blog

quinta-feira, fevereiro 16, 2006

Para espanto geral

"Quarta feira 15 de Fevereiro de 2006

A crónica do JN (edição norte) ao Marítimo - Guimarães falava que “para pasmo geral o árbitro validou o lance” em que o Guimarães marcou o único golo do desafio. O lance descreve-se de forma simples: o maritimista estava a fazer cobertura à bola, o defesa Moreno encostou e apoiou o braço nas costas do adversário, este caiu deixando a bola nos pés de Moreno, a jogada decorreu com um cruzamento rápido e o Guimarães marcou e venceu o jogo. Mais. Aos 89 mn não assinalou uma falta para 2º cartão amarelo a Cléber do Guimarães e em vez disso acabou por expulsar – por protestos – o defesa mais experiente do Marítimo.

Este tipo de lances não é inédito no futebol português e depende da equipa a beneficiar ou a prejudicar para vermos o árbitro decidir de forma diferente. Por exemplo, no ultimo Leiria – Benfica foi assinalada uma falta inexistente a Simão, que no desenvolvimento originou o 1º golo do Leiria. Árbitro: António Costa. No final a culpa foi do treinador que “inventa” demasiado apesar desta vez ter colocado os jogadores nos sítios certos para os média.

No Belém 4 – Benfica 1 da época passada este mesmo Paulo Paraty validou um penalty contra o Benfica que deu o 1º golo aos da casa e quando o Benfica já perdia por 2-0 não validou um penalty contra o Belém. Teve tanta “sorte” nesta decisão que a jogada continuou e o Belém fez o 3-0 ... No final a culpa era do plantel que era fraco, do Trappatoni, etc.

Aqui há uns anos, num Benfica 0 – Boavista 3, o mesmo António Costa não viu uma falta sobre Poborsky no lado esquerdo do ataque, a jogada decorreu perante o “pasmo geral” e o Boavista aproveitando-se da escorregadela do Paulo Madeira e dos assobios ao Thomas, marcou o 1º golo. No fim do jogo a culpa era do Souness, dos ingleses, do Harkness que veio e jogou logo, etc.

No último Rio Ave 0 – FCP 0, no último minuto um vilacondense vai à linha de fundo, cruza, o Helton embrulha-se com Ricardo Costa , a bola ressalta para um avançado da casa, o árbitro entretanto apita, mas a bola já seguia para dentro da baliza. Quem anulou foi o árbitro assistente que conseguiu (?) ver que a bola tinha saído, apesar de estar a mais de 10 metros da linha de fundo (!) e da bola estar tapada pelo corpo do jogador que fez o cruzamento (!). Uma derrota evitada por uma decisão incrivelmente falseada pelo árbitro assistente.

Estes episódios estão sempre a acontecer e quando ouvimos falar do processo do Apito Dourado não sabemos como é que isso funcionava, mas os exemplos são estes e estão à vista de toda a gente. Menos dos jornalistas que dedicam amplos espaços de debate a falar de tácticas em vez de debaterem o trabalho dos árbitros com a mesma profundidade que fazem com os treinadores.

Parece que todos podem ser treinadores, quando na verdade é mais fácil ser árbitro do que treinador. Para ser árbitro basta saber as regras de arbitragem, possuir raciocínio rápido, boa forma física e boa visão. Para ser treinador não basta isto. Entre outros, é preciso saber escalar equipas em função dos adversários, ter a sorte dos seus jogadores jogarem o que o treinador espera deles e também ter a sorte ... de apanhar boas arbitragens.

O que não pode provocar o “espanto geral” é que afinal o Marítimo vai defrontar o FCP sem dois jogadores importantes e o Guimarães vai receber o Benfica na máxima força e motivado por uma vitória que não teria se a arbitragem não tivesse falseado o resultado."

in www.basta2002.com

16 comentários:

Nuno disse...

Não quero estar a ser mauzinho.Mas também não quero ser ingénuo ao ponto de não desconfiar que o sr. árbitro desse encontro na madeira,talvez,e sublinho o talvez,tivesse ficado delíciado com a dupla opurtunidade que teve,por um lado em moralizar o Guimarães e dar-lhes algum alento para as jornadas que se aproximam(tenho a opinião que o Guimarães faz falta na 1ª liga),e por outro,de subtrair ao Marítimo,não pontos,mas jogadores influentes para a próxima jornada.Atenção que os factos que constato nem põem em causa sequer se foi ou não uma boa arbitragem ou tão pouco se os casos verificados foram justos ou não.Quero com isto dizer,que,sou levado a desconfiar do sr.Paulo Paraty,quando à partida, sei que esse sr.é arguido num famoso processo a decorrer cá no burgo e também,porque basta olhar para a próxima jornada,e perceber com quem vai jogar Marítimo e Vit. Guimarães.Coincidências????Talvez,para alguns,mas não para todos,certamente.No mínimo,dá que pensar.

antitripa disse...

Quantos jogos já venceu o benfica quando é apitado por gentes de setubal? E esta época e na transacta sabem quantas vezes cada árbitro de setubal apitou o fóculporto? Sabem quantas perderam? Essas estatisticas todas são aterrorizadores para nós, mas deve ser o tal apito das coincidências que o Calimerda (o pintinho chorão) tanto apregoa...enfim. Saudações glooriosamente traduzidas pelas quinas na manga esquerda da malha!

Pedro disse...

Estas "pequenas" coisas passam despercebidas à maioria dos adeptos pois estes apenas ligam ao q lêm nos jornais. E os jornais estão todos condicionados pelos interesses do Sistema. TODOS!

Felizmente a internet é uma arma que eles ainda não conseguem controlar, principalmente com o "boom" dos Blogs, e muitos benfiquistas esclarecidos e atentos não deixam escapar estas coisas e nem deixam q se repitam as mentiras do costume.

Saudações CAMPEÃS!!

Anónimo disse...

epa...vcs preocupam-se com porras (n encontro melhor termo...) que n interessam nem ao menino Jesus. E que tal falar de futebol?
Sempre com suspeições gratuias...a maioria descabidas de qq sentido.

Não vi ainda ng referir o estranho comportamento dos jogadores do Porto...com um cuidado desmesurado de apanharem amarelos para os limparem num jogo que antecede a visita á luz. Como diria o outro "duas palavras para bom entendedor...".

Se é para especulações gratuitas e maquiavelicas...cá fica a minha.

Pedro disse...

" maioria descabidas de qq sentido. "

Santa ingenuidade....

Anónimo disse...

sabes eu gosto é de futebol. É isso que me move todos os fins de semana pelos mais variados campos deesse Pais...dos juniores...da 2B..à SLiga. Até sei de mtas historias (n são suposições...são mesmo reais) que te podia contar....mas volto a dizer: Gosto é do jogo. O das 4 linhas.

Mas olha..eu vou dar-te uma achega. Corria já auns tempos...que o Quaresma ia levar amarelo contra o Maritimo (pq sera...?). Tvz seja por isso que limpou no sabado...

Ninja disse...

Enquanto não se parar de falar da arbitragem o futebol não vai para a frente...

Anónimo disse...

Já se passaram uns anos e um senhor vestido de preto que dava pelo nome de Inocêncio Calabote deu mais 15 minutos de jogo para ver se o teu club marcava mais golos para ser campeão o que não conseguiu. Como vez a corrupção já vem do tempo da outra senhora e vos sempre foram beneficiados

luis disse...

Pedro, nesta fase em que o SLB está, digamos, numa forma suspeita, há tendência para se dar um maior destaque aos árbitros. Eu farto-me de rir com a conversa do "colo" e afins, mas isso pouco importa agora. Os jogadores do SLB vão ter de entrar nestes três jogos para ganhar! Para ganhar com esforço, garra e determinação! Já te disse uma vez: se o fizerem NENHUM árbitro nos derrota. Mesmo que árbitro seja tendencioso há que não perder a cabeça e insistir, mantendo a postura e o objectivo. Desse modo, só uma roubalheira vergonhosa nos parará. E não acredito que tal aconteça.
Força SLB!

Pedro disse...

Engraçado q o unico caso q falam de ajudas ao SLB é o caso calabote q, curiosamente, não deu em nada. Hilariante.

Caro anónimo eu tb adoro futebol, o jogo pelo jogo, e por isso, é q temos q alertar estas situações. Pq estas situações estragam e deturpam o jogo pelo jogo.

E quer apostar como se o Simão disser uma palavra q seja ao árbitro leva amarelo? Quer apostar q se o Simão sofrer uma falta e o árbitro nada marcar e ele levantar os braços leva amarelo?

Luis: é esse o espirito. Foi isso que nos fez campeão o ano passado. Fomos mais fortes q os adversários e q os árbitros. É isso q temos de fazer este ano tb!!!

Anónimo disse...

Eu vou pesquisar a epoca passada de quantos favores da arbitagem foi o benfica beneficiado de quantos foi o Porto. de quantos foi prejudicado o benfica e o Porto e depois venho aqui para vos tirar as duvidas quanto a legalidade de de serem campeões

Anónimo disse...

Bom a partir de hj passo a assinar com "anónimo" para evitar a confusão :)

O post anterior n é meu.

Anonymous #1.

Adepto Fanático disse...

Anonymous, faz isso porque ainda me vou rir com a teoria do "colo colo" da época passada.
Já tou a ver os argumentos:

"Ah houve um lançamento mal atribuido ao Clube X que perdeu a bola e no contra ataque o Benfica marcou golo!!!"

Pedro disse...

Não precisas de investigar muito...há um post neste Blog (vários até ) com o titulo "O porque de estarmos em primeiro" q descreve a maioria dos lances (não todos pq na altura não tinha acabado o campeonato)em q o SLB foi prejudicado/beneficiado.

Amigos do Valentim disse...

O Benfica, com o beneplácito de Adriano Afonso vivamente criticado na condução dos trabalhos, logrou adiar a questão do sorteio dos árbitros na assembleia da Liga que iria receber voto favorável da maioria dos clubes presentes (32, faltaram Chaves, Portimonense, Alverca e Estoril). E acabou praticamente em “peixeirada” uma reunião que mostrou a falta de pontualidade, profissionalismo e objectividade na análise e discussão de assuntos prementes do futebol, acentuando a divisão de opiniões, um vazio de ideias além da falta de consenso.

“É pior do que num café”, resumiu o presidente da AG da Liga, Adriano Afonso, ele muito contestado pela forma “abrupta” como interrompeu os trabalhos na matéria sensível da arbitragem. Com todos os clubes documentados e a maioria com opinião formada, o golpe de teatro surgiu numa manobra de diversão de Luís Filipe Vieira: “Saio satisfeito. Tem que haver transparência”, disse de fugida o presidente do Benfica. Mas à proposta de António Oliveira (Penafiel) para se passar à votação (sorteio ou nomeações dos árbitros), LF Vieira levantou-se, alguns queixaram-se de ter sido indelicado a ripostar a vozes discordantes e criou a confusão. Adriano Afonso, ex-presidente da AG do Benfica, suspendeu os trabalhos (adiados para dia 20) e a discórdia chegou à rua.

João Loureiro (Boavista) garantiu: “Percebeu-se que não ia haver votação, se houvesse o sorteio puro seria aprovado”. José Alberto Coelho (Académica) reconheceu ter o Benfica “defendido a manutenção dos moldes actuais e propôs ouvir os árbitros em discussão mais alargada”, mas não poupou Adriano Afonso: “A condução da assembleia deixou muito a desejar. Suspendeu-a sem auscultar os clubes”.

Sousa disse...

Caros,

So vos queria dizer uma coisa. Quem quer ser CAMPEAO nao pode justificar uma derrota pelo simples facto de o arbitro nao ter marcado uma falta na area do advesario e dai ter saido um contra-ataque que da golo do adversario. Isso para mim sao desculpas de mau perdedor.

Nao me admira nada que haja esse joguinhos dos arbitros e fiscais de linha em determinadas situações mas, meus caros, ja li aqui coisas que so pelas gargalhadas que dei ja valeu a pena.

Sou do Belem, tou-me borrifando para quem é campeao para mim é igual ao litro, mas por favor, abram os olhos e entendam o jogo.

Felizmente cada vez à mais equilibrio, os resultados são cada vez mais imprevisiveis e por isso quem quiser ser campeao tem de comer a relva do 1º ao ultimo minuto.... nao e so as vezes.. nao ..SEMPRE e nao se desculpem com os arbitros....engulam em seco e cerrem os dentes.

São assim ... os campeoes !!!

Conheço e adoro o owner deste blog desde q nasci... mas nestas cenas nunca nos entendemos !!

Aquele abraco

PS. Caso se fartem destas cenas vazias do futebol, facam voluntariado....www.sosanimal.com

precisamos de voces