blog

quinta-feira, fevereiro 09, 2006

Lotaria dos penaltys novamente

Tal como no ano passado, a lotaria dos penaltys "sai" ao Benfica, dando justiça ao resultado da eliminatória. Seria tremendamente injusto o SLB não eliminar o Nacional mas a falhar tantos golos a coisa fica complicada.
O SLB entrou em campo com a atitude de Leiria e logo mostrou que queria ganhar o jogo rapidamente. Um fantástico caudal ofensivo, excelentes trocas de bola, coesão defensiva, oportunidades de golo que, infelizmente, não tiveram resultados prácticos, ou seja, golos.
Não me lembro de um lance de perigo do Nacional durante os 120 minutos.
O penalty falhado do Simão aumentou os níveis de ansiedade, quer da equipa, quer do público (uma palavra para os bravos do costume que durante 120 minutos não se calaram uma única vez, verdadeiros CAMPEÕES) mas, para as chamadas "tricas" de balneário do SLB, a equipa demosntrou uma garra e vontade em ganhar extraordinária.
De realçar a excelente resposta fisica que a equipa deu, após um jogo desgastante em Leiria, fazer 120 minutos com a intensidade que os campeões nacionais fizeram ontem não está ao alcance de todos. Sempre em cima do adversário, sempre a correr, sempre a lutar. Sem dúvida que este é o BENFICA que queremos.
Não posso deixar de sublinhar a fantástica exibição de Léo (senhor Koeman percebeu de uma vez por todas???) que manteve a mesma frescura fisica os 120 minutos, fazendo o corredor esquerdo todo, com excelentes iniciativas individuais ou apoiando, quer Simão, quer Robert, rematando, defendendo na perfeição. Impecável.
Também gostei muito de Manduca com uma primeira parte de muito bom nível, Luisão esteve, novamente, imperial, dominando todo o jogo, quer aéreo quer à "flor da relva", aliás toda a defesa esteve impecável o que não será alheio a presença de Beto (doa a quem doer).
Karagounis mostrou que tem de jogar mais vezes. A qualidade do grego salta à vista de todos, a forma como domina a bola e a capacidade de passe que possui tem que ser aproveitada em prol da equipa.
Sofremos muito, com inumeras oportunidades desperdiçadas,mas fomos um justo vencedor, aliás justíssimo vencedor, e a jogar com esta intensidade ganhamos 9 em cada 10 jogos!

A arbitragen foi razoável, fossem todas assim e estavamos bem. Analisou bem o penalty a favor do SLB, errou no amarelo ao Ricardo Rocha mas a forma impetuosa com que se fez ao lance engana qualquer um, algumas faltas que ficaram por marcar mas não mancham a exibição do árbitro. O único lance complicado foi um remate que foi interceptado por Ricardo Rocha dentro da área dando a sensação que bateu no braço. As imagens da televisão parecem mostrar que Rocha tinha o braço dobrado junto ao peito o que significa que o jogador não beneficiou do braço para aumentar a área de acção do corpo, logo não existiu falta.

PS: Hilário és hilariante.

3 comentários:

João Bizarro disse...

A continuação do nº 20 até ao fim do jogo só se justifica com o facto de ter marcado o penalty decisivo.
O Léo fez um jogão. Também gostei do Manduca. O Karagounis entrou muito bem, quer a defender quer a atacar.

Adepto Fanático disse...

Este Manuel Fernandes já nos começa a matar saudades :)

Anónimo disse...

só pelo teu fanatismo é que se pode explicar mesmo o que escreveste...lol