blog

segunda-feira, março 21, 2011

Paços Ferreira - SL Benfica:1-5

Festival vermelho na Mata Real.

Jesus mexeu na equipa na titular e se as ausências de Coentrão e Sálvio eram esperadas a troca de centrais, Sidnei por Jardel, e a colocação de Jara a titular ao mesmo tempo que Saviola, Cardozo e Gaitan, este na direita foram uma surpresa. E uma surpresa bem agradável pois a equipa jogou muito à bola, com um arranque de jogo simplesmente avassalador que rapidamente chegou aos 0-3 que é tudo o que se pode pedir quando se teme que o cansaço nas pernas obrigue a equipa a quebrar o ritmo de jogo e a qualidade exibicional. Com três golos de vantagem era óbvio que o Glorioso ía baixar o ritmo e passar a controlar o jogo com troca de bola mas sem correrias doidas. Nem o golo do Paços alterou esta postura do Benfica apesar da boa réplica que o adversário deu nesta fase mostrando bem o porquê de estar na posição onde está. Belíssima equipa esta do Paços de Ferreira.

Excelente postura da equipa com momentos de jogo brilhantes que culminam em dois golos (segundo e terceiro) maravilhosos onde tivemos excelente jogo colectivo e deliciosos pormenores individuais. Na segunda parte, nos últimos 15 minutos, o Glorioso voltou a carregar e várias oportunidades de golo íam surgindo até que o Manto...Nuno Gomes marca o seu golo da ordem e não contente com o feito volta a marcar para vincar bem no marcador a excelente exibição do campeão nacional. Sem mãos na bola por assinalar, sem benesses do árbitro, simplesmente um futebol fantástico, o melhor futebol em Portugal, o futebol que num campeonato honesto seria claramente campeão novamente.

Engraçado que muitos que hoje vibram quando Nuno Gomes se levanta do banco ontem assobiavam-no bastante. Ter Cardozo e Saviola na equipa tirou um enorme peso de cima de Nuno, deixou de ser ele o responsável de marcar golos da equipa e libertou-se e passou até a ter killer instinct que antes não tinha. Hoje, mostrou mais uma vez, que merece ser opção para entrar no decorrer dos jogos porque trás qualidade de jogo à equipa e, acredito, que Jesus já reconheceu isso e o capitão irá ser peça importante nesta fase final da época onde muito ainda há por jogar. O resto da equipa esteve excelente, Saviola de regresso às boas exibições e Gaitan em crescendo de jogo para jogo. Gostei, novamente, de Carole e Jardel, para mim, mostra aptidões para ser alternativa aos titulares, pelo menos, para consumo interno.

Não consigo perceber o que há para discutir no lance do penalty sobre Javi Garcia mas já sabemos que os treinadores adversários têm que dizer sempre algo mesmo que seja um perfeito disparate, eles sabem que só assim caiem nas boas graças do corrupto mor. Javi não sofre apenas falta, é agredido. De que se queixa Rui Vitória??? Ficou com o jogador em campo quando ele devia ter sido expulso ali, logo aos 5 minutos. E depois voltámos a ver uma agressão, sobre Jara que o árbitro também deixa passar. E ainda se vai queixar na flash interview???? Já cansa...

Depois de um jogo desgastante em Paris este era o jogo que se desejava para o Benfica. Um jogo tranquilo, pausado, confortável e vitorioso. Quase perfeito não fosse o infeliz auto golo de Carole. Para quem estava à espera de um Benfica em quebra deve ter engolido um enorme sapo e dado graças aos santinhos corruptos de terem tão grande vantagem...

Agora selecção, recuperar jogadores, preparar os embates que se seguem! CARREGA BENFICA!!!

6 comentários:

marley disse...

Eu perguntava a mim mesma como é que há um parvalhão,no caso,o treinador do Paços que se queixa da grande penalidade. Então aquilo não deveria ter sido vermelho directo? Então aquilo não é uma agressão pura e dura?
Enfim,é preciso ter paciência para aturar este nosso futebol!
Viva o Benfica

Rearviewmirror disse...

Grande jogo do Benfica, contra o 4º classificado da nossa liga.

Que notas terá tirado o treinador do PSV? Será que Jesus sabia que ele estaria na bancada, e decidiu tirar os 2 maiores desiquilibradores ofensivos da equipa?

Se sim, acho genial. Carole não compromete, mas ainda está muito verdinho.
Aimar está aí para o jogo todo. Bem vindo de volta, grande mago.

Pra acabar:

http://www.youtube.com/watch?v=HTs-1E-A1jw&sns=fb

Para os mais equecidos...

Edson Arantes do Nascimento disse...

Já sabem que o Nunes Gomes nem me aquece e também não arrefece, mas reconheço o respeito que sempre teve por nós todos e então sai daqui um grande abraço para ele. Obrigado.

Agora, aprecio bastante canhotos e este Gaitán... O rapaz joga muito. Nem vi o jogo com o Paços mas no youtube tenho estado em repeat. Genial! Golo lindo, estratosférico.

Aimar e Saviola parecem a Playstation do JJ.

Pedro Vagos disse...

Jogo sem história, tal foi a superioridade. Para a história fica, isso sim, a agressão cobarde de que foi alvo a comitiva do Benfica, principalmente o seu presidente, no regresso a Lisboa.
Bombardeados com pedras no único viaduto (segundo o record) que não estava a ser vigiado. Querem enganar-nos a té quando? O que é que é preciso para que isto acabe?

Eu proponho já uma medida, no próximo jogo em casa, bilhetes disponíveis apenas para sócios e acompanhantes.

Anónimo disse...

O Rui Vitoria fez simplesmente a mesma figurinha triste que vocês fazem SEMPRE quando não ganham. Arbitro, arbitro, arbitro, etc, etc.

Anónimo disse...

Vitória fácil, perante uma equipa esforçada. Paços está a fazer uma época muito boa, apesar de o resultado ter sido o que foi o Paços mostrou em alguns momentos a razão de estar a fazer o campeonato que está a fazer. ok, perderam por 5 golos, mas quantas equipas neste campeonato não levariam um fartote se jogassem com um dos 4/5 primeiros classificados com menos 5 jogadores titularissimos (se não se lembram os 4 habituais jogadores meio campo levaram amarelo ou vermelho a jornada passsaro e por isso não poderam jogar)... slb tb jogou sem alguns titulares, mas o SLB e o FCP são um caso á parte no campeonato