blog

domingo, outubro 01, 2006

SL Benfica - Desp.Aves : 4-1

Quando Quim quis complicar tudo...

Um jogo que parecia fácil ia-se tornando muito dificil após um daqueles golos que acontecem quando menos se espera. Um valente frango como já não se usa. E a equipa foi-se, claramente, abaixo. É uma preocupação sentir que a equipa não está forte psicologicamente, e que vai-se abaixo com facilidade à primeira contrariedade e isso tem custos graves. Desta vez o Aves não é o Manchester e o Benfica com uma segunda parte de bom nível conseguiu dar a volta. Mas aqueles minutos até ao intervalo após o empate foram constrangedores....

O Benfica iniciou, mais uma vez, o jogo com uma atitude bastante pressionante conquistando sempre a bola ao adversário e a procurar, rapidamente, a baliza. Foi com naturalidade que chegou ao golo num bom lance de Paulo Jorge, um jogador que já merecia tamanho prémio. De realçar no golo o "falhanço" do guarda redes do Aves, mas um falhanço que acontece porque Nuno Gomes procura disputar a bola. Uma das grandes criticas que faço a Nuno Gomes é pelo facto de ele, nos cruzamentos, não ir à procura da bola e ficar à espera do erro do guarda redes. Desta vez não ficou, procurou a bola e com isso atrapalhou o guarda redes que deu uma sapatada insuficiente para tirar a bola da zona de perigo, surgiu Paulo Jorge que com mestria inaugurou o marcador.
O Benfica não tirou o pé do acelerador e podia ter aumentado a vantagem mas num lance infeliz de Quim, num remate inofensivo, sofre o empate e animicamente cai totalmente. O futebol do Benfica passou a ser lento, receoso, com os jogadores a não quererem a bola. Foi um jogo arrastado até ao intervalo.

Depois entrou o Maestro e tudo mudou. Até a estrelinha da sorte com um golo logo cedo para ajudar a acalmar as hostes. Com 2-1 tudo se tornou mais fácil, o Benfica voltou a acreditar em si e a controlar totalmente o jogo e os restantes golos aconteceram com toda a naturalidade. Um penalty claríssimo convertido por Simão Sabrosa e uma falta sobre Kikin magistralmente convertida por Karagounis que há muito também merecia este prémio.

A equipa ganha outra dinâmica quando Nelson joga. Ricardo Rocha transmite maior segurança ao lado de Luisão e com apenas um trinco a bola flui melhor na transição defesa/ataque. Depois com Rui Costa em campo tudo se torna mais fácil mas é urgente que os responsáveis trabalhem arduamente a questão anímica da equipa. Uma equipa como a do Benfica não pode quebrar daquela forma perante as contrariedades. Tem que ser mais forte, mais unida.

Novamente após uma boa vitória do Benfica o campeonato para. Não é bom para as rotinas que se pretendem para a equipa mas por outro lado ajuda a aumentar os niveis fisicos dos jogadores que ainda não estão a 100%. Fernando Santos terá que trabalhar bem nestas semanas pois a seguir iremos a Leiria defrontar a filial dos Andrades que este ano estão ser levados ao colo de uma forma impressionante e não auguro nade de bom para essa jornada. E a seguir viajamos à Escócia. Acabaram-se as oportunidades. Agora é a doer para todos. Falhar agora é dizer adeus ao que falta da época. Aproximam-se os derbys e é importantíssimo ganhar para pressionar os rivais.

5 comentários:

Vail disse...

Boa análise do jogo pedro. ganhámos, que assim seja até ao final da época! abraço

João Bizarro disse...

No melhor pano cai a nódoa. O Quim tem estado muito bem e logo teve de dar aquele frangote. Acontece.

Com a entrada do Rui Costa aquilo mudou por completo.
Que seja sempre assim.

Também acho que mais esta paragem não é nada boa, mas enfim. A equipa do Scolari tem de jogar com o Cazquistão...

Nuno disse...

Boa leitura da partida.Continuo a dizer há muito tempo que o Nuno Gomes não é avançado para jogar sozinho na frente pois não é um verdadeiro ponta de lança nem nunca foi.E quando não houver Rui Costa para entrar na 2ª parte???
este foi mesmo o adversário ideal para ganhar com relativa facilidade mas a titude mental tem que ser enormemente superior aquela que mostraram depois do infeliz lance do Quim.Mas será que com a idade do Quim nunca ninguém lhe explicou que nas bolas rasteiras deve pôr SEMPRE o joelho no chão para o caso da bola "escorregar"?Fica uma meia infelicidade-meia azelhice.Muito se riu o Moreira..!

Pedro disse...

O Moreira...pq o Moretto não se riu...é q eles mostraram logo a imagem do Moretto no banco. Qual festejos dos Avenses qual q...foi logo direitinho para o banco de suplentes para se ver a reacção do Moretto...não perdem tempo a tentar arranjar confusão...

Anónimo disse...

Extax coisax acontexem...
Ixto dos Frangos akontexe aos melhores...
kuantas vexes o ricardo nao deu o seu franguinho "da xurraxkeira + próxima"???
Ah poix é...
Ah ai mt gente k o k + tem é inveja...... :)