blog

domingo, março 13, 2011

SL Benfica - Portimonense: 1-1

Jesus endoideceu e ninguém avisou a malta?

Uma coisa é fazer gestão do plantel de modo a resguardar fisicamente a equipa para os embates importantes outra coisa é proceder uma revolução destas num jogo do campeonato. Este tipo de revolução faz-se nos jogos da Taça de Portugal contra equipas de escalões inferiores e muitas vezes com resultados pouco relevantes pelo que fazê-lo no campeonato nacional a probabilidade de sucesso seria bem reduzida. E não está em causa a qualidade das nossas segundas linhas, apesar de saber que muito se irá criticar os nossos suplentes e a falta de soluções do plantel mas nenhuma equipa do Mundo consegue trocar 10 jogadores da equipa nacional e manter o mesmo ritmo e a mesma qualidade de jogo. Os jogadores do Portimonense tinham mais ritmo de jogo que o nosso 11 pelo simples facto de jogarem habitualmente enquanto que alguns dos nossos este foi o seu primeiro jogo. Trocar 4/5 jogadores permite manter a dinâmica da equipa, trocar 10 é quase impossível. E quando o golo demora e, pior, até se sofre um tudo fica mais difícil, pois o nervoso quer no relvado quer nas bancadas sobe de tom e complica os passes, as combinações, etc.

Mas isto prova que nem a feijões gosto de perder e mesmo sabendo que quinta feira é que interessa, que o campeonato está definido desde as primeiras jornadas, consegui irritar-me com algumas perdas de bola e decisões de passe e finalização completamente espatafurdias. Mesmo num jogo destes eu queria ganhar e custa-me ver certo tipo de erros nos nossos jogadores. Também gostava de indagar Jesus sobre a forma como gere o plantel pois não percebo o que se passa com Fernandez e nem porque Weldon não é opção para um jogo destes. Com Peixoto e Menezes nas alas era evidente que o ritmo de jogo do Benfica seria muito lento pelo que Weldon podia abanar um pouco as coisas. Claro que na segunda parte Jesus teve que colocar a artilharia pesada mas só foi suficiente para empatar com um golo de, ironia das ironias, Nuno Gomes. O Portimonense em contra ataque podia ter marcado também pelo que o empate aceita-se perfeitamente.

As segundas linhas do Glorioso são mais que suficientes para a realidade interna, jogadores como Jardel, Kardec, Peixoto, Carole, Airton são boas alternativas mas todos ao mesmo tempo, sem o necessário entrosamento de jogo, não é a melhor opção. Roderick demonstrou estar ainda muito verde para este andamento, o penalty é um erro quase amador. Luis Filipe é muito frágil numa equipa destas e Menezes, enfim, joga a um ritmo inaceitável para quem já teve demasiadas oportunidades. Não estamos na pré época mas este jogo pareceu isso mesmo e, apesar de querer que Jesus poupe a equipa, não quero que seja tanto assim. Um jogo oficial do SLB é demasiado importante para ser assim tão desvalorizado porque vai abrir a porta a críticas aos nossos jogadores, a bocas de outsiders, a quebras de moral, etc. Tudo dispensável nesta fase. Claro que se quinta feira a equipa estiver em grande em Paris tudo é esquecido e perdoado.

O penalty é óbvio. O corte com o braço dá-se em cima da linha da área pelo que não há nada a dizer da decisão de Paulo Baptista. Mais uma vez se vê a facilidade com que se amarela jogadores do Benfica no amarelo a Peixoto mas também é algo que estamos habituados neste nosso campeonato. Uma ou duas faltas a nosso favor por assinalar mas nada de relevante a apontar.

É um absurdo vermos a melhor equipa nacional a tão grande distância pontual do primeiro lugar mas é o campeonato que temos onde vale tudo até agressões cobardes a dirigentes do Glorioso com as autoridades a olharem para o lado. Um dia o copo enche e depois quero ver como se safam dela...

Voltemos ao que interessa e ultrapassar o adversário de quinta feira para seguirmos em frente da competição que mais nos interessa nesta momento.

20 comentários:

Pedro Vagos disse...

Sinceramente custa-me mais entregar um jogo como fizemos hoje, do que perder como perdemos em Braga... Eu sei que a equipa mais perigosa atrás de nós, o Paços de Ferreira, até perdeu... mas que diabo... não lembra a ninguém, ó Jesus! Ainda por cima lixaste-me a Liga Record!

marley disse...

Pode parecer sacrilégio mas custou-me mais este empate do que a derrota em Braga.Vim agora do Estádio e estou de rastos.
Saudações benfiquistas

John Wakefied disse...

1- É óbvio que devemos concentrar baterias na Liga Europa e nas taças internas (não podemos falhar a conquista da taça de portugal e da taça da liga, mas não podemos mesmo - já estou farto das bocas dos antis a gozar - faremos mais festa nessas conquistas do que eles quando ganharem o campeonato).

2- Discordo de ti Pedro quando dizes que a revolução não deveria ser tão drástica. Acho que neste momento, com o segundo lugar mais que garantido, deveriamos rodar completamente a equipa tendo em vista o jogo de quinta, esse sim decisivo.

3- Conclusões sobre os habituais suplentes (excluindo as observações sobre aimar, gaitán e salvio):

1- Moreira - não aquece nem arrefece
2- Luis Filipe - ainda está no Benfica?
3- Jardel - autoritário e certinho
4- Roderick - verde, muito verde e deve ser emprestado nas próximas épocas
5- Carole - para o primeiro jogo, mostrou boas indicações mas ainda quero ver mais dele para retirar conclusões seguras.
6- Airton - uma possível opção para o lugar de Javi
7- Felipe Menezes - lento, muito lento e previsivel.
8- Peixoto - mediano. capaz do melhor e do pior.
9- Jara - a melhor opção do Benfica neste momento. Rápido e aguerrido.
10-Kardec- é bom jogador, mas é muito irregular e neste momento, não está a passar um momento feliz.
11- Nuno Gomes- eu sempre pensei que já estivesse mais do que acabado, mas ainda é o que vai safando a equipa de vez em quando.

3- Quanto às arbitragens, concordo. Paulo Baptista esteve bem.

Miguel Lopes disse...

O campeonato foi entregue pelo Xistra e sus muchachos em Braga. O segundo lugar está garantido e JJ fez bem em rodar jogadores que podem ainda vir a fazer muita falta e estes minutos são importantes. Temos os principais jogadores cansados e há muitas equipas fatigadas e isso vai-se começar a ver cada vez mais até ao final da época.
Na 5a feira temos de arregaçar as mangas para continuar na liga Europa rumo aos quartos de final.

André Leal disse...

Um penalty destes, não pela mão, que é clara, mas pelo sítio da falta, NUNCA seria marcado por um árbitro português no estádio da corrupção nem a favor do glorioso. Seria, no máximo, livre. Aliás, recentemente, tivemos mais uma prova disso quando o Gaitán (penso) foi derrubado em cima da linha da área e foi livre.

E se a mão parece estar maioritariamente em cima da linha, é certo, já a bola no ponto em que é tocada com a mão (local onde deve ser aferida a falta) já não tenho tanta certeza que estivesse em cima da linha.

Esta terá sido a estocada final. A partir de agora conto que sejam marcados 5 ou 6 penaltys para o Benfica, alguns duvidosos e se comecem a expulsar adversários a torto e a direito.

Jotas disse...

Estou em perfeita sintonia com as opções tomadas por Jorge Jesus, em relação à revolução apresentada no onze que entrou ontem em campo, o Benfica não poderia correr qualquer risco de comprometer o apuramento na Liga Europa, por caprichos numa liga inquinada, que está decidida desde o seu início.
Este jogo e este resultado, não me causaram surpresa de maior e muito menos preocupação, nem sequer vou catalogar a categoria dos jogadores, porque julgo que todos deveriam perceber que por muita qualidade que alguns jogadores possam ter, o futebol é além de tudo um futebol colectivo feito de rotinas de jogo e obviamente foram notórias mais que qualquer coisa, a natural ausência dessas rotinas, com reflexos óbvios na exibição.
O Benfica está centrado e muito bem, nas provas em que depende de si para vencer, se o conseguir será uma grande temporada a todos os níveis.
Também tenho a consciência que muitos daqueles que pediam a cabeça do treinador no princípio da época vão ressuscitar com a leveza de raciocínio do costume, os mesmos que o veneraram de novo num ciclo de vitórias sucessivas, mas esses eu até entendo, agem com o coração e isso tolda sempre o raciocínio enfim, é o papel de adepto em que também eu caio algumas vezes, é normal, apenas lamento a falta de coerência.

Hugo disse...

O problema desta merda é que damos hipoteses aos Corruptos também pouparem a equipa...
Há jogadores fracos no plantel que não estão ao nivel nem de perto da 1ª escolha, e muitos já tiveram muitas hipoteses, como é o caso do Menezes e Kardec.
O Luis Filipe é muito fraco, o Roderick deveria rodar, não sei se o Jardel é central para ser suplente do Luisão e Sidnei, acho-o fraco (mas posso estar enganado).
Mas a teimosia do Jesus com alguns jogadores, também já fez muita gente mudar de ideias.
Não aceito a sua teimosia com o Nuno Gomes, pois é a melhor alternativa ao Cardozo e Saviola a seguir ao Jara.

Kardec, não é avançado para substituir o Cardozo.
Menezes não substitui nem é alternativa a ninguém.
Luis Filipe nem comento.

John Wakefied disse...

pois não andré leal e a prova disso é o lance do rolando no nacional, em que intercepta a bola completamente com a mão e nas barbas do árbitro...

Pedro disse...

Eu acho que a maioria dos jogadores que alinharam ontem, quando enquadrados na equipa "normal" cumpririam perfeitamente as suas missões. Veja-se o ano passado que até Luis Filipe fez um jogão contra os corruptos na Luz. Agora todos ao mesmo tempo até Aimar é afectado.

Jardel ao lado da defesa habitual cumpre o seu papel de substituto e é para isso que foi contratado tal como Peixoto, Airton, etc. Luis Filipe é um jogador mediano que numa boa equipa cumpre mas numa equipa menos rodada traz ao cimo as suas limitações. Isto é normal no futebol.

John Billy #32 disse...

Até percebo que alguém que vá ao Estádio da Luz e veja aquele pobre espectáculo se sinta defraudado mas convém lembrar que temos o jogo da época já na próxima quinta.
Preferia ver no onze o Sidnei e o Roberto mas apoio totalmente as escolhas do Jesus. Estou-me a cagar para o campeonato. Quero é a Liga Europa.

É incrível como após um empate totalmente irrelevante já aparece contestação ao trabalho do treinador. Ainda a semana passada o Benfica era a par do Barça a equipa a mostrar o melhor futebol da Europa e hoje é o Jesus que não percebe nada de futebol.
E claro bastou o Nuno Gomes marcar um golo para acentuar as críticas ao treinador. Só falta pedir o regresso do Mantorras.

Em relação a actuação de certos jogadores, acho que nem vale a pena dizer nada. Que comecem já a procurar um próximo clube.

John Wakefied disse...

1- Este jogo serviu mais para rodar a equipa e, sobretudo, para observar quem é que está à altura de se traduzir numa opção credível. O resultado esteve longe de ser o mais animador, fruto também da pouca rotatividade e consequente falta de ritmo.


No que diz respeito às opções secundárias apenas Jardel (dou o benefício da dúvida), Airton, Peixoto, Jara, Carlos Martins e Júlio César se afiguram como opções credíveis.


2- Quanto à próxima época - o que fazer?

A dispensar, por venda ou rescisão:

1- Luis Filipe
2- Felipe Menezes
3- Weldon (custa-me a colocar aqui o seu nome porque admiro a sua utilidade mas JJ não conta mesmo com ele)

A emprestar:
1- Roderick - ainda é verde, tem que rodar noutro clube.

Mandar regressar:

1- Miguel Vitor - para o lugar de roderick
2- David Simão - para ocupar a vaga de felipe menezes
3- Nélson Oliveira - para o lugar de Weldon

Anónimo disse...

Juro que não entendo este blog... Quer dizerem passaram tempos a dizerem para o JJ se concentrar apenas na Liga Europa e nas taças porque não temos hipóteses no campeonato e eu concordo este campeonato estava mais que decidido com a derrota com o braga ainda mais decidido ficou, o JJ poupou jogadores para o PSG e fez muito bem! que se lixe este empate, o campeão está decidido e temos os 2º lugar mais que assegurado, por isso bato palmas ao JJ por ter ido com este 11 para campo e contra o PSG não vai haver desculpas, é para ganhar!

João Bizarro disse...

Uma coisa é poupar jogadores, outra é mudar a equipa toda.

O campeonato está perdido? Pois está. Mas vamos jogar o que falta com esta equipa?!?!
Não sei a quantos pontos está o 3º classificado, mas cuidado!!!

Anónimo disse...

João Bizarro, o Sporting está a 15 pts e ainda vai ao Dragão, Braga e Guimarães. e sinceramente a jogar como estão a fazer, duvido que se aproximem sequer do Benfica.

Pedro disse...

caro anónimo, se Jesus a partir de agora escolhesse sempre este 11 acredito que ao fim do terceiro/quarto jogo a equipa estaria a jogar bem melhor. Mas não é isso que está em causa. Uma boa gestão de plantel não é mudar 10 jogadores de uma vez. É ir dando minutos de jogo a vários jogadores ao longo da época para que quando sejam chamados para jogos inteiros tenham ritmo de jogo e entrosamento de equipa com os colegas. Não é o empate nem a exibição que está em causa, pelo menos para mim. Apenas acho que não é a melhor opção mudar tanto pq não deixa de ser um jogo oficial do SLB.

Highlander disse...

por mim acho que JJ fez muito bem. Este campenonato está entregue desde a 4ª jornada. há que começar a preparar o próximo, e focar a equipa nas três outras competições.

Por mim não QUERO mesmo é perder o jogo com a agremiação da corrupção e putedo. de resto, duas ou três vitórias é mais que suficiente para garantit o 2º lugar. a 13 ou a 20, a merda é a mesma.

Anónimo disse...

Ao apresentar aquele onze (um corso carnavalesco) frente ao Portimonense, Jorge Jesus demonstrou sobranceria, incúria e desfaçatez.
Pior, revelou desrespeito.
Desrespeito por si próprio, pelo seu trabalho. Desrespeito pelo clube, pelos adeptos.
Desrespeito pelo adversário e pela competição brilhantemente conquistada o ano passado.
O Benfica tem de lutar sempre para vencer, mesmo que o campeonato esteja perdido, é obsceno o campeão estar a provavelmente 13 pontos do 1º, e nunca pode desistir.
Jesus desistiu do campeonato. É chegada a altura do Benfica desistir de Jesus.
Se o clube for eliminado da liga Europa, o treinador deixa de ter condições para continuar. No fim da temporada, o clube deve procurar treinador.
O que se passou, domingo, é uma vergonha e um enxovalho. Preferia que o Portimonense tivesse goleado um Benfica, com Cardozo, Saviola e Sidnei, do que ganhar assim.
Nuno Gomes e Weldon não jogam porquê?
O clube, no futebol, deixou de ser um clube vencedor. Perdeu o vício de ganhar. É incapaz de ser bi ou tri-campeão. Ganha de vez em quando.
Tem um plantel sem qualidade para fazer jus ao seu palmarés.
Enquanto o Benfica não for capaz de ganhar 2 provas importantes por ano.(campeonato/Taça ou Liga/prova europeia) não vai recuperar o seu estatuto.
Também não vai lá com dirigentes de curriculum miserável (2 ligas ganhas)
Antes de se queixar, o clube tem de ser preparar, em termos de recursos humanos, para competir interna e externamente.
Aguardo que Jesus receba o dragão de ouro 2011, em plena Luz, em Abril, pelos serviços prestados, esta temporada, ao rival Porto.

Cordialmente,
A.P.

John Billy #32 disse...

É incrível o que se lê por aí!!
Até parece que não temos ainda três provas para ganhar...
Até parece que não fomos afastados do campeonato pelas arbitragens...
Até parece que o jogo de ontem não valia rigorosamente nada para o Benfica...
Até parece que não temos um jogo importantíssimo na Quinta...
Até parece que o 14 jogadores que entraram em campo contra o Portimonense não pertencem aos quadros do Benfica...

Mas talvez seja melhor despedir o Jesus ainda hoje e contratar um treinador já para o jogo de Paris, que com ele não vamos lá...

John Billy #32 disse...

http://economia.publico.pt/Noticia/governo-baixa-iva-aplicado-ao-golfe-para-seis-por-cento_1484711

Agora é que vai ser lindo jogar no Dragão e em Braga! Coitados dos nossos atletas :(((

Anónimo disse...

Pessoal, no próximo jogo SLB - fcp vamos gritar do princípio ao fim Corruptos. Espalhem a palavra e que chegue aos NN e DV, eles ao começarem, toda a gente os acompanha. Eles viam 65.000 a gritar CORRUPTOS e os responsáveis pelo desporto veriam que nem todos são cegos e que pode ser um fenómeno tipo Geração à rasca. Facebook e todos os canais possíveis!!!