blog

domingo, fevereiro 28, 2010

Leixões - SL Benfica: 0-4

Sempre a abrir.

Depois do massacre europeu, o Glorioso rolo compressor voltou a fazer uma vítima, desta vez os bebés de Matosinhos, a equipa do Leixões que, apesar de estar a lutar para não descer é sempre uma equipa complicada em casa e que já tinha tirado pontos a outros candidatos.

O treinador espanhol do Leixões tem queda para a piadola fácil e quis mostrar isso aos portugueses quando disse que tinha sido um jogo atípico pois cada vez que o Benfica ía lá à frente marcava golo. E é que foi mesmo isso que aconteceu, tal e qual. As quatro grandes defesas que Diego fez a remates de Saviola, Di Maria, Cardozo e Peixoto, a bola ao poste de David Luiz e o falhanço à boca da baliza de Cardozo foram todos lances que a minha imaginação fértil inventou. Ò Leixões, com tanto cromo que por aqui anda é preciso ir buscar um a Espanha? Adiante. Jesus surprendeu meio mundo ao dar a titularidade a Airton e a Éder Luiz. Admito que me assustei quando vi os dois brasileiros no 11 inicial, pois não me parecia a melhor altura para estrear Airton mas Jesus é que sabe e acertou em cheio pois o jovem brasileiro fez um jogão de estreia mostrando uma presença em campo que parecia já andar por lá há muitos anos. Excelente e só espero que a sua saída por lesão não seja nada de grave. Éder Luiz esteve muito apagado mas conseguiu o mais difícil, abrir o marcador com um bom remate de fora da área. O ritmo alucinante que a equipa manteve durante todo o jogo foi impressionante e a qualidade do futebol practicado é muito boa, arrasando por completo o adversário que foi incapaz sequer de incomodar a baliza de Quim. Di Maria num momento de forma absolutamente extraordinário arrisca a fazer com que a clausula de 40 milhões seja uma ninharia. Agora até faz hattriks e tudo.

Uma das armas deste Benfica de Jorge Jesus é nunca parar. Marca um e vai à procura do segundo, marca o segundo e vai à procura do terceiro. Não para, não abranda, não perdoa. É a imagem de Jesus, é o carimbo deste Benfica. E a jogar assim à bola será o campeão. Claro que Di Maria tem que ter menção especial, jogou muito à bola e marcou três golos (até foram quatro mas...), fez jogar, partiu os adversários todos, está terrível a estrela argentina. Maradona agradece e nós também. A defesa esteve muito segura e Airton, como foi dito anteriormente, cumpriu na perfeição o papel de Javi Garcia. Cardozo falhou um golo feito mas esteve impecável a servir os companheiros e ainda viu o guarda redes adversário negar-lhe o golo após belo trabalho na área do Leixões tirando um defesa do caminho antes de rematar colocado. Martins entrou muito bem e assiste maravilhosamente Di Maria para o seu segundo golo. Ramires a voltar às exibições habituais também foi um aspecto muito positivo. A estrela maior foi Angel Di Maria mas toda a equipa esteve a um nível muito bom. E Aimar e Garcia a descansar. Só podemos estar satisfeitos.

Lucílio Baptista...última época como árbitro. Viva. Golo limpinho anulado incorrectamente por fora de jogo inexistente, as duas primeiras faltas assinaladas perto da área do Benfica a favor do Leixões não existiram e no nosso primeiro golo a bola bate num jogador antes de entrar na baliza. Fiquei com a sensação que teria sido no Cardozo e que estando em posição de fora de jogo torna o golo irregular mas os comentadores foram claros em afirmar que tinha sido num jogador do Leixões que a bola desviou. Não consegui tirar as dúvidas nas repetições.

Mais uma goleada para a caderneta. Mais uma vitória cimentada numa exibição de gala dos nossos bravos jogadores que estiveram constantemente a ser apoiados pela melhor massa adepta do mundo, um ambiente fantástico a encher Matosinhos de vermelho e branco numa noite chuvosa. Agora é apreciar o jogo amigável de mais logo e esperar pelo Paços para a semana.

Carrega Benfica!!!!!

13 comentários:

André Leal disse...

Boas:

Anuncio aqui desde já que O BENFICA VAI SER CAMPEÃO!

Brilhante Di Maria! Excelentes Éder Luiz e Aírton. Resto da equipa muito boa.

Golo mal anulado ainda com 0-0, livre indirecto dentro da área aos 25 minutos perdoado ao Leixões também com 0-0 e faltas inventadas à entrada da área do Benfica com 0-0 e 1-0. A roubalheira só não continuou porque já não valia a pena. O Benfica é roubado e responde espetando 4, já outros no mesmo campo por causa dum penalty não assinalado em que o árbitro tem a visão obstruída não conseguem marcar doutra forma e fazem um escabeche sem fim.

Agora, e pela segunda vez esta semana, lá vou puxar pelos lagartos que ao que parece não são todos iguais, a julgar pelo pedido da Associação de Adeptos Sportinguistas para que o clube não faça nada além do mínimo exigido pela Liga na recepção à direcção dos corruptos amanhã. Isto por causa das ofensas ao Paulinho e ao Pedro Granger na crise da meia idade contidas nas escutas.

o 1º golo a bola bate num jogador do Leixões. As repetições na altura do golo e na flash interview não são claras mas há uma que dão no fim do intervalo que é clara, embora a que mostrem por trás da baliza dá para ver que a bola desvia num jogador atrás do Cardozo.

José Marinho disse...

Em relação ao jogo: Fantástico. Comprova o que tenho dito a alguns amigos, alarmados com a anunciada quebra física da equipa. Que nunca existiu, é um mito inventado pelo desejo oculto de alguns em tornar o campeonato mais competitivo, não à custa da subida de qualidade dos adversários do Benfica mas sim devido ao abaixamento de forma da nossa equipa. Porém, essas análises partiram sempre de um erro metódico: não existe esse abaixamento de forma, cuja chegada, certos pregadores da desgraça tem anunciado, como se estivessemos perante a iminência de um tsunami desportivo.
O que Jesus fez nem chega sequer a ser um milagre, é apenas sensibilidade e conhecimento. Os jogadores foram submetidos a cargas de esforço, por vezes violentas, durante o mês de Fevereiro - o calendário era apertado mas os adversários mais dóceis - para aparecer a equipa em Março, de novo impante e categórica. Isto é o que fazem os treinadores metódicos e que têm um plantel luxuoso como o do Benfica. Chama-se a isto metodologia. O Benfica em Março-Abril - quando tudo se decide - estará imparável. O mês de Fevereiro foi propositadamente eleito por Jesus para uma quebra de rendimento, que esteve sempre controlada pelo treinador, para dar à equipa uma mini pré-época que a preparasse para dois meses decisivos. O que vimos em Matosinhos é uma amostra e uma ameaça. Uma amostra para os benfiquistas e uma ameaça para todos os Alexs que visitam este blogue. Preparem-se. O Benfica que aí vem é uma máquina de guerra. E quem vier, morre. A frase não é minha, mas adequa-se.
Caro IBenfiquista, essa história que relata do cão de Rui Moreira é verdade e toda a gente na cidade do Porto a conhece. Mas é conhecida há muito tempo. Não foi nada que tenha acontecido agora. Mas também não pense que esses são métodos exclusivos da cidade do Porto. Em Lisboa também houve benfiquistas ameaçados, das mais variadas formas. Nos seus empregos, na sua vida. Foi durante o processo pré-eleitoral do Benfica. E nessa altura não vi a BTV interessada na divulgação do assunto. E isso é que me mete nojo. Lá em cima como cá em baixo. Sem excepções.

Helder disse...

Grande jogo do Benfica. Foi uma exibição de gala de uma equipa que parece imparavel. Confesso que quando vi a titularidade de Eder Luís e Airton também me assustei um pouco porque achei que este jogo não era o mais indicado para lançar estes dois jogadores. Mas o JJ é que sabe e se os lançou é porque tinha a conviação que eles não iam deixar ficar mal o Benfica. Gostei muito do Airton, muito certinho e sem fazer grandes ondas. Em relação ao Eder Luis já não gostei tanto mas valeu pelo golo que marcou. Mais 3 pontos no saco e cada vez mais perto do sonho.......JASUS!!


PS: O Benfica completa hoje 106 anos de existência por isso: Parabéns BENFICA e obrigado por existires........

John Wakefield disse...

Viotória inteiramente justa. os reforços airton e éder luiz mostraram ser opções crediveis. grande Di Maria. nas primeiras duas épocas, parecia ser um jogador modesto, mas agora está um jogador fabuloso. Mais uma prova de que finalmente o Benfica encontrou o treinador ideal!

mas nada está ganho e é isso que temos que nos mentalizar. é pensar jogo a jogo!

Força Benfica e hoje é caso para dizer, força scp!

Telmo disse...

Grande vitória, este Benfica joga muito mesmo e não tenho dúvidas que neste momento se bateria de igual para igual com qualquer uma das equipas mais fortes do planeta.

Temos tudo para ser campeões e chegar à final da Liga Europa.

Uma equipa que joga assim e ainda se dá ao luxo de deixar jogadores como Aimar no banco está tudo dito.

Quanto a Di Maria, só peço que o Benfica não o venda antes do mundial, (por minha vontade que não o vendam mesmo mas...), é que se ele mantiver esta forma, e se a Argentina conseguir surpreender, Di Maria arrisca-se a ser uma das estrelas do mundial, e de facto os 40 milhões começam a saber a pouco...

Seria muito bom que Maradona também convoca-se, muito merecidamente, Aimar e Saviola (e já agora Jara), assim já teria uma selecção para apoiar no mundial, uma vez que a selecção portuguesa já não existe....

Rearviewmirror disse...

acho estranho que nos jornais de hoje não se fale do fora-de-jogo claro no 3º golo do Braga.
A imagem está aqui www.averdadedaliga.blogspot.com

iBenfiquista disse...

Como muito bem diz o José Marinho, "o Benfica que aí vem é uma máquina de guerra. Quem vier, morre". Sem dúvida, e o DiMaria é um bombista suicida!. Lol. Acabou de explodir!

Já agora, José Marinho, lembra-se de eu ter dito num post, há alguns meses, que o DiMaria era o nosso Messi? E você respondeu, na altura, que não havia comparação, nem chegava aos calcanhares do Messi que era infinitamente melhor. E eu respondi: "Time will tell". Está "telling" agora! Lol. E ainda não vimos nada. A minha intuição raramente me engana.

Quanto aos factos que relata, acredito perfeitamente. No entanto, embora seja sempre contra todo o tipo de ameaças físicas - significam que não há outro tipo de argumentos - não podemos comparar as coisas nem no espaço, nem no tempo. Num, são casos isolados, noutro é todo um modo de vida. Assim como não se pode comparar a máfia italiana com outro tipo de delinquência, com ameaças e chantagem, que existam noutras cidades e na sociedade italiana.

Já agora, e a talhe de foice, vou contar uma história verídica que, penso, muito pouca gente deve conhecer, e que foi passada no tempo do Mourinho. Foi-me contado por um grande amigo meu - benfiquista fanático - e que conhece muito bem o jornalista. Aliás foi ele próprio que lhe contou.

Eu não me lembro agora do nome do jornalista, aquele que apanhou do Carlos Queirós há 2 semanas no aeroporto, um Jorge "qualquer coisa". Ele começou um programa aqui há uns anos na TVI. Eu lembro-me de ver o primeiro programa que, de repente, acabou. Nunca percebi porquê.

Até que passado uns tempos encontro esse meu amigo benfiquistas, e é claro que a conversa prolongou-se por horas e sempre sobre o Benfica e "arredores". Contou-me então ele que o tal Jorge, depois de ter começado esse programa, um dia à noite batem-lhe à porta do seu apartamento de Lisboa e qual não é o seu espanto quando dá de caras com o Silvino (sim, o ex-guarda-redes do Benfica, na altura no Porto) acompanhado por outra pessoa - um capanga qualquer - que lhe entram pelo apartamento dentro. Ameaçam-no físicamente, dentro do seu próprio apartamento, por não gostarem da maneira como fazia o tal programa. Assim se percebe, agora, a razão pela qual a TVI imediatamente deixou de mostrar o programa. De facto, aquela gente não tem espinha vertebral. São moluscos, "lesmas", como dizia o meu pai.

Vejam bem a lata do Al Capone, o à vontade e a total impunidade, enviar capangas a Lisboa para ameaçar pessoas na sua própria casa!! A Máfia portuguesa - a "ANDRADETA" - no seu melhor.

NO PAÍS ONDE EU NASCI??

Abraço Benfiquista

Algarviu disse...

1. Um labrego ainda vivo prometeu a um outro labrego (este já morto)um coisa que não tinha. Nem virá a ter.Coisas de labregos. Entendam-se.

2. A pressa de promover mitos para satisfazer o dono dá nisto: Varela e Micael mostraram a sua real valia. Carlos Martins e Quim?

3. Parte do último parágrafo do comentário de José Marinho é, neste momento, dispensável.

Pedro disse...

"Preparem-se. O Benfica que aí vem é uma máquina de guerra. E quem vier, morre."

Espero que sim! É o q mais desejo!!!
Carrega Benfica!!!

Helder disse...

IBenfiquista:

É o Jorge Baptista.

iBenfiquista disse...

Obrigado Helder. É isso mesmo.

João Bizarro disse...

Mais uma prova de classe. E Ainda nos roubaram um golo.

Continuem com vigílias que a malta agradece.

dezazucr disse...

Este jogo foi o que se pode chamar "Business as usual" ;)