blog

quinta-feira, setembro 14, 2006

Pregar aos calhaus da calçada

Estive ontem a ver o glorioso a jogar com o FC Copenhaga e o jogo foi mais ou menos aquilo que eu esperava: o Benfica é uma equipa emocionalmente instável, ainda à procura de se encontrar e que sabe que tem a maior taxa de calhau da calçada per capita do mundo, entre a sua massa adepta. São esses grunhos, que exigem vitórias sempre que a equipa empata, que exigem goleadas sempre que a equipa ganha e exigem exibições de sonho, de fazer os adversários sentirem-se gratos por serem humilhados por um futebol tão celestial, sempre que a equipa vence por goleada.

Torna-se por isso necessário um pouco de pedagogia que eu, Benfiquista de todos os costados, gavião dos mares e sumo-sacerdote do comentário futebolístico nacional, terei todo o prazer em fornecer.

E aqui vai: na liga dos campeões não há equipas fracas e, por isso, o empate fora não é um mau resultado, suas bestas quadradas!

Vou repetir, numa versão simplificada, a ver se isto consegue perfurar a carapaça de grunhismo que reveste os 2 neurónios solitários que compõem o vosso cérebro e entra lá dentro, de uma vez por todas, para não mais sair: o Copenhaga não é fraco e o empate fora não é um mau resultado!

Repito uma última vez, agora de uma forma tão simplificada, que até um habitante do paleolítico superior com um Q.I. abaixo da média conseguiria digerir: Copenhaga razoável, empate fora razoável!

E a razão para isto suas amebas, é que na liga dos campeões não há más equipas, nem muito menos este FC Copenhaga é uma equipa de toscos! Se este ano não há Ajax, é por causa destes senhores! Os 11 que entraram ontem em campo para serem goleados pelo glorioso, são todos internacionais em selecções respeitáveis (só o Hutchinson é que é internacional Canadiano) e muitos deles, pasme-se, até têm carreiras internacionais bastante interessantes em clubes profissionais com algum nome: Linderoth jogou no Feyenoord e no Everton ; Bergdolmo no Ajax e no Borussia Dortmund ; Gronkjaer no Ajax, Chelsea, Birmingham, Atletico Madrid e Estugarda ; Allback no Bari, Heerenveen e Aston Villa. O Benfica, por exemplo, não pode dizer o mesmo, já que o Paulo Jorge, que eu saiba, não é internacional.

Ou seja, este Copenhaga não é uma equipa semi-amadora, de rapazes tão bem intencionados como trapalhões, ao jeito de um Viking, ou de um HJK de Helsínquia, como a imprensa - bem acompanhada por alguns de vós - tem tentado fazer crer! É uma boa equipa, com alguns jogadores muito interessantes e que está a disputar, tal como nós, a competição mais importante do mundo, a nível de clubes! E não entrou lá por convite! Entrou porque tem valor e merece ser respeitada por isso!

Mas esta história não é nova! Já no ano passado, o Koeman tinha sido criticado por ter jogado à defesa contra o Lille - para tentar empatar, como acabou por acontecer - num jogo onde o Benfica também "tinha a obrigação de ganhar" e depois o Manchester United, que joga sempre para perder, concerteza, foi lá levar na pá. Mas a nossa obrigação era ganhar e com goleada e golos magnifícos, como é sempre, e isto apesar das limitações provadas pelas lesões, que obrigaram a apresentar um 11 de recurso ao recurso!

Mas isto não interessa nada, porque a vitória por goleada é sempre o minimo exigível. Mas, claro, só ao Benfica, porque quando o clube das putas, vinho verde e viagens ao Brasil, ganha por um, ou até não ganha, é porque cilindrou o adversário, mas foi perdulário na finalização e não concretizou uma das centenas de oportunidades de golo que criou! Nunca jogam mal, nem fazem maus resultados, tal como o Benfica nunca joga bem, nem faz bons resultados: se não ganha, é uma merda, porque não ganhou a um adversário fraco ; se ganha é uma merda porque não cilindrou um adversário fraco e se cilindra é uma merda porque cilindrou um adversário fraco, mas não marcou nenhum golo de fazer os mortos levantarem-se da tumba para o celebrar, de tão bonito.

Aceitem de uma vez por todas que no futebol moderno, a este nível, não há docinhos, como havia no passado. Vejam o que aconteceu ao Inter, que também foi jogar fora contra uma equipa mais fraca e bem se lixou, ou ao Dinamo de Kiev, que levou 4 em casa, do patinho feio do grupo! E a diferença entre Inter e o outro clube, ou entre o Dinamo de Kiev e o Steua em termos orçamentais, é substancialmente maior do que a que existe entre Benfica e Copenhaga.

33 comentários:

antitripa disse...

O.K., mas de qualquer forma o Treinador do SPORT LISBOA E BENFICA nunca pode admitir que vai jogar para um "Empate"....muito menos contra dinamarqueses tivessem eles eliminado quem quer que fosse. Isso é que não me cabe na cabeça.

zorg disse...

Não vejo qualquer problema em dizer que o empate não é um mau resultado (e foi só isso que ele disse). O Scolari, por exemplo, não tem qualquer pejo em dizer isso.

Porque um dos problemas em colocar as expectativas demasiado altas, é que depois os jogadores acreditam nelas e depois desmoralizam quando elas não se concretizam. O Benfica não está bem psicologicamente, é uma equipa triste. Assim, o empate foi um resultado relativamente moralizador. Se o treinador tivesse exigido a vitória, seria um resultado desmoralizador.

Isto para não falar nos outros aspectos, que eu menciono no post, e que são verdadeiros. O Copenhaga não é de facto um Viking ou um HJK. É uma equipa com bons jogadores, bem orientada, cotada em bolsa e gerida por profissionais.

Pedro Neto disse...

Não sou nenhum grunho nem nenhuma "amoeba" - amiba talvez seja o que querias dizer.

A qualidade do trabalho do Fernando Santos está bem visível na atitude da equipa e no jogo produzido desde qua assumiu o comando: ZERO!

O que dizes seria tudo muito bonito se o Benfica tivesse jogado futebol - e se o adversário - também. Desculpa que te diga, mas é por adeptos como tu que o Benfica esteve 10 anos sem ganhar nada. É um "deixa andar"... até o abismo.

Não pactuo com a medíocridade, nem com a incompetência e muito menos com a falta de ambissão. Se és benfiquista devias saber que o Benfica não é, nunca foi, nem nunca será isso.

Ganhar, perder ou empatar é futebol... desde que se jogue.

Pedro Neto disse...

PS: Com todo o respeito, acho este post uma vergonha para o "MágicoSLB" e um insulto para os seus leitores.

Hugo Carvalho disse...

Caro Zorg,
Tivemos uma manhã inteira a falar sobre este assunto e não posso deixar de dar a minha opinião que é, como várias vezes acontece em relação ao nosso Benfica, bastante contrária à tua. Faço-o também, e principalmente, porque não me considero um grunho e muito menos acho que um benfiquista tendo uma opinião diferente da tua possa ser um grunho. Se fosse um portista, pronto, vá lá, até compreendia...
O Copenhaga é uma equipa fraca. Bastante fraca. Não percebo porque razão achas o contrário. Podes dizer que o Ajax foi eliminado. Foi de facto. O futebol tem destas coisas e todos sabemos que a bola é redonda. Eu, por obra do destino, assisti ao resumo desse jogo no Eurosport e o que aconteceu na Holanda foi um milagre tão grande que deviam, na Dinamarca, fazer desse dia um feriado nacional. A equipa dinamarquesa chegou uma vez à baliza adversária. Marcou o golo. O segundo golo deles foi um auto-golo do meio campo. Foi uma sorte bestial. O Ajax rematou 500 vezes e 3 foram ao poste. Foi um jogo de azar para os holandeses que acontecem de vez em quando. São coisas que acontecem. Mas o mérito deve-se antes às estrelas do céu do que aos jogadores loiros e bem parecidos.
Não consigo perceber, e muitos benfiquistas também não percebem, porque razão se joga para o empate quando existe a possibilidade de ganhar. O jogo dos dinamarqueses é tão mau que é uma ofensa jogar com eles com uma atitude defensiva. Podes dizer que eles têm jogadores que já andaram por vários clubes europeus de renome comprovado. Pois, mas isso não prova nada. Sabemos bem o que o mercado futebolístico é hoje em dia e a quantidade de maus jogadores que se compram a metro. O Benfica já teve os seus momentos e viu-se as belas peças que por lá passaram. Para mais informações referentes ao assunto vai ao www.vedetaoumarreta.blogspot.com
Mas o facto desses jogadores estarem a jogar num clube dinamarquês e não num clube respeitável europeu deve querer dizer qualquer coisa.
Face ao que se viu ontem e à fraca qualidade da equipa adversária, acho muito sinceramente que o Benfica perdeu 2 pontos. Oxalá me engane, mas duvido que alguma das outras equipas vá jogar para o empate na Dinamarca e saia de lá com menos de 3 pontos.
Ao fim é que se fazem as contas e espero sinceramente que a nossa equipa não fique pelo caminho por causa destes 2 pontos. Estes pontos eram importantes. Eram importantes porque acabariam por ser uma mais valia no caso dum jogo poder correr mal. Também é verdade que podemos vencer na Escócia e na Inglaterra, mas com uma atitude idêntica ao que assisti ontem acho muito improvável. O Benfica quando joga com uma equipa nitidamente mais fraca tem de jogar para ganhar. Seja em casa ou fora. Bastava acelerarem para ganharem o jogo sem problemas. Agora aquilo que se viu não é nada. Foi uma atitude saloia e pouco dignificante.
Estou com o mesmo tipo de sentimento que tive com a Selecção portuguesa com a Finlândia. Também ali a diferença entre as equipas era tão grande que o empate foi uma miséria.
Mas numa coisa tens razão. As contas fazem-se no fim.

zorg disse...

>> Não sou nenhum grunho nem nenhuma "amoeba" - amiba talvez seja o que querias dizer.
---
Como é evidente - e eu pelo menos achava que isso fosse evidente - os insultos aos adeptos do benfica que estão neste post são um recurso, que se pretende humorístico. Obviamente foi um recurso falhado.

P.S: Queria dizer ameba. Já corrigi.

zorg disse...

Em relação à tua intervenção e ponto a ponto:

>>A qualidade do trabalho do Fernando Santos está bem visível na atitude da equipa e no jogo produzido desde qua assumiu o comando: ZERO!
---
Parece-me uma afirmação um pouco forte, tendo em conta que o Benfica até agora fez 4 jogos oficiais, 3 deles para competições europeias.

>>O que dizes seria tudo muito bonito se o Benfica tivesse jogado futebol - e se o adversário - também.
---
Estamos no incio da época, é normal que a qualidade dos jogos não seja a melhor. Ainda não vi ninguém a jogar magnificamente.

>>Desculpa que te diga, mas é por adeptos como tu que o Benfica esteve 10 anos sem ganhar nada. É um "deixa andar"... até o abismo.
---
O desempenho desportivo de um clube não depende da opinião dos seus adeptos, depende dos seus dirigentes. Foi por ter tido maus dirigentes e porque há um clube que paga prostitutas a árbitros, que o Benfica esteve 10 anos sem ganhar o campeonato (e não sem ganhar nada, como tu erradamente afirmas).

>>Não pactuo com a medíocridade, nem com a incompetência e muito menos com a falta de ambissão.
---
Não considerar um empate fora de casa, num jogo de liga dos campeões, um mau resultado dificilmente poderá ser chamado pactuar com a mediocridade, ou com a falta de ambição.

Eu não sou fão do Fernando Santos, não achei que fosse a melhor escolha para treinador do Benfica e acho - como aliás digo no post - que há problemas a resolver, principalmente a nível psicológico. Agora, repito: pedir a cabeça do treinador ao 4º jogo oficial, quando ainda por cima ele conseguiu o primeiro objectivo da temporada (a qualificação para a LC), parece-me completamente despropositado.

>>Se és benfiquista devias saber que o Benfica não é, nunca foi, nem nunca será isso.
---
O Benfica nunca foi este menosprezar adversários que deviam merecer respeito, este achar que qualquer equipa que não seja um gigante europeu é um mija na escada sem valor e que o único resultado aceitável é a vitória.

Pedro disse...

Deixando de lado a discussão do empate ser bom ou mau e se o Copenhaga é algo mais do q meramente razoável o q importa analisar é a atitude da equipa/treinador.

Qd se inicia a partida existem 3 resultados possiveis. Portanto o empate não é o fim do mundo. É futebol.
O q se espera do Benfica é q jogue para conquistar os 3 pts contra uma equipa mais fraca como é o copenhaga.
É o mesmo q o Benfica ir ao Bessa e não jogar para ganhar....(bolas foi isso q aconteceu...)

Pq tal como Koeman e o Lille FS com este empate tem q ir buscar pontos a outro lado e o outro lado é somente Glasgow e Manchester...estamos a brincar não?
É q estes 3 pts vão fazer muita falta em qqr eventual deslize em casa.

Claro q podiamos ter empatado à mesma mas a atitude estava lá. ver uns toscos dinamarqueses a assobiar a nossa equipa por não querer passar do meio campo é vergonhoso.

PS1: Caguei para o q a imprensa diz dos andrades ou do Benfica. Eu vi a "exibição" do Benfica...não preciso q ninguem me diga o q aconteceu ou não. E é isso q eu critico. A falta de atitude do treinador.

PS2: Não levem à letra as palavras do Zorg. É humor e por muito q me custe dizer isto é humor do bom. Encaram-no sob esse prisma.

zorg disse...

>>Pq tal como Koeman e o Lille FS com este empate tem q ir buscar pontos a outro lado e o outro lado é somente Glasgow e Manchester...estamos a brincar não?
---
Isto é assumindo que ambos vão ganhar em Copenhaga, o que eu acho altamente improvável, principalmente para o Celtic.

Esta fase da liga dos campeões passa-se, ganhando todos os jogos em casa e não perdendo nenhum dos jogos fora. Se fizermos isto, passamos a eliminatória tranquilamente. No ano passado, por exemplo, fizemos substancialmente menos do que isso e passámos a eliminatória. Ou seja, não é preciso "ir buscar pontos" a lado nenhum.

O erro, na minha opinião, do teu racicinio é assumires que o Copenhaga é uma equipa muito fraca, que vai ser o bombo da festa do grupo. Acho que não é e que vai provar isso em campo...

T-Rex disse...

Tenham ou não "asmáticos" (que talvez até já tenham sido galácticos), mereceriam certamente o respeito dos nossos jogadores.

Agora... MEDO?!?!?

F*da-se! F*da-se! F*da-se!

O que mostraram foi medo duma equipa que NÃO COLOCAVA MAIS QUE 1 (pontualmente 2) HOMEM NO NOSSO MEIO-CAMPO.
E não me venham com a conversa de que os dinamarqueses a jogar assim é que mostraram medo, E QUE MEDO SE COMBATE COM MEDO e etc e tal.

Os gajos mostraram que tinham a lição muito bem estudada, e os "meninos" acagaçaram-se e levaram um banho táctico, daqueles bem grandes.

INACEITÁVEL!

PS:Não sou contra nem a favor de FSantos, mas a paciência começa a esgotar-se...

Vedeta ou Marreta ?

the beast of Covilhã disse...

Ora bem caro,zorg concordo que já não há doces no futebol mas só porque a niveis físicos já não há grandes diferensas entre jogadores que competem a este nivel, mas em termos futebolisticos que é o que aqui esta em causa há bastantes diferensas.
Dizes: "Isto é assumindo que ambos vão ganhar em Copenhaga, o que eu acho altamente improvável, principalmente para o Celtic."
Queres apostar que vão la ganhar os dois? E o Manchester ganha por 3 ou 4?
O problema aqui é a atitude, que de resto é um problema portugues (lembras-te do luxamburgoxportugal ou do mundial do japão) pois de menosperzar adeversarios paga-se caro como caro se paga a falta de ambição, é futebol. À que respeitar o adversario mas ser ambisiosos tal como toda e qualquer equipe que joga contra nós pois como disse a dias ganhar ao glorioso deve ser uma sensação do ca!"#$%&/lho nos temos temos de ter no minimo a abiçáo de ganhar tudo. Ponto final paragarfo.

zorg disse...

>>Queres apostar que vão la ganhar os dois? E o Manchester ganha por 3 ou 4?
---
Quero! Aposto contigo as duas coisas, ou seja, nem o Celtic ganha em Copenhaga, nem o Manchester ganha por 3.

O que é que queres apostar?

Anónimo disse...

Zorg: ainda não viste ninguém a jogar bem, dizes. Andas distraído.

A principal preocupação não é o empate. Nem a capacidade do adversário. É o ZERO que se fez (nós) durante o jogo. Isso é revelador, não há atenuantes para não haver três passes seguidos. De futebol moderno não tivemos absolutamente nada.

O Engenheiro vai ter mais tempo. Eu não acredito nele mas ode ser que se dê a volta por cima. Neste momento, estamos mal.

Pedro disse...

"Esta fase da liga dos campeões passa-se, ganhando todos os jogos em casa e não perdendo nenhum dos jogos fora."

E o q é mais acessivel ao Benfica? Ganhar ao FC Copenhaga na Dinamarca ou ganhar ao Manchester United na Luz???
Tal como no tal jogo em Paris contra o Lille tal como neste a questão é q não ganhando a estas equipas mmais fracas (e são claramente mais fracas) temos q ganhar a equipas do nosso nivel ou mais fortes. Ou então dizemos adeus à LC.

É esta REALIDADE q tu não estás a absorver aceitando o empate na Dinamarca como bom resultado. Não é nem nunca poderá ser um bom resultado.

João Bizarro disse...

Caro co-blogger Zorg, dado aquilo que se passou no jogo e dada a exibição e a atitude da equipa, dado que o Copenhaga perdeu o seu melhor jogador ainda na 1ª parte, o resultado é MAU.

Agora, se tanto o Manchester como o Celtic perderem lá pontos (pelo que vi ontem duvido) o resultado é optimo.

Pedro disse...

Desculpa João mas continua a ser mau. Não é por os outros perderem pts q deixa de ser vergonhoso ver o SLB a acobardar-se perante uma equipa como o FC Copenhaga.
Bolas não me lixem...se temos medo dos dinamarqueses nem vale a pena entrar em campo contra o Manchester...

Não é o resultado em si q está em causa...é a pouca ambição em procurar um resultado melhor!!!!

Leal Conselheiro disse...

Ok Zorg, eu partilho da tua opinião de que este não é um mau resultado, mas discordo, em primeiro lugar, no facto de achar que, a partir de certa altura, o Benfica deixou de tentar chegar ao golo, ficando a tentar chamar os adversários com passes na defesa e bombeando a bola esperando que as torres deles escorregassem (que foi mais ou menos o que aconteceu no lance do Paulo Jorge). Também discordo na comparação do jogo com o Lille, pois nessa altura foi a imprensa, e os adeptos dos outros clubes que tentaram sempre desvalorizar a carreira do Benfica, que falaram mal do Koeman e não os Benfiquistas que sabiam que era só preciso ganhar ao Man Utd, como aconteceu :D. Por último, discordo no facto de dizeres o que dizes dos adeptos do Benfica. Penso que eram assim como dizes há 15 anos. Agora, depois do jejum, acho que ficaram muito mais serenos e pacientes. Se vires os jogos na Luz que dão no RTP Memória vês que os adeptos assobiavam a equipa mas falhassem um passe ou remate. Era de doidos. Vi um jogo contra o Famalicão, no nosso penúltimo campeonato, que acabámos por ganhar 8-0 (2 autogolos do Celestino), em que, ainda na primeira parte com o resultado em 1 ou 2 a 0, os adeptos assobiavam qualquer iniciativa do ataque que não desse golo ou bola à barra

Pedro Neto disse...

Respeito todas as opiniões mas a unânimidade no facto de ter sido uma prestação vergonhosa está perto.

A minha ideia sobre Fernando Santos foi construída ao longe de quase 10 anos de observação da suas equipas, não é por 4 jogos oficiais que se pede a cabeça do treinador - apesar de ter havido uma pré-época calamitosa. Parece-me óbvio que a sua manutenção não trará nada de positivo para a equipa e ainda menso apra o clube.

Ainda se fosse alguém com capacidade de motivar e capacidade de gerir a disciplina...

Fernando Santos é um looser crónico, enquanto a malta da Direcção não se convencer disso, e admitir o erro na sua contratação, esta época está irremediavelmente perdida.

Eu já penso em 2007/08, deste ano não vem nada de positivo. E isso acontecer aos sócios e adeptos é meio caminho andado para menos receitas e destruição da onda de entusiasmo. A contratação do Nandinho foi o maior "tiro no pé" do Benfica desde a saída do Mourinho.

Há que abrir a pestana, antes que seja tarde!

Anónimo disse...

Deixa a droga.

Anónimo disse...

Do site oficial do Copenhaga, fundado em 1992:

"The club's original ambitions (which are the same today) were:

- To be among the top 3 in the Danish Superliga and/or win the Danish cup and therefore qualify for one of the European competitions every year.
- To have a responsible economy
- To build up a local fan base and establish a wide corporate backing.
- Play attractive positive football.
- In the long term - to spearhead the Danish attack on European club honours."

Palmarés do 'grande' Copenhaga:

"Danish league
Winner: 2006, 2004, 2003, 2001, 1993
Runner-up: 2005, 2002, 1994
Third place: 1998

Danish Cup
Winner: 2004, 1997, 1995

Coca-Cola Cup
Winner: 1996

Super Cup
Winner: 2004, 2001, 1995

Ørestad Cup
Winner 2000

Winner 2002

UEFA Champions League
2. qualification round 2004/05
3. qualification round 2003/04
3. qualification round 2001/02
2. round 1993/94



UEFA Cup Winners' Cup

2. round 1998/99
2. round 1997/98
1. round 1995/96


UEFA Cup
1. round 2004/05
2. round 2003/04
1. round 2002/03
3. round 2001/02
1. round 1994/95
2. round 1992/93

UEFA InterTOTO Cup
2. round 1999
Group winner 1992

King’s Cup
Winner 1994

Royal League
Winner 2006

Winner 2005

Indoor football
Danish champions: 1997, 1996
League Cup: Winner 1996
Nordic Cup: Winner 1998
Nackas Minna: Winner 2004



Reserve tournament

Winner 2003"

Com estas ambições e com este palmarés é de facto uma sorte o Benfica ter conseguido um empate na casa do 'grande' Copenhaga. Com esta mentalidade...

P.S. Aconselho a leitura da crónica do jogo no site oficial do 'grande' Copenhaga, para assim perceber como este empate foi um bom resultado... para o Copenhaga, claro!

Anónimo disse...

http://www.fck.dk/english/news/

Vail disse...

Zorg, compreendo o que queres dizer, mas não posso concordar contigo na generalidade. Um empate fora, na liga dos campeões não é de facto um mau resultado. Mas o que está em análise aqui, é que o Benfica não quis ganhar este jogo! nunca quis! E nem sequer tentou! E no Benfica isto é algo de impensável contra uma equipa, que até pode ser muito bem gerida e com jogadores razoáveis, está totalmente ao nosso alcance! Muito mais ficou, depois do Gronjkaer sair!! É inadimissivel a falta de qualidade de jogo (não tem sequer jogo, quanto + qualidade)!

Por essas razões, e por mais 163498637 outras do passado, que se pede a saída do treinador!! Mais que justa, e antes que ele tenha tempo de fazer mais estragos!! Tem de sair, e compete-nos a nós, massa associativa do Benfica, expressar o profundo descontentamento pela sua permanência.

Grande abraço a todos os Benfiquistas!

E Pluribus Unum

the beast of Covilhã disse...

zorg €20
o Celtic ganha 1-0
Manchester 4-2 a favor dos reds é claro (o Rio mete agua 2 vezes)
E tu? Quais são as tuas previsões que é para ser justo.

P.S: E tu não perderes ou eu perder logo a partida como fiz com os bifes quando lhes disse que iamos ganhar o mundial

the beast of Covilhã disse...

Já agora o titulo de hoje podia ter sido "pegar nos calhaus da calçada" e atiralos contra a cabeçorra de um certo santilho (nem era muito dificil falhar que a cabeça do homem consegue ver-se da lua) para ver se la entra alguma coisa.
Eu juro que ate gosto do homem por que é do benfica e tudo mas alguem tem que lhe dar um abanão para ver se acorda. o gajo no banco ate bojeja. Cristo da-me paciensia.

Hugo Carvalho disse...

Pronto, graças ao comentário do Luís Sérgio já olho o Copenhaga com outros olhos. Afinal o resultado não foi tão mau como à primeira vista parecia.
...Afinal, o Copenhaga ganhou a Taça Coca-Cola em 1996.
Hoje já vou dormir mais descansado.

zorg disse...

#the beast of covilha

Resultados é demasiado preciso para se apostar. Eu prefiro apostar só que:
- O Celtic não ganha em Copenhaga.
- O Man Utd a ganhar, fá-lo-á pela diferença mínima.

Se as duas condições se verificarem, eu recebo €20. Se as duas não se verificarem, tu recebes €20. Se uma se verificar e a outra não, a aposta fica sem efeito. Estás de acordo?

zorg disse...

#luis sérgio e hugo

Desde quando é que o palmarés passado é critério para avaliar o valor presente de uma equipa?

O Chelsea tem um palmarés muito pobrezito e é um dos colossos desta liga dos campeões. O Lyon há 4 ou 5 anos era uma equipa desconhecida na europa e agora é um dos candidatos à vitória final.

Pulha Garcia disse...

Caro Zorg,

Não duvido do teu benfiquismo e por isso não duvides tu do meu quando digo que o Fernando Santos é um treinador banal, sem ambição, sem tácticas eficazes e que não vai levar o Benfas a lado nenhum.

Mais, o empate na Dinamarca só se deveu a falta de objectividade e concentração da equipa, que como todos vimos estava em campo sem rumo e sem determinação, o que é culpa do próprio treinador.

Saudações de glória

PS- Parece-me ainda que o MU e o Celtic não terão grandes dificuldades em ultrapassar este belo conjunto de semi-profissionais...ou quase.

Anónimo disse...

Zorg

O palmarés não o é, dizes bem, mas as ambições que os responsáveis do clube traçam para a época (e para o futuro) é sinónimo daquilo que os próprios acreditam do valor da mesma.
O Palmarés foi só para dar ênfase à grandeza do FC Copenhaga.

Mas para se perceber como o empate foi realmente um bom resultado, convém ler as declarações (enigmáticas!) dos jogadores após o jogo, ou as de Valter Marques, presidente do Conselho Fiscal do Glorioso.

Pedro disse...

A aposta q eu gostava q fizessem é se o SLB vai precisar destes 2 pontos que ficaram na Dinamarca ou não...

the beast of Covilhã disse...

OK zorg ta apostado
Já agora desde quando é que o plamares não demostra a grandeza de uma equipe? O GLORIOSO não ganha nada na europa a quanto tempo? E não continua ele a frente do manchester no ranking da FIFA e o prineiro club portugues? Se não acreditas vai a http://www.soccermaniac.info/ranking.html
Não tem o Benfica de ter a ambição de ganhar a champions mesmo tendo de lutar contra barcelonas, ac milans ou lions?
Saudações benfiquistas meu irmão.

Nuno disse...

Concordo em absoluto com o que diz o Pedro Neto...e nem era para comentar...

S.L.B. disse...

Zorg: só hoje é que li este post. É engraçado fazeres de "advogado do diabo" e aumenta sempre o quantidade de comentários nos posts, mas não deixas de estar profundamente errado. Um empate fora na Liga dos Campeões é um bom resultado em teoria, mas para quem viu o jogo e a exibição MISERÁVEL do Benfica só pode estar a gozar para o considerar um resultado positivo. Não quisemos ganhar frente a uma equipa BASTANTE mais fraca que nós (e isso viu-se em campo, não tem nada a ver com os internacionais ou o palmarés) e isso é inadmissível.

Não leves à letra o que se passou no ano passado. Foi um ERRO aquela exibição em Lille. Ganhámos frente ao Man Utd com a equipa "B" num daqueles jogos que acontecem uma vez na vida (até porque foi a 1ª vez que ganhámos ao Man Utd!). Até o Beto marcou um golo, bolas! Se tivéssemos jogado para ganhar frente ao Lille, não teríamos de estar dependentes da sorte, que felizmente acabámos por ter. Há que saber ver o que está por trás dos resultados, nomeadamente como é que eles foram conseguidos. Um 3-0 pode esconder vários erros e um 0-1 pode ter sido obra de um azar dos diabos.

Mais um exemplo: foi um ERRO Portugal não ter arriscado mais nos quartos-de-final frente à Inglaterra, em superioridade numérica, e deixar-se estar à mercê dos penalties. Tivemos sorte, mas se tivemos perdido ainda hoje estaríamos a lamentar não ter ganho o jogo durante o tempo regulamentar ou no prolongamento.

Voltando a Copenhaga: perdemos dois pontos, 300.000€ e provavelmente a possibilidade de lutar pelo 1º lugar no grupo. E duvido que o Celtic e o Man Utd não vão lá ganhar...