blog

quinta-feira, março 13, 2014

Tottenham - SL Benfica: 1-3

Magistral.

Sou um dos mais acérrimos críticos de Jorge Jesus mas hoje tiro-lhe o chápeu. O jogo desta noite, em White Hart Lane, era o primeiro grande teste de fogo para o treinador do SL Benfica e Jorge Jesus passou com nota máxima. Mais uma vez as mexidas da equipa não mudaram uma vírgula à estrutura da equipa que vemos no campeonato, jornada a jornada, e o Benfica mostrou a mesma solidez defensiva e o mesmo apetite atacante. Jorge Jesus encarou este jogo como era devido, jogou para ganhar, venceu o duelo táctico. Finalmente!!!!!

Enorme jogo da nossa equipa sem nunca temer os habituais 15 minutos iniciais muito intensos em Inglaterra para as equipas da casa. Uma clara demonstração de confiança e crença nas suas capacidades. Sulejmani, Cardozo, Amorim, Sílvio entraram num jogo destes e a equipa manteve toda a sua coesão. Amorim é um jogador fabuloso e de enorme utilidade, Sulejmani foi uma flecha que desbaratou a defesa inglesa, Sílvio esteve impecável e Cardozo, claramente fora de forma, mas com muito futebol nos pés sempre que toca na bola. Fejsa e Oblak começaram um pouco nervosos mas rapidamente entraram nos eixos e o centro campista acabou mesmo por encher o campo com uma estrondosa exibição. E o que dizer da forma do capitão Luisão? Incrível. Enorme. Merecidos os dois golos.

Resultado excelente que nos permite encarar a segunda mão com alguma tranquilidade e uma gestão mais confortável do plantel. Temos agora um jogo muito complicado na Madeira onde podemos pôr os principais jogadores (Fejsa estará de fora por castigo) e depois gerir na próxima quinta feira já a pensar na jornada seguinte. Não está ganho, nada disso mas o plantel do Benfica dá garantias. A Liga Europa é uma competição para ganhar. Não se exige a conquista mas exige-se empenho e atitude e isso hoje tivemos de sobra. É assim que gosto de ver o Benfica. Hoje fomos Benfica. 

A arbitragem foi normal, sem casos. Sílvio não poderá jogar na segunda mão devido ao amarelo que levou.

Fabuloso o comportamento dos adeptos benfiquistas. É lindo ouvir aquela festa na TV. Um privilégio para quem lá está. Um dia também lá estarei.

23 comentários:

Lúcio Gomes disse...

Mais uma página gloriosa a nível europeu do nosso Benfica. Noite quase perfeita! Só não foi perfeita por causa do JJ, brilhante na preparação do jogo, vergonhoso no 3º golo do Benfica...e essa é a imagem que vai ficar desta noite! É pena...até se estava a portar bem!

Anónimo disse...

És um dos mais acérrimos críticos do JJ e hoje tira-lhes o chapéu? Olha a lata! É preciso ter mesmo muita lata! Devias era ter vergonha daquilo que escreves! Eu e muitos benfiquistas não esquecem!


Pedro disse...

LOL

Antonio Vieira disse...

Enormes! Que grande jogatana :) mas se me permites, só discordo de uma coisa na tua análise.. A liga europa é para ganhar, tal como o campeonato e taça de portugal. Agora é ganhar na madeira sem grande alarido para carimbar de vez o 33 :) carrega Benfica, a festa está quase a rebentar por esse país e mundo fora :)

V. Branco disse...

Por comentário como o seu Lúcio Gomes, que faz questão de falar no assunto.
Não, não é, fica a enorme exibição, um Benfica que transpira confiança, um Benfic aqwue joga em qualquer campo sem medo e para amrcar e ganhar. E isto é tudinho obra do treinador. A besta que teve um gesto pouco bonito é a mesma que motiva Enzio Perez, que fez de Matic o que é, qye já faz de Fejsa o que está à vista, que "ensinou" Giatán a defender (o mesmo fará com Markovic, caso tenha tempo) e por aí fora!
O mesmo que ganha em campos onde nunca havíamos ganho, onde nenhuma equipa portuguesa havia ganho.
Carrega querido Benfica!!

Pedro disse...

António Vieira, a Liga Europa é para ganhar mas não é garantido por isso, o importante, é lutar para ganhar, jogar para ganhar.
E isso o SLB fez em Londres.
:)

João disse...

ya! Pedro! devias ter vergonha fogo, quem es tu para ter uma opinião diferente dos outros e admitires quando tas errado? FG gente como tu devia arder no inferno :P

Pedro, concordo em absoluto, ultra personalizada exibição do Benfica finalmente como dizes as ideias de JJ a serem transferidas para o campo. Problema dos jogadores nas epocas anteriores? talvez, já aqui se discutiu muitas vezes que JJ às vezes "foge-lhe po chinelo" palavras de Ribeiro Cristovão, hoje foi so no gesto po Tim-Tim menos mal que nao foi para o jogo mas la está hoje é so isso que lhe critico a arrogancia fora de campo, antes assim...

abr

zorg disse...

Essa tua concepção de futebol diverte-me. O JJ não ganhou o jogo por ter ganho o duelo táctico, seja lá o que isso for. Aliás, o Benfica jogou com a configuração táctica habitual, que tu tanto abominas.

O Benfica ganhou o jogo de ontem porque é melhor equipa. E isso resulta da qualidade dos jogadores, claro, mas também do trabalho continuado e competente do JJ e da sua equipa técnica, semana após semana, mês após mês, ano após ano. O que garantia ao Benfica elevadas probabilidades de fazer um bom resultado em Londres é esse trabalho, não é se entra com o Cardozo ou o Lima, ou se mete o Gaitán ou o Djuricic.

Pedro disse...

Portanto a qualidade dos jogadores é importante mas é irrelevante se entra A ou B. Um pouco confuso mas tudo bem.

A táctica que abomino é a táctica responsável pelo fracasso dos ultimos três anos. São factos que tentas ignorar mas isso não é problema meu.

É factual que o Benfica tem, neste momento, um modelo táctico diferente, o jogo colectivo é diferente. Se não o queres reconhecer tb não é problema meu.

Claro que o SLB ganhou pq é melhor equipa, mas ao contrário de muitas outras vezes, ontem foi o colectivo que ganhou o jogo e não as individualidades e isso é que me alegra e isso sim mostra trabalho do treinador. Daí os meus elogios que adorava que fossem constantes.

Esta excelente vitória não anula os erros do passado. Erros que tu continuas a ignorar mas, volto a repetir-me, não é problema meu.

Se o Passos Coelho hoje tomar uma decisão correcta não o vais elogiar por todo o mandato pois não? A situação é a mesma.

Os defensores do Passos tb usam os números recentes para elogiar o seu trabalho...
;)

Álvaro disse...

Mas ele tem razão em relação à táctica, tu contradizes-te pq sempre te vi defender q devia jogar com 3 homens no meio campo e q com dois dava barracada, ora este ano os tais 3 só são utilizados qd já tá a ganhar, como hoje qd meteu o enzo para apoiar o amorim e o fejsa qd tava 1-2. portanto a tal táctica q tu abominas, o 442, tem dado frutos. agora o q mudou e isso é outra conversa e n táctica mas sim filosofia de jogo q ele implementou nas cabeças dos jogadores, o tal ensinamento dos jogadores mais ofensivos a defender como dizia aí o v. branco, coisas como o rodrigo descer e ajudar no meio campo, os alas a apoiarem os laterais e o próprio meio-campo e o sujleimani ontem foi fabuloso nisso, o cardozo n tá em forma mas é mais um dos q sabe defender, o próprio fejsa q no inicio era uma coisa e agora é outra, mesmo com a bola nos pés a sair a jogar, etc etc, por isso a questão n é tacticamente mas sim filosoficamente, de filosofia de jogo, de entreajuda de todos os jogadores pq na verdade a táctica é o 442 mas lá dentro, com o decorrer do jogo e face às variadas situações eles transformam-se assim como a táctica. o jj pode ter mts defeitos e um deles (coisa q este ano tá a surpreender pela positiva) é ser cagão contra equipas teoricamente mais fortes, é ser um bocado bazófias, vaidoso (mas vaidosos tens exemplos bem piores como mourinhos ou o merdoso do vilas boas q n vale a ponta dum cigarro e pensa q é alguma coisa), mas temos de ser realistas e justos e dizer q é um treinador q sabe potenciar os jogadores, é um treinador q tem aprendido com os próprios erros e tem feito um bom trabalho ainda q o ano passado tenha perdido tudo daquela forma vergonhosa e humilhante.

Anónimo disse...

Tal como aqui tinha escrito bem antes do jogo, o Benfica não teve dificuldades em vencer os Spurs. Eles pura e simplesmente não têem ideias em campo + um treinador completamente perdido. E podiam ainda ter levado mais. O Benfica não precisou de fazer um jogo brilhante para chegar aos 3 golos.

Pedro disse...

Álvaro, não há contradição alguma. O 442 de JJ esmaga 90% dos adversários que defronta mas mostrou-se insuficiente para os restantes 10%. O 442 de JJ mostrou muitas vulnerabilidades perante adversários fortes ou quando povoavam bem o meio campo. É só olhar para os 4 anos de JJ (e até mesmo o inicio desta época). Perante essa vulnerabilidade que nos custou titulos eu defendo que o 433 é uma táctica mais coesa, que protege melhor a equipa e tivemos, ao longo destas épocas, exemplos disso mesmo. Por isso critico a insistência no 442.

Acontece que este ano o mesmo 442 tem mudanças de postura, os alas estão muito mais interiores do que antes. Há uma maior ligação e apoio dos alas no meio campo, como consequência, o SLB não tem o carrossel ofensivo mas tem muito mais coesão e posse de bola.

Ou seja, tudo aquilo que antes eu apontava como falhas na táctica do Benfica.

É engraçado que hoje todos dão loas a essas mudanças tácticas e apontam-nas como as responsáveis pela boa época. Mas eram essas as mudanças que eu pedia. Um 433 dava-me essas mudanças. JJ conseguiu que o 442 as desse. Óptimo, que seja para continuar.

Eu não tiro méritos a JJ mas incomoda-me que muitos não vejam as suas falhas.

Álvaro disse...

atenção q eu vejo as falhas, e critico qd tenho de criticar (até pq continuo a ter as minhas reservas qt a ele), mas temos de ser coerentes e apontar tb as coisas boas, temos de ver q, inclusivamente o ano passado o Benfica tava a ter uma época brilhante como ele dizia, e n me parece q o descalabro tenha sido resultante da tática mas sim duma euforia colectiva q se alastrou (se n tiver começado) ao próprio JJ q n soube acalmar e por os pés bem assentes no chão como tá a fazer este ano. e além disso n tinha as soluções q tem este ano e naquela altura a equipa tava arrebentada fisicamente..

há q dizer as coisas e tá a vista q o homem é bom treinador, mas lá tá, ele n tava habituado a treinar um clube grande, ele chegou ganhou logo e meteu logo naquela cabecinha q bastava treinar e mandar uns bitaites pra imprensa e era sempre campeão, e ao fim deste tempo ele mudou, ele aprendeu com os erros e isso, se for pra durar, é bom e como nosso treinador q é só temos de o apoiar. confesso q devido ao final de época eu tinha-o posto a mexer e dp do inicio desta ainda pior mas o gajo tem-me surpreendido, até no discurso q tem tido, coisa q só me diz q o basófias q era mudou alguma coisa.


isso q dizes dos alas interiores foi o q eu disse e nisso tamos então de acordo, a equipa é mais equipa n abdicando do sistema tático com dois avançados, isso é bom, o próprio fejsa q pra mim ainda defende melhor q o matic é uma pedra nuclear para esse funcionamento do sistema tático (já pra n falar do enzo q pra mim já o ano passado era o melhor jogador do Benfica).

bem, o q interessa é q o GLORIOSO seja campeão e acho q temos tb condições para, pelo menos, ir à final da liga europa.

CARREGA BENFICA

zorg disse...

>Portanto a qualidade dos jogadores é importante mas é irrelevante se entra A ou B. Um pouco confuso mas tudo bem.
-
Não é irrelevante se entra A ou B, mas não é por entrar A ou B que o Benfica ganha ou perde jogos. É importante que existam opções de qualidade para que em cada momento possa jogar quem está melhor. Agora não se ganham ou perdem jogos por ter jogado o Cardozo em vez do Lima, ou o Sálvio em vez do Markovic. Também não é suficiente ter bons jogadores para se ter uma boa equipa. Queres um exemplo de um conjunto de jogadores excepcional que não é uma boa equipa? O Tottenham.

>A táctica que abomino é a táctica responsável pelo fracasso dos ultimos três anos. São factos que tentas ignorar mas isso não é problema meu.
-
Não é nenhum facto que a táctica seja responsável pelos fracassos dos últimos três anos. A tua interpretação dos factos que, no meu entender é errada , é que atribui à táctica os fracassos.

>É factual que o Benfica tem, neste momento, um modelo táctico diferente, o jogo colectivo é diferente. Se não o queres reconhecer tb não é problema meu.
-
O Benfica joga em 442 na maior parte dos jogos, como sempre jogou com JJ, A forma como joga é diferente da forma como jogava no ano passado? Claro que é, porque a equipa também é diferente. Entraram jogadores novos que são titulares com frequência (Fejsa, Siqueira, Rúben Amorim, Sílvio e Markovic, por exemplo) e há jogadores que já faziam parte do plantel no ano passado, mas que estão em momentos muito diferentes este ano (Cardozo e Rodrigo serão provavelmente os maiores exemplos disso). É evidente que tudo isto tem impacto na forma como a equipa joga.

>Claro que o SLB ganhou pq é melhor equipa, mas ao contrário de muitas outras vezes, ontem foi o colectivo que ganhou o jogo e não as individualidades e isso é que me alegra e isso sim mostra trabalho do treinador. Daí os meus elogios que adorava que fossem constantes.
-
É sempre o colectivo que ganha ou perde jogos. Não é possível meter 11 jogadores em campo e ganhar jogos ao nível a que o Benfica joga.


>Esta excelente vitória não anula os erros do passado. Erros que tu continuas a ignorar mas, volto a repetir-me, não é problema meu.
-
O Benfica no ano passado por esta altura tinha mais 3 pontos, mais 16 golos marcados e mais 1 sofrido, no campeonato. Também estava na luta em todas as competições e também tinha acabado de fazer um excelente resultado contra uma equipa forte na Liga Europa.

Perante isto, que erros é que foram corrigidos? É que a grande diferença do ano passado para este ano é que o porto está miuto mais fraco (no ano passado estava a 2 pontos, este ano está a 9). Os erros que foram corrigidos afectaram o rendimento do porto?

>Se o Passos Coelho hoje tomar uma decisão correcta não o vais elogiar por todo o mandato pois não? A situação é a mesma.
-
Se o Passos Coelho tomar uma decisão correcta, os problemas do país não se vão resolver de um momento para o outro, porque o trabalho também tem de ser continuado. Se o JJ não fosse um treinador competente, uma decisão correcta não faria do Benfica uma boa equipa por um jogo. O que tu não compreendes é que o que a equipa do Benfica vale em cada jogo é resultado de um trabalho continuado e prolongado no tempo, não é o resultado de se decidir alinhar em 442 ou 433, ou de meter o gaitán ou o sulejmani nesse jogo.

>Os defensores do Passos tb usam os números recentes para elogiar o seu trabalho...
;)
-
Não é possível apresentar números para elogiar o trabalho do Passos Coelho. Aliás, é pela análise dos números que se percebe que a estratégia é errada. O que se costuma fazer é tentar mascarar números, que é algo diferente.

Mr. Shankly disse...

Eu concordo com o zorg. A propósito, no 3º ano do Jesus acho que jogávamos mais em 4-3-3, e perdemos na mesma. E no primeiro foi sempre em 4-4-2 e ganhámos. A táctica interessa pouco, interessa é a dinâmica e qualidade. Achas que Jesus ganhou finalmente um duelo táctico, mas pareceu-me que em casa contra Porto e Sporting já o tinha feito, não? E noutros, em que isso não se notou porque a diferença de qualidade individual era grande (por exemplo, Estoril) ou porque perdemos (Olympiakos, fora).

Acresce que JJ começou a época com uma equipa de rastos psicológicamente, e perdeu o primeiro jogo. Se alguém manteve a calma e a confiança foi ele. E merece o bom momento que vivemos, tal como não merecia o ano passado o que nos aconteceu.

Pedro disse...

Zorg,

"Se o JJ não fosse um treinador competente"

JJ é um treinador competente e por isso o SLB ganha tantas vezes. O problema é que isso não tem sido suficiente. Ou seja, JJ não é competente o suficiente para levar o SLB ao sucesso (e sucesso é conquistar titulos, ponto final). Se, ao fim de 4.5 anos, finalmente percebeu o que fez de errado e corrigiu, óptimo. Veremos se isso nos trás os tão desejados títulos. Como bem lembras, ainda não ganhámos nada.

Sim, o demérito do fcp foi fundamental para este novo Benfica. A quebra deles permitiu recuperar pontos (numa fase em que estavamos a jogar muito mal mas Cardozo resolvia) e ganhar confiança.

Shankly, jogámos esporadicamente em 433 nunca de forma sistemática. No primeiro foi em 442, com Ramires e Amorim como ala direito, que faz toda a diferença e mesmo assim eram visíveis as vulnerabilidades.

"mas pareceu-me que em casa contra Porto e Sporting já o tinha feito, não?"

Não no sentido que refiro. A minha crítica é que JJ não ganha a adversários de peso, de nível semelhante ou superior. Este fcp não é, nem por sombras, o fcp do ano passado, é muito mais fraco com um meio campo muito mais débil, quando no passado era o seu ponto forte. E o scp nem entra em discussão. Por isso digo q este foi o primeiro grande teste de JJ esta época. A este "novo" Benfica.

zorg disse...

>O problema é que isso não tem sido suficiente. Ou seja, JJ não é competente o suficiente para levar o SLB ao sucesso (e sucesso é conquistar titulos, ponto final). Se, ao fim de 4.5 anos, finalmente percebeu o que fez de errado e corrigiu, óptimo. Veremos se isso nos trás os tão desejados títulos. Como bem lembras, ainda não ganhámos nada.
-
O sucesso do SLB não depende só do treinador e dos "erros" que possa cometer. O facto de não se ter ganho nada no ano passado não significa que isso se possa atribuir a "erros" do treinador, nem muito menos que, depois de corrigidos, o sucesso seja garantido. O Benfica no ano passado fez uma grande época, em que teve o azar de ter encontrado um porto também a um nível altíssimo. O campeonato acabou ppr se decidir num acaso, em que o porto teve mais sorte. Isto não retira nenhum mérito à equipa, que teve um rendimento altíssimo, nem ao JJ como responsável máximo da mesma.

O Benfica não perdeu o campeonato por ter jogado em 442, por ser demasiado ofensivo ou defensivo, ou por ter jogado o jogador A ou B. Perdeu, porque teve um adversário muito forte, menos desgastado por ter sido pior nas outras competições, e que acabou por ter mais sorte. Com um treinador menos competente, o Benfica teria ficado afastado das decisões mais cedo.

SLB4EVER disse...

Foi uma vitória importante e bem conseguida em um jogo bastante empolgante!
Não me surpreendeu e não considero que este jogo sirva para tirar grandes conclusões, o plantel do adversário é caríssimo mas longe de excepcional (o nosso é superior) e com claros desiquilbrios, fora isso a equipa vive um momento conturbado e tem um treinador inexperietne ao leme. Quando o JJ nas suas ideias conseguir manietar treinadores cínicos ao estilo do Benitez aí eu rendo-me ao mestre...
O Luisão ganha a taça, enorme!

A equipa atravessa um bom momento é preciso aproveitar, temos que despachar é o campeonato o mais rápido possível para então nos podermos focar na Europa sem distrações ao contrário da época anterior, o Nacional vai ser complicado e muita fruta vai rolar, se tivemos algumas benesses arbitrais este é um jogo em que se tem que contar com o pior e não vacilar!

JJ continua a não mostrar qq respeito pela sua equipa técnica, as suas bravatas com treinador adversário tolero agora já começa a ser enervante

Pedro disse...

Zorg, o SLB perdeu pq foi incapaz de vencer o adversário directo. Não perdemos só por erros do treinador mas também. E os erros do treinador nós podemos e devemos corrigir. Essa é uma das variáveis que está ao nosso alcance melhorar. Tão simples como isso.

"Com um treinador menos competente, o Benfica teria ficado afastado das decisões mais cedo."

Com um treinador mais competente o Benfica teria ganho títulos.

SLB, eu disse primeiro teste de fogo, não disse que estou rendido. Temos dois jogos no Dragão, em breve, para JJ "aproveitar" essa oportunidade. :)

zorg disse...

>Com um treinador mais competente o Benfica teria ganho títulos.
-
Não podes afirmar isto. Nenhum treinador pode garantir títulos, porque há muitos outros factores em equação. O que um treinador competente pode conseguir é construir equipas fortes, capazes de tirar partido da matéria prima que têm ao dispôr. E isso o JJ tem feito ano após ano, na minha opinião, com excepção do seu segundo ano de Benfica, onde acho que houve erros de planeamento a vários níveis.

Pedro disse...

Eu não posso dizer, mas tu já podes dizer "Com um treinador menos competente, o Benfica teria ficado afastado das decisões mais cedo.".

É justo. :)

luis disse...

O Zorg e as suas teorias arrasadoras :D

É certo que a competência de um treinador não se pode medir apenas e só pelos títulos. Se não, apenas eram competentes meia-dúzia por ano, os que são campeões (e se não fossem no ano seguinte, já não era competentes).

E eu até sou daqueles que continuo a achar que Benfica não tem sido campeão porque o FCP continua a ganhar jogos fora do relvado.

E na actual estrutura do Benfica, Jesus acaba por ser mais vítima que culpado.

Contudo, Jesus já falhou imensas vezes e muitas delas com consequências directas no rendimento da equipa.

ROberto, Emerson e Djavam, por exemplo.

Jesus é o seu pior inimigo, e aquele ego inflamado (iamgino se vencesse com frequência) já o tríu muitas vezes e vai voltar a trair, mesmo que ganhe tudo.

Jesus não é Benfica, nunca o será. E esta discussão ultrapassa o 442 ou o 433.

O Zorg cnotinua sem entender uma coisa simples: com Jesus, é mais provável terminar a perder, do que a ganhar. Como aliás, os números não mentem.

Pode parecer contraditório isto, mas basta lembrar-me do Benfica2Porto3 em que ele tira o Aimar e mete o Rodrigo. Ontem, tirou o Cardozo e meteu o Enzo.

Nunca é tarde para aprender mas...

SLB4EVER disse...

Sei mas o que não falta é muitos que já o colocam novamente num pedestal e já dão tudo por garantido. O que sei é que ainda não se ganhou nada e com quem já por duas vezes conseguiu perder tudo na recta final desperdiçando vantagens significativas é de manter a rédea curta, aliás se algo não é preciso é voltar a sua vaidade, basófia e soberba desmesurada, coisas que no fundo são frutos das próprias inseguranças. Por isso espero bem que a legião der acólitos 'jesuítas' guarde a viola no saco pelo menos até se ganhar algo de importante.

O 1º anónimo é um cómico, aliás deve ser é monocromático, incapaz de ver todo um espectro de cores que se esconde entre o preto e o branco.