blog

quinta-feira, junho 21, 2012

Mais milhão menos milhão


Não está em causa o jogador e a veracidade da notícia. A foto apenas serve para situar o teor do post. Vamos, para bem da discussão, considerar verdade o que está dito acima, que existe uma diferença de 1,5 milhões de euros entre os valores que cada clube tem em cima da mesa da negociação. Faz algum sentido o Sport Lisboa e Benfica poder perder um jogador que realmente pretende, para uma posição realmente carenciada, por 1,5 milhões de euros?
Eu acho que não faz. E, todos sabemos, não é de agora que o Glorioso perde negócios por "meia dúzia de tostões". É que depois entra nesta equação os vários milhões que vamos gastando aqui e acolá, em jogadores que sabemos à priori, nunca serão opção para a equipa principal, serão emprestados ou terão como destino a equipa B. É esta política de contratações que o SL Benfica tem que mudar. Primeiro que tudo temos que reforçar a equipa principal onde achamos ser necessário reforçar e investimos, dentro dos nossos limites obviamente, tudo para esses reforços. Se sobrar alguma coisa então é que podemos pensar em jogadores com potencial que irão rodar noutros clubes para ver se progridem e se adaptam. 
Estando o Glorioso realmente interessado no Rojo, se este jogador é mesmo a escolha principal do treinador, faz algum sentido perder a contratação por 1,5 milhões e gastar depois 500 mil euros num paraguaio, 1 milhão em dois brasileiros, 750 mil num ucraniano, etc, que provavelmente, nunca irão envergar o Manto Sagrado?

21 comentários:

luis disse...

Pensei exactamente no mesmo. Aliás, qualquer benfiquista minimamente atento pensou no mesmo.

Isto é algo que acontece há dez anos. Perdemos vários jogadores por preciosismos que não batem certo com o despesismo que realmente existe nas contratações.

O SLB actual funciona assim:

Queremos um determinado jogador. Tornamos público o interesse. A novela arrasta-se durante dois meses. Nunca nenhum clube nos trata com respeito. Querem sempre mais e nunca se mexem, nós vamos lá a casa deles.

O interesse esmorece e surge então o interesse noutro jogador.

Mais um mês na batalha da contratação. O clube vendedor quer 4 milhões, nós só oferecemos 2 milhões.

Entretanto, compramos dois jogadores por 3 milhões, que nunca ninguém vai ver de encarnado.

Passa mais tempo e a época está a começar. Os jogadores? Nem um, nem outro.

Continua a negociação.

Dispensamos três brasileiros contratados há três anos e recuperamos algum do investimento feito. Encaixamos mais 3 milhões, depois de os termos adquirido por 9.

Entretanto, fazemos um forcing final sobre a nossa segunda opção (a primeira foi para o FCP).

Oferecemos 5 milhões (antes era só pagar 4) e o jogador vem.

Passado uma época, o gajo é uma bela merda e alguém do plantel fez o lugar.

É isto, pá.

Pedro disse...

"Passado uma época, o gajo é uma bela merda e alguém do plantel fez o lugar."

E depois tens aquele caso em 20, de um jogador que veio num pacote, que até mostra ser bom, ter qualidade e os avençados enchem-te a cabeça sempre com esse nome quando se fala de situações destas. Os outros 54 tiros ao lado são irrelevantes.

Jaime disse...

Concordo mas não sabemos tudo...
Imagina que o 1,5M€ de euros a mais exigido pelo clube do jogador é para ser pago através duma offshore para ir parar à conta de alguém ou "alguéms". Tem me parecido que a SAD se tem recusado a entrar nesses esquemas ou que só tem de se louvar...

Cumps

Mr. Shankly disse...

Tens toda a razão. Gastamos dinheiro com jogadores sem utilização, mas depois não temos mais meio milhão para resolver estes imbróglios.
Pedro, apesar dos vários tiros ao lado os jogadores contratados para o plantel na época passada foram escolhidos criteriosamente: Artur, Garay, Nolito, Bruno César, Witsel...o grande flop foi o Emerson.

Anónimo disse...

O Rojo não é nada de especial.... e não tem as características para se dar bem em Portugal a Lateral....

Alias em Portugal onde ele pode render mais é a central.

Diria que preferia bem mais o Estilo do Luisinho para uma equipa como o Benfica e apostava mais no Português. O Proprio Jesus já o disse que o Luisinho vai ser um dos 2 Laterais esquerdos a ficar.

Pedro disse...

Jaime, claro que sim. É por isso que começo por dizer que o caso concreto apenas serve para abrir a discussão. Há várias situações dessas em que o SLB desiste de certos jogadores por esses motivos e depois os jogadores vão para outros clubes e a imprensa (e muitos benfiquistas) só dizem que fomos "comidos" mais uma vez. Cebola, Falcao, Danilo...são contratações que não se realizaram em que estou ao lado da Direcção. O post vai no sentido de desbaratarmos dinheiro, um milhão aqui, outro ali, em vários jogadores para por a rodar e depois, aqueles que realmente queremos, perdemos por "tuta e meia".

Shankly, verdade. E disse isso ao longo da época. E é mais um motivo para eu apontar a JJ pelo seu falhanço. É que os nomes que falas, mais Rodrigo, foram tiros certeiros. Claras mais valias ao plantel. E o mesmo rotundo falhanço.

Anónimo disse...

Importante é o SLB preparar-se convenientemente para as perdas de Wisel e de Javi.
Não basta ter uma boa equipa sem ter um bom coração (1/2 campo).
Solução:
Javi - Miguel Veloso
Witsel - Manuel Fernandes

André Silves

B Cool disse...

Subscrevo, esqueceste-te foi do fidel. do leo kanu e do pacote de uruguaios sub-20. Aliás, agora até contratámos um sueco sub-17. Alguém sabe alguma coisa sobre ele ? Tem mesmo potencial ? E preferiu o Benfica ao Real Madrid ?

MAFARRICO disse...

Negociar com os Russos não é fácil, aquilo são uma cambada de mafiosos.
Quem se dá bem com eles é o peidoso e até já tem feito vários negócios.
Por falar nisso reparem na venda do Bruto Alves, alguém acredita naqueles números??Aquilo é só dinheiro por baixo da mesa e direitinho aos bolsos dos mesmos.
Não acredito que esse valor seja o travão para a venda tem de haver mais qualquer coisa pelo meio.
Agora uma coisa é certa deixar arrastar uma situação destas até este ponto é muito negativo tanto para o nosso clube como para o jogador.
BENFICA SEMPRE

andre Santos disse...

Será que perdemos um jogador que aos 22 anos já vale 4,5 M e por um 1,5M não o contratámos, ou ganhamos uma oportunidade de não perder 4,5M por um jogador que chegaria e poderia não ser titular por falta de qualidade ou por falta de experiencia? É que ele até onde se sabe está a tratar de se desvincular, será porque nasceu benfiquista ou porque está farto de estar a jogar numa liga longínqua e o Benfica até lhe poderá pagar mais que o atual clube?!
Vamos com calma benfiquistas porque este senho sabe o que faz!
Força Benfica

moleculasdeamor disse...

Claro que não faz sentido nenhum, mas a cena é que eu não sei se ele é de facto o jogador que precisamos, porque pura e simplesmente não o conheço!

John Wakefield disse...

Eu não conheço bem o jogador. Aliás, não acompanho o campeonato russo nem o argentino, aonde Rojo jogou.
Agora pelos dados que obtive, tem 5 internacionalizações pela Argentina. Com 22 anos, já venceu o torneio de abertura com o Estudiantes bem como a Libertadores (foi colega de Enzo Pérez).
Chegou recentemente à Rússia e como estava numa fase de adaptação, teve poucas oportunidades...

Olhando só para estes factos, eu até acho que 4 milhões é um valor acessível... Estão à espera de quê???

Antonio disse...

Buenas, enhorabuena por el blog, me gustaría intercambiar enlaces contigo y que nos sigamos mutuamente.
Un enorme saludo desde http://orgullobenfiquista.blogspot.com/
http://bufandasybanderasamps.blogspot.com/

B Cool disse...

Ganhou a libertadores com uma fantástica presença de 1 minuto na competição, decisivo não haja dúvida.
Não sei o valor dele, até pode ser bom e se é não se justifica andar a engonhar quando gastam milhão e meio em n jogadores miseráveis.
O que não acho aceitável é estar a invocar que ganhou um troféu onde apenas jogou 1 minuto, provabelmente para queimar tempo num jogo qualquer. Ninguém lhe tira o troféu do palmarés, mas em nada contribuiu para esse êxito

André Leal disse...

No outro dia na Btv disseram uma coisa que poderia custar de início, mas que posteriormente teria que dar resultado: Mal a imprensa falasse que o Benfica estava interessado em A ou B, o Benfica descartaria essa hipótese.
É lógico que isto poderia ser usado pela imprensa anti-Benfica, mas também é lógico que logo ficariam bem identificados. Além disso, sendo o seu objectivo dar notícias verdadeiras, a partir do momento que avançassem com uma informação que não deveriam ter, estariam pura e simplesmente a avançar uma mentira.
Os informadores de dentro do Benfica também saberiam que nada teriam a ganhar com as fugas que proporcionam.

Para grandes males, grandes remédios.

Quanto ao post: 1,5 milhões em 4 milhões é muita fruta, Pedro. Não me parece que seja um montante a desprezar.

Pedro disse...

André, é evidente que milhão em é completamente de milhão em . Mas não é por aí que quis entrar mas sim na questão de se faz sentido perder um jogador que consideramos prioritário por 1 milhão. Não me parece q 4 milhões seja muito para um lateral esquerdo internacional que se pretenda titular do SLB.

Anónimo disse...

claro. pagas tu o outro milhão e meio. vocês parece que às vezes entram num mundo àparte.

Pedro disse...

Não, paga o Juraci, o Matiaz, o Tiriri e o Xororo contratados por 500 mil euros cada para a equipa B e C...

Santa paciência.

Anónimo disse...

A única referência que tenho deste Rojo é a de ter feito parte do quarteto defensivo do Spartak que, há pouco mais de um ano, levou 10 do FCP. Não me parece grande cartão de visita...

Anónimo disse...

Parece que o Benfica ganhou o título em futsal...ou é mais título menos título?

Pedro disse...

anónimo foste apitar para as ruas e festejar para o Marquês???