blog

sexta-feira, setembro 08, 2006

A conversa telefónica

Luís Filipe Vieira (LFV) - Eu não quero entrar mais em esquemas nem falar muito...(...)
Valentim Loureiro (VL) - Eu penso que ou o Lucílio... o António Costa, esse Costa não lhe dá... não lhe dá nenhuma garantia?
LFV - A mim?! F.., o António Costa? F... Isso é tudo Porto!
VL - Exacto, pronto! (...) E o Lucílio?
LPV - Não, não me dá garantia nenhuma o Lucílio!
VL - E o Duarte?
LPV - Nada, zero! Ninguém me dá!... Ouça lá, eu, neste momento, é tudo para nos roubar! Ó pá, mas é evidente! Mas isso é demasiado evidente, carago! Ó major, eu não quero nem me tenho chateado com isto, porque eu estou a fazer isto por outro lado.(...)
VL - Talvez o Lucílio, pá!
LPV - Não, não quero Lucílio nenhum!(...)
VL - E o Proença?
LPV - O Proença também não quero! Ouça, é tudo para nos f...!
VL - E o João Ferreira?
LPV - O João... Pode vir o João. Agora o que eu queria... (...) Disseram que era o Paulo Paraty o árbitro... O Paulo Paraty! Agora, dizem-me a mim, que não tenho preferência de ninguém (...) à última hora, vêm-me dizer que já não pode ser o Paulo Paraty, por causa do Belenenses

"Por causa do Belenenses"...engraçado como isto passou ao lado da "polémica". E não era o Belenenses o adversário do Benfica? Curioso também constatar que o jornal Público anda tanto calado com isto do Apito Dourado e depois lança para a fogueira uma "noticia" destas que nada de relevante tem.

Para mim o mais importante disto tudo é saber quem telefonou a quem. Se foi LFV que telefonou ao Major é imperdoável (apesar de saber que é practica corrente de outros clubes) e, para mim, motivo de demissão e ficar à mercê do que as autoridades legais quiserem fazer. Se foi o Major que telefonou então a "noticia" é um autêntico bluff que prova, cabalmente, que LFV está a mexer na ferida e eles estão todos borradinhos.

5 comentários:

Nuno disse...

A mim parece-me por este curto relato que o presidente LFV até dá a sensação de se querer afastar destes processos de escolhas ao dizer que nessa (nesta) altura ninguém serve para apitar jogos do benfica por a simples razão que TODOS nos roubam.
Aposto que foi o major a fazer a chamada para tentar pôr paninhos quentes nalguma situação que nos tenha xumbado.
Para já é o único comentário que posso fazer a esta "pseudo" notícia do jornal 'Público' que certamente para a publicar, não encontrou matéria mais relevante dentro do processo 'apito dourado'...enfim, manobras de bastidores para tentar confundir a opinião pública.
Aconselho os benfiquistas a não comprarem mais esse pasquim fedorento.

Talk Talk disse...

As conclusões que tiro dessa conversa telefónica são:


1 - Parece ser um acto de defesa do dirigente benfiquista.

2 - Mais uma vez o Major ao barulho, demonstrando o seu dominio no futebol portugues.

3 - Apesar do ponto 1 não deixa de ser um acto ilicito.(embora de pequena gravidade)

Talk Talk disse...

Outra coisa que me parece evidente nesta conversa telefónica é que o dirigente benfiquista sabe o que se passa e como se passa!!!
Ou seja isto só vem mostrar que toda a gente sabe e ninguém diz nada!!!
Porquê?!

João Bizarro disse...

Isto só prova que o Major escolhia (ou ainda escolhe) os árbitros.

Isto só prova que o Benfica se devia ter metido à margem desta corja.

O público andou caladinho nestes ultimos dias de regresso das escutas e agora como foi o presidente do Benfica teve direito a 1ª página e tudo.

AH Grande GLORIOSO.

Pedro disse...

Todos sabem o q se passa. Todos sabem como se passa.

Luis Filipe Vieira um dia terá q explicar muito bem o pq do apoio ao Major. Nem q seja numa AG do SLB. Eu próprio lhe farei essa pergunta...se me deixarem.