blog

quinta-feira, julho 06, 2006

OBRIGADO PORTUGAL

A todos os elementos da Selecção Nacional um muito obrigado. Muito obrigado por terem elevado bem alto o nome de Portugal, muito obrigado por terem colocado este pequeno grande país no restricto grupo das potências mundiais em futebol, muito obrigado por terem unido uma nação inteira, nos quatro cantos do mundo, muito obrigado por nos terem feito sonhado como nunca ousamos, sequer, sonhar. Muito obrigado. Foram bravos, foram grandes, foram dignos, foram profissionais, foram honrados.

Fomos eliminados do Campeonato do Mundo pelos melhores. Quando assim é só podemos ficar orgulhosos da nossa prestação. Eliminamos equipas muito fortes, eliminamos eternos candidatos, fomos mais longe que os (ex)campeões do mundo. Não precisamos de ajudas externas, tudo o que ganhámos foi com honra, fair-play e dentro de campo. Ganhámos porque fomos melhor que o adversário. Caímos perante a melhor equipa do mundo. Batemo-nos de igual para igual com os melhores do mundo, não tivemos medo deles, eles tiveram respeito por nós. Isso é uma ENORME vitória. Demonstrámos que vão ter que olhar para nós com respeito pois podemos ganhar a qualquer um, já não temos medo de ninguem e quem nos menosprezar sai vergado perante a nossa vontade e raça!

Como disse no inicio do Campeonato do Mundo nós temos uma boa equipa. Uma boa equipa. Não mais que isso. Temos 3 jogadores ao nível dos melhores do mundo (Cristiano Ronaldo, Ricrado Carvalho e Miguel) e temos um Figo que já não tem pernas. Ao contrário de Zidane, Figo precisa de ter "pernas" para render e, infelizmente, Figo já não tem as pernas que precisa para o seu futebol. Depois temos um conjunto de bons jogadores que dão tudo em campo. Compensam em entrega e união e atitude o que, porventura, lhes falta em qualidade técnica. O principal responsável por isso é, doa a quem doer, Scolari. O treinador brasileiro conseguiu unir este "plantel" em torno de um objectivo comum: ser uma equipa. E os jogadores responderam em campo com uma entrega e raça que a todos orgulhou. O problema é que essa entrega está dependente dos indices fisicos dos jogadores e, como eu temia, o desgaste dos ultimos dois jogos teve efeito evidente no jogo de ontem, principalmente na segunda parte. Os jogadores queriam mas não podiam. Pensei que Deco e Costinha por terem menos um jogo e, consequentemente, mais tempo de descanso poderiam equilibrar a balança na luta a meio campo, mas, infelizmente, estiveram os dois muito mal num jogo que tinham como opositores jogadores ao nível de Makelelé, Vieira e Zidane.

Se Scolari é um mestre na arte da mentalização, da união de balneário, da motivação mas tacticamente é muito muito fraco. Fui e serei seu apoiante na questão da convocatória mas não o posso defender no uso que fez dos 23 seleccionados. Pauleta não joga nada, ponto final. Dois mundiais e um Europeu são mais que suficientes para provar que não serve para esta Selecção, Postiga nem sequer merece comentários e, entretanto, Nuno Gomes fica no banco. Um avançado que sempre que joga na seleccção rende, um avançado que quando entrou neste mundial em 20 minutos fez mais que os outros dois no mundial inteiro, não pode ficar de fora nestes jogos de grandes decisões. A teimosia costuma pagar-se caro e Scolari tem que deixar de ser teimoso. A teimosia dele custou-nos a eliminação. Tenho a profunda convicção que com Nuno Gomes a jogar teríamos eliminado a Inglaterra bem mais facilmente e que o jogo de ontem seria totalmente diferente. Depois temos as falta de habilidade de Scolari em processar substituições e a falta de ousadia em arriscar quando não há nada a perder. Como disse anteriormente enquanto a condição fisica dos jogadores permite que estas lacunas, quer da equipa quer dos jogadores, sejam suplantadas pela força, querer e atitude em vencer.

Defendo a continuação de Scolari porque mostrou que é líder, mostrou que sabe unir todos em prol do objectivo comum. Teremos que viver com a sua teimosia e falta de habilidade táctica mas só de pensar nas alternativas e no regresso à subserviência a certos poderes instalados no futebol português a faceta menos boa de Scolari quase parece irrelevante.

Sobre o jogo o que dizer? Defrontamos uma grande equipa constituida por grandes jogadores. Uma equipa que fez um jogo inteligente, de total gestão de esforço, que sabe como ninguem controlar um jogo e fazer circular a bola e que tem um meio campo de sonho. França fez o jogo que Portugal fez contra a Angola, pôs-se a ganhar e passou a controlar o jogo e a fazer com que Portugal corre-se atraz da bola e não eles. E depois quem tem Zidane...enfim. E depois a lesão do Miguel deu a facada final nas aspirações lusas, impressionante a diferença entre Miguel e Paulo Ferreira. Ficamos logo sem lado direito. Cristiano Ronaldo que fez uma soberba primeira parte estoirou na segunda e ficamos apenas dependentes da raça de Maniche para levar a bola para a frente. Remates sem nexo, lançamentos sempre para o guarda redes, inoperância total do nosso avançado (quer Pauleta quer Postiga), contra os melhores do mundo, era quase inevitável. Podiamos de facto, num lance de sorte, ter empatado mas também temos que reconhecer que a França fez um claro jogo de contenção e tem jogadores rapidíssimos na frente de ataque.

Cabeça erguida!Orgulho nos nossos rapazes.

Não partilho da ideia de que o árbitro nos prejudicou. O penalty é bem assinalado, o amarelo ao Carvalho é bem mostrado. Pode ter ficado um amarelo por mostrar aos franceses mas eles não usaram o jogo faltoso para nos parar ao ponto de considerar que um amarelo podesse alterar as coisas. Sinceramente não foi por aí que fomos eliminados.

Também não gosto da história do "patinho feio". Qual patinho feio qual quê. Fomos grandes. Fomos enormes. Pusemos o mundo de olho em nós, quem vier jogar contra nós vem com muitas reservas. Já ninguem joga com arrogância contra nós. Somos pequenos em tamanho mas enormes em raça. Por alguma razão dominámos o mundo enquanto alguns ainda nem andavam erectos! Não devemos refugiar-nos nisso do "patinho feio". Temos é elevar bem alto os nossos feitos.

OBRIGADO PORTUGAL

19 comentários:

Hugo disse...

Concordo com o Pedro. Acho que manchamos um pouco a nossa presença com essa história de termos sido prejudicados pela arbitragem. Não o fomos e sim, os jogadores portugueses tentaram sacar um penalty com movimentos acrobaticos na Grande Área. Foi uma equipa que tentou sempre ganhar, que tentou por tudo levar a taça para Portugal. Não consegiu, mas não foi pelo arbitro, foi porque a França é uma grande equipa. Agora esse discurso do patinho feio e de que somos uns coitadinhos não pega e é pena que o tenham feito. Ha que ter dignidade nas vitorias e nas derrotas.

PiKiNiKi disse...

realmente jogamos com 10 os 90m.. tanto o Pauleta e o Postiga não estiveram lá.
O Pauleta marca mto em França.. mas na selecção já deu para ver que não se enquadra...o postiga com dois golos marcados numa época o que anda lá a fazer? Até o João Tomas é melhor

João Bizarro disse...

Só não concordo com o facto de a França ser a melhor selecçao. Para mim é a Itália.

Realmente Pauleta é ZERO. Postiga ZERO é. Não sei o que foi lá fazer o Nuno Gomes.

Hermione disse...

A melhor selecção é a Italia e não estou a pensar em vingança.
Nuno Gomes merecia ter tido uma oportunidade não teve infelizmente para Portugal.
Pauleta é um zero completo como se comprova nos grandes momentos contra os melhores o seu rendimento é de uma nulidade confragedora um remate em dois jogos Inglaterra / França.
Postiga fez 2 ou 3 golos nas duas ultimas épocas o milagre é ter sido convocado e jogar como 1ª opcção vindo do banco.
Scolari tacticamente é muito fraco depois de Portugal sofrer o golo fizemos um jogo previsivel e aconteceu foi uma repetição da hora em que jogamos com um jogador a mais contra a Ingalterra inclusive nas substituições.
A França aproveitou as nossa limitações quer fisicas quer tacticas ( Nuno Gomes nem aquecer foi!!! )
Fizemos um grande Mundial mas chegado a este patamar ou temos jogadores para fazer a diferença ou temos um treinador que dê cartas no plano tactico e Portugal neste momento nem uma coisa nem outra .

Hugo disse...

Não acho que oproblema fosse do treinador. Aliás o problema é o futebol português que não tem um avançado que decida. Não temos, e por isso temos dificuldades em marcar golos e fazer a diferença na grande area contrária. Isso não depende do treinador, que aliás fez o que devia ter feito. As substituições foram acertadas e tentou marcar sem nunca perder a consistência defensiva. Pessoalmente prefiro o Nuno Gomes ao Pauleta e ao Helder Postiga, mas entendo que Scolari não tenha essa opinião.

Pedro disse...

É sina Portugal não "criar" um matador por isso cabe ao treinador utilzar as melhores "armas" q tem ao seu dispor. E para esta selecção, para o tipo de jogadores q temos, Nuno Gomes é uma excelente opção para o ataque. Nuno Gomes não fica à espera q a bola lhe chegue como o Pauleta, NG sabe jogar de costas para a baliza, vem buscar a bola, abre espaços, tabela muito bem com os colegas. Não tenho duvidas q Portugal rendia muito mais com ele em campo.

A Itália tem uma bela equipa mas considero a França mais forte, aquele meio campo francês é delicioso. Não só é bom a destruir o jogo adversário como qualquer um deles pega na bola e a trata com "carinho". A defesa é muito forte e o ataque é rapidíssimo e letal.

E depois tem Zidane...

Sobre as substituições...não concordo q tenham sido acertadas. Qd Miguel se lesiona Scolari devia logo ali

Pedro disse...

logo ali ter arriscado mais. E a perder não faz sentido tirar um avançado (mesmo a nulidade do Pauleta) para jogar sem referÊncias na área. Devia ter colocado LOGO mais um avançado. Estavamos a perder. Tinhamos q por todo a carne no assador..

zorg disse...

Não é uma questão de opinião: o Pauleta é uma nulidade na selecção, sempre foi e não vale a pena deculpar nem esconder!

No Euro 2004 foi sempre titular e marcou 0 (zero) golos! Neste mundial foi sempre titular e marcou 1 (um) golo, mas a Angola, de encosto, a seguir a um trabalho magistral do Figo.

Pior do que isso: o seu jogo de equipa é nulo e tem dificuldades em dominar uma bola! Não é aceitável ter um ponta de lança que, não só não constrói jogo para a equipa mas também não marca golos!

Quanto ao Postiga, nem sequer é jogador de futebol. Vai lá para os penalties.

O Nuno Gomes, sempre - repito: sempre! - que jogou na selecção correspondeu, quer através de muitos e importantes golos marcados (vide Euro 2000 ou Euro 2004, durante o período de afastamento de Pauleta), quer através de construção de jogo ofensivo.

Repito, não é uma questão de opinião! Colocar o Nuno Gomes no banco para jogar o Pauleta ou o Postiga, é o mesmo que colocar o Ricardo Carvalho no banco, para jogar o Ricardo Costa ou o Bruno Alves.

É estúpido, não faz sentido e não se compreende!

Nuno disse...

Boa crônica, Pedro, só não concordo que os franceses sejam os melhores do mundo.

O ponto chave do jogo foi este: "E depois a lesão do Miguel deu a facada final nas aspirações lusas, impressionante a diferença entre Miguel e Paulo Ferreira."

Chegámos onde pudémos e já foi muito bom chegar aqui, mas fica sempre a amarga sensação que poderíamos ter feito melhor, apesar de uma notória falta de condição fisica nestes dois ultimos jogos.É futebol.

Bravo Portugal, parabéns!!!

jbs disse...

Só um reparo em relação à arbitragem, acho mal que se branqueie tantas decisões erradas. Este parecia um discípulo do António Costa. Marcou penalty num lance muito duvidoso (já viram a foto que anda a circular que mostra a pata do Henry no ar na altura em que teria sido rasteirado?), não marcou outro por carga nas costas do Cristiano Ronaldo, bem mais visível, e não marcou uma falta junto da àrea francesa - para não falar dos cartões amarelos, que acho que fariam toda a diferença, teriam obrigado os defesas franceses a terem mais cuidado, e a desistir das faltas sistemáticas com que pararam a maioria dos ataques da nossa selecção. Eu sei que fica bem não dizer mal do àrbitro, mas fizemos isso em 2000 (branqueando as cotoveladas do Zidane) e voltamos a ser roubados agora.

n_sardas disse...

Penso que temos de dar o merito á França em termos defensivos... aquele quarteto defensivo mais os 2 trincos estiveram sublimes...
É verdade que os nossos avançados são francos, mas ontem não havia forma de um cruzamento ou canto sair bem medido, quer por demerito nosso, quer pela forma como os franceses defendiam... quantas vezes vimos o Ronaldo com 3 defesas junto a ele, e mesmo assim todas as zonas de passe estavam cobertas por franceses...
Penso que o Scolari quando tira o Pauleta e mete Simão tem como objectivo tentar criar espaços para um possivel remate de fora da area... acabou por não surgir... e decide voltar ao esquema antigo...
Não tivemos o tal "pormenor", erro a nosso favor... tivemos aquela falha do elemento defensivo francês, Barthez, da unica forma que podia acontecer face á forma como defendiam: um remate de fora (neste caso um livre)... mas não aproveitamos... paciência...

antitripa disse...

Só não concordo que a França seja a melhor equipa do Mundo. Amante de sistemas tácticos inteligentes vou sempre pela Itália, aquela a que chamam eterna sortuda...e já o é há 76 anos...desde que defende um sistema táctico que para mim é um harmonio, defender (e bem defender) e atacar depois de ter estudado os pontos fracos do adversário: Qual gladio romano no colosseum, frio, directo, conciso, mortal. Ali é futebol estudado ao que preferem chamar "sorte".

João Bizarro disse...

Assino por baixo da opinião do Zorg.

Nuno disse...

Só a carinha de toino parvatana que o Domenech apresenta é motivo suficiente para não ir à bola com os francius.

Estou, óbviamente pela Itália contra a arrogância francesa.

Hugo disse...

Seja como for não ha nada a fazer. Agora o que interessa é a pré eliminatoria da liga dos campeões.
Quando é o sorteio.

Pedro disse...

Acho q o sorteio é no final de Julho.

Sinceramente não sei por quem irei de torcer mas, um génio como Zidane merece despedir-se com o trofeu nas mãos.

Anónimo disse...

Há aki opiniões mt válidas e o post do Pedro é excelente,critica a Scolari muito bem feita e só discordo numa coisa, penso k o Scolari deveria sair não por ter feito um mau trabalho mas simplesmente pk já não tenho paciência para o seu estilo conflituoso, para as suas birras, para a sua teimosia k tal como foi dito nos custou a eliminação. Scolari,obrigado e adeus e um queijo...deve ter comido mts oferecidos pelo Pauleta

caxana disse...

concordo com vocês( coisa rara..rsrsr)

pauleta, postiga, o que é aquilo meu deus, nem nas distritais,
o nuno gomes é melhor sem dúvida, mas ainda bem que foi ao mundial para ver se ele vem mais desgastado para a liga.

OBRIGADO FRANÇA, só espero que o zidade como grande jogador seja campeão do mundo e marque o golo da vitória, para que seja uma retirada de um REI.

mais uma vez MERCI ZIDANE por tudo e pelo golo de ontem.

jbs disse...

Tinha que vir o merdoso do racista e traidor à pátria dizer merda... Ó caxana, cala-te que já ninguém te pode aturar.