blog

quinta-feira, novembro 22, 2007

Euro 2008 aí estamos nós.

Com muita controvérsia, com muita discórdia, no último jogo, a jogar malzinho, o que interessa é que Portugal conseguiu "a classificação" e conquistou a presença no Campeonato da Europa 2008. Por muito que isso obrigue uns quantos a engolir uns sapos Scolari cumpriu o único objectivo exigível e obrigatório: o apuramento.

Como o conseguiu é irrelevante. Será que os portugueses não estão já fartos das vitórias morais? Do jogar bonito e depois ver a competição no sofá? Demos um banho de bola como nunca tinha visto à Alemanha e no final ficamos todos em casa no aconchego do lar. Desta vez não. Desta vez estamos lá como todos nós queríamos.

Eu não sou um adepto de Scolari, acho que ele como treinador deixa muito a desejar, ainda ontem cometeu erros que nos podiam ter saído caros e, principalmente, discordo totalmente quando dizem que ele enfrentou o Porto. Bem pelo contrário, o Porto até hoje só ganhou com com Scolari. Se não fosse o Sargentão ainda lá tinham o manitas de trapo a titular da equipa. Não gosto do Scolari que convoca Decos e Pepes, que dá a titularidade a brincas na areia que prejudicam a equipa com as suas brincadeiras, etc.

Mas gosto do outro Scolari, do Scolari que dá murros na mesa, que mete os intelectuais deste futebol tuga no sitio onde merecem, onde responde à letra aos parvos jornalistas, que irrita os tachistas de país. Esse Scolari eu gosto. E é por esse Scolari que me dá gozo especial as suas vitórias por Portugal.

Os ingleses não tiveram a mesma sorte que nós. França e Espanha tiveram tantas ou mais dificuldades que nós. Mas o tuga habituado a feitos extraordinários no que a futebol diz respeito não se compadece com o simples apuramento para o Euro 2008. Tirando Queiroz com os miúdos mais ninguem deu tantas alegrias a Portugal com a Selecção como Scolari. Doa a quem doer.

Depois do Euro 2008 é bom que Scolari saía. Por ele e por nós. E só espero que depois venha alguem tipo Oliveira para eu me rir bastante...

44 comentários:

john billy disse...

"Com muita controvérsia, com muita discórdia, no último jogo, a jogar malzinho, o que interessa é que Portugal conseguiu "a classificação" e conquistou a presença no Campeonato da Europa 2008"

claro pedro, o que interessa é cumprir objectivos. um estudante também só preciso de tirar suficientes para passar de anos, vai tirar excelentes para quê?
o sporting também cumpriu o objectivo: ficou em 2º e entrou directamente para a liga dos campeões. ia ficar em 1º porquê?
já agora se o camacho ficar em 2º este ano, vamos todos festejar para a rua!!
jogar bem para quê? ontem adorei andar 30 minutos enlatado dentro de um metro depois estar 90 minutos ao frio para ver um jogo de merda, sem fio de jogo, sem tactica, com 8 gajos atrás da bola a defender, outros 2 que precisavam cada um de uma bola só para eles e o nosso nuno sozinho a frente que nem toucou numa bola.
mas passamos, que se lixe o espectáculo.
ps: em relação aos parvos jornalistas, a pergunta que desatou a irra do pugilista foi "foram os 90 minutos mais dificeis do apuramento?"
que pergunta tão parva!!

Pedro disse...

Se o objectivo do estudante for passar o suficiente chega.
Se o objectivo dos lagartos for o apuramento para a LC o segundo lugar chega.

O objectivo para Portugal era o apuramento. Isso foi conseguido. Sinceramente, nesta fase, q se lixe o espectáculo. Valeria de muito fazermos um jogão do caraças e depois num contra-ataque venenoso perdermos o jogo? Já vi issto tantas vezes...

Sim eu tb quero ganhar, jogar bem e golear. Mas cada vez é mais dificil conseguir isso muito menos numa Selecção onde os jogadores jogam juntos uns 10 dias por ano...não há milagres.

A inglaterra com muito mais equipa do q nós ficou de fora...que lhes passou à frente foi a Russia, que levou 7 da gente...

João Bizarro disse...

O D'arcy da Tertulia diz tudo aqui: "Sim, Portugal também conseguiu a qualificação esta noite, o que obviamente me agradou.Mas não fez mais do que a sua obrigação, e a única surpresa acabou mesmo por ser a forma quase medíocre como essa qualificação foi conseguida: nem uma vitória contra os seus concorrentes mais directos."

Pedro, e comparares o grupo da Espanha ou França com o de Portugal?!?!?

A questão é: esta não é a selecção de Portugal. Na selecção de Portugal jogam os MELHORES jogadores portugueses. Aqui jogam aqueles que o Scolari gosta. E mesmo com os que jogam tinham obrigação de fazer muito mais.

Quando os melhores jogadores tugas dão pelo nome de Bosingwa e Pepe é porque algo vai mal.
Digo eu...

Americano disse...

Concordo na generalidade com o que o Pedro diz, especialmente com a última parte que será o futuro pós-scolari. mas aí também será fácil para os anti, vão dizer: "os jogadores do Scolari eram melhores", "os grupos eram mais fáceis", "tivemos azar mas jogámos bem", as vitórias morais regressarão em grande. É particularmente engraçado ver este discurso de adeptos dum clube que a única vez que foi campeão nos últimos 13 anos foi exactamente porque teve um técnico "resultadista". O espectáculo foi sempre secundário, passámos uma época a jogar pouco, mas no fim fomos campeões. Com Scolari também jogamos pouco, ele escolhe os piores jogadores, não percebe nada de táctica, é agressivo e violento, mas tem títulos às carradas, é campeão mundial, já tem uma série de recordes, tem os melhores resultados de sempre da história de Portugal, e ouve-se Káká, Ronaldinho, Figo, e uma série de jogadores do melhor que vimos nos relvados a falar dele como um dos técnicos mais marcantes que tiveram. Mas o que é que eles percebem disso comparativamente aos nossos brilhantes técnicos de bancada que embirraram com o homem?
A esses aconselho, canalizem as vossas energias para o Benfica, esqueçam a Selecção, ou então vão preparando mais um rol interminável de problemas e desculpas caso ele chegue novamente às meias finais duma grande competição. Aliás, deixo um trabalho de investigação para os "entendidos", pesquisem quantos treiandores foram a 3 meias finais seguidas das principais competições futebolísticas deste planeta. Se a resposta for muito superior a 1, ficarei surpreendido.

João Bizarro disse...

Fonix, já estão como o outro com a Celine Dion, lá porque a gaja ganhou 475 grammys sou obrigado a gostar da musica dela?

Americano disse...

Claro que não, não percebo porque é que ficam chateados com a derrota no Euro 2004, nós e a República Checa jogámos o melhor futebol, mas a Grécia é que ganhou, o que é que interessa esse "pormenor". Estou certo que se vocês fossem gregos e o Scolari seleccionador tinham dito logo: "Que merda ser campeão europeu a jogar assim, gostava era de ser checo ou português, eles é que jogam à bola!"
Já percebi, equipa de Scolari tem que jogar bem e ganhar, afinal Portugal tem um passado que nos obriga a exigir isso.

Pedro disse...

"Pedro, e comparares o grupo da Espanha ou França com o de Portugal?!?!?"

Ò João não entres por aí:Escócia? Lituania?Georgia? Ilhas faroé?Letonia? Islandia? Liechtenstein? irlanda do norte?

"Na selecção de Portugal jogam os MELHORES jogadores portugueses. Aqui jogam aqueles que o Scolari gosta"

É pá...isso era antigamente onde Oliveirinhas e compadrios punham os amigos...e se há coisa q deviamos ter aprendido é que é preferível criar um grupo e à volta desse grupo construir um "plantel" do q fazer convocatórias ao sabor das exibições e da publicidade dos jornais e empresários (se bem q na parte dos empresários Scolari não me convence).

Sobre os "naturalizados" a minha opnião é conhecida.

""os jogadores do Scolari eram melhores""

Americano não pode dizer isso. E sabes pq? Pq será em 2010 que esta nova fornada estará no ponto, será nessa altura que Ronaldos, Quaresmas, Moutinhos, Velosos, Nanis, etc terão experiência e afirmação suficiente no futebol europeu. Será a altura dourada desses jogadores. E irão beber do que Scolari construiu até agora...essas desculpas não pegarão. Irão tentar mas não vão pegar.

João Bizarro disse...

Objectivamente não gosto de treinadores que jogam para o 0-0 a pensar num golinho que possa vir do céu.

João Bizarro disse...

cito: "Com Scolari de volta ao banco, regressou a intrigante tendência de Portugal para jogar para o empate – o sexto nos últimos dez jogos. Que saudades de Flávio Murtosa! A 15 minutos do fim, o seleccionador fez a mais mirabolante substituição do seu pontificado, fazendo regressar a horrível fórmula dos «três tristes trincos»."

Pedro disse...

João : Preferes ser campeão com Trap ou practicares um futebol "maravilhoso" com Peseiro?

João Bizarro disse...

Pedro, prefiro ser campeão porque ganho e não porque os outros perdem.

Telmo disse...

Parabéns à selecção Luso-Brasileira pelo apuramento.

Vamos ficar atentos a ver se o próximo jogador vindo de uma lesão tem logo lugar na equipa como titular deixando outros de fora, ainda por cima sendo o 1º jogo da carreira na respectiva selecção, acho que isso nem o Cristiano Ronaldo ou o Figo conseguiriam.

Americano disse...

João, Portugal apurou-se pelos seus resultados, nunca dependeu de ninghuém. Precisava de empatar, empatou, como Trap na última jornada em que fomos campeões. Eu prefiro ganhar, se puder jogar bem óptimo, se não puder quero ganhar mesmo a jogar mal. Achas que os italianos trocavam as suas conquistas todos em cattennacio pelo "bom futebol" de Portugal???

john billy disse...

1- em relação ao trapatoni, estou a vontade, porque nunca gostei dele. quando foi campeão lembro-me de dizer isso: obrigado, podes ir embora.
2- também é engraçado que sempre que se critica o scolari vem sempre o fantasma do oliveirinha. será que algum vez defendi o regresso dessa besta?
3- e depois vamos sempre procurar exemplos ruins: "a inglaterra também não foi, a frança teve dificulades, a espanha também, bla bla...". eu prefiro dizer: a pólonia passeou no nosso grupo, a croacia num grupo com a inglaterra fez uma qualificação brilhante, a roménia idem...
4- outra frase cómica é "quem joga bem perde". desde quando? salvo azar, ganha sempre que joga melhor.

Americano disse...

John o que é preciso perceber é que já não há qulificações nem grupos fáceis já lá vai o tempo, e por isso não faz sentido estar sempre a comparar grupos. Portugal estava num grupo, definiu um objectivo, Scolari inclusivamente teve coragem quantificá-lo (28 pontos) e fez 27 e apurou-se, ponto final. Lembras-te da qualificação da Grécia para o Euro 2004? Claro que não, sabes que foram campeões, como lá chegaram ninguém faz ideia. Achas que os brasileiros hoje em dia odeiam Scolari pela qualificação horrível que fizeram para 2002 (estiveram em riscos de não se qualificar) ou adoram-no por ter ganho o título? Obviamente a 2ª hipótese.
É que eu lembro-me bem também o que disseram do grupo de qualificação de Portugal para o 2006, como sempre era o mais fácil para todos, mas estava lá a tal Rússia que ficou à frente dos ingleses, e na altura não conseguiu melhor que um 3ºlugar.
Os jogos hoje em dia são quase sempre complicados, e os resultados difíceis de prever, daí ser brilhante Portugal atingir 2 vezes consecutivas a meia final duma prova e ir agora para a 3ª fase final.
Pois, tu disseste Trap podes ir embora, mas depois disso deixa-me lembrar-te que estamos a caminho (cruzes credo) da 3ª época sem sermos campeões, e eu já tenho muitas saudades de ir para o Marquês pintado de vermelho...

Pedro disse...

"salvo azar, ganha sempre que joga melhor"

Esse sempre no futebol deve rondar numa estatística de, digamos, uns 60%...e acho q estou a ser muito simpático.

É evidente q eu tb quero jogar bem e ganhar. Mas prefiro jogar mal como e ganhar do q fazer exibições como o Benfica fez contra o Boavista o ano passado e nada ganhar...

É claro q se tem de puxar o exemplo do Oliveirinha pq foi ele quem teve o melhor conjunto de jogadores tugas dos ultimos largos anos, foi ele q dispôs de um Figo, de um Rui Costa, de um João Pinto, de um Pedro Barbosa etc na plenitude das duas forças e qualidades e conseguiu ZERO. Scolari chegou, quebrou com essa pasmaceira tipica dos nossos seleccionadores e levou-nos a voos q só em sonhos lá chegavámos.
Uma final do Europeu? Assim de entrada? Meias finais do campeonato do mundo?

john billy disse...

americano queres ver que se o trap tivesse ficado tinhamos voltado a ser campeões? sorte daquelas só acontece uma vez de 100 em 100 anos!
não quero ver futebol como o da grécia ou da itália. destesto esse tipo de futebol. ao FDS vejo sempre jogos do futebol inglês ou espanhol (além do glorioso). futebol italiano vejo ZERO.
também não me lembro de dizer que o nosso grupo era facil, mas temos obrigação de ganhar a finlandia e não de andar com o credo na boca até ao ultimo segundo...

João Bizarro disse...

Ok, falando a sério.

Não jogamos nada, o treinador comete vários equívocos, há jogadores que não rendem tanto como nos seu clubes e há outros que nem lá deviam estar.
Apesar disto estamos lá e ontem gostei muito do Bosingwa (tenho gostado nos ultimos do Porto e da Selecção) e do Pepe (esta é dificil de admitir). O Miguel Veloso já esteve melhor que contra a Armenia.

PS. deixar o Simão 90 min de fora para ter aquela espécie de Harry Potter que além de um jogo bom tem sido uma autêntica anedota.

john billy disse...

pedro, ainda bem que deste o exemplo do benfica boavista do ano passado. foi o único jogo em que o benfica foi superior e não ganhou. o resto da época foi assim:
no inicio, jogou-se mal e porcamente e vê quantas vezes perdemos (chapa 3 foram uma serie delas). depois veio uma fase onde se jogou muito bom futebol, e aí recuperamos até chegar a 1 ponto do porto. depois voltou o mau futebol e já sabemos o fim da história..
por isso, os teus 60% deviam ser mais uns 95%.
PS: mas se quem joga mal é quem ganha então porugal é favorito para ser campeão europeu.

João Bizarro disse...

Outra coisa que gostei, e isto é uma resposta aos mais extremistas, foi do facto do Nuno Gomes ter sido aplaudido.

Paulo Jorge Sousa disse...

Pelo valor individual, espero agora que os índices colectivos de Portugal subam significativamente em Junho próximo. Apesar de tudo, parabéns Portugal!

altobola.blogspot.com

Americano disse...

Eu acho que a conversa de jogar mal ou bem é do mais relativo e muitas vezes injusto que há. Eu não deixo de apreciar uma equipa como a da Grécia em 2006, porque táctica e defensivamente era quase perfeita, conhecia as suas limitações e arranjou uma estratégia que todos conheciam, mas a todos venceu, não só Portugal. Este tipo de conversa lembra-me sempre aquela final entre a dream team do Barça treianda por Cruyff que tinha Romário e Stoitchkov, e jogava à bola como ninguém, contra o Milão, já sem as suas vedetas holandesas. O Barça era mais que favorito, mas saíu com um banho de bola táctico e levou 4-0. Com esta equipa de Scolari acontece um pouco o problema do "chip" táctico, a equipa foi moldada para jogar com um meio campo de luta, muito apoiado na criatividade de Deco, e dependente dos ragsos dos extremos (Figo e Ronaldo na sua versão original), e tem sempre alguns problemas quando joga contra equipa menos fortes, como aconteceu nesta qualificação, e mesmo na final contra a Grécia. Portugal fica mais confortável contra a Holanda, Inglaterra, Brasil, e outras que gostam sempre de assumir o jogo, algo que a França também não faz, terem-nos conseguido vencer. Mas no Euro creio que se não formos muito afectados por lesões, podemos novamente bater-nos contra qualquer adversário e ir longe. Espero que Ricardo Carvalho, Miguel, Petit, e Deco (talvez me falte algum) nessa altura estejam a 100%, juntamente com os jovens que estão a surgir, e os talentos já afirmados, vão levar-nos até Viena!

tcc disse...

concordo plenamente. mas acho que depois do scolari devia ir o Octavio Machado, porque esse sim é que é treinador.

agora venham lá os jogos do GLORIOSO que é o dá realmente pica!

Americano disse...

F@-se, lá vai a Académica sair da taça, qua chato!!!

Benfica-Briosa
Chaves-Porto
Sporting-Louletano

Adu a titular! :)))

João Bizarro disse...

Fonix. E eu a pensar que era desta que a final voltava a ser Benfica-Académica.
Enfim, parece que os escolhem a dedo.

Americano disse...

João fica para o ano, este ano pode ser um Benfica-Fátima :)

João Bizarro disse...

;)
Sendo assim pode ser isso.

catn disse...

Não gostei este apuramento, achei que Portugal não mostrou o seu real futebol

Acho que esta selecção não estava preparada para perder Figo, ou seja, o seu comandante dentro de campo

Em relação ao Scolari, penso que teve inteligência, de unir um grupo de jogadores e trabalhar um modelo táctico para o futuro, depois teve a sorte de apanhar jogadores de grande craveira internacional a jogar em diversas Ligas europeias e com mentalidade de vencedores, o que não acontecia antes de 1989, quando ganhamos o 1º campeonato do Mundo de sub 20 em Riade, depois veio o 2º campeonato do mundo de Lisboa e a partir daí tudo foi diferente

Portugal sempre jogou um futebol atractivo com estes jogadores, por isso ganhou muitos jogos, não nos podemos esquecer, que um desses europeus foi em Portugal e tinhamos a obrigação de ir muito longe, pois tinhamos um país a apoiar a nossa Selecção (mérito de Scolari)

A Selecção Nacional para o Euro2008, ainda tem de correr muitos kms, para ser uma Selecção de alto nivel europeu, temos jogadores que podem fazer a diferença, quando deixarem de jogar para a bancada e começarem a jogar para a equipa

Acredito, que podemos fazer um bom Europeu, mas temos de jogar muito mais, quer em quantidade de oportunidades de golo, como em qualidade do seu futebol

lúcio gomes disse...

- "Portugal foi apurado para o Europeu"...só cumpriu com a sua obrigação.
- Scolari pergunta "Eu é que sou burro?"...não és uma besta quadrada, burros somos nós por ainda te aturarmos.
- "Foi preciso vir o Scolari para nós marcarmos presença nas fases finais dos torneios mais importantes" Mentira...antes de vir o Scolari fomos ao Euro 96, Euro 00 e Mundial 02 e fomos afastados do Mundial 98 da forma que toda a gente sabe.
- "A selecção já não conta com a "geração de ouro" por isso, e com a renovação da selecção a equipa está mais fraca" pois...antes tinhamos Paulo Sousa, Rui Costa, Figo, Fernando Couto e João Pinto...agora temos Ricardo Carvalho, Jorge Andrade, Fernando Meira, Miguel, Miguel Veloso, Quaresma, Deco, Cristiano Ronaldo, Tiago, Simão etc.
Pelo amor de Deus poupem-me disto...volta Benfica tás perdoado, aliás sempre estiveste!

Quetzal Guzman disse...

"futebol italiano vejo ZERO."

Mas devias ver para perderes o preconceito. Contrariamente ao que toda a gente pensa, em Itália não se joga um futebol defensivo. É táctico, sim, mas não é um futebol de autocarros. Aliás, as equipas médias de lá são mais ofensivas que as equipas médias cá do burgo. Mas como as pessoas se limitam a ver os jogos na Europa, criam essa noção errada. Se eu me limitasse a ver os jogos que o Man Utd faz fora de portas na UEFA, também diria que o Fergie é um treinador defensivo. E não o é.

Alexandre disse...

Acho que depois disto tudo ficou por dizer o que o scolari ontem admitiu, foi o melhor ambiente onde a selecção jogou nos últimos anos em portugal.

Num estádio onde vocês só vêm extraterrestres, viu-se um público a apoiar finalmente a selecção. Não se viu a arrogância do povo da capital, não se viu inveja mal disfarçada, todos os jogadores foram apoiados, até o Nuno Gomes foi aplaudido.

Acho que isto foi uma grande lição para aqueles que acham que a selecção só pode jogar em lisboa.

Não me digam que tb havia lá muito benfiquista e sportinguista, porque se tivesse havido merda afinal já eram so portistas no estádio.

Aqui gostamos de ver futebol, e apoiamos a selecção.

PS: para os bloguistas residentes que foram ao dragão, que tal o nosso estádio? gostaram da cadeirinha? constiparam? ;)

Quetzal Guzman disse...

Alexandre, isso, mais uma vez, é demonstração de complexo de inferioridade. A generalidade das pessoas não contesta o apoio dado pelas gentes do Porto à selecção. Já pareces o Jorge Maia e a sua coversazinha ridícula.

Pedro disse...

Vi lá uns qts cachecois do Glorioso o q explica muito desse bom ambiente...e claro..a ausência dos macacos..
:)

Americano disse...

Pedro, os macacos andavam lá, eu vi, aliás andavam a vender bilhetes como é normal.
Alexandre o estádio é bonito por fora, segundo o que dizem altamente funcional (o melhor de todos, nesse aspecto), e confesso que passei pela zona dos lugares executivos que é um espectáculo em termos de conforto, por isso gostei como já tinha gostado, o único reparo é que devido à abertura dos topos, e comparativamente à nossa catedral, parece pequeno, não fica aquele ambiente terrível para o adversário que acontece na Luz. Mas é um excelente estádio, invejo particularmente o grande espaço exterior, ao contrário do nosso que faz com que até num jogo de meio estádio se saia em apertos. E o apoio do público foi fantástico, não há dúvidas, senti orgulho daqueles portugueses. E como vês o Scolari não teve nenhum problema em reconhecer e elogiar isso no fim.

Alexandre disse...

guzman, só não percebo como é que fazem tantos jogos em lisboa, e pior que isso, fazem jogos em leiria onde ninguem quer saber de futebol.

Pedro já sabia que ias dizer isso. Mas olha que mesmo quando há macacos, se não te sentares no meio deles o ambiente tb é muito bom.

americano, eles andam sempre a vender bilhetes, mas quem faz isso são os low-profile e não chateiam ninguém, senao também nao vendem.
A questão da abertura dos topos, no início também me fazia um bocado confusão, mas penso que a ideia de colocar a maior parte das pessoas em sítios onde se vê melhor o futebol não é má de todo. De resto, como foi feito num espaço amplo totalmente abandonado tiveram a possibilidade de fazer uns acessos porreiros. Só sais de lá de madrugada se meteres o carro no estacionamento do shopping..

john billy disse...

também gostei do estádio (só é pena aquele azul), alex, e também sou da opinião do americano: é mais pequeno do que pensava.
mas olha que ouvi assobios ao nuno gomes (poucos) e bastante ao labreca (nos pontapés de baliza).
finalmente voltou a bwin! vamos lá ver se domingo ficamos a 2 pontos!!
logo vamos apoiar o futsal para missão impossivel de eliminar a espanha!
ps: não sabia que o glorioso tinha uma secção de raguebi feminino e por sinal campeão nacional! hehehe!!

Americano disse...

Por acaso discordo Alexandre, o meu cativo é num topo da Luz, logo no início do 3º anel, e adoro aquele lugar, é uma vista diferente mas que permite ver o jogo duma forma interessante. Além de que se tivessem 65.000 podiam ter um 3º anel em toda a volta :)
Mas o que gostei mais foi das meninas que andavam a acompanhar o pessoal aos lugares na Zona VIP, muito interessantes. A parte má é que vi de perto quase todo o vosso plantel, ainda estive para fazer uma entrada de pés juntos ao Lucho, mas lá me controlei!

john billy disse...

só faltava isso:

"Cristian Rodriguez não viajou para Portugal esta noite, no regresso da selecção do Uruguai. O extremo do Benfica sofreu problemas intestinais na noite de quinta-feira e foi aconselhado pelos responsáveis uruguaios a não fazer uma viagem longa nesta altura.

Ainda é possível que Rodriguez faça a viagem esta sexta-feira, mas não chegará a tempo de ser opção para o encontro de sábado com a Académica. "

Americano disse...

John, é da maneira que vem mais fresco para ganhar ao Milão e Porto. Contra a Académica mal seria se não ganhássemos com ou sem Rodriguez.

jaco disse...

Va la, admitam, voces adoravam que o vosso clube tivesse um estadio como o do dragão.

jaco disse...

Agora domingo vou levar um frasco de agua benta não vá ter estado sentado algum lamp no meu ligar...

Starblade disse...

Os portuenses apoiam a selecção. Os portistas é que não.

Pedro disse...

O q mais gosto no estádio do Dragão são as bancadas corridas. É a minha costela "ultra" a falar mas compreendo perfeitamente o negócio dos camarates.

Mas o nosso é mais bonito.

Quetzal Guzman disse...

Que exagero Alexandre. O tantos resume-se a mais um jogo em Lisboa que no Porto. Já houve qualificações em que se passou o contrário e não viste a malta de Lsiboa a queixar-se. E acho curiosa a tua noção descentralizadora da selecção. Pode-se jogar no Porto, mas em Leiria não. Na minha opinião, até se faziam todos os jogos em cidades diferentes.