blog

quinta-feira, junho 19, 2008

Euro 2008: O Adeus

Naturalmente Portugal foi derrotado pela Alemanha. Digo naturalmente porque a equipa alemã é mais forte.

Podemos ter o melhor jogador do mundo, podemos trocar a bola melhor que ninguem, podemos ter ter grandes vedetas que falta-nos, ainda, "aquilo" que nos separa das grandes equipas mundiais e que nos impede de triunfar nestes palcos nestas alturas. O "aquilo" pode tomar diversas formas: objectividade, cultura táctica, acerto, concentração, espirito.

Estamos a crescer, e só estando nestes palcos, jogando contra estas equipas, é que podemos continuar a crescer e é importante que o senhor que se segue consiga aproveitar o que de bom foi feito e, muito importante para o tal salto qualitativo, traga à equipa o que lhe falta ainda. É notório que somos uma equipa respeitada e temida, já ninguem entra em campo contra nós de peito inchado, mas ainda existe um fosso entre nós e os melhores. Um exemplo é Cristiano Ronaldo. Muitos irão dizer que Ronaldo não jogou nada, que nunca aparece nestes palcos, etc. Tem alguma verdade mas isso deve-se à marcação cerrada que lhe foi feita durante todo o Europeu. Os nossos adversários conseguiram anular a nossa melhor arma enquanto que nós fomos incapazes de fazer o mesmo. Se contra equipas mais fracas houve outros que conseguiram "substituir" Ronaldo, contra uma Alemanha a coisa pia mais fininho. Muito se falou das debilidades de Portugal no jogo aéreo, sofremos dois golos por aí. Apontou-se a lentidão dos centrais germanicos como grande falha deles, conseguimo aproveitar? Não. E começa por aí a explicação para o ainda existente fosso.

Mas não jogámos mal, eles é que jogaram melhor, foram melhores e por isso há que dar mérito. Ok, podemos reclamar do terceiro golo mas é um lance muito rápido mas é uma falha incrivel da nossa defesa. É inaceitável que o Ricardo, nesse lance, não tenha tirado os pés do chão. Se se sai à bola tem que sair com autoridade, com garra. Falhámos e eles não. Outra grande diferença.Hoje Deco (vou tratá-lo pelo nome e não pelo outro tão ao meu gosto porque merece) foi grande. E não o foi pela pseudo-magia que os comentadores gostam tanto de falar (alguem tão mágico não pode falhar tantos passes nem tantas recepções como ele falha), foi grande porque não se escondeu, porque assumiu sem medos o papel de líder da equipa, assumiu a função de levar a bola pra a frente, foi esforçado, foi trabalhador, foi impulsionador, foi grande. Fosse sempre assim e teríamos outra conversa ao longo destes anos. Moutinho fez muita falta, porque enquanto esteve em campo também nunca se escondeu, veio buscar a bola muitas vezes e lutou como é seu hábito. Tal como na final do Euro 2004 com a lesão de Miguel, esta noite voltámos a ter azar com a lesão de Moutinho, acredito que o jogo seria diferente com ele lá a ajudar o Deco. Scolari tentou, mexeu na equipa, trocou jogadores (não percebi a saída do Nuno para pouco depois entrar o Postiga mas adiante), a equip pegava no jogo mas faltava "aquilo". A Alemanha nunca perdeu a concentração, sempre inteligente com a bola nos pés e impecável na marcação defensiva. Os jogadores tiveram o mérito de nos fazer acreditar até ao fim, tiveram o mérito de se terem batido até ao fim, tiveram o mérito de serem dignos na hora da despedida. Perdemos o jogo mas espero que não se perca a equipa. Depende muito de quem vier a seguir.

Scolari despede-se cedo demais da Selecção, pelo menos mais um jogo teria sido o ideal, mas despede-se com brio. Irão chover as criticas ao sargentão, será muito fácil agora ataca-lo e muitas das criticas até terão razão de o ser, mas é indesmentível que ele foi fundamental para tudo o que vivemos nestes 5 anos e meio. Passámos de ambicionar a qualificação para ambicionar a vitória final, isso deve-se a Scolari. A euforia em torno da equipa, o orgulho nacional, deve-se, doa a quem doer, a Scolari.

Scolari tem muitos defeitos, muitas limitações, tenho a convicção que irá passar um mau bocado em Inglaterra mas sei que foi ele o mentor desta crença generalizada de que podemos lá chegar, por isso: obrigado Scolari. Fecha-se um ciclo e, em breve, começa outro. Veremos se iremos continuar nesta onda ou se voltamos ao antigamente, ao tempo da calculadora e da subserviência a opinadores e certos clubes.

PS: Quem viu o jogo na Sporttv pode acompanhar a emoção e vibração com que Fernando Santos comentou o jogo : "chuta", "vira, vira, vira", "go...aaahhh", "olha o bosingwa, olha o bosingwa", "fecha, fecha", foi muito giro. E sentir a voz embargada pelo choro de Miguel Prates nos minutos finais foi uma prova de como a nação passou a acreditar nesta equipa.

48 comentários:

Red Sniper disse...

Aquele jogador que os jornalistas e comentadores da rádio e televisão portugueses consideram o maior jogador do mundo,foi o maior flop do Euro 2008!

Não basta ter o maior ego do mundo,é necessário demonstrá-lo em campo !

Ai que saudades do Eusébio !

T disse...

Ele também é marcado na Champions e lá brilhou. Enquanto o ego nao baixar ele nunca aparecerá nestas grandes competições.

Bom jogo dos centrais portugueses (apesar de nao perceber a movimentação do Pepe no 1º golo, creio que ele pensou que o Podolski fosse para o drible daí ficar na ajuda ao bosingwa).

Labrecas, pede pra cagar e sai...

Primeira parte para esquecer de Paulo Ferreira

Ingenuidade de 1ª: POrtugal na 1ª parte fez 3 (!!!) faltas!! As faltas são para ser feitas, e com uma matava-se a troca de bola que origina o 1º golo, por exemplo. E era bem longe da área...

baron davis disse...

a semana inteira a falar-se em lances de bola àrea e o que sucede?

comemos dois golos em faltas lançadas para a àrea.

o Keper do 14 classificado espanhol voltou a demonstrar que é um perigo a sair entre os postes. Mas pior que isso é ver que QUIM, o eterno suplente, não conseguiu nestes 5 anos trar o lugar ao ex-keper lagarto...

apesar de scolari ser um ZERO tacticamente, que ninguém duvide que foi ele que impulsionou esta selecção para fases finais e posições de destaque. só de pensar em oliveiritas...MEDO!

pena é que tenha insistido em ricardo e paulo ferreira: dois jogadores mediocres e claramente o elo mais fraco desta selecção...

p.s: preparem-se, gozem e disfrutem quando os palhalços da fpf dizerem q o Benfica não deu estabildiade à selecção de todos nós...

ps1: acabou o Euro...a partir de sabado, 35 jogadoes por dia vao ser lançados por os pasquins como alvo do Benfica.

T disse...

http://www.record.pt/noticia.asp?id=792066&idCanal=1024

Atentem bem na imagem.

Como diria o grande Stanley... EYES WIDE SHUT

Pedro disse...

"Ele também é marcado na Champions e lá brilhou"

Não me lembro de ver um adversário do United a fazer marcação tão cerrada como lhe foi feito neste Euro. É q se metem 3 homens em cima do Ronaldo ficavam o Rooney e o Tevez isolados...

Acho injustas essas criticas ao Ronaldo. Ao contrario de outros o Ronaldo empenha-se, esforça-se, luta, ouve o treinador, etc etc.

T disse...

"...fica a apontar para o klose na marcação, etc, etc..."

vosé jeiga disse...

tanta euforia...até pareciamos os espanhois a balujar a sua selecção...

já tá tudo dito...labrecas a abrir o aviário em lances de bola aérea; paulo ferreira é o maior embuste do futebol mundial; falat de objectividade no ataque e, na minha opinião, a mais importante: falta de calo na seguinte situação:


TODA A GENTE SABIA QUE OS CABRÕES DOS ALEMÃES SÃO ALTOS; TODA A GENTE SABIA QUE O RICARDO É UMA MERDA A SAIR A BOLAS AÈREAS.

Portugal em vez de evitar fazer faltas perto da área, e cortar jogadas com falta no meio campo, não! permite que os alemães tenham livres estratégicos...

como dizia o outro: "o futebol são 11 para 11 e no fim ganha a Alemanha"

John Billy disse...

Vocês podem vir com todas as teorias do Mundo mas só consigo ver um culpado: Ricardo.

Alexandre disse...

john é mais culpado quem o pôs a jogar. Há muitos anos... não é de agora. Já perdemos uma final desta maneira.

starblade disse...

Azar que jantei mais cedo, então lá tive que ver um bocado do Brasil-B jogar contra a Alemanha. E já tinha acabado o COD2 e o Born of Blood está-me a dar um bug que não sei como me livrar dele, portanto deixei-me ficar...

Ainda bem que o burro do Scolari se vai embora. Está cada vez mais besta e não aprende nada com os erros do passado. Perdeu 2 vezes contra a Alemanha pq não aprendeu nada da 1ª vez. Parece o Paulo Bento a jogar contra o Setúbal. Ou o Scolari a jogar contra a Grécia...

Sempre a ser enrabado da mesma forma pq nunca foi capaz de aprender com os jogos anteriores.

Alguma vez o suplente do Bétis tira o lugar ao Quim? Só na mente de um burro. Em 2006 ainda se podia argumentar e o Ricardo efectivamente estava em forma, mas em 2008 a diferença entre ambos é tão grande que nem se pode contestar.

O "português" Pepe? Se é para seguir as bolas cruzadas para a grande-área com os olhos, isso tmb eu faço! No 1º golo ficou especado, a enconar juntamente com o Bosingwa. Pareciam a Teresa Guilherme e o Goucha. "Olha que dois". No 2º e 3ºs golos ficou com cara de parvo a olhar para a bola e nem se faz aos lances. Vejam as repetições. Demais. Boca aberta, olhos na bola e nem se mexe. Que fixe! E tem um lance na 1ª parte em que mete o braço de tal maneira num jogador alemão que comigo teria sido logo amarelado. Deve julgar que ainda joga nos porcos, onde pode fazer tudo impunemente. Aquele vale é 30 milhões de baldes de merda!

E o outro central tmb é bom. Umas mãozinhas nas costas e cai logo.Com estes dois centrais mais o frangueiro o que estavam à espera?

É o que dá um treinador dizer aos jogadores para estarem apenas concentrados na Selecção enquanto se vai negociando com o Chelsea. Coincidência do caraças, depois de tal anuncio nunca mais Portugal ganhou. Boa jogada psicológica, ó sô Xocolari. Que grande exemplo. "Faz o que eu digo, não faças o que eu faço", lá diz S.Tomás.

Telmo disse...

Portugal nunca ganhou nada, e os seus jogadores são umas grandes vedetas.

A Alemanha tá fartinha de ganhar, e os seus jogadores são rigorosos, humildes e não brincam em serviço.

C.Ronaldo é o melhor do mundo.
Ballack e Shweinsteigger dão uma lição dentro de campo.....

João Bizarro disse...

Pedro, o Zidane também foi marcadíssimo, o Maradona foi marcadíssimo, o Romário... o Ronaldo (brasileiro), o Van Basten...

Quando se é o melhor do mundo não basta parece-lo, há que sê-lo!!!

Mas ele nem foi dos piores. Aquela defesa foi uma vergonha, principalmente os laterais. Que miséria.
E já nem falo no labreca pra não gastar o meu latim.
O Vitor Baia era um manitas de trapo mas ao pé deste era o melhor do mundo.

Enfim, levamos um banho táctico da Alemanha e o que chateia é que tinhamos equipa para passar.
É que se passassemos este a final já tinhamos um pezinho na final pois não estou a ver a Croácia ou a Turquia a ganhar-nos.
É o futebol.

Agora sou holandês e/ou italiano.

MB disse...

Desculpem lá...o Scolari pode ter muitos méritos, mas não foi ele que nos tirou as cálculadoras, nem que nos pôs a acreditar em Títulos.

O Euro 2000 continua a ser, para mim, o melhor europeu que Portugal fez (4 vitórias e 1 derrota). E começou no "grupo da morte" (Inglaterra, Roménia e Alemanha). E aquele que realmente nos fez acreditar que era possivel. É só lembrar a moral que a selecção tinha qd foi ao Mundial de 2002. Aliás acho que neste europeu o problema foi o mesmo.

O prestígio que a selecção tem deve-se a tudo o que a selecção conseguiu desde 1996: presenças regulares em fases finais (6), sempre passando a primeira fase (menos em 2002).

Em relação ao jogo de hoje. O melhor em campo foi o Deco. Não o via jogar assim há muito!

Mas como sabemos, o futebol é um jogo de 11 contra 11, em que no final ganha a Alemanha.

João Bizarro disse...

Só me admiro como o labreca não desatou a correr em direcção ao árbitro a dizer que o Ballack tinha dado com a mão.

João Bizarro disse...

Este diz aqui uma grande verdade:

"E, não resisto à tentação de finalizar com uma estatística. Ricardo, 2007/08 (em todas as provas): 42 jogos, 59 golos sofridos e, não teve culpa em nenhum…"

André Leal disse...

Parabéns à Alemanha, foi melhor no jogo.

Concordo a 99% com a tua análise mas considero que Portugal é melhor, bem melhor. Mas aquela coisinha que nos falta, eles realmente têm.

Eles tiveram um momento de brilhantismo (o primeiro golo) e dois de oportunismo, e foi demais nós.

Também não tivemos, mais uma vez, sorte no árbitro, com um penalty sobre o Nuno Gomes (não houve repetições mas ele foi realmente agarrado, ainda na primeira parte, com 2-0) e a falta do Ballack no terceiro golo.

PS: Não sei se notaram nas declarações finais, mas deve ter havido muita discussão no balneário depois do jogo. Já não sei se os próprios jogadores suportam o Ricardo.

presidente da junta disse...

Ricardo, 2007/08 (em todas as provas): 42 jogos, 59 golos sofridos

palavras para quê?

era vê-los os pseudo melhores do mundo na saída dos balneários a falarem de real madrid, milan, inglaterra, espanha e itália...o povo triste com o resultado e aqueles fdp's a baixarem as calcinhas aos manda chuva europeus...

Pedro disse...

"Pedro, o Zidane também foi marcadíssimo, o Maradona foi marcadíssimo"

Lá está. O Ronaldo é bom, até pdoe ser o melhor do mundo actualmente, mas está longe desse nível.

Não vi as declarações finais por isso não me apercebi desses possiveis problemas...

john billy disse...

Alexandre, sei muito bem que a culpa é do Scolari.
Alias, sou benfiquista mas sei muito bem que o Baia tinha que ser o titular do 2004.
Enfim o que se pode pedir quando se convoca Ricardo, Rui Patrício e Nuno? Uma Selecção com três guarda redes desse gabarito merece ganhar alguma coisa?

Hugo disse...

Concordo com a crónica do Pedro ao jogo, mas apenas deixa-me reparar que Portugal soube aproveitar a lentidão dos defesas alemães. Marcamos 2 golos, criámos oportunidades de golo e penso que jogámos bem do meio-campo para a frente. O problema foi que cada golo que marcávamos, sofríamos 2. Culpa da nossa defesa que foi uma autêntica nulidade. E a culpa não é só do Ricardo. Ricardo Carvalho, Pepe e o Paulo Ferreira jogaram muito mal. Para a ajudar a festa, o árbitro deu um empurrão bem cirúrgico para o 3º golo.
Mesmo assim, acho que a equipa técnica deveria ter treinado este tipo de lances e Scolari deveria ter tentado arranjar uma solução mais segura para a baliza. Este é um problema que dura há 4 anos e não se fez nada para resolver isso. A teimosia de Scolari nesse aspecto foi fatal. Mas mesmo a atitude defensiva da equipa foi bastante displicente. Portugal não sabe defender e pronto.

Não obstante, acho que o Cristiano é um grande jogador e cada vez que o homem pega na bola avançamos 30 metros. Agora com 3 homens em cima dele não há nada a fazer. Mesmo assim isso criou espaços suficientes para termos um caudal ofensivo bastante interessante que culminou com a marcação de 2 golos.

Seja como for, esta selecção e este espírito vencedor que a acompanha é relativamente novo. Passaram apenas 8 anos desde 2000 (ainda por cima com António Oliveira no meio que atrasou tudo o que se havia sido construído). Selecções como a Itália, Alemanha, Holanda e França são selecções altamente profissionais na sua estrutura há décadas e décadas. Ainda existe para os portugueses um bom caminho pela frente. Mas estamos a caminhá-lo. A saída de Scolari foi boa porque é altura de alterar alguma coisa. Não se pode ter o mesmo problema há 4 anos sem se fazer nada para o resolver. Se ele continuasse iríamos continuar a sofrer golos da mesma maneira. Mas a verdade é que graças a ele somos o que somos. Os alicerces estão montados só falta um timoneiro.
Para mim Humberto Coelho (o homem que pôs Portugal a jogar como deve ser, mas que a as pressões do costume trataram logo de o substituir pelo Oliveira ) ou Carlos Quierós. Esperemos que os anos de Scolari tenham servido para, pelo menos, as pressões clubisticas tenham sido finalmente irradiadas.

Alma Benfiquista disse...

Vamos com calma!

Como disse o Pedro e bem, a Alemanha foi melhor que nós e ponto final! De facto, Alemanha, Itália e França têm "aquilo". Portugal tem experiência em fases finais de Europeus e Mundiais desde 1996 (antes foram só 3 ocasiões exporádicas), a Alemanha tem experiência desde 1950!!! Desde 1954 foram 3 vezes campeões do Mundo e 3 vezes campeões europeus (já para não em outras tantas finais jogadas e perdidas). Ou seja, desde há muitos anos que eles sabem jogar este tipo de jogos. Nós, aprendemos a jogá-los em 2004.

Para finalizar, apesar de todos os erros hoje cometidos, acho que o saldo de jogadores e treinadores ao longo de todos estes 5 anos é positivo (Ricardo incluído!!!).

Obrigado Scolari e que sejas feliz no Chelsea!

Cumprimentos

P.S.: Quem disse a frase "O futebol é uma bola, 11 jogadores de cada lado e no fim ganha a Alemanha" foi um dos melhores avançados ingleses de sempre: Gary Lineker!
Ontem esta frase aplicou-se na perfeição... infelizmente! :(

João Bizarro disse...

Os alemães além dos 3 golos não tiveram uma única oportunidade. Isso diz tudo a nulidade que foi a defesa e o grande Labreca.
O guarda-redes mais ridiculo da selecção portuguesa.

O Hugo, as pressões clubistas foram irradiadas porque o treinador era o Sargentão. E mesmo que o Madail fosse na cantilena dos clubes o Sargentão não estava para aí virado.

dexter disse...

hoje é dia de rever...

http://www.youtube.com/watch?v=KVwhkQhY_S4

A diferença entre uma selecção e o clube da federação

João Bizarro disse...

"Obrigado Scolari e que sejas feliz no Chelsea!"

Creio que em Janeiro temos o Sargentão de volta.
Com o Madail de pernas abertas à sua espera!

pmr10 disse...

A única consolação foi ver os Alemães chegarem ao fim do jogo de rastos.
Demos luta mas não chegou, eles são uns verdadeiros Panzers.

john billy disse...

Hugo, esta Alemanha deve ser das piores dos últimos 30 anos. tínhamos obrigação de fazer bem melhor. Como diz o João Bizarro, foram 3 vezes a baliza e marcaram
3 golos. Dá para ver a qualidade do nosso guarda-redes.
Como próximo seleccionador gostava de ver o Lippi.

Pedro disse...

"esta Alemanha deve ser das piores dos últimos 30 anos"

A questão é mesmo essa. Todos nós sentimos que um grande Portugal tinha vencido o jogo. Isso não aconteceu e uma mediana Alemanha derrotou-nos. Acho q isso diz tudo.

Eu agarrava no dinheiro ganho com este Euro e pagava à Federação Russa a indminização para trazer o Hiddink para cá.

"Creio que em Janeiro temos o Sargentão de volta."

Não acredito. É preciso definir o próximo Seleccionador pq rapidamente irão começar os jogos para o Mundial...

Alma Benfiquista disse...

"esta Alemanha deve ser das piores dos últimos 30 anos."

Discordo completamente desta frase!
A pior Alemanha dos últimos 50 anos (e não 30) foi a Alemanha do Euro2000 e do Mundial2002.
Ah! e mesmo assim chegaram à final desse Mundial só sendo derrotados pelo Brasil... de Scolari!

Esta Alemanha tem um excelente defesa esquerdo, tem 3 jogadores de grande nível no meio campo ofensivo (Ballack, Podolski e Schweinsteiger), tem um excelente médio defensivo que pouca gente reconhece (Torsten Frings) e tem 2 autênticos panzers no ataque (Miroslav Klose e Mario Gómez).

Mais uma vez repito, Alemanha, Itália e França têm "aquilo" que faz ganhar este tipo de competições e Portugal não sabe jogar contra esse tipo de equipas.

Quanto ao próximo seleccionador, acho que deveria ser dada uma oportunidade a Humberto Coelho, mas todos nós conhecemos o antro mafioso que rege a FPF, por isso é uma carta fora do baralho. O seleccionar será certamente estrangeiro (brasileiro). Mas, anda a circular uma nova opção de seleccionador: Jesualdo Ferreira! Medo, muito medo!!!

Cumprimentos

João Bizarro disse...

Pedro, o que eu quis dizer é que em Janeiro o Sargentão já não treina o Chelsea!

O Hiddink ou o Lippi.
Mas o Sacolas já anda a criar lobby para o amigo Zico.

dexter disse...

Não é por nada mas o vice da FPF já avisou que o proximo treinador fala portugues.
Não estou a ver o Hiddink ou o Lippi a encaixarem nessa descrição.
Infelizmente

Vamos mesmo gramar com o ZICO

João Bizarro disse...

Concordo contigo Alma.
Mas acho que tinhamos equipa para eles. E o Frings (grande jogador) nem jogou!!!

Já não arrisco prognósticos. Nem para o Holanda-Russia.

Neste momento só quero uma coisa: que os espanhóis fiquem já pelo caminho!

jaco disse...

Foram 1.5 vezes a baliza, e marcaram 3 golos. Ricardo, desiste!

Hugo disse...

A alemanha nunca tem equipas fracas. Podemos dizer que esta alemanha não é das mais vistosas, mas o trabalho do treinador foi extraordinario. Reparem que ele conseguiu criar uma estrutura que permitiu facilmente aproveitar os nossos erros. Ele sabia perfeitamente como poderia ganhar. E ganhou. É este tipo de trabalho e de descernimento que falta a Scolari. É o que eu digo, se houvesse esforço em tentar melhorar defensivamente os lances de bola parada, teriamos provavelmente ganho o jogo. Se tivessemos tentado encontrar um guarda redes Português que saísse bem dos postes provavelmente teriamos melhor sorte. Mas também com outro não teriamos ganho os jogos em que fomos apurados nos penaltys. A vida é cruel.
Não é novidade que Scolari tem limitação tácticas. Compensa noutras coisas. Por vezes ganhamos, outras perdemos, desta vez perdemos.
Agora o que é importante é saber o rumo a tomar no futuro. Parece-me e digo-o novamente, que tanto o Humberto como o Queiros são os unicos treinadores capazes de continuarem o trabalho de Scolari (que foi bom, claro).
Agora o Zico... ninguém conhece o Zico, o que ele faz, o que ele não faz, como é enquanto treinador. Portugal atingiu um patamar em que não pode dar tiros no escuro. Senão voltamos à estaca zero!

john billy disse...

"Esta Alemanha tem um excelente defesa esquerdo, tem 3 jogadores de grande nível no meio campo ofensivo (Ballack, Podolski e Schweinsteiger), tem um excelente médio defensivo que pouca gente reconhece (Torsten Frings) e tem 2 autênticos panzers no ataque (Miroslav Klose e Mario Gómez)."

E que selecções não têm grandes jogadores?
Vê a França: Henry, Benzema, Toulalan, Ribeiry, Govou, Malouda, Gallas e o que fizeram?
A questão é que ainda não vi um único jogo de jeito da Alemanha (a não ser com a Polónia). Perdemos unicamente por culpa nossa. Não houve nenhum mérito do adversário. Isso custa.

Alma Benfiquista disse...

Caro john billy,

Como eu disse, Alemanha, França e Itália têm sempre "aquilo". Ou seja, a França também entra neste lote de equipas que têm grandes jogadores e sabem jogar jogos a eliminar. Se tivessem passado a 1ª fase eram um dos fortes candidatos à final.

"Perdemos unicamente por culpa nossa. Não houve nenhum mérito do adversário."
Não percebo como se pode dizer que não há mérito da Alemanha. Basta ver a forma concentrada, pressionante e veloz como entraram no jogo para perceber que tiveram mérito. Ou então rever a jogada do 1º golo.

A Alemanha foi melhor que nós, por muito que nos custe. E neste momento tem um pé na final (e não me parece que a vá jogar contra a Holanda ou contra a Espanha).

Cumprimentos,

dexter disse...

FINAL
ALEMANHA - ITALIA

Com vitoria da ITALIA !!!

João Bizarro disse...

"E neste momento tem um pé na final (e não me parece que a vá jogar contra a Holanda ou contra a Espanha)"

Cuidado com a Russia.

Alma Benfiquista disse...

João Bizarro,

Só falei em Holanda e Espanha. Acho que a Rússia pode ser a maior surpresa deste Europeu. Cuidado Holanda!

john billy disse...

Alma, no 1º golo foi uma sucessão de falhas da nossa defesa:
1º o Bosingwa não consegue acompanhar o Podolski (pelo menos que fizesse falta).
2º O Pepe foi lá fazer o quê? Não foi fechar o centro da defesa porquê?
3º O Paulo Ferreira foi comido de uma maneira acreditavel.
Os outros dois golos, prefiro nem falar. Basta pensar que o Moutinho e o Pepe falharam golos mais faceis para ficar mal diposto.
É claro que a Alemanha é sempre um selecção temivel, mas esta estava perfeitamente ao nosso alcance.
Agora só me resta torcer pela Holanda e pela Espanha.

starblade disse...

O Baia? Nem num milhão de anos. Esse foi um dos principais enterras do Mundial de 2002. Foi bem afastado pelo Scolari. O Ricardo esteve bem em 2004 e 2006, mas agora não vale nada.

Alma Benfiquista disse...

John Billy,

Acho que esse é um "problema" muito nosso. Vemos sempre as nossas "falhas" e nunca o mérito dos adversários. A jogada do 1º golo são 2 triangulações perfeitas dos alemães. Se tivessem sido feitas pelo Simão, Ronaldo e Bosingwa estávamos agora a dizer que tinha sido uma jogada maravilhosa. Como foi contra nós, andamos a perguntar o que andava lá o Pepe a fazer.

Temos que dar mérito a quem o tem. E eu acho que a Alemanha pela forma como encarou a partida e como jogou, teve mérito. Isso não significa que não veja erros na selecção Portuguesa, mas também houve mérito (e muito) da Alemanha.

A Espanha e a Holanda não me parecem capazes de ganhar este Euro. Mas, pela estima que tenho pelo grande jogador que foi Van Basten (um dos 5 melhores que vi jogar e o melhor ponta-de-lança de sempre), gostava que a Holanda ganhasse.

Pedro disse...

Eu agora torço pela Croácia...aquele Modric enche-me as medidas!!!!

João Bizarro disse...

Starblade, perdemos a final de 2004 graças a um lance idêntico do labreca.
Sim, é bom a defender penaltys, mas até chegar lá há 90 ou 120 minutos.

Os gr alemães devem estar muito chateados neste momento por o labreca defender penaltys melhor que eles.

João Bizarro disse...

"Eu agora torço pela Croácia...aquele Modric enche-me as medidas!!!!"

Acho que foi a única selecção que ainda não vi um jogo completo. O Rakitic tb é bom mas acho que não tem sido titular.

Até ver estou pela Holanda.

Róis as unhas?
Não?
O Van Niistel... roi!

Pedro Vagos disse...

"Eu agora torço pela Croácia...aquele Modric enche-me as medidas!!!!"

A mim também... e se o nosso departamento de prospecção ao menos jogasse Football Manager, já tinha "tropeçado" no MODRIC há pelo menos 2 épocas... quando ele era barato!

Mas não....

Algarviu disse...

Mais vale cair em graça do que ser engraçado.
Aplica-se isto ao puto Moutinho. É generoso, é aplicado e honesto como profissional de futebol, mas... Até no post se diz que a sua substituição foi um do motivos do menor rendimento da selecção: quando o rapaz saiu já se perdia por 0-2!
No meio campo, era ver as bolas passarem-lhe por cima: o metro e meio não dá para mais.
À boca da baliza falha um golo ao hesitar dar com a cabeça ou com o pé: deu com o joelho que estava mais à mão.
Dá jeito ter boa imprensa e simpatia na blogosfera.

Pedro disse...

algarviu, com Moutinho em campo tinhas mais alternativas no transporte e controle de bola a meio campo. Não foi por ele q sofreste dois golos. E no lance q citas ele ía dar de cabeça qd percebeu q a bola vinha baixa demais. Não sejas mauzinho.

nunivs disse...

ou é de mim, ou amanha a holanda vai ter uma surpresinha russa...

aconteceu o que previa... a turquia passou ( com relativa supresa e sorte ) a croácia... e tal como nós, os turcos têm razoes de keixa da Uefa, que convenientemente aplicou ao Demirel 2 jogos de suspensao, nao fossem os malandros dos turcos passarem e jogarem contra a alemanha com o seu melhor guarda.redes ... ai esta Uefa ... mas algm ainda acredita que isto nao e tudo cozinhado para as grandes selecçoes ?!