blog

terça-feira, fevereiro 10, 2009

Postal Dia dos Namorados

144 comentários:

Americano disse...

O amor é lindo...

Hugo disse...

Está muito bom!!!!

M disse...

está porreiraço...pena é que ainda não consigo achar muita piada a tudo aquilo que se passou no Domingo passado...

Dexter disse...

Inspirador no minimo este template para o dia 14 :)

T disse...

http://img12.imageshack.us/img12/3118/xipocoluchoys1.gif

Quem é que puxou a perna esquerda do lucho?

Luís disse...

O jogo de Domingo nem me escandalizou por aí alem. Foi apenas mais um episodio de la Piovra. Desde a 1ª jornada que temos sido prejudicados pelas arbitragens, portanto porque é que agora seria diferente? Ja vos disse, vamos ser campeões contra 14 em todos os jogos.

Dexter disse...

T,

Bolas isso é um teste à minha visao :)

Nao se arranja uma imagem maior ?

:)

T disse...

http://www.youtube.com/watch?v=iN38Kmnngbw

Toma lá =)

Pedro disse...

LOL

Dexter disse...

porra granda escandalo
nao tinha visto isto

isso deu no dia seguinte ?

T disse...

Sim, mas disseram que era penalty lol

Agora repara neste pormenor dexter. O porto na 1ª parte, onde jogou "MUITO BEM" segundo a imprensa, teve 3 oportunidades flagrantissimas de golo segundo a mesma imprensa. TOdas foram lances de cabeça, um de lucho e 2 de lisandro.

Deixo aqui os 2 lances do lisandro, tentem descobrir a semelhança entre os 2 lances:

http://videos.sportmultimedia.pt/ojogo/video.php?id=313959

http://videos.sportmultimedia.pt/ojogo/video.php?id=313993

Diogo disse...

Jaco, "Hades" é o deus do submundo, irmão de Zeus, na mitologia grega.

Escreve-se "Has-de" meu corrupto ignorante!

Eu sei que não devemos responder a corruptos, mas não resisti a tanta ignorancia.

Dexter disse...

Viram esta imagem e dizem que e penalty ????

Porra tenho mesmo de ir ao oftomologista.

E que dizia o Seara ?

Diogo disse...

"Quique disponivel para voltar a Espanha, a qualquer momento"

Fodasse que é isto ? Só espero que seja apenas mais uma noticia sensacionalista.. Não parece ser coisa do Quique, mas..

T disse...

O Seara só dizia "Talvez pressionado pelo lance da 1ª parte tenha entrado na base da compensação" Nunca disse claramente que fosse penalty mas admitiu que poderia ser.

Incrível...

Dexter disse...

base da compensação ???

Nunca percebi essa da compensacao.

Ridiculo

T disse...

" jaco disse...
O filho da puta cumpriu a profecia"


Aquela que já cá escreveram há tempos e dizia: "Podem apagar que eu volto a escrever"

Algarviu disse...

Diogo,

o que o Quique diz é o óbvio: disponível para voltar a Espanha quando a sua vontade coincidir com a de num clube espanhol. Até pode nunca vir a ter essa vontade, como pode vir a tê-la já amanhã.

Já no domingo, interrogado sobre o resultado do Sporting, disse que era bom que tivesse perdido. Óbvio! Mas os cromos dos nossos treinadores diriam, como já ouvi dizer a muitos, que os resultados dos outros não lhes interessavam e coiso e tal. Julgam-se desportivamente correctos mas no fundo fazem dos outros parvos.

Pedro disse...

T, duvido q ele tenha percebido essa
:):)

T disse...

Pedro... xiuuuu :P

T disse...

Algarviu: e disse mais... Disse que queria criar um clima de ESTABILIDADE e ambição (que mais uma vez os jornalistas traduziram por ilusão) no Benfica.

Dexter disse...

ILUSAO ???

Qual é o sentido disso ?

Ilusao optica ? Deve ser :)

João Bizarro disse...

Ao intervalo do jogo recebi o seguinte sms de um amigo meu: "Como é que o proença vai descalçar esta bota?"

Eu respondi: "Ele que não invente"!

E não é que esse meu amigo tinha razão?!?!?
Quem me manda acreditar em histórias da carochinha!

João Bizarro disse...

Soneca dixit:

"«Foi uma grande etapa na minha carreira. Quando cheguei, o Benfica era um grande clube que levava vários anos sem ganhar títulos. Conquistámos a Liga, onze anos depois do último triunfo, uma Taça de Portugal e uma Supertaça, 15 anos depois. Isso ficou marcado na minha vida, de tal modo que Portugal e o Benfica fazem parte de mim», referiu Geovanni em entrevista ao Don Balón"

Quando o vejo jogar e olho para o Balboa e para o Luis Filipe que o substituiu dá-me vontade de vomitar!

João Bizarro disse...

"Deixo aqui os 2 lances do lisandro, tentem descobrir a semelhança entre os 2 lances"

O 1º é falta, o 2º fora de jogo. A semelhança é que nenhuma foi assinalada!

T disse...

São ambos fora de jogo lol E sim, nenhum é assinalado :)

silvino martins disse...

põe ai uma foto do penalty por marcar a favor do porto aos 18 min.
e já agora põe tambem uma sobre a expulsão perdoada ao sidney aos 26 min.

João Bizarro disse...

Silvino Martins, foi o quê? LSD? Ecstasy?

T disse...

http://www.youtube.com/watch?v=iN38Kmnngbw este penalty que o Lucho cai com a perna contraria já o Reyes está a 1 metro de distancia?

Uma pisadela no peito do pé é uma agressão? Eu diria que é uma das faltas mais comuns no futebol em bolas divididas...

T disse...

Já agora, atentem no complexo de inferioridade...

http://img18.imageshack.us/img18/5855/placardtd7.jpg

Filipe disse...

No dia em que o velho flatulento bater as botas (ou melhor ainda for preso) agarro na minha bandeira do Benfica e vou desde a avenida de Gaia até aos Aliados a pé. Vai ser uma sensação só igual à do 25 de Abril de 74.

Pedro disse...

Silvino quem deveria pôr essas imagens serias tu não é? Mas não as arranjas né?
:)

LuaSLBENFICA disse...

Realmente...um belo postal, parabéns ao autor do mesmo pelo sentido de oportunidade e criatividade. Em relação à imagem do placard é mesmo coisinha de gentinha... é a única forma de ao pé de nós parecerem grandes. Mas nem assim já que a beleza do nosso símbolo ofusca completamente a bola azul..
Ignoremos irmãos...

Saudações Gloriosas

João Bizarro disse...

Vão ao site do Glorioso votar nos melhores do ano! Já votei.

Formação: Basket

Projecto do Ano: Benfica TV

Alta Competição: Nelson Évora

Treinador: Goran Nigic (Formação Basket)

Inovação: Associação de Casas do Benfica

Modalidade: Andebol

Revelação: Miguel Vitor (Futebol)

Futebolista: Maxi Pereira

João Bizarro disse...

Piada da semana:
De um "jornalista" do Infor(olive)desporto:

"A equipa de basquetebol do FC Porto sofreu uma derrota frente ao Vagos. No final da partida ficou no marcador 91-84; com este resultado as contas para chegar ao primeiro lugar na classificação ficam mais complicadas."

LOLOL. Pois ficaram, ficaram. Estão e estavam em 8º!!!

Algarviu disse...

P: ¿Para cuando su regreso a España? Ha aparecido ya en varias quinielas, por ejemplo la del Atco de Madrid?
R: Cuando coincida la necesidad de un equipo con mis ganas, en cualquier momento de cualquier temporada…

ora aqui está (retirado de um comentário no blog de António Boronha) a fonte onde o record e outros abutres foram ver a disponibilidade imediata de Quique para sair.

Dexter disse...

Algarviu,

Nao consigo perceber qual foi a diferenca do que ele disse para o que foi traduzido.

É exctamente igual.

O que estragou tudo foi ...."en cualquier momento de cualquier temporada"
Isso sim foi muito mau.

Americano disse...

Entretanto, segundo o CM (vale o que vale), Ruben Micael estará referenciado pelo Benfica. Espero que seja verdade, acredito que pode ser outro Ruben Amorim, "produto" nacional, barato, com um ordenado ainda acessível, e que nada fica a dever a outros vindos de fora.

João Bizarro disse...

"o penálti injusto marcado contra o Benfica no estádio do FC Porto. Um penálti, note-se, que pode ter uma influência decisiva no desfecho do campeonato. E, para uma pessoa que preza a justiça, uma coisa destas custa muito a engolir."

Dexter disse...

"...Ruben Micael estará referenciado pelo Benfica. Espero que seja verdade, acredito que pode ser outro Ruben Amorim..."


Pelo menos o primeiro nome é igual
:)

Dexter disse...

João,

Ja agora .... queme que disse isso ?

João Bizarro disse...

José António Saraiva, director do Sol no Record.

Americano disse...

dexter, é um começo :)
Falando a sério gostei muito da exibição dele na Luz, a partir daí tenho estado atento e acho que ele tem capacidades para jogar num grande. E é daquelas contratações que junta o útil ao agradável, qualidade a um bom preço. Não tenho nada contra jogadores estrangeiros, mas regra geral são jogadores que vêm auferir ordenados muito superiores, muitas vezes com qualidade idêntica ou inferior. E como acho que a "mística" benfiquista pode ser uma das nossas grandes armas, é sempre mais fácil de assimilar por jogadores portugueses.
No fundo já tenho um esboço mental do plantel que pretendo para 2009/2010, mas ainda é cedo para falar nisso.

Dexter disse...

O silencio impera no nosso reino.

Niguem diz nada sobre a arbitragem...niente.

É uma estrategia como qualquer outra. Nao sei se a melhor, mas...é uma estrategia.

Dexter disse...

"No fundo já tenho um esboço mental do plantel que pretendo para 2009/2010.."

Ehhh la :)
Ja ?

Com Adu ou sem Adu ?

:) :) :)

John Billy disse...

Também fala-se no interesse no Nené. 12 golos no Nacional é uma excelente marca, mas confesso que desconheço o jogador.

Dexter disse...

"Também fala-se no interesse no Nené"

O nome tambem é um bom começo....
:)

Americano disse...

dexter, isso nem se pergunta :)

John, o Nene parece-me uma opção interessante. Tem 12 golos em 16 jogos, e para o ano devemos ficar sem o Suazo, o Nuno Gomes não a está a ficar mais novo, o Mantorras tem as limitações que sabemos, por isso como tenho uma confiança enorme no Cardozo, acho que basta entrar mais um avançado "puro" como o Nene e será suficiente, especialmente se mantivermos o treinador e a táctica, já que Aimar e Adu :) poderão fazer sempre o papel de 2º avançado. O problema é que cheira-me que enquanto o Ruben Micael ainda pode ser barato, já pelo Nene o Rui Alves vai pedir mundos e fundos, especialmente se ele continuar a marcar. Aí pode-se jogar com o Halliche, já que de centrais não podíamos estar melhor servidos.

John Billy disse...

A ver se sim. Acho que já se pode começar a pensar nas contratações para a próxima época.
Sem pressas, com cabeça e sem loucuras.

Dexter disse...

Nao quero ser desmancha prazeres mas se Adu foi corrido sem sequer ser observado pelo treinador, o que mudou entretanto para no inicio da proxima epoca isso nao voltar a acontecer ?

Posso estar enganado.

Mas talvez tenhamos a sorte nao haver nenhum clube no mundo interessado nele e nao haver outra alternativa que nao ficar no plantel
:)

Luís disse...

"O silencio impera no nosso reino.

Niguem diz nada sobre a arbitragem...niente."

O João Gabriel é ninguem? Ou é o director de comunicação?
Mas acho que o Rui tambem devia fazer barulho e assim ajudar o grupo a combater a mentira desportiva que é esta liga corrupta.

Acho curioso que da unica vez em que partimos a loiça e fizemos barulho a sério (pedro henriques), fomos beneficiados (1ª e única vez esta época) imediatamente no jogo a seguir. Muito curioso....

Americano disse...

dexter, as minhas esperanças em relação ao Adu são puramente emocionais, racionalmente eu já tinha dito que não acredito que ele volte a jogar na Luz. Mas deixa-me sonhar, ok? :)

T disse...

Luís:

"Acho curioso que da unica vez em que partimos a loiça e fizemos barulho a sério (pedro henriques), fomos beneficiados (1ª e única vez esta época) imediatamente no jogo a seguir. Muito curioso...."

Antes de recebermos o Braga fomos à Trofa e a GUimarães para a Carlsberg

Luís disse...

Sim T, mas os roubos fazem-se na liga. Na taça da cerveja, aquilo é tão ridiculo que nem vale a pena o pagar fruta. Fizemos barulho e imediatamente no jogo a seguir da liga, fomos beneficiados. A minha conclusão é de que quizeram passar a imagem de clube chorão e sem razão na sua revolta. O que como sabemos não é o caso.

Dexter disse...

Luis,

O Lagrato Gabriel a unica coisa que disse foi questionado por um jornalista. Limitou-se a dizer..." as imagens falam por si"

Isso é alguma coisa ?

Eu queria medidas. Nao quero frases do Lagarto Gabriel.
Quero medidas tomadas pela Instituição Sport Lisboa e Benfica.

Infelizmente este ano nao estamos em condicoes de tomar medidas, ate os tostoes da taça da liga sao fortunas para os nossos cofres.

T disse...

O jogo da trofa foi para a liga.

John Billy disse...

Viram ontem o Brasil-Itália?
Grande jogo. Aquilo nem parecia um amigável. Hoje ainda vamos ter um França-Argentina e um Espanha-Inglaterra.
Nós que somos os maiores do Mundo, vamos defrontar a toda poderosa Finlândia! O Luxemburgo ou o Lichtenstein não estavam disponiveis?

Americano disse...

"Infelizmente este ano nao estamos em condicoes de tomar medidas, ate os tostoes da taça da liga sao fortunas para os nossos cofres."

- Dói, mas concordo.

"Nós que somos os maiores do Mundo, vamos defrontar a toda poderosa Finlândia! O Luxemburgo ou o Lichtenstein não estavam disponiveis?"

- John, no último jogo defrontámos o Brasil (e foi o que foi). Portugal durante 5 anos construíu um capital enorme de prestígio, agora os tempos tavlez venham a ser outros, como diria o Octávio, vocês sabem do que é que estou a falar :)))

Dexter disse...

Viram o golo do Robinho ?

O Pirlo ainda anda a procura dos rins la no campo

:)

Luís disse...

tens razão T. Foi. Mas nesse não foi preciso a arbitragem pois o Benfica prejudicou-se sozinho: a nossa unica derrota para a liga

dexter, o Gabriel quando as manda, manda a doer. E as imagens não falam por si?
Mas tens razão, devemos aplicar medidas contra estes FDPS todos

Luís disse...

O robinho ontem fez o que o Di Mari gostaria de fazer quando tiver um cérebro

John Billy disse...

O problema é que somos bem capaz de levar no corpo da Finlândia!
E lá se vai o prestígio pela sanita abaixo.
É que com o Brasil, toda a gente está sujeito a perder, até o campeão do Mundo.

Grande golo do Robinho. Mas além dele, todos os brasileiros estiveram fabulosos. Que baile levaram os italianos!

Dexter disse...

"O problema é que somos bem capaz de levar no corpo da Finlândia!"

Ui
Isso é uma coisa que me preocupa fortemente :)

Ate me dava um certo gozo o clube da federacao levar assim um cabaz jeitoso para casa.

Pedro disse...

Lagarto Gabriel?
Dexter isso tem algum fundamento ou é apenas a raiva a falar?

Quem é o Ruben Micael?

Eu acho q o João Gabriel está a fazer um excelente trabalho, basta ver a raiva com q os rivais falam dele para perceber isso. Tem metido o dedo na ferida muitas vezes. Mas concordo em absoluto com a necessidade do clube ser muito mais duro contra esta pouca vergonha.

Luís disse...

agora um momento de profecia:

1- prof dos pinos perde contra a finlandia e é demitido.

2- o chocolari regressa às quinas ainda a tempo da qualificação

3- o Juju sai do porco no fim da época e vai para a filial de lisboa

4- o professor dos pinos assina pelo clube do seu coração o fc corrupção

Americano disse...

Pedro, não reparaste no Ruben Micael no Benfica-Nacional? Para mim foi de longe o melhor em campo, senti um alívio quando ele saíu.

Luís, não vai haver alterações na Selecção, nem o Queiroz sai, muito menos o Scolari entra. E quanto ao Porto acredito que seja Jesus o próximo treinador deles.

Luís disse...

acredito mais no jesus ou o juju no zbording

Luís disse...

e americano, garanto-te: o prof dos pinos vai sair. a minha bola de cristal nunca falha:)

John Billy disse...

Luís, as tuas profecias eram um sonho para as aspirações do Glorioso.

Em relação à postura do Benfica face a Liga, acho que a "compreensão" mostrada tem a ver com o apoio da nossa direcção ao Hermínio.
É bem visivel que os corruptos estão a fazer tudo para a direcção da Liga ser demitida.
Por exclusão de partes de os corruptos estão contra, o Benfica deverá estar a favor.
Mas isso é uma suposição minha.

Dexter disse...

NAaaaaaa
Eu aposto em Bento para substituir o prof juju.

Pedro,

Sempre ouvi dizer isso do gabriel, agora se e verdade ou nao, nao sei.

Pedro disse...

O Jesus nos corruptos será um problema. É q o gajo é mesmo bom. O Bento será mais um entre muitos, não me incomoda.

O Prof.dos Pinos tb pode ir para qualquer um menos para o Glorioso.

Dexter não estás a confundir com o Jorge Gabriel?

Algarviu disse...

Americano, já reparaste que o fabuloso, insuperável, imbatível, magnífico Scolari não ganha nada vai para 7 (sete!) anos? Nem o paulo bento tem um currículo recente tão fraquinho.

Algarviu disse...

Rectifico: onde digo que não ganha NADA queria dizer que ganhou umas valentes pipas de massa, sendo que a última colheita terá sido a mais rentável.

Americano disse...

Claro Algarviu, o facto de ele durante quase todo esse tempo ter estado à frente duma selecção que nunca ganhou nada na sua história, é um "detalhe". E mesmo aí conseguiu a sua melhor qualificação de sempre.
Diz-me o que é que ganhou Eriksson nesses 7 anos, por exemplo. Ou Quique, se preferires...

Luís disse...

Americano, esta é ainda e só a 6ª época do Quique como treinador. E prepara-se para ganhar

Americano disse...

Espero que sim Luís, mas isso não invalida que nunca tenha ganho nada. Só quis demonstrar que o argumento utilizado é completamente estúpido, porque se quisermos ir por aí posso dizer que comparando com Paulo Bento (referido pelo Algarviu e ainda com menos anos de treinador que o Quique) Quique tem um cv fraquinho.

Algarviu disse...

Americano,

eu nunca, até hoje, me tinha pronunciado sobre o amigo Scolari.
Como está na mó de baixo (apesar de 7,5 milhões de indemnização)aproveito para bater...

A selecção portuguesa nunca tinha ganho nada, dizes tu. Mas também nunca tinha tido em simultâneo dois botas de ouro, Figo e Ronaldo, além de jogadores reconhecidamente de topo como Ricardo Carvalho, Deco, Simão, Rui Costa. Sem pontos fracos, se exceptuarmos o lateral esquerdo.
Com uma final jogada em casa. Não sei se alguma vez uma selecção a disputar uma final de Mundiais ou Europeus em casa perdeu essa final.

E depois não posso levar a sério um indivíduo que tem como agregador de grupo um amuleto como a senhora sei lá do quê. Tal como o Fernando Santos mais as suas rezas e preces à senhora de Fátima.

Algarviu disse...

E quanto a argumento estúpido dizer que ele nos últimos 7 (sete!) anos não ganhou nada, será que consegues demonstrar-me que estou errado?

Algarviu disse...

A propósito de Caravaggios e Fátimas lembro três frases de João Saldanha que foi jornalista e seleccionador do Brasil:

1. Se macumba ganhasse jogos, todas as partidas do campeonato brasileiro terminavam empatadas.

2. Se reza ganhasse jogos a equipa da Seminário era campeã.

3. se concentração ganhasse jogos o time da Penitenciária era campeão.

Americano disse...

"Sem pontos fracos, se exceptuarmos o lateral esquerdo."

Algarviu, isso é para rir? Começando na baliza, e acabando no ponta de lança, Portugal não tinha um jogador que entrasse nos 10 ou 20 melhores da Europa nessa posição. E sinceramente se acreditas que o "agregador" de Scolari era a nossa senhora de Caravaggio e não a família que ele criou, então sinceramente esta conversa é perder tempo. Felizmente que depois da sua saída já li declarações de vários jogadores dele (aqueles que a imprensa dizia que não o suportavam), de treinadores adversários, outros treinadores, e TODOS o defendem e elogiam.
Digo-te, eu já tive a felicidade de presenciar in loco a popularidade de Scolari na alta esfera do futebol mundial, e garanto-te que é dos treinadores mais respeitados a nível mundial, especialmente entre os seus pares. Podem gostar ou não dele, é um direito de cada um, agora o que ele já ganhou, o curriculum dele ninguém pode apagar, fala por si.

Dexter disse...

"Dexter não estás a confundir com o Jorge Gabriel?"

Nao nao. Esse o clube dele é a parvoice.

Quanto a SOcolari
Porra a minha opiniao sobre Scolari ja a dei, mas dai a dizer que o homem nao ganhou nada....é certo que em 2004 aproveitou a dinamica de um meio campo montado por mourinho. Foi preciso o 1º jogo para perceber que o teria de fazer e isso foi um erro que lhe podia ter saido muito caro.

Agora, o merito dele nao pode so estar em contar com jogadores de topo. Desses que o Algarviu refere, Rui Costa nem conta porque fez 1 jogo com scolari em fasaes finais e depois foi sentar o rabinho no banco de suplentes. O Pesetero apareceu quando lhe deu jeito.

Sobram Ronaldo,Ricardo Carvalho, Deco e Simão. Esses tambem o professor dos pinos tem e vamos ver o que vai fazer deles no clube da federacao.

Americano disse...

"E quanto a argumento estúpido dizer que ele nos últimos 7 (sete!) anos não ganhou nada, será que consegues demonstrar-me que estou errado?"

Por acaso consigo, há 6 anos e 8 meses, aproximadamente, sagrou-se campeão mundial. Mas repito a pergunta, o que é que Quique e Eriksson, só para dar 2 exemplos, ganharam nesse mesmo período de tempo? A que conclusão chegas? São todos inferiores ao Paulo Bento e ao Jesualdo Ferreira?

Pedro disse...

Tb acho q criticar Scolari por não ganhar nada à 7 anos é muito forçado. Não podemos tirar da equação q nesses 7 anos treinou Portugal. Acho injusto.

Ontem no Brasil-Itália um dos comentadores disse algo acertado: q Portugal estava muito longe daquelas duas equipas, estava muito longe de poder disputar titulos com elas. E deram o exemplo das ligas nacionais. O Braga por exemplo este ano está em grande, com uma boa equipa e a jogar muito bem. Será justo pedir o titulo ou criticar o Jesus se o Braga nada ganhar?

João Bizarro disse...

O Scolari a única coisa boa que fez foi uma qualificação para o Mundial e esse Mundial.
No Euro 2004 a equipa estava qualificada e como país organizador não fez mais do que lhe competia. Aliás, mau foi mesmo perder 2 vezes seguidas (em casa) com a Grécia.
A 2ª qualificação já foi à sua imagem não ganhando a nenhum dos concorrentes directos, nem em casa nem fora.

Dexter disse...

"Aliás, mau foi mesmo perder 2 vezes seguidas (em casa) com a Grécia."

Sim isso para mim foi grave e pos à vista de todos as fraquezas tacticas dele como treinador.

E pior, cometendo exactamente os mesmos erros que tinha cometido no primeiro jogo.


" Scolari a única coisa boa que fez foi uma qualificação para o Mundial e esse Mundial."

LOOOL
Num pais de 3º mundo onde prestacao similar tinha ocorrido ha mais de 30 anos....parece-me que tem algum valor....digo eu

John Billy disse...

Ainda o Scolari?
O que dizer...
Chegou ao Chelsea e ao fim de 6, 7 meses foi para a rua.
Isso deve ser sinal de alguma coisa.

Americano disse...

""Aliás, mau foi mesmo perder 2 vezes seguidas (em casa) com a Grécia."

Sim isso para mim foi grave e pos à vista de todos as fraquezas tacticas dele como treinador.

E pior, cometendo exactamente os mesmos erros que tinha cometido no primeiro jogo."

Até aí discordo, a primeira vez perdeu com a "sua" equipa, a 2ª vez perdeu com a "equipa de Mourinho", como muitos gostam de dizer. Simplesmente não descobriu o antídoto para a Grécia, tal como França e Rep. Checa também não o fizeram, e todos eles sabiam bem como a Grécia jogava. Falhámos numa bola parada, que estava mais que estudada e resulta dum erro dum jogador que viu muitos vídeos do Charisteas, mas falhou na sua marcação.
E ainda quanto a perder a final, como ele dizia e bem "para perder, tem que chegar lá". Ele chegou, espero estar enganado mas não sei se nas nossas vidas voltaremos a conhecer outro que o consiga.

Luís disse...

É sinal que ele vem aí John. O teorias dos pinos que se prepare. Ate parece que ja estou a ver o fantasma a pairar ali por cima do banco de suplentes "e o ruin sou eu hein...? o burro sou eu..hein??"

Algarviu disse...

Ninguém aqui faz a apologia de Eriksson, Quique, Paulo Bento, Jorge Jesus ou Jasualdo que o Americano faz a Scolari.

João Bizarro disse...

Não se preocupem que hoje perdemos mas amanhã vai-se dizer que é normal, que era amigável, a feijões, etc...

John Billy disse...

Luís, se ele voltar a selecção até que ficava contente porque foi dos melhorzinhos que passou por lá.
Mas estamos a falar de um rol de treinadores onde estão incluidos o Oliverinha e o Queiroz.

Filipe disse...

"Não sei se alguma vez uma selecção a disputar uma final de Mundiais ou Europeus em casa perdeu essa final."

Deves andar muito distraído, basta ver as últimas competições. Até o Brasil já perdeu em casa.

Dexter disse...

Americano,

Desculpa mas ai tenho de fazer de advogado do diabo.

Porra os outros treinadores sabiam como jogava a grecia pela TV ou ao vivo a ver no estadio. O Scolari sabia por experiencia propria, por ter preparado uma equipa para aquele adversario especifico !

Irra, é como chumbar num exame, darem-te 1 semana para estudares outra vez PARA AS MESMAS PERGUNTAS e chumbares de novo.
Com as devidas proporcoes que um jogo obviamente causa.

Eu nao sou treinador nem aspiro a ser mas se eu tivesse defrontado a grecia nesse campeonato da europa a primeira coisa que eu tinha dito aos meus jogadores tinha sido para darem o control de jogo TOTAL à Grecia. Obrigar a Grecia a construir jogo, a fazer jogadas.. e nao so aquele futebol para o qual estava preparada.

Americano disse...

John, o Trap chegou ao Benfica, e se não fosse o Veiga ao fim de 6 ou 7 meses tinha ido para a rua.
Mourinho tinha ganha tudo lá e foi corrido. Avram Grant foi vice-campeão e vice-campeão inglês e foi despedido. Agora vem o Hiddink em part-time. Tudo quer dizer alguma coisa...

Americano disse...

dexter, eu percebo isso, mas não é assim tão simples dar o controlo de jogo à Grécia, corrias o risco de ter um jogo apenas a meio campo e de ter o público a assobiar a equipa aos 15 minutos. A Grécia nunca se iria desposicionar, era um bloco perfeito, se Portugal fizesse isso defederiam à mesma, um pouco mais à frente. Seja como for volto a dizer que a lição estava estudada, Portugal não atacou à parva, e sofreu o golo apenas de bola parada, e duma forma que estava estudada até à exaustão, e isso posso-te garantir.

Algarviu disse...

Filipe,

referia-me ao jogo final.

John Billy disse...

Americano, ao meu ver o Scolari foi mal despedido. Ainda havia objectivos para cumprir por isso é parvoice estar mudar de treinador numa fase tão importante.

Se queres a minha opinião, acho o Scolari um bom treinador. Têm resultados que provam isso.
Mas não é um treinador de topo.
Nunca chegará ao nível de um Capello, um Mourinho, um Lippi ou de um Benitez.
Os resultados também provam isso.

Filipe disse...

Se estás a falar só do jogo do título,

O Brasil em 1950
A Suécia em 1958

No campeonato europeu em 13 edições só 4 vezes o clube da casa chegou à final (países como a Itália, Alemanha e Inglaterra não chegaram à final em edições em que foram anfitriões).

Americano disse...

John, é uma comparação ingrata porque estás a falar de treinadores europeus, Scolari fez quase toda a carreira fora da Europa. Para mim, como campeão do Mundo e por tudo o que fez no Brasil e em Portugal está no lote dos melhores do Mundo. Respeito quem pense o contrário, agora desvalorizar um treinador que ganhou o que ele ganhou é ridículo. Qualquer treinador na sua carreira que ganhe mais de 10 competições oficiais, sendo que 2 ou 3 são continentais ou mundias tem de ter algum valor, é ridículo desprezar alguém que tanto ganhou e elevar a "grandes" técnicos que nem um troféu têm.

Americano disse...

"No campeonato europeu em 13 edições só 4 vezes o clube da casa chegou à final (países como a Itália, Alemanha e Inglaterra não chegaram à final em edições em que foram anfitriões)."

Lá está, são estes números frios que não deixam margem para dúvidas sobre a qualidade do trabalho de Scolari. E foi com Portugal, não com países cheios de títulos como a Alemanha ou a Itália.

Dexter disse...

"corrias o risco de ter um jogo apenas a meio campo e de ter o público a assobiar a equipa aos 15 minutos. "

o jogo ser so a meio campo....isso era uma estrategia como qualquer outra. Quanto ao publico assobiar...nao creio. O Grau de loucura que foi gerado à volta da seleccao POR MERITO EXCLUSIVO DE SCOLARI nao permitia que o jogo fosse vaiado dessa forma.

John Billy disse...

"Qualquer treinador na sua carreira que ganhe mais de 10 competições oficiais, sendo que 2 ou 3 são continentais ou mundias tem de ter algum valor, é ridículo desprezar alguém que tanto ganhou e elevar a "grandes" técnicos que nem um troféu têm."

Quantos troféus continentais tem o Manuel José?
Dos técnicos que referi quantos deles não têm um troféu continental?
E nunca disse que não tinha valor. Alias disse que era um bom treinador. Do nivel do Erickson, Rikjarrd, Aragonés entre outros.

Algarviu disse...

"O Grau de loucura que foi gerado à volta da seleccao POR MERITO EXCLUSIVO DE SCOLARI" só revela um líder terceiro-mundista num país com tiques terceiro-mundistas. Viva Scolari!

Dexter disse...

"só revela um líder terceiro-mundista num país com tiques terceiro-mundistas. Viva Scolari!"


Concordo com as 2 situacoes
mas isso nao tem nada a ver com as qualidades do sinhô

Filipe disse...

Sim Algarviu, por isso é que a malta do "USA USA USA" e das bandeiras a cada porta não manda no mundo.

Acabar com resquícios de outros tempos é das coisas em que dou mérito ao Scolari. Havia ainda um certo trauma quanto à bandeira, e ele hoje não existe, ter uma bandeira portuguesa em casa não é considerado nacionalismo exacerbado. Mesmo se a maior parte dessas bandeiras tem pagodes em vez de castelos.

David De Oliveira disse...

Eu o que acho e até sou capaz de apostar é que se o Queiroz nao for despedido nao vamos ao mundial.
O Scolari teve grandes meritos, fez com que os Portugueses se lembrasem que tinham uma Bandeira e fez um grupo (o que é a parte mais dificil). Por outro lado acho que tacticamente é limitado (tipo P. Bento que so sabe jogar numa tactica), mas melhor que ele ou ao nivel dele so conheci Humberto Coelho. Lembro-me do jogo contra a Holanda no mundial, aquele jogo so foi ganho porque tinhamos no banco o Scolari, um treinador sem aquele traquejo pra aquele tipo de jogo estilo Copa Libertadores. sem ele Tinhamos perdido o jogo de certeza.
Agora há 3 coisas que acho que errou e muito. Primeiro fazer o jogo que Grecia quis na final. Até eu sei que uma equipa que so sabe jogar em contrataque a maneira mais facil de lhe ganhar é jogar em contrataque (foi assim que perdemos uma taça com o Boavista de M. Reis com N. Gomes a jogar a extremo!!), (O M. Jose é igual de limitado que o Scolari). O outro erro foi dar a braçadeira ao C. Ronaldo e tanto protagonismo a um puto mimado sem um pingo de humildade. E o ultimo erro imperdoavel foi a forma como saiu, anunciando a meio de um europeu onde metade dos jogadores e o treinador estavam mais preoucupados em arranjar um contrato de que na selecçao (esta tb é a unica forma de o Deco jogar alguma coisa na selecçao)e onde o entrar e sair de empresarios da concentraçao era algo normal. NO jogo em que perdemos na zona mista a conversa do CR7 era so real Madrid, isto só pra dar um exemplo.
A unica vez na minha vida que vi a selecçao a jogar bem e a dar baile foi no Europeu de 2000 com Humberto Coelho. Cada vez que me lembro daquele jogo com a Inglaterra...
Bem em resumo a passagem do Scolari apesar do erros (q todos cometem, so é preciso estar la pros cometer)foi mais que positiva so que acontece como na politica ou mesmo na vida, quando se tem tempo de mais no "poder" criam-se vicios e é preciso renovar. É claro que o nivel devia ter sido mantido e nao trazer o Queiroz!!!
Rumbero

Luís disse...

Ser um excelente motivador não equivale a ser um excelente treinador. O big Phill motivou o país e a selecção. Quando essa motivação acabou, foi motivar para a ilha, mas la eles não vão em motivações e querem é resultados. Então tunga! Pontapé na bunda sargentão!

Luís disse...

"Eu o que acho e até sou capaz de apostar é que se o Queiroz nao for despedido nao vamos ao mundial. "

A minha bola de cristal dá-te razão David. Com o homem dos pinos, mundial, só se for de bowling

David De Oliveira disse...

há e esquecime da melhor coisa que o Scolari fez, foi acabar com a palhaçada de ter uma selecçao ao sevíço dos corruptos. Agora voltamos ao mesmo, Rolandos, burros Alves, C. Peixoto!!! (por amor de Deus). Só numa selecçao ao serviço de um clube é que um mediocre que nunca fez uma finta na vida como o Secretario pode ter feito pra aí umas 40 internacionalizaçoes. (alquem confirma) 2 ou 3 europeus e um mundial!!!! Pensando friamente isto é hilariante. Só por ter tido os tomates de acabar com esa merda toda um Olé ao Scolari. (o mesmo que deixou de fora Romario mesmo com pedidos do P. da Republica e graças a isso ganhou um mundial!!)

Luís disse...

Desculpem o testamento, mas vale a pena ler!

O que faz um GRANDE TREINADOR?

What makes a great manager such as Fabio Capello? Why has he won trophies everywhere he has travelled? We found out a little more in a story told by Stuart Pearce last week.

Recalling England’s victory over Andorra last September in the first of their World Cup qualifiers, Pearce took us back to half-time in the Olympic Stadium in Barcelona. It is 0-0 against the team ranked 186th in the world and England are being jeered. As they walk towards the dressing-room, Capello beckons over Pearce, one of his assistants. “What do you think we should do?” Capello inquires.

“Get them to move the ball faster,” Pearce replies. “And give it another ten minutes.”

Capello listens, thanks Pearce for the advice and then marches into the dressing-room. “You off,” he barks at Stewart Downing. “You too,” at Jermain Defoe. “You two on,” he instructs Joe Cole and Emile Heskey. And, ten minutes later, it is Cole who has put England two goals into the lead.

And therein lies the substantive difference between the competent and those who excel. Pearce knew what was wrong — England were passing the ball too slowly and changes were almost certainly necessary — but he needed reassurance. “A great manager spots the trouble before it happens,” Pearce said, candidly.

The tale brought back memories of Steve McClaren. We ridiculed him and told him “you don’t know what you’re doing”. But he knew football well enough to coach Manchester United to the treble and Middlesbrough to a Uefa Cup final. And he knew that he probably had to make a change as England were leading Russia in the crucial Euro 2008 qualifier in Moscow.

He sensed the pressure brewing, the strain on England’s left-hand side as Joleon Lescott was sucked in and Joe Cole playing at left back. He even discussed it with his coaches.

Then, under unbearable pressure, he uttered the fateful — and in a professional sense, suicidal — words “let’s give it a bit longer”. Soon after he lost his job. And that, in a nutshell, is the difference between him and Capello, a man who will never say “let’s give it ten minutes”.

Algarviu disse...

Em relação a treinadores eu atribuo tanta importãncia às qualidades técnicas quanto às características da sua personalidade. Sobretudo quando dizem respeito a situações que me tocam, isto é, o Sport Lisboa e Benfica em primeiro, segundo e terceiro lugar e a selecção nacional em quarto lugar. E isto porque de certa maneira procuro uma identificação com o lider da equipa que me motiva.

Se as qualidades técnicas estão sujeitas aos imponderáveis de um jogo (em Portugal não são assim tão imponderáveis), à bola que bate na trave ou que entra porque o defesa fez auto-golo, as qualidades humanas e de personalidade existem para além dos resultados. Há tiques que me são insuportáveis e que me deixam de pé atrás por muito ganhadores que sejam os senhores.
Por exemplo: Eriksson e o chapéu da Macieira, Fernando Santos e os santinhos, Artur Jorge e as bruxarias, Scolari e a madame de caravaggio. Em contraponto, os irrepreensíveis Trappatoni, Quique Flores (até ver), os mais longínquos Mortimore e Jimmy Hagan, não trazem para o futebol mais que a sua capacidade profissional e passam ao lado de forças ocultas e sobrenaturais que eu, porque sim, repudio e com as quais naturalmente não me identifico.

Sejam eles campeões do Mundo ou não ganhem nada vai para sete anos.

Dexter disse...

Olhe que nao ALgarviu olhe que nao...ha quem diga que deu uma trabalheira mudar as cores das redes das balizas do nosso estadio.

Esntre outras preces...ao que parece

Luís disse...

“Não há fantasmas. Desejo o melhor a Scolari. Já deu o que tinha para dar à selecção. Enveredámos por outro caminho com Carlos Queiroz. Trouxe novas ideias e, como ele diz, é importante alimentar a tal vaca, pois aqui não podemos ir comprar o que precisamos no supermercado. Temos um projeto. Scolari não cria fantasmas. Tem a vida dele, não sei por onde anda, e nós temos a nossa. Os ciclos normalmente não se repetem. Confiamos em Queiroz', disse"

GIL MERDAIL
(tambem conhecido como a vaca do boi do prof pino)

Luís disse...

"Os ciclos normalmente não se repetem."
GIL MERDAIL

Se não se repetem que é que faz o pinos na selecção?

Americano disse...

"Olhe que nao ALgarviu olhe que nao...ha quem diga que deu uma trabalheira mudar as cores das redes das balizas do nosso estadio.

Esntre outras preces...ao que parece"

Ah pois é, mas isso já não interessa nada...

Luís disse...

"Ah pois é, mas isso já não interessa nada..."

e interessa mesmo? ou o Benfica é que interessa?
O ScolariFC é qué bom!

Dexter disse...

Luis,

Para mim o que me interessa é que no fim o Quique seja campeao. Seja com bilhetes, com bruxedo, com redes florescentes, caravaggios ou o raio que for.

Neste momento para mim so o posso avaliar por isso. Mais nada, porque o resto ja voou.

Luís disse...

E vai ser Dexter. Contra 14 e mesmo assim campeão!

Dexter disse...

contra 14 mas com redes pintadas da cor que ele pediu :)

Luís disse...

ate podiam ser de rosa . CAMPEÕES!

Ricardo disse...

Que Scolari fez um bom trabalho na Selecção, não contesto de forma nenhuma. Acho que seria necessário arranjarmos um cego ou um gajo visceralmente estúpido para ouvirmos dizer que Scolari esteve mal no comando de Portugal.
A sua passagem pela equipa nacional teve vários méritos, entre os quais destaco a capacidade aglutinadora que conseguiu angariar por parte de toda uma nação em redor da sua equipa (algo nunca antes visto de forma tão intensa, embora em 2000, com Humberto Coelho, a euforia tenha sido bastante similar), a forma como soube liderar a Selecção a feitos históricos (final no Europeu, meias-finais no Mundial), não tanto pela sua capacidade futebolísitica (em que, é minha convicção, é bastante medíocre e desconfio que não domine grande parte dos conhecimentos do futebol actual), mas pela capacidade motivacional em que, admito-o, é mestre. No futebol, não basta ser bom em tácticas e em basculações, é necessário também conhecer a fundo o meio em que os jogadores se inserem, procurar descobrir desafios individuais para cada jogador e os utilizar em função de um espírito de equipa. Nisso, Scolari é muito bom e essa é a base de grande parte das suas conquistas. No Brasil ganhou muita coisa, tanto em clubes como em Selecções e entende-se que o tenha feito, porque é, de longe, dos maiores motivadores a treinar no Mundo, para além de saber liderar e comunicar para fora como poucos. Na América do Sul, este perfil é, desde logo, uma mais-valia e uma vantagem significativas em relação aos demais. Scolari ganhou e se voltar ao Brasil muito provavelmente ganhará.

O problema é... quando Scolari tem de fazer mais do que apelar a santinhas de altar, a bandeiras nas janelas e ao Roberto Leal para ganhar qualquer coisa contra, por exemplo, Rehagel, uma raposa que sabe mais de futebol (pensado, não masturbado em crenças) num dedo do que o brasileiro no corpo todo. Aí o Sargento revela-se como é: bom motivador mas fraco entendedor táctico; muito coração mas pouca ou nenhuma cabeça; capaz de gritar com os jogadores mas incapaz de lhes dar ensinamentos teóricos sobre o que irão encontrar num jogo de futebol. Assim, Scolari tornou-se um nome muito falado no mundo do futebol mas está, a largos passos, de homens como Capello, Mourinho, Lippi, Wenger, Trappatoni, etc.

A posição do que "atacam" Scolari (como é o meu caso) não passa, como alguns estupidamente querem fazer crer, por dizer que o brasileiro não fez um bom trabalho na Selecção - é lógico que fez, tal como Humberto e com melhor futebol, por exemplo; passa por desmistificar a ideia que é defendida por muitos de que Scolari foi o nosso salvador, o único homem que poderia ter trazido à Selecção estes feitos conseguidos, defendendo-o por vezes de forma absurda, encontrando nele qualidades que de forma evidente as não tem. Querer fazer crer aos outros que Scolari é um excelente treinador de futebol (com o argumento dos títulos conquistados no Brasil), esquecendo tudo o resto que ele sempre demonstrou como negativo, é ver de forma limitada e bastante parcial. Desse modo não espanta que os que nele crêem tenham observado com alguma estupefacção esta passagem pelo Chelsea. Para os que conheciam as suas limitações, este desfecho era demasiado óbvio. Por uma simples razão: Scolari não é nem nunca será capaz de liderar uma grande equipa num campeonato de top a títulos. Não o é porque não tem qualidades suficientes como treinador para, dia após dia, treinar os seus jogadores, dar-lhes funções, criar ideias sobre o jogo, estudar os adversários e conhecer o futebol para além da mitologia e misticismo - quem viu os programas que deram sobre as prelecções dele na antevisão dos jogos do Euro 2004, saberá do que falo mas nem isso seria necessário, bastava ver os jogos, as opções que tinha no seu início (quem não se lembra do primeiro jogo frente à Grécia, no Dragão?) ou das substituições que fazia.

Além disto, como homem (no futebol) é bastante medíocre. As agressões, a falta de respeito para com a comunicação social (e com os portugueses, consequentemente), as mentiras, o diz-que-disse, o voltar atrás nas decisões, o anunciar a ida para o Chelsea a meio do torneio e muitas outras opções que tomou que o revelaram como muito pouco íntegro.

Scolari, com o mérito que se lhe reconhece, beneficiou também e inequivocamente de um plantel de luxo, de jogadores internacionais, de jogadores a jogarem nas melhores equipas do Mundo e - ainda que doa - de um grupo de jogadores vindo do Porto campeão europeu, bem trabalhado por Mourinho, que foi a base que sustentou aquela equipa de 2004. Não houve, tacticamente, trabalho palpável que dê mérito a Scolari na construção dessa equipa. E isso deveria ter feito pensar os mais devotos scolarianos. Mas não fez.

Nunca Scolari será capaz de treinar um clube de top com capacidade para ganhar troféus. E o mais provável será voltar a Portugal por uns tempoes, ficar em Inglaterra num clube de meio da tabela ou voltar para o Brasil e por lá, sim, vencer alguma coisa, antes de se reformar com dinheiro para 5 gerações.

Mais vale cair em graça do que ser engraçado.

Americano disse...

Ricardo, é uma boa análise, só que há coisas que não percebo: como é que Rehhagel percebendo tanto de futebol não pôr os coutos no Mundial 2006?
E já agora, como era "fácil" a previsão da carreira de Scolari no Chelsea, faz aí a previsão para Hiddink, já que me parece que é sem sombra de dúvidas um excelente técnico. Veremos se acertas...

Dexter disse...

o fantasma scolari vai andar por ai a pairar por cima de muitas cabeças......isso é certo.

Entao à medida que se vai aproximando o final de epoca....ui vai ser lindo de se ver

Ricardo disse...

"como é que Rehhagel percebendo tanto de futebol não pôr os coutos no Mundial 2006?"

É um fenómeno recorrente no futebol: uma equipa, depois de um feito memorável e surpreendente, entra em "descompressão". Além disso, desapareceu o efeito surpresa. A partir do momento em que a equipa começou a ser estudada (coisa que o brasileiro não fez ou fez mal), aliando isso a um lote de jogadores bons mas longe de fazerem parte dos melhores lotes do futebol mundial, a Grécia, naturalmente, começou a cair. Há ainda o factor de sobranceria que afectou toda a equipa e o próprio treinador, natural depois de um feito histórico com o conseguido.

Eu, se tivesse ganho o Europeu, era gajo para não me chatear muito por não ir ao Mundial. Ainda para mais se eu fosse grego.

A diferença é esta:

- Rehhagel ganhou, FORA, o Europeu, com um bom lote de jogadores.

- Scolari perdeu, EM CASA, o Europeu, com um excelente lote de jogadores.


Este é o paradigma maior de Scolari.

"como era "fácil" a previsão da carreira de Scolari no Chelsea, faz aí a previsão para Hiddink, já que me parece que é sem sombra de dúvidas um excelente técnico. Veremos se acertas..."

É injusto fazermos paralelismos entre as duas situações: Scolari pôde treinar os seus jogadores durante muito tempo antes da época começar, teve tempo, teve espaço, teve oportunidade de, sem estar em competição, pensar na ideia que queria para a equipa; Hiddink não tem tempo para se coçar, terá de entrar na equipa já em competição e provavelmente com os defeitos deixados pela mão do brasileiro.

Ainda assim, podemos fazer uma aposta. Considerarei uma época de (relativo) sucesso se Hiddink conseguir uma ou mais destes desafios:

- O Chelsea está em quarto; conseguir acabar a época em segundo.

- Chegar às meias-finais da Champions.

- Ganhar a Taça.

Se fizer uma ou mais destas coisas, pagas-me outro jantar; se não fizer, pago-te eu!

Deal?

T disse...

Por acaso no ano que antecedeu o Europeu, Scolari já tinha mais uma vez defrontado a Grécia. E também não ganhou... Ou perdeu 1-0 ou empatou, sinceramente não me recordo. Apenas me lembro que o pesetero falhou um penalty.

João Bizarro disse...

Ficou 1-1, T!

John Billy disse...

O onze de Portugal está brilhante!
O domador de pinos no seu melhor!
Força Finlândia!

Diogo disse...

ahah pepe a médio-centro. Aquele pseudo-treinador gosta de gozar com a malta.

david disse...

Ricardo, concordo totalmente com 99% do teu comentário acerca do Scolari. Apenas me pareceu que deste a entender que o futebol da selecção na era Scolari foi melhor que na era Humberto e com isso já tenho dificuldade em concordar. Com o Scolari fizemos jogos de nível altíssimo. Lembro a vitória contra o Brasil no estádio de Wembley e a vitória contra a Russia em Alvalade, talvez os dois melhores jogos da era Scolari. Mas também houve muitos jogos em que apesar das vitórias saborosas, podíamos ter jogado muito mais. Isso aconteceu em vários jogos do mundial 2006. A minha impressão é que com Scolari a selecção teve fases muito boas em que apareciam exibições de sonho e outras fases completamente medíocres. Continuo a dizer que a melhor fase final que vi Portugal fazer foi o Euro2000. É certo que jogavamos mais em contra-ataque do que hoje em dia, mas resultava e davamos espectaculo. Tudo isto para dizer que, tentando pesar todos os factores, acho que é injusto dizer que o futebol da era Scolari foi melhor que o da era Humberto.

Podem cair-me em cima, mas continuo a achar que tacticamente, na análise e na preparação dos jogos, o Queiroz é muito bom. O jogo de hoje dá-me razão. O problema do Queiroz não é e nunca será não saber de futebol. E tenho muita pena que a sorte também não o tenha ajudado nos jogos iniciais. Com um pouco mais de sorte, a selecção poderia estar a faser uma fase de apuramento aceitável e a jogar bom futebol. Mas apareceram os maus resultados, alguns injustos, diga-se, e é muito mais difícil progredir com derrotas do que com vitórias. E toda a pressão que os maus resultados geraram, põe a nu os defeitos do Queiroz, a falta de pulso, a falta de liderança, o não saber lidar psicologicamente com os jogadores e não saber discipliná-los. É por isso que, apesar de ser uma óptima opção para treinador-adjunto, dificilmente o Queiroz algum dia será um bom treinador principal numa equipa de topo, a não ser que tenha uma estrutura muito forte a apoiá-lo e adjuntos que o complementem. É por isso que não me supreendia que ele um dia fosse parar ao Porto e que tivesse sucesso por lá... Já sabemos que naquela casa todos se arriscam a ter sucesso (às vezes sem mérito nenhum). Entretanto o Queiroz para se aguentar no cargo, está a mando do Pintinho. Voltámos aos velhos tempos. Só assim se explica que o homem esteja a testar a dupla Rolando-Bruno Alves. Esta dupla é assustadora. Num jogo a sério, contra qualquer equipa do top-20 ou top-30 do ranking, esta dupla é o suficiente para comprometer tudo.

david disse...

Ricardo, esqueci-me de referir que esses programas que referes, mostrando o balneário da selecção antes dos jogos do Euro2004 (e acho que também já passaram programas referentes ao Mundial 2006) foram determinantes para formar a minha opinião acerca do Scolari. Achei aquilo de uma incompetência atroz. O homem nem se dignava a saber o nome dos jogadores da equipa adversária. Até eu e os meus companheiros de futeboladas fazemos prelecções mais elaboradas antes dos jogos... Não servem de nada, diga-se. Há sempre gajos que em vez de ficarem a marcar quem nós designamos, preferem ficar o jogo inteiro à mama, sem defender! =)

Filipe disse...

Que vergonha, Portugal vai ter uma vitória à Porto. Penalti claro do Burro Alves por marcar, e depois um penalti estranho a favor de Portugal.

Lá está o pintinho a safar o homem dos pinos.

João Bizarro disse...

Grande Maradona!!!

João Bizarro disse...

Mas vocês ainda se dão ao trabalho de ver essa merda?!??!

Filipe disse...

Só vi depois de acabar a Argentina, e um bocado durante o intervalo desse jogo.

Messi e Robinho grandes jogos.

Ricardo disse...

David,

acho que concordas a 100, então. A minha ideia é precisamente essa, talvez não me tenha explicado da melhor forma. Na frase:

"A posição do que "atacam" Scolari (como é o meu caso) não passa, como alguns estupidamente querem fazer crer, por dizer que o brasileiro não fez um bom trabalho na Selecção - é lógico que fez, tal como Humberto e com melhor futebol, por exemplo"

a ideia é dizer que "melhor" era o futebol da equipa do Humberto e não o contrário.

No resto, também estou a cem por cento com o que dizes. Concordo totalmente com a tua apreciação às qualidades do Queiroz e, sim, também essas prelecções serviram e muito para ver quem era Scolari como treinador.

Não podíamos estar mais em sintonia.

Americano disse...

Combinado Ricardo, aposta feita.
Já agora, algum comentário às declarações de Terry? Caso não as tenhas lido, afirma que alguns jogadores fizeram a cama ao Scolari.
É esse um dos problemas dele em treinar um clube, na selecção ele deixa bem claro que ou estão todos no mesmo barco, ou então não têm lugar, claro que no Chelsea ele não podia chegar e mandar metade da equipa embora, especialmente quando alguns são meninos queridos do patrão...

Americano disse...

Já agora permitam-me o off-topic para dar conta da vitória dos EUA (sem Adu) sobre o México no primeiro jogo da fase final de qualificação para o Mundial, cotinuando assim a incrível série de 10 anos sem perder face ao grande rival em solo americano. 2-0 foi o resultado, bis de Michael Bradley, médio centro que muito gostava de ver na Luz.

Alexandre disse...

Só hoje é que vi o penultimo post...

Onde é que estava essa indignação quando a psp inpediu adeptos do porto de entrar em lisboa??
Estavam ao serviço de quem?

Dexter disse...

E a Espanha espetou 2 na Inglaterra
Grande golo de Villa

Luís disse...

sou só eu, ou ontem foi mais da mesma merda? é que só com um penalty à porco, é que a Queiroz do vale consegue ganhar um jogo. Deve ser para se ir habituando para quando se mudar para o dragay

jaco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Americano disse...

luís, quase que te garanto que enquanto PC estiver no Porto o Queiroz não vai para lá. Não por nenhum problema pessoal, mas porque sei que o PC não o aprecia como treinador.

T disse...

Alexandre disse...

Só hoje é que vi o penultimo post...

Onde é que estava essa indignação quando a psp inpediu adeptos do porto de entrar em lisboa??
Estavam ao serviço de quem?


Olha, o teu clube diz que tinham mais de 25 ARD's para revistar. Pois eu aconselho uma visita a http://veultras.blogspot.com

Além disso estás a falar de pessoas que vieram "sem avisar" e nem sequer tinham bilhete para o jogo. Não compares o incomparável.

Ricardo disse...

Americano,

"Já agora, algum comentário às declarações de Terry?"

Li e surpreenderam-me. Principalmente na parte em que ele diz que está triste com a saída e que tem a certeza que mais 3 ou 4 jogadores sentem o mesmo. Nunca pensei que a situação estivesse tão mal...

"afirma que alguns jogadores fizeram a cama ao Scolari."

É o problema de um treinador sem pulso. Assunto onde, curiosamente, Scolari parecia bem mais forte. Pelos vistos, nem isso.

"É esse um dos problemas dele em treinar um clube, na selecção ele deixa bem claro que ou estão todos no mesmo barco, ou então não têm lugar, claro que no Chelsea ele não podia chegar e mandar metade da equipa embora, especialmente quando alguns são meninos queridos do patrão..."

Então mas eu sempre defendi que ele era treinador de Selecção e não de clubes (pelo menos clubes de top); não eras tu que acreditavas que ele era capaz de ultrapassar este desafio? Se ele não controla os jogadores, desculpa lá mas é mau treinador nessa vertente (além de outras, várias). No fundo, acabas por dar razão, com essa frase, aos que nunca acreditaram na capacidade de Scolari para triunfar no Chelsea. Os "meninos queridos do patrão" não estavam lá com Mourinho, quando foram campeões dois anos seguidos e atingiram as meias-finais da Champions? Não estavam lá com Grant, quando chegaram à final, perdendo-a porque o Terry escorregou no último penalty? Estás a querer dar benefícios especiais ao Scolari? Pá, por muito que te custe, o homem não é dado para estas andanças, não tem pedalada.

Mete-o numa Selecção razoável e ele apresenta resultados; mete-o num bom clube num grande campeonato e é um flop. Isto faz dele o que ele é: excelente motivador, medíocre tacticamente, ou seja, um bom treinador para certas funções específicas, nunca um treinador de top mundial.

Ele próprio sabe disso. Só que os milhões falaram mais alto...