blog

sexta-feira, fevereiro 15, 2008

SL Benfica - Nuremberga: 1-0

Comentar os jogos do Benfica actualmente é o mesmo que fazer um copy-paste das análises anteriores. Temos sempre mais do mesmo: apatia, lentidão, sem alma, sem ideias e Rui Costa.

Antes de irmos ao jogo propriamente dito falemos primeiro da assistência: deplorável. Estariam uns 15 mil benfiquistas presentes. E se é costume dizer que "antes poucos mas bons" ontem nem isso, a tristeza da equipa contagiou as bancadas onde apenas os do costume tentaram dar réplica á impressionante moldura humana que acompanhou a equipa do Nuremberga. Fiquei com muita curiosidade para saber mais coisas desta equipa, não estamos a falar de gigantes como Liverpool, Manchester ou Celtic, estamos a falar de um clube mediano da Alemanha que trouxe mais do dobro dos adeptos que o colosso Barcelona trouxe à Luz. Simplesmente impressionante.

Sobre o jogo...enfim...que dizer que já não foi dito? Jogámos com duas torres mas não procurámos jogo pelas alas para realizar cruzamentos para a área, jogámos com duas torres mas preferimos jogar pelo super povoado meio campo, jogámos com duas torres e abusamos do pontapé para a frente e eles que resolvam. Serei sou eu a achar que aquilo não funciona? Pior que isso foi constatar que Petit está mesmo em baixo de forma e que a equipa foi incapaz de pressionar o adversário e que, mais uma vez, apenas se viu futebol quando a bola chega aos pés do Maestro. É ver Rui Costa a pegar na bola e a arrancar para a frente fintando tudo o que lhe aparece à frente e depois endossar a bola para os colegas. Tens que fazer mais uma época Rui, pelo menos mais uma. Não nos podes privar desse previlégio.

A equipa não funciona. Camacho pode meter 2 ou 3 ou 4 avançados que se eles não forem alimentados nada funciona. Os centrais têm a bola nos pés e se Rui Costa não recua para pegar na bola a única alternativa é o chutão. Bolas, estamos a mais de metade da época e continuamos a jogar desta forma? E os livres directos? Que porra de dificuldade existe em chutar directo? Sempre com toquezinhos e simulações...IRRA!!!

As substituições...o treinador alemão cedo pôs 3 jogadores a aquecer. Camacho não. Demorou uma eternidade e só colocou dois jogadores a aquecer. Custa alguma coisa perceber a vantagem em ter sempre três jogadores a aquecer? Custa perceber que três possibilidades é melhor do que apenas duas? Enfim...Quando Adu se levantou eu disse: vai entrar aos 85 minutos. Sacana do espanhol só para dizer que eu me enganei meteu o americado aos 84...

Sinceramente não acho que, individualmente, se possa dizer que os jogadores estiveram mal, não acho que tenham estado. Simplesmente não funcionamos como equipa. E é esse o problema. Somos um conjunto de jogadores que vive de rasgos individuais e que depende do que Rui Costa conseguir fazer. Ontem o maestro teve a companhia de Luisão que fez uma exibição muito boa no comando da defesa do Benfica.

Nem na UEFA nos livramos de arbitragens patéticas. Que tronco de árbitro...e até começou o jogo com as mesmas cores do Nuremberga apesar dos protestos do Rui Costa. Inacreditável. Erros completamente estupidos na análise de jogadas simples e evidentes...um disparate completo a exibição deste árbitro romeno.

Camacho diz que 1-0 é um bom resultado nas competições europeias. Claro que é. É melhor que um empate ou uma vitória por 2-1, mas um 2-0 ou 3-0 é ainda melhor não acha? 1-0 é bom se passarmos a eliminatória. Senão...

O ambiente pesado com que os benfiquistas deixaram o Estádio da Luz é bastante elucidativo do estado de alma que reina na familia vermelha e o grave é sentir que não se irá assistir a melhoras significativas nos tempos mais próximos...

73 comentários:

João Bizarro disse...

2 coisas positivas: Rui Costa e Luisão.

De resto... até o Peseiro faria melhor que isto.

PS. Calma Adu!

João Bizarro disse...

Ah pronto, exibição do Luisão justificada: Chelsea e Juventus estavam na bancada.

john billy disse...

Onde estava esse Luisão?
Foi o seu melhor jogo da época.
A crítica do Pedro é um bocado tendenciosa e não quer admitir que essa ideia de jogar com duas torres na frente não funciona.
Com os jogadores que temos só dá para jogar com 1.
Ora vamos ver: os dois pontas de lança são fixos e pouco pressionam os defesas.
No meio campo com os tais dois extremos encostados a linha pouco participam para fechar o meio-campo e ajudar os colegas do meio.
No centro temos o Rui, a quem não vamos pedir para recuperar bolas.
Resumindo ficamos com o Petit a lutar contra 5 alemães!!
Esse esquema das duas torres até pode funcionar, mas precisa de ser trabalhado na PRÉ ÉPOCA!!
Para a BWIN, o Bynia tem que fazer o lugar do Petit (completamente fora de forma) e o Maxi o lugar de Assis. No lugar de uns dos pontas de lança punha o Adu mas já sei que isso não vai acontecer...
PS: Mais um grande exibição de Quim, com pouco trabalho mas decisivo na altura certa.
PPS: Nuno Gomes, se rematasses com força para a baliza, talvez marcasses mais golos!

Pedro disse...

john as duas torres não funcionam por isso q tu acabaste de dizer. Não há jogo pelas linhas. De q serve teres avançados altos se depois não fazes jogo pelas alas, se não abres o jogo?

Para jogar da forma q jogámos ontem era preferivel meter o Di Maria ou o Adu no apoio a uma das torres. Assim é simplesmente ridiculo.

Jogar com duas torres só funciona se a equipa jogar rápido e pelas alas, cruzando muitas vezes, jogando com um meio campo de apoio capaz de receber as bolas ganhas junto à área adversária, etc. Se os jogadores atrás dos avançados não se apoiam a equipa fica partida.

john billy disse...

Pedro, o problema é que o Benfica tentou jogar pelas linhas mas não conseguiu porque perdeu completamente o meio campo. Para jogar pelas linhas temos 1º que ter a bola.
Foi um grande erro táctico do Camacho, que se deixou levar pela pressão dos adeptos e da comunicação social e alterou o seu sistema de jogo.
Alias, acho um erro mudar o sistema de jogo nesta altura da época.
Pessoalmente para jogar com dois avançados preferia que fossem tipo Liedson, Derlei. Daquelas carraças que estão sempre a atrapalhar a defesa.
Viste o Cardozo ou o Makukula fazerem isso ontem? Não, porque não são jogadores para isso.
São logo menos dois a participar no processo defensivo da equipa.

Starblade disse...

O Camacho já parece o Santolas: Alguns jogadores a arrastarem-se em campo e ele nada quanto a substituições. Ontem o Petit, Katsouranis e o Nuno Assis deveriam ter ido descansar.

O Bynia, DiMaria, Adu ou o D.Luis mereciam ter entrado (ou mais cedo).

Alexandre disse...

1-0 é bom... contra um Milan, nunca contra uma das equipas mais fracas do campeonato alemão. Também observei que afinal também chovem cadeiras com adeptos civilizados.

Agora um offtopic, mais um pedro henriques num jogo do porto na madeira, onde é que já vi este filme?

Americano disse...

Simplesmente deplorável, como eu disse há tempos noutro blog, ir à Luz neste momento entusiasma-me tanto como ir a um dentista, Rui Costa à parte.
O desespero é tal que se me dissessem que o Luis Campos vinha já para o lugar do Camacho eu ponderava arriscar. Ele, ou o Barbas, ou o Máximo, seria quase igual para mim.
Adu foge enquanto podes!!! Fala, diz à imprensa que o treinador é uma merda, pára de ser o bombo da festa desse incompetente! Chega!!!

john billy disse...

Starblade, esse comentário não deve ser teu! O Bynia nem sequer podia jogar...
Americano, o que te custa mais? Ver o Benfica a jogar mal ou ver o Adu no banco?
O ano passado nunca te vi a pedir a demissão do Santolas!

Starblade disse...

Eu sei que o Bynia nem podia jogar, mas o problema não foi só ontem. Já não é a primeira vez que vejo jogadores a arrastarem-se em campo e as substituições a tardarem ou a não serem realizadas. Já parece o filme que vi a época passada. Quando o Rui Costa der o estouro aquilo cairá tudo, especialmente se o resto da equipa não reagir por cansaço.

João Bizarro disse...

Alguém falou no Santola?

Ai que saudades... pelo menos atacávamos e criávamos oportunidades!

Isto... não é nada!

Santola, Peseiro, Luis Campos, Octavio Machado... qualquer um faria melhor que esta BOSTA.

FODA-SE.

Americano disse...

Pois não, talvez porque a equipa estava a jogar à bola, não? Eu sempre disse e mantenho que o FS não tinha jogadores de jeito para fazer a rotação de plantel, e arriscou ao utilizar sempre os mesmos, tendo perdido tudo no fim por causa disso. Mas não houve uma única equipa que veio à Luz mandar no jogo o ano passado, nem o Manchester, apesar de ter ganho o jogo. E notava-se trabalho, havia um modelo de jogo rotinado, e a equipa jogava bem. Santos tinha e tem defeitos que não muda: falta de pulso, ausência de liderança, péssima comunicação. O grande problema é que este Camacho tem todos esses desfeitos com uma agravante enorme: não temos equipa, aqueles gajos jogo após jogo parece que nunca treinaram juntos, não há uma ideia colectiva, até a pressão defensiva é feita individualmente como cada um lhe apetece. Por isso respondendo à tua pergunta, obviamente o que me custa mais é ver o Benfica jogar o pior futebol desde Artur Jorge, porque se o Benfica estivesse bem, naturalmente que os suplentes teriam de esperar a sua vez. Só que assim além de jogar mal, ou não jogar, estamos a assassinar a carreira de um dos melhores jovens que passou na Luz nas últimas décadas! Não sei se costumas ir aos jogos, mas se fores desafio-te a ver as caras das pessoas que vão lá. Ainda ontem ganhámos o jogo e as pessoas pareciam que estavam a sair dum funeral. E porquê? Ganhámos 1-0, numa prova que ainda tem 2ª mão, a uma das piores equipas da Bundesliga, desfalcada de 2 das suas vedetas (Mintal e Charisteas) e graças a um enorme frango num dos 2(!!!) remates que fizemos à baliza! Queres alguém feliz??? Eu para alegria do Jaco e do Alexandre digo-te que o Porto actual resolvia a eliminatória contra estes cepos na 1ª mão, sem ter de suar muito! E isso envergonha-me bastante, eu neste momento nem contra o Moreirense consigo sentir total confiança.
Não sei que mundo benfiquista cor de rosa vês, mas eu não o vislumbro em lado nenhum.

Ricardo disse...

Quanto à análise do jogo, já a fizeste e, quanto a mim, bem, portanto dispenso-me de mais esse martírio. Falemos de outros martírios:

- Quando se consumou a contratação de Makukula, eu elogiei a Direcção pelo feito, porque acho que, de facto, Makukula é útil a este plantel. Defendi e defendo que ele e Cardozo são jogadores diferentes. Mas enganei-me numa coisa (pelo menos por agora): não podem jogar juntos. Se Camacho continuar neste sistema de 442, que eu apoio, terá de ter um trinco de maior intensidade, Binya (pelo menos até Petit recuperar a boa forma), e um avançado móvel ao lado de um avançado, que para mim é Cardozo. Esse avançado móvel pode ser Nuno Gomes ou Di María, mas, acima de tudo, está lá aquele pretinho ganês que joga pela selecção americana, que podia entrar na perfeição nesse esquema. Na direita do ataque parece-me evidente que Maxi não cumpre (na generalidade dos jogos) os requisitos mínimos de um extremo que se pretende veloz e bom em cruzamentos e dribles. Gosto, como antes já tínhamos comentado, de Rodríguez na direita porque lhe permite diagonais em que pode usar o seu melhor pé, o esquerdo. Na esquerda, Di María, Assis (embora ele seja bem mais útil a "10" como, aliás, ontem se viu) ou Katsouranis, como médio interior. Neste último caso, seria Adu a cair mais na faixa esquerda.

- A fraquíssima adesão dos adeptos a ir ao estádio. Quando os adeptos de um clube se divorciam, perigosamente, da equipa há que fazer algo. Veja-se a nossa classificação em termos de receitas em 2007 - 26º clube europeu - para se compreender que não aproveitámos da melhor forma todo o nosso potencial. Este ano vai ser ainda pior. É certo que não podemos competir com os "tubarões" porque temos um contrato televisivo ridículo que, quando acabar, nos vai permitir negociarmos como queremos e amealhar uma fortuna, só em direitos televisivos; mas até lá, é fundamental garantir o máximo de dinheiro em assistências. Isso só se consegue com resultados e com uma equipa que empolgue os adeptos. Se continuarmos assim, este ano, bateremos todos os recordes negativos, em termos de público, no novo Estádio. O Benfica precisa de um novo ciclo. Mas de um novo ciclo organizado, coerente, capaz e estável, que dure o tempo suficiente para dominarmos internamente e podermos bater-nos de igual para igual na Europa. Potencial temo-lo, aos montes, é preciso agora ter inteligência na gestão desportiva.

Aproveito para dizer que um blogue anunciou um pré-acordo com Peseiro, caso Camacho aceite o convite da Federação Espanhola. Agrada-me, bastante. Para mim, é dos melhores técnicos portugueses. Mas só terá sucesso se estiver sustentado por um Departamento de Futebol forte, competente, conhecedor do mercado internacional, e construído por benfiquistas.

Pedro disse...

A minha (ENORME)desilusão é mesmo essa. É constatar q com Camacho não há absolutamente nada em termos tácticos, nem sequer foi capaz de aproveitar o q vinha de trás, e não há aquela garra, aquela atitude q o fez cair no goto dos benfiquistas.

O americano tem razão qd diz q no ano passado em casa mandavamos nós e houve alturas em q jogámos à brava, o losango funcionava muito bem. Santos pecou e muito na rotação do plantel e nas substituições ridiculas q fazia, era apático e sem liderança, mas a equipa jogava futebol.

Com Camacho é zero...um total zero q assusta pq os jogadores são BONS. Venha lá quem vier dizer o contrário.

John eu não sou adepto de jogar com Makukula e Cardozo, muito menos numa táctica de Camacho. Acho q em certos jogos eles podem jogar, contra um Paços ou um Leixões q se fecham lá atrás mas continuam a depender do jogo das alas, q o jogo abra para eles poderem ser servidos em condições.

Dois avançados têm q se complementar e um Cardozo tem q jogar com um avançado mais móvel. Por exemplo Liedson e Derlei são duas carraças mas perdem depois na disputa fisica com os centrais. Tb não é a dupla ideal.Apesar de q no losango essas lacunas sejam colmatadas pela dinâmica da equipa...

MFQ disse...

“Ah pronto, exibição do Luisão justificada: Chelsea e Juventus estavam na bancada.”

João

Discordo desta tua análise. O Luisão até pode não ter estado ao seu melhor nível em alguns jogos mas não podemos pôr em causa o seu profissionalismo.

Não devemos continuar a queimar os valores seguros deste plantel. O Luisão é um deles, a par do Rui, do D. Luiz, do Rodriguez e até do Quim.

Luisão foi de longe o melhor em campo e aparentemente a própria comunicação social está a embarcar nesta onda que acaba por arrastar os sócios. Quem nos dera ter o Luisão por muitos anos.

MFQ

john billy disse...

Americano, dei-me ao trabalho de pesquisar os teus comentários nos tempos dos Santolas (Pedro e João Bizarro, estranho ver tantas saudades dele depois ler os comentários da altura):
"Americano disse...
1- Se despedires todos os treinadores que não ganhem as 3 provas, vais ter a "Sportinguização" do Benfica e despedir todos os treinadores que passem por cá. Nos úlitmos 40 anos houve uma equipa que ganhou tudo (FCP de Mourinho). Mas concordo que mesmo ficando em 2º lugar o treinador deve sair.
2- Vá e não volte!
3- Espero que sim, mas até ver o Padrinho na cadeia e o clube bordel na 2ª, custa-me a acreditar.
4- Filipe Teixeira concordo, o Pedersen é uma das grandes vedetas duma equipa razoável em Inglaterra, financeiramente não é nada viável para qualquer clube português.
5- Tell me something new!!!"

Deixem o Camacho trabalhar, no fim da época há de ser julgado...

Americano disse...

"Mas concordo que mesmo ficando em 2º lugar o treinador deve sair."

John, que parte do meu comentário é que não percebeste? Eu defendi que mesmo ficando em 2º o FS devia sair. Mas nesta altura do ano passado estávamos em 2º, a jogar bem, e a ganhar pontos ao 1º, e chegámos a ter uma oportunidade de ultrapassá-los. Será que tu não percebes que este ano estamos a jogar cada vez pior???? Diz-me o último bom jogo que o Benfica fez na Luz, que te lembres! Este é o pior Benfica desde Artur Jorge, e já conseguiu pôr adeptos que detestavam o FS a ter saudades dele, será que não percebes o quanto isso é grave?!

João Bizarro disse...

mfq, obviamente estava no gozo.

Pedro disse...

"Pedro e João Bizarro, estranho ver tantas saudades dele depois ler os comentários da altura"

Caro amigo muito mais estranho eu. Nunca pensei q ficassemos pior do q no tempo de Santos. E estamos MUITO pior q no tempo do engenheiro, muito pior.

Isto não transforma a passagem de Santos pelo Benfica em positivo. nada disso. Santos continua a ser um treinador mediocre e do pior q por cá passou. Mas Camacho está a fazer pior. Quis q Santos fosse embora e quero q Camacho tb vá.

Se fores ver os meus comentários (caso não te lembres) eu sempre defendi o losango, é uma táctica q me agrada e com Santos, em tempos, funcionou muito bem. Mas depois o handicap de Santos veio à tona e destruiu a época como se já estava a prever desde o incio: a péssima gestão do plantel.

john billy disse...

"Mas concordo que mesmo ficando em 2º lugar o treinador deve sair."
Ficando, quer dizer no fim da época, não a meio.
Esse comentário foi na ressaco do empate em casa com o Braga. O Benfica já estava a jogar mal e já estava em 3º.

"Este é o pior Benfica desde Artur Jorge, e já conseguiu pôr adeptos que detestavam o FS a ter saudades dele, será que não percebes o quanto isso é grave?!"
Já reparaste que a conversa é sempre a mesma? Chegamos a Fevereiro, Março e o treinador é uma merda, o anterior não era tão mau e para o ano é que vai ser.
Deixem-lá o homem acabar a época.
Acho que chegou a altura de ouvir um discurso coerente o LFV e começar um "novo ciclo".
Um novo ciclo sem demagogias, nem mentir. Falar abertamente com os sócios e adeptos e explicar que não estamos em condições de ganhar nada, nem este ano, nem para o próximo. Que o objectivo era começar do zero e formar uma equipa para o futuro.
Contratar um director desportivo, um treinador (seja ele Camacho, Peseiro, Toni ou Santolas) e um grupo de jogadores para um projecto de 3 anos.
3 anos sem mudar d treinadores, de tácticas, de jogadores e sem pressão dos adeptos.
Será possivel no Benfica?

Americano disse...

John, mas esse novo ciclo deve ser já. Um treinador que venha não vai fazer pior, é quase humanamente impossível, e assim conhece a equipa, e quando chegar a fase final da época pode preparar todas as saídas/entradas já com conhecimento de causa real. Além de que é fundamental para reanimar os sócios que estão num profundo estado de letargia.

Ricardo disse...

john,

claro que não é possível no Benfica. É nessa incapacidade para aceitar um projecto a longo prazo (mesmo que fiquemos dois anos sem ganhar nada, a construir uma equipa) que reside o grande problema do Benfica. Vivemos de glórias passadas - caso não tenham reparado, o Benfica nos últimos 14 anos ganhou um campeonato, coisa que nunca aconteceu na História do clube, pelo menos depois de 60. Assumir que somos um clube de segunda divisão na Europa, que passamos por um momento difícil na História do clube, que há um clube chamado FC Porto que, apesar de todas as falcatruas nos anos 80 e 90, sabe ser organizado e que só com a mesma organização saberemos tirar proveitos - é isso que nos falta. Para nós, é imperioso ganhar sempre, mesmo que a realidade demonstre que somos piores do que muitas equipas. Quando humildemente apreciarmos o nosso lugar, e sempre sabendo do enorme potencial que este clube tem, estaremos mais próximos do sucesso. A autofagia do Benfica nasce, cresce e morre nos seus adeptos. Enquanto não nos organizarmos em torno daquilo que é mais importante que tudo, o Futebol, e pensarmos exclusivamente em dinheiro (que depois não aparece, porque a vertente desportiva é uma miséria), não seremos capazes de recuperar desta crítica. Basta olhar para a situação actual, para podermos retirar várias lições: apesar de ser evidente que o Camacho é um mau treinador, há quem, honestamente, ache que ele deve continuar no clube. Ora, se não somos capazes de racionalmente interpretar o (péssimo) trabalho que o nosso treinador faz, seremos capazes de ter sucesso? Parece-me que não. E atenção, falei em Camacho por ser ele o actual treinador. Porque é importante distinguir responsabilidades. As outras, as mais importantes, porque vindo de cima e são estruturais, vêm da Direcção do Benfica, mais especificamente de LFV. Por melhor trabalho que ele tenha feito ao nível do merchandising, das parcerias, da recuperação financeira do clube, a verdade é que ele despreza a questão desportiva. Despreza ou não sabe fazê-la, o que vai dar ao mesmo. O que me parece que ele ainda não entendeu é que sem uma equipa forte dentro de campo os resultados financeiros nunca serão substanciais. O que deve vir primeiro é o futebol e a equipa principal. Porque não duvidemos: com o potencial humano que este clube tem, se a equipa de futebol tiver qualidade e apresentar resultados, os valores económicos dispararão exponencialmente, fazendo do Benfica um dos clubes mais ricos do Mundo. E então é este ciclo vicioso. Para recuperarmos o futebol para o centro das prioridades do Benfica, teríamos de ter tempo para dar a um treinador competente, para que ele fizesse, com responsabilidade e método, mas acima de tudo, com tempo, o seu trabalho. Ora, ele nunca poderá fazer o seu trabalho porque os adeptos do Benfica não aceitam que alguém venha dizer que o clube vai entrar num novo ciclo, em que provavelmente nos primeiros 2 anos não ganhará nada. Ao invés, vemos o presidente do Benfica falar em "novos ciclos" a cada 15 dias. Eu vibro ainda muito com o meu clube, vibrei muito mais há uns anos atrás (ontem passou o Benfica-Leverkusen no Memória, que saudade) e tendo a querer esquecer o que no fundo, em dias mais racionais, penso: o Benfica, o clube que conhecemos como Benfica, o sentimento que todos sentimos como único por este clube... morreu.

Pedro Vagos disse...

Jonh... Não me parece que isso seja possível no Benfica. Isso pode ficar bem dito por um clube com poucos recursos e que precisa de crescer aos poucos mas sempre, sustentados em resultados que vão melhorando de ano para ano. Mas lá está... essa é uma filosofia para um Boavista, um Belém, um Braga ou um Guimarães. Quereres aplicar essa teoria ao "Maior Clube do Mundo" é pura demagogia! No Benfica joga-se e tem que se jogar sempre para ganhar (pelo menos nas competições internas)! Doa a quem doer!
Obviamente, até um clube como o nsso precisa de "cantera", mas para ir lançando jogadores todos os anos, mas sempre sustentados numa grande equipa de futebol! Tens o exemplo do Sporting... quando havia jardel e JVP (e mais alguns grandes jogadores), até o Hugo Viana parecia uma grande promessa! Quando passaram ao discurso do crescimento sustentado e de uma equipa à base da Academia... vê-se como tem sido.
(Não tenho dúvidas que com o nosso plantel, o Paulo Bento estava a disputar o título taco-a-taco com o Porto).

Quanto à questão do treinador... por muito que tenhamos gostado do Zé Tó na sua 1ª passagem... esta é para esquecer (apesar provavelmente que a equipa de entao seria no conjunto superior à actual).
Já nem falo da falta de modelo de jogo... dou-te um exemplo mais simples: Camacho "trouxe" os célebres livres à Camacho, lances estudados que resultavam em golo ou em muito perigo. Esta época não fez isso... consegues explicar porquê?

Pedro: Respondendo à tua pergunta... a melhor exibição do SLB na Luz dos ultimos tempos: O empate com o Boavista da época passada! Apesar de não termos ganho. apesar de ter sido com o Santolas no banco.

Hugo disse...

Pedro, nem F. Santos nem Camacho têm capacidade para treinar o Glorioso, porque não sabem ler o jogo, e isso é fundamental quando uma equipa atravessa momentos menos bons. O Benfica não tem fio de jogo, nem nunca teve, nem com F. Santos (que apesar disso ainda criava oportunidades empurrava a outra equipa, porque existia o Simão) nem com Camacho. O meio- campo do Benfica é lentissimo, os medios são todos parecidos, excepto claro, o GRANDE Rui Costa. Repara que são todos lentos, Katsouranis, Petit, Maxi e o Binya (que é ainda assim o mais rápido), o Benfica tem de ser rápido a transportar a bola e o unico a fazer como médio é o Rui. O Benfica não pode ir para o ataque com pontapés para a frente dados pelos defesas. Jogar com dois Pontas de Lança, só dá se jogarmos com medios rápidos, que pressionam rápido e transportam a bola rapidamente e aí tem de entrar jogadores como o Di Maria e o Rodriguez. Jogar com o Maxi à direita sem ser na defesa, é jogar sempre com menos um.
Porquê o Benfica jogar com dois medios defensivos? Servia se o segundo médio fosse um jogador que atacasse, que driblasse, que chutasse.
Infelizmente não vejo melhoras, nesta equipa, que não tenho duvidas é melhor que as equipas dos tripeiros e lagartos.
Um abraço.

João Bizarro disse...

John, não estranhas mais que eu...

João Bizarro disse...

Uma coisa impressionante é que em todas as equipas, principalmente as que lutam por titulos, pode-se começar mal mas à medida que vai havendo entrosamento a "coisa" vai melhorando.
Com este Benfica é precisamente o contrário. Estamos cada vez pior.

Parecem 11 rapazinhos que não se conhecem de lado nenhum e se juntam para dar uns toques numa bola.

Pedro Vagos disse...

"penso: o Benfica, o clube que conhecemos como Benfica, o sentimento que todos sentimos como único por este clube... morreu." - Fala por ti.

Até porque nas horas menos boas é que se vêm os adeptos. Nisso, o nosso vizinho do lado é um grande exemplo! Durante os anos de seca nunca deixaram de sentir apoio. Claro que isto também foi há uns anos... no tempo que ser da claque era uma coisa diferente do que é hoje. Isso sim pode ter morrido. Disso sim podes ter saudades.

Quanto ao resto... mais um esclarecimento, só somos da 2ª divisão europeia no que diz respeito a dinheiro. Mas isso é o custo de sermos um país pequeno. Por isso é que caímos para o 27º clube mais rico (eramos 20º no ano passado) - porque apesar de termos crescido em receitas, os outros crescem muito mais. Só o West Ham, que se safou de descer à rasquinha e na ultima jornada, recebeu + de 20 Milhões de Euros (POR UMA ÉPOCA!).

zorg disse...

>Já reparaste que a conversa é sempre a mesma? Chegamos a Fevereiro, Março e o treinador é uma merda, o anterior não era tão mau e para o ano é que vai ser.
--
Ora nem mais. É exactamente isto que eu acho. Os Benfiquistas têm de perceber que é perfeitamente normal não ganhar o campeonato este ano, porque esta é uma equipa nova. O FS deveria ter saído no final do ano passado, porque não cumpriu objectivo nenhum, com uma equipa construída e consolidada.

Este ano temos muitos jogadores novos, muitos jogadores jovens e um modelo diferente... é natural que as coisas nem sempre saiam bem! São as dores de crescimento normais.

A única coisa que o Benfica precisa é de paz e tranquilidade. Quem lê estes blogs fica a pensar que aconteceu alguma tragédia. Não aconteceu: estamos em segundo lugar, estamos na taça de Portugal e estamos na taça UEFA! Deixem o Camacho, que é um excelente treinador, fazer o seu trabalho descansado que as coisas acabarão por se compôr.

O que é preciso neste momento é apoio aos jogadores e à equipa técnica.

Senão voltamos a cometer o mesmo erro: novo treinador, novo modelo, eventualmente novos jogadores e para o ano estamos aqui a dizer que o Peseiro, ou outro qualquer, não presta para nada e é preciso é vir o próximo Messias.

Por alguma razão o Jesualdo não fez absolutamente nada no Benfica e no porto prepara-se para ser bicampeão...

Pedro disse...

E outra coisa q me faz confusão é isso do "é preciso tempo". camacho já leva 6 meses de SLB e não se vê NADA.

Eu não peço q Camacho seja campeão, peço sim q haja jogo colectivo, q exista fio de jogo, rotinas, q os jogadores saibam o q fazer em campo, q exista uma táctica. Simplesmente não há. Há uma colocação dos jogadores em campo e depois logo se vê.

Com mais de 6 meses de trabalho exige-se a Camacho muito mais, mas mesmo muito mais do q se vê actualmente. Porra...o q não falta por aí são exemplos de treinadores q entram a meio da época 8nem é o caso de Camacho) e as equipas melhoram substancialmente....

Hugo esse é um dos grandes problemas do SLB: ter um meio campo lento. E pior fica qd os elementos q dão velocidade normalmente não jogam. Binya consegue dar agilidade ao meio campo, consegue imprimir uma dinâmica q mais nenhum consegue e por isso ele, sempre q puder, tem de jogar.

"Nisso, o nosso vizinho do lado é um grande exemplo! Durante os anos de seca nunca deixaram de sentir apoio. "

Pedro Vagos esse tb é um dos grandes mitos do futebol nacional...são como todos os outros. Qd as coisas estão mal o estádio tá às moscas...até acho q são bem piores do q nós. Na época do "demo", com tudo o q de mal acontecia, o Estádio da Luz apresentava assistências muito boas...

Não é por aí...pelo menos com essas comparações.

Americano disse...

"Parecem 11 rapazinhos que não se conhecem de lado nenhum e se juntam para dar uns toques numa bola."

Essa é que é a grande questão, eu dou por mim a exclamar para a minha companheira de bola todos os jogos: "foda-se, estes gajos não treinam juntos"??? É que semana após semana não se vê nenhuma evolução, nada. Até quando há substituições, livres, vê-se tudo a falar/discutir uns com os outros, parece mesmo que se acabaram de juntar para jogar à bola.

Pedro Vagos, por muito que nos custe, tenho de concordar com o Ricardo, actualmente somos uma equipa da 2ª divisão europeia. Na última década temos apenas 2 1/4 de final de provas europeias, sendo que uma dela foi o ano passado na UEFA, que já de si é uma prova de 2ª. Até o Sporting já foi mais além! Porra, nós ontem estávamos com medo duma equipa que em breve pode ser da 2ª divisão...alemã!!!

Ricardo disse...

"Quanto ao resto... mais um esclarecimento, só somos da 2ª divisão europeia no que diz respeito a dinheiro" - não, nós somos da 2ª divisão europeia em termos de capacidade futebolística, em termos de possibilidades de ganhar alguma competição europeia.

"Por isso é que caímos para o 27º clube mais rico (eramos 20º no ano passado) - porque apesar de termos crescido em receitas, os outros crescem muito mais. Só o West Ham, que se safou de descer à rasquinha e na ultima jornada, recebeu + de 20 Milhões de Euros (POR UMA ÉPOCA!)" - É a questão dos direitos televisivos. Quando nos livrarmos do absurdo contrato que temos com o Oliveira, vamos nós negociar e vamos ganhar uma fortuna. Mas tudo isso não terá repercussão na nossa subida ao primeiro escalão da Europa se continuarmos a apostar na burra gestão desportiva que temos feito. Dou-te um exemplo: gastámos 31 milhões de euros, repartidos entre o Verão e o mercado de Inverno. Se, em vez de comprarmos quase 30 jogadores, tivéssemos comprado 3, de 10 milhões de euros cada um, estaríamos como uma equipa com mais valor. Se as pessoas que decidem o futebol no Benfica gastam dinheiro (que eles próprios tanto se auto-elogiam de ter conseguido gerar) mal gasto desta forma, não há esperança de virmos a ter uma gestão coerente e responsável. E sem essa mesma gestão nunca teremos uma equipa capaz de ganhar internamente e de lutar por títulos em competições europeias. É o ciclo vicioso.

Americano disse...

Zorg, já não te via desde as discussões sobre a brilhante gestão de carreira do Adu (nem te vou perguntar se mantens essa ideia, senão ainda me dá alguma coisinha má!), sê bem reaparecido.
Não tentem é distorcer os factos, ninguém aqui exigiu o título a Camacho. Camacho não foi campeão aquando da sua 1ª passagem, e eu e muitos que hoje o criticam, elogiaram muito o seu trabalho. O pessoal hoje em dia já só pede a possibilidade de ir à Luz e sentir algum prazer no jogo que vê, algo que pelo menos eu não sinto há muito tempo. Talvez seja só eu e as dezenas de caras tristes que vejo por lá, quem sabe.

Pedro disse...

ó Zorg...

"Chegamos a Fevereiro, Março e o treinador é uma merda, o anterior não era tão mau e para o ano é que vai ser"

Ninguem diz q Santos não é mau...diz-se é q Camacho ainda é pior. O meu chaço é melhor q o chaço do vizinho mas não deixa de ser um chaço!!!

"Não aconteceu: estamos em segundo lugar, estamos na taça de Portugal e estamos na taça UEFA!"

Pois...o ano passado dizias exactamente o mesmo do Santos. E dizias q deixem-no trabalhar...chegamos ao fim e reconheces a justiça da sua dispensa. Se calhar se temos corrigido o erro a tempo poderiamos ter ganho qqr coisa...o mesmo se passa com Camacho.

A pergunta q te fiz então faço-te agora : q trabalho de Camacho tu vês q mereça dar tempo, q te faça acreditar q as coisas serão melhores com tempo?

"Por alguma razão o Jesualdo não fez absolutamente nada no Benfica e no porto prepara-se para ser bicampeão..."

Este é um argumento desesperado...nós sabemos bem como se é campeão no fcp...até o Co Adriense foi campeão no fcp apesar de nunca ter ganho nada na vida e agora andar por aí aos caídos...

João Bizarro disse...

Zorg, em 1º lugar isso de só apareceres na semana em que dividimos as receitas do blog tem de acabar!

Em 2º, eu também sou fã do Camacho. E gostaria que ele regressasse ao Benfica.

Em 3º, uma equipa nova pode começar mal mas vai crescendo de jogo para jogo. Esta equipa está cada vez pior... O jogo de ontem foi uma lástima.
Se foi assim com o Nuremberga, com o poderoso Getafe levamos cabazada. Ou não, pode ser que o Quim não queira.

Americano disse...

"Em 2º, eu também sou fã do Camacho. E gostaria que ele regressasse ao Benfica."

Das frases mais acertadas que li esta época...

john billy disse...

Ricardo e Pedro Vagos, os adeptos não são assim tão estúpidos. É normal que eles anseiam por títulos e vitórias. Afinal não ouviram eles a promessa "do melhor plantel dos 10 anos", "do Benfica europeu", "da coluna vertebral da Selecção"? Se o discurso fosse outro, tenho a certeza que a mentalidade também era outra.
Era como uma bola de neve: o presidente tira a pressão, os adeptos já não exigem, os jogadores estão mais a vontade.
Imaginem só a pressão que caiu em cima de Cardozo, Di Maria ou até Adu ao ouvir as baboseiras já citadas?
Pedro Vagos, quando disse um grupo de jogadores para trabalhar durante 3 anos, não estava a pensar na cantera. Até podia ser o grupo de agora (com um extremo direito!) e permanecer intocavel durante uns tempos. Já chega de entrarem 15 jogadores e sairem 20.
O Camacho até pode ser uma grande merda, mas pobre é o projecto cujo sucesso depende exclusivamente do treinador.

Pedro Vagos disse...

Ricardo: O problema dos contratos televisivos é que nós nunca vamos chegar às verdadeiras fortunas que se pagam lá fora... porque o nosso mercado é muito pequeno. Agora que vamos conseguir contratos substancialmente melhores, ai isso não duvído.

Quanto ao sermos da 2ª divisão europeia, desculpem mas continuo a não concordar. Por todo o historial que temos, nunca deixaremos de ser um dos clubes mais importantes da Europa. E de qualquer forma, até os clubes da 2ª divisão europeia podem ganhar. Olha o Porto... o Sevilha... É certo que andámos um pouco mal nos ultimos tempos, nem discuto isso, mas também andámos mal (ou muito mal, se preferirem) a nível interno e nem por isso vocês dizem que deixámos de ser um clube grande!
Quanto ao resto... parece-me consensual que o tempo de Camacho se esgotou, assim como o de Santos se devia ter esgotado no final da época e não quando esta já estava começada. Assim como também já não há paciencia para o Orelhas a director desportivo (atenção, não se confunda com o resto da sua actuação, porque essa tem sido positiva - se ainda existimos, em parte devemos-lhe a ele, a Manuel Vilarinho, Mário Dias e alguns outros). Por muito estranho que isto soe, a verdade é que o Veiga está a fazer muita falta.

Americano: Não me parece que a UEFA seja uma prova de segunda. Aliás, acho até que o nível é bastante alto e acaba por até subir quando são incorporadas as equipas que caiem da Champions. Aliás o prestígio, as receitas e a qualidade da equipa do Sevilha tem subido em flecha graças à UEFA...

Pedro Vagos disse...

Jonh: "O melhor plantel dos ultimos 10 anos" não foi uma promessa. Foi uma afirmação feita quando o questionaram acerca do valor do plantel. E qualquer pessoa com um mínimo de conhecimentos de bola ( e secalhar até sem conhecimentos nenhuns) via logo aí que o homem estava tolinho! LOL - efectivamente essa afirmaçao foi infeliz e só prejudicou o grupo de trabalho.

Quanto ao projecto depender de um treinador... é pá, é inegável que o treinador é um factor importantíssimo. Quando não existem outros factores (como diz o Octávio, vocês sabem do que é que eu estou a falar...), o treinador é uma peça importante no todo que é o projecto! Claro que é fundamental uma série de outras coisas... mas olha o caso do Chelsea: o projecto já existia, mas só quando chegou Mourinho é que se transformou num projecto vencedor.

Ricardo disse...

"Quanto ao sermos da 2ª divisão europeia, desculpem mas continuo a não concordar. Por todo o historial que temos, nunca deixaremos de ser um dos clubes mais importantes da Europa" - Essa é outra questão. Somos da 1ª divisão europeia em termos de historial e de potencial como clube. Somos da segunda em termos de futebol jogado, de capacidade para ganharmos um caneco. Isto parece-me indiscutível, pedro.

"E de qualquer forma, até os clubes da 2ª divisão europeia podem ganhar. Olha o Porto... o Sevilha..." - Claro que sim, ninguém disse o contrário. O Gil Vicente pode ganhar a Taça de Portugal, mas não deixa de estar na 2ª divisão e de ter menos hipóteses que os que estão na 1ª divisão.

Pedro Vagos disse...

Ricardo: No ano passado tinhamos potencial e capacidade mais do que suficientes no mínimo para termos eliminado o Espanhol... e só não o fizemos por causa do banana que se sentava no banco.
Eu sou da opinião que os treinadores portugueses se acagaçam um bocado quando têm que ir lá fora jogar, independentemente do nome do adversário. Aconteceu isso com o Santolas... já não aconteceu isso com o Koeman, no ano antes. Nunca mais voltamos a jogar em Liverpool como fizemos com o Koeman, e isso deve-se não só à qualidade mas também à mentalidade! E foi por isso que o Porto do Mourinho chegou onde chegou... com qualquer outro treinador português eles nao tinham empatado em Old Trafford nem espetado 4 à Lazio!

João Bizarro disse...

O Koeman como se viu veio para cá fazer estágio.
Na Europa era um treinador, no campeonato outro.

zorg disse...

>Ninguem diz q Santos não é mau...diz-se é q Camacho ainda é pior. O meu chaço é melhor q o chaço do vizinho mas não deixa de ser um chaço!!!
--
E para chegar a essa conclusão baseias-te em quê?

>Pois...o ano passado dizias exactamente o mesmo do Santos. E dizias q deixem-no trabalhar...chegamos ao fim e reconheces a justiça da sua dispensa.
--
E mantenho tudo o que disse do Santos. Fui contra a contratação, fui contra a sua dispensa antes da época terminar e fui a favor da sua dispensa logo no final da época passada. Acho, e disse-o na altura, que foi um grande erro ter permitido que o FS começasse a nova época.

>A pergunta q te fiz então faço-te agora : q trabalho de Camacho tu vês q mereça dar tempo, q te faça acreditar q as coisas serão melhores com tempo?
-
Claro que sim. A solução para se construir uma grande equipa de futebol é trabalho, profissionais competentes e tempo. O que esta equipa do Benfica precisa é de tempo e tranquilidade. Mais nada.

Não é por acaso, acho eu, que o Camacho foi contratado a 2 anos: porque quem o contratou sabia perfeitamente que ia ser muito difícil conseguir resultados ainda durante este ano. Interromper isso agora, para meter um novo treinador e recomeçar tudo do zero é o erro que LFV tem cometido ano após ano. E LFV a presidente a prometer semanalmente resultados estrondosos só coloca mais pressão sobre uma equipa que precisa é de tranquilidade.

Pedro Vagos disse...

Isso também é verdade... e agora em espanha só tem feito merda... mas a mentalidade do gajo não era "à portuguesinha...." - é jogo no estrangeiro, altera-se a tactica, mete-se mais um trinquinho, um ferrolhinho, tira-se um avançado... enfim..

zorg disse...

#americano

>Não tentem é distorcer os factos, ninguém aqui exigiu o título a Camacho.
--
Então eu gostava era de perceber o que é que se exige de Camacho.

Se não é o título, é o quê, exactamente? O 2º lugar? A taça? Uma boa campanha na UEFA? É que esses objectivos ainda são todos perfeitamente atingíveis.

É que, se não se exige o título, esta contestação toda é porquê? Por causa da eliminação da taça da liga?

Americano disse...

Quando eu leio certas afirmações juro que devo andar a ver os jogos doutro Benfica! É inacreditável o branqueamento que algumas pessoas tentam fazer do futebol absolutamente miserável que estamos a praticar!!!
Foda-se, jogámos contra um dos últimos da Alemanha, que acabou de despedir o treinador, que tinha 2 estrelas lesionadas, ganhámos com um frango monumental, fizemos apenas 2(!!!) remates à baliza, acabámos o jogo com quase metade dos remates totais do adversário, os adeptos do Benfica sairam mais tristes do que os adversários do estádio... ACORDEM!!! Se isto não justifica um cartão vermelho e medidas imediatas, não sei o que será necessário! Talvez perder com o Moreirense, ou descer até ao 4º lugar, cruzes credo...

Americano disse...

"Então eu gostava era de perceber o que é que se exige de Camacho."

Exige-se que a equipa não sofra para ganhar em casa ao Feirense e ao Nuremberga, e que não empate, sem jogar bem contra o Nacional e Leixões, exige-se que quando marquem uma merda dum livre directo chutem à baliza,. exige-se mais que o chutão para a frente e a bola no Rui. Exige-se ir ao estádio e ter a esperança de ver um espectáculo decente, algo que não acontece há muito. Estamos em 2º devido à miserável campanha do Sporting, estamos na Taça porque não tivemos um único desafio muito difícil (mesmo assim 11 contra 11 contra o penúltimo classificado da Liga foi o que se viu), e estamos na UEFA porque felizmente ganhámos em Donetsk e salvámos a pele num dos poucos jogos decentes que fizemos. Mas já saímos da champions, da taça da liga, e perdemos o campeonato, e tudo isto em fevereiro.

Pedro disse...

"E para chegar a essa conclusão baseias-te em quê?"

Bolas...não está à vista de todos? O ano passado com Santos (foda-se...ao ponto q isto chegou q twnho q ir "elogiar" o Santolas...) dominavas em casa, tiveste imbativel a época toda, tinhas uma táctica consistente e q se via no jogo jogado. Agora o q tu tens? NADA. Se não fosse o facto dos lagartos ainda serem piores do q nós onde é q já estaríamos...

"E mantenho tudo o que disse do Santos"

E no fim constatou-se q tinhamos todos nós razão...da mesma forma como, infelizmente, no final iremos ver q continuamos a ter razão. Manter o erro é o pior erro possivel. Mostra-me sinais de competência nesta equipa técnica, mostra-me sinais q a equipa está a assimilar as ideias de Camacho, mostra-me para começar quais são as ideias de camacho, mostra-me algo...não digas essas frases feitas do tempo e tranquilidade. Já passaram 6 meses e não se vê nada...já chega dessa treta do tempo.

"É que esses objectivos ainda são todos perfeitamente atingíveis."

Pois...tal como dizias o ano passado com Santos. E depois foi o q se viu. Mas tu achas, sinceramente, q a jogar desta forma iremos ganhar alguma coisa??!?!

"esta contestação toda é porquê?"

Tens visto os jogos do SLB?

john billy disse...

Vamos lá ver o Alex Ferguson foi para o Man Utd em 86 e foi campeão em 93.
O Arsene Wenger foi para o Arsenal em 96 e foi campeão em 98. Desde então já passaram 10 anos, foi campeão + 2 vezes mais ninguém pensou despedi-lo.
E vocês acham que em 6 meses é o tempo suficiente para por uma equipa a jogar a bola.

john billy disse...

Pedro, para o Camacho fazer pior que o Santolas, temos que ganhar ZERO títulos (Dubai não conta) e ficar em 4º.

Americano disse...

John se quiseres perceber percebe, senão não sou eu que vou perder mais tempo a explicar-te: qualquer equipa, qualquer funcionário, qualquer tarefa desempenhada continuamente ao fim de 6 meses deve ter uma evolução positiva. Se achas que a equipa do benfica está a evoluir, seja no que for, estamos conversados.

john billy disse...

"Qualquer tarefa desempenhada continuamente ao fim de 6 meses deve ter uma evolução positiva."

Olha, a partir de agora os contractos dos treinadores vão passar a ter a duração de 6 meses. Assim nem será necessário haver despedimentos.
Se a época está perdida (no vosso entender), qual é o mal do homem ficar lá? Estão com medo que ele ganha alguma coisa?

Ricardo disse...

john,

"E de qualquer forma, até os clubes da 2ª divisão europeia podem ganhar. Olha o Porto... o Sevilha..." - Eu juro que não entendo. Tu, honestamente, achas que quem critica Camacho é por não ser compreensivo em relação a um treinador, 6 meses depois de ele ter chegado? Eu o ano passado, estava o Santos há tanto tempo como o Camacho está agora, quis que o FS ficasse. Porquê? Porque a equipa demonstrava em campo estar a assimilar o que treinava. Razão pela qual começou a jogar futebol como eu não via desde 1994. Ora, se vemos que a equipa está a fazer um bom futebol e tem resultados, tem sentido querer manter o treinador, ou não? O que é que Camacho fez para que lhe possamos dar mais compreensão? ZERO. O homem fez zero.

pedro vagos,

"No ano passado tinhamos potencial e capacidade mais do que suficientes no mínimo para termos eliminado o Espanhol..." - Pois tínhamos. E não eliminámos porquê? Porque nem sequer chegámos à área adversário (à la Camacho) ou porque a redondinha, simplesmente, não quis entrar, num jogo que dominámos e merecíamos ter ganho (bastava 1-0, se te lembras). Fora, fizemos uns primeiros 60 minutos muito maus, admito, mas depois recuperámos de um resultado de 0-3 para 2-3 e podíamos ter empatado pelo Miccoli, numa clara ocasião de golo. Não me parece atitude de portuguesinho este de ganhar motivação quando se está a levar 3 secos. Ou seja, fomos eliminados por questões em que o futebol é fértil: sorte e azar. Com o Camacho não se trata de sorte ou de azar, trata-se de incompetência. É essa a grande diferença.

zorg disse...

>O ano passado com Santos (foda-se...ao ponto q isto chegou q twnho q ir "elogiar" o Santolas...) dominavas em casa, tiveste imbativel a época toda, tinhas uma táctica consistente e q se via no jogo jogado.
-
No ano passado tinhas uma equipa construída, que já jogava junta há algum tempo.

>Agora o q tu tens? NADA. Se não fosse o facto dos lagartos ainda serem piores do q nós onde é q já estaríamos...
-
Este ano tens uma equipa nova, com muitos jogadores jovens e um sistema diferente que, ainda por cima, não fez uma pré-época adequada, porque mudou o treinador à 2ª ou 3ª jornada.

Hugo disse...

No ano passado jogávamos alguma coisa pq tinhamos o Simão, essa é a grande diferença. Qd o Simão se lesionou fomos ao fundo...

Ricardo disse...

* a frase a que me refiro do johnny é esta: "E vocês acham que em 6 meses é o tempo suficiente para por uma equipa a jogar a bola", não a que está no início do comentário anterior.

Ricardo disse...

"Se a época está perdida (no vosso entender), qual é o mal do homem ficar lá? Estão com medo que ele ganha alguma coisa?" - Preparar a próxima época. É só isso. Preparar a próxima época. Além de que, por este andar, chegas ao final da época com 500 pessoas no estádio, o que não agradará muito ao Domingos Soares de Oliveira, não sei se estás a ver...

john billy disse...

Ricardo, não, não acho suficiente.
Se fosse suficientes não havia contractos de 2, 3 anos.
Desde os tempos do 1º Camacho que o plantel nunca perdia mais de 1 jogador titular. Este ano perdemos 3 jogadores mais o Manuel Fernandes. Como se não bastasse esse facto a pré época foi feita a contar com o Simão e o Manuel Fernandes (chegou-se ao cúmulo de vender o Manuel Fernandes no dia do jogo da pré-eliminatória do LCE!!).
E quando digo que perdemos 3 jogadores temos que ver quem são.
SIMÃO: o melhor jogador do campeonato português, o capitão e o melhor jogador do Benfica dos últimos 10 anos.
MICCOLI: Internacional italiano (basta dizer isso), um dos melhores pontas de lança que passou no futebol português.
KARAGOUNIS: Campeão europeu, incansável a recuperar bolas, uma grande ajuda tanto a defender como a atacar.
O que tivemos para substitui-los? Uns 20 jogadores onde nem um tinha experiência do futebol português.
E, colmo dos colmos, o despedimento do Santolas a 2ª jornada!
Vocês têm noção da pré época completamente absurda que fizemos? Vocês pensavam mesmo que não ia deixar marcas no resto da época?
E enquanto está tudo ocupado a bater no Camacho, ninguém fala do Orelhas.

john billy disse...

"Preparar a próxima época. É só isso. Preparar a próxima época."

Ricardo, até a próxima época ainda faltam uns 6 meses. Tempo mais que suficiente para queimar outro treinador.

Pedro disse...

Zorg achas q isso tudo o q tu dizes é motivo para q o Leixões, o Paços, o Estrela, etc pratiquem melhor futebol q o Benfica?!?!!?

"Se a época está perdida (no vosso entender), qual é o mal do homem ficar lá? Estão com medo que ele ganha alguma coisa?"

A época está perdida por isso há q pensar já na próxima. E meter já um treinador a pensar na próxima para ele perceber o q tem e saber o q pretende para a próxima. Simples. Demasiado simples. Senão voltamos outra vez ao mesmo....Camacho começa a próxima época e aos primeiros desaires é corrido. Porra...isto é um deja vu...tive exactamente este discurso por causa do Santos...

Pedro disse...

"Vocês pensavam mesmo que não ia deixar marcas no resto da época?"

Por isso é q pedi exaustivamente para q Santos fosse corrido cedo. É por isso q peço q Camacho saía já...para não termos essas convulsões.

E mesmo assim isso não desculpa Camacho. Isso da "equipa nova" é uma treta...uma treta pegada. Ao fim de seis meses qqr equipa tem q mostrar mais do q aquilo q o Benfica mostra...o americano é claro no seu argumento: em qqr trabalho tu ao fim de 6 meses tens q mostrar evolução. Mas está tudo doido!?!?!?

O Orelhas tem culpa de o Adu não jogar? Do jogo do Benfica ser o chutão para a frente? De não explorarmos a alas? De o Di Maria entrar e ir para a direita? De os avançados jogarem sem apoios? De não haver compensações defensivas do Rodriguez? etc etc

Mostrem-me algo, e não simples conversa, mostrem-me algo q me faça acreditar q Camacho pode obter resultados no Benfica....mostrem-me...é isso q peço.

john billy disse...

"O Orelhas tem culpa de o Adu não jogar? Do jogo do Benfica ser o chutão para a frente? De não explorarmos a alas? De o Di Maria entrar e ir para a direita? De os avançados jogarem sem apoios? De não haver compensações defensivas do Rodriguez? etc etc"

Tem. Todas as rotinas de jogo, todo o trabalho táctico é preparado na pré época. Não em Fevereiro que o Camacho vai treinador novos modelos de jogo. Fê-lo ontem e vê só as criticas que recebeu.

"Por isso é q pedi exaustivamente para q Santos fosse corrido cedo. É por isso q peço q Camacho saía já...para não termos essas convulsões."

O Santolas devia ter sido despedido no fim da época (alias nem sequer devia ter vindo para o Benfica mas essa é outra questão). Se o Camacho tem que ser despedido, que seja em Maio.
Parece que já esqueceste aquele génio que despediu o Toni (depois de ter sido campeão) por ter o Artur Jorge (!!!!) apalavrado.
Em Maio temos tempo suficiente para planear a próxima época.

Pedro disse...

E entretanto esta some-se por entre os dedos....

Ricardo disse...

Um excelente artigo do jornalista e benfiquista José Marinho:

http://eternobenfica.blogspot.com/
2008/02/
quatro-linhas-2-salir-jogar.html

Anónimo disse...

Concordo com o J.Billy e o Zorg.

Estrangeiro.

MFQ disse...

Identifico-me totalmente com o comentário do Americano “4:32 PM”.

Ao Camacho exige-se ainda que não desvalorize os activos do clube que lhe foram confiados. E é isso que tem vindo a acontecer. Salvo raríssimas excepções o plantel desvalorizou significativamente sob o comando de Camacho.

Ainda assim, sou de opinião que o técnico não deverá ser afastado por iniciativa da direcção antes do fim da época. Isso não invalida que a próxima não venha a ser preparada com esta a decorrer, sob o comando de outra equipa técnica, lá para Maio.

Há no actual plantel jogadores nucleares que pela sua valia, pelo espírito de grupo, pela capacidade de liderança e motivação, devem continuar no Benfica. Casos de Luisão, David Luiz, Léo, Rodriguez, Petit, Quim, Moreira, Binya, Makukula, Cardozo, Di Maria, Nuno Gomes, Nelson, Max (porque pode fazer bem o lugar de lateral direito), o Kats (se mostrar o empenhamento da última época), o F. Adu (se continuar evoluir para um futebol mais táctico e físico). No caso do Rui Costa compreendo e aceito a sua decisão de sair em grande no fim desta época. Não gostaria de o ver arrastar-se em campo. É um símbolo que temos de preservar.

MFQ

Pedro Vagos disse...

Jonh, se a falta de rotina de jogo fosse um problema para o Camacho, se não fosse antes, por altura da pausa de Natal ele pura e simplesmente tinha dito: meus amigos, não há férias no estrangeiro para ninguém, ficam cá todos porque vamos fazer uma mini-pré-época para rotinarmos novos métododos de trabalho. O que é que ele fez? Ainda os jogadores nao tinham apanhado o aviao e já ele estava em Múrcia.
Se a culpa no ano passado foi de termos perdido o Simao o Miccoli e o Karagounis, para o ano que vem vai ser de termos ficado sem o Rui Costa, o Léo e sem o Rodriguez... e no entanto, nem uma unica vez ouviste o treinador a assumir publicamente que queria esses jogadores na próxima temporada. Nada. O homem, ao contrário do que todos julgávamos ser a sua filosofia de vida, desta vez veio para cá passar férias! Eu sei que ele apanhou um plantel novo, com a pré-temporada feita pelo Santolas, desmembrado pelo Vieira... Mas ainda teve tempo de contratar alguns jogadores (em quem agora insiste como se não houvesse mais ninguém)... e se pensarmos que ainda queria o Soldado (esse grande ponta de lança espanhol), estamos conversados.
Evoluçao Zero. É que já nem os livres ele sabe treinar como antigamente...
Por mim ele saía já. E se nao querem correr o risco de queimar outro treinador nestes seis meses, ponham o Cahalana a principal.
Mas lembro-te que quando Mourinho foi para o Porto, também correu o risco de ser queimado nos primeiros seis meses... depois foi o que se viu.

Starblade disse...

Para termos um novo ciclo há que correr com o cabrão do orelhudo andrade, vendedor de pneus e de banha da cobra, pois é ele o grande responsável pelo descalabro que se verifica esta época. Desde ter ido buscar 23 jogadores novos, despedir o treinador após 1 jornada quando o deveria ter feito em Maio, vender ao desbarato o Simão, Kara e deixar saír o Miccoli, ter gasto 31 M € para vermos esta miséria.

E nada do que ele fez esta época é novo, digamos apenas quer como já não tinha o Veiga (que passou de excelente profissional a ingrato sem carácter) nem o Santolas (que passou de aposta pessoal que não saía a ingrato sem carácter) é ele que tem que vir dar a cara por toda a merda que faz. Os outros dois bodes expiatórios já foram queimados. O Camacho está a ser queimado em lume brando e o próximo será o Rui Costa, enquanto o vendedor de promesas lá se vai safando.

MFQ disse...

Tenho de concordar com os argumentos do Pedro Vagos. Pelo menos em boa parte deles. A opção Camacho revelou-se um erro. Pela minha parte nunca a defendi abertamente mas tolerei-a quando inicialmente se colocou tendo em conta a sua anterior passagem pelo SLB.

Já quanto à sua saída a meio da época, sou de opinião que a Direcção não deve tomar essa iniciativa mas também não deve fazer nada para a evitar. Chalana no período de transição seria uma boa escolha caso Camacho se demitisse.

MFQ

john billy disse...

"para o ano que vem vai ser de termos ficado sem o Rui Costa, o Léo e sem o Rodriguez... e no entanto, nem uma unica vez ouviste o treinador a assumir publicamente que queria esses jogadores na próxima temporada."

Houve uma entrevista ao Camacho no Público (Quarta salvo erro) em que afirma precisamente o contrário.
A qualidade do futebol é zero mas era um grande erro despedi-lo actualmente.
Ainda há 2 taças e um 2º lugar a defender. Um troca de treinadores ia ainda mais destabilizar o plantel.

Ricardo disse...

Ainda há duas taças? Mas tu achas que há alguma hipótese de o Benfica ganhar a Taça Uefa? Esse argumento de que ainda temos muitas coisas por que lutar é muito cómico. Já fomos afastados da Taça da Liga e da Champions, o campeonato está perdido, temos o quê? Luta pelo segundo lugar e Taça de Portugal. São os únicos objectivos realistas que o Benfica tem, neste momento. Taça Uefa? Não a ganhámos com grandes equipas e grandes treinadores e vamos ganhá-la com o Camacho e uma equipa que não faz uma jogada colectiva de jeito? Se passarmos o Nuremberga, dá-te por sortudo...

Ricardo disse...

"Esperamos entrar no campo para ganhar e é isso que vamos fazer. Se tivermos sorte e marcarmos golos, ganhamos, mas se não fizermos golos será mais difícil" - Camacho, 16 de Fevereiro de 2008

É certo que os comentários futebolísticos geralmente primam pela simplicidade, mas este homem é o Rei dos discursos que não dizem nada ou dizem verdades óbvias. Dizer que, se não marcarmos golos, [a vitória] "será mais difícil" é de génio.

Jorge Bostista disse...

Sem querer ofender ninguém, mas os fãs incondicionais do Camachadas e os defensores da ideia que o Benfica tem um plantel fraco, que são os mesmos, começam a cair no ridículo sinceramente.

Jorge Bostista disse...

Queria esse grande craque que é o Soldado e queria aquele outro espanhol o Oubi que jogava no Celta de Vigo um jogador muito bom aparentemente, dado a lesões, que ninguém conhecia e baratinho: afinal só custava 10 milhões de euros. E também queria o Chevanton e o Tiago contratados em Janeiro. Sacana do Benfica que joga no pobre campeonato português e que não contratou os jogadores que o Camachadas queria.