blog

quarta-feira, setembro 08, 2010

Vieira à SIC

Foi uma entrevista fraquinha mais por culpa do entrevistador do que do presidente do SLB. Infelizmente é sempre assim quando Vieira vai à TV, com tanto tema interessante, tanta pergunta pertinente, perde-se tempo a falar de Queiroz e de muita palha batida como o tema Roberto. Nada de especial. Vieira esteve muito bem quando falou do badocha do Governo não tendo qualquer medo de chamar o boi pelo nome mas no que ao Benfica diz respeito soube a pouco, muito pouco. As perguntas foram básicas e sem sumo e as respostas pouco acrescentaram ao que já se sabia e dentro do estilo habitual de Vieira.

Em suma, uma oportunidade desperdiçada de elucidar a família benfiquista.

21 comentários:

benfica até debaixo d'água disse...

mas finalmente falou de algo importante. As arbitragens.

Pedro disse...

Podia ter sido bem mais duro...

dezazucr disse...

Temos de deixar os pessimismos de lado, largar o bota abaixo e recomeçar a apoiar a equipa. E apoiar é encher esses estádios pelo país fora e não é bater palmas a cada pontapé de baliza quando os mesmos que o fazem, ao primeiro deslize asobiam os mesmos jogadores.

http://umzerobasta.blogspot.com/2010/09/estamos-mais-fracos-ou-e-mera-ilusao.html

Helder disse...

Parece que falou a medo sobre as arbiragens!
Foi mt fraquinha a entrevista. Muito basica!

VHugo disse...

Antes isso, do que falar de mais, como nas últimas!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/09/frase-da-entrevista.html

Chama Imensa disse...

A entrevista foi fraca e não percebi a pressa do entrevistador em mudar de assunto quando o Vieira falou nos árbitros e a insistência em dizer ironicamente que o Benfica não deixou de ganhar por culpa dos árbitros. Gostei de ver o LFV em alguns aspectos mas concordo que ficou muito por dizer e muito mais havia de ser dito sobre a arbitragem. Confesso que até me levantei do sofá quando ele começa a chamar a atenção para a roubalheira dos jogos do Porto mas depois desiludiu-me não ter insistido.
Quanto ao gordo Laurentino foi lindo e gostei bem da perda do medo em apontar-lhe o dedo.

Importante ainda a mensagem para que os benfiquistas aprendam que não é com duas derrotas que já vai tudo mal e a admissão de culpa na escolha do Roberto.

Jaime disse...

Concordo totalmente! Especialmente em relação à qualidade do entrevistador.

Convido-vos a ler a análise do tudoportibenfica.blogspot.com, blog benfiquista recentemente inaugurado e que, como não podia deixar de ser, tem o mágico nos seus blogues de referência.

Cumps

sloml disse...

A entrevista não foi nada de especial. O Rodrigo Guedes de Carvalho já esteve muito melhor noutras ocasiões. Quanto às respostas de LFV, foi mais do mesmo, não acrescentou nada de novo. A não ser a confirmação de que o Mantorras já não dá para o futebol.

Pedro Veloso disse...

Bom, acho que no geral a entrevista não foi nada de especial, mas sobretudo pelo rumo que o R.G.Carvalho lhe deu e pela falta de tempo (não podia ser uma hora a entrevista??).

Gostei bastante do LFV naquilo de que falou. Em especial, na explicação sobre a transparência no negócio Roberto, foi à líder. Depois, por não deixar passar as arbitragens em claro, embora o apresentador, como é hábito, lhe tenha cortado logo o pio quando ele ia abrir o livro. Queria-o ter visto usar a palavra "roubo" mas ao menos ficou a nota de que não vamos admitir o que se tem passado.

Gostei bastante (embora aquilo tenha "tirado" dez minutos de Benfica à entrevista) do que ele disse sobre o Laurentino. E de ter dito a verdade sobre isto (independentemente de detestarmos todos o Queiroz), de que ouve aqui uma orquestração clara, recuperando ainda o processo do N.Assis.

Esteve bem na nota sobre o Mantorras, mas devia ter-se resguardado e não confirmado que ele poderia abandonar o futebol antes da tal reunião.

Infelizmente, há várias coisas que gostaríamos de ver abordadas, como os negócios Rodrigo e Alípio, apoio ao Fernando Gomes, direitos televisivos, etc., e que não foram. Mas por um lado ainda bem, porque quando entrevistam o corrupto ele também só fala do que lhe apetece.

Anónimo disse...

Entrevista vazia e não gostei que tivesse falado das arbitragens. É um mau princípio para a recuperação de pontos...

Anónimo disse...

Era bom que se fizesse alguma coisa, urgentemente.

As nomeações desta jornada só mostram que o último pingo de vergonha que existia em Portugal, já lá era.

João Manuel

Vladimir Kaspov (NãoSeiDaNave) disse...

No geral posso dizer que gostei porque não houve argoladas da parte de LFV, talvez podia ter evitado mencionar que Mantorras está na eminência de deixar de jogar (o que na prática já aconteceu há muito). Mas sim foi mais culpa do entrevistador que me pareceu não querer levantar muito certos assuntos, apenas os óbvios - Roberto, FPF, mau inicio da época...
Deu-me a ideia que Rodrigo G. Carvalho é benfiquista! É mesmo? Sim ou não lá recebeu uma prenda de 70 euros no final. LOL

BORA LÁ BENFICA!!

HugoRasta disse...

No geral gostei de ouvir o Vieira, pena que o RGC não o deixasse desenvolver certos temas. Faltou falar sobre o apoio a Fernando Gomes, mas até aí a culpa foi do entrevistador, que nem tocou no assunto, parecia mais preocupado em falar da novela da selecção e até do porco corrupto.
Fiquei a perceber melhor porque foi defender o Queiroz, o objectivo é claramente acabar com a laurentina. Parece-me bem.

PS John Billy, respondi-te no post abaixo.

Ricardo Sousa disse...

ò anonimo das 11:27:00....
pois eu acho que o LFV foi muito fraquinho nesse capitulo!! Muito mesmo!

pge disse...

Não desgostei.
Ficaram assuntos por falar mas teve sempre sereno.

Gostei da abordagem ao clube corrupto sobre a supertaça e do jogo do ano passado no antro.
Gostei de como falou do Roberto e respectivo negócio, acho que ninguém agora tem duvidas.

Gostei de não querer falar da selecção, obviamente a seguir abriu a "torneira" toda.
Gostei de não ter deixado passar a oportunidade de falar dos arbitros.

Afirmou perentoriamente que Di Maria custou 30M+6M.

Muito sinceramente tenho é pena de não se falar do Fundo e respectivos futuros negócios.

Helder disse...

Ricardo Sousa:

Também achei LFV muito fraquinho ao falar das arbitragens. Devia ter sido duro e bem duro em relação á escandaleira que se esta a passar! E este fim de semana vai sr mais do mesmo......Olegário em Guimarães e Proença nos Porcos....!!! DDDAAASSSSS!!
Continua a fazer tanta falta lá uma determinada pessoa.........

João Bizarro disse...

Sinceramente não entendi o porquê desta "entrevista".
Ao Benfica não serviu. Só se foi para dar audiência à SIC.

Tiago Pinto disse...

estas eram as minhas perguntas para vieira:

http://benficadependente.blogspot.com/2010/09/as-minhas-perguntas-para-vieira.html

Ricardo Sousa disse...

Helder:

Sim! Faz falta.. Mta falta!

"Olegário em Guimarães e Proença nos Porcos...."
É mais do mesmo! :)

Chama Imensa disse...

Espera-se muito mais da direcção do Benfica depois da ténue reacção desta noite ao maior roubo de que há memória.

O Benfica tem que fazer tremer o futebol português e todos aqueles que o alimentam.

1. Emitir comunicado dizendo que este ano o Benfica iria desprezar por completo a Taça da Liga e pedir aos adeptos do Benfica que não comparecessem aos jogos da referida taça.
O Benfica jogaria sempre com um onze composto por juniores e jogadores da 1a equipa sem oportunidade de alinhar na Liga e Champions.
Algo deste género:

Moreira
Luis Filipe
Sidnei
Roderick
DE dos juniores

Balboa
Ruben Pinto
Weldon
Airton

Nuno Gomes
Avançado dos Juniores

CONSEQUENCIAS: Estádios vazios com a ausência da maior fonte de bilheteira de todo o país, que é a massa associativa do Benfica, e instantâneo desinteresse de qualquer entidade em patrocinar a mesma prova.
Com isto a prova acabaria em poucos anos e o Benfica tomava uma posição de força no descrédito tanto da prova como da instituição que é a Liga de Clubes.

2. Os jogadores do Benfica alinhariam já no próximo jogo com braçadeiras pretas para lembrar a roubalheira que temos sido sujeitos. Imediatamente antes dos jogos em que o senhor Olegário arbitrasse no nosso estádio o Benfica lembraria em conferência de imprensa o que se passou hoje.

Consequências: O senhor Benquerença aos olhos da maior massa associativa do país seria sempre relembrado como um infame profissional da arbitragem e passaria sempre um mau bocado na Catedral. O Fumo seria uma tomada de posição inconsequente mas que jamais faria esquecer toda a gente da raiva que carregamos.

3. Os próximos flash-interview na Liga seriam marcados pelo total desinteresse dos jogadores em responder aos avençados jornalistas que compõem os media desportivos em Portugal. Respostas como "Estamos muito felizes com a vitória. Queria deixar uma palavra de agradecimento aos adeptos e não quero proferir mais declarações".
As reacções aos jogos seriam apenas dadas ao canal do clube a partir do dia de hoje.

Consequências: Corte de relações com a imprensa e valorizar do canal do clube. Talvez se garantissem mais assinantes do Benfica TV e fosse um meio de cativar mais patrocinadores e renegociamento de contratos com os mesmos.


São apenas algumas ideias que me passam pela cabeça, passíveis de normal aprovação ou negação. Sugiro-as em vão, pois ninguém do Benfica as lerá, mas com a maior intenção de lutar contra esta pouca vergonha.

PS: Estive no Estádio a assistir a toda a pouca vergonha.

VHugo disse...

Assino por baixo chama imensa!

www.forcamagicoslb.blogspot.com