miguel, é aqui que temos mais outra grande divergência. Eu acreditava nesta equipa e nas anteriores. E tem sido essa enorme qualidade que nos tem permitido ganhar muitos jogos."

Ai sim?

Então temos aqui um mistério. Mais interessante do que saber qual o verdadeiro Jorge Jesus, talvez seja saber qual é o verdadeiro Pedro. É um exercício que serve para imensos sócios do Benfica. Qual é o verdadeiro Pedro? O que agora, em primeiro lugar com quatro pontos de vantagem, acha que tudo o que não seja ganhar as três competições é de menos ou o que, no princípio da época, escrevia “não estou optimista”? É que passou do pessimismo à exigência absoluta em sete meses. E agora sempre acreditou na equipa. Afinal qual é o verdadeiro Pedro? É o que exige tudo a JJ porque tem o melhor plantel de sempre da história do Benfica ou o que, a 1 de Setembro do ano passado, escrevia aqui que o Benfica tinha feito “escolhas desportivas e gestão de plantel que não fazem qualquer sentido”? Como é possível que o melhor plantel da história resulte de escolhas e gestão sem qualquer sentido? É o que disse que Javi era “um elemento fundamental na equipa, conhece todos os processos e tem uma cultura táctica fabulosa e, para além disso, tem aquilo que o dinheiro não compra: paixão, dedicação, liderança, empatia, valores muito dificeis de substituir” e que o Matic era mais “uma adaptação”, que requeria “processo de aprendizagem” e, por isso, tínhamos de “fazer figas”? Ou o que diz que potenciar jogadores não é nada de especial e por isso, suponho, não é preciso fazer figas para nada? É o que diz que o Lima era uma contratação “completamente desnecessária e descabida”? Reparemos nestas palavras proféticas: “Inexplicável. Incompreensível. Perdemos o trinco de referência da equipa e o que Vieira e Jesus fazem? Gastam 4.5 milhões num avançado de 29 anos depois de terem emprestado Nelson Oliveira, Rodrigo Mora e Hugo Vieira”. Qual é o verdadeiro Pedro? O pessimista porque se perderam jogadores de referência e se contrataram desnecessários ou o que acha este Benfica superior ao do Eusébio? O Pedro que escrevia a 1 de Setembro disse que a saída de Javi e Witsel era um “descalabro total. De uma assentada perdemos duas referências do meio campo sem qualquer substituto contratado”. Mas o de Março acha que o plantel é excelente e só não ganha tudo por incompetência de JJ. O Pedro de 1 de Setembro dizia: “Agora quero ver a coragem do catedrático e vê-lo a apostar nos jovens André Gomes e André Almeida para o centro do terreno.” Entretanto, o catedrático apostou mesmo neles em várias ocasiões. Está em 1º com 4 pontos de avanço, com um pé na final da Taça e nos quartos da Liga Europa. Com um plantel que perdeu jogadores de referência e não contratou substitutos, preferindo ir buscar um desnecessário e descabido. Portanto, RUA! Está certo. Coerência acima de tudo.

Anónimo disse...

http://magicoslb.blogspot.ae/2012/09/31-de-agosto-esta-tudo-louco.html

TaKuara disse...

Aí é que te enganas Pedro, eu analiso estes 4 anos. E ainda vou mais longe.

Nos últimos 20 anos, que são aqueles que mais ou menos tenho memória, embora tenha ido pela primeira vez ao estádio da Luz em 1987, apenas em 1994 apresentámos um futebol tão bom ou igual áquele que Jesus apresentou na sua pior época. Jogámos um bom futebol com Camacho na sua primeira passagem, e com Fernando Santos, mas não foi um futebol superior.
Acho que não é assim tão complicado perceber que quanto melhor futebol jogarmos, mais perto do sucesso estamos.
Porque marcamos mais golos, porque empolgamos, porque a comunicação social timidamente elogia-nos, e assim as pessoas que realmente mandam nisto tudo e decidem nos momentos decisivos(Árbitros e quinhentinhos) tenham menos hipóteses de nos prejudicar.

Repito, nos últimos 20 anos, tirando 1994, o nível de futebol actual jogado pelo Benfica só tem comparação entre as próprias épocas de Jesus. Os números provam-no, médias de golos, vitórias,derrotas, vitórias na Europa, etc etc.
E esses números são públicos, saem nos jornais todas as semanas.


Em condições normais, se não tivéssemos sido ROUBADOS a época passada, poderíamos estar a caminho do 3º titulo em 4 anos.
Assim estamos a fazer mais uma época fabulosa, com golos, espetáculo, uma boa prestação europeia, mas que tem que culminar com títulos. A coisa já poderia estar mais facilitada se não fossem os jogos com o Braga e Académica, como já alguem referiu e bem, fomos roubados de 4 pontos. Aí poderíamos apontar forças para a Liga Europa e afirmarmo-nos como candidatos. Assim, temos que ter cuidado e conseguir ganhar jogo a jogo por cá.
Se Jesus perder tudo, aí vai ter que haver uma reunião entre a direcção e o treinador para analisarem o que será melhor para o Benfica.

Repito: Em termos destes 4 factores que acho que são essenciais

1) Títulos conquistados
2) Valorização de activos
3) Prestação internacional
4) Futebol apresentado

precisamos de títulos. Do resto, estamos a um nível que nunca apresentámos recentemente.
Nem lá perto estivemos, fosse o treinador quem fosse...

Pedro disse...

Caro Miguel, presumo que sejas tu, em momento algum digo que estou confiante e optimista. Aliás, mesmo com quatro pontos de avanço mantenho algumas reservas. Pq não confio em JJ. Desde o primeiro apito inicial que mantenho essa postura. Nunca tive optimismo para esta época.

Tudo o resto está lá e mantenho e nada tem a ver com o que aponto a JJ.

" É o que exige tudo a JJ porque tem o melhor plantel de sempre da história do Benfica ou o que, a 1 de Setembro do ano passado, escrevia aqui que o Benfica tinha feito “escolhas desportivas e gestão de plantel que não fazem qualquer sentido”? "

Exacto. Uma coisa nada tem a ver com a outra. Como por exemplo o caso mais "polémico" Lima. Sim foi uma agradável surpresa e não pensava que rendesse tanto logo de partida, ainda bem que o fez. Mas mantenho tudo o que disse, a contratação é totalmente desnecessária para quem tinha Saviola, Hugo Vieira, Mora e Michel. Repara que perdes dois elementos do meio campo e vais gastar dinheiro num avançado quando tens estes todos disponiveis. É essa a lógica do "desnecessário". Se não a entendes não posso ser mais explicito.

“descalabro total. De uma assentada perdemos duas referências do meio campo sem qualquer substituto contratado”

Mentira ou verdade? Contrataste alguém para os substituir? Não pois não. Como vês...

" “Agora quero ver a coragem do catedrático e vê-lo a apostar nos jovens André Gomes e André Almeida para o centro do terreno.”"

Ainda bem que o fez. No post digo q JJ está a fazer muito daquilo que eu dizia que ele não fazia. Está no post.

"e que o Matic era mais “uma adaptação”, que requeria “processo de aprendizagem” e, por isso, tínhamos de “fazer figas”?"

E é mentira? Não foi necessário aprendizagem? O proprio JJ falou nisso muitas vezes.

Caro "Miguel" talvez sejas novo por aqui e espero que por cá fiques muito tempo. Gosto de malta que dê luta como tu mantendo sempre a discussão longe de ofensas. Com o tempo irás perceber que não fujo de qqr assunto que seja e que sou coerente com o que defendo.

Eu opino no momento. Hoje é fácil dizer que Matic é um estrondo ou que Lima foi uma contratação e pêras. Nunca falei mal de Matic (nem podia pois sempre o defendi como enorme jogador) mas o que temia foi o que todos no inicio admitiram, necessidade de aprendizagem, de adaptação, de tempo de aprender rotinas que não tinha. E o perigo que esse período podia representar em perda de pontos. Situação que com a contratação de um substituto podia ter-se evitado.

Da mesma forma que defendo a direcção pela não contratação de Falcao tb achei que Lima não era uma necessidade da equipa. Felizmente veio e está a ter um rendimento soberbo mas na altura preferia claramente mais um centro campista do que um avançado.

Agora, mesmo com tudo isso, acho e mantenho que temos um excelente plantel, o melhor a nivel nacional. Agora, imagina se o defeso tem sido bem trabalhado...

Takuara, parece que não estamos assim tão distantes nas nossas opiniões.

:)

TaKuara disse...

Não estamos não.
A imagem que puseste 2 posts atrás fui eu que a fiz.
Estamos do mesmo lado (acho eu que a remar para o mesmo lado) mas tu de um lado e eu de outro.

Atlas disse...

É de enaltecer a coragem do autor deste texto, numa altura que à partida sabe que vai ser recebido com imensa contestação.
Enalteço também o grau de elevação dos participantes, o que prova que um assunto tão delicado como este pode ser debatido sem insultos.
Como eu deve haver muitas pessoas que tiveram sérias dificuldades em aceitar os erros graves cometidos pelo nosso "líder espiritual" nas épocas 2 e 3 muito embora o Benfica quase sempre jogue contra 14. Contudo em abono da verdade deve dizer-se que a atitude do JJ esta época é incomparável às duas épocas já referidas.
É por este prisma que estou com o autor do texto e também pergunto - Que JJ teremos nos próximos 2/3 anos? O desta época (até agora) ou o da época passada e a anterior?
Só mais um pequeno pormenor.
Se o JJ escolheu o Benfica pela sua grandeza e verticalidade desportiva para ser o clube onde quer singrar, já é tempo de dar respostas mais adequadas a uma CS totalmente antagónica ao clube que representa e que generosamente o recompensa.
Esta gente deve ser tratada abaixo de cão 3 graus.

Anónimo disse...

É muito estranho que um plantel que perde duas referências e não as substitui continue a ser o melhor de sempre, à frente dos bi-campeoes da europa. É que parece uma opinião estratégica para tirar mérito ao JJ. É muito estranho que quem nao estava optimista em setembro e agora reconheça que o treinador fez um pequeno milagre mantenha que o melhor é despedi-lo, mesmo que ele seja campeao, porque desconfia que ele está so a fingir que é bom treinador.

Anónimo disse...

E é sobretudo estranhíssimo que quem quer mandar embora aquele que, segundo as estatísticas, é o melhor treinador do Benfica das ultimas decadas, nao sugira um unico nome melhor para o substituir. Parece aquele comportamento irresponsavel do mudar porque sim.

luis disse...

"Se ele faz de propósito para ser bom treinador no último ano do contrato (cá está o absurdo), então renova-se sempre por um ano."

Não sei se é ingenuidade isto. Se puderes esclarecer, agradeço.

JJ NUNCA aceitaria renovar por um ano. JJ quer SEMPRE contratos longos.

Os motivos são vários e estes são os mais importantes: não gosta que duvidem dele. Quer garantir que ganha o dele, mesmo que faça merda.

Um gajo que ao fim de um ano faz chantagem com o presidente do Clube, insinuando que pode ir para o FCP, tem os valores, digamos, pouco credíveis para uma instituição como a do Benfica.

Podemos discutir a qualidade ou não de JJ, se queremos ou não que fique cá mais tempo, agora, achar que o homem é muito sério e que apresenta uma dignidade acima de qualquer suspeita...

E isso também deveria contar para se ser treinador do Benfica. Mas claro, com os dirigentes que temos, talvez nem faça muito sentido.

Quanto ao resto, nem vale a pena inventar: se vencer o campeonato, fica. Se não vencer, vai de vela como foram tantos outros.

Se vencer, o próximo ano é importantíssimo. Deverá ser-lhe dada ainda maior atenção e tentar proporcionar-lhe tranquilidade e condições para que possa então manter o registo vencedor. E esse é um trabalho de sapa dos dirigentes, que reconheça-se, nunca foi feito.

Pedro disse...

"continue a ser o melhor de sempre"

Eu não disse que este é o melhor de sempre, disse que JJ tem tido ao dispôr os melhores planteis de sempre. E sim, mesmo com debilidades, nadas impede que um plantel seja o melhor. Simplesmente releva-se que ainda podia ser melhor.

Para ti o plantel bi campeão será para sempre o melhor. Eu não vejo as coisas assim mas aqui é uma discussão sem sentido.

Anónimo disse...

Se calhar o melhor é esclarecer que eu não quero o JJ para amigo. Nem para ir conversar. Será que ele é boa pessoa? Estou-me cagando! Ah, mas ele não fala bem. Estou-me cagando! Mas uma vez ele falou com o Pinto da Costa. Estou-me cagando! Por mim, desde que o Benfica ganhe, até podia ser o Jack o Estripador. Para gostar do Benfica estou cá eu e vocês. Não sou dado a lirismos, por isso nao acho que o treinador do Benfica deva ser um grande ser humano e um benfiquista abnegado. Se for, melhor. Mas basta-me que ganhe. Se for um filho da puta, seja. Mas que ganhe. E, nas ultimas décadas, nao houve treinador mais vitorioso que o JJ. sao numeros. Nao mentem. Nao me parece facil arranjar melhor, tanto que os criticos nao sugerem um unico nome. Um unico. Mudar por mudar, nao quero. Prefiro renovar com um que tem defeitos (como todos), e foi corrigindo boa parte deles (o que é mais raro) a ponto de estar em 1º com 4 pontos de avanço e zero derrotas no campeonato, um pé na final da taça e nos quartos da liga europa. Com uma equipa pela qual, ha 6 meses, ninguem dava nada e tinha perdido referências fundamentais sem as substituir. Chamem-me maluco, mas nao alinho na vossa aventura de mudar para esse treinador muito melhor que o JJ que em 20 anos ninguém descobriu e que hoje continuamos a não saber bem quem é. Quanto à "coragem" de criticar o JJ num blog... Enfim. Como eu tenho um vocabulário mais reduzido, se for chamar coragem a isto depois falta-me um termo para designar os soldados na guerra. Pensei que estávamos em igualdade moral, só com opinioes diferentes. Está a tornar-se estranha, a conversa. Já se tinha começado a medir pilinhas de benfiquismo lá em cima, por causa desta "nova mentalidade" de alguns. Agora há um lado da discussao que é proprietário da coragem. Está boa.

Pedro disse...

"Mas que ganhe"

O problema é que não ganha. Basicamente o que nos separa é que chega-te o ganhar jogos, eu quero ganhar competições. E como sei que temos condições para as ganhar e não o fazemos por erros próprios não posso aceitar a manutenção deste estado de coisas.
Eu quero vencer títulos. Simples.

Se JJ nos der títulos óptimo, infelizmente não os tem dado.

Que apareças cá em Maio a dizer "incha, Pedro". É o que desejo. Sinal que vencemos títulos.

Anónimo disse...

Como o futebol do Benfica tem sido indigente nos últimas 2 décadas, Jesus, com um misero campeonato e 3 bejecas cup, parece ser o supra sumo actual do futebol deste clube.
É um problema de memória e de história.
É este o estado da arte.
A.P.

Anónimo disse...

Correcção :
Onde está nos, devia estar nas últimas 2 décadas.
Obrigado
A.P.

John Wakefield disse...

Tanta discussão (o que é bom sinal) só que o problema é que debater a sua continuidade ou saída só deve ser feita após o término da temporada. Daqui até lá, podemos especular e ter uma opinião concreta.
Para mim, se o Jorge Jesus ganhar o campeonato e/ou a Liga Europa, deve continuar.
Caso contrário, pode tentar a sua sorte lá fora.
É tão simples quanto isto.

Anónimo disse...

John
Com 4 pontos de vantagem na liga, apostar na LE é mais um suicídio. Deve ser um complemento. Mais um tri do FCP não, obrigado. Nos próximos anos, a prioridade quase total deve ir para a liga, face do descalabro dos últimos 20 anos.
A.P.

SLB4EVER disse...

A meu ver se o JJ conquistar o campeonato e taça a renovação é merecida. Agora se este ano deixar fugir mais uma vez uma vantagem pontual significativa entregando de bandeja o campeonato para os corruptos não posso aceitar a sua permanencia que diga-se que este ano já me custou a digerir.
Claro que com vitória ou não apenas deve ficar se estiver de corpo e alma a 100% no clube, é que nem pode haver dúvidas e conversas com criminosos pelo meio. Neste sentido acho essencial o contrato ser bem elaborado, deve existir uma cláusula que inviabelize a sua saída para o antro por um periodo mínimo de 2 anos após cessar funções no clube (seja porque motivo, por uma questão de sigilo profissional e conlito de interesses faz todo o sentido), baixar o salário base em troca de premios aliciantes por objectivos(campeonato em 1º, champions 2º, triplete com bónus extra) é outro ponto fundamental.

Analisando as temporadas anteriores, esteve bem na 1ª mas decepcionou na 2ª e 3ª, para o que foi investido e muito até por opção sua considero que foram épocas em que esteve abaixo dos mínimos exigíveis, meus amigos já não estamos naquela fase em que como avançados era o Nuno Gomes e o Karadas o seu suplente, com o João Pereira a ala direito, acham que aí é que existiam condições para conquistar tudo e jogar bom futebol? Estamos a falar de cerca de 100 milhões que não chegaram para fazer frente ao Braga numa meia final europeia, desculpem lá mas se pago marisco não me satisfaço com tremoços.
Esta época tem estado melhor, aparenta outra flexibilidade e ideias, a dúvida é até que ponto isso é para manter, JJ sóbrio e disponível para aprender com os erros e evoluir é completamente diferente daquele que quer é levar a sua avante, independentemente dos resultados que isso traga. Não deixa é de já ter a folha manchada este ano, perder duas meias finais para o Braga em duas é muito mau mesmo que esta tenha sido para a taça da liga.

É algo que a direcção tem que analisar e negociar de forma séria e objectiva e sem ceder a medos, ameaças ou chantagens. Se o trabalho do LFV foi realmente bom estes anos as fundações já não serão de barro para ruir devido a treinador ou jogador, alternativas existem sempre, uma equipa técnica com Rui Vitória, Mozer e Raul José era capaz de não se dar mal(só 1 exemplo). Claro que se o JJ conquistar o campeonato e estiver disposto e motivado para continuar a ter o privilégio de treinar o maior e melhor clube nacional para q mudar?

Anónimo disse...

Não li os comentários todos, porque a certa altura pareciam todos iguais. Se alguém escreveu(e é bastante provavel que o tenha feito) lamento repetir.
O Fergie só começou a ganhar títulos no man united ao fim de vários anos na equipa, esteve para ser despedido, mas aguentou-se. Não se constrói uma equipa vencedora do dia para a noite. O Benfica não renovar com o JJ este ano seria recomeçar do 0 novamente e o Benfica precisa de estabilidade se quer voltar a ter uma era dourada.

Pedro disse...

Alguém já tinha falado no Fergunson mas

" Não se constrói uma equipa vencedora do dia para a noite"

Pois não mas JJ ganhou logo no primeiro ano portanto o exemplo e essa frase não faz qqr sentido.

Primal_X-man disse...

Pedro,

Como é que te hei-de por esta pergunta sem correr o risco de ser mal interpretado?
Suponho que como BENFIQUISTA abominarás a forma corrupta como o clube da fruta ganha campeonatos, certo?
Tenho lido alguns dos teus textos e sei que o que acabo de dizer é verdade.

Pondo isto como podes argumentar, a e tal não ganha?
Será que a vitória a qualquer custo pode ser posta em equação pela direcção do BENFICA?

Todo um trabalho de base na construção de uma equipa e infra-estruturas não é mais importante que ganhar?
Não terá o JJ crédito pelo trabalho desenvolvido até agora?

O facto é que se o importante é ganhar, podemos então meter uma vassoura no banco e ir por outros caminhos. Mas acho que nao é issso BENFIQUISTAS querem.

Abraço

Pedro disse...

Primal, é essa uma das grandes razões de eu estar com JJ pelos cabelos. É que podíamos ter vencido tudo isto mesmo com as Proençadas habituais. Isso é que me irrita, isso é que me deixa desconfiado com JJ.

Por exemplo o famoso SLB-fcp do ano passado. Fomos roubadissímos. Facto. Todos o sabemos. Golos irregulares, expulsões perdoadas, mãos, etc. Tudo verdade. Mas fomos para o intervalo a vencer e o que JJ faz? Mexe na equipa, tira um homem do meio para meter Rodrigo. Correu mal. A insistência em Emerson. Correu mal. Etc. Fomos roubados, claro que sim, somos sempre. Mas apesar disso se JJ não tem errado tínhamos vencido. E até tranquilamente.

Eu aqui falo dos erros de JJ. Apenas e só. Das Proençadas tb falo e muito. Mas nestes anos tivemos condições para ultrapassar as Proençadas.