blog

terça-feira, julho 11, 2006

Mundial 2006 - os vencedores


FIFA Fair Play award - BRAZIL & SPAIN

adidas Golden Ball - Zinedine ZIDANE (FRA)

adidas Golden Shoe – Miroslav KLOSE (GER)

Gillette Best Young Player – Lukas PODOLSKI (GER)

Lev Yashin Award – Gianluigi BUFFON (ITA)

The Most Entertaining Team presented by Yahoo! - PORTUGAL
The winners of this particular award were decided upon by FIFAworldcup.com's users, who declared that Luiz Felipe Scolari's Portugal had set their pulses racing more than any other team.

The Mastercard All Star Team
GR: Gianluigi Buffon (Italy), Jens Lehmann (Germany), Ricardo (Portugal)
Defesas: Roberto Ayala (Argentina), John Terry (England), Lilian Thuram (France), Philipp Lahm (Germany), Fabio Cannavaro (Italy), Gianluca Zambrotta (Italy), Ricardo Carvalho (Portugal)
Médios: Ze Roberto (Brazil), Patrick Vieira (France), Zinedine Zidane (France), Michael Ballack (Germany), Andrea Pirlo (Italy), Gennaro Gattuso (Italy), Francesco Totti (Italy), Luis Figo (Portugal), Maniche (Portugal)
Avançados: Hernan Crespo (Argentina), Thierry Henry (France), Miroslav Klose (Germany), Luca Toni (Italy)

10 comentários:

Nuno disse...

Pois é, fomos considerados a equipa mais atractiva, aquela que mais entreteve os adeptos e que apresentou melhor futebol, mas isso não foi suficiente para deixarmos de causar algum incómodo ás instâncias da FIFA à medida que ìamos seguindo em frente.

Sendo assim, e por outras palavras, fizemos a figura de bobo da corte para entretenimento geral, mas a recompensa foram umas arbitragens manhosas e um eixo franco-inglês que fez de tudo para nos difamar aos olhos do mundo.

Para o próximo mundial sugiro à Fátima Lopes que nos desenhe uma indumentária algo mais, digamos, sofisticado e condizente com a cerimónia, assim como certos artistas de circo, com debroados a branco e tudo.

Pedro Neto disse...

A inclusão de Ballack, Totti e Luca Toni parece-me um bocado desajustada tendo em conta a prestação dos jogadores. O seu talento é inegável mas não fizeram uma boa competição!

As ausências de Miguel, Ribery e Podolski são incompreensíveis.

João Bizarro disse...

Também acho, Pedro Neto.
Então o Podolski é considerado o melhor jogador jovem e nem tem lugar nestes 23?!?!?

Nuno, para numero de circo temos lá o Costinha. Para a próxima temos é de levar um domador.

antitripa disse...

Os negócios das marcas falaram mais alto....e o despudor da fifa também! Interessa-lhes! Zidane...pela 14 vez expulso e não a primaira por barbáries....um belo exemplo! Ainda por cima premiado...sob o lema "Fair Play". Bruno Alves à selecção....já! Equipa técnica: Sá Pinto/João Pinto.

Pedro disse...

Será q alguem, por exemplo com contrato com a Nike, ganharia o prémio "Adidas qqr coisa"?

O Buffon é um extraordinário GR. Para mim o melhor da actualidade. Mas não acho q não fez nada de relevo neste mundial para merecer o prémio.

A ausência de Miguel e Podolsky é um escandalo.

caxana disse...

heiiiiiii, e onde está o pauleta e o postiga.

já não há respeito nenhum.


se ouvesse um prémio para o melhor dirigente o meu voto ia para o gilberto merdamil, que pediu ao governo para que os 50 mil euros que cada excursionista tem direito de prémio, seja pago sem imposto de irs, enquanto ai em marrocos os trabalhadores da opel vão prá rua pq o governo nada faz.

só xulosssssssssssss

jbs disse...

Pedro,
Esse foi um dos pontos interessantes - tanto a frança como os bois pretos são adidas, itália é puma, e portugal nike. Porque será que os bois pretos beneficiaram sempre as equipas adidas?

caxana disse...

Ontem andava entretido a ler os resquícios da grandiosa festa dos campeões quando reparei no O Jogo nas palavras do Sr. presidente da Federação Portuguesa de Futebol:
- «É curioso o facto de os atletas, no jantar a seguir ao jogo com a Alemanha, em vez de pedirem um aumento nos prémios de jogo, situação que, nestas ocasiões, poderia acontecer, vieram ter comigo e disseram: 'o homem tem de ficar'».
Hoje vendo os noticiários matutinos deparo com o reverso da moeda.
Os tão patriotas jogadores acham-se no direito de não pagar IRS. Acham-se estes senhores superiores ao resto do país, acham eles que os até agora cegos seguidores da sua campanha que tão bem vivem neste paraíso devem pagar, agora eles pobres emigrantes deviam ter essa benesse de não pagar IRS pois precisam de uns trocos.
Alegam com base na lei que admite essa isenção no caso de uma classificação de mérito. Reparem que eles se equivalem aos atletas de outros desportos, atletas esses que muitas vezes teêm de custear as despesas inerentes à sua práctica desportiva, e que quando atingem classificações de mérito recebem módicas quantias, nada equiparado a 50 mil euros. E normalmente esses méritos são atribuídos a quem fica no pódio, não a quem fica em 4º e campeão de saltos de piscina.
Como podem estes Srs. sequer ter a coragem de se equivalerem aos outros atletas? Como podem eles, que ganham dezenas de milhares de euros por mês (excepção Paulo Santos), terem a desfaçatez de se equipararem a alguém que quando ganha o prémio máximo recebe nem um terço do que eles receberam por terem ficado em 4º lugar?
Mais os prémios pagos aos atletas proveêm do Estado por interposto das Federações específicas e do Comité Olímpico, eles futebolistas recebem prémios dos sponsors da Federação, por isso esta lei foi feita, é uma benesse que se dá sobre dinheiros públicos, não sobre dinheiros privados.
Mais a maior parte destes Srs. não paga sequer qualquer imposto ao longo do ano pois não teêm residência no nosso País, agora que recebem algo cá querem fugir das suas obrigações.
São de facto extraordinários estes patriotas, a não ser que esse perdão fosse usado para pagar a indmenização à família do adepto que morreu com um very-light, não vejo porque razão uma Federação que tanto dinheiro gere admite sequer recorrer a estes expedientes.
E se querem que o anjo da guarda continue porque não abdicam de vez dos prémios que recebem sempre que contam internacionalizações? Com certeza não será por estes tostões que terão de ir trabalhar prá Sibéria (já houve quem fosse corrido da Rússia) e entre todos dará para pagar o salário do 3º mais bem pago seleccionador presente no Mundial 2006.
E não acham engraçado alguém que deveria estar a festejar o brilhante 4º lugar alcançado admitir como normal estar preocupado com prémios futuros?

João Bizarro disse...

De referir que Portugal só não venceu a votação de Most Entertaining Team nos sites Italiano e Alemão (tendo nestes ficado em 2º perto das selecçoes dos paises).
Venceu no espanhol, françês, inglês, coreano, japonês, chinês (larga margem) e claro... Português (89%)

Anónimo disse...

Bonitos golos marcámos nós. Pena terem sido tão poucos.