blog

quarta-feira, maio 06, 2009

Um Olho à Benfica #6

Viagem de Rui Costa e LF Vieira a Londres

De mansinho, foi inicialmente publicado nos jornais desportivos, depois de uma conveniente informação libertada pelos serviços de comunicação do clube, que ambos teriam ido a Londres para ver, ao vivo, os dois jogos das semi-finais da Liga dos Campeões. Quero começar por felicitar o actual presidente do Benfica, pois está de regresso aos jogos de futebol ao vivo, já que em Portugal, por razões médicas que devemos respeitar, não comparece aos jogos do clube. É certo que a emoção não o impede de assistir aos jogos de certas modalidades, mas o futebol é outra coisa. É uma escolha selectiva do coração, que se deixa abater pelos desgostos do futebol mas torna-se resistente perante a emoção diluída das modalidades. É talvez a demonstração de que o Benfica é mesmo um clube de futebol, pois só esse é capaz de minar a confiança e a saúde de um presidente.

Mesmo assim, a presença de Vieira em Londres tem muito que se lhe diga. Desde logo, porque se foi apenas para ver futebol, está mal. Deixou em Lisboa um clube à deriva, sem liderança, sem exigência, com o treinador de futebol desgastado, com um vice-presidente a atacar em directo na televisão o treinador e com os sócios e adeptos a rebentar de impaciência. O lugar do presidente, numa hora destas, não é em Londres, é em Lisboa, no estádio da Luz. Isto, claro, se forem verdadeiras as informações prestadas por alguns órgãos de comunicação social.

Claro que existe outra possibilidade para o presidente do Benfica ter trocado momentaneamente Lisboa por Londres. É que pode dar-se o caso – velho e restituído todos os anos – de em Lisboa estar o treinador que está a terminar o enésimo ciclo das suas presidências e em Londres estar o novíssimo treinador de mais um palpitante e prometedor ciclo. Quando digo novo, não é no sentido literal, porque sessenta anos não é para todos.

Ora, se é por isto, também está mal. Por duas questões que esclareço já. Por uma questão de decência, não é correcto fazer isso a Quique Flores, ainda treinador do Benfica. E por uma questão de pudor, Vieira devia afastar-se da tentação de aparecer colado à eventual contratação de Scolari. De outro modo como conseguirá o presidente do Benfica que possa prevalecer o seu argumento de que não tem nada a ver com o futebol? Afinal tem ou não tem? Ou também aqui, a sua responsabilidade é selectiva? Quando as coisas correm mal, o futebol é do Rui Costa. Quando é para aparecer por entre os trombones de uma contratação sonante, então o futebol do Benfica já tem duas cabeças.

Claro que existe um ambiente pré-eleitoral que pode ajudar a explicar a rápida estadia de Vieira em Londres e até mesmo a escolha de Scolari como eventual treinador do Benfica, na próxima época. O antigo seleccionador de Portugal tem um perfil que encaixa bem nesse ambiente pré-eleitoral. É uma espécie de “Soares é fixe” do futebol. É bom no marketing pessoal, é excelente comunicador e mobiliza as pessoas. Além do mais, tem uma característica que sempre me agradou. Enfrentou, com sucesso, certos caciques do futebol português e conseguiu, durante o seu mandato de seleccionador, pô-los no sítio certo.

A sua mistura de bonomia e austeridade dá, aos adeptos, como bons portugueses, uma boa sensação de força tranquila – como o antigo presidente francês François Miterrand – que os enfeitiçará até, pelo menos, Outubro, Novembro. O suficiente para ganhar eleições. Perfeito. É o que mais precisa Luís Filipe Vieira nesta altura, um treinador que lhe ganhe eleições, não um treinador que possa ganhar campeonatos.

Não desconheço as qualidades de Scolari. Até as aprecio. Mas também não passo por cima das fragilidades. Insisto, é o treinador certo se o objectivo principal se cumprir em Outubro. Tenho sérias dúvidas que tenha o perfil para treinador do Benfica se o objectivo principal apenas terminar em Maio. Além do mais, a contratação de Scolari, se pode satisfazer a ala mais radical dos adeptos do Benfica, pelo seu histórico de resistência a Pinto da Costa e outros serviçais do presidente do FC Porto, também é seguro que a sua permanência no clube vai espicaçar ainda mais o sistema. E não consigo, de repente, imaginar que outra coisa possa dar maior gozo ao presidente do FC Porto do que derrotar, ao mesmo tempo, Vieira e Scolari.

121 comentários:

Americano disse...

Sobre este post não comento, fica para uma (longa) conversa pessoal, talvez já com novidades :)

J G disse...

já estou a adivinhar isto desde 17 abril:
http://encarnado-e-branco.blogspot.com/2009/04/o-futuro-breve-6-semanas-e-o-futuro.html

Pedro disse...

É um dos temas para os quais não tenho opnião definida e agradeço não ter q ser eu a decidir.

É um facto que não encontro vantagens na manutenção de Quique mas ir buscar Scolari não sei se será a melhor opção. É limitado tacticamente mas é um líder como poucos. Será capaz de pôr os jogadores a comer a relva mas será capaz do resto, qd for preciso menos berros e mais táctica?

O timming depende sempre daquilo q o clube entender. É óbvio q parece mal mas o clube, se pretende substituir Quique, tem q começar a trabalhar nisso o mais cedo possível para o novo treinador começar já a planejar a nova época.

Com eleições em Outubro é lógico q se levantem dúvidas sobre a real intenção disto tudo. É inevitável.

Eu preferia outro treinador.

PS: Isso de Scolari afrontar pinto da costa tem muito q se lhe diga. Foi á conta de Scolari q Baía saíu da baliza do fcp, Deco passou a seleccionável, Paulo Ferreira idem...não vejo nada em q o fcp tenha ficado a perder com a "afronta" de Scolari...

José Marinho disse...

Meu caro Pedro, em relação ao seu PS, tenho de discordar de si. O Paulo Ferreira era o melhor lateral português quando organizámos o Euro 2004 e o Deco marcou a diferença, por se tratar de um jogador fenomenal.

Pedro Veloso disse...

Espero que esta viagem não queira dizer o que parece, não só porque não simpatizo com Scolari mas sobretudo porque, goste-se ou não do Quique (e eu cada vez menos o acho bom treinador), creio que merece algum respeito.

De resto, óptimo post José Marinho: de facto o abandono do barco nesta altura é escandaloso, não há qualquer voz de comando aparente na organização; por outro lado, achei excelente a descrição do perfil do Scolari - a comparação com o "soares é fixe" é deliciosa;)

Pedro Veloso disse...

Pedro, qualquer técnico teria que convocar o Paulo Ferreira na altura, jogava muito (sobretudo em 2002/03). Também acho duvidoso que o porto tenha ganho com a troca de Baía por Helton, e a saída dele da baliza do fcp não teve nada a ver com o facto de não estar na selecção

Helder disse...

Caro José Marinho,

Eu discordo mas o Paulo Ferreira até podia ser o melhor lateral direito em 2004 mas ele só fez o primeiro jogo a titular. Quém jogou depois e muito bem foi o "nosso" Miguel.

Quanto a Scolari parece-me dificil que o Rui o queira para treinador do Benfica. Se ele realmente não quiser o Scolari e o presidente o contratar o Rui só tem um caminho que é a demissão.

Um Abraço

Éter disse...

José Marinho,

julgo que utilizar a doença de LFV para fazer determinadas insinuações não é de bom gosto. Tem toda a razão no resto do seu texto, mas aquela parte inicial em que fala da doença.. Caramba!
LFV tem muitos sítios por onde ser atacado, não é necessário usar a saúde do homem, julgo eu...

Abraço

Pedro disse...

José a única coisa q Deco tem de fenomenal é a capacidade de expulsar jogadores do Benfica sem q estes lhe toquem sequer...

Pedro, Scolari ao não convocar Baía deu o mote para este ir para o banco no fcp e, com o tempo, ser afastado. Se continuasse a titular na Selecção a esta hora ainda seria gr do fcp e pode ter a certeza q eles não queriam isso.

A.Saraiva disse...

Caro José Marinho

E onde fica Rui Costa nesta novela toda (caso se venha a confirmar)?

Acho que o Rui Está a jogar um jogo perigoso

Pedro

Considerar que Deco não é um jogador extrordinário é de um cegueira que não entendo.

Diogo disse...

Realmente o timing da ida de Vieira e Rui Costa a Londres não é nada bom e também não entendo.

É tão legitimo estar a pensar-se que poderão estar a negociar a vinda do Scolari como tb pensar-se que poderão estar a negociar a vinda de um determinado jogador ou até mesmo a venda. Jorge Mendes também se encontra lá segundo já li... e não acredito em coincidências.

Acredito mais na 2ª hipótese sinceramente...

Mas, caso não seja e se se verificar realmente a contratação ou abordagem do SLB a Scolari, isso é péssimo e o Rui Costa para mim perde a credibilidade que eu neste momento a reconheço.

E é óbvio que se assim for, como José Marinho disse, é nitidamente uma contratação com segundas intenções.

DC

Catenaccio disse...

Tenho a secreta esperança que uma qualquer selecção nacional oferença um contrato chorudo e irrecusável.

A meu ver, Scolari tem mais limitações do que qualidades. Mas, isso daria para um artigo de corpo inteiro.

Cumprimentos.

Pedro disse...

Mantenho as reservas em acreditar q Rui Costa contrate Scolari por causa da forma como saíu da Selecção.

Mas não meto as mãos no fogo.

A.Saraiva, é exactamente o contrário de cegueira. A minha opnião sobre Deco é blogalmente conhecida.
:)

André Leal disse...

José Marinho:

É bem capaz de ser verdade a análise que faz ao LFV, mas para mim o Scolari é um grande treinador e quem me dera a mim que o LFV esteja a tratar da sua reeleição desta forma (e não doutras).

André Leal disse...

Pedro:

O Rui Costa, mesmo que tenha algo pessoal contra o Scolari, nunca confunde os seus interesses com os do Benfica. O que lhe interessará saber é se é ou não um bom treinador.

Dexter disse...

"Será capaz de pôr os jogadores a comer a relva mas será capaz do resto, qd for preciso menos berros e mais táctica?"


Pedro, a questão é...e quantos jogos precisa ele mesmo dessa diferença ? Dessa componente tactica que falas ?

Refiro-me a jogos do nosso campeonato...claro, nao as jogos no Chelsea e campeonato ingles.

Serão o que ? 5% ?

Por isso digo o que sempre disse, se eu fosse adepto do Chelsea nao o queria la nem pintado. Sendo adepto do SLB ...... acho que é a solução.

Pedro disse...

Dexter, este ano essa componente foi precisa muitas vezes... Não te sei responder a essa pergunta.

PS: Como o futebol é injusto. O q devem estar a sofrer os adeptos do Chelsea...é inaceitável q numa meia final da liga de futebol mais importante do mundo tenha uma arbitragem tão má e tão cheia de erros com influência directa no resultado como esta meia final teve. Nos dias de hoje, com o dinheiro e tecnologia q a UEFA tem ao dispôr é inaceitável. É doloroso ver o esforço fantástico dos jogadores do Chelsea cair desta forma...

André Leal disse...

O Barça hoje meteu nojo. Pareciam os corruptos. Quatro penaltys por assinalar para o Chelsea, 1 remate à baliza, dominados o jogo todo...

Nunca me indignei tanto com um jogo que não me dizia respeito.

Que o Manchester faça justiça e ponha esses merdosos no seu lugar...

Pedro disse...

Há coisas do diabo...a minha moçoila a perguntar-me " estás por quem?" e eu a responder "é pá, nesta altura seria tremendamente injusto o Chelsea perder, depois de tudo o q fez e de tudo o q sofreu...", Essien despacha mal a bola e...pimba... Q dor...

John Billy disse...

Caro José, o seu post tem muita matéria para comentar!
Ficará para amanhã, pois hoje estou desgostoso com o jogo que acabei de ver.
Não acredito que um árbitro possa ser tão incompetente. Só pode ter sido premeditado.
FORÇA CR7 JÁ ME DESTE UMA ALEGRIA NO DRAGÃO, AGORA DÁ-ME OUTRA EM ROMA!

Pedro Veloso disse...

Que vergonha...esta merda de facto só pode ser premeditada. Já há 3 anos quando ganhou a champions o barça - e mesmo não pondo em causa que era a melhor equipa - foi muito beneficiado, contra nós nos quartos e com o milan nas meias. Não digo que não mereça chegar à final tendo em conta o futebol maravilhoso que tem jogado durante o ano, mas a verdade é que quando apanhou uma equipa de homens (como diria o Evra) e treinada por um mago como o Hiddink só passou com um empurrão de todo o tamanho. Se fosse adepto do chelsea depois da derrota amarga do ano passado e agora disto acho que não aguentava a dor

Alegre, sempre! disse...

Sobre o texto de José Marinho importa dissecar dois pontos:

1.º Parece-me um trabalho jornalístico bem elaborado com a particularidade de nos mostrar um tom cáustico misturado com um toque de humor até aqui desconhecido.

2.º Sobre os motivos que levaram LF Vieira e Rui Costa a Londres vamos admitir como verdadeira a intenção de contratar Scolari. Se, como tudo me leva a crer, o Benfica entrou numa fase de contenção despesista, não faz qualquer sentido esta aproximação, tanto mais que Scolari não é propriamente um treinador barato e por outro lado haveria uma elevada indemnização a pagar à equipa técnica liderada por Quique. Depois, ao iniciar-se um novo ciclo com este peso, o mais provável seria que Scolari só aceitasse o cargo se lhe dessem condições que honrassem o seu passado de técnico prestigiado. Teríamos obrigatoriamente mais quatro ou cinco reforços estrangeiros a entrar pela mão de Scolari. Claro que seriam muito bem vindos se houvesse condições para isso mas não me parece que seja assim. É pois com alguma apreensão que assisto a estas movimentações.


Inicialmente tinha um favorito para a vitória na champions. O Bayern parecia-me a equipa mais forte, recentemente apostei tudo no Chelsea. Desta vez o meu favorito é o Manchester, vamos ver se acerto.

editor disse...

Já agora e acerca dos castigos do Paulo Bento e do P. Silva!

Pergunto eu:


_ Só agora?!?...


Depois de os lagartos já terem os pontos de vantagem que têm e de toda a pouca vergonha com o castigo ao Grande Rui Costa?

É para esses Calimeros terem ainda a pouca vergonha de vir chorar?


Isto é táctica e justiça desportiva à FCorruptoPorco!!!...


Mais uma explicação para a santa aliança entre o FCorrupto do Porco e uma das suas Sucursais do Sul (mais conhecido por FCPorco B = que é como quem diz o Sportem)


LADRÕES! VÍGAROS!

PiKiNiKi disse...

Eu colocava o Cajuda como treinador e Marinho como Dir Comunicação :)

Algarviu disse...

1. A última coisa que me passaria pela cabeça era alinhavar umas palavras que viessem em "defesa" de LFV. Para além do mais, porque não gosto de LFV como presidente do Benfica.

2. Agora não posso deixar de opinar sobre este post infeliz(?) de José Marinho atendendo a que:

- a saúde, sobretudo quando envolve aspectos emocionais, de alguém com problemas cardíacos não será o melhor tema para fazer humor;

- a grave ausência em Londres de LFV e RC, assim a modos que abandono do barco em vias de naufragar, é excessivamente e ridiculamente dramatizada. Londres fica a duas horas de voo de Lisboa, mais tempo se leva do Algarve ao Seixal.

3. O José Marinho sabe ao que vem.
Um dia ele nos dirá.

João Bizarro disse...

Não vejo o que é que as palavras do José Marinho ao estado de saúde do presidente tenham de ofensivo para deixar tanta gente indignada!

Em relação ao Scolar já afirmei antes que não me agrada.
Prefiro um treinador que saiba motivar os seus jogadores mas ao mesmo tempo tenha cultura táctica, coisa em que o Scolari é muito pobre.

O jogo de hoje foi uma tremenda injustiça. Aquele arbitro parece ter estudado na mesma escola que os manos Costa.
Mesmo assim parabéns ao Hiddink por ter transfigurado por completo o Chelsea, que com o treinador que agora se fala poder vir a ser nosso só ganhava a equipas da 2ª linha da Liga Inglesa (o que já não é mau, diga-se).

Vou estudar mais um bocado. Até amanhã.

Quetzal Guzman disse...

Ricardo Quaresma?

David De Oliveira disse...

Alguem me pode explicar que Cara.... estava a fazer o pinto da costa ao lado de Carlos Quieroz no jogo de ontem em Londres???? Isto é indignante, depois admiram-se de o Pepe jogar a medio pro Rolando ser titular. E ainda há quem ache um escandalo Portugal nao ir ao Mundial lololololol.
Cuanto a Scolari.... nao sei o que dizer... nao me entusiasma nada e nao acredito que seja a soluçao para o futebol do Benfica, parece masis a soluçao para ganhar eleiçoes... ¿E o Rui Costa vai na cantiga? esperemos pra ver.
PS- Por segundo ano consecutivo segundo o Ricord Cardozo de saida do Benfica - Palhaços!!!!

Dexter disse...

Não gostei nada do texto, mas admito que especulação cada um é livre de fazer e este texto não passa disso mesmo.....especulação.

O que mais me fascina é que pelos vistos para alguns há especuladores crediveis e especuladores menos crediveis.

O nome da assinatura é que muda, mas é o que faz toda a diferença.

João Bizarro disse...

O que é especulativo, Dexter?

Que eles foram a Londres ou que o Scolari pode vir para o Benfica?

Já agora o que achas dessa hipótese?

Quem também estava em Londres era o corrupto-mor acompanhado pelo treinador da equipa da FPF. Talvez a tentar vender o Rolando...

Americano disse...

Do que sei o Scolari tem muitas propostas, dificilmente o Benfica terá sorte, por muito que me custe.

Pedro Veloso disse...

Diogo já pode acrescentar mais um à lista, Schaffer, pelo nome ainda pensei que fosse um alemão qq mas não, tinha que ser outro sul-americano...argentino e do Racing Avellaneda no caso

Pedro disse...

Dexter, a especulação q falas é dos motivos q levaram o Rui e o Vieira a Londres né?

Sendo verdade q eles lá foram é natural q surjam especulações e q se comente tal facto. A partir daí a discussão é livre.

João Bizarro disse...

12 dias para Paulo Bento?!?!

Estes tipos continuam com um sentido de humor sublime... ou não!

John Billy disse...

Falando do post quero dizer o seguinte:
Não sou médico mas acho estranho existir uma doença que não permite ver os jogos do Benfica (de futebol só). A participação na corrida do clube há bem pouco tempo é um sinal que a doença não é assim tão grave. No caso de estar enganado então temos questionar a capacidade de um homem ser presidente se não pode assistir aos jogos do seu próprio clube. Como é que avalia o desempenho da equipa técnica e dos jogadores? Pelos jornais?
Da viagem a Londres com o Rui não considero grave o facto de "deixar abandonado" o plantel. Como aqui já foi dito, hoje em dia ir a Londres é quase com ir ao cinema.
Se foi no intuito da contratação de um novo treinador, espero que tenha sido um acto ponderado e a pensar no futuro do Benfica.
As épocas preparam nesta altura da temporada. Agora ficam muitas dúvidas.
1º O Quique já sabe que vai embora ao fim do ano? Se sim muito bem. Se não, é mais uma falta de respeito desta direcção e não fiquem adimirados que o Quique peça o dinheiro todo do contracto para sair.
2º Essa contratação do Scolari e demissão do Quique foi ponderada em prole do Benfica ou em prole de vencer as eleições? O Rui é que assiste aos treinos, que fala com a equipa técnica e com os jogadores. Ele mais do que ninguém sabe se esta equipa técnica tem condições para continuar. Se o Rui acha que não, então concordo que se vá contratar um novo treinador.
Se a escolha foi feita baseada em inqueritos de popularidade então aí mais um cartão amarelo para a direcção.
É que do Vieira espero tudo. Foi a isso que nos habituou. E se o rui pactua com isto, então não precisamos só de um presidente novo. Também necessitamos um novo director desportivo.
Em relação ao Scolari, acho que tem condições para triunfar no Benfica.
Mais do que o Quique pelo menos.
1º Porque defende o grupo como ninguém (coisa que o Quique falhou).
2º Porque já conhece a podridão do futebol português (coisa que o Quique desconhecia totalmente).
3º Porque como já foi dito, para vencer o campeonato português, os conhecimentos tácticos de pouco servem.

Finalmente, o José disse:
"E não consigo, de repente, imaginar que outra coisa possa dar maior gozo ao presidente do FC Porto do que derrotar, ao mesmo tempo, Vieira e Scolari."
Também podemos dizer que não haverá maior humilhação que ser derrota por Vieira (ou outro presidente) e SCOLARI!

Dexter disse...

"O que é especulativo, Dexter?"

Não encontras nada de especulação no post ? Estranho. Esquisito...mesmo.
Repito......cada um é livre de a fazer.

"Já agora o que achas dessa hipótese?"

João já disse a minha opinao sobre isso umas 300 vezes. Inclusive nesta caixa de comentarios.

Americano disse...

Não percam tempo porque para já não há sequer a hipótese Scolari, infelizmente.

Rui Oliveira disse...

Não percebo este tipo de comentários e ataques a LFV.Discutir politicas é uma coisa,outra é falar em doenças e.....
Se o presidente diz que o treinador tem mais um ano de contrato logo vem alguns dizer que está mal porque ao primeiro desaire é despedido,se está a tentar arranjar um novo treinador também é mau porque perdeu-se o respeito pelo actual treinador.À comentários que custa a entender.

Hugo disse...

LFV e Rui Costa em Londres?
Epá, isso é uma BOMBA!!!!
O coração do LFV só sofre com os jogos de futebol do Benfica? Também o meu, felizmente ainda não tenho nenhuma doença.
O Vosso não? Sofrem o mesmo com o Andebol? Eu não, com o futebol é que sofro mesmo.
Ouvi dizer, que eles foram lá para contratarem o Drogba e Essien, para as eleições... e o Guardiola.
Sou eu também a especular...
Voltem para Portugal Palhaços!!!!
Contratem em Portugal!!!
AHHH esqueci de referir, ouvi dizer, que se o Quique não colocar a equipa na Liga dos Campeões, poderá ser despedido sem indemnização, está no contrato...
deve ser especulação...

Nuno M. S. Aleixo disse...

Especulação?! Nadinha...
Curioso é ir a dupla Vieira e Rui Costa e só se "bater" em Vieira! E o Rui? É um atrasado mental? É um tótó que segue o sr. presidente sem opinião própria? Não é mais criticável o director desportivo não estar com a equipa do que o presidente? Realço e deixo bem claro que não acho nada disto. Só coloco perguntas que poderiam ser feitas no texto e não foram. É curioso, mas não tem mistério nenhum. Importa é bater em LFV neste momento, Rui Costa é vaca sagrada para manter depois das eleições e não se pode assustar eleitorado. O que o Sr. José Marinho que lá voltou a comentar alguns joguitos na Sporttv depois de ninguém o querer em lado nenhum...

Ele sabe tanto a razão de a dupla que dirige o futebol benfiquista estar em Londres como eu ou o Record que todos os dias arranja uma razão nova, para vender jornais, a de hoje é que estão em Londres para vender Cardozo, ontem era para contratar Scolari!

Continuem assim... E LFV sem contratações fabulosas ganha "nas calmas" as eleições! É limpinho!

Um grande abraço, Sr. José Marinho.
Gostei de o ver no Pav. da Luz a ver o Basquetebol na companhia de Fernando Tavares, o ex-vice presidente das modalidades amadoras.

Luís disse...

Quanto a Scolari, e agora a sério, só tenho a dizer: espero bem que seja uma cartada eleitoral! E que ele venha para o Glorioso. Quique é mau demais. A burrice táctica e falta de liderança que ele incute aos jogadores, foi demasiado óbvia com o Nacional! Defendi-o e advoguei a estabilidade durante muito tempo, mas este ultimo jogo, revelou alem da instabilidade do nosso jogo, um lado burro e teimoso que desconhecia em Quique. Basta! Finito! O espanhol não tem o minimo de condições, ou categoria para continuar. O SLB merece um treinador ao nível do seu historial. E já sei que com Scolari iremos jogar mal e porcamente, mas tambem foi assim com Trapp e nós queremos e merecemos títulos! Alem do mais o brasileiro alia outra caractteristica: a blindagem do balneário! A ser verdade e sinceramente, é uma excelente aposta.

E para aqueles que duvidam do homem e que dizem que ele só serve para selecções tomem lá!

CSA
Campeonato Alagoano: 1982

Grêmio
Campeonato Gaúcho: 1987, 1995, 1996Copa do Brasil: 1994
Copa Libertadores: 1995
Campeonato Brasileiro: 1996
Recopa Sul-Americana: 1996

Al Qadisiya
Copa do Emirado: 1989

Kuwait
Copa da Ásia: 1990

Criciúma
Copa do Brasil: 1991

Palmeiras
Copa do Brasil: 1998
Copa Mercosul: 1998
Copa Libertadores: 1999
Torneio Rio-São Paulo: 2000

Cruzeiro
Copa Sul-Minas: 2001

Brasil
Copa do Mundo: 2002

Portugal
Vice-campeão Europeu 2004
4º lugar da Copa do Mundo 2006

Americano disse...

Luís, tu surpreendes-me, às vezes pareces ter dupla personalidade :)
Fico feliz por esse teu apoio, mas volto a dizer, com quase 100% de certeza, para já não há nenhuma proposta.

Pedro disse...

"se o Quique não colocar a equipa na Liga dos Campeões, poderá ser despedido sem indemnização, está no contrato...
deve ser especulação..."

Olá!!!

Ricardo disse...

Muito a comentar:

Comecemos pelo início, que é como convém: a postura de Vieira, a bipolaridade de Vieira. Já são tantos os casos em que o Presidente do Benfica mostra a sua dupla faceta que mais um, mesmo que mais recente, não vem acrescentar nada de mais à imagem que dele temos. Aparece quando convém, desaparece quando não interessa. Concordo que um Presidente do Benfica deve estar com a sua equipa num momento difícil. Nesse sentido, e acreditando na teoria lançada por pessoas do clube, se foi "só" ver um jogo de futebol, é errado e demonstra falta de respeito por todos os que amam o clube. Se não é verdade e se, além do jogo, foi ver os lindos olhos de Scolari, é errado na mesma porque em Portugal está um técnico que, bom, mau ou medíocre, continua a ser o treinador principal do Benfica e merece respeito por parte dos seus dirigentes. De qualquer forma, se se trata efectivamente de uma contratação, saltando a questão da falta de respeito pelo técnico, diria que Rui Costa teria de ser, SOZINHO, o responsável pela viagem, contratação e divulgação à imprensa. Nunca Vieira. Pelas razões óbvias apontadas há muito tempo e que o texto do José mais uma vez repete.

- Scolari no Benfica: sou daqueles que sempre insistiu nas limitações óbvias de Scolari como treinador principal. Em Julho de 2008 não lhe dei até Dezembro para estar fora do Chelsea. Assim aconteceu. No entanto, não acho que possa haver muitas melhores opções para o Benfica do que o próprio Scolari. Isto por duas principais razões:

- no campeonato português, muito mais do que ser brilhante em termos tácticos e compreensão do jogo, importa saber mover dinâmicas em torno da própria equipa e ser especialista na motivação dos jogadores. Scolari tem isso. Mesmo tendo alguns estrangeiros no plantel, parece-me que o brasileiro cá em Portugal poderia fazer um bom trabalho. Resumindo, caso venha aceito a opção como uma opção credível e com capacidade para ter sucesso.

- O Benfica é um clube com uma idiossincrasia muito especial. Tal como Scolari. O casamento entre os dois pode, de facto, funcionar. Isto apesar das limitações evidentes que o brasileiro tem noutras áreas cruciais do futebol. Mas no Benfica não basta ser bom a entender o jogo, é preciso muito para além disso.

Tudo dito, quero lembrar que o problema do Benfica supera muito a questão do treinador. Se Scolari (ou outro qualquer) tivessem a estrutura certa para trabalharem, poderíamos então pensar exclusivamente na (in)competência do técnico escolhido. Não a tendo, tudo o que possam fazer estará sempre sujeito a factores externos difíceis de contrariar.

O problema maior reside na escolha que todos faremos em Outubro. Escolhamos bem, meus caros.

A propósito das eleições, lembro a votação que está a decorrer no nosso blogue. Uma surpresa de todo o tamanho. Vieira, em 50 votos, foi uma vez votado. Veiga segue na frente (surpresa?) e Bagão em segundo. Como as opiniões podem mudar de um dia para o outro na blogosfera...

Americano disse...

Ricardo, como és uma pessoa muito correcta nos seus comentários, é só para te avisar que Scolari passou Dezembro no Chelsea :)

David De Oliveira disse...

Ja repararam no curriculum do Scolari que a maioria dos titulos sao copas e muito poucos campeonatos... Isto so mostra as suas limitaçoes para provas de regularidade. Pode ser uma aposta arriscada com uma relaçao preço qualidade muito cara.
Isto dos treinadores já é como os meloes mas no caso do Benfica é ainda mais bicudo ja nao acredito em ninguem (excepçao feita a Capello ese ganhava de certeza!!!mas nao é pra este campeonato)
E que tal o Laudrup?

Ricardo disse...

Foi em Janeiro? Tens razão, falhei a previsão :)

Luís disse...

Americano, o jogo com o Nacional foi o ponto de viragem para mim. Até comentei com um amigo lampião que eu duvidava muito que Quique continuásse após aquele autentico harakiri tático. Ainda para mais vinhamos de boas exibições. Mas dom Quique tinha de voltar à teimosia de por o amorim na direita com o resultado que se viu. Chega. Scolari é dos poucos treinadores ao alcance do Benfica e com capacidade para nos levar a um titulo apesar do kaos que é a nossa casa.

Americano disse...

Luís, pela primeira vez desde há muito concordo contigo :)
Mas para já não vamos ter Scolari :p

Ricardo, o Scolari ainda chegou ao início de Fevereiro :)

Dexter disse...

Infelizmente cheira-me cada vez mais a jesus.

Pelo menos pode ser que sejamos abençoados la pelo natal.

Pedro Veloso disse...

David o Laudrup é um bocado fogo de vista, até foi despedido há pouco tempo do Spartak, onde só se aguentou 6 meses. Claro que tem imenso prestígio e boa imprensa devido ao facto de ter sido um jogador brilhante mas não sei até que ponto será bom técnico...e é outro que do futebol tuga não conhece nada, era mais um ano zero;)

Hugo disse...

Americano, não me digas que assinou por Angola.

Luís disse...

Jesus a liderar os diabos do inferno da luz? Não me parece que dê bom resultado

Americano disse...

Não Hugo, não assinou.

Ricardo disse...

Luís,

Jesus tem um lado macabro que ainda é desconhecido dos fiéis. Talvez no Benfica o revele...

João Bizarro disse...

Americano, esses clubes/selecções que querem o Scolari são de alto gabarito ou é a selecção angolana?

O homem entrou em fase de andar a receber indemnizações ao fim de 6 meses de trabalho?

André Leal disse...

O Laudrup é um Quique versão B, ou já não se lembram da retranca que fez com o Getafe contra nós? É, tal como o Quique, um treinador que põe as equipas a jogar um jogo que é tudo menos futebol, tenta arrastar os adversários para esse jogo e depois ganha-lhes em experiência. Serve para equipas pequenas, mas não para o Glorioso.

O Getafe ainda me mete tanto nojo que nem tive pena do Casquero quando este foi sovado pelo Pepe. Cambada de retranqueiros, fingidores e caceteiros... Também adorei quando foram eliminados no último minuto do prolongamento pelo Bayern na eliminatória seguinte.

Luís disse...

Não me parece que este Jesus seja milagreiro para o SLB. Acredito mais no senhor do Caravaggio

João Bizarro disse...

Ò Luis, you talkin to me?

Dexter disse...

Vejam o video do Pedro Ribeiro. Belo resumo do que foi esta epoca.

http://catedralencarnada.blogspot.com/

Luís disse...

Ó João, well I'm the only one here ...

John Billy disse...

Depois de ler os comentários fica uma certeza.
Se o Vieira conseguisse contratar o Scolari ganhava as eleições com uma perna as costas.
Temos mesmo o benfiquinha que merecemos.

Americano disse...

João, tem convites de clubes e selecções, mas está numa fase se análise. Quando for conhecido o seu futuro, poderei revelar mais alguma coisa.

Rasta disse...

Fonix, o Americano é o Murtosa. Só pode. :)

João Bizarro disse...

"Fonix, o Americano é o Murtosa. Só pode. :) "

LOLOL

José Marinho disse...

Após uma série de comentários à minha crónica, acho que vale a pena desfazer aqui umas quantas dúvidas. Desde logo, confirmar que o objectivo da minha participação neste blog está a ser cabalmente cumprido. Debater o Benfica e fazê-lo com elegância e a contribuição de todos quantos se preocupam com o nosso clube.

Porque as reacções ao meu texto foram de vária ordem, impõe-se que personalize as respostas:

Meu caro Algarviu: Se a ideia com que ficou do meu texto foi a de que me entretenho a brincar com a saúde dos outros, então, tem razão para ficar indignado. Porém, digo-lhe já que não sou crápula ao ponto de não me preocupar com os problemas dos outros. Não foi a educação que tive e aquela que denodadamente tento passar aos meus filhos. Respeito a doença do presidente, respeito-o como pessoa, mais até do que ele respeita os outros, em particular aqueles que não lhe são afectos, com quem habitualmente demonstra um comportamento grosseiro e autocrático. Não pretendi brincar com a saúde do senhor Luís Filipe Vieira, mas não consigo entender como é que não pode ir ao futebol – isso compreendo – e pode ir ao basquetebol, por exemplo. Porque se é assim, devo concluir que o benfiquismo do nosso presidente é selectivo, porque apenas se emociona com o futebol. O meu benfiquismo, por exemplo, não consegue fazer essa distinção. Ontem estive no pavilhão a ver o Benfica-Sporting, em andebol, e como sempre acontece, sofri com a alternância no marcador e um certo dramatismo na vitória. E como no futebol, senti o coração aos pulos. Claro, sendo verdade que pulou mais no final do jogo, quando o Benfica assegurou a vitória. Percebe agora melhor a minha referência à saúde do presidente?
De resto, meu caro, tem razão no que escreve. Sei ao que venho. Porém, não precisa de esperar muito mais tempo para o saber. Venho para participar num debate, porque acho que o Benfica deve ser debatido, cada vez mais debatido. Diga-me por favor, acha isso mal, ou adivinhará nas minhas intenções qualquer oportunidade mal escondida de influenciar a opinião de quem me lê? Sobre isso já lhe digo, não tenho. Já expliquei, noutra ocasião, tenho este gosto de interagir com outros benfiquistas numa discussão que pode ser útil para todos. Escolhi este blog por causa do nível dos comentadores, como o meu caro. E como não sou parvo e percebi o alcance do seu comentário, digo-lhe que a minha participação neste blog durará, se as pessoas acharem pertinente, muito para além de Outubro, se é que me fiz entender?

Meu caro Dexter – Vou confiar-lhe o seguinte: sou admirador da garra com que escreve e da frontalidade que demarca o seu estilo. E agora vou responder-lhe, com igual frontalidade. O que eu escrevi não resulta de nenhuma especulação, resulta do conhecimento que tenho das coisas. Enquanto exerci a função jornalística, durante mais de vinte anos, nunca ninguém desmentiu ou rebateu uma notícia minha. E sabe porquê? Porque gosto de escrever com a absoluta certeza de que não falho o alvo e sobretudo por imenso respeito a quem me lê e me escuta. Por isso, digo-lhe que o presidente do Benfica e o Rui Costa estiveram em Londres para tratar de vários assuntos e um desses assuntos foi Scolari. Também lhe posso dizer que correu mal, porque o treinador brasileiro tem outras prioridades. Isto não é especulação, isto, sou eu a dizer-lhe. E mais lhe digo, Ricardo Quaresma foi outro dos assuntos e é um dos jogadores que o Benfica está a tentar contratar para a próxima época. Isto não é especulação, sou eu a dizer-lhe. E mais lhe digo, o Di Maria está praticamente negociado, incluído de uma forma indirecta no negócio que pode trazer Quaresma para a Luz. Isto não é especulação, sou eu a dizer-lhe. E mais lhe digo, o Quique Flores está a leste disto tudo. Por isso incomoda-me esta viagem, porque me incomoda que o meu clube possa tratar as pessoas sem elevação. Não se esqueça que não foi o Quique a pedir para treinar o Benfica. Foi o Benfica que o convidou a vir. Por isso revolta-me, no Benfica como noutro clube qualquer, que se tratem as pessoas assim, sem respeito e atingindo-as na sua dignidade. Se o Benfica quer mandar embora o Quique Flores – e o presidente do Benfica quer – deve fazê-lo com elegância e cortesia. E respeito por uma pessoa a quem a maioria dos adeptos, há poucos meses atrás, chamavam o Mourinho espanhol. E o que nunca pode acontecer é o presidente virar as costas a um treinador do clube, num momento em que no clube até a relva do estádio o contesta e muito menos devia permitir que um seu vice—presidente atacasse o treinador, em directo na SIC, de forma tão indecorosa e infame. Sobre a questão do apito dourado, os benfiquistas gostam – e com razão – de afirmar a sua diferença em relação à forma como se ganha no futebol português. Mas também nisto o Benfica deve marcar a diferença. No respeito pelas pessoas e olhe, até no respeito por outros benfiquistas, que por pensarem diferente ou são hienas, ou são abutres, ou são outra qualquer coisa qualquer. Isto é o Benfica, não é um documentário da BBC – Vida Selvagem. E quando se é dirigente do Benfica, há um estatuto social colado, é uma espécie de segunda pele, que deve ser tratado como uma planta, deve ser todos os dias regada com elegância, elevação, respeito pelos outros e amor ao clube. É isto que se pode e que se deve exigir aos dirigentes eleitos e não eleitos do Benfica. E a actual direcção do Benfica é um falhanço total a este respeito.
Quanto à credibilidade de que fala, tem razão numa coisa. Não sou nem mais nem menos credível do que os outros que aqui escrevem, talvez à excepção dos que não assinam com o seu nome, as ideias que defendem. Sabe, aprendi desde muito cedo que a credibilidade não tem a ver com infalibilidade. Já vi grandes jornalistas falhar nas suas notícias. Não é isso que os ataca na sua credibilidade. E sabe porq uê? Porque a credibilidade de quem escreve começa numa escolha que faz entre o seu verdadeiro nome ou um nickname, para usar uma designação mais tecnológica.

Meu caro John Billy – É certo que a viagem de Lisboa a Londres é de duas horas. O problema é que o presidente e o director-desportivo foram na terça-feira e regressam amanhã. Praticamente uma semana inteira de trabalho.

Meu caro Rui Oliveira – Reforço o que escrevi na resposta ao Algarviu. O objectivo nunca foi o de diminuir a relevância da doença do presidente do Benfica. O que mais desejo para Luís Filipe Vieira é aquilo que desejo para todos, saúde de ferro e uma vida de conforto. O que discuto, se calhar de forma inapropriada, é que ao abrigo dessa doença se possa detectar no presidente do clube um benfiquismo selectivo. Acho que não é tolerável num presidente do Benfica.

Meu caro Hugo – O que quer que lhe responda? Por norma gosto dos seus comentários, discordo em algumas coisas, mas não me atrevo a discutir a bondade das suas ideias. Porém, desta vez, acho que desconversou, ou não acha? Meu caro, é a minha opinião, a ida do presidente é inoportuna, pelas razões que enunciei no texto e em algumas destas respostas. Só isso. Não é bomba nenhuma, mas porque a existir uma bomba, todos nós sabemos que ela vai rebentar nas mãos do suspeito do costume: o treinador.

Meu caro Nuno Aleixo – Começo pelo fim. Da próxima vez apresente-se, pois terei todo o gosto em conhecê-lo. Talvez nessa altura, se estiver interessado, o possa elucidar sobre o meu percurso profissional, o modo como organizei a minha vida pós-jornalismo e principalmente posso esclarecê-lo sobre o meu regresso em part-time à Sporttv. Quanto à parte do “ninguém o querer em lado nenhum”, acha que esta referência é séria ou foi apenas um pequeno acidente no teclado? Sobre Rui Costa, já escrevi neste blog o que penso que distingue claramente o nosso director desportivo do nosso presidente. Um está há oito anos a fazer promessas, o outro está há oito meses a tentar resolver problemas. Acho que dá para notar a diferença. Além do mais, recentemente o presidente do Benfica responsabilizou – num plenário dos órgãos sociais – o director-desportivo pelo fracasso da equipa de futebol, com a alegação de que não tinha nada a ver com o futebol. Então se o futebol não é com ele, porque está em Londres com Rui Costa? Se Luís Filipe Vieira ganhar as eleições – tem mesmo de ser limpinho, porque somos Benfica, não queremos ser mais nada – é porque essa foi a vontade da maioria dos sócios votantes. E em democracia não conheço melhor sistema do que este para fazer cumprir a vontade de uma maioria. Se me perguntar se isso é bom ou mau, eu respondo-lhe, com honestidade, acho que será mau para o Benfica, porque demoraremos mais três anos a atacar alguns problemas estruturais do clube, quando os devíamos atacar agora. Mas pode dar-se o caso de eu estar errado. E se eu estiver errado, é porque o Benfica volta a ganhar. Não é o que queremos todos?
Olhe, um grande abraço para si também.

Americano disse...

Ahaahahahaaaa!!!
Se for então o Murtosa domina a língua de Camões :)

Dexter disse...

Caro José MArinho,

Obrigado pelas linhas dedicadas. Apenas gostaria de referir que quando falei em especulação, fi-lo porque o texto foi escrito com essa intencao.

Quando eu quero escrever algo que sei, não digo frase como:

"Isto, claro, se forem verdadeiras as informações prestadas por alguns órgãos de comunicação social."

"Claro que existe outra possibilidade para o presidente do Benfica ter trocado momentaneamente Lisboa por Londres."

Quem escreveu "possibilidades", ou em noticias avançadas por jornaleiros, não fui eu.

Que não tivesse querido assumir que detinha essa informação, eu percebo. O que não percebo é que nao perceba que ao esconder-se atras deste "ouvi que disse" leva a que muitas pessoas pensem que o texto nao passa de pura especulação.

Mas é isso que disse. Sou uma pessoa directa e por vezes tenho dificuldade em perceber quando as pessoas se escondem por detras de algo.

Quanto à questão dos Nickname como lhe chama, confesso que nunca percebi muito bem essa preocupação com alcunhas vs nomes. Mas como volta a insistir nesta questão, gostava de dar aminha opinião. Nunca fui de participar muito em blogs e outras coisas do genero que exigissem o uso de um nickname, alias este é o unico blog de futebol em que participo.
Mas como dizia, fascina-me essa preocupação com nicknames porque João é um nome mas Dexter é um nickname. MEsmo que o João se chame Zé...nao interessa tem um nome real. Nunca percebi bem essa preocupação.
Mas é com todo o gosto que posso mudar de Dexter para Zé Manel ou Antonio Pedro, ou Joao Pedro, ou Joao Manuel, ou Pedro Miguel, ou ........

Luís disse...

Grande José Marinho! Não deixa ninguem sem resposta (com nível e elegancia) e com inside information preciosa para todos nós.

Lamento saber que Quaresma , um artista de circo ao nivel de Di Maria, faz parte dos nossos planos.

E lamento ainda mais constatar que a aquisição de Scolari não se encontra bem encaminhada. Sinceramente, alem dele não vejo quem esteja ao nosso alcance para liderar a equipa técnica em 09/10.


Um grande abraço e mais uma vez obrigado pela ajuda. Aquele assunto está em marcha a todo o vapor.

Dylan disse...

Já alguém pensou se o alvo seria Hiddink?! Parece que o holandês está de saída...

É interessante lembrar que o putativo candidato à presidência do SLB, Bruno Carvalho, também vaticinou Scolari.

Dexter disse...

Americano, a partir de hoje trato-te por Murtosa :)

Temos de te fazer um teste de ingles para ver se de facto es o Murtosa ou não.

Penso que seja a forma mais facil de ver a verdadeira identidade :)

Dexter disse...

João,

ja chega de lanche....aprova la os comentarios

:)

Pedro disse...

"Beckenbauer: «Bayern precisa de um mágico»"

Alguem se chega à frente? A mim não me dá muito jeito...
:)

Quaresma no SLB? O q eu me iria rir com essa realidade. O Harry "Mustang" Potter passaria num instante a tosco sem qualidade...

Pedro Veloso disse...

Caro José Marinho,

admiro a sua elegância e frontalidade, e já que se falou aí no seu regresso à sportv, que eu também tinha notado ao ver um jogo no sábado passado, vou tomar a liberdade de lhe perguntar a razão desse regresso. Pergunto-lhe tão-só porque da leitura de todos os seus posts aqui, entre artigos e respostas a comentários, sempre achei que estava bastante clara a sua vontade de nunca mais voltar ao jornalismo, tal como afirmava não querer voltar a trabalhar "dentro" de um clube depois da experiência no Vitória SC. E portanto confesso ter ficado bastante surpreso ao vê-lo de regresso aos comentários de futebol - já agora, surpreso mas contente, porque gosto imenso de o ouvir.

Desculpe se estou equivocado ou tirei conclusões erradas.

Um abraço

Americano disse...

I can write in English if you prefer :)

Olhem eu assumo aqui o que sempre assumi, gosto muito do Quaresma, ficaria feliz se ele viesse. Infelizmente se isso acontecer no primeiro jogo em que ele toque em alguém com os braços (como fazia todos os jogos no Porto) vai apanhar um sumaríssimo e 3 jogos no mínimo. Mas passar de Di Maria para Quaresma é um salto qualitativo que garante uns 5 a 10pontos por época a brincar. No entanto, a menos que o Inter suporte a quase totalidade do seu salário, não acredito. Nem acredito que queiram o Di Maria.

André Leal disse...

José Marinho:

Gostava de lhe fazer uma pergunta (já há tempos) que compreendo que não responda, dado o seu regresso à Sporttv:

Alguma vez notou que aquela estação sofre alguma pressão para que os comentários e até algumas notícias sejam tão pró corruptos? É que apesar do meu clubismo penso que tenho a isenção suficiente para me aperceber que, desde os comentários, até à sonegação de repetições (tais como a da agressão do Rodriguez ao Nuno Gomes), a estação me parece muito "azul"...

Claro que não estou a dizer que se tenha passado consigo, uma vez que acho que a sua formação o levaria imediatamente a bater com a porta e nunca mais voltar.

José Marinho disse...

Meu caro Dexter, não saí do jornalismo há tanto tempo assim que me esqueça de uma distinção fundamental entre noticia e opinião. Numa notícia, teria escrito: "Luis Filipe Vieira e Rui Costa foram a Londres tentar contratar Luis Filipe Scolari". Numa crónica, cabem perfeitamente frases como: "Isto, claro, se forem verdadeiras as informações prestadas por alguns órgãos de comunicação social", ou ainda:
"Claro que existe outra possibilidade para o presidente do Benfica ter trocado momentaneamente Lisboa por Londres."
A primeira frase é uma espécie de tabuleta indicativa do destino do texto. A segunda é uma espécie de bifurcação. O leitor quando chega a esse cruzamento de informações, opta por virar ou pelo caminho da informação retida ou pelo atalho da crónica livre. Mas, em nenhuma das tabuletas está o sinal de destino obrigatório. Dito de outro modo, não está como especulação, está como guia de orientação no texto. Por isso tenho de dizer-lhe: no texto, não especulei, no texto, orientei as suas várias partes no sentido de dar coerência ao todo. E o todo remete para duas mensagens que definem o meu pensamento sobre a ida de Vieira e Rui Costa a Londres: a sua inoportunidade e a sua agenda. Só isso, meu caro.
Todavia a sua leitura resulta da sua percepção das coisas e aí terei sido eu a falhar porque não consegui expurgar do meu texto toda aquela tralha de possibilidades que, aos seus olhos, resultou em aparência de especulação.
Quanto aos nomes utilizados, tem razão, quando diz que a diferença não existe entre a assinatura de um comentário com o nome Dexter e a utilização de um "regular name", porque não é garantido que seja esse, de facto, o nome do autor desse comentário. Em abstracto, tem toda a razão. No meu caso, porém, já sabe com o que conta. É José Marinho mesmo. Nem o acento no é eu viro para o outro lado. E o que escrevi a esse pretexto não foi para o diminuir - as suas ideias têm o mesmo valor assinando assim ou assado - mas sim para lhe dizer que, no meu caso, é aqui que começa a minha credibilidade. Se a tiver, claro.

José Marinho disse...

Meu caro Pedro Veloso, tenho todo o gosto em responder-lhe, até porque percebo a sua dúvida. E ao fazer-me essa pergunta, dá-me a oportunidade de esclarecer que os comentários de futebol na televisão não são um género jornalístico. Mais do que encaixar essa actividade numa falsa espécie jornalística, é mais rigoroso enquadrá-la numa área mais específica do entretenimento. Embora toda a preparação - documental e de treino orientado de comunicação - exiga um grau de profissionalismo que toca alguns dos tópicos do exercício jornalistico. Mas em bom rigor, não é jornalismo. E quando refiro que não pretendo regressar a essa actividade, é no sentido de não me sentir mentalmente disponível para integrar, de novo, uma redacção. Não excluo, no entanto, colaborações com alguns orgãos de comunicação social. Ainda agora fui convidado para escrever em duas publicações de grande prestígio em Portugal e estou a meditar sobre esses convites. Apenas o farei, no entanto, se sentir que isso me realiza pessoalmente, muito mais do que profissionalmente. Porque, do ponto de vista profissional, nesta altura, já não é o jornalismo que me realiza.

André Leal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
PEROLA DA MOURISCA disse...

Por acaso já há umas semanas que essa noticia de scolari e quaresma me tinha chegado aos ouvidos, ao que respondi, "estamos perdidos", mas por mal que fique la quique, sobre quaresma se vier para apenas ser uma bofetada em lagartos e tripeiros nao quero, se for para jogara aquilo que sabe, então bem vindo.
Mas ainda sobre o actual presidente, estas viagens a Londres já ele o devia saber que não dão resultado, mas as coisas escapam-lhe sempre por portas e travessas, ora vai a Londres para contratar ericksson e é apanhado por uma câmara da sic que casualmente ia a passar no local, ora o queiroz também não foi contratado, enfim...Londres faz mal ao vieira e ao rui.
Mas o rui já se devia ter demarcado do presidente à algum tempo, é que mais dia menos dia cai no ridículo, o seu estado de graça já vai caindo, a época não correu bem, o presidente sacudiu logo a agua do capote, os vices também, sobra rui no meio, por isso a época esta a acabar e rui deveria pensar bem o que anda a fazer atrás de vieira.
As eleições estão por aí a bater à porta, e ha sempre opções, carvalhos, veigas, bagoes, são nomes falados, falta 1 mês ou talvez um pouco mais para a festa começar.

Meu Caro José Marinho, espero que da próxima vez que uma certo seu amigo se deslocar à terra do choco se puder que o acompanhe, terei o maior prazer de o conhecer e de falar consigo para aprender mais um pouco do nosso Benfica.

Abraço

Diogo disse...

Hiddink no Benfica Dylan ? Impossivel! Para já porque, na minha opiniao e da maioria das pessoas, está no top 3 dos treinadores mundiais, logo tem sempre meia europa atras dele. Depois porque ja disse que nao quer ficar no Chelsea e está a pensar na reforma. Nao esquecer que ele tambem treina a selecçao russa. Para alem do mais, o salario seria certamente astronomico e nao o estou a ver com muita vontade de vir para a "competitiva" e "emocionante" Liga Sagres.

Mas bem, se o RC lhe escrevesse uma carta a prometer que lhe dava uma casa em Cascais para ele gozar a reforma enquanto treinava o SLB, talvez mudasse de ideias.

Mais vale um Hiddink em part-time que uma equipa tecnica de Scolari, Quique e Jesus em full-time

DB

Pedro Veloso disse...

Esclarecidíssimo, meu caro José Marinho. Obrigado pela simpatia (como sempre aliás) de se dar ao trabalho de responder

Alegre, sempre! disse...

Como ultimamente tenho passado despercebido lá vou ter de recorrer a uma pequena provocação - pode ser que alguém lhe pegue - que isto de estar constantemente a chutar bolas para o pinhal não é um passatempo que me agrade.

O tema envolve dois jogadores do plantel com estilos diametralmente opostos: Cardozo e Di Maria. A receptividade/tolerância da esmagadora maioria dos comentadores deste blog ao desempenho dos dois jogadores é muito acentuada, como sabemos. A questão vem a propósito do anunciado interesse de um grande clube inglês em Di Maria. Será possível que os ingleses estejam tão cegos ao ponto de se interessarem por Di Maria quando têm ali ao lado nada menos que o grande Cardozo?

Gostaria de contar com a resposta de José Marinho, entre outras.

Pedro disse...

Alegre, sempre: a minha opnião é simples e já "antiga", Di Maria tem um potencial fabuloso, se conseguir pô-lo em práctica será sem dúvida um dos melhores jogadores do mundo. É perfeitamente natural que seja muito mais atractivo q o Cardozo por essas razões.Até pq Tacuara, como ponta de lança q é, vive dos golos. E ao não marcar muitos golos perde espaço no mercado internacional. Mas não é só o Cardozo, o Liedson tb não tem ninguem atrás dele, Lisandro pouco se ouve, Jardel foi o q sabemos...

Portanto a apetência dos ingleses por um Di Maria é, para mim, perfeitamente natural.

PB disse...

Bom era o Jaime Pacheco, de quem um ou outro jogador do Belem (depois de terem sido treinados por Jesus), dizem ser provavelmente o pior treinador do mundo.

Alguem incapaz de explicar e treinar o q quer q seja. é só fazer umas rabias, uns remates à baliza e escolher 11 jogadores para jogar...

Deixem lá estar o Vieira e o Rui Costa descansados.

PS - Quem não sofre mais com o futebol do q com outra modalidade qq q atire a 1a pedra...

João Bizarro disse...

Estava eu ali a passear no pinhal (depois de ter visto um ep. desta série - http://www.cbs.com/primetime/harpers_island/ - não foi lá muito boa ideia) quando encontro uma bola. Vou até ela e reparo que era uma bola do Alegre, Sempre.

O Di Maria é um jogador que desde que está no Benfica fez 3 ou 4 grandes jogos. Ainda não explodiu, se calhar ainda não encontrou o treinado ideal que o faça explodir.
Por mim gostava de o ver por cá mais uma época (pelo menos). Se tiver que sair e se ficarmos melhor servidos também não me importo.

"A questão vem a propósito do anunciado interesse de um grande clube inglês em Di Maria."

Um clube inglês?!?! O José Marinho falou que ele pode estar incluído numa possível transferência do Quaresma para o Benfica! Que eu saiba o Quaresma é jogador do Inter, que como todos sabemos é um clube italiano!

Em relação ao "homem alto" já disse o que tinha a dizer. Se calhar habituou-nos mal ao marcar tantos golos pois desde há muito que estávamos habituados que os nosso avançados marcassem 10 golos por época.
Mal habituados. Uns vêm do tempo do Eusébio, do Torres e do Águas. Eu sou do tempo do Zoran Filipovic, do Magnusnon, do Néné, do Rui Águas.
Se não gostas de quem marque golos, tudo bem! Eu gosto.
E podes crer que se o Benfica cair no erro de não o querer o "homem alto" não vai ficar desempregado e há-de ir marcar tantos ou mais golos para outro lado. Para um sitio onde hajam treinadores e adeptos que gostem dele.

Algarviu disse...

Caro José Marinho

Deixe que discorde da opinião de que a estada de LFV e RC em Londres é inoportuna: em dois dias consecutivos jogaram-se em Londres duas meias finais da Liga dos Campeões fazendo da cidade a capital do futebol mundial. Tudo o que é importante no mundo do futebol estava em Londres.

Percebeu mesmo o alcance do meu comentário e a propósito até adianto que penso que tem como objectivo abrir caminho a José Veiga.

Quanto às questões de saúde, infelizmente sei do que falo por experiência própria. O meu cardiologista só me deixa ver dois jogos de futebol em que intervenha o Glorioso ao vivo por época e que sejam de baixa intensidade. Na época passada vi o Paços e esta vi o Nacional. Ao Basquete e a outras modalidades não põe qualquer restrição. Um golo não é o mesmo que um cesto. Um penalti não é o mesmo que um lance livre.

Finalmente e para que não haja equívocos, não sou nem nunca fui apoiante de LVF para além do apoio que o presidente do meu clube me merece. Não votarei nele.
Mas também não votaria Veiga - à mulher de César não basta ser séria, tem de parecê-lo.

João Bizarro disse...

"Quem não sofre mais com o futebol do q com outra modalidade qq q atire a 1a pedra... "

Depende. Se eu fosse agora correr a Maratona era capaz de sofrer um bocado!!!

João Bizarro disse...

A partir do momento em que temos treinador pelo menos por mais 3 jogos (ainda por cima com contrato por mais um ano) é de muito mau gosto que o Presidente e o Director Desportivo se desloquem a outro lado à procura de um substituto.

PB disse...

o Benfica tem de tratar do seu futuro, da mm forma q Quique tb trata do seu.

Luís disse...

Americano,

Freddy Adu, avançado norte-americano de 19 anos emprestado pelo Benfica ao Monaco, irá regressar ao clube da Luz na próxima temporada. O empresário da jovem promessa dos encarnados, Bruno Satin, acredita que Freddy Adu conseguirá impor-se no emblema lisboeta.

O agente do internacional dos Estados Unidos assegurou ontem a Record que tem vindo a conversar com o diretor-desportivo do Benfica sobre este importante dossiê. "Um tema que tenho falado com Rui Costa é o que respeita a Freddy Adu. Ovínculo contratual dele com o Benfica é válido por mais duas temporadas, portanto ele irá voltar ao clube da Luz no final do empréstimo ao Monaco", sustentou ontem Bruno Satin, confirmando assim que o emblema francês não está disposto a acionar a cláusula de opção de compra de Freddy Adu - 5 milhões de euros.

Bruno Satin diz-se até convencido que o avançado norte-americano conseguirá convencer Quique Flores de que possui valor para representar o Benfica. "Ele vai ficar no Benfica!" afirma de forma perentória o empresário de Freddy Adu, que representa igualmente Carlos Kameni, guarda-redes do Espanyol cobiçado pelo clube da Luz.

Hugo disse...

Caro José Marinho, acha mesmo inoportuno os responsáveis máximos pelo futebol do Glorioso estejam a tratar do futuro do Glorioso?
Eu não, independentemente de ser treinador, jogadores, ou outra coisa. O que eu acho, é que eles têm de fazer alguma coisa, pois algo na estratégia (deles), não resultou. Esta é a realidade.
O grave era estarem de braços cruzados.
Quanto, a Quique saber ou não das contratações, essa é uma teoria muito relativa, pois uns defendem que quem deve contratar é o Dir. Desportivo, outros o dizem que o treinador deve dar o aval. É complicado.
Outra questão que discordo consigo, José Marinho, tem a ver com a emoção da visualização dos jogos de futebol em relação a outras modalidades, como sabe, e sabe de certeza, que é normal as pessoas emocionarem-se mais com o futebol do que outra modalidade, é o meu caso, sofro e emociono-me muito mais com os jogos de futebol do Benfica do que um jogo de Andebol ou mesmo Futsal, e pode crer, que tal como todos os Benfiquistas que aqui escrevem, não admito que me digam, que são mais Benfiquistas que eu, só porque também têm a mesma intensidade de sensação a ver um jogo das modalidades que eu de futebol. Eu nasci numa família que se respira o Benfica e futebol, o meu pai é fanático pelo Glorioso e foi futebolista, o meu irmão é fanático pelo Glorioso e foi futebolista, eu sou fanático pelo Glorioso e fui futebolista, o meu filho (3 anos) já é do Glorioso e adora futebol, já os meus tios e primos são 99% do Glorioso e a maior parte jogaram futebol... por aí. Se fosse basquetebol ou andebol, provavelmente vivia essas modalidades com mais intensidade, mas não é essa a realidade. Apesar de tudo, tento manter-me informado e acompanhar sempre que possível as modalidades. Actualmente mantenho-me mais informado acerca de Futsal (lá está, porque gosto mais e joguei) e do Andebol porque tenho um colega no trabalho que é o pai de um jogador. Por saber "alguma coisa" acerca do andebol, é que opinei e defendi a saída do Donner, mas por respeito, não referi o que me contavam do que se passava nos treinos e jogos, mas mesmo assim aquela equipa conseguiu vencer o campeonato, são uns heróis.

Neste contexto, eu não desconversei, só achei que estava a "ajudar" nas especulações que se passavam acerca da ida do LFV e Rui Costa a Londres. Mas nestas sua resposta, já referiu e nos informou de mais alguma coisa, o que me fez compreender melhor o seu post, apesar de discordar muitas coisas. Mas é mesmo assim, o que era isto se tivéssemos todos a mesma opinião.
Um abraço, é um privilégio "discutir" consigo o Benfica.

John Billy disse...

Alegre, para ti o Cardozo não vale nada?

John Billy disse...

Recuperado da lesão muscular contraída ao serviço da seleção brasileira, Luisão garante que está preparado para regressar à competição frente ao Trofense. O central, de 28 anos, também faz um balanço da época e lamenta a falta de paciência que persiste no Benfica.

"Faltam 3 jogos e vamos fazer tudo para os vencer. Espero já poder dar o meu contributo", revelou à Benfica TV, assumindo que a posição ocupada pela equipa não é a mais desejada. E deixou um alerta: "O problema é que ninguém dá tempo para alcançarmos a estabilidade."

Pois, pois... Mas isso é o Luisão que não percebe nada de bola.
E que diferença entre estas palavras e as do grande capitão Nuno Golos.

João Bizarro disse...

Luis, espero que isso se verifique porque acredito nas capacidades do Adu.
Esteve cá pouco tempo e já tinha aquela empatia com os adeptos como o Mantorras tem.
Quando ele ia aquecer (ou entrava) o estádio vinha abaixo.
E depois entrava quase sempre bem, quando tinha tempo para isso.
Resolveu-nos alguns jogos e só não resolveu outros porque o sr. do apito não quis (Benfica-zbordem).

Não é só o Americano que quer que ele volte.

André Leal disse...

Eu sou outro dos defensores do Adu, João. Excelente notícia, ainda que seja uma pescadinha de rabo na boca, pois se estivesse numa de vingar o Mónaco teria ficado com ele. Mas pronto, para o ano é que é, Adu!

(Esta frase começa a ficar com direitos de autor.)

José Marinho disse...

Meus caros:
Primeiro ponto…estadia de Rui Costa e Luis Filipe Vieira em Londres. Continuo a considerar inoportuna a viagem de ambos a Londres e a sua estadia de quatro dias. Eu reforço de ambos, porque me parece que a presença de Rui Costa, como administrador, director-desportivo e aparentemente único responsável pelo futebol, é mais tolerável. Durante dois dias, Londres foi, de facto, a capital mundial dos negócios futebolísticos. Agora, o que não percebo é o que faz o presidente do Benfica na capital inglesa durante quatro dias. Porque é isto que convém esclarecer: afinal, Luís Filipe Vieira tem ou não tem responsabilidades no futebol do Benfica? Porque se esta viagem é demonstrativa de que o presidente se envolve a este nível no futebol, então, não pode responsabilizar Rui Costa pelo insucesso desportivo desta época. Este é o ponto que gostaria de reforçar, neste debate, e que ainda ninguém comentou. E, para mim, numa lógica de liderança e de assumpção de responsabilidades no clube, devemos reflectir sobre esta presença em Londres, do presidente do Benfica.
Além do mais, é tão inoportuna esta viagem quanto falhou o seu primeiro objectivo, que era o de convencer Luís Filipe Scolari da bondade de iniciar mais um novo projecto no Benfica. Entenda-se, novo para o treinador e novo para o Benfica, já que o conceito futebolístico de Scolari é completamente diferente do conceito que assegurou a escolha de Quique Flores. E como também é diferente o conceito de Jorge Jesus, treinador que é muito bem acolhido pelo presidente do Benfica e com quem já foram feitos os primeiros contactos exploratórios. É por todo este conjunto de inoportunidades, que chego à inoportunidade claríssima. O actual treinador do Benfica sabe disto tudo? Eu digo-vos, não sabe. Mas desconfia. E aqui, lamento, meu caro PB, mas discordo de si, porque há uma coisa que se chama respeito mútuo na relação entre empregado e empregador e o Benfica não está a respeitar o seu actual treinador. Não falo do direito de escolher, questiono o dever de informar.
Outro ponto que gostaria de elucidar os meus caros Hugo e Algarviu…são ambos benfiquistas com quem dá gosto debater o Benfica e colocam-me perante o gosto de replicar os vossos comentários. E sobre a “Feira de Londres” – vamos chamar-lhe assim – ainda ontem falei telefonicamente com uma pessoa que esteve a colaborar com a UEFA, durante esses dois dias, nos jogos da Liga dos Campeões. Esteve, portanto, em ambos. E confirmou-me a suspeita que eu tinha de que as bancadas vip dos dois estádios tinham muito mais empresários do que dirigentes de clubes de futebol. Não foram assim tantos e os que foram não iam aos pares. Esta é a diferença que eu tenho tentado explicar e que reforça a minha ideia de que foi inoportuna a ida dos dois principais responsáveis do nosso clube a Londres, quando em Lisboa, ficou um treinador fragilizado, exangue e, para cúmulo da inoportunidade, exposto a um ataque incompreensível de um vice-presidente do Benfica, em directo, na televisão, sem que alguém no clube o defendesse. Desculpem, meus caros, mas isto não é Benfica. Mas Hugo tem razão numa coisa, é a minha opinião e num debate destes há sempre espaço para opiniões diferentes e muito respeitáveis como a sua, a do Algarviu e a do PB.
Meu caro Algarviu, já que tocou frontalmente na ferida, ajude-me a curá-la de uma vez por todas. O meu caro suspeita que estou aqui a fazer o trabalho de terraplanagem para uma futura candidatura de José Veiga à presidência do Benfica. Compreendo a sua suspeita, é sinal de que reflecte sobre as coisas e o nosso clube precisa muito de sócios assim. Porém, está enganado. Não tenho agenda e muito menos uma estou a tratar da agenda dos outros. Mas tenho de dizer-lhe o seguinte, para memória futura e para o esclarecer, porque o meu caro tem esse direito. Gostaria muito que um dia José Veiga se candidatasse à presidência do Benfica. E ficaria radiante que ele ganhasse as eleições. E até levaria a mal que ele não pedisse a minha colaboração durante a campanha. Acho que fui muito claro sobre o que penso sobre o assunto. Porém, enquanto discutimos José Veiga neste blog, continuamos a discutir um não-candidato. Mas não vejo esta possibilidade por um funil, onde tudo começa e acaba em José Veiga. Também seria capaz de apoiar outros eventuais candidatos. Olhe, por exemplo, Gaspar Ramos. Apoiava claramente. Olhe, apoiava Luís Tadeu. Já o fiz e nunca me arrependi. Aliás, arrependidos devem estar todos os benfiquistas que não escutaram o professor, nas eleições em 1997. Meu caro Algarviu, não tenho agenda escondida nos meus textos. Se quiser acreditar na minha boa-fé e no meu ilimitado benfiquismo, dava-me grande satisfação. Se não acreditar, espero um dia poder convencê-lo da bondade das minhas intenções.
Sobre o estado de saúde do presidente, gostaria de reforçar que não gosto, nem tolero muito que se possa brincar com a saúde dos outros. Apenas escrevi que me parece mal o benfiquismo selectivo de demasiada emoção negativa no futebol e descarga positiva de emoção nas modalidades. Porém, devo salientar que o que escrevo é sempre a partir de uma experiência própria, nunca em resultado do que os outros pensam sobre o assunto. E a minha experiência diz-me que, ainda esta semana, durante o Benfica-Sporting em andebol, emocionei-me mais com o jogo e a inconstante demonstração do favoritismo do Benfica do que com a esmagadora maioria dos jogos de futebol. E nunca mais esqueço que a pior experiência que jamais tive num recinto desportivo, aconteceu no antigo pavilhão do Benfica, numa final de play-off de basquetebol, num mítico Benfica-FCPorto, há vários anos atrás. Nessa noite senti, de facto, pela primeira vez na minha vida o coração a rebentar. Quase nem pude festejar o título – ganhámos o jogo e o título – com os milhares de benfiquistas no pavilhão e não fui para casa sem primeiro constar da lista de utentes da urgência do hospital de Santa Maria. Só depois, já de madrugada, é que regressei ao Porto. Foi uma experiência que espero nunca mais repetir. Por isso, meu caro PB, não atiro pedras a ninguém, mas é verdade, o meu benfiquismo não selecciona assim com tanta facilidade o futebol das modalidades amadoras. Para que conste, no entanto, não me considero, por isso, mais benfiquista do que outros.

João Bizarro disse...

"quando em Lisboa, ficou um treinador fragilizado, exangue e, para cúmulo da inoportunidade, exposto a um ataque incompreensível de um vice-presidente do Benfica, em directo, na televisão, sem que alguém no clube o defendesse."

Ora nem mais. É inadmissível que nesta altura o treinador e a equipa fiquem entregues a eles próprios. Ainda por cima tendo um qualquer vice-presidente que vem mandar bitaites para a praça pública.

Dexter disse...

O técnico comentou ainda as palavras de Léo que, em declarações a A Bola após a derrota do Benfica frente ao Nacional, disse que Quique Flores «não percebe nada do futebol português». «Só posso dizer que está a ser uma personagem com um comportamento medíocre, a nível pessoal, mas não vou perder tempo com isso. Tenho muitos dados para falar sobre o Léo, ele é pouco inteligente em ter esta postura, mas prefiro que os adeptos e o Benfica guardem uma boa imagem do Léo, do Léo que jogou duas épocas e deu sempre o máximo»


Porra e o Leo é que é pouco inteligente. Este caramelo entao é o que ?

João Bizarro disse...

"Porra e o Leo é que é pouco inteligente. Este caramelo entao é o que ? "

É alguém que sabe de alguma coisa que tu não sabes mas como não é como o Léo não vem para a praça pública mandar bitaites.

zorg disse...

Se fosse eu a mandar, o treinador do Benfica da próxima época seria o Quique Flores.

Acho que os responsáveis do Benfica - leia-se o Rui Costa - deviam deixar isso bem claro e acabar com as especulações.

João Bizarro disse...

Mas... mas... mas...

quem é este Zorg? Ainda por cima o comentário dele vai entra directamente sem eu o poder rejeitar!!! :)

É isso mesmo Zorg, curto e grosso.

André Leal disse...

José Marinho:

Ainda que concorde com quase tudo o que diz, tenho uma dúvida que gostaria que me esclarecesse:
Se dá tanta importância às modalidades (mais que eu, pelo menos) não acha um pouco precipitado classificar como má a gestão de Vieira? Bem sei que tem havido algumas colisões com dirigentes das mesmas, fazendo supor que, mais uma vez, o LFV age com prepotência mas, os resultados dos últimos anos têm sido muito animadores. Desde o Andebol ao Futsal, passando pelos atletas medalhados nos JO e pelo Judo, o Benfica tem feito resultados notáveis. Claro que estou a falar de resultados e, como se sabe, o nosso clube, ao contrário de outros, não se rege unicamente por isso, por isso gostava que expusesse as razões que o fazem, mesmo assim, ser tão contrário a esta gestão. E suponho que as tenha pois, pelo que aqui foi dito, parece que priva com o ex-presidente para as modalidades.

Entenda este comentário como uma dúvida e não como uma acusação pois, como já disse, tomo como verdade tudo o que aqui tem dito.

Quanto à minha dúvida de ontem agradecia apenas que caso não me queira responder, o que compreendo, como já disse, mo diga.

Abraço

Dexter disse...

Eu tambem concordo.

Já o disse e volto a repetir, o Benfica deve respeitar o contrato que fez de 2 anos com FLores. É importante que Flores e Costa terminem o projecto que iniciaram.

Até, porque este foi o ano ZERO e estou altamente curioso para ver como vai ser o ano UM.

John Billy disse...

Boa Zorg!
Já não estou sozinho nesta luta!

Fernando Oliveira disse...

Grande José Marinho...

Espero que um dia faça parte da estrutura do "nosso" Glorioso SLB.
Comungo de todas as ideias traçadas nos seus comentários.

Um forte abraço
Fernando Oliveira
Coimbrões - Vila Nova de Gaia
PS:É uma honra ler os seus post sobre o glorioso. Gostaria, um dia, discutir consigo o actual momento do nosso clube...

Hugo disse...

José Marinho, dou-lhe os meus sinceros parabéns, é sempre bom saber que existe a mesma paixão pelas modalidades como no futebol. Fico contente por isso, pois eles (das modalidades) também o merecem.

Fala-se muito em candidatos e possíveis candidatos, mas até agora só apareceu um (Bruno Carvalho), não será altura de eles aparecerem?
Digo isto, e como já foi referido muitas vezes neste blog, deveria haver pressão para eleições antecipadas, para não colocar em risco mais uma época.
Mas sobre isso nada vejo, nada leio.
Será que irá ser como os desgraçados equipados com cor de verde de prisioneiro? Tudo à última?

André Leal disse...

Lol, John. Já sabes que, de mim, não podes contar com apoio nessa questão. Mas, se bem te lembras, já desde o jogo em Coimbra que vimos juntos e em que estávamos à frente, tinha a mesma opinião sobre o Quique, ainda que achasse que podia vir a entrar nos eixos. E olha que eu sou daqueles que gosta de manter os treinadores quase a qualquer preço. Os únicos treinadores que desejei ver fora do Benfica foi o FS e o Quique. Nem o Artur Jorge, nem o Ivic desejei que saíssem, para mal dos meus pecados...

Americano disse...

Por acaso também acho que o Quique devia continuar, é da maneira que poupava 300€ de 2 cativos e passava um ano descansado sem sofrer com a bola...
As declarações dele hoje fazem os Gato Fedorento parecer pouco criativos...

Dexter disse...

AMericano,

Nao estas curioso para ver o ano UM ????

O Pessoal do ZERO aposto que anda me pulgas com o UM.

Americano disse...

Dexter,

Já não tenho idade para ver circo. E chegar ao fim da época e ainda ter que ver o treinador quase a gabar-se depois duma época vergonhosa já está para lá daquilo que o aturo. Se quiserem seguir o rumo fazem bem, continuarei a pagar as quotas, mas não ponho os pés na Luz.

Diogo disse...

A verdade é que não entendo tb as declarações do Léo... e o timing delas...

Daí dar razão ao Quique... na minha opinião é um treinador, que embora tenha limitações que sabemos a nivel tácticos e embora eu não defenda a sua continuidade, a nivel relacional e comportamental é exemplar e devo de dizer que há muito não tinhamos um treinador assim...

John Billy disse...

André Leal, eu conheço bem a tua opinião e respeito-a.
Eu não considero assim o Quique tão mau como o pintam.
E tenho a certeza que de todos os profissionais que estão no Benfica, não é o pior.
Há lá muita porcaria que estão lá anos seguidos sem ganhar nada e a esses ninguém os questionam.
A culpa é sempre do treinador ou dos jogadores mal amados.

José Marinho disse...

Meu caro André Leal: Em primeiro lugar devo-lhe um pedido de desculpas, pois escapou-me completamente a sua pergunta inicial, respeitante aos comentários alegadamente tendenciosos dos comentadores da Sporttv. Meu caro, eu gostaria, antes de lhe responder, que aceitasse sem preconceitos o que lhe vou dizer, porque é a mais pura verdade. Não existe qualquer pressão sobre os comentadores, como não existe sobre os jornalistas. Posso garantir que isso não é verdade, posso garantir-lhe que alguns dos comentadores - à semelhença do que acontecia comigo - são benfiquistas nos seus tempos livres, mas enormes profissionais no exercicio da sua função jornalística. Eu sei, porque passeio pela blogosfera benfiquista, que existe uma ideia muito desfocada do trabalho dos meus amigos e companheiros da Sporttv, mas também sei que, numa esmagadora maioria das vezes, o desfoque está do lado de fora da situação, está do lado dos adeptos que, não conseguindo libertar-se do seu clubismo, projectam sobre os comentadores uma falsa orientação clubística dos seus comentários. Eu falo por mim e pelos companheiros da Sporttv e asseguro-lhe que, diante de um microfone, os nossos comentários não têm clube, não vestem nenhuma camisola. E asseguro-lhe que na redacção da Sporttv há grandes benfiquistas e que nunca foram discriminados pelo facto de serem benfiquistas nem nunca foram obrigados a violentar os seus códigos de honra profissional, alegadamente abusados por pressões ílicitas e tendenciosas.
Sobre as modalidades amadoras, o que lhe digo é que o trabalho de Fernando Tavares como vice-presidente do clube ainda não foi exemplarmente reconhecido pela direcção nem por muitos adeptos. Porque já conheci vários dirigentes e ex-dirigentes do Benfica e raramente me deparei com uma pessoa tão bem apetrechada de valor profissional e de amor à camisola. Meu caro, tudo o que diz é verdade, o Benfica está muito melhor nas amadoras, no futsal, no andebol, no basket...com boas hipóteses de vencer os respectivos campeonatos. Mas não hesito em dizer-lhe que sem a intervenção de Fernando Tavares, nos anos anteriores à sua saída, seguramente que a esta altura não estariamos sequer a falar dessas modalidades, pelo menos nos termos em que as discutimos. Olhe, estive com ele no basquete, no andebol e no futsal e o carinho dos sócios e especialmente dos jogadores e treinadores pelo Fernando Tavares, com eloquentes declarações de amizade e reconhecimento, asseguram-me que Fernando Tavares foi um dos mais completos dirigentes do Benfica dos últimos vinte anos. E um dia, quando Fernando Tavares resolver anunciar publicar as razões pelas quais se demitiu, talvez os benfiquistas percebam duas coisas: o que está verdadeiramente mal na actual cultura do clube, com os seus dirigentes e porque é que o Benfica arrisca-se a deitar fora todo o incansável e meritório trabalho de recuperação do prestígio e ecletismo benfiquista. Mas isso terá que ser feito pelo próprio Fernando Tavares, não por mim, de outro modo, para além de José Veiga ainda posso ser acusado de estar a fazer a campanha de Fernando Tavares. Por sinal, dois ex-directores do Benfica que entraram em ruptura com o actual presidente do Benfica, depois de cada um deles o ter ajudado, no futebol e nas amadoras,a criar a ilusão de um projecto vencedor. Basta aliás verificar que nos dois mandatos de Vieira, foram os únicos dirigentes a proporcionar vitórias retumbantes ao Benfica. E sobre o projecto olímpico, seria interessante que Fernando Tavares um dia pudesse esclarecer como nasceu, quem estava a favor e quem estava contra e quem tentou descredibilizá-lo e quem agora aparece ao lado dos nossos atletas medalhados. Já agora, é preciso lembrar ao desporto português que o Benfica é o clube com mais atletas medalhados nos Jogos Olímpicos em toda a história da participação de Portugal nas Olímpiadas. E os benfiquistas devem agradecer isso à visão e à persistência de Fernando Tavares, por ter lutado internamente contra uma corrente fortíssima que se opunha ao projecto olímpico do Benfica. Além do mais não era o Fernando Tavares que se referia, por exemplo a Nélson Évora, nas reuniões de direcção, como o "homem do pulo".

João Bizarro disse...

Também tenho uma excelente impressão do Fernando Tavares.
Foi pena termos perdido o seu contributo.

André Leal disse...

Lol, é mesmo à LFV: unta-se com sebo quando as coisas correm mal e de melaço quando as coisas correm bem.

Obrigado pela resposta. Ainda bem que assim é relativamente à Sporttv pois sentia-me um pouco desconfortável em ter duas assinaturas desse canal. Achava que é um excelente canal em termos de programação, o que me impedia de abdicar dele, porém, sentia que era um pouco à custa dos meus princípios, já que o considerava um canal ao serviço do clube corrupto.

Quanto ao Fernando Tavares, mais uma vez acredito em si, até porque nunca acreditei que o LFV fizesse as coisas sozinho, porém, tem que se lhe dar o mérito de, apesar de discordar de algumas opiniões, as ter deixado prosseguir. No entanto, mais uma vez, o que diz é grave e exige mudança. Começo a deixar de acreditar que o LFV alguma vez se vá dedicar unicamente às questões financeiras e institucionais, deixando para quem sabe as questões desportivas.

Quanto às medalhas olímpicas só não temos mais uma (a que seria a primeira para Portugal e com o Benfica apenas com 8 anos de existência) porque José Lázaro untou-se com sebo(tal como o Vieira quando as coisas correm mal) antes da Maratona dos JO de 1912. O pobre coitado basicamente fritou a correr quando ia destacadíssimo em primeiro. O outro Féher do Benfica.

José Marinho disse...

Mesmo assim, é justo destacar que o actual presidente do Benfica, por eleitoralismo ou convicção tardia, está agora a fazer o que devia ter feito há mais tempo. Tratar de renovar contratos com os melhores atletas das modalidades. Espero é que este ciclo - não é provocação, é que não me ocorreu outra designação - repentino de paixão pelas modalidades não termine em Outubro. Mas acredito que não. E já agora, aproveito para dizer-vos que o reforço nas modalidades está a ser feito a toda a força. Tanta força que, por exemplo, no voleibol, a direcção do Sp.Espinho está danada com o Benfica, porque a nossa secção já atacou alguns dos seus principais jogadores. E até Miguel Maia está perto de concretizar o seu sonho de acabar a carreira na Luz. O curioso é que, no Benfica, é a secção que está a tratar das contratações de alguns jogadores do Espinho, enquanto o presidente do nosso clube preferiu tratar pessoalmente da contratação de Miguel Maia. Não sei o que isto quer dizer, talvez que a contratação do Miguel seja mais sensivel...

PEROLA DA MOURISCA disse...

Caro José Marinho
Ainda sobre o passeio de Vieira e Rui Costa, será que Rui não foi a pedido de Vieira? ora vejamos, de quem é o sonho de scolari treinar o Benfica? já o foi e continua a ser, de Vieira, claro, ora no pacote scolari está o quaresma, que Rui ate vê com bons olhos, mas Mendes só admite Quaresma + Scolari, tipo o 2 em 1, Rui Costa não quer o brasileiro, quer Jesus, tendo já havido contactos com o seu empresário como você disse, havendo noticia que para a semana haverá reunião com o seu empresário, visto isto, quem afinal manda no futebol do Benfica? Vieira, ele e só ele manda, os outros são números...
Vieira já anteriormente tinha demonstrado que é um homem sem sensatez e escrúpulos ao ir passar ferias com Camacho fragilizando Santos, logo isto que ele voltou a fazer não surpreende ninguém, ou talvez não, mas se vem quaresma já tapa muito sol com peneira e logo, logo, estaremos a esfregar as mãos de que para o ano é que é...tipo Sporting.

leonzo disse...

Sr José Marinho por ter uma grande estima por si e gostar tanto de ler as suas crónicas colocadas neste espaço é que lhe estou a escrever...
Gostava de saber pois o senhor tem concerteza grandes conhecimentos dentro do mundo futebol, já que participa nele activamente, quem neste momento está mais próximo de assumir o comando técnico do Sport Lisboa e Benfica para a próxima temporada.
Também gostaria de saber qual técnico para si reunirá mais atributos para desempenhar esse cargo, eu acho que o Jorge Jesus neste momento seria o mais aconselhável e sensato, mas temo que o senhor LFV numa de fazer campanha traga para cá o Sargentão que na minha opinião será mais um insucesso a juntar aos já muitos no comando desta direcção...

Ps: Qual serão as hipoteses de ter o Jorge Jesus se é que temos algumas?

Obrigado desde já pela sua atenção...

ramalhofnm disse...

O problema do Benfica é estrutural.

Infelizmente andamos de novos ciclos em novos ciclos mas não saímos da cepa torta. Mudamos todos os anos de treinador, compramos jogadores ás carradas, compramos para posições onde temos alternativas mas deixamos outras posições fragilizadas e etc...

Este ano foi para Londres com o Rui há 2 anos foi passar ferias com o Camacho, a historia repete-se.

O problema é não aparecerem alternativas credíveis.
Vamos ver se ate ás eleições alguém (credível) se chega à frente.

Já agora José Marinho já pensou nisso?

P.S.- espero que o próximo presidente, seja ele quem for, não renove o contrato com a olivedesportos (mas isso são outros quinhentos).

P.S.2 - Já agora deixo aqui os meus parabéns pelo blog.

alien-zone disse...

o meu comentário vem a propósito disto... http://www.football-shirts.co.uk/fans/benfica-away-shirt-0910-leak_3621


com tanta gente por aqui que trata o Rui Costa por tu...ainda ninguém lhe disse que talvez fosse bom parar com estas tretas de publicidade a cores e voltar a ser ou branco...ou preto... ou vermelho???

ao menos que mudassem a cor do sapo, bem como das letras verdes, para vermelho

sempre disfarçava um pouco :/