blog

quarta-feira, julho 04, 2012

Um Olho À Benfica #54

Empréstimos para que vos quero!

O Benfica votou contra a decisão da Assembleia Geral da Liga de não aceitar mais empréstimos de jogadores entre clubes que participem na mesma competição, o que, desde já, impede que o Benfica concretize os seus empréstimos de jogadores a clubes como o Rio Ave, Académica, Olhanense e outros destinos de jogadores excedentes. Calculo que a colocação destes jogadores, para um clube que tem um número quase pornográfico de atletas profissionais sob contrato, significasse a resolução de um problema, que, agora, ameaça tornar-se numa bomba-relógio, numa perspectiva de gestão de expectativas e gestão desportiva.

Por isso, entendo que a SAD do Benfica vote contra, ao lado do FC Porto, outro dos eternos gastadores do nosso campeonato, embora com objectivos diferentes do Benfica, nos seus gastos e na sua estratégia de empréstimos. E é, exactamente por reconhecer que há uma diferença entre as motivações dos dois clubes, na forma como se alinham nas suas estratégias de empréstimos, que tendencialmente sou levado a manifestar a minha simpatia pela decisão que a Liga acabou de aprovar.

Desde logo, porque vai permitir acabar com a “satelitização” de alguns clubes, que, por dificuldades financeiras e visão muito restritiva dos seus dirigentes, aceitam, de forma leviana e pouco profissional, expor os seus planteis e os seus treinadores à exigência de utilização dos jogadores emprestados, numa quase chantagem que chega a roçar a indecência competitiva. A partir daqui sabemos que, todos os domingos e contra todas as equipas, jogarão os melhores e principalmente passa a existir a garantia mínima de que todos os adversários serão reconhecidos de forma igual e não haverá equipas contra as quais se deve levantar o pé e outros adversários, pelo contrário, contra os quais é preciso jogar nos limites da tolerância desportiva e até da violência competitiva.
Paridade entre adversários é o que esta medida vai permitir e, francamente, Benfica e Sporting, por motivos que são conhecidos, podem ser clubes beneficiados por esta nova ordem que se desenha no futebol português a partir da proibição dos empréstimos.

Além do mais, ao contrário do que certos comentadores já peroraram, esta medida defende a formação em Portugal e dos clubes. O que não defende é apenas a formação dos grandes clubes. O mais escandaloso é assistir a dirigentes de clubes de gama média e baixa do nosso futebol a defender a formação dos clubes mais apetrechados, com a alegação de que os jogadores dos “Grandes” emprestados, deixam de ter um espaço de afirmação – o que é mentira – em vez de se preocuparem com os jogadores da sua respectiva formação. Porque, o que deve acontecer é que os clubes passem a apostar mais nos seus jovens jogadores, em substituição dos talentos que agora não podem ser acolhidos. Claro que o cinismo e a incompetência de alguns dirigentes acabarão por resolver o problema com mais estrangeiros e menos formação. Mas depois, escandalosamente, serão os mesmos a protestar contra esta medida, com a alegação que não defende a projecção de novos talentos em Portugal.

Por isso, reforço, esta medida, por um lado, pode prejudicar o Benfica, porque é um dos clubes imediatamente lesados, pelas novas dificuldades que são impostas ao escoamento dos seus jogadores para outros clubes, mas a prazo, acabará por tornar a competição mais saudável, transparente e sobretudo vai trazer uma nova paridade competitiva à Liga de Clubes que deve ser suficiente para tranquilizar os adeptos benfiquistas.
A gestão dos empréstimos e a forma como alguns clubes a usavam para criar vantagens competitivas sobre os outros vai acabar. E isso é uma boa notícia para o futebol português e também uma boa notícia para o Benfica e para a sua luta por um desporto mais transparente.

25 comentários:

Helder disse...

Já tinha saudades do "Um olho à Benfica"!!

Acabam os empréstimos de jogadores mas os andrades já começaram a "emprestar" treinadores.........como sempre estes gaijos andam sempre à frente nestas artimanhas!!

Pedro disse...

Eu concordo com a medida que já devia ter sido tomada há bastante tempo mas não posso concordar que seja tomada tão em cima de uma nova época. É hora de se acabar com esta promiscuidade com os emprestados. É um abuso a quantidade de jogadores na primeira divisão com estas condições.

Há uma teoria que diz que esta decisão tem o objectivo de minar as estratégia do SLB em "lutar" com o fcp nesta questão dos empréstimos. Estavamos a conseguir fazer frente ao fcp e a trazer para o nosso lado vários clubes e assim voltará tudo à "estaca zero" ficando eles em vantagem por dominarem as arbitragens.

FCP disse...

E quando o Marinho preferia o Cardozo ao Falcão?! Saudades desses tempos anedóticos

João Bizarro disse...

Toda a gente sabe que o FCP tem jogadores e treinadores emprestados com o intuito de controlar as equipas às quais empresta.
Nesse sentido esta nova medida é positiva.
Mas por outro lado o Pedro foca um aspecto importante: isto foi decidido muito em cima e o Benfica já teria jogadores para emprestar.

Marinho, será que a solução passará por se fazer como em Itália onde o passe de um jogador possa pertencer a 2 clubes?

José Marinho disse...

Ó FCP, não vá mais longe, era o tempo em que o Cardozo fechou a época com 48 golos em jogos oficiais, Bola de Prata e o Falcao terminou a temporada com menos de 40 golos em jogos oficiais. E o que parece ainda mais anedótico, ainda está para nascer o ano em que o Falcao consiga, numa só época, igualar o melhor registo do Cardozo. Desculpe lá não responder com a "ironia do costume" a que está habituado, mas pareceu-me mais eficaz confrontá-lo com a dureza dos números.

FCP disse...

Que risada...
José Márinho, nem você acredita no que diz.
Quer comparar a 1ª época do Falcão com a 1ª do Cardozo? ahahah
Mesmo no ano em que o "rolo compressor" foi campeão na última jornada, só nessa mesma é que o Cardozo ultrapassou o Falcão num ano atípico do Porto.

É escusado mostrar os títulos individuais de Falcão e as médias jogos/golos

Acho que é quase unânime que Falcão está entre os 3melhores pontas de lança do mundo, já o vosso takuara nem unânime é...entre vós!

Hugo disse...

Concordo que acabem os empréstimos para a próxima época, para esta, não há fundamento até porque as épocas preparam-se com tempo.

o que acho piada, é o timing desta decisão, no ano em que o Benfica tenta lutar com o Porto com as mesmas armas. Isto é uma jogada que vai ser aprovada, pois neste momento, os corruptos substituiram os jogadores por treinadores, pois é mais barato e mais facil de controlar.

Jotas disse...

Antes de mais pedir desculpas por tão longa ausência, mas por vezes sabe bem para um pouco para descansar e reflectir.
Quanto ao post,compreendo que o voto do Benfica tenha sido contra esta medida, pois haviam já vários atletas excedentários colocados, entendo ainda que se defenda que esta medida não deveria ter sido decretada tão perto do começo de uma competição e que até deve-se ter um período de transição, mas como aqui defendi muitas vezes, na sua essência, sou completamente a favor desta medida, pois ela defende a verdade desportiva e lamento até que a direcção do Benfica tenha votado contra, mas repito, atendendo ao que atrás disse, compreendo.

Pedro disse...

Marinho, e se tirarmos os golos em offside do Falcao e aqueles em que carrega o guarda redes adversários os números ainda são mais esmagadores em prol do Tacuara.

Só mesmo um adepto do clube corrupto para manter esta discussão...

Anónimo disse...

é bom lembrar que cardozo só foi melhor marcador porque anularam 3 golos limpos ao falcao.

Aproveito para dizer que depois de ser desmascarado quando se fazia passar por comentador isento, joão gobern vai assumir a propaganda de forma assumida e não disfarçada como fazia semanalmente.

Pedro disse...

"anularam 3 golos limpos ao falcao"

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...é isso e o outro foi a casa do corrupto mor receber conselhos matrimoniais...

Eles estão assustados com o Gobern...interessante.

SLB4EVER disse...

Na minha opinião decidir e implementar esta medida quando a época está quase a começar é algo absurdo, podiam muito bem só avançar com isso para a próxima temporada era mais razoável. Não ser possível emprestar nem 1 jogador também acho exagerado, a exemplo permitir o emprestimo de 3 jogadores formados pelo clube acho que era bem mais sensato e lógico e não era por aqui que se ia comprometer a integridade(pois!) da competição ou tornar clubes em satélites.

É natural que o SLB esteja contra porque infelizmente se decidiu começar a copiar a o que os corruptos fazem aos anos, inundar os outros clubes com jogadores, até se chega ao ridiculo de comprar jogadores que á partida não reunem condições para um dia calçarem na equipa principal e que servem meramente para andar a emprestar. Neste aspecto a medida é boa, pode ser que assim se deixe de ver o clube desperdiçar dinheiro em contentores de jogadores sem a qualidade exigível.

Agora acho é que é ingénuo pensar que isto vai acabar com a subserviencia de muitos clubes para com o clube do sistema quando metade dos treinadores tem ligações com eles, fora os treinadores muitos dos dirigentes tb alinham nas farsas pq tiram dividendos e garantem que a sua equipa não vai ser entalada graças aos cães de fila do sistema, os apitadores.

José Marinho disse...

Caro FCP, os números são tramados, quando servem de despertador de consciências. O Takuara não procura unanimidades, procura golos. E fá-los, quer você reconheça ou não. É indiferente, um sentimento que não deve partilhar em relação ao Janker. Mas se fala dos números do Cardozo na famosa época do "rolo compressor", então porque diabo na época de ouro de Villas Boas o Falcao não conseguiu marcar tantos golos como Cardozo no seu melhor ano no Benfica? Eu acho, sinceramente, que todos nós, neste blogue, nos temos rido bastante com esta discussão, é anedótica devido às suas enriquecedoras posições sobre o assunto. O que é curioso, pois fazendo o meu caro uma figura triste, não devia provocar tanta risada geral. Mas foi giro, este bate-papo, já estava a precisar destas discussões levezinhas com um adepto-do-porto-que-gosta-de-blogues-do-glorioso. Não deixe de aparecer e comentar. E já agora, de contar os golos do Cardozo. É isso ou contar carneiros para dormir.

Pedro Vagos disse...

Na perspectiva de que traz alguma clareza desportiva à competição, não posso deixar de concordar com a medida. E se contribuir para deixarmos de ter 80 jogadores no "payroll", ainda mais concordo.
Mas a verdade é que isto não são medidas que se tomem assim, em cima da época, com a planificação já feita.
Posto isto, acho que fazia mais sentido uma medida combinada... qualquer coisa do género, haver um limite no número de empréstimos anuais (no máximo 3, e nunca ao mesmo clube) e, em paralelo, limitar o número de jogadores que poderiam ter ligações aos clubes a um máximo de 30/32, ou 38/40/42 para clubes com equipa B.

P.S.: Bem vindo de volta aos posts JM. E este ano, vamos conseguir alguma "truta" no mercado?

John Wakefield disse...

Eu sou contra o fim dos empréstimos, mas, por outro lado, acho que também deveriam existir limites de jogadores emprestados por equipa. É preciso evitar que um clube tenha 3 ou 4 jogadores emprestados pelo mesmo Grande. É necessário encontrar o meio-termo nesta questão. Nem 8 nem 80.

Quanto a esta medida, pode ser que traga mais seriedade à competição, e acima de tudo, que convença os responsáveis benfiquistas a vender definitivamente muitos dos excedentes que constituem ainda os quadros do clube.

Helder disse...

Que estouro!!!!

LOL LOL LOL LOL LOL LOL

Hugo disse...

Sinceramente voces querem mesmo comparar o Falcao com o Cardozo?Querem comparar o rendimento em provas internacionais?
Sim o Cardozo faz muitos golos e não discuto isso mas vejam lá bem o que ambos fazem dentro de campo.
Pesquisem a opinião do Guardiola sobre o Falcão

José Marinho disse...

Caro Hugo, no dia em que eu quiser verdadeiramente discutir o Cardozo e o Falcao, escrevo um post sobre o tema.

Pedro Vieira disse...

Acho que sim... Vale mesmo a pena uma discussão entre Cardozo e Falcao. Por amor de Deus, deixem de ser fundamentalistas. O Falcao é incomparavelmente melhor. Sejam qual forem os registos da primeira ou segunda época. É world-class.
Quando a essa questão que o Porto empresta para controlar. A serio? Vocês acreditam assim tanto nisso? Isto é, que o Porto faz isso para controlar e o Benfica não? Isso é puro fundamentalismo.

Hugo disse...

José Marinho, eu tb sou Hugo, e acho que não devia perder tempo com pessoas que querem comparar jogadores com Cardozo.
Por mim e para bem do Nosso Clube, deixem os "mitras" fazerem dos outros excelentes e do Cardozo só um bom e razoável Avançado. Pois enquanto assim for, ele (o Cardozo) continua por cá e vai "espetando" muitas batatas nas balizas dos nossos adversários. Só espero é que quando ele sair, que seja porque quer e por valores (milhões) iguais aos numeros de golos que ele marca, por época.

Pedro disse...

Pode ser que um dia se perceba o porquê da necessidade que os adeptos do clube corrupto têm em estar constantemente a dizer que Falcao é melhor que Cardozo. Que relevância é que isso tem? Ganham alguma coisa com isso?

Enfim...

Para mim a discussão é simples: Quem mais marcou golos que o Cardozo nos últimos 30 anos no SLB? O resto são peanuts...quero lá saber do Falcao ou do Jancko ou do raio que o parta. Alguma vez envergaram o Manto Sagrado? Não. Então está assunto encerrado.

José Marinho disse...

Pedro Vieira, pior do que o fundamentalismo é a castidade num mundo onde os ataques ao Benfica são cada vez mais sofisticados, mas também cada vez mais conhecidos. Mas há sempre os adeptos que acham que denunciar esta podridão é fundamentalismo. A não ser que não seja, realmente, benfiquista. Aí, já percebo melhor o que escreve.

Anónimo disse...

O Falcao em Espanha numa equipa de cepos como o Atletico madrid foi o 3º melhor marcador só atrás do CR e Messi com 24 golos. Gostaria de ver o Cardozo numa liga dessas. é que marcar ao Olhanense/Paços de Ferrira desta vida não é o mesmo que marcar a Valencias, Malagas. Case Closed. Falcao é claramente um dos melhores pontas de lança da actualidade.

Pedro disse...

". é que marcar ao Olhanense/Paços de Ferrira desta vida não é o mesmo que marcar a Valencias, Malagas."

Concordo que os fcpês e scpês desta vida sejam cepos e que marcar sistemáticamente golos a esses cepos quer na Luz quer no Dragão e Alvalade não seja muito relevante mas marcar aos Uniteds, Evertons, Shaktars desta vida não é para todos. Esse foi um tiro tão ao lado...mas tão ao lado. LOL

O facto de Falcao ser "um dos melhores pontas de lança da actualidade" anula o valor do Cardozo? E o facto de Falcao ser "um dos melhores" vale o exactamente o q????

João Bizarro disse...

Como de um tema interessante de se debater se passa para um tema oco.

Até por aqui se vê que os benfiquistas estão mais interessados em debater lérias.

Algum dia ainda vos vejo a discutir que o Chalana era melhor que o Folha.