blog

quarta-feira, março 29, 2006

E o sonho continua

Tinha dito que o meu desejo, para quando o árbitro apitasse para o fim do encontro, era que o sonho continuasse. E o sonho continua.

Ontem ficou provado que não há bichos-papões. Sim, eles são uma grande equipa,têm excelentes jogadores e jogam, como equipa, muito bem. Mas não são invencíveis, muito longe disso. Se conseguirmos afastar o nervosismo e se os nossos jogadores base jogarem o que sabem vamos disputar, mano a mano, a eliminatória em Nou Camp. Saí do estádio com a elevada confiança que podemos chegar às meias-finais da Champions.

O jogo começou como se esperava, como Barça a pegar na bola e a procurar jogar no meio campo do Benfica, tentando "arrumar" o assunto logo no inicio. Teve oportunidades para isso, umas devido ao nervoso dos nossos centrais e guarda redes outras por mérito próprio, mas, felizmente, a sorte ou Moretto, conseguiram resolver a situação. A pressão do Barça nunca foi sufocante e o Benfica conseguia sair com a bola jogável cada vez mais com o passar do tempo. O remate a rasar a barra de Manuel Fernandes foi como um acordar da equipa dizendo " também conseguimos lá chegar". É certo que nunca dominámos o meio campo mas conseguiamos fazer o nosso jogo quando tinhamos a bola em nosso poder.
Na segunda parte, com Miccolli em campo, foi tudo diferente, o Benfica criou muito mais perigo, a bola esteve muito mais vezes em nosso poder e a confiança, era notório, ía crescendo. Claramente o medo tinha ficado para tráz e fomos à procura do golo sem preconceitos.
E só tinha que ser assim. E para Nou Camp tem que ser assim. Perdido por 100 perdido por 1000.

Alguns factores dão-me elevada confiança para o jogo da segunda mão: Acho que os nossos centrais estiveram excessivamente nervosos durante toda a partida, os cortes eram sem pensar, existia medo de pôr o pé à bola, dúvidas em se fazer ao lance, etc. Aquela dupla já nos habituou a jogos perfeitos e, se perder o medo, pode fazer o mesmo em Barcelona.
Mas, mais importante que isso, na minha opnião, Petit e Manuel Fernandes, estiveram muito mal no jogo de ontem, quer na pressão defensiva quer na ajuda ao ataque, quer no tempo e qualidade de passe. Sinceramente acho que foi dos piores jogos que vi o Petit fazer de manto sagrado vestido. Se eles estiverem "normais" em Barcelona a qualidade do nosso jogo a meio campo aumenta bastante. Mais uma razão para acreditar.
Por fim a velocidade de Miccoli e Simão provaram que podem fazer mossa na defesa do Barça.

Moretto foi capaz do melhor e do pior. É certo que logo cedo ficou marcado, pelo público injustamente, por um erro do árbitro. Anderson corta, claramente, a bola e Moretto agarra-a como se calhar agarravam todos os guarda redes naquela situação. Foi um erro do árbitro e Moretto sentiu-o na pele. Depois realizou defesas espantosas manchadas por mais dois erros na reposição da bola. Esteve impecável nos cruzamentos.

Mas falar do jogo de ontem e não falar das magníficas exibições de Beto e Ricardo Rocha seria pecado. Se Deco foi o que eu estava à espera, com árbitros que não os portugueses não passa daquilo mesmo, nem uma falta sacou, um bluff autêntico. Já Ronaldinho Gaúcho tentou, tentou , mas não conseguiu. Soberba exibição de Rocha, que secou Ronaldinho sem o recurso à falta. Todos aqueles que "previam" uma noite complicada para os rins de Rocha engoliram um grande sapo. E se foi Koeman que apostou nele então Koeman também merecerá o mérito. Beto foi intransponível. Fez o seu trabalho no meio campo, ajudou Rocha , ajudou Léo, atacou. Enorme Beto. Será da extrema injustiça para estes dois se o SLB não passar esta eliminatória!!!!

Nem a Liga dos Campeões nos livramos de árbitros tendenciosos. Começou logo naquele livre indirecto dentro da área mal assinalado e acabou naquele penalty de Motta na segunda parte. Pelo meio muitas faltas mal assinaladas e outras por assinalar (então aquela sobre o Simão à entrada da área na segunda parte é de bradar aos céus). Aquele final da primeira parte sem permitir a marcação do livre está ao nível do fim do jogo para a Taça de Portugal o ano passado na Luz contra o Sporting aos 89:30 com Fyssas a entrar isolado na área.

O resultado não é nada mau.O objectivo claro e assumido de Koeman foi realizado: não sofrer golos. A eliminatória está em disputa e eu acredito que vamos ser felizes. Saí do estádio muito confiante. Volto a dizer que não temos nada a perder. Nada mesmo.

E o sonho continua.

9 comentários:

João Bizarro disse...

Vais a Barcelona Pedro?
Infelizmente não posso ir mas o meu irmão vai... novamente.

Pedro disse...

Infelizmente a situação económica do país não me permite esse luxo. Estou como o meu irmão : poupar para Paris.
Queria ir, vi pacotes, estudei preços, mas era puxado nesta altura.
Fica para outra vez.

João Bizarro disse...

Estou como tu.

Adepto Fanático disse...

Eu lá estarei :)

Pedro disse...

Canta por nós!!!!!

Anónimo disse...

a magia negra e os bruxedos feitos pelos andrades saíram furados já que o barça não ganhou o jogo e até teve o boi preto ao seu lado.
Vamos ganhar proximo jogo e calar a Catalunha! Viva o BENFICA!

Nuno disse...

Qual será o boi na Catalunha?Será manso?Não acredito.É que estes saem da ganadaria da uefa e não da Pinto Barreto ou Branco Núncio.

Nuno disse...

E, que tal chamarmos aquele que teve a coragem de dar um vale de compras no supermercado ao forçado vencedor de há dois anos em Manchester,o sr. Ivanov?Pode ser que tenha sobrado alguma fruta...

João Bizarro disse...

Anda uma certa aliança a fazer força para que o boi se chame Olarápio!