blog

segunda-feira, outubro 15, 2007

Um aparte...

Não tem a haver com futebol (ou se calhar até tem) mas preciso desabafar algo que me está a deixar completamente fodido e, até pode ser, que alguem que domine a questão me possa elucidar de algo que eu não esteja a conseguir alcançar.

Esta história do novo Código Penal...a ser verdade as notícias que se ouvem e lêem todos os dias sobre as consequências da entrada em vigor do novo CP acho que batemos no fundo. Eu tenho muita dificuldade que alguem que saiba o que está a fazer e tenha as suas faculdades mentais intactas elabore um conjunto de leis que resultam naquilo que estamos a observar actualmente.

É inacreditável que um pedófilo que viole 10 vezes a mesma criança em períodos distintos de tempo seja acusado somente de um crime e não de 10 crimes como era antigamente. É inacreditável que um crime tão hediondo seja tão desagravado. Assim um pedófilo depois de cometer o primeiro crime pode cometer os que quiser a seguir que não paga mais por isso...

É inacreditável que com este novo CP um gajo que mate 40 pessoas porque acordou mal disposto se se for entregar à policia sai em liberdade até julgamento porque, ao se entregar, deixou de existir perigo de fuga...

"À e tal isso é exagero"...É? Um brasileiro que esfaqueou 4 outros brasileiros, matando um deles, aguarda julgamento em liberdade por se ter entregue à policia quando estava a ser procurado pelo crime..

É inacreditável que um novo CP seja alvo de tantas e tantas criticas de quem trabalha na Justiça. Como podemos nós, normais cidadões e leigos no assunto, sentir segurança e confiança?

12 comentários:

GR1904 disse...

Não são apenas as consquências nos cidadãos comuns que têm de ser levadas em conta no que respeita à (in)segurança que se possa instalar. Tão importante que isso, é a total desacreditação e desautorização das investigações que as várias polícias levam a cabo, tantas vezes sem os devidos recursos, cujos resultados produzidos acabam por valer zero à luz do novo CP.

Pedro Vagos disse...

Pedro... tenho q concordar contigo... o país bateu no fundo, e qd pensamos que não pode piorar, quem nos governa arranja forma de enterrar mais um bocado. O Código Penal é um exemplo, mas há mais... Por exemplo, a isenção de IRS para as Bolsas aos atletas olímpicos. Então mas estes atletas são melhores desportistas do que os outros? E os do Basket, do Futebol (sim, pq nem todos jogam nos grandes, nem na 1ª divisão), os do Hoquei, Andebol, ténis... etc, etc. Esses não têm direito a isenções? Porquê?
Mas o que mais me revolta é que se atribuam estas isenções, quando no ano passado se retiraram uma data de Bonificações (não eram isenções, eram só bonificações), aos cidadãos com deficiencias. Quer dizer... os deficientes, que se esforçam, que trabalham para se sustentar - que nunca tiveram apoios do estado, são menos "Olímpicos" do que um conjunto de atletas? Que na sua maioria até vai aos jogos apenas e só, para passear?
Estamos num país de merda é o que é....

Nuno disse...

Isto é o que eles chamam de democracia, amigo Pedro. E dizem mais, dizem ainda que estão no pelotão da frente no que diz respeito aos direitos humanos. Ora eu chamar-lhe-ia somente defender os direitos dos criminosos. Cada vez mais, neste país, se está melhor atrás das grades do que cá fora. Um bom exemplo do que digo e me deixa revoltado é que, no meu tempo de estudante, candidatei-me por 3 anos consecutivos às universidades públicas com uma média à volta de 13 valores, nas várias fases de candidatura, e nunca tive vaga em lado nenhum a não ser em privadas, pagando. Mas, meus amigos, se um dia for de cana, ser-me-à de imediato concedido o direito a prosseguir os estudos e a poder, finalmente, concluir o curso, e livre de impostos. O que acham que devo fazer? Qual o melhor banco para assaltar?

Pedro disse...

Eu gostava de saber qual o argumento da alteração da lei naquele exemplo dos pedófilos...gostava de saber q lógica está por detrás de uma decisão destas..

john billy disse...

a única explicação possivel que vejo, (e é bem triste) deverá ter a ver com a celeridade dos processos. deve ser mais rápido o julgamento de um crime do que um de dez. mas isso é só uma suposição.

Talk Talk disse...

Pedro a lógica é só uma: Ilibar ou pelo menos diminuir penas no caso Casa Pia!

Pedro disse...

talk talk por incrivel q pareça é só nisso q penso....

abidos disse...

As alterações do CP, foram feitos à medida de alguns processos, que ainda estão em julgamento...

Para ajudarem alguns 'amigos'...

Jorge Borges disse...

Pedro, o talk talk disse quase tudo sobre as alterações do novo CP.
Mas não foi só o CP que sofreu alterações significativas. O Códigod e processo penal também, e algumas tão absurdas que pouco vale comentar...
Enfim, tendo profissão ligada à justiça é com profunda tristeza que vejo as coisas acontecerem da maneira que acontecem. O problema é que se critica a justiça e não quem faz as leis...
Mas quando temos os actual Ministro da Administração Interna como um dos responsáveis pelas alterações introduzidas, e segundo alguns jornais está(ava) indiciado no caso Portucale -não sei se isto é verdade ou não, a ser é muito preocupante -, está tudo dito, ou não?
A respeito de tudo isto leiam o que diz e escreve (não sei se disponível na net) o ilustre causídico, Dr. José António Barreiros, que conhece bem (demais) alguns dos nossos governantes...

Telmo disse...

Desta forma os pedófilos da casa pia que violaram crianças durante 20 anos, ou seja, umas 500 vezes ou mais, só vão ser condenados por 1 das vezes e com pena suspensa, desta forma podem continuar a ir passear até Paris ou Nova Iorque em viagens de 1ª classe enquanto o povinho fica por cá a tentar arranjar uns tostões para pagar as contas todas ao fim do mês, viva a democracia tuga!!!

João Bizarro disse...

Republica das bananas.

Anónimo disse...

tem k ser feita a msma pessoa pa se aplicar a lei