blog

segunda-feira, janeiro 27, 2014

André Gomes, um bom negócio.

A notícia do momento para a família benfiquista é a suposta venda de André Gomes por 15 milhões de euros a Jorge Mendes.

Olhando apenas para o montante envolvido temos que concordar que é um valor muito interessante e quase irrecusável. Se pensarmos nos evidentes problemas financeiros que o SL Benfica atravessa então é mesmo irrecusável. André Gomes leva 3 minutos de competição no campeonato nacional e jogou em Paris para a Champions saído do banco de suplentes. Pelo meio fez mais alguns minutos em jogos das Taças como o deste sábado. Ou seja, não é claramente uma opção válida para o treinador e não tem adquirido qualquer estatuto relevante dentro do plantel. Vender por 15 milhões de euros um jogador com tão pouca competição é um bom negócio.

Podemos, obviamente, discutir a sua qualidade, o seu potencial, o achar que ficando e crescendo o Benfica podia ganhar muito mais. Sem dúvida, é uma discussão perfeitamente válida e importante. Mas as decisões têm que ser tomadas no presente e no presente é uma decisão aceitável. André Gomes ainda não é uma certeza (não interessa, para esta discussão, apontar os culpados para tal) e pode nunca vir a ser aquilo que se espera dele. Receber uma proposta deste montante para um jogador nestas condições é, repito, quase irrecusável. Só mesmo uma fé cega no seu potencial e a certeza de que seria uma aposta clara do treinador devia fazer o clube resistir a este negócio. Alguém acredita nisso?

O que me preocupa são os moldes do negócio. Vender o jogador a um empresário? É sequer possível? Se é não devia ser. Espero, ao menos, que o Benfica se acautele e impeça a venda ou empréstimo a um clube nacional. 

E o futuro imediato do jogador? Sai já em Janeiro? Fica até ao final da época? Se ficar como será gestão da sua utilização? Passará a jogar mais do que antes para valorizar o produto que o empresário adquiriu? Estará o empresário disposto a ter um jogador na equipa B por 15 milhões? É tudo um pouco estranho.

Esperemos pelos comunicados oficiais.

14 comentários:

ATF disse...

Esperemos que não seja o Vieira a voltar aos velhos tempos onde tudo fazia para colocar os nossos jogadores no clube de que ele é socio ha mais de 20 anos,

Anónimo disse...

O Andre Gomes está a caminho dos tripeiros para colmatar a saida do lixo gonzales

Anónimo disse...

duvido. o mendes não pisava na Luz nos proximos anos....

Ribeiro dos Santos disse...

Com o dinheiro que o Benfica já deu a Jorge Mendes nos ultimos anos, ele não seria parvo em fazer isso.

O mais provável é ele ir parar ao Valência, depois de confirmada a compra do clube pelo outro magnata amigo do JM, lá da Malásia ou Singapura.

Acho que o jogador poderia ser importante no futuro do Benfica, mas não no presente.
No lugar dele joga aquele que é o motor e alma do Benfica, Enzo Perez. E enquanto o argentino não saisse, o puto não calçava.

Se estivéssemos a falar num valor a rondar os 5/6M€ eu já iria dizer que seria uma boa venda, agora 15M€ por uma promessa? Isso foi quanto custou Ronaldo ao Manchester, 17M€ foi quanto ofereceram agora pelo Cabaye do Newcastle, etc etc

Mas como isto é tudo feito por comparações, também me faz concluir que Matic saiu barato, baratinho...

ATF disse...

Ai o Mendes é que não parava na Luz? E o fariseu que la anda ha mais de 12 anos a comer à nossa custa?

Benfiquista no Norte disse...

Para mim a maior virtude do post é demonstrar como é curto e difícil o caminho de quem tem de decidir o futuro do SLB todos os dias: Vende/não vende, compra/não compra, faz/não faz.

Decidir é uma tarefa solitária, que deve ser suportada o melhor possível com dados e opiniões concretas.

Mas só o tribunal do tempo permite esclarecer se o decidido foi o acertado.

Este é o único aspeto que me permite ter ainda alguma tolerância em relação a alguma decisões controversas do Nosso Grande Líder, NGL.

cris disse...

Ou seja, com essa argumentação, se o Cardozo não se tivesse lesionado, para o Rodrigo, que teria também muito pouca utilização, uma oferta de 15M€ seria irrecusavel (!). Este Jorge Mendes não deve perecber nada do assunto ao pagar 15M€ por um jogador tão pouco utilizado... e o Paulo Bento que até já convocou o miudo para a selecção, de futebol deve saber zero. Logo, aplicando ainda o mesmo raciocínio, o Nelson Oliveira que joga numa equipa sem expressão europeia e com um historial de muito pouca utilização no Benfica deve valer para aí uns 5M€, iva incluido + comissoes respectivas, quando muito. Pela mesma razão, o Matic, que passou a 1ª época como suplente muito pouco utilizado do Javi Garcia, também deveria ter levado logo um guia de marcha a troco de uns trocos. Estes lagartos que 'impingiram' o Bruma que estava em final de contrato e em litigio com o clube por 12M€ é que devem ser uns genios ou uns gurus da arte de negociar, motivo até porventura para criar um incidente diplomatico com a Turquia; e é ver agora os jogadores que lá tinham a época passada tão pouco (ou mesmo nada) utilizados como o William Carvalho, mas o Godinho Lopes deve ter andado na mesma escola do Vieira, só os lagartos é que não souberam aproveitar os dons desse lider nato e estratega impar de fazer corar o Sun Tzu

Anónimo disse...

Esta venda não é só dinheiro....

O Benfica tem vida além Jesus... Isto é o mandar de mensagens contraditarias semanas após semana.

Numa semana ganha-se ao Porto, na semana seguinte vende-se Matic.

Numa semana diz-se que o futuro do Benfica é a Formação, na Semana seguinte vende-se um exemplo de Formação.

Quê isto??! É preciso fazer gestão Financeira, mas é fundamental gerir a Mensagem.... e essa gestão é sucessivamente Terrível!!

Isto de mandar mensagens contraditórias constantemente, ainda se vai pagar mais tarde esta época... não tenho duvidas.

Pedro disse...

Cris, o Matic teria como destino um qqr empréstimo ou dispensa se Javi Garcia não fosse vendido. Não tenhas duvidas.

Depois jogou e partiu a loiça toda.

André Gomes, infelizmente, ainda não partiu a loiça toda e, na minha opinião, dificilmente irá partir com JJ no leme.
Portanto, hoje, 15 milhões por ele é um bom negócio. Se eu preferia ou não outra opção é outra discussão.

Rodrigo por 15 milhões não seria tão bom negócio pq custou 5/6 milhões mas seria um valor já interessante. 30 milhões como se falou seria a loucura total.

Já Matic foi mal vendido.

Cada caso é um caso.

zorg disse...

Apostar na formação não significa que seja proibido vender jogadores da formação. O André Gomes tem tido oportunidades e até agora ainda não mostrou mais do que potencial. 15 milhões por um jogador assim parece-me um excelente negócio para quem vende. Pode ser que o jogador evolua e confirme o potencial, mas também pode ser que nunca expluda. Não sei se a notícia já foi confirmada ou não, mas eu venderia o André Gomes por 15 milhões sem hesitações, se fosse presidente do Benfica.

Leonel Carvalho disse...

Esta venda é das melhores dos últimos anos. Um miúdo com poucos minutos, que não passa de um jogador com potencial ser vendido por 15 milhões é fenomenal. Mas isto tudo ainda é precoce...vamos esperar para saber todos os contornos do negócio.

Gandhy disse...

O maior problema é o estúpido e hipócrita lema do LVF com o Benfica à Benfica. Mais um, como foram o maior clube do mundo, os 300 mil sócios, o maior entre os maiores da europa, entre tantos outros. Mas enfim, isso é o que tem sido o Benfica de LVF. Grandes lemas e poucos resultados.

Agora na vertente económica, esta é uma grande venda. Basta ver na lista de jogadores (médios) vendidos/comprados por 15 milhões, para ver que não existem assim tantos, mais a mais, jovens jogadores sem grandes provas dadas, como é o caso de André Gomes. Vamos por lógicas sem sentido. Se André Gomes vale 15 milhões, quanto valeria Matic ou Enzo Perez ?

Depois, existe outras duas questões. Serão estes 15 milhões reais, ou mais um negócio à LVF/Jorge Mendes, como foram Roberto e Pizzi. Ou teremos em breve um R&C onde aparecem dois pernas de pau de outro lado qualquer a valerem 7.5 milhões cada um?

E depois, qual o clube que vive através da formação, à excepção do Ajax, e que ganhe títulos? Quero lá saber de bolas de ouro e coisas do género. Formação serve para tirar proveito desportivo e financeiro. Quando se pode alisar as duas coisas, muito bem. Não retirando o proveito desportivo, que venha o financeiro. Pegando no exemplo do Nelsón Oliveira, que a net tanto adora, olhando para os seus números como sénior, o que já fez para justificar envergar a camisola do SLB. Sete golos em França, marcados em cinco jogos, tendo jogado em 21 encontros não são de todo um bom cartão de visita. Mas isso sou eu, que talvez seja parvo, que acha.

Antonio disse...

Pois para mim parece-me mais uma Robertice. No fim do dia quem não vê um tusto é o ... Benfica

Boca Funda disse...

A coisa é mais grave. Investiguem: André Gomes vai assinar pelo FC Porto e vai ser emprestado por seis meses a um clube espanhol.