blog

sexta-feira, maio 12, 2006

O que dizer sobre José Veiga?


Comentar o papel de José Veiga no Sport Lisboa e Benfica não é uma tarefa fácil. Existe uma mescla de sentimentos.
Como qualquer benfiquista que se preze, eu gosto de ver as posições chaves do Benfica ocupadas por benfiquistas puros mas, infelizmente, a história mostrou-nos que, muitas vezes, são os próprios benfiquistas os maiores inimigos do Benfica, quer por incompetência quer por aproveitamento pessoal.
Quando Alváro Braga Junior chegou ao Benfica, fiquei possesso pois era conhecida a sua conotação com clubes da cidade do Porto, uns diziam que era com os andrades outros diziam que era com o Boavista. Perguntei-me se não existiam benfiquistas que pudessem ocupar aquele lugar, se era realmente necessário ir buscar um “tripeiro” para dentro do SLB? ABJ tratou de me convencer que, se calhar, era mesmo. Não me lembro de ver um benfiquista a defender o clube e o grupo de trabalho como ABJ defendeu, vê-lo nos programas de TV a defender de forma aguerrida, mas, acima de tudo, fundamentada, o clube foi um regalo para mim. Fiquei convencido. Precisamos mais de bons profissionais a trabalhar em prol do clube do que necessariamente benfiquistas.

Mas Álvaro Braga Junior era alguem com prestígio, respeitado no mundo do futebol, ainda hoje a forma cordaz e profissional com que comenta o futebol serve de exemplo a muitos.
Com José Veiga isso não se passa. José Veiga é uma personagem que no seu passado revelou profundo anti-benfiquismo, o célebre caso dos festejos após a final perdida de Estugarda nunca sairá da cabeça dos fiéis benfiquistas, e a sua passagem pelo mundo do empresariado futebolístico gerou demasiados anti-corpos, muitas inimizades que colidem com os interesses do Sport Lisboa e Benfica.

Veiga mal entrou no Benfica gerou atritos com Tiago e Ricardo Rocha, fruto das quezílias que teve enquanto empresário. Existe uma clara falta de transparência no que às transferências diz respeito, o caso Diego contratado ao Fluminense é bem prova disso. A incompatibilidade com um treinador como Camacho também é um bom exemplo de como a personalidade de Veiga cria conflitos dentro do clube. Sendo ele responsável pelo departamento de futebol é natural que caiam sobre ele os fracassos (bem como os sucessos) das contratações e esta época foi um desastre total com a agravante de se ter apostado alto a meio da época.

Não gosto de Veiga, a presença dele nos quadros do Benfica incomoda-me por tudo aquilo que ele fez no passado, sinto que nunca será uma pessoa séria e receio que essa falta de seriedade prejudique o Benfica.

Seria óptimo que a análise ao papel do Veiga no Benfica acabasse por aqui. A sentença estaria dada. Acontece que não é assim (se felizmente ou infelizmente o tempo encarregar-se-á de responder).

O SLB desde que Veiga entrou nos seus quadros que tem ganho títulos. Veiga foi importantíssimo na conquista do Título o ano passado, foi o cadeado que fechou o balneário das pressões exteriores. Veiga tem “aquilo” que eu acho que um alto dirigente do Benfica tem que ter : Não gosta de perder. Uma derrota é como uma machadada no seu orgulho. E Veiga (tal como Luis Filipe Vieira) são orgulhosos demais para serem derrotados e não partirem para a desforra com mais força ainda. Sinceramente, não são muitos os benfiquistas que tenho visto no clube com este espírito.

Será que isso compensa tudo o resto? Na minha modesta opnião, acho que não.

O alvo a abater de Veiga é Pinto da Costa, e para atingir esse alvo nada melhor que tornar o Benfica vencedor. Isto agrada-nos hoje mas e amanhã? Inimigo de meu inimigo meu amigo é. Tem sido a politica externa dos Estados Unidos com os resultados que todos conhecemos. Será que vale a pena?

Não seria a estratégia que eu escolheria. Acredito que se pode ter os mesmos resultados (ou melhores) com alguem com um perfil mais correcto, mais idoneo, do que Veiga.

Reconheço-lhe mérito nos trofeus conquistados, principalmente no titulo de Campeão, mas gostava que o cargo fosse ocupado por outro tipo de personalidade. Igualmente dura, igualmente sedenta de vencer mas respeitada por todos.

13 comentários:

antitripa disse...

Controverso....muito controverso, qualquer que seja a análise, de qualquer angulo que se analise.

Galaad disse...

Controverso... é exactamente essa a palavra... Se, por um lado, ele ocupou uma posição chave na conquista do campeonato do ano passado, por outro lado, o raio do homem não se consegue ver livre de quezilias e (maus) hábitos que ainda lhe moem a cabeça dos seus tempos de empresário. Um exemplo claro disto é o seguinte: arriscamo-nos a perder um treinador como o Camacho por causa das suas embirrações primárias... Mas, justiça lhe seja feita, não vejo neste momento, pessoa mais indicada do que ele para as funções que ocupa na estrutura do SLB. Ou seja, falei, falei, falei e conclusões: zero!!!
Nem sei o que pensar do homem!!!

S.L.B. disse...

Ó Pedro, não te esqueças dos 80 mil contos que o ABJ sacou ao Benfica na transição do Vale e Azevedo para o Vilarinho... Foi contratado pelo Vale, este perdeu as eleições, qual seria a titude mais correcta para ele (ABJ) tomar? Sacar dinheiro ao Benfica... Há uma palavra para isto e desde essa altura que, sempre que o oiço falar, mudo de estação na rádio.

Pedro disse...

Não se tratou de sacar...foi a natural indemnização por rescisão de contrato.
Se foi o mais moralmente correcto? Evidente q não.
Mas ele era um profissional. Pago para prestar um serviço. E enquanto o prestou fê-lo muito bem.

Nuno disse...

Eu acho que para ocupar um cargo tão importante para o clube como o de director desportivo para o futebol, exige que se tomem SEMPRE decisões no sentido de favorecer o clube, e , sejamos honestos, tem havido situações muito dúbias nesse sentido por parte do José Veiga.Assim, de que me serve se faz uma coisa bem para logo depois fazer duas ou três mal, algumas de uma forma bastante estranha, que não lembraria a ninguém (e poderia dar aqui alguns exemplos).Às vezes fica a sensação estranha que se torna óbvio o não favorecimento ao clube mediante esta ou aquela medida, à partida, sem sentido.E como eu quero uma pessoa nesse cargo que NUNCA me deixe duvidas de espécie alguma, que trabalha SEMPRE em prol do clube, é evidente,sou a favor...da saída do José Veiga, o quanto antes.Mal de nós, benfiquistas, se não tivéssemos pessoas dentro do nosso universo à altura do cargo.

PiKiNiKi disse...

Por alguma razão os melhores jogadores da sua "carteira" enquanto empresário romperam com ele.
Ele é o veraddeiro xulo da bola

João Bizarro disse...

Desculpa Pedro mas já falamos sobre isto noutros lados e não concordo contigo. Iam haver eleições e logo após estas e com a derrota de JVA, o ABJ devia ter posto o lugar à disposição pois era uma escolha do ex-presidente. Como não o fez fica sempre a sensação de que só andava lá pra sacar o dele.
Foi bom profissional enquanto lá esteve? Sim, concordo.

Quanto ao Veiga... já devia ter ido pro Galsgow Rangers há muito tempo.

Pedro disse...

"Como não o fez fica sempre a sensação de que só andava lá pra sacar o dele."

Pois fica, foi uma atitude feia. Mas foi uma atitude ilegal? Não. Se benfiquistas exigiram o dinheiro q tinham direito qd sairam do SLB pq raio o ABJ não o devia fazer? Não devia nada ao clube....

João Bizarro disse...

Pois. O Heynkes foi despedido e não quis indemnização nenhuma. Personalidades diferentes, se calhar!!!

Mas o ABJ já passou, o presente chama-se Veiga e esse ainda não assinou pelo Glasgow Rangers (mais o seu Robert).

Anónimo disse...

Sabem, mas escondem, o Veiga so esta no Benfica porque o trafulhas lhe ficou a dever 500 mil contos.

Foi uma das muitas bocas que esse artista de variedades deixou ao clube.

Por isso foi preso ou ainda esta mas á solta, e vai responder por mais 3 processos.

Ora o Braga Junior levou uma letra de 70 mil contos que quem pagou acabou por ser a direcção seguinte, mais uma habilidade do trafulhas.

Ora vejam aqui

http://www.valemesmotudo.blogspot.com/

Pedro disse...

Se LFV não se candidatar ou se perder as próximas eleições quem é q vai pagar o chorudo ordenado do Laurent Robert caso este fique no SLB?
Hum...a direcção seguinte.

Dããããã

Anónimo disse...

Caso este fique...Caso não se candidate...tudo filmes.

A realidade e que ficaram a dever ao Veiga 500 mil contos.

A realidade e que o carunchoso do Parames levou 40 mil, tambem em letra.

A realidade e que o cunhado, o chuleco, levou 120 mil contos em dinheiro.

A realidade, a SAD do futebol vai apresentar lucro.

A realidade são as mais valias do plantel.

A realidade e que não acertas uma.

A realidade e que passas a vida a enganar tolinhos, como o trafulhas.

A realidade e ter de ler as tuas parvoices e azar de ler que es do Benfica.

Safa

Pedro disse...

A realidade é q ficaste sem a "mama"...

Adiante...