blog

terça-feira, julho 17, 2012

Um Olho À Benfica #56

PRÉ-ILUSÕES

Três jogos, duas vitórias e um empate depois, já podemos olhar para o quarto Benfica de Jesus e dizer: "Habemus equipa". Francamente, gostei. Estabilidade na composição no plantel, nas decisões técnicas e sobretudo na imagem de competência desportiva que a equipa projectou, em poucos dias.

O jogo com o Lille foi duro, os anteriores serviram o objectivo de dar consistência às opções iniciais de Jesus. Um guarda-redes de elite, dois centrais que juntam a segurança de Luisão à classe de Garay, um lateral direito que não se esgota fisicamente e uma experiência prometedora no lado esquerdo, com Melgarejo. Tem condições, tem qualidade, falta-lhe conhecimento da posição e rotinas defensivas. Não foi verdadeiramente testado, mas ofensivamente esta posição defende as suas características, porque lhe permite estar permanentemente de frente para o jogo.

No meio-campo, Witsel magnífico na posição seis, menos influente numa posição mais adiantada. E sobretudo a confirmação do erro colossal que foi a dispensa de Carlos Martins, na época passada. De resto, Matic, antes de se lesionar, estava a confirmar a sua utilidade, revelando uma qualidade que o recomenda para várias posições no meio-jogo. E, claro, Javi Garcia, o gladiador que todas as equipas precisam, para repor equilíbrios, embora pareça cada vez mais confortável com a bola nos pés e na tomada de decisões, no primeiro momento de construção.

O ataque é uma verdadeira Arca de Noé, perante a enxurrada de soluções técnicas e tácticas. O único jogador que cumpre uma missão específica no plantel é Cardozo. Todos sabem que está na equipa para marcar golos e não para agradar aos adeptos da nota artística. De resto, as soluções estão todas ao alcance da imaginação do treinador. Bons extremos, Ola John e Enzo Pérez podem trazer velocidade e mais diversão, numa zona onde a equipa promete entretenimento e eficácia. Aimar e Bruno César, com estilos diferentes, dão textura e diligência ao ataque, Gaitán e Nolito são a dose de improviso que atrapalha os adversários e depois ainda sobram Rodrigo, Nélson Oliveira e o genial Saviola.

Este é um plantel de luxo, que precisará, apenas, de mais uma opção para a lateral direita e eventualmente para o lado oposto, se Melgarejo não concluir o seu upgrade defensivo com a distinção que se exige a um jogador do Benfica.

Porém, este Benfica é, talvez, o mais completo, harmonioso e sedutor, de todos os que Jesus já preparou desde que lhe ofereceram a Terra Prometida.

42 comentários:

Anónimo disse...

José:

Sem defesa esquerdo, defesa direito para alternativa ao Maxi não vamos a lado nenhum...

Gaitan está de saida, Enzo deve sair tambem. Venha o Salvio.

Atenção a Witsel até 31 de Agosto...

Abraço

Daniel

Pedro disse...

Tal como o ano passado temos um plantel com muita qualidade. O treinador tem à disposição um leque de jogadores q nunca outro treinador da história teve ao dispôr. Temos soluções de qualidade para todas as posições excepto as laterais. Falta definir a lateral esquerda e a alternativa a Maxi. Por mim até pode ser Djaló (se serve ou não é uma outra discussão) desde q seja mesmo a alternativa e não ser preciso o Treinador inventar e meter lá o Witsel...

José Marinho disse...

Caro Daniel, o Gaitán está tanto de saída como qualquer outro elemento do plantel. Existe um valor que o Benfica pede e que nenhum clube ainda conseguiu acompanhar. Sem essa venda, esqueça o Sálvio, e francamente parece-me bem assim. Gosto de Enzo, é um craque e precisa de ser motivado. O Ola John tem características que serão de enorme importância, mas precisa de ser assimilado pela equipa, já que tem rotinas diferentes de jogo. Mas é uma grande aquisição. Em relação a saídas, francamente é só fumaça. Os candidatos a comprar o passe de Witsel vão-se afunilando até chegarmos à conclusão de que ninguém paga o que o Benfica pede. Há muito tempo que os melhores jogadores do Benfica estão "vendidos", mas os negócios não se fazem nas páginas dos jornais nem de rumores, fazem-se de uma coisa chamada oferta. E até ver, as ofertas não satisfazem o Benfica e creio que dificilmente o irão satisfazer. O resto, como diria o outro, é só fumaça.

Jotas disse...

Sinceramente dou muito pouca importânncia ao resultados e até aos desempenhos de pré época, quantas vezes se fez fantástica prés e depois nada? E o inverso também é verdade.
Foi apenas mais um bom teste de preparação, apenas isso, num caminho ainda longo para que a equipa esteja pronta quando a verdadeira competição começar, no fundo vai-nos servindo para matar a fome do nosso Benfica.

Anónimo disse...

José, mas como sabe as grandes transferncias costumam acontecer em Agosto...

Quanto aos laterais, já cadeviam estar!!!

Abraço

Daniel

Anónimo disse...

A proposito, José ha ainda a hipotese Simâo, que poderaia ser uma boa alternativa a Aimar, algo que Bruno Cesar não consegue ser. Nâo concorda?

Daniel

luis disse...

Não sei de onde vem tanto optimismo. Não peço que se abuse do cepticismo mas, convenhamos, a dupla JJ-LFV não tem espaço de manobra para falhar.

Por isso, falar em grande plantel, grandes jogadopres e blá, blá, blá, só dá para sonhar caso se alterem algumas coisas no SLB, que, parece, não vão mudar nunca.

Na época passada a equipa era a mesma e JJ-LFV falharam. Completamente. No campo, e fora dele.

De que interessa ter uma belíssima equipa se nunca a mesma é defendida (depois dos roubos) e se se cometem erros de palmatória que provocam graves desequilíbrios defensivos e ofensivos?

O texto está muito bonito e quase poético mas, desculpe-me a franqueza, parece escrito por alguém que não vive cá e para quem tudo começou este ano.

Mr. Shankly disse...

Sinceramente não estou tão optimista. A equipa á parecida com a do ano passado (e joga parecido), o qu à partida me agrada. Mas o ano passado, mesmo sendo a melhor equipa de Portugal ficámos em 2º. Para sermos campeões é preciso ou que o Porto se distraia e faça uma época miserável, ou então de sermos esmagadores. Se estivermos a um nível semelhante ao deles (que é quase sempre muito alto), há pormenores que desequilibram a balança sempre para o mesmo lado (alguns ilegais, outros não).

Enfim, acho que ainda estou dorido do ano passado. Mas concordo que o plantel é fabuloso, com excepção das incompreensíveis ausências de soluções para as laterais.
Falando dos novos, Martins é um jogador que aprendi a apreciar (quando chegou ao Benfica não tinha noção das suas limitações, e tentava sempre fazer golo ou assistências de cada vez que tocava na bola). Ola John tem qualidades inegáveis, mas ainda parece um corpo estranho à equipa. Melgarejo já o ano passado deixou água na boca, e a adaptação a lateral pode ser interessante. Mas temo que se perca um grande avaçado, que é o que ele parece ser. O Luisinho parece uma boa alternativa para a lateral esquerda, mas acho que continuamos sem um titular.

Anónimo disse...

José, se Moutinho e Hulk ficarem, principalmente Hulk dificilmente temos hipoteses...

Hulk fica?

bonus disse...

Eu diria que estamos no bom caminho ;)

Gustavo Neves disse...

Bom, é verdade que temos um plantel com várias opções, com qualidade, mas sem equilibrio não há plantel que resista a uma época dura e exigente como a que se avizinha.
Como é possivel termos cá um jogador de seu nome Nolito, que foi em vários jogos o abre-latas, e alguém gastar 9 ou 10 M€ e cá enfiar o Ola John? Nós não temos de ser a montra de nenhum investidor particular. Nós somos um clube de futebol, O clube de futebol, somos o Benfica! E mais uma vez começamos a pré-época mal. Já nem falo de jogos de maior exigência, mas se há algum azar com Maxi, numa deslocação ao Moreirense, ao Beira-Mar, até eu sabia que tinha de explorar o nosso lado direito. E cada dia que passamos sem defesa-esquerdo é menos um dia de adaptação e integração para um jogador que, supostamente, será o titular para toda a época.
São erros repetidos. E quando as pessoas cometem os mesmos erros várias vezes, seguidas, ou são estúpidas (hipótese que não ponho de parte) ou têm outras prioridades, como é o caso.
Eu quero lá saber dos jogos com a filial do Luxemburgo ou com o Marselha. Já vi este filme demasiadas vezes e não consigo estar optimista, muito pelo contrário.
Quando for a doer, os erros e omissões, que mais uma vez estamos a cometer na pré-época, virão ao de cima e aí vamo-nos lembrar destes episódios.

Anónimo disse...

José:

Sem defesa esquerdo, defesa direito e se Hulk ficar adeus campeonato...

Daniel

José Marinho disse...

Bom, agradeço o elogio que aqui foi feito sobre a qualidade quase poética do texto, mas acho-o exagerado. Quase tanto, pelo menos, quanto a alegação de que só nasci ontem para o assunto. Eu escrevo em função de factos e não em função do contexto. Os factos são aqueles que entraram pela minha casa dentro através das várias transmissões televisivas. O que espero a quem rebate os meus argumentos é que o faça com faça com factos e não com preconceitos. Este plantel do Benfica, sem saídas, será de luxo, e para aqueles - como eu - que reclamam dois laterais, talvez esta época venha mais uma vez a demonstrar a diferença que existe entre um treinador como o Jorge Jesus e nós, os treinadores de bancada.
Quanto às presumíveis saídas do FC Porto, francamente, é para o lado que durmo melhor, porque este plantel - reforço, sem saídas - é o melhor que se pode arranjar em Portugal. Com Hulk ou sem Hulk. O FC Porto no último ano também tinha o Hulk e ganhou o campeonato não por ser a melhor equipa, mas por razões que, aí sim, o Benfica deve controlar melhor. No ano em que o Benfica foi campeão, o Hulk jogou metade do campeonato e o Benfica, quando o avançado do FCPorto agrediu dois "espectadores" - é assim que se designam os stewards, não é? - já tinha seis pontos de avanço sobre o seu adversário.
Francamente não estou optimista nem pessimista, estou benfiquista, como sempre estive. E ao longo de 46 anos de prática desta religião, nunca a soube praticar de outra forma que não fosse com este renovado entusiasmo pelo meu clube. Mas, pelos vistos, isso é crime.

Anónimo disse...

"Quanto às presumíveis saídas do FC Porto, francamente, é para o lado que durmo melhor, porque este plantel - reforço, sem saídas - é o melhor que se pode arranjar em Portugal. Com Hulk ou sem Hulk"

José bem sabemos que não é bem assim, mas ele vai sair pk o porto precisa desse dinheiro.

Nâo concordo consigo quando diz que Bruno Cesar pode fazer de Aimar. Acho que não pode e já mostrou várias vezes que nao sabe jogar naquela posição.

Simão seria a melhor alternativa a Aimar que podemos encontrar e ainda para mais a custo zero...

José como é possivel recusar Simãoe ter no plantel Djalos e companhia ?!

Daniel

Magnus Pim disse...

Pedido de esclarecimento aos entendidos:

Epá, ele há coisas que me fazem espécie no futebol. É assim. Numa empresa moderna um gajo tem de fazer de tudo, ele é aturar o gerente do banco, atender os clientes, praguejar com os fornecedores, pagar os salários, calcular os impostos, e saber despedir os colaboradores!

Já um gajo que dá toques numa bola num relvado de 120*90 m se joga do meio campo para a frente, já não pode jogar do meio campo para trás!

Ora essa, com tantos jogadores contratados disponiveis, bem faz JJ em adaptar o Melga e o Mike.

Ou talvez não...

Pedro disse...

Infelizmente o JJ pensa como muitos benfiquistas e tem medo do patético Hulk...por isso inventou e por isso levou 5. Quando não inventou Hulk não fez nada de jeito excepto marcar golos em fora de jogo mas isso qqr um no clubeco corrupto é capaz de fazer.

luis disse...

Caro José:

"Bom, agradeço o elogio que aqui foi feito sobre a qualidade quase poética do texto, mas acho-o exagerado."

Não era um elogio. Era uma ironia (sim, igual à sua da frase que agora cito).

"Quase tanto, pelo menos, quanto a alegação de que só nasci ontem para o assunto."

Não aleguei, nada. Mais uma vez, usei a ironia.

"Este plantel do Benfica, sem saídas, será de luxo, e para aqueles - como eu - que reclamam dois laterais,".

Completamente de acordo.

"talvez esta época venha mais uma vez a demonstrar a diferença que existe entre um treinador como o Jorge Jesus e nós, os treinadores de bancada."

Outra vez esta conversa? Já sabemos que o homem é um espectáculo. Aliás, esta conversa existiu no início do ano passado. Nada contra mas, como referi anteriormente, de onde vem todo esse optimismo no homem? Será das Taças da Liga?

O que eu refiro, e já o fiz, ao contrário do que o José afirma, é que JJ falhou em toda a linha nas duas últimas épocas. Em toda a linha. Isto é um facto. Quer que enumere todos os erros (que o José conhece tão bem como eu?)?

"Quanto às presumíveis saídas do FC Porto, francamente, é para o lado que durmo melhor, porque este plantel - reforço, sem saídas - é o melhor que se pode arranjar em Portugal. Com Hulk ou sem Hulk. O FC Porto no último ano também tinha o Hulk e ganhou o campeonato não por ser a melhor equipa, mas por razões que, aí sim, o Benfica deve controlar melhor. No ano em que o Benfica foi campeão, o Hulk jogou metade do campeonato e o Benfica, quando o avançado do FCPorto agrediu dois "espectadores" - é assim que se designam os stewards, não é? - já tinha seis pontos de avanço sobre o seu adversário."

De acordo.

"Francamente não estou optimista nem pessimista, estou benfiquista, como sempre estive. E ao longo de 46 anos de prática desta religião, nunca a soube praticar de outra forma que não fosse com este renovado entusiasmo pelo meu clube. Mas, pelos vistos, isso é crime."

Não entendo a vitimização, caríssimo..

Não critiquei o seu benfiquismo, que nem sequer conheço. Aliás, acho que nunca critiquei o benfiquismo de ninguém.

Critiquei apenas o facto de este ano estar no comando das tropas a mesma dupla que tanto desgostos nos causou nas últimas duas épocas. E achei estranho tamanho optimismo do José, apenas. Tendo em conta o passado recente, não percebo como alguém pode estar optimista em relação à capacidade de JJ, por exemplo.

Abraço

José Marinho disse...

Começo pelo fim. Caro Luís, não sei onde foi buscar essa da vitimização, não está nenhuma assumida no meu texto. O que lhe disse é que o meu optimismo ou o que quer que lhe chame vem do meu benfiquismo, que não é melhor nem pior do que o seu e o dos outros. É meu e irrenunciável.
Em relação ao resto, tudo bem, ironia com ironia se paga. Em relação a Jesus, eu também sei que ele cometeu erros, as pessoas que estão à volta dele também cometeram erros e um deles foi tê-lo deixado insistir em decisões que não é ao treinador que compete tomar. Exemplo: um treinador do Benfica não pode dizer no final da época que pensava que os sócios do Benfica tinham saudades de um bom percurso na Liga dos Campeões, por isso não se concentrou apenas no campeonato. Meu caro, a culpa é dele, porque não percebe onde está, mas também de quem está acima dele que, pelos vistos, ainda não explicou ao treinador que quem traça os objectivos do clube é a direcção e não o treinador.
Porém, os seus erros não apagam o seu mérito e basta comparar o que tem sido o Benfica de Jesus com o Benfica errático, deprimido e exposto ao enxovalho dos adversários - até do Sporting - que o antecedeu. Este Benfica, apesar dos erros, pode ser campeão, como foi no primeiro ano e quase foi no terceiro. Em qualquer altura, o Benfica de Jesus pode ser campeão e é isso que deixa os adversários apreensivos.
Caro Daniel, o Simão não cumpre a função de dez melhor do que o Bruno César. Não tem a qualidade de último passe do brasileiro, não tem a frescura, não tem a dinâmica e também não é tão rotativo. O Bruno César é, claramente, o jogador que melhor pode substituir Aimar no Benfica, obrigando, no entanto, a equipa a outras rotinas, pois embora seja melhor do que o argentino no último passe, tem mais dificuldades em assumir o jogo, numa fase intermédia de construção. Por isso, a equipa deve jogar de forma diferente. O problema não é o Bruno César jogar a dez, o problema é que o encaixe do jogador nessa posição ainda precisa de ser assimilada pela equipa com rotinas diferentes das que tem com Aimar. Mas isso não tem nada a ver com a capacidade do jogador para executar bem essa função. Em relação a Simão, esqueça, não vem para o Benfica.
É possível ter Djalós em vez de Simão, pela simples razão de Djaló ter uma característica que pode ainda acrescentar algo à equipa e que Simão já não tem. Velocidade. E veremos se isso não será decisivo para Jesus fazer dele a alternativa a Maxi Pereira. Ou também quer o Simão a jogar a lateral direito?

Anónimo disse...

José se o JJ puser o Melgarejo a lateral esquerdo e o Djalo a latreal direito não ponho mais os pés no estádio enquanto essa personagem e o presidente lá estiverem. E olhe que até estava a pensar regularizar os quatro Meses de quotas em atraso...

Continuo a achar Simão bem mais util que Djalo, Kardec,Michel etc.

Bruno Cesar no Brasil sempre jogou do flanco para o meio e nâo na posição do Aimar. Poderia jogar nessa posiçâo se o Bnefica muda-se a sua forma de jogar...

Saindo Gaitan e Enzo tem de entrar Salvio.

Rojo deve ser o lateral esquerdo, vamos ver...

Que acha da opçâo Nelson para defesa direito?

Abraço

Daniel

Daniel

luis disse...

"Meu caro, a culpa é dele, porque não percebe onde está, mas também de quem está acima dele que, pelos vistos, ainda não explicou ao treinador que quem traça os objectivos do clube é a direcção e não o treinador."

Bom, a culpa em última análise até será exclusivamente dele neste aspecto. Até eu sei que o objectivo principal é e será sempre (nos próximos tempos) o campeonato.

O problema é que JJ disse-o por diversas vezes durante a época. Está escrito.

O que JJ fez com essa entrevista (terá sido mesmo ele a dar a entrevista?) foi mandar areia para os olhos dos benfiquistas.

Mas concordamos, num outro plano da conversa: a Direcção também tem falhado e é responsável pelo que aconteceu nos últimos dois anos.

"Porém, os seus erros não apagam o seu mérito e basta comparar o que tem sido o Benfica de Jesus com o Benfica errático, deprimido e exposto ao enxovalho dos adversários - até do Sporting - que o antecedeu"

O Pedro aqui do MágicoSLB sabe que sempre defendi que JJ trouxe imensa qualidade ao futebol do SLB. Facto. Inegável. Contudo, as coisas não só não evoluíram como nem sequer se mantiveram.

Em relação ao SCP, nosso eterno e único rival nacional, faço um reparo: é verdade o que escreveu mas, repare, no último jogo contra os de Alvalade tivémos um SLB errático, amorfo e deprimido. Precisamente, meu caro. Precisamente.

Existem demasiadas dúvidas para com JJ. Do presidente já nem falo, anda lá há 10 anos com os resultados que temos visto.

JJ tinha tudo para ser idolaterado no SLB. Mas, ou pela fanforrice, ou pela teimosia e arrogância desmedida, apenas tem adeptos desconfiados.

Por enquanto, o saldo de JJ é negativo, no meu entender. Três épocas e apenas um campeonato com os melhores plantéis dos últimos 40 anos, é pouco.

Pior: a curva do sucesso foi descendo e há duas épocas fomos humilhados em campo (e fora dele) sem que se tivesse registado qualquer reação por parte do treinador ou da direcção.

No ano passado foi o que foi. 5 pontos deitados à rua e uma clara manifestação de incapacidade e incompetência no jogo de Olhão. Mais do mesmo.

Eu avalio o trabalho de JJ assim. Não é péssimo porque fez muito bem na primeira época. Mas as duas seguintes foram simplesmente horríveis, José.

Quano à vitimização: "E ao longo de 46 anos de prática desta religião, nunca a soube praticar de outra forma que não fosse com este renovado entusiasmo pelo meu clube. Mas, pelos vistos, isso é crime".

Claro que não é crime, é até salutar e sempre necessário, o entusiasmo.

B Cool disse...

o problema do burro césar comparado com o aimar é a capacidade de decisão, aimar toma 1 má decisão, burro césar 9 em 10 jogadas e isso para a posição de 10 é crítico. Quanto a ter melhor capacidade no último passe, é a sua opinião, não um facto.
Eu antes era como o José, cada época esperança renovada, mesmo no tempo do Vale (pelo menos nos 2 primeiros anos), mas após 9 anos de Vieira (sem contar o tempo como director desportivo) já não consigo ser assim.
Portanto vou apoiar, ter fé e esperar que estas duas atitudes resolvam os problemas que são tão visíveis que até doem quando nos entram pelos olhos adentro.

Pedro disse...

Bruno César tem melhor último passe que Aimar? Não concordo nada!!!

Simão Sabrosa, amarrado e vendado, é mais útil no SLB que muitos dos que lá estão. Um jogador com a sua qualidade excepcional será sempre muito mais útil a um plantel que um Djaló por muita velocidade q este tenha. Velocidade nunca foi a principal arma de Simão. Se ele deve vir ou não é outra discussão.

Olho para o plantel e fico optimista mas depois lembro-me das duas últimas épocas, dos excelentes planteis que tínhamos e lembro-me dos erros que se cometeram e vejo que quem cometeu esses erros continua nos comandos da equipa e a manter a sua teimosia. Oiço discursos e vejo que nada se aprendeu e lá se vai o optimismo.

frank disse...

"Porém, este Benfica é, talvez, o mais completo, harmonioso e sedutor, de todos os que Jesus já preparou desde que lhe ofereceram a Terra Prometida."

discordo... este plantel é igual ao do ano passado (melgarejo, carlos martins e Enzo peres já lá estavam, foram é emprestados)... Ola John veio mas não veio acrescentar nada (já existiam Nolito, gaitan, enzo perez... etc)... o que é importante e acrescentava alguma coisa não veio: defesa esquerdo de provas dadas e defesa direito alternativo... essa de colocar o Melgarejo a defesa esquerdo tem piada... faz-me lembrar Cesar peixoto....não, não me faz lembrar o coentrão...

Pedro disse...

"(melgarejo, carlos martins e Enzo peres já lá estavam, foram é emprestados)"

Se foram emprestados não fizeram parte do plantel. Ola John foi contratado para suprir a venda do Gaitan. E, parece-me, cumpre melhor na direita q o argentino.

Anónimo disse...

Inacreditável o castramento opinativo a que qualquer um se sujeita, se deixar uma leve duvida de apoio ao trabalho do treinador sob contrato do SLB!

É um autentico cerco, parecem lobos a agir em matilha, são sempre os mesmos e estão em todo o lado!

É nesta altura impossível ler uma opinião favorável a JJ, sem que a matilha surja do nada e elimine toda a razoabilidade, afastando de imediato quem lhes dispensa o dogma.

Hoje quem se entusiasma com o seu Benfica, tem de o fazer em recato!
A inquisição assim o decreta!

Glorioso11385 disse...

"Olho para o plantel e fico optimista mas depois lembro-me das duas últimas épocas, dos excelentes planteis que tínhamos e lembro-me dos erros que se cometeram e vejo que quem cometeu esses erros continua nos comandos da equipa e a manter a sua teimosia. Oiço discursos e vejo que nada se aprendeu e lá se vai o optimismo.", sinto o mesmo, Pedro. Acrescentaria que a manutenção de factores como a arbitragem e os jogos de influência junto de clubes terceiros praticados pelo FC Porto também não me deixam nada optimista. Mas, apesar disto, lá renovei o cativo e, para começar, estarei hoje e no dia 27 na Luz.

Pedro disse...

Tb renovei mas sou lá vou dia 19 de Agosto.

Anónimo disse...

Inacreditável o castramento opinativo a que qualquer um se sujeita, se deixar uma leve duvida de apoio ao trabalho do treinador sob contrato do SLB!

É um autentico cerco, parecem lobos a agir em matilha, são sempre os mesmos e estão em todo o lado!

"É nesta altura impossível ler uma opinião favorável a JJ, sem que a matilha surja do nada e elimine toda a razoabilidade, afastando de imediato quem lhes dispensa o dogma.

Hoje quem se entusiasma com o seu Benfica, tem de o fazer em recato!
A inquisição assim o decreta!"

E pk é que será?!...

José Marinho disse...

Daniel, o Melgarejo e o Yannick são duas tentativas lógicas de reciclagem futebolística. Se o meu caro não puser os pés no estádio por causa disso, como compreenderá isso é um problema seu. O meu lugar no estádio está lá e sempre que for possível estará ocupado, porque não deixo de ser benfiquista pelo facto do treinador se chamar Jesus ou o presidente Vieira. Isso para o meu benfiquismo é totalmente irrelevante. O que eu quero é ver o Benfica ganhar e é nisso que acredito que o Benfica venha a fazer na nova temporada.
É fantástico como os treinadores de bancada - como eu, como eu - são tão categóricos a escrever que o Ola John não acrescenta nada, que o Melgarejo faz lembrar César Peixoto e outro tipo de pérolas típicas dos adeptos do Benfica. É normal e até é antropológico, faz parte da natureza dos benfiquistas. Somos assim e não há nada a fazer. Daqui a algumas semanas, se algumas destas adaptações der o resultado que ninguém espera, então, sim, nessa altura, quase todos dirão..."eu sabia que ia dar certo"...
Estou vacinado contra esse tipo de comentários, é só repescar muitos dos que foram feitos há um ano atrás a propósito da contratação do Artur Moraes. O treinador de bancada é assim, com ele, prognósticos só no fim do jogo.
Quanto ao Simão, reforço que não cabe neste plantel, se ninguém sair. Em relação ao Bruno César, é, de facto, melhor no último passe do que o Aimar, não quero dizer que seja melhor jogador. Aliás, o próprio Jesus admitiu isso na entrevista ao Record. Mas claro, todos sabemos que o Jesus é um incompetente, na bancada encontram-se milhares de treinadores mais sábios e mais avisados do que ele.

Anónimo disse...

Não sei quem? Na realidade nem me interessa assim tanto!
Castrar opinião pelo uso da força da matilha é grave, fazer uso do lápis azul e "ajeitar" opiniões alheias é fazer uso das mesmas armas, de quem repete até à exaustão que o Benfica era o clube do regime!

Estamos esclarecidos!

Pelo menos tu, que usas da azul lapiseira, e eu que a sinto na pele, sabemos do que falamos!

Deixo-te só um recadito de quem conviveu com isso. A lapiseira e o poder que representa não duram. E só é lamentável para ti!

Boa sorte!

Pedro disse...

Anónimo, estás a falar do quê?!?!!??!

O comentário das "18/07/2012 11:32:00" é o teu não é?

Lápis azul??? Posso dizer q todos os comentários foram aprovados...já alguns dias que temos tido sossego dos andrades de serviço e não tem sido preciso rejeitar comentários ofensivos.

Anónimo disse...

"Daniel, o Melgarejo e o Yannick são duas tentativas lógicas de reciclagem futebolística. Se o meu caro não puser os pés no estádio por causa disso, como compreenderá isso é um problema seu."

José, quanto muito são duas tentativas de gozar com a cara dos sócios, mas não deve passar disso pk vão chegar jogadores para essas posiçôes, seria vergonhoso pela 3 época seguida o Maxi n ter suplente.

Quanto ao fato de me ter afastado do estádio, não só so eu José...é uma grande maioria silenciosa, que cada vez mais não se sente identificada com o que se passa no clube e com as palhaçadas deste treinador. São humilhações atrás de humilhações...

Abraço

Daniel

Anónimo disse...

Só na cabeça de JJ e de alguns parolos é que Melgarejo pode ser lateral esquerdo, tenho dito.

Pedro Vagos disse...

Quase que concordo com este último anónimo.
Querer tornar defesa esquerdo um puto que chega a um campeonato novo, numa equipa que luta por muito pouco, e na época de estreia consegue fazer 10 golos, parece-me no mínimo estranho.

José Marinho disse...

Caro Pedro Vagos, o que lhe pareceu a adaptação de Fábio Coentrão a lateral esquerdo, no momento em que ela ocorreu? Não me vai dizer que já sabia, há muito tempo, que estava ali um potencial lateral esquerdo? Isso é bom é para os parolos ou anónimos, o que é exactamente a mesma coisa.

Anónimo disse...

"Caro Pedro Vagos, o que lhe pareceu a adaptação de Fábio Coentrão a lateral esquerdo, no momento em que ela ocorreu? Não me vai dizer que já sabia, há muito tempo, que estava ali um potencial lateral esquerdo? Isso é bom é para os parolos ou anónimos, o que é exactamente a mesma coisa."

José as caracteristicas dos jogadores são totalmente diferentes, basta olhar para lá.

Em breve chegará um novo lateral esquerdo, que pode ser, e gostava que fosse, José Angel. Tawio também estará em cima da mesa...

Quanto ao Melgarejo devia ser aposta na sua posição, mas será emprestado ao Paços de Ferreira provavelmente.

Gaitan e Enzo devem sair em breve do Benfica, abrindo espaço para Salvio e Simão, com quem Vieira tem acordo para voltar.

Veremos se o que disse se confirma...

Abraço

Daniel

Pedro Vagos disse...

Não José Marinho, a minha crítica não passa por aí... o Miguel também foi adaptado e deu um bom lateral. Mas tanto o Miguel como o Fábio, (como até o João Pereira), estavam à beira de, como extremos, passarem ao lado de uma carreira, porque na posição de origem, não vingavam. Foram adaptados e revelaram-se grandes apostas.
A minha crítica passa por estarmos a desperdiçar um puto que é avançado, chegou a um país (e a um futebol) completamente diferente, pegou de estaca numa equipa que não é conhecida por ter grande caudal ofensivo, e faz 10 golos! Mais do que o outro ponta de lança que lá fomos buscar. Essa é que é a minha crítica!

E salta à vista de todos, que o rapaz não fi fito para aquilo. O melhor exemplo é ver a forma como um reformado passou por ele no Jogo contra a Pobreza.

Se isto for apenas a forma do JJ demonstrar a quem manda que precisa de outras soluções para ali, então tudo muito bem.

Pedro disse...

Daniel, isso são desejos ou são mesmo infos certeiras?

Acho estranho a demora na venda, principalmente, de Gaitan. Tanta conversa, vai-se buscar o Ola John e tudo e o tempo passa e o argentino por cá vai ficando. É evidente que deste modo Melgarejo terá poucas possibilidades de jogar na sua posição natural. É demasiada concorrência, demasiados milhares de euros em jogo para q Melga tenha, pelo menos, tantas oportunidades como outros.
Se Gaitan e Enzo sairem acredito q Simão venha...acho q é o trunfo eleitoral de Vieira. Já Sálvio não acredito muito...demasiado caro para esta época de contenção.

É evidente que Melga pode dar um lateral fenomenal como ser uma autêntica desilusão. Não sabemos. O que sabemos é que na sua posição natural é muito bom e tem muito potencial para ser explorado. Pô-lo a lateral é um risco (e desperdício) que apenas se tolera por existirem muitas opções atacantes (e nenhumas defensivas, claro).

Anónimo disse...

Pedro o que me disseram é que há negociaçôes com a Roma e que o Tawio também é hipotese.

Quanto ao Simão, não é novidade...

Gaitan o Man Utd esta a jogar com a necessidade do Bnefica em vender, pk o Fergusson quer muito o jogador.

Daniel

Anónimo disse...

Ziegler e Cáceres...

Papoilas Saltitantes disse...

Só quando o plantel ficar definido é que será possivel avaliar a sua qualidade. E claro há jogadores que não tem substituto (witsel, maxi e artur). O onze + alguns pode ser de sonho agora o plantel acho não.

Neste momento faltam laterais, em especial o esquerdo. E depois se houver necessidade de vender algum jogador a situação pode piorar.

O ano passado acertou em cheio com o Artur mas mesmo assim a são opinião optimista para este ano não me descansa.

Nuno

Anónimo disse...

José Marinho o jogo de hoje foi a confirmação do que venho dizendo:

Precisamos de um defesa esquerdo, defesa direito para alternativa a Maxi, e Simão pode ser muito util a esta equipa pelo seu poder de decisão no ultimo terço do terreno.

Kardec,Hugo Vieira, Djalo e este Saviola não têm lugar no plantel...

Abraço

Daniel