blog

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

E se...

...Rui Costa voltasse à Selecção Nacional? Sem dúvida que está lá a fazer muita falta e ainda mostrava a uns quantos bluffs como se joga à bola com mestria...
Esta alegria em envergar a camisola nacional não se obtem por processos administrativos...

18 comentários:

Alexandre disse...

Isso era o cúmulo. E nem todas as equipas precisam de um velhinho para as levar ao colo.

João Pedro disse...

Era o que a selecção precisava... Está a fazer se calhar a melhor época dele desde 2004. Espero mesmo que não acabe a carreira e que para o ano continue. É mesmo um senhor!

Ricardo disse...

Troco facilmente essa ida ao Euro 2008 por mais uma época no Benfica.

Pedro disse...

Ricardo se pôes as coisas nesses termos tb digo "q se lixe a Selecção"..hehehe

Mas a verdade é q ninguem naquela selecção sabe pegar na bola a meio campo. O bluff está a mostrar aquilo q (não) vale..e como já está longe e já rendeu os trocos a quem tinha q render, os jornaleiros já não o apelidam de mágico e já não têm os orgasmos a cada passe de 2 metros bem feito. Já o criticam imagine-se.

Até o Figo ainda fazia uma perninha na equipa. Scolari fala q não há lideres na equipa...pois bem...

Rui Costa não só era titular de caras como tiraria peso dos "ombros" de Ronaldo...mas, verdade seja dita, o Rui deve estar a pensar em tudo menos nesse regresso. Quiseram o bluff agora aguentem...é o q ele deve pensar do assunto.

Ricardo disse...

Bem, concordo que o Deco não está em grande forma, mas chamar-lhe bluff acho excessivo e, mais que tudo, injusto. Não só por aquilo que fez na Selecção (que aí, não tendo estado brilhante em alguns jogos, ajudou bastante a equipa e fez uma mão cheia de exibições ao mais alto nível, com outras mais regulares, mas menos espectaculares) mas, principalmente, por respeito ao jogador que Deco foi e ainda é. Parece-me indiscutível a sua valia. Chamar-lhe bluff é tremendamente injusto, quanto a mim.

É evidente que Figo faria uma perninha na equipa.

O Rui Costa, para mal dos meus (nossos) pecados, vai largar as chuteiras no final da época. Nem Benfica nem Selecção. Quanto a ser titular "de caras", bom, acredito que pudesse ser titular, mas ter-lhe-ia de ser dada outra posição em campo, diferente da que joga no Benfica, senão não ganhávamos um jogo. Rui Costa é um Maestro do bom futebol. É isso que ficará sempre.

john billy disse...

Também sou da opinião do Ricardo, nem o Deco é assim tão bluff, nem o Rui Costa entrava assim de caras no onze.
O que tenho a certeza é que se no balneário estivessem o Rui, o Figo ou o Couto muitos palhacitos que só estão lá para passear iam ouvir das boas.

João Bizarro disse...

Ui, deixa lá o rapaz sossegado, longe daquela confusão.

Foi o único que fez bem a seguir ao Euro 2004. E não voltou com a palavra atrás.

O Scolari não era disciplinador? Não tinha uma familia? Agora desenrasque-se.

A verdade é que enquanto esteve um lider naquele balneário a coisa ainda se aguentou agora com 10 ou 11 vedetas o homem já se está a ver à rasca e diz que não tem um lider.
Cris Ro capitão? Deixem-me rir...

Pedro disse...

Ricardo o Deco é um bluff pq não é nem nunca foi a vedeta q a imprensa conseguiu impingir ao comum adepto de futebol. O Deco é um jogador bonzinho, vá lá.

E sinceramente não me lembro de um unico jogo onde ele tenha sido acima de mediano na Selecção...

Telmo disse...

"Esta alegria em envergar a camisola nacional não se obtem por processos administrativos..."

Além disso o Rui Costa nunca fez chantagem que se recusaria jogar pela selecção nacional se o isto ou aquilo não fosse feito.....

Isto foi feito por um jogador que nem português é e que é admirado pelos portugueses, quando estes se fossem um povo com dignidade já tinham mandado esse jogador à merda, queres fazer chantagens com a nossa selecção? Então vai pro c...... e faz chantagens por lá!

Ricardo disse...

Pedro,

parece-me que confundes o facto de não gostares de Deco na Selecção com o seu real valor. Deco "bonzinho"? Deco é dos melhores jogadores que tem estado nos relvados mundiais, nos últimos 10 anos.

JNF disse...

Tão bom tão bom, que o Barcelona parece que vai desfazer-se dele a tempo.

André Leal disse...

Só não está lá porque não quer... Duvido que a jogar assim o Scolari o não chamasse.

Comparações com o Deco são desnecessárias porque não é pelo Deco que o Rui não está lá.

Pedro disse...

Ricardo vais-me desculpar mas essa é uma das tais frases q me dá vontade de rir. Não leves a mal...mas acredita, q o Deco não vale nem metade do q tu achas q ele vale.

Ricardo disse...

Pedro,

se te dá vontade de rir, que seja, e desculpo, claro, ri-te à vontade. Agora... dizeres-me que o Deco não vale "nem metade" do que eu acho que vale, vais-me desculpar, mas parece-me que isso é comigo, não? Tu achas que ele é "bonzinho", eu acho que ele é um excelente jogador. E se acho é porque vi centenas de jogos dele. Logo, é a minha avaliação. Tu, pelos vistos, tens outra. Tudo certo. Mas não me parece que haja uma tabela em que eu, pensando que ele vale mais do dobro do que ele realmente vale, possa ir verificar qual o seu real valor.

john billy disse...

Pessoalmente acho um insulto ao Rui compara-lo ao Deco. O Deco nunca terá a magia do Maestro. Alias essa alcunha do "mágico" é completamente absurda.
Eu considero o Deco um grande jogador não pela sua qualidade de passe ou por a sua capacidade de criar jogo (alias acho-o bastante limitado) mas sim pela sua capacidade de sacrificio, de recuperar bolas ou de transporte o jogo da defesa para a frente.
Essa capacidade de sacrificio e de trabalho perdeu-se o ano passado e sem ela o Deco não passa de um jogador banal.

Pedro disse...

John chegou-se ao cúmulo de colocar o nome Deco na mesma frase de Zidane e Rui Costa...valia tudo naquela época para enaltecer as "virtudes" do "mágico"...enfim...

E depois o q se via em campo era um gajo super protegido pelos árbitros (as expulsões do Éder e Ricardo Rocha nas antas são demonstrativas do q Deco vale) q sabia q podia fintar à vontade pq ou passava ou o árbitro marcava falta. Claro q assim tudo lhe "corria bem"...

E tal como o Ricardo eu tb vi muitos jogos do Deco..mas é como digo, devo ter tido muito azar e vi sempre os jogos em q ele passou ao lado do jogo...
hehehehe

Ricardo disse...

Eu estou com um problema que gostava que mo pudessem resolver. Então é assim: eu ando, de há uns 8 anos a esta parte, a ver um jogador chamado Deco a jogar futebol. Vi-o no Porto, no Barcelona e na Selecção. Sempre tive para mim a ideia de que era e é um jogador acima da média, capaz de resolver jogos, fazer passes de ruptura, mudar o flanco com uma passes longos de uma precisão microscópica, rematar bem, pressionar alto, enfim, um "10" com classe e capaz de levar uma equipa às vitórias. Imagine-se que até pensei (ou penso, já não sei bem) que o Deco era e é um excelente jogador. Pois bem: pelos vistos, pelos comentários do johnny e do pedro, ele é, respectivamente, "banal" e "bonzinho". Ora, eu não sei se estou a enlouquecer, mas de facto parecem-me epítetos bastante pobrezinhos para a sua real valia. E então queria pedir, aos frequentadores deste blogue, que pudessem dar a sua opinião sobre o tal jogador de que se fala neste comentário. Que é para ver se vou já hoje para o júlio de Matos ou espero mais uns anos...

Obrigado

Pedro disse...

Não acho nem nunca achei q ele fosse banal. É bonzinho. Nem sequer o acho um grande jogador. È acima da média, pelo menos para a nossa média, mas apenas bonzinho.

Tudo o q tu dizes q ele é é o q a imprensa vendeu. Eu por tudo aquilo q vi, quer no fcp, quer na selecção quer no Barça ele demonstrou apenas e só ser aquilo q sempre pensei dele: um jogador bonzinho.

Mas Ricardo não te apoquentes...eu sei q estou quase sozinho neste "barco". Falar de Deco é o mesmo que tentar nada num mar revolto
:)